O varejo e as redes sociais

392 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
392
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O varejo e as redes sociais

  1. 1. O VAREJO E AS REDES SOCIAISRedes sociais, marketing na web, indexação via Google, aceleradores de busca, venda pelainternet, marketing viral, twitter, campanha online são termos hoje citados aos montes,presente nas conversas de boteco e nos congressos de CEO’s. Se vale a pena investir nessastecnologias e o que elas podem fazer pelo nosso negócio, na prática, ainda é pouco discutido.Vamos tentar trazer agora, um pouco de realidade para a discussão.Que as redes sociais são um sucesso, não há dúvidas. A velocidade do mundo virtual faz toda a aisdiferença. Enquanto “maravilhas” do passado como o telefone demoraram 35 anos para nquantoatingir 50 milhões de usuários, a internet levou 4 anos isso quer dizer que se você ace anos, acertar naweb, o seu acerto vai aparecer para muita gente e muito pouco tempo. emCOMO UMA EMPRESA VAREJISTA PODE USAR AS REDES SOCIAIS ?As redes sociais devem ser pensadas como mais um canal de comunicação com o cliente,assim como a mídia, o site da empresa, o serviço de atendimento ao cliente e outros. As empresa,diferenças principais estão no volume, (já que 79% dos 70 milhões brasileiros que acessam ainternet usam redes sociais) na credibilidade, (pois as pessoas acreditam muito mais num ), poiscomentário de um internauta sobre a sua loja em um blog do que no seu anúncio na rnautatelevisão), no baixo custo, no retorno da informação e no aspecto viral, (o boca a boca virtual, ,que é a propagação de uma informação, feita por pessoas que não são da sua empresa empresa).As redes sociais com maior audiência são as mais usadas e indicadas para empresas – Twitter, sOrkut, Facebook, My Space, YouTube, Flickr, Linked in. Vale comentar que o Orkut é tido comomais popular e com um público mais jovem, de perfil de renda menor, já o Facebook m ar mostra –por enquanto – uma melhor qualificação sócio-econômica em seus participantes. Há redesespecíficas para determinados mercados, como o By MK que é exclusivamente ligado aomercado de moda.O QUE FAZER:Utilizando os recursos de posts, eventos, convites, mensagens e outros, diversos tipos deações podem acontecer:- Páginas da marca – esse é o primeiro passo em qualquer rede - elaborar um cadastro e criaruma página da marca na rede social. Deve se lembrar que a internet é um canal como outros e Deve-sea linguagem visual e textual deverá seguir os padrões usados em outros meios, com o objetivode manter um alinhamento com o posicionamento real da operação. Importante tambémdeixar claro que a página é da empresa e não da pessoa que nela está escrevendo;- Relacionamento – no mundo virtual, assim como no mundo real, queremos nos relacionarcom quem agrega algo para nós, seja informação, diversão ou entretenimento. O conteúdo uemdivulgado pela sua empresa não poderá ser meramente vendedor, pois dá ao interna internauta asensação de que a relação não é de mão dupla, estando ele provendo relacionamento sem
  2. 2. receber nada em troca. Notícias sobre o segmento, curiosidades, bastidores do processocriativo, informações sobre um determinado estilo de vida podem deixar a sua comunidade deseguidores mais contente e até reforçar o seu posicionamento. O conteúdo relevante tambémserá o responsável pelo aspecto viral - o boca a boca do mundo virtual – e conseqüenteaumento de sua rede de contatos e seguidores seguidores;- Feed back – uma das grandes vantagens (e desvantagens) das redes sócias é o feed back deseus seguidores. Suas informações e ações poderão ter repercussão por parte dos clientes. Sebem aproveitado, isso poderá ser uma grande arma para que o consumido se sinta mais consumidorpróximo da marca e você conhecendo suas opiniões e hábitos. A estilista está em dúvida sobre moqual decote colocar numa blusa da nova coleção Pergunte aos seguidores do Twitter a ocar coleção? ergunteopinião deles a esse respeito. A chance de acerto é maior por parte do desenvolvim desenvolvimento deprodutos e a da consumidora ir visitar o lançamento, para ver a blusa que ela ajudou adesenvolver, também !- Ações promocionais – já imaginou informar em 10 seg, sem custo, para 1.700.000 pessoasque a sua liquidação começa amanhã Esse é o número de seguidores da Zappos.com amanhã? ero(varejista online de sapatos, case nos EUA) no Twitter (http://twitter.com/zappos). Essa força (http://twitter.com/zapposde comunicação é sensacional para divulgar eventos do calendário promocional, mas só vaifuncionar se você tiver pessoas a fim de seguir a sua marca. Um determinado produto não estácom bom giro e resolveu remarcá lo no sábado de manhã ? Comunique pelo Twitter e ainda remarcá-loterá o sábado todo para vendê vendê-lo. A internet parece ser o único veículo capaz de acompanhar azo dinamismo do varejo.- Concursos – que tal propor um concurso às internautas, fazendo com que enviem fotos desuas mães usando um produto da marca e premiar a vencedora com um kit para a sua mãe, àsvésperas do dia das mães? Esse é um tipo de ação que pode ocorrer totalmente em ambientevirtual, gerando relacionamento, interação e contato com a marca.COMO POSSO DIVULGAR MINHA EMPRESA NAS REDES SOCIAIS ? RAntes de pensar em como posso espalhar infor informações sobre a sua empresa nas redes sociais, atemos que pensar primeiro em como ter muitos internautas ligados à minha rede.10 dicas importantes para aumentar sua audiência nas redes sociais: 1. Crie uma página bonita, que reflita o posicionamento da sua empresa bonita, empresa; 2. Gere conteúdo relevante (relevante para os seus seguidores, não para você); 3. Coloque links das suas redes em seus sites e emails marketing; 4. Avise em todas as peças de comunicação que você faz parte das redes; 5. Responda às solicitações e comentários de clientes pelo mesmo canal social; 6. Faça campanhas virais, aquelas que as pessoas encaminham para outras; 7. Incentive a sua equipe de loja e back office a acessar as redes, saber o que se fala por er lá e informarem aos clientes sobre a sua existência; 8. Crie ações promocionais exclusivas para “clientes seguidores” da web; 9. Atualize, atualize, atualize, rápido, rápido, rápido.
  3. 3. 10. Não deixe isso nas mãos do seu sobrinho, só porque ele gosta de internet e te ajudou a gosta fazer seu perfil no Twitter;OK, ENTENDI QUE É IMPORTANTE, MAS QUEM VAI FAZER ISSO ?O trabalho de gestão de comunicação em redes sociais não é simples como o de utilizar oOrkut para encontrar os antigos amigos do ginásio. A web expõe de maneira eloqüente o que .você faz de bom e de ruim. Os cuidados com a linguagem, ajustamento visual, relevância deconteúdo, segurança das fontes, entre outros devem ser enormes para que o “tiro não saiapela culatra”. Algumas empresas perceberam a força disso e estão contratando outras perceberamempresas especializadas no tema, para terceirizar a tarefa ou estão deslocando alguém do seutime para cuidar exclusivamente deste assunto A segunda opção é mais arriscada, pois é assunto.muito difícil achar alguém no time que consiga manipular os recursos de design, redação,ortografia e criatividade igualmente bem. A vantagem da terceirização é contar com empresasque usam especialistas em cada uma das áreas que envolvem o trabalho O Grupo UV oferece trabalho.o trabalho de gestão de comunicação em redes sociais e web, usando a estratégia da web,Universo Varejo e a criatividade da Naqala comunicação. Se quiser saber mais, acesse arejowww.naqala.com.br.Pense nisso e boas vendas !Daniel Zanco

×