SlideShare uma empresa Scribd logo

Violência conjugal - formação

1 de 25
Baixar para ler offline
Helena Rocha
   Definir o conceito de Violência Conjugal
   Principais factores que levam á Violência conjugal
   Identificar os tipos de violência Conjugal
   Identificar os principais mitos da violência Conjugal
   Identificar as principais Políticas Sociais para a prevenção
    e protecção da violência Conjugal
“Por esta se entende toda a agressão (verbal,
física e/ou sexual) exercida contra o/a cônjuge ou
companheiro/a com o intuito de obter poder e
controlo sobre o mesmo.”
Factores de Risco:
                         Más condições habitacionais
                         Encarar a mulher como objecto
  GLOBALIZAÇÃO           Desemprego
                         Baixos rendimentos
                         Alcoolismo
                         Toxicodependência etc.




                                       FAMÍLIA
                                     MODERNA
                 VIOLÊNCIA
SOCIEDADE DE     CONJUGAL
   RISCO
Violência conjugal - formação
   Criticar negativamente atributos físicos ou
    comportamentos;
   Humilhar em público ou privado;
   Difamar a vítima acusando-a de ser infiel;
   Insultar a vítima;
   Gritar de forma a meter medo á vítima;
   Perseguir a vítima na rua e ou trabalho;
   Destruir objectos de valor da vítima;
   Ameaçar ou maltratar familiares ou amigos da vítima;
    etc.

Recomendados

Violencia contra a mulher
Violencia contra a mulherViolencia contra a mulher
Violencia contra a mulherulissesporto
 
Palestra violência contra mulher 07 03 2012
Palestra violência contra mulher 07 03 2012Palestra violência contra mulher 07 03 2012
Palestra violência contra mulher 07 03 2012Alessandru2
 
Violência contra mulher e Lei Maria da Penha
Violência contra mulher e Lei Maria da Penha  Violência contra mulher e Lei Maria da Penha
Violência contra mulher e Lei Maria da Penha Vyttorya Marcenio
 
Cartilha violencia domestica_alt_0
Cartilha violencia domestica_alt_0Cartilha violencia domestica_alt_0
Cartilha violencia domestica_alt_0Jornal do Commercio
 
ViolêNcias Contra Mulheres(Slides)
ViolêNcias Contra Mulheres(Slides)ViolêNcias Contra Mulheres(Slides)
ViolêNcias Contra Mulheres(Slides)guest5c2f32
 
Violência doméstica
Violência domésticaViolência doméstica
Violência domésticamartasara
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cartilha combate á violência contra a mulher
Cartilha combate  á  violência contra a mulherCartilha combate  á  violência contra a mulher
Cartilha combate á violência contra a mulherCEDDHSC-ESTADUAL-RJ
 
Assistencia a mulher vitima de violencia sexual
Assistencia a mulher vitima de violencia sexualAssistencia a mulher vitima de violencia sexual
Assistencia a mulher vitima de violencia sexualchirlei ferreira
 
A violência doméstica transtornos tanto para a saúde física quanto social da ...
A violência doméstica transtornos tanto para a saúde física quanto social da ...A violência doméstica transtornos tanto para a saúde física quanto social da ...
A violência doméstica transtornos tanto para a saúde física quanto social da ...Vitor Girdwood
 
Violência doméstica seminário lei maria da penha
Violência doméstica seminário lei maria da penhaViolência doméstica seminário lei maria da penha
Violência doméstica seminário lei maria da penhaNayara Mayla Brito Damasceno
 
10 anos da Lei Maria da Penha
10 anos da Lei Maria da Penha 10 anos da Lei Maria da Penha
10 anos da Lei Maria da Penha Conceição Amorim
 
Exposição violência doméstica
Exposição violência domésticaExposição violência doméstica
Exposição violência domésticaSandra Campos
 
Violencia Domestica contra a Mulher - Lei Maria da Penha
Violencia Domestica contra a Mulher - Lei Maria da PenhaViolencia Domestica contra a Mulher - Lei Maria da Penha
Violencia Domestica contra a Mulher - Lei Maria da PenhaGizele Lopes
 
Violencia Domestica Marina Ana Filipa
Violencia Domestica Marina Ana FilipaViolencia Domestica Marina Ana Filipa
Violencia Domestica Marina Ana Filipaaritovi
 
Violência Doméstica.
Violência Doméstica.Violência Doméstica.
Violência Doméstica.Dandreia
 
Violencia contra a mulher
Violencia contra a mulherViolencia contra a mulher
Violencia contra a mulherMaira Conde
 
Texto violência contra a mulher
Texto violência contra a  mulherTexto violência contra a  mulher
Texto violência contra a mulherSadrak Silva
 
Violencia doméstica
Violencia domésticaViolencia doméstica
Violencia domésticabela610
 
Violência contra a mulher
Violência contra a mulherViolência contra a mulher
Violência contra a mulherElton Zanoni
 
Violencia Conjugal - Formação
Violencia Conjugal - FormaçãoViolencia Conjugal - Formação
Violencia Conjugal - FormaçãoHelena Rocha
 

Mais procurados (20)

Violência contra a mulher.d
Violência contra a mulher.dViolência contra a mulher.d
Violência contra a mulher.d
 
Cartilha combate á violência contra a mulher
Cartilha combate  á  violência contra a mulherCartilha combate  á  violência contra a mulher
Cartilha combate á violência contra a mulher
 
Assistencia a mulher vitima de violencia sexual
Assistencia a mulher vitima de violencia sexualAssistencia a mulher vitima de violencia sexual
Assistencia a mulher vitima de violencia sexual
 
A violência doméstica transtornos tanto para a saúde física quanto social da ...
A violência doméstica transtornos tanto para a saúde física quanto social da ...A violência doméstica transtornos tanto para a saúde física quanto social da ...
A violência doméstica transtornos tanto para a saúde física quanto social da ...
 
Violência doméstica seminário lei maria da penha
Violência doméstica seminário lei maria da penhaViolência doméstica seminário lei maria da penha
Violência doméstica seminário lei maria da penha
 
10 anos da Lei Maria da Penha
10 anos da Lei Maria da Penha 10 anos da Lei Maria da Penha
10 anos da Lei Maria da Penha
 
Violencia domestica 2012
Violencia domestica 2012 Violencia domestica 2012
Violencia domestica 2012
 
Violência doméstica
Violência doméstica   Violência doméstica
Violência doméstica
 
Exposição violência doméstica
Exposição violência domésticaExposição violência doméstica
Exposição violência doméstica
 
Violencia Domestica contra a Mulher - Lei Maria da Penha
Violencia Domestica contra a Mulher - Lei Maria da PenhaViolencia Domestica contra a Mulher - Lei Maria da Penha
Violencia Domestica contra a Mulher - Lei Maria da Penha
 
Violencia Domestica Marina Ana Filipa
Violencia Domestica Marina Ana FilipaViolencia Domestica Marina Ana Filipa
Violencia Domestica Marina Ana Filipa
 
Violência Doméstica.
Violência Doméstica.Violência Doméstica.
Violência Doméstica.
 
Violencia contra a mulher
Violencia contra a mulherViolencia contra a mulher
Violencia contra a mulher
 
Violência contra mulher -
Violência contra mulher - Violência contra mulher -
Violência contra mulher -
 
Atividades lei maria da penha (1)
Atividades lei maria da penha (1)Atividades lei maria da penha (1)
Atividades lei maria da penha (1)
 
Texto violência contra a mulher
Texto violência contra a  mulherTexto violência contra a  mulher
Texto violência contra a mulher
 
Violencia doméstica
Violencia domésticaViolencia doméstica
Violencia doméstica
 
Violência contra mulher
Violência contra mulherViolência contra mulher
Violência contra mulher
 
Violência contra a mulher
Violência contra a mulherViolência contra a mulher
Violência contra a mulher
 
Violencia Conjugal - Formação
Violencia Conjugal - FormaçãoViolencia Conjugal - Formação
Violencia Conjugal - Formação
 

Semelhante a Violência conjugal - formação

Cartilha mulher violência
Cartilha mulher violênciaCartilha mulher violência
Cartilha mulher violênciakarinatannure
 
Violnciadomstica anagmeasandraalline-111213233321-phpapp02
Violnciadomstica anagmeasandraalline-111213233321-phpapp02Violnciadomstica anagmeasandraalline-111213233321-phpapp02
Violnciadomstica anagmeasandraalline-111213233321-phpapp02Crislaine Matozinhos
 
Newletter da Esposende Ambiente - Nós por cá, Ed 2
Newletter da Esposende Ambiente - Nós por cá, Ed 2Newletter da Esposende Ambiente - Nós por cá, Ed 2
Newletter da Esposende Ambiente - Nós por cá, Ed 2Angelo de Sousa
 
Violência doméstica e familiar polícia militar
Violência doméstica e familiar   polícia militarViolência doméstica e familiar   polícia militar
Violência doméstica e familiar polícia militarGeazi San
 
Direitos da mulher - Prevenção à violência e ao HIV
Direitos da mulher - Prevenção à violência e ao HIVDireitos da mulher - Prevenção à violência e ao HIV
Direitos da mulher - Prevenção à violência e ao HIVMovimentoMulher360
 
Aula redação - enem.pdf
Aula redação - enem.pdfAula redação - enem.pdf
Aula redação - enem.pdflorena718313
 
Aula redação - enem.pdf
Aula redação - enem.pdfAula redação - enem.pdf
Aula redação - enem.pdflorena718313
 
AGOSTO LILÁS 2022 (1).pptx
AGOSTO LILÁS 2022 (1).pptxAGOSTO LILÁS 2022 (1).pptx
AGOSTO LILÁS 2022 (1).pptxDamsioCear
 
Violência doméstica
Violência domésticaViolência doméstica
Violência domésticamartasara
 
Violência doméstica
Violência domésticaViolência doméstica
Violência domésticamartasara
 
ViolêNcia DoméStica Trabalho
ViolêNcia DoméStica TrabalhoViolêNcia DoméStica Trabalho
ViolêNcia DoméStica Trabalhomartasara
 
Violência doméstica
Violência domésticaViolência doméstica
Violência domésticamartasara
 
Violência doméstica
Violência domésticaViolência doméstica
Violência domésticamartasara
 
Violência doméstica
Violência domésticaViolência doméstica
Violência domésticamartasara
 
Violência Doméstica
Violência DomésticaViolência Doméstica
Violência Domésticamartasara
 
Violencia contra mulher e recursos tecnologias.pptx
Violencia contra mulher e recursos tecnologias.pptxViolencia contra mulher e recursos tecnologias.pptx
Violencia contra mulher e recursos tecnologias.pptxVniaFerreiraCostadeO
 

Semelhante a Violência conjugal - formação (20)

Violência contra a mulher.d
Violência contra a mulher.dViolência contra a mulher.d
Violência contra a mulher.d
 
Cartilha mulher violência
Cartilha mulher violênciaCartilha mulher violência
Cartilha mulher violência
 
APRESENTAÇÃO SAÚDE
APRESENTAÇÃO SAÚDEAPRESENTAÇÃO SAÚDE
APRESENTAÇÃO SAÚDE
 
Violnciadomstica anagmeasandraalline-111213233321-phpapp02
Violnciadomstica anagmeasandraalline-111213233321-phpapp02Violnciadomstica anagmeasandraalline-111213233321-phpapp02
Violnciadomstica anagmeasandraalline-111213233321-phpapp02
 
Newletter da Esposende Ambiente - Nós por cá, Ed 2
Newletter da Esposende Ambiente - Nós por cá, Ed 2Newletter da Esposende Ambiente - Nós por cá, Ed 2
Newletter da Esposende Ambiente - Nós por cá, Ed 2
 
«Violência»
«Violência»«Violência»
«Violência»
 
Violência doméstica e familiar polícia militar
Violência doméstica e familiar   polícia militarViolência doméstica e familiar   polícia militar
Violência doméstica e familiar polícia militar
 
Direitos da mulher - Prevenção à violência e ao HIV
Direitos da mulher - Prevenção à violência e ao HIVDireitos da mulher - Prevenção à violência e ao HIV
Direitos da mulher - Prevenção à violência e ao HIV
 
Aula redação - enem.pdf
Aula redação - enem.pdfAula redação - enem.pdf
Aula redação - enem.pdf
 
Aula redação - enem.pdf
Aula redação - enem.pdfAula redação - enem.pdf
Aula redação - enem.pdf
 
AGOSTO LILÁS 2022 (1).pptx
AGOSTO LILÁS 2022 (1).pptxAGOSTO LILÁS 2022 (1).pptx
AGOSTO LILÁS 2022 (1).pptx
 
Violência domestica
Violência domesticaViolência domestica
Violência domestica
 
Violência doméstica
Violência domésticaViolência doméstica
Violência doméstica
 
Violência doméstica
Violência domésticaViolência doméstica
Violência doméstica
 
ViolêNcia DoméStica Trabalho
ViolêNcia DoméStica TrabalhoViolêNcia DoméStica Trabalho
ViolêNcia DoméStica Trabalho
 
Violência doméstica
Violência domésticaViolência doméstica
Violência doméstica
 
Violência doméstica
Violência domésticaViolência doméstica
Violência doméstica
 
Violência doméstica
Violência domésticaViolência doméstica
Violência doméstica
 
Violência Doméstica
Violência DomésticaViolência Doméstica
Violência Doméstica
 
Violencia contra mulher e recursos tecnologias.pptx
Violencia contra mulher e recursos tecnologias.pptxViolencia contra mulher e recursos tecnologias.pptx
Violencia contra mulher e recursos tecnologias.pptx
 

Mais de Helena Rocha

Saúde ocupacional - vigilância
Saúde ocupacional - vigilânciaSaúde ocupacional - vigilância
Saúde ocupacional - vigilânciaHelena Rocha
 
Saúde ocupacional - doenças profissionais
Saúde ocupacional - doenças profissionaisSaúde ocupacional - doenças profissionais
Saúde ocupacional - doenças profissionaisHelena Rocha
 
Procura activa de emprego
Procura activa de empregoProcura activa de emprego
Procura activa de empregoHelena Rocha
 
Saúde - nutrição e nutrientes 4
Saúde - nutrição e nutrientes 4Saúde - nutrição e nutrientes 4
Saúde - nutrição e nutrientes 4Helena Rocha
 
Educação para a saúde - O Desporto
Educação para a saúde - O DesportoEducação para a saúde - O Desporto
Educação para a saúde - O DesportoHelena Rocha
 
Educação para a Saúde - A alimentação 2
Educação para a Saúde - A alimentação 2Educação para a Saúde - A alimentação 2
Educação para a Saúde - A alimentação 2Helena Rocha
 

Mais de Helena Rocha (7)

Saúde ocupacional - vigilância
Saúde ocupacional - vigilânciaSaúde ocupacional - vigilância
Saúde ocupacional - vigilância
 
Saúde ocupacional - doenças profissionais
Saúde ocupacional - doenças profissionaisSaúde ocupacional - doenças profissionais
Saúde ocupacional - doenças profissionais
 
Procura activa de emprego
Procura activa de empregoProcura activa de emprego
Procura activa de emprego
 
Saúde - nutrição e nutrientes 4
Saúde - nutrição e nutrientes 4Saúde - nutrição e nutrientes 4
Saúde - nutrição e nutrientes 4
 
A saúde
A saúdeA saúde
A saúde
 
Educação para a saúde - O Desporto
Educação para a saúde - O DesportoEducação para a saúde - O Desporto
Educação para a saúde - O Desporto
 
Educação para a Saúde - A alimentação 2
Educação para a Saúde - A alimentação 2Educação para a Saúde - A alimentação 2
Educação para a Saúde - A alimentação 2
 

Último

1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...azulassessoriaacadem3
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...excellenceeducaciona
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...azulassessoriaacadem3
 
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...excellenceeducaciona
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxJean Carlos Nunes Paixão
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...excellenceeducaciona
 
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...azulassessoriaacadem3
 
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfAtividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfRuannSolza
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!Psyc company
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...azulassessoriaacadem3
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...azulassessoriaacadem3
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...excellenceeducaciona
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...azulassessoriaacadem3
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoPaula Meyer Piagentini
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;azulassessoriaacadem3
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Mary Alvarenga
 

Último (20)

1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
 
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfAtividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
 
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
 

Violência conjugal - formação

  • 2. Definir o conceito de Violência Conjugal  Principais factores que levam á Violência conjugal  Identificar os tipos de violência Conjugal  Identificar os principais mitos da violência Conjugal  Identificar as principais Políticas Sociais para a prevenção e protecção da violência Conjugal
  • 3. “Por esta se entende toda a agressão (verbal, física e/ou sexual) exercida contra o/a cônjuge ou companheiro/a com o intuito de obter poder e controlo sobre o mesmo.”
  • 4. Factores de Risco: Más condições habitacionais Encarar a mulher como objecto GLOBALIZAÇÃO Desemprego Baixos rendimentos Alcoolismo Toxicodependência etc. FAMÍLIA MODERNA VIOLÊNCIA SOCIEDADE DE CONJUGAL RISCO
  • 6. Criticar negativamente atributos físicos ou comportamentos;  Humilhar em público ou privado;  Difamar a vítima acusando-a de ser infiel;  Insultar a vítima;  Gritar de forma a meter medo á vítima;  Perseguir a vítima na rua e ou trabalho;  Destruir objectos de valor da vítima;  Ameaçar ou maltratar familiares ou amigos da vítima; etc.
  • 7. Empurrar, puxar o cabelo;  Estalos, murros, pontapés;  Apertar o pescoço;  Queimar a vítima;  Bater com a cabeça da vítima na parede;  Bofetadas;  Cuspir;  Bater com um objecto;  Agredir com armas ou objectos (pau, régua, cinto, chicote, faca, etc.)  Tentativas de homicídio…
  • 8. Forçar relações sexuais contra a vontade da vítima;  Forçar actos sexuais não desejados;  Obrigar a vítima a praticar ou assistir a actos sexuais com terceiros;  Torturas sexuais; etc.
  • 9. Retirar o dinheiro (ordenado, subsídios e pensões);  Esconder a situação financeira do casal, negar o acesso à conta bancária;  Obrigar a pedir dinheiro e a prestar contas;  Controlar as despesas (o que comprou, quanto gastou, o uso do carro, o uso do telefone); etc.
  • 10. A violência doméstica funciona como um sistema circular – o chamado ciclo da violência doméstica – que apresenta, regra geral, três fases:
  • 11. Fase de Aumento de Tensão: A tensão do agressor aumenta por diversas razões e o seu comportamento torna-se bastante agressivo e indiferente ao esforço da vítima em acalmá-lo. Na relação violenta o aumento de tensão leva quase sempre ao uso de violência física e psicológica. Fase de Explosão: A violenta explosão ocorre no seguimento de um ataque de raiva, ou durante uma discussão. Estas explosões tendem a aumentar a intensidade com o passar dos anos. Fase de “Lua-de-mel”: Se a reconciliação ocorre o casal pode passar por momentos muito íntimos, onde nenhuma das partes recordará a violência passada. O agressor pode ser comunicativo e responder às necessidades da vítima, acreditando na mudança deste. Infelizmente nas relações violentas o ciclo decisivamente continua, reaparecendo as relações de controlo, aumentando a tensão dentro do casal e inevitavelmente recrudesce a violência.
  • 12. Baixa auto-estima  Vergonha, culpa  Ansiedade, angústia, raiva  Fobias/ataques de pânico  Depressão  Disfunções sexuais  Confusão mental/dificuldade de concentração  Perturbação do sono/alimentares  Pensamentos suicidas
  • 13. Traumatismos resultantes das agressões  Dores crónicas  Cansaço crónico  Problemas ao nível da saúde reprodutiva  Lesões e doenças do foro ginecológico (doenças sexualmente transmissíveis)  Suicídio, homicídio
  • 14. Mitos Facto A violência doméstica ocorre em famílias de todos os meios sociais - com muitos ”Os maus tratos só ou poucos recursos económicos, com acontecem em meios sociais níveis de escolaridade elevados ou mais desfavorecidos.” baixos, etc. A violência conjugal não é um acto isolado de descontrolo, nem o álcool é ”Ele no fundo não é mau… por si só um factor que a explique. quando bebe uns copitos fica Porque é que o agressor, regra geral, transtornado.” mesmo sendo alcoólico, só agride a mulher em vez de outras pessoas? O marido não tem o direito de maltratar a mulher quando discorda de alguma ”Há mulheres que provocam atitude ou conduta desta. Nada justifica os maridos, não admira que os maus-tratos, os quais constituem eles se descontrolem.” crime nos termos da lei penal portuguesa.
  • 15. Mitos Facto Existem muitos factores que contribuem para a permanência das mulheres em “A mulher sofre porque quer, se relações maltratantes – receio de não já o tinha deixado” represálias, desconhecimento dos seus direitos, falta de apoio, preocupação em relação ao futuro dos filhos. A violência conjugal causa sofrimento ”Quanto mais me bates mais físico e psicológico, com impacto negativo gosto de ti” para o bem-estar e a saúde das vítimas conduzindo no limite à sua morte. A violência conjugal também afecta os filhos/as. Estes, como vítimas directas ou como ”A mulher maltratada nunca testemunhas das cenas de violência, tendem a desenvolver problemáticas físicas, emocionais, deve deixar o lar quando tem comportamentais e sociais. Para além deste filhos. É preciso aguentar para facto, uma mulher que seja vítima de violência bem deles!” pode sempre sair de casa, dado este acto não ser considerado abandono de lar.
  • 16. Mitos Facto Os maus tratos conjugais são um problema social e criminal “Entre marido e mulher não se que não pode se tolerado, constituindo um crime público. mete a colher ” Somos todos/as responsáveis e devemos denunciar tais situações.
  • 17. VÍTIMA: AGRESSOR: • Maioritariamente do sexo • Essencialmente do sexo feminino masculino • Idades entre 26 e 45 anos • Idades entre 26 e 45 anos • Casada • Casado • Desempregada/empregada • Empregado nas indústrias em serviços domésticos extractivas e na construção • Cursos secundários ou • Sem dependências ou superiores quando muito dependência do • Sem dependências álcool
  • 18. Diagrama 1: factores que contribuem para a aceitação de uma relação violenta
  • 20. III Plano Nacional Contra a Violência Doméstica 2007-2010  O III Plano contra a Violência Doméstica, tal como é definido no Programa do XVII Governo Constitucional (2005-2009), aponta claramente para uma consolidação de uma política de prevenção e combate à violência doméstica, através da promoção de uma cultura para a cidadania e para a igualdade, do reforço de campanhas de informação e de formação, e do apoio e acolhimento das vítimas numa lógica de reinserção e autonomia.
  • 21. III Plano Nacional Contra a Violência Doméstica 2007-2010 Prioridades e Orientações Estratégicas: I. Informar, Sensibilizar e Educar; II. Proteger as Vítimas e Prevenir a Revitimação; III. Capacitar e Reinserir as Vítimas de Violência Doméstica; IV. Qualificar os Profissionais; V. Aprofundar o conhecimento sobre o fenómeno da Violência Doméstica.
  • 22. Autoridades regulares que recebem as queixas e as denúncias: • PSP – Polícia de Segurança Pública • GNR – Guarda Nacional Republicana • PJ – Polícia Judiciária • Ministério Público • APAV- Associação Portuguesa de Apoio à Vítima • UMAR - União das Mulheres Alternativa e Resposta • AMCV – Associação de Mulheres Contra a Violência
  • 23. São estruturas de acolhimento residencial: Temporário; Prestam serviço gratuito; Disponibilizam apoio social, psicológico e jurídico. A sua Existem perto de 30 localização é Casas casas abrigo em Portugal. confidencial. Abrigo Surgem com a Lei nº 107/99 de 3 de Agosto.