Como na Vida!        Numa Escola de Compreender o                     Mundo        Projeto 3º Ciclo do Ensino Básico      ...
Introdução:Afinal o que é uma praia para História?As pesquisas desde a primeira aula:• O que era uma praia antigamente;• L...
Desenvolvimento:        O que eu aprendi nas aulas de história?A ida à praia de Matosinhos:A partir desta imagem eu posso ...
A ida à praia do Aterro:Com esta imagem da ida à praia do Aterro eu posso observar: obar, a areia, a petrogal, as pessoas,...
Conclusão:        Afinal o que é uma praia para história?Para a história, uma praia é um sítio onde as pessoas podempescar...
Afinal o que é uma praia?
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Afinal o que é uma praia?

282 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
282
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Afinal o que é uma praia?

  1. 1. Como na Vida! Numa Escola de Compreender o Mundo Projeto 3º Ciclo do Ensino Básico 7º Ano - ano letivo 2011/12Autora: Francisca FernandesProfessora: Teresa Novais MoreiraDisciplina: História
  2. 2. Introdução:Afinal o que é uma praia para História?As pesquisas desde a primeira aula:• O que era uma praia antigamente;• Local onde vivo;• Os concheiros de Muge;• O significado da Vénus;• Imagens da pré-história.
  3. 3. Desenvolvimento: O que eu aprendi nas aulas de história?A ida à praia de Matosinhos:A partir desta imagem eu posso afirmar que ainda existemalgumas fontes históricas na praia de Matosinhos. Posso ver omar que continua a servir para pesca e passar tempo de lazer, aareia que serve como material de construção e de lazer,prédios que são habitações actuais, pessoas e ainda posso vera anémona que é um monumento escolhido para homenagearos pescadores.
  4. 4. A ida à praia do Aterro:Com esta imagem da ida à praia do Aterro eu posso observar: obar, a areia, a petrogal, as pessoas, os passadiços e tambémalguns pára-ventos pousados.Australopitecos – Eram pequenos e curvados, não eram totalmentebípedes e não sabiam fazer instrumentos, mas usavam seixosquebrados;Homo Habilis – Eram bípedes, mais verticais, a sua capacidadecraniana aumentou, sabiam fazer instrumentos de pedra e madeira;Homo Erectus – Eram bípedes e verticais, possuíram uma linguagemrudimentar, fabricavam bifaces e descobriram o fogo;Homo Sapiens – Eram totalmente bípedes e verticais, maisinteligentes, fabricavam pontas, lascas e bifaces mais perfeitas,caçavam grandes animais em grupo e enterravam os mortos;Homo Sapiens Sapiens – Eram inteligentes, excelentes caçadores,fabricavam arcos, flechas, arpões, agulhas e lâminas e faziam pinturasnas paredes das cavernas;
  5. 5. Conclusão: Afinal o que é uma praia para história?Para a história, uma praia é um sítio onde as pessoas podempescar, passar tempo de lazer, ver os monumentos antigos, veras habitações actuais e também relaxar.Quando eu fui à praia de Matosinhos , olhei em volta e nãotinha nenhuma ideia do que escrever na folha distribuída pelosprofessores porque, sinceramente ,não fazia ideia que numapraia pudesse haver tanta coisa que desse para a disciplina dehistória, mas depois a professora Teresa veio para a minhabeira e disse-me para olhar com mais atenção à minha voltaque iria descobrir muita coisa que nunca me teria passado pelacabeça, e assim eu fiz, olhei com muita atenção e descobrimuita coisa interessante que nem sabia que existia lá na praiade Matosinhos. Por exemplo ,logo no inicio da praia podemosencontrar uma escultura em homenagem ao naufrágio de1947. Tem cerca de 3 metros e é constituída por 5 figuras queexpressam a sua dor pela perda dos seus entes queridos.Podemos ver ainda a anémona gigante que homenageia ospescadores que corajosamente se aventuraram mar adentro.

×