Manejo Ecologico Do Solo

16.848 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
  • Seja o primeiro a comentar

Manejo Ecologico Do Solo

  1. 1. Manejo (Agro)Ecológico do Solo Marcelo Venturi Grupo de Extensão e Pesquisa em Agroecologia – UFSC http://agroecologia.ufsc.br Professores: Paulo Emílio Lovato; Jucinei José Comin; Marcos Alberto Lana ”Blumenau”; Marcelo Venturi Mestrandos: Marcelo Venturi; Ivan Iuri Bonjorno; Kamilly Amorin Garcia Graduandos: Lauro Artur Otavio Martins; Paula Beatriz Sete; Elaine Santos; Cynthya
  2. 2. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br Onde estamos neste ciclo???
  3. 3. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br Manejo do Solo adequado: - Reduz Erosão - Aumenta diversidade de Vida (plantas, animais, insetos benéficos, micro) - Aumenta Matéria Orgânica - Aumenta disponibilidade de nutrientes - Aumenta Estabilidade (de vida, depois $)‏ - Aumenta a independência! Manejo do Solo inadequado: - Aumenta Erosão - Reduz diversidade de Vida - Reduz Matéria Orgânica e perde nutrientes - Reduz Estabilidade (de vida, depois $)‏ - Cria dependência por técnicos, empresas e insumos!
  4. 4. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br A Vida do Solo ou A Vida no solo?
  5. 5. Fonte: Prof. Paulo Lovato
  6. 6. Fonte: Prof. Paulo Lovato
  7. 7. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br Biota do Solo Qual o tamanho do “Rebanho” do Solo??? 700 a 1500 Kg/ha
  8. 8. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br MACHADO DA ROSA O Ambiente horta escolar como espaço de aprendizagem. LABENSRU DZR CCA UFSC
  9. 9. Fonte: Prof. Paulo Lovato
  10. 10. Fonte: Prof. Paulo Lovato #Slide 3
  11. 11. Matéria Orgânica do Solo Que bicho é esse? Responsável pela cor do solo Maior parte da CTC Agregação e estrutura do solo Manutenção da biota e vida ... Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  12. 12. Matéria Orgânica do Solo Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  13. 13. Matéria Orgânica do Solo Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  14. 14. Matéria Orgânica do Solo Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  15. 15. Matéria Orgânica do Solo Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  16. 16. Matéria Orgânica do Solo Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  17. 17. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br #Slide 3
  18. 18. Um agricultor e sua obra Roland Ristow Manejo de mucuna-preta/branca e de capim-doce ( Brachiaria plantaginea ), para produção de milho e de fumo (sem revolvimento e sem herbicidas)‏ ROLAND RISTOW: UMA CONTRIBUIÇÃO AO ESTUDO DA AGRICULTURA SUSTENTÁVEL. JOSÉ CEZAR PEREIRA. PGA – UFSC.
  19. 19. Propriedade Ristow (Ibirama, SC): declividades de 32 a 42% Fonte: José César Pereira. - http://agroecologia.ufsc.br
  20. 20. Solo coberto por mucuna Fonte: José César Pereira. - http://agroecologia.ufsc.br
  21. 21. A máquina "maria louca", um rolo-disco automotriz Adaptação de Roland Ristow Fonte: José César Pereira. - http://agroecologia.ufsc.br
  22. 22. Capim doce (vigor e cobertura efetiva do solo)‏ Fonte: José César Pereira. - http://agroecologia.ufsc.br
  23. 23. Fumo no primeiro plano (42% declividade), milho ao fundo (30% declividade)‏ Fonte: José César Pereira. - http://agroecologia.ufsc.br
  24. 24. Milho em estádio de inicial de desenvolvimento Fonte: José César Pereira. - http://agroecologia.ufsc.br
  25. 25. Poros da macrofauna Fonte: José César Pereira. - http://agroecologia.ufsc.br
  26. 26. Fonte: José César Pereira. - http://agroecologia.ufsc.br
  27. 27. Avaliando a capacidade de infiltração Fonte: José César Pereira. - http://agroecologia.ufsc.br
  28. 28. Análise de solo do sistema de Roland Ristow “ Não uso calcário, só um pouco de adubo (de síntese química) no fumo. No milho e noutras culturas não uso nada. Pode plantar que sempre dá” Fonte: José César Pereira. - http://agroecologia.ufsc.br 3,2 3,2 5,2 - +150 +50 6,4 2 3,9 3,3 6,7 - 88 +50 6,6 1 % cmol c L -1 mg kg -1 SMP Gleba M.O. Mg Ca Al K P pH
  29. 29. Mão-de-obra necessária no sistema “RR” (Roland Ristow) em comparação ao modelo convencional (principais culturas anuais) Dimensão operacional 1,8 X 1,7 X Fonte: José César Pereira. - http://agroecologia.ufsc.br
  30. 30. Dimensão ambiental Densidade aparente do solo no sistema “RR” (Roland Ristow) em comparação ao modelo convencional 1,3 X Fonte: José César Pereira. - http://agroecologia.ufsc.br
  31. 31. Biomassa microbiana no sistema “RR” (Roland Ristow) em comparação ao modelo convencional 1,5 X Fonte: José César Pereira. - http://agroecologia.ufsc.br
  32. 32. Uso de agrotóxicos pelo modelo convencional e o sistema “RR” (Roland Ristow) (kg ou L/ha.SAU)‏ 6 X Fonte: José César Pereira. - http://agroecologia.ufsc.br
  33. 33. Uso de fertilizantes de síntese química pelo modelo convencional e o sistema “RR” (Roland Ristow) (kg/ha.SAU)‏ 4 X Fonte: José César Pereira. - http://agroecologia.ufsc.br
  34. 34. Dimensão econômica Margem Bruta da atividade fumo no sistema Ristow em comparação ao sistema convencional 5 X Fonte: José César Pereira. - http://agroecologia.ufsc.br
  35. 35. Margem Bruta da atividade milho no sistema Ristow em comparação ao sistema convencional 2,8 X Fonte: José César Pereira. - http://agroecologia.ufsc.br
  36. 36. Manejo (Agro)Ecológico do Solo Como fazer, afinal? Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  37. 37. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br <ul><li>Enfim: copiando a natureza e trabalhando com ela, e não contra ela! </li></ul><ul><li>Manejo (Agro)Ecológico do Solo Como fazer, afinal? </li></ul><ul><li>- Com solo SEMPRE protegido: Plantio direto sem herbicidas em curva de nível, com terraços, etc... </li></ul><ul><li>- Pastoreio Racional Voisin </li></ul><ul><li>- Aumento da Biodiversidade cultivada e criada: Consórcios (animais + vegetais), Corredores, Agroflorestas e Sistemas Agro-silvo-pastoris </li></ul>
  38. 38. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br Manejo (Agro)Ecológico do Solo solo protegido: Plantio direto sem herbicidas <ul><li>Sistemas de preparo do solo convencional </li></ul><ul><li>Eliminação da cobertura do solo </li></ul><ul><li>Desestabilização da estrutura </li></ul><ul><li>Compactação </li></ul><ul><li>Redução da matéria orgânica </li></ul><ul><li>Agrotóxicos: plantas espontâneas, pragas e doenças </li></ul>
  39. 39. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br Manejo (Agro)Ecológico do Solo solo protegido: Plantio direto sem herbicidas Sistemas de preparo do solo convencional
  40. 40. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br Manejo (Agro)Ecológico do Solo solo protegido: Plantio direto sem herbicidas Sistemas de preparo do solo convencional
  41. 41. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br Manejo (Agro)Ecológico do Solo solo protegido: Plantio direto sem herbicidas Sistemas de preparo do solo convencional
  42. 42. Sistema de Plantio Direto (SPD)‏ <ul><li>Semeadura com revolvimento do solo restrito (linha de plantio ou cova), coberto com palhada </li></ul><ul><li>Brasil: década de 1970, controle químico das plantas espontâneas </li></ul><ul><li>Conservar o solo e economizar combustíveis </li></ul>Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  43. 43. Benefícios do SPD <ul><li>Redução na erosão </li></ul><ul><li>Melhoria da estrutura do solo </li></ul><ul><li>Aumento: fertilidade, retenção de água, matéria orgânica, população e atividade de microrganismos </li></ul><ul><li>Redução: custos de produção (uso de máquinas), penosidade do trabalho </li></ul>Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  44. 44. Requisitos <ul><li>Rotação de culturas </li></ul><ul><li>Revolvimento do solo restrito à linha de plantio </li></ul><ul><li>Resíduos vegetais (culturas específicas)‏ </li></ul><ul><li>Correção prévia de solos ácidos e nutrientes (*P)‏ </li></ul><ul><li>Correção de compactação, sulcos </li></ul><ul><li>Cobertura do solo  50 % (plantas de cobertura)‏ </li></ul>
  45. 45. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br Manejo (Agro)Ecológico do Solo solo protegido: Plantio direto sem herbicidas Sistemas de plantio direto convencional Soja RR (“planta invasora”)‏
  46. 46. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br Manejo (Agro)Ecológico do Solo Plantio direto convencional: Soja RR Foto: Robinson Osipe
  47. 47. Soja RR (“planta invasora”)‏ Com Glifosato Sem Glifosato Figura: Teste de germinação no solo. À esquerda, plântulas de soja convencional de área dessecada em pré-colheita com glifosato; à direita, sem glifosato. Informações Agronômicas - Potafos Set. 2006
  48. 48. Soja RR (“planta invasora”)‏ Com Glifosato Sem Glifosato Figura: Teste de germinação em laboratório. À esquerda, plântulas de soja convencional oriundas de área experimental dessecada em pré-colheita com glifosato; à direita, sem glifosato. Informações Agronômicas - Potafos Set. 2006
  49. 49. Fenologia e arquitetura das plantas Manejo (Agro)Ecológico do Solo solo protegido: Plantio direto sem herbicidas – 1. Sem pousio: Plantar culturas diversas Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  50. 50. Tipos de sistemas radiculares Manejo (Agro)Ecológico do Solo solo protegido: Plantio direto sem herbicidas – 1. Sem pousio: Plantar culturas diversas nas entressafras Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  51. 51. Tipos de sistemas radiculares Que plantas daqui que tem estas características? Quais vocês usam? Manejo (Agro)Ecológico do Solo solo protegido: Plantio direto sem herbicidas – 1. Sem pousio: Plantar culturas diversas nas entressafras
  52. 52. Manejo (Agro)Ecológico do Solo solo protegido: Plantio direto sem herbicidas – 2 . Após crescidas, solo coberto Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  53. 53. aveia+nabo+ervilhaca Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  54. 54. Manejo (Agro)Ecológico do Solo solo protegido: Plantio direto sem herbicidas – 3. Após crescidas, solo coberto: Rolar Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  55. 55. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  56. 56. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  57. 57. Manejo (Agro)Ecológico do Solo solo protegido: Plantio direto sem herbicidas – 3. Após crescidas, solo coberto: Rolar
  58. 58. Manejo (Agro)Ecológico do Solo solo protegido: Plantio direto sem herbicidas – 3. Após crescidas, solo coberto: Rolar
  59. 59. Manejo (Agro)Ecológico do Solo solo protegido: Plantio direto sem herbicidas – 4. Plantar, sem mexer no solo Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  60. 60. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  61. 61. Manejo (Agro)Ecológico do Solo solo protegido: Plantio direto sem herbicidas – 4. Plantar, sem mexer no solo Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  62. 62. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  63. 63. Epagri – Ituporanga : Plantio Direto de tomate Manejo (Agro)Ecológico do Solo solo protegido: Plantio direto sem herbicidas – 5 . Colher, mantendo o solo COBERTO Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  64. 64. Produtividade na seca Manejo (Agro)Ecológico do Solo solo protegido: Plantio direto sem herbicidas – 5 . Colher, mantendo o solo COBERTO Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  65. 65. Epagri – Ituporanga : Plantio Direto de tomate Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  66. 66. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  67. 67. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  68. 68. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  69. 69. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  70. 70. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  71. 71. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  72. 72. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  73. 73. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  74. 74. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  75. 75. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  76. 76. Palhada do milho Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  77. 77. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  78. 78. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  79. 79. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  80. 80. Manejo (Agro)Ecológico do Solo Aumento da (Bio)diversidade Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  81. 81. Diversificação de culturas comerciais Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  82. 82. <ul><li>Rendimento das Culturas </li></ul>Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  83. 83. <ul><li>Rendimento em Dias/homem </li></ul>Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  84. 84. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  85. 85. MACHADODAROSA O Ambiente horta escolar ... LABENSRU DZR CCA UFSC
  86. 86. MACHADODAROSA O Ambiente horta escolar ... LABENSRU DZR CCA UFSC
  87. 87. MACHADODAROSA O Ambiente horta escolar ... LABENSRU DZR CCA UFSC
  88. 88. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  89. 89. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  90. 90. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  91. 91. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  92. 92. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  93. 93. Marcelo Venturi - [email_address] - http://agroecologia.ufsc.br
  94. 94. Milho MACHADODAROSA O Ambiente horta escolar ... LABENSRU DZR CCA UFSC
  95. 95. Milho MACHADODAROSA O Ambiente horta escolar ... LABENSRU DZR CCA UFSC
  96. 96. Milho Crioulo MACHADODAROSA O Ambiente horta escolar ... LABENSRU DZR CCA UFSC
  97. 97. Batata MACHADODAROSA O Ambiente horta escolar ... LABENSRU DZR CCA UFSC
  98. 98. MACHADODAROSA O Ambiente horta escolar ... LABENSRU DZR CCA UFSC
  99. 99. MACHADODAROSA O Ambiente horta escolar ... LABENSRU DZR CCA UFSC
  100. 100. MACHADODAROSA O Ambiente horta escolar ... LABENSRU DZR CCA UFSC
  101. 102. Agradecido! Marcelo Venturi [email_address] Grupo de Extensão e Pesquisa em Agroecologia – UFSC http://agroecologia.ufsc.br Professores: Paulo Emílio Lovato; Jucinei José Comin; Marcos Alberto Lana ”Blumenau”; Marcelo Venturi Mestrandos: Marcelo Venturi; Ivan Iuri Bonjorno; Kamilly Amorin Garcia Graduandos: Lauro Artur Otavio Martins; Paula Beatriz Sete; Elaine Santos; Cynthya

×