Arte1

422 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
422
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
77
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Arte1

  1. 1. VIII - A arte e a Bíblia1) Introdução A partir do século 18 (Iluminismo) a arte tornou-se “belas artes” e as artes manuais Os artistas em nossa sociedade estão em foram postas de lado, como algo inferior.uma posição particular. Por um lado, são A arte tornou-se desconectada dasbastante considerados, sendo vistos como funções normais da vida e a beleza passou asumos sacerdotes da cultura, conhecedores ser vista como uma qualidade abstrata, comdos segredos internos da realidade. Por outro, sentido próprio e sem relação com o que erasão vistos como pessoas completamente retratado.supérfluas. A partir de Kant, a arte passou a ser Queremos que os artistas sejam sérios e vista como a solução final para ascriem coisas profundas com um valor quase contradições internas dos sistemas filosóficoseterno. Porém, se eles quiserem alcançar elaborados para formar um entendimentosucesso, são forçados a aderir aos gostos do integrado da realidade.momento, a ser comerciais e fazer papel de No século 18, a religião não era umpalhaço em vez de sábio. problema, desde que ela fosse de ordem Os artistas cristãos também têm de lidar puramente particular e não interferisse nascom essas complicadas tensões. Contudo, coisas importantes deste mundo, como aseus problemas frequentemente são maiores ciência, a filosofia, a erudição e as belas artes.porque é difícil para qualquer cristão viver em Embora a arte fosse tida como um tipoum mundo pós-cristão. de religião, uma revelação, uma solução mística para as buscas mais profundas da2) Retrospectiva humanidade, os artistas frequentemente permaneciam famintos e segregados se não Antes de 1500, os artistas eram artesãos, se rendessem ao mau gosto e passassem aexímios trabalhadores. Mesmo não tendo a expressar conteúdos sentimentalistas ehonra que costumamos conceder aos artistas baratos, eles eram abandonados.hoje em dia, eles realmente fizeram coisas Para muitos, a arte tornou-se umalindas, que mesmo após muitos séculos, ainda busca individualista de sua própria identidade,apreciamos. revelada em seu trabalho e por meio dele. Não se buscava originalidade, mas umtrabalho sério e de boa qualidade. A beleza 3) A crise nas artesnão era um simples aditivo, mas o resultadonatural dos materiais e técnicas adequados A arte tornou-se arte pela arte, um tipomanuseados com destreza. de religião irreligiosa em que a religião não Suas obras não exigiam debate e possui um papel claramente definido. Significainterpretação de especialistas, mesmo que às que a arte é algo tão raro e especial que asvezes elas fossem discutidas, elogiadas ou pessoas precisam de cursos para conseguircriticadas. compreendê-la. Como resultado, vemos Dentro da tradição, da rígida estrutura de pessoas em todos os lugares buscando ohabilidades, regras e padrões, havia liberdade. sentido da arte. Essa busca pelo sentido daValorizava-se a qualidade em vez da arte é um sinal de crise.originalidade e da novidade; ainda assim, os Onde estavam os cristãos quando oartistas poderiam ser eles mesmos. mundo começou a mudar, no século 18?
  2. 2. O cristianismo convencional se tornou um A arte cristã não é a expressão de atostipo de petismo. O significado da vida cristã foi criativos individuais de pessoas querebaixado apenas à vida devocional. supostamente teriam encontrado Cristo. O De forma branda, extensas áreas da pecado, com seu potencial destrutivo, pode serealidade humana, como a filosofia, a ciência, manifestar tanto na obra de arte de um cristãoas artes, a economia e a politica, foram como na arte de um não cristão. “Há umaentregues ao “mundo”, já que os cristãos se ́ profunda diferença entre o cristão e o nãoconcentravam principalmente em atividades cristão, mas não podemos procurar estapiedosas. diferença nos locais errados”. Ela está nas atitudes básicas do homem, “em suasÉ Proibido Pensar (João Alexandre) esperanças e na compreensão de sua tarefa”.Procuro alguém pra resolver meu problema Porem, ao analisarmos uma atividadePois não consigo me encaixar neste esquemaSão sempre variações do mesmo tema especifica, constatamos que “o cristão podeMeras repetições ser tão tolo e pecador quanto o incrédulo sábioA extravagância vem de todos os lados e correto”.E faz chover profetas apaixonados A arte cristã deve ser entãoMorrendo em pé rompendo a fé dos cansados evangelística?Com suas cançõesEstar de bem com vida é muito mais que renascer Com frequência as pessoas dizem aosDeus já me deu sua palavra artistas: “Não há problema em ser artista,E é por ela que ainda guio o meu viver desde que sua arte possa ser usada paraReconstruindo o que Jesus derrubou evangelizar”.Re-costurando o véu que a cruz já rasgou Precisamos é nos atentar para o fato deRessuscitando a lei pisando na graçaNegociando com Deus que a arte não pode ser usada para mostrar aNo show da fé milagre é tão natural validade do cristianismo, deve ser o contrário.Que até pregar com a mesma voz é normal O cristianismo é verdadeiro; as coisas, ações eNesse evangeliquês universal esforços humanos só alcançam seu significadoSe apossando do céus a partir de seu relacionamento com Deus.Estão distantes do trono, caçadores de deusAo som de um shofar “Arte cristã é aquela inspirada pelaE mais um ídolo importado dita as regras Palavra de Deus, no sentido de representarPra nos escravizar. uma visão de mundo e da humanidade fiel àsÉ proibido pensar (5x) Escrituras.”Procuro alguém pra resolver meu problemaPois não consigo me encaixar neste esquema Das coisas boas da vida (Carol Gualberto)São sempre variações do mesmo temaMeras repetições Sol na janela, pé descalço e uma cançãoMeras repetições Que fale do que guardo aqui no coraçãoÉ proibido pensar Das coisas boas da vida Das minhas preferidas4) Arte cristã De tudo que faz bem à emoção Fim de tarde, brisa leve, um ipê em flor O que seria arte cristã? A arte produzida Uma poesia prá um grande amor Família reunida, dança com as amigassomente por cristãos? Um sorriso, sei quem é meu Criador De comer, mel, mostarda, manjericão De sentir, o arrepio de uma paixão De olhar, borboleta azul e o amor Um bom livro, um banquinho e um violão Ter amigos mais chegados que irmãos Porta sempre aberta, se arrumar pra festa Ter alguém pra dar a sua mão Disso é feita a vida De coisas bonitas De tudo que faz bem ao coração
  3. 3. 5) O valor intrínseco da arte Questões Propostas A arte tem seu próprio significado como ASSINALE V (verdadeira) e F (Falsa), para ascriação de Deus, ela não precisa de afirmativas abaixo:justificativa. Sua justificativa é ser umapossibilidade dada por Deus. Não obstante, ( ) O principal objetivo da arte é evangelizar.ela pode desempenhar muitas funções. Isso é ( ) A arte não precisa de justificativa.prova da riqueza e da unidade da criação de ( ) Músicos cristãos só podem tocar se forDeus. para a igreja. Os artistas não necessitam de ( ) A arte moderna aproxima o autor dojustificativa, da mesma forma que os expectador.açougueiros, os jardineiros, os motoristas de ( ) Arte cristã é aquela que sempre falatáxi, os policiais ou as enfermeiras não diretamente de Deus em seu conteúdo.precisam justificar com argumentos sagazes o ( ) A forma correta de se entender a arte é oporquê de estarem fazendo o seu trabalho. que chamamos de “arte pela arte”. ( ) Toda música secular deve ser evitada.6) A vida cristã como obra de arte ( ) Não devemos escutar músicas de não cristãos. “Nenhuma obra de arte é mais importante ( ) A arte tem seu próprio valor dado por Deus.que a própria vida do cristão e todo cristãodeve se preocupar em ser um artista nessesentido. Ele pode não ter o dom da escrita, Questões Suplementaresnem da composição ou do canto, mas todapessoa tem o dom da criatividade no que diz 1- “Não ameis o mundo nem as coisas que hárespeito à forma como vive a sua vida. Nesse no mundo. Se alguém amar o mundo, o amorsentido, a vida do cristão deve ser uma obra do Pai não está nele” 1 Jo 2.15. Podemosde arte. A vida do cristão deve ser algo concluir por meio deste versículo que nãoverdadeiro e belo em meio a um mundo devemos escutar músicas seculares?perdido e desesperado.” Francis Schaeffer JUSTIFIQUE.Beija-flor (Jorge Camargo) 2- Hans Rookmaaker afirma que a arte não precisa de justificativa. Como entender estaNunca menospreze uma semente afirmativa, já que precisamos avaliar as artes àNão despreze o impulso criador luz das Escrituras?Olhe, prove, ouça, cheire, tenteComo um curioso beija-flor 3- CONSIDERE a seguinte situação: “UmNão rejeite os tímidos começos grupo de jovens da sua igreja deseja formarEles também rumam aos finais uma banda. Entretanto, eles decidem comporA deselegância dos tropeços e cantar músicas seculares. E pedem aosMove a contradança dos casais líderes da igreja para auxiliá-los nesteDeixe-se levar pelo amor processo.” Se você fosse um presbítero daDeixe-se molhar pelo mar igreja, o que faria? FUNDAMENTE a suaDeixe o sal tocar sua dor resposta.Deixe a luz do sol consolarVeja o brilho frágil de uma estrela 4- O que significa afirmar que a arte possuí umEla inspira múltiplas canções valor intrínseco?Em seus filamentos de centelhaPodem se esconder constelações 5- “No culto público deveríamos utilizar de vários tipos de arte, como: encenaçõesBaile no compasso das palavrasSalte sobre as linhas das tensões teatrais, danças, músicas e etc.” JULGUE aSente-se à beira das calçadas afirmação acima A PARTIR do conceito deCante ao som dos velhos violões Esferas de Soberania.

×