Grandecomissão

702 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
702
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
76
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Grandecomissão

  1. 1. VI - A Grande Comissão1) Introdução O apresentador perguntou a esses líderes: “Como um líder cristão, qual a sua Uma reportagem feita por um canal de explicação para as condições que suaTV americano em Dallas no Texas, procurou comunidade apresenta?fazer uma pesquisa para ver qual a relação As resposta de maneira geral foram: “Istoentre o alto número de cristãos e os não é meu problema, eu sou um líderindicadores sociais desta região. espiritual”. Dallas, no momento da reportagem, Outra situação é a África na região sul dopossuía a maior porcentagem de cristãos que Saara. Dizemos que a África é,frequentavam a igreja protestante aproximadamente, 80% cristã. Mas aoregularmente, tinha mais pessoas per capita olharmos de perto os problemas sociais gravesque estavam na igreja a cada Domingo do que que lá existem, como fome, doenças, crimesqualquer outra cidade americana. violentos e etc, temos que fazer a seguinte O jornalista havia estudado os índices pergunta, o que há de errado, já que odemográficos da cidade para descobrir com a cristianismo aparentemente interferiu muito“benção cristã” estava funcionando, na prática, pouco na realidade dos africanos?dentro daquela comunidade. No Brasil, o censo 200, mostrou que a Ele apresentou diversos estudos e população evangélica cresceu 70,7% de 1991estatísticas que incluíam crime, segurança nas para 2000, passando de 9,05% da populaçãoruas, reforço policial, justiça e sistema penal. total do país para 15,4%. Hoje seguramenteÁreas como sistema de saúde, hospitais, está acima dos 20%.emergência, doenças contagiosas, índice de E como a igreja brasileira tem semortalidade infantil e assistência social posicionado diante da injustiça social e datambém foram incluídas. Avaliaram o setor da opressão econômica do nosso povo? Dianteeducação, os níveis das escolas, segurança, da corrupção política e da cultura de “levarestatísticas das notas escolares e graduação. vantagem em tudo”? Diante daEmpregos, moradia e distribuição de renda em desestruturação da família, da imoralidade egeral também foram avaliados. da degradação da educação? Da O que devemos esperar de uma desvalorização da arte pela sua vulgarização?sociedade que apresenta grande número de Como nos posicionamos em relação ascristãos protestantes e que frequentam a igreja questões éticas e jurídicas, em torno daregularmente? pesquisa biológica e médica? O resultado foi devastador. O crime, o Estamos nos empenhando para quesistema social falido, as doenças, as essas e outras questões sejam tratadas dediscrepâncias na economia, a injustiça racial, acordo com a vontade do rei Jesus?tudo desqualificava aquela comunidade no O que observamos nestes exemplos équesito qualidade de vida adequada. que não há uma correlação instantânea entre Mas o pior foi quando o apresentador do número do cristão e melhoria social. Para queprograma levou então aqueles resultados realmente haja um impacto transformador daterríveis, de uma comunidade doente para os igreja evangélica, é preciso que antes disso,seus líderes cristãos e pediu para que seja preciso reapresentar o evangelho aosfizessem seus comentários. Ele escolheu evangélicos; será preciso uma missão interna,pastores de prestígio e integridade, que eram destinada a pôr em questão o conteúdo darespeitados pelos cristãos daquela cidade.
  2. 2. nossa pregação e a compreensão que temos outro lado, Mateus 28 é uma tarefa parada tarefa da igreja no mundo. múltiplas gerações que envolve a transformação da sociedade, uma tarefa que ultrapassa a duração da vida de qualquer indivíduo. Envolve a tarefa de discipular as nações. Analisando o texto de Mateus vemos que Jesus disse que: Foi-me dada toda a autoridade nos céus e na terra. Essa passagem começa com a iniciativa de Jesus. Ressurreto e revestido de toda a autoridade de Sua natureza divina Jesus se aproxima de seus discípulos. Jesus toma a iniciativa, como plano eterno de Deus para a humanidade. A realidade da ressurreição de Jesus dá credibilidade ao que seria dito a seguir. Não era um mero prefácio ao mandamento final; era o pré-requisito absoluto. Somente quando se depararam com Cristo ressuscitado é que eles puderam compreender as palavras que vem a seguir. Em nome da justiça (João Alexandre) A declaração culminante do ministério deEnquanto a violência acabar com o povão da baixada. E Jesus na terra, as coisas mais chocantes equem sabe tudo disser que não sabe de nada. Enquanto surpreendentes que eles já tinham escutadoos salários morrerem de velho nas filas. E os homensbanirem as leis ao invés de cumpri-las. Enquanto a Ele falar.doença tomar o lugar da saúde. E quem prometeu ser Suas últimas palavras iriam resumir ado povo mudar de atitude. Enquanto os bilhetes essência de Seu plano eterno.correrem debaixo da mesa. E a honra dos nobres ceder A declaração inicial de Jesus éseu lugar à esperteza. completamente incomum a forma que EleNão tem jeito não.Só com muito amor a gente muda esse país. Só o amor tipicamente se comunicava. Durante todo ode Deus pra nossa gente ser feliz. Nós os filhos Seus Seu ministério, Ele geralmente faziatemos que unir as nossas mãos. Em nome da justiça, declarações que o tiravam do foco da atençãopor obras de justiça. Quem conhece a Deus não pode e a dirigia ao Pai ou ao Espírito Santo, dando aouvir e se calar Tem que ser profeta e sua bandeira eles a honra, ao invés de a si mesmo. E Jesuslevantar. Transformar o mundo é uma questão decompromisso. É muito mais e tudo isso. agora coloca o foco sobre Ele, para lembrarEnquanto o domingo ainda for nosso dia sagrado. E em aos discípulo e a nós quem Ele é. Ele ressaltaNome de Deus se deixar os feridos de lado. Enquanto o sua autoridade absoluta.pecado ainda for tão somente um pecado. Vivido, E por Ele ser quem é, Ele declara:sentido, embutido, espremido e pensado Enquanto se “Portanto”. Jesus usa esta palavra para indicarcanta e se dança de olhos fechados. Tem gentemorrendo de fome por todos os lados. O Deus que se causa e efeito. Por sua ressurreição, o efeito écanta nem sempre é o Deus que se vive, não. Pois o que Ele pronunciou depois.Deus se revela, se envolve, resolve e revive. Não tem Agora Jesus podia lhes contar sobre ojeito não, não tem jeito não. seu sonho de ver a criação reformada pela revelação transformadora do Evangelho.2) A Grande Comissão O conceito que Jesus apresentou era tão inovador, tão estranho para eles, que exigiu Marcos 16 Ir Pregar Indivíduos deles um esforço ainda maior de suas mentes Mateus 28 Ir Ensinar Nações e corações para que conseguissem compreender o que ele estava falando, mais Comparando estes dois textos bíblicos, do que exigiu para que acreditassem navemos que Marcos 16 é a tarefa de uma única ressurreição. E vemos que eles por um bomgeração por ter como alvo o indivíduo. Por
  3. 3. tempo não compreenderam o mandato da Quando as pessoas saem de suasGrande Comissão. zonas de conforto, seja para ir para o outro Agora estamos prontos para analisar a lado da rua ou do oceano, essa mobilidadeessência da Grande Comissão. Em Mateus abre caminho para o trabalho do Espírito28.19-20 existem quatro verbos chaves, mas Santo.em grego somente um é mandamento, Ao vivenciarem experiências novas esomente um está na forma imperativa. Os desconhecidas, os seguidores de Jesusoutros três são particípios presente, verbos dependem Dele para serem transformadoresque descrevem como o imperativo deve ser para que eles possam então aprender a serobedecido. O mandamento é “façam discipuladores de nações.discípulos”. Os particípios presente são: Ao sairmos de encontro as nações do“indo... batizando... e ensinando. mundo, existem duas atitudes que devem guiar a nossa estratégia.3) Discipular Devemos corporificar e profetizar para que imitemos a Jesus. Assim como Jesus O verbo deste mandamento que está no tornou-se carne e viveu entre nós, devemosimperativo é melhor traduzido pela palavra encarnar o amor ao nos aproximarmos dasdireta “discipulem”. Traduzir como “façam pessoas para as quais fomos chamados.discípulos” não é uma boa tradução pois a Não existe lugar para superioridade oumaioria dos leitores acaba confundindo o imperialismo cultural. Se formos à maneira demandato coletivo com o ato de discipulado Jesus, nos livraremos de tudo o que nospessoal. Portanto, essa tradução dá a impede de sermos servos que, com graça eimpressão incorreta de que é uma atividade compaixão, nos identificarmos com o povoque ocorre dentro de uma nação ao invés de para o qual fomos chamados. Paulo refleteocorrer a uma nação, a um povo, a alguma isso em 1Co 9.19-22.expressão corporativa da humanidade. A outra atitude necessária para aqueles Jesus foi a primeira pessoa a conectar que querem ser discipuladores das nações éem uma mesma sentença o verbo “discipular” de natureza profética.com o objeto direto “nações”. Ao mesmo tempo em que com amor Ao descrever o plano de Deus, Jesus nos identificamos com as culturas, devemosapresentou um conceito totalmente novo, manter os princípios do Reino de Deus,radical e revolucionário para os seres princípios que levarão transformação a todashumanos. as nações. Essa tarefa possui implicações além da Assim como cada pessoa reflete tanto acompreensão dos seus discípulos daquela imagem de Deus quanto o impacto destrutivoépoca e de agora também. do pecado, assim também todas as nações, Então como discipular as nações? culturas, povos e sociedades trazem tanto a Vamos analisar como através dos três marca de Deus como as marcas da queda.verbos utilizados após o imperativo. Aqueles que vão em resposta a Grande Comissão devem ir como Jesus: “cheio de4) Ir graça e de verdade” (João 1:14), demonstrando compaixão enquanto desafiam O primeiro é “ir”. Antes de tudo é deliberadamente os elementos pecaminosospreciso ir. que fazem parte de qualquer cultura. As palavras de Jesus exigem umaabordagem móvel e global da vida. 5) Batizar Se nós não formos, se repousarmosconfortavelmente dentro dos paradigmas de O segundo “como” discipular as naçõesnossas próprias culturas, será difícil está explicado no verbo “batizando”. Comoconseguirmos ser agentes de transformação devemos compreender o batizar as naçõesde culturas. aqui?
  4. 4. Podemos compreender que Cristo nos terceira são os profissionais (médicos,chamou para inundar as nações com a advogados, engenheiros, professores, homensproclamação do evangelho até que todas de negócios); e na quarta a transformaçãovenham a estar em contato com o Reino de social impacta as grandes massas.Deus. Por isso temos que começar com uma cosmovisão bíblica, integral, a partir da6) Ensinar transformação pela renovação da nossa mente. O terceiro “como” é o terceiro verbo queexplica como discipular as nações: Questões Propostas“ensinando-os a obedecer a tudo o que eu lhesordenei.” ASSINALE V (verdadeira) e F (Falsa), para as Saturar uma cultura com os afirmativas abaixo:ensinamentos do Reino de Deus até que acosmovisão da sociedade seja transformada ( ) A evangelização é uma tarefa urgente.pelos princípios do evangelho. Essa é a ( ) A missão principal da fé cristã éessência de se discipular uma nação. evangelizar. Conhecer a Deus e fazê-lo conhecido é ( ) O aumento do número de cristão, em umao fundamento para a transformação. determinada região, reduz proporcionalmente As idéias de fato têm consequências. os problemas sociais.Por esta razão, a revelação de quem é Deus ( ) A missão principal da igreja é salvar almas.deve produzir uma mudança de crenças, ( ) A grande comissão envolve o discipuladovalores, princípios e práticas que reinam em das nações.uma nação e em cada uma de suasinstituições corporativas. Cada setor da Questões Suplementaressociedade deve demonstrar o caráter e oscaminhos de Deus. Os setores da sociedade 1- “A idéia de discipular, em Mateus 28, estáincluem: mais ligada a um ensinamento individual de1. Família (Clã/ Tribo/ Povos) questões morais e éticas para os indivíduos2. Igreja (Igreja local/ Missões) convertidos.” JULGUE a frase acima e3. Educação (Todos os níveis, da pré-escola JUSTIFIQUE sua resposta.até a Universidade)4. Celebração (Artes/ Entretenimento/ 2- A partir dos conceitos estudados nesta liçãoEsportes) e nas lições anteriores, qual seria a principal5. Mídia missão da igreja local? JUSTIFIQUE.6. Economia (Negócios/ Ciência e Tecnologia/Pesquisa e Desenvolvimento/ Produção/ 3- Tanto a tirinha, quanto a música “Em nomeComércios/ Serviços) da justiça”, que estão nesta lição, evidenciam7. Governo (Executivo/ Judiciário/ Legislativo) graves problemas com relação à compreensão da tarefa do cristão no mundo. CITE alguns7) Transformação destes problemas que estão presentes no evangelicalismo brasileiro e DISCORRA sobre Em seu livro Discipulando as Nações, as possíveis causas e soluções destes.Daeeow Miller descreve as quatro “gerações”necessárias no processo de transformação deuma sociedade. Na primeira geração, os agentes chavesda transformação são os pensadores(filósofos, teólogos); na segunda geração sãoos artistas (poetas, dramaturgos,compositores, músicos, atores, novelistas,cineastas, cantores, pintores, escultores); na

×