ViolêNcias Contra Mulheres(Slides)
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

ViolêNcias Contra Mulheres(Slides)

em

  • 35,390 visualizações

 

Estatísticas

Visualizações

Visualizações totais
35,390
Visualizações no SlideShare
35,300
Visualizações incorporadas
90

Actions

Curtidas
4
Downloads
665
Comentários
6

3 Incorporações 90

http://www.slideshare.net 78
http://informaticaaryparreiras.blogspot.com 9
http://informaticaaryparreiras.blogspot.com.br 3

Categorias

Carregar detalhes

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Direitos de uso

© Todos os direitos reservados

Report content

Sinalizado como impróprio Sinalizar como impróprio
Sinalizar como impróprio

Selecione a razão para sinalizar essa apresentação como imprópria.

Cancelar

15 de 6 Publicar um comentário

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Tem certeza que quer?
    Sua mensagem vai aqui
    Processing...
Publicar comentário
Editar seu comentário

ViolêNcias Contra Mulheres(Slides) Presentation Transcript

  • 1. VIOLÊNCIAS CONTRA MULHER
  • 2. Equipe
    • Viana,Tamara,Eder,Paulo Vinicius
  • 3. INTRODUÇÃO
    • A violência contra a mulher é uma expressão abrangente, incluindo diferentes formas de agressão à integridade corporal, psicológica e sexual.
    • A violência afeta mulheres de todas as idades, raças e classes sociais e tem graves repercussões sociais.
  • 4.
    • A violência “de gênero”, como ela é chamada, resulta, em parte, da condição subordinada que a mulher ainda tem na sociedade.
    • Em razão disso, cada vez mais, a violência de gênero é vista como um sério problema da saúde pública, além de constituir violação dos direitos humanos.
  • 5. O QUE SÃO VIOLÊNCIAS CONTRA MULHER?
    • A partir da atuação do movimento de mulheres, comportamentos considerados "naturais" passaram a ser classificados como violência :
    • impedir a mulher de trabalhar fora de casa;
    • negar-lhe a possibilidade de sair só ou de ter amigas;
  • 6.
    • impedi-la de escolher o tipo de roupa que deseja usar;
    • impedir sua participação em atividades sociais;
    • agressões domésticas de pequena monta ou desqualificação e humilhações privadas ou em público;
    • as relações sexuais forçadas dentro do casamento;
    • Lesão corporal, que é agressão física, como socos, pontapés, bofetões, espancamentos, etc.
  • 7. PORQUE SÉRA QUE MUITAS MULHERES SOFREM CALADAS?
    • Por medo :
    • Medo das ameaças;
    • Medo da denuncia terminar em cesta básica e o agressor ficar em liberdade para continuar as agressões;
  • 8.
    • - Ou até mesmo, que por vingança, o agressor possa aumentar as agressões causando lesões graves ou até mesmo a morte.
    • Por falta de informação :
    • - Desconhecem a Lei Maria da Penha , cuja lei fica encarregada de proteger as mulheres contra diversos tipos de agressões.
  • 9. Conseqüências destas violências para a mulher
    • A violência tem resultados devastadores para a saúde reprodutiva da mulher;
    • Afeta seu bem-estar físico e mental ;
    • Aumenta o risco de dores crônicas;
    • De incapacidade física;
    • De abuso de drogas e álcool;
    • De depressão;
  • 10.
    • Falando de uma agressão física ou sexual, elas correm maior risco de ter uma gravidez indesejada;
    • De contrair uma infecção sexualmente transmitida;
    • De sofrer um resultado adverso em sua gravidez .
  • 11. O QUE PRECISA SER FEITO PARA SOLUCIONAR OU REDUZIR A VIOLÊNCIA DE GÊNERO?
    • É preciso que todos os segmentos da sociedade se empenhem e tenham estratégias de longo prazo;
  • 12.
    • É necessário que os governos se comprometam a aprovar e executar leis que asseguram a elas o cumprimento de seus direitos legais e punem os culpados;
    • É importante existir estratégias comunitárias, buscando dar mais poderes as mulheres;
    • Trabalhar também com os homens e mudar os tipos de crenças e atitudes que permitem o comportamento abusivo;
  • 13. CONSIDERAÇÕES FINAIS
    • Contudo,
    • analisamos que somente quando as mulheres conquistarem uma posição de igualdade com os homens na sociedade, a violência contra elas deixará de ser uma norma invisível e passará a ser vista como uma aberração inaceitável.