BREVE HISTÓRIA DA PESQUISA EM SAMBAQUI
Alunos: Vitor Marilone Cidral da Costa do Amaral
Professora: Marta Regina Heinzelma...
Introdução
●
A arqueologia é a ciência que estuda as
culturas a partir do seu aspecto material […]
(GASPAR, Madu. A arqueo...
●
(1870- 1930) Caracterizava-se a arqueologia
brasileira os temas sobre os achados de
Lagoa Santa, os sambaquis do sul do ...
OS SÍTIOS
●
Basicamente são caracterizados por
elevações arredondadas, podendo chegar à
30m de altura, sua construção é fe...
TENDENCIAS SOBRE A FORMAÇÃO DO SAMBAQUI
●
Fenômenos naturais e artificiais;
– Artificialistas: Sustenta a ação humana e pr...
Observações
– Por terem alimentos procedentes do mar como
dieta, os geomorfólogos acham que a
distribuição espacial dos sí...
Pesquisas arqueológicas considerada
moderna
●
Na década de 50, quando foram obtidas as primeiras
datações radiocarbônicas ...
1960
- Fortalecimento das instituições de pesquisas e
conta também com contribuições significativas
de moradores.
Guilherme Tiburtius
– Acompanhou o desmonte de vários sambaquis e
formou a magnifica coleção que hoje integra o Museu
do S...
Problematização( pesquisadores)
●
Abriu-se um abismo entre arqueólogos e
interessados em desvendar o passado.
Amadores for...
Exemplos
●
Outros países resolveram o conflito
entre profissionais e amadores de
maneira mais criativa, atraindo o
interes...
Considerações finais
– Atualmente a arqueologia brasileira vem se
transformando de maneira significativa,
processo que, en...
Artificialistas Ganha força , os sambaquis parecem ter sido
uma espécie de monumento, os sítios são
considerados marco pai...
Referências bibliográficas
●
GASPAR, Madu. Sambaqui: arqueologia do litoral brasileiro. 2. ed. Rio de Janeiro: Zahar, 2000...
Sambaqui  arqueologia do litoral brasileiro- Trabalho
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Sambaqui arqueologia do litoral brasileiro- Trabalho

675 visualizações

Publicada em

Este trabalho busca informar sobre as pesquisas sambaquianas e possibilidades de interpretações, uma forma discursiva em sala de aula.

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
675
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sambaqui arqueologia do litoral brasileiro- Trabalho

  1. 1. BREVE HISTÓRIA DA PESQUISA EM SAMBAQUI Alunos: Vitor Marilone Cidral da Costa do Amaral Professora: Marta Regina Heinzelmann Curso: Licenciatura em História Disciplina: História Pré-Colonial
  2. 2. Introdução ● A arqueologia é a ciência que estuda as culturas a partir do seu aspecto material […] (GASPAR, Madu. A arqueologia do litoral brasileiro. pg.5.).
  3. 3. ● (1870- 1930) Caracterizava-se a arqueologia brasileira os temas sobre os achados de Lagoa Santa, os sambaquis do sul do país e as culturas do baixo Amazonas.
  4. 4. OS SÍTIOS ● Basicamente são caracterizados por elevações arredondadas, podendo chegar à 30m de altura, sua construção é feita de restos faunísticos, artefatos de pedra, vestígios de fogueiras e fúnebre.
  5. 5. TENDENCIAS SOBRE A FORMAÇÃO DO SAMBAQUI ● Fenômenos naturais e artificiais; – Artificialistas: Sustenta a ação humana e propunham diversas explicações sobre o acúmulo de restos faunísticos – Restos faunísticos, acumulo de concha de ostras,mariscos e frutos do mar, que todavia companhava sua alimentação. A outra, em decorrência da presença de muitos sepultamentos, supõe que são monumentos funerários.
  6. 6. Observações – Por terem alimentos procedentes do mar como dieta, os geomorfólogos acham que a distribuição espacial dos sítios, tanto à beira do mar como a quilômetros de distancias, informaria sobre os movimentos costeiros – Datações radiocarbônicas de amostras provenientes de sambaquis, fornecem referencial sobre o período de construção dos sítios.
  7. 7. Pesquisas arqueológicas considerada moderna ● Na década de 50, quando foram obtidas as primeiras datações radiocarbônicas e feita as primeiras analises sistemáticas de sítios – Importantes pesquisadores franceses e americanos, como Anette Emperaire, Joseph Emperaire, Alan Bryan e Wesley Hurt, vieram ao Brasil estudar os dois grandes temas da arqueologia brasileira e colaboraram na formação de especialistas. – Pesquisadores brasileiros também dedicaram-se a entender a ocupação do litoral: Castro Faria; do Museu Nacional, escavou o enorme sambaqui de Cabeçuda, Santa Catarina; Paulo Duarte, do Instituto de Pré-História de São Paulo e Loureiro Fernandes, da Universidade do Parana.
  8. 8. 1960 - Fortalecimento das instituições de pesquisas e conta também com contribuições significativas de moradores.
  9. 9. Guilherme Tiburtius – Acompanhou o desmonte de vários sambaquis e formou a magnifica coleção que hoje integra o Museu do Sambaqui de Joinville, Tiburtius deixou inúmeros croquis que mostram a disposição de objetos encontrados. Alguns desses desenhos são, até hoje as únicas informações existentes sobre certas estruturas. Tiburtius foi vítima da discriminação sofrida pelos amadores quando começou o processo de profissionalização dos pesquisadores.
  10. 10. Problematização( pesquisadores) ● Abriu-se um abismo entre arqueólogos e interessados em desvendar o passado. Amadores foram proibidos de coletar dados, sítios foram destruídos sem que houvesse qualquer tipo de registro. Arqueólogos desenvolveram uma linguagem restrita a comunidade cientifica, sem qualquer compromisso com a divulgação para sociedade brasileira.
  11. 11. Exemplos ● Outros países resolveram o conflito entre profissionais e amadores de maneira mais criativa, atraindo o interesse da população, que auxilia na fiscalização de sítios arqueológicos, participar em pesquisas e financia estudos. Em contra partida, há todo um empenho em traduzir o conhecimento para um público maior algo que só na década de 90 começou a ser feita no Brasil.
  12. 12. Considerações finais – Atualmente a arqueologia brasileira vem se transformando de maneira significativa, processo que, entre outras coisas, está relacionado com os desdobramentos da globalização.
  13. 13. Artificialistas Ganha força , os sambaquis parecem ter sido uma espécie de monumento, os sítios são considerados marco paisagísticos, importante referência espacial para seus construtores, que podiam avistá-los a grande distância. Mista Inicia-se investigações sobre os processos de formação natural que resultam na feição atual dos sambaquis. A idéia é que, após o abandono do sítio pelo grupo que o construiu, o local tenha passado por inúmeros processos naturais e culturais que determinam sua feição atual.
  14. 14. Referências bibliográficas ● GASPAR, Madu. Sambaqui: arqueologia do litoral brasileiro. 2. ed. Rio de Janeiro: Zahar, 2000. ● Imagem I: http://www.eb.mil.br/image/image_gallery?uuid=2dbe0539-07da-4e55-9334- 2cc115f8c294&groupId=10138&t=1373399308217

×