Para contornar esse quadro negativo, os/as profissionais de saúde
que fazem o acompanhamento pré-natal devem:
Falar sobre a Lei do Acompanhante e explicar que ela é válida para parto
normal ou cesariana;
Informar que a presença do a...
Informar que participar do pré-natal e conhecer previamente a
maternidade onde o parto será realizado (informando prontame...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

(14) unidade 4 4.3slide share(novo)

198 visualizações

Publicada em

4.3 (14)

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
198
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

(14) unidade 4 4.3slide share(novo)

  1. 1. Para contornar esse quadro negativo, os/as profissionais de saúde que fazem o acompanhamento pré-natal devem:
  2. 2. Falar sobre a Lei do Acompanhante e explicar que ela é válida para parto normal ou cesariana; Informar que a presença do acompanhante (inclusive do pai adolescente) não pode ser impedida pelo hospital ou por qualquer membro da equipe de saúde, nem deve ser exigido que o/a acompanhante tenha participado de alguma formação ou grupo;
  3. 3. Informar que participar do pré-natal e conhecer previamente a maternidade onde o parto será realizado (informando prontamente que desejará ter/ser um/a acompanhante) é a melhor forma de garantir este direito; Orientar que se esses direitos não forem respeitados, os usuários devem entrar em contato com a Ouvidoria do Ministério da Saúde por meio do telefone 136 (BRASIL, 2014).

×