Capítulo 05:5.1 Manejo do solo
A preparação do solo para a             agricultura• Existem vários processos de melhoramento do  solo.• Utilizamos esses ...
A preparação do solo para a             agricultura• Aração:• é     o     processo     de    revolver           um  terren...
A preparação do solo para a             agricultura• Aração:
A preparação do solo para a             agricultura• Adubação:• Consiste no fornecimento de adubos ou  fertilizantes ao so...
A preparação do solo para a             agricultura• Adubação:
A preparação do solo para a             agricultura• Irrigação e drenagem:• Técnica utilizada na agricultura que tem por  ...
A preparação do solo para a             agricultura• Irrigação e drenagem:
A preparação do solo para a             agricultura• Rotação de culturas:• É uma técnica agrícola de conservação que visa ...
Preservando o Solo• O Solo é um recurso natural muito importante,  são necessários séculos para se formar 1cm de  solo.• A...
Preservando o Solo• Erosão pela água• Também chamada de erosão hídrica, é o tipo de  erosão mais importante e preocupante ...
Preservando o Solo• Erosão Pluvial (pela chuva)
Preservando o Solo• Erosão Pluvial (pela chuva)̶ provocada pela retirada de material da parte superficial    do solo pelas...
Preservando o Solo• Erosão Pluvial (pela chuva)̶ A primeira ação da chuva se dá através do impacto das    gotas dágua sobr...
Preservando o Solo
Preservando o Solo• Erosão Fluvial (pelo rio)  – Erosão fluvial é o desgaste do leito e das margens    dos rios pelas suas...
Preservando o Solo
Preservando o Solo• Erosão Eólica (pelo vento)  – Ocorre quando o vento transporta partículas    diminutas que se chocam c...
Preservando o Solo
Preservando o Solo• Atividade humana x erosão  – O ser humano pode ser um importante agente    provocador das erosões.  – ...
Preservando o Solo• Atividade humana x erosão  – Atividades de mineração, de forma desordenada,    também podem provocar e...
Evitando a erosão• Atividade humana x erosão  – Atividades de mineração, de forma desordenada,    também podem provocar er...
Evitando a erosão• Cortina de cimento
Evitando a erosão• Curvas de nível          e         Terraço
5.2 O solo e a saúde humana
Cuidados com o solo• Existem muitos microorganismos no solo, que sãonocivos ao homem• Por isso é necessário existir medida...
Cuidados com o solo• Alguns dos parasitos presentes no solo são  − Ancylostoma duodenale (amarelão)  − Bicho geográfico  −...
Cuidados com o solo• Alguns dos parasitos presentes no solo são  Vermes  − Ancylostoma duodenale (amarelão)  − Bicho geogr...
Cuidados com o solo• A contaminação pelos vermes se dá através decontato com terra contaminada (amarelão e bichogeográfico...
5.3 O solo da cidade
O solo e a cidade• Serve de sustentação para construções. Terrenosde solo mais compacto ou com grande quantidadede pedras ...
O solo e a cidade• Serve como fonte de matéria prima, retira-seminerais para fazer utensílios, equipamentosdentre outros.
O solo e a cidade• É importante que pensemos à frente do nossotempo quando falamos de solo• Uma cidade que pensa ecologica...
O solo e a cidade• O descarte de resíduos sólidos(lixo) em locaisinadequados é um dos problemas que maisacontecem em centr...
Resíduos                                 ConteúdoDomiciliares ou        Principalmente restos de alimentos, embalagens de ...
O solo e a cidade• Por isso sempre devemos usar os “QUATROERRES”:
O solo e a cidade• Por isso sempre devemos usar os “QUATROERRES”:  R eeducar
O solo e a cidade• Por isso sempre devemos usar os “QUATROERRES”:  R eeducar  R eduzir
O solo e a cidade• Por isso sempre devemos usar os “QUATROERRES”:  R eeducar  R eduzir  R eutilizar
O solo e a cidade• Por isso sempre devemos usar os “QUATROERRES”:  R eeducar  R eduzir  R eutilizar  R eciclar
Tipos de reciclagem• Reciclagem de alumínio• Reciclagem de papel• Reciclagem de vidro• Reciclagem de plástico• Reciclagem ...
Materiais não recicláveis• São aqueles que não podem passar pelosprocessos de reaproveitamento conhecidos• São exemplos: p...
Aterros Sanitários
Incineração
Lixão (são ilegais e a céu aberto)
Capítulo 05: uso sustentável do solo
Capítulo 05: uso sustentável do solo
Capítulo 05: uso sustentável do solo
Capítulo 05: uso sustentável do solo
Capítulo 05: uso sustentável do solo
Capítulo 05: uso sustentável do solo
Capítulo 05: uso sustentável do solo
Capítulo 05: uso sustentável do solo
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Capítulo 05: uso sustentável do solo

7.288 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.288
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
153
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Capítulo 05: uso sustentável do solo

  1. 1. Capítulo 05:5.1 Manejo do solo
  2. 2. A preparação do solo para a agricultura• Existem vários processos de melhoramento do solo.• Utilizamos esses métodos quando um solo não é adequado para o uso a que foi destinado (por exemplo: um solo que tem pouca matéria orgânica e que queremos plantar nele).• Esses processos são: aração, adubação, irrigação e drenagem
  3. 3. A preparação do solo para a agricultura• Aração:• é o processo de revolver um terreno agrícola com um arado.• Sua finalidade é: – descompactar a terra para um melhor desenvolvimento das raízes, – Expõe o subsolo à ação do sol, – Também enterra restos de culturas agrícolas anteriores ou ervas daninhas porventura existentes, – Melhora ainda a infiltração de água no solo.
  4. 4. A preparação do solo para a agricultura• Aração:
  5. 5. A preparação do solo para a agricultura• Adubação:• Consiste no fornecimento de adubos ou fertilizantes ao solo, de modo a recuperar ou conservar a sua fertilidade, suprindo a carência de nutrientes e proporcionando o pleno desenvolvimento das culturas vegetais.
  6. 6. A preparação do solo para a agricultura• Adubação:
  7. 7. A preparação do solo para a agricultura• Irrigação e drenagem:• Técnica utilizada na agricultura que tem por objetivo o fornecimento controlado de água para as plantas em quantidade suficiente e no momento certo, assegurando a produtividade e a sobrevivência da plantação.• Drenagem é o ato de escoar as águas de terrenos encharcados, por meio de tubos, túneis, canais, valas e fossos sendo possível recorrer a motores como apoio ao escoamento.
  8. 8. A preparação do solo para a agricultura• Irrigação e drenagem:
  9. 9. A preparação do solo para a agricultura• Rotação de culturas:• É uma técnica agrícola de conservação que visa diminuir o esgotamento do solo• Consiste em alternar espécies vegetais, numa mesma área agrícola• Trocam-se as culturas a cada novo plantio de forma que as necessidades de adubação sejam diferentes a cada ciclo.
  10. 10. Preservando o Solo• O Solo é um recurso natural muito importante, são necessários séculos para se formar 1cm de solo.• A erosão é um processo de deslocamento de terra ou de rochas de uma superfície. A erosão pode ocorrer por ação de fenômenos da natureza ou do ser humano.
  11. 11. Preservando o Solo• Erosão pela água• Também chamada de erosão hídrica, é o tipo de erosão mais importante e preocupante no Brasil, pois tira e transporta o material erodido com grande facilidade, principalmente em regiões de clima úmido onde seus resultados são mais drásticos.• Vamos estudar 2 tipos: erosão Pluvial e Fluvial
  12. 12. Preservando o Solo• Erosão Pluvial (pela chuva)
  13. 13. Preservando o Solo• Erosão Pluvial (pela chuva)̶ provocada pela retirada de material da parte superficial do solo pelas águas da chuva. Esta ação é acelerada quando a água encontra o solo desprotegido de vegetação.
  14. 14. Preservando o Solo• Erosão Pluvial (pela chuva)̶ A primeira ação da chuva se dá através do impacto das gotas dágua sobre o solo. Este é capaz de provocar a desagregação dos torrões e agregados do solo, lançando o material mais fino para cima e para longe, fenômeno conhecido como salpicamento.̶ A força do impacto também força o material mais fino para abaixo da superfície, o que provoca a obstrução da porosidade (selagem) do solo, aumentando o fluxo superficial e a erosão.
  15. 15. Preservando o Solo
  16. 16. Preservando o Solo• Erosão Fluvial (pelo rio) – Erosão fluvial é o desgaste do leito e das margens dos rios pelas suas águas. Este processo pode levar a alterações no curso do rio. – Para preservar o leito dos rios, não podemos desmatar a mata ciliar.
  17. 17. Preservando o Solo
  18. 18. Preservando o Solo• Erosão Eólica (pelo vento) – Ocorre quando o vento transporta partículas diminutas que se chocam contra rochas e se dividem em mais partículas que se chocam contra outras rochas. – Podem ser vistas nos desertos na forma de dunas e de montanhas retangulares ou também em zonas relativamente secas.
  19. 19. Preservando o Solo
  20. 20. Preservando o Solo• Atividade humana x erosão – O ser humano pode ser um importante agente provocador das erosões. – Ao retirar a cobertura vegetal de um solo, este perde sua consistência, pois a água, que antes era absorvida pelas raízes das árvores e plantas, passa a infiltrar no solo. Esta infiltração pode causar a instabilidade do solo e a erosão.
  21. 21. Preservando o Solo• Atividade humana x erosão – Atividades de mineração, de forma desordenada, também podem provocar erosão. – Ao retirar uma grande quantidade de terra de uma jazida de minério, os solos próximos podem perder sua estrutura de sustentação.
  22. 22. Evitando a erosão• Atividade humana x erosão – Atividades de mineração, de forma desordenada, também podem provocar erosão. – Ao retirar uma grande quantidade de terra de uma jazida de minério, os solos próximos podem perder sua estrutura de sustentação. – Como podemos evitar erosão em meios urbanos?
  23. 23. Evitando a erosão• Cortina de cimento
  24. 24. Evitando a erosão• Curvas de nível e Terraço
  25. 25. 5.2 O solo e a saúde humana
  26. 26. Cuidados com o solo• Existem muitos microorganismos no solo, que sãonocivos ao homem• Por isso é necessário existir medidas desaneamento básico nos centros urbanos e rurais• As medidas de saneamento básico são,canalização e tratamento dos esgotos e da águapotável a ser consumida.
  27. 27. Cuidados com o solo• Alguns dos parasitos presentes no solo são − Ancylostoma duodenale (amarelão) − Bicho geográfico − Ascaris lumbricoides (lombriga) − Clostridium botulinum (botulismo) − Clostridium tetani (tétano)
  28. 28. Cuidados com o solo• Alguns dos parasitos presentes no solo são Vermes − Ancylostoma duodenale (amarelão) − Bicho geográfico − Ascaris lumbricoides (lombriga) Bactérias − Clostridium botulinum (botulismo) − Clostridium tetani (tétano)
  29. 29. Cuidados com o solo• A contaminação pelos vermes se dá através decontato com terra contaminada (amarelão e bichogeográfico) e por ingestão de alimentos e águacontaminados com ovos de vermes (lombriga)• Já a contaminação pelas bactérias se dá através daingestão de suas toxinas (botulismo), ou através dainfecção por bactérias através de cortes eperfurações com objetos sujos ou enferrujados(tétano)
  30. 30. 5.3 O solo da cidade
  31. 31. O solo e a cidade• Serve de sustentação para construções. Terrenosde solo mais compacto ou com grande quantidadede pedras são bons para essa finalidade.
  32. 32. O solo e a cidade• Serve como fonte de matéria prima, retira-seminerais para fazer utensílios, equipamentosdentre outros.
  33. 33. O solo e a cidade• É importante que pensemos à frente do nossotempo quando falamos de solo• Uma cidade que pensa ecologicamente correto,não impermeabiliza seu solo, não joga esgoto emrios, não explora gananciosamente suas matériasprimas e respeita terrenos e áreas de preservação• Pensando assim podemos evitar desastres
  34. 34. O solo e a cidade• O descarte de resíduos sólidos(lixo) em locaisinadequados é um dos problemas que maisacontecem em centros urbanos• Podemos listar esses lixos em:
  35. 35. Resíduos ConteúdoDomiciliares ou Principalmente restos de alimentos, embalagens de vários residenciais materiais, objetos diversos, papéis e plásticos Comerciais Especialmente papéis, papelões e plásticos Subprodutos das atividades industriais. Podem ser restos de Industriais alimentos, madeira, tecidos, couro, materiais e produtos químicos Provenientes de estabelecimentos de saúde e oferecem risco de Biológicos contaminação. Por isso têm coleta e destino controlados. São eles: seringas, vidros de remédios, algodão e gaze com sangue Artefatos tecnológicos já obsoletos ou quebrados que não Tecnológicos podem ser consertados, como computadores e telefones celulares, CDs, fios e diversos outros componentes Folhas, galhos de árvores podados ou caídos nas calçadas eLimpeza pública ruas. Também inclui pó de asfalto, papéis, plásticos, entulhos de e poda construção, terra, animais mortos, madeira e móveis velhos. Produtos de usinas nucleares, centros de pesquisa e hospitais Nucleares que utilizam materiais radioativos. São resíduos que não podem ser descartados em qualquer lugar.
  36. 36. O solo e a cidade• Por isso sempre devemos usar os “QUATROERRES”:
  37. 37. O solo e a cidade• Por isso sempre devemos usar os “QUATROERRES”: R eeducar
  38. 38. O solo e a cidade• Por isso sempre devemos usar os “QUATROERRES”: R eeducar R eduzir
  39. 39. O solo e a cidade• Por isso sempre devemos usar os “QUATROERRES”: R eeducar R eduzir R eutilizar
  40. 40. O solo e a cidade• Por isso sempre devemos usar os “QUATROERRES”: R eeducar R eduzir R eutilizar R eciclar
  41. 41. Tipos de reciclagem• Reciclagem de alumínio• Reciclagem de papel• Reciclagem de vidro• Reciclagem de plástico• Reciclagem de material orgânico (compostagem)
  42. 42. Materiais não recicláveis• São aqueles que não podem passar pelosprocessos de reaproveitamento conhecidos• São exemplos: papéis com restos orgânicos (papelhigiênico, guardanapos sujos), alguns tipos deplásticos, frascos de remédio, clipes de papel,lâmpadas, dentre outros• Existem métodos para dispor do lixo, caso nãoseja reciclável
  43. 43. Aterros Sanitários
  44. 44. Incineração
  45. 45. Lixão (são ilegais e a céu aberto)

×