FACULDADE MADRE TEREZA - FAMAT
DANILO BRUNO DE OLIVEIRA CARDOZO
MARKETING PESSOAL: UMA IMPORTANTE ANÁLISE DO
MARKETING PES...
DANILO BRUNO DE OLIVEIRA CARDOZO
MARKETING PESSOAL: UMA IMPORTANTE ANÁLISE DO
MARKETING PESSOAL EM SANTANA - AP
Projeto de...
1- INTRODUÇÃO
No atual estado em que se encontra o municipio de Santana, com o constante
crescimento no mercado de trabalh...
4- JUSTIFICATIVA
O tema desta pesquisa cientifica foi escolhido por considerar que o Marketing
Pessoal é a principal ferra...
6- OBJETIVOS
6.1. Objetivo Geral
Este projeto de pesquisa tem como objetivo verificar a importância do uso da
inteligencia...
que os consumidores desejam, satisfazendo-os e obtendo lucro”. Armstrong e Kotler
(1999, p. 11)
De acordo com Kotler (2000...
para elas (princípio da soberania do consumidor).
Analisando os conceitos pode-se afirmar que o objetivo do marketing é co...
com clientes, com gerentes, diretores etc, de forma permanente para que através e
por meio deles se realizem ciclos de ate...
7.3 Como Trabalhar o Marketing Pessoal
Segundo Scott-Job (1994, p. 23): “No marketing pessoal, podemos adaptar da
seguinte...
conhecer mais seu desempenho. O envolvimento social e o ativismo trás qualidade
de liderança que são percebidos pela comun...
7.7. Aproveitamento do Primeiro Contato.
A receber um contato sempre troque cartões é de extrema importância. Apesar de
nã...
pessoas.Diante desta certeza, para estabelecer uma relação de confiança e
respeito, o assunto aparência física é mesmo rel...
sutilmente dando algo para ela segurar vai aos poucos rompendo a armadura
(MCCAFFREY, 1983).
Segundo, Carlos Alberto Júlio...
7.12. Projeção do próprio valor financeiro.
Produtos e serviços de qualidade não são e não devem ser baratos. Custa
exatam...
7.14. Aprimoramento educacional
O aprimoramento educacional vem com a leitura, ter contato com outros
profissionais da áre...
9- MÉTODO
A pesquisa será realizada mediante o método estrutural, ou seja, o enfoque que
trabalha mediante a análise das a...
13-REFERÊNCIAS
 LIMA. ARI .Amapá: Santana .Disponivél em:
http://www.artigosinformativos.com.br/A_importancia_do_Marketin...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Projeto de pesquisa

1.102 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.102
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto de pesquisa

  1. 1. FACULDADE MADRE TEREZA - FAMAT DANILO BRUNO DE OLIVEIRA CARDOZO MARKETING PESSOAL: UMA IMPORTANTE ANÁLISE DO MARKETING PESSOAL EM SANTANA - AP SANTANA - AP 2011
  2. 2. DANILO BRUNO DE OLIVEIRA CARDOZO MARKETING PESSOAL: UMA IMPORTANTE ANÁLISE DO MARKETING PESSOAL EM SANTANA - AP Projeto de pesquisa apresentado ao professor Roseane, Professora da disciplina Metodologia cientifica do Curso de Bacharelado em Administração geral da Faculdade Madre Tereza. SANTANA – AP 2012
  3. 3. 1- INTRODUÇÃO No atual estado em que se encontra o municipio de Santana, com o constante crescimento no mercado de trabalho no ramo do comércio, com a entrada de grandes empresas de renome como Supermercado Fortaleza, 2A Importados, Importadora JK, Amazonas Importados, além de outras em fase de construção , além de multinacionais como ANGLO FERROS, INTERNATIONAL PAPER (AMCEL) e ICOMI(INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE MINERIO) que após 12 anos fora do estado, está se preparando para novamente ocupar santana, o que causa um crescimento na demanda de profissionais qualificados, trazendo a tona um assunto promordial para qualquer profissinal que pensa em ter um futuro próspero no mercado santanense: O marketing pessoal, algo que se tornou indispensavél para qualquer profissional empregado, disponivél para o mercado ou univesitario. 2- TEMA: Marketing Pessoal: Uma Importante Análise Do Marketing Pessoal Em Santana - AP 3- PROBLEMA De forma geral o marketing pessoal é conceituado como um conjunto de ações, para gestão de uma carreira profissional, voltadas para a promoção pessoal e profissional. O objetivo principal é a inclusão no mercado de trabalho e a busca de sucesso profissional, através da projeção de suas qualificações e competências. Capacidade de manter-se motivado e bem humorado, mesmo diante de adversidades; de trabalhar em equipe; de liderar em momentos críticos e de desenvolver um ótimo relacionamento com colegas de trabalho; além de gerar conhecimentos úteis para sua organização e de ter sonhos. Tudo isto pode fazer de uma pessoa comum um excêlente profissional. Dessa forma, se o marketing pessoal tem se manifestado como algo indispensavél no ambiente profissional, qual a importância de analisá-lo como comportamento fundamental e necessário à organização e aos profissioonais dessas em santana? 5 – HIPÓTESE As transformações no mercado em santana, intensificadas pelo avanço do crescimento poupulacional têm trazido exigências profundas à sociedade e em especial a organização do ambiente empresarial, onde tais profissionais a cada dia estão sendo mais cobrados e devem se tornar o diferencial dentro das organizações. Sendo assim, o marketing pessoal torna-se fundamento necessário ao ambiente organizacional, e favorável ao trabalho competente, produtivo, dinâmico, responsável e com resultados satisfatórios ao ambiente de trabalho.
  4. 4. 4- JUSTIFICATIVA O tema desta pesquisa cientifica foi escolhido por considerar que o Marketing Pessoal é a principal ferramenta para destaque profissional da área empresarial, e atualmente a, mas usada com isso se se tornou uma ferramenta estratégica para conduzir vários profissionais para o sucesso. Na dose correta de forma planejada, é possível criar uma imagem positiva e também coerente, isto e necessário para que uma pessoa se transforme em uma referência no seu trabalho e um exemplo a ser seguido. O Marketing Pessoal é uma ferramenta atual que estar em evidência, algumas pessoas destaca-se das demais ganhando fama e atingindo o topo do sucesso, enquanto outras continuam no mesmo lugar sem nenhuma posição de destaque fazendo seu trabalho normalmente sem ter expectativa de futuro. O Marketing Pessoal traz conquistas pessoais e profissionais saber usar esta ferramenta está diretamente ligado à atitude do indivíduo. Não basta acomodasse e fazer apenas o serviço que for pedido tem que ter atitudes proativas; projetando se a sua imagem e seu futuro. Alguns autores defendem suas idéias sobre marketing pessoal, por exemplo: Las Casas (1997, p.26) conceituam o Marketing como sendo. (...) a área do conhecimento que engloba todas as atividades concernentes às relações de troca, orientadas para a satisfação dos desejos e necessidades dos consumidores, visando alcançar determinados objetivos de empresa ou indivíduos e considerando sempre o meio ambiente de atuação e o impacto que essas relações causam no bem-estar da sociedade. Já Oliveira Neto (1999, p.23) o define da seguinte forma. O processo encetado por um indivíduo, envolvendo a concepção, planejamento e execução, de ações que contribuiriam para: a formação profissional e pessoal do indivíduo (produto), a atribuição de um valor justo e compatível com o posicionamento de mercado que se queira adquirir (preço), a execução de ações promocionais de valorização pessoal (promoção), que o colocariam no lugar certo na hora certa (distribuição) (OLIVEIRA NETO, 1999, p.23). O Marketing Pessoal é um das ferramentas do Marketing e surgiu como uma meio para alcançar o sucesso profissional, pois ela engloba os cuidados com a imagem, boas aparências e outros atributos. Para Kotler (2000, p.36) Marketing Pessoal é (...) uma nova disciplina que utiliza os conceitos e instrumentos do marketing em benefício da carreira e das vivências pessoais dos indivíduos, valorizando o ser humano em todos os seus atributos, características e complexa estrutura.
  5. 5. 6- OBJETIVOS 6.1. Objetivo Geral Este projeto de pesquisa tem como objetivo verificar a importância do uso da inteligencia profissional pelos Administradores, como ferramenta para o destaque profissional da sua área de atuação. 6.2. Objetivo Específico a) identificar as dificuldades dos Administradores para serem destaques nas suas áreas; b) analisar o perfil dos Administradores; c) identificar os pontos positivos e negativos que possam dificultar os profissionais a desenvolver este marketing pessoal. 7- FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA 7.1 Marketing Para saber o que venha ser marketing pessoal, e preciso saber antes o que o que e marketing. O marketing surgiu nos Estados Unidos 1950 surgiu como uma necessidade de mercado para fazer a diferenciação dos produtos e para satisfazer seus clientes externos e internos (SCOTT-JOB 1994) Segundo Cobra (1997, p. 34), “Marketing é o processo de planejamento e execução desde a concepção, apreçamento, promoção e distribuição de idéias, mercadorias e serviços para criar trocas que satisfaçam os objetivos individuais e organizacionais”. Cobra (1997, p. 34), Para Kotler (1998, p. 27) “marketing é um processo social e gerencial pelo qual indivíduos e grupos obtêm o que necessitam e desejam através da criação, oferta e troca de produtos de valor com outros”. Segundo Kotler (1998, p. 37), marketing é “a chave para atingir as metas organizacionais consiste em ser mais eficaz do que os concorrentes, satisfazendo, assim, as necessidades e desejos dos mercados-alvos”. Armstrong e Kotler (1999, p. 11) mostram a diferença entre marketing e vendas, ambos têm funções diferentes, apesar de estarem interligados: “O conceito de vendas tem uma perspectiva de dentro para fora. Começa com a fábrica, concentra-se nos produtos da empresa e enfatiza a venda e a promoção para obter vendas lucrativas. É centrado na conquista do cliente – fazer vendas de curto prazo sem se preocupar com quem compra e por que compra. Ao contrário, o conceito de marketing tem uma perspectiva de fora para dentro. Começa com um mercado, bem-definido, concentra-se nas necessidades do consumidor, coordena todas as atividades de marketing que afetam o consumidor e obtêm o lucro criando a satisfação do consumidor. Sob o conceito de marketing, as empresas produzem o
  6. 6. que os consumidores desejam, satisfazendo-os e obtendo lucro”. Armstrong e Kotler (1999, p. 11) De acordo com Kotler (2000, p. 08) “Marketing é um processo social e administrativo por intermédio do quais os indivíduos e os grupos obtêm o que necessitam e o que desejam, através da criação de troca de produtos e valor com outras pessoas”. Ainda segundo Churchill (2000,p.5), “o marketing deve ser usado para desenvolver trocas, que podem ou não visar lucros. Para o autor, as trocas que visam lucros são as metas de negócios que buscam gerar receitas acima dos custos”. O marketing em uma visão geral engloba muitas atividades além do que conhecemos e imaginamos. Assim, partindo de um pressuposto mais amplo e atual, Pride e Ferrell (2000, p. 3) definem marketing como o “processo de criar, distribuir, promover e apreçar bens, serviços e idéias para facilitar relações de troca satisfatória com clientes em um ambiente dinâmico”. Sandhusen (2000, p. 8) conceitua marketing como um “processo de planejar a concepção, o preço, a promoção e a distribuição de bens e serviços para criar trocas que satisfaçam os objetivos individuais e organizacionais”. Philip Kotler (2000, p.57) define: Marketing é a função empresarial que identifica necessidades e desejos insatisfeitos, define e mede sua magnitude e seu potencial de rentabilidade, especifica que mercados-alvo serão mais bem atendidos pela empresa, decide sobre produtos, serviços e programas adequados para servir a esses mercados selecionados e convoca a toda na organização para pensar no cliente e atender ao cliente. Philip Kotler (2000, p.57) Alexandre Luzzi Las Casas (2001, p.26) ensina: Marketing é a área do conhecimento que engloba todas as atividades concernentes às relações de troca, orientadas para a satisfação dos desejos e necessidades dos consumidores, visando alcançar determinados objetivos de empresas ou indivíduos e considerando sempre o meio ambiente de atuação e o impacto que essas relações causam no bem-estar da sociedade. Las Casas (2001, p.26) Um dos Principais Fundamentos teóricos sobre marketing é a teoria da escolha de cada individual, cuja principal coisa é o bem-estar da sociedade é o interesse individual de cada um, (COBRA 1997). Freire e Souza (2001, p.3) enumeram os quatro princípios que compões esta teoria: 1) As pessoas buscam experiências que valham à pena; 2) A escolha individual determina o que vale a pena; 3) Por meio da troca livre e competitiva, os objetivos individuais serão realizados; 4) As pessoas são responsáveis pelas suas ações e escolhem o que é melhor
  7. 7. para elas (princípio da soberania do consumidor). Analisando os conceitos pode-se afirmar que o objetivo do marketing é conhecer e compreender o cliente muito bem, de modo que o produto, serviço (ou pessoa marketing pessoal) se ajuste e se venda por si próprio. (FREIRE E SOUZA, 2001) Portanto, se tudo for feito de forma coerente com os ensinamentos de marketing, o sucesso de venda é, apenas, a conseqüência mais lógica e o destino mais previsível. Entanto sabemos que marketing é o processo de planejar e executar a concepção de estabelecimento de preços promoção e distribuição de idéias, bens e serviços com intuito de criar trocas que satisfaçam metas individuais e organizacionais. (FREIRE E SOUZA, 2001) Também consideram atividade sistemática de uma organização humana voltada para busca de realização com o meio profissional visando sucesso a ambas as partes da organização. (FREIRE E SOUZA 2001) Las Casas (2006, p. 10) dizem que: Marketing é a área de conhecimento que engloba todas as atividades concernentes às relações de troca, orientadas para a satisfação dos desejos e necessidades dos consumidores, visando alcançar determinados objetivos de empresas ou indivíduos e considerando sempre o ambiente de atuação e o impacto que essas relações causam no bem-estar da sociedade. As empresas devem sempre manter uma relação de troca com seus clientes, pois com isso ela garante a sua fidelização, aumentando conseqüentemente seu lucro. (LAS CASAS, 2006) Muitas vezes, as pessoas confundir o marketing com propaganda esta visão e mas forte por que muitos ver o marketing como uma ferramenta importante para a área de vendas, pelo fato do marketing lidar com produtos e serviços, enfim, o marketing é muitas vezes interpretado de maneira errada. (LAS CASAS, 2006) 7.2. Marketing Pessoal Para Penteado Filho (1990, p.155-56), O marketing de sucesso começa pelo marketing pessoal, através dele o profissional deverá equacionar suas dificuldades particulares para buscar o caminho mais adequado para se organizar, e só então se dedicar ao planejamento estratégico. O conceito surgiu nos Estados Unidos na década de 50. Marketing pessoal e divulgação de uma imagem autêntica, única, com a qual você se sinta bem e que pareça coerente aos olhos do público. Ballback; Slatter, (1999, p.19) No mercado competitivo em que vivemos construir uma boa imagem pessoal, profissional e social exige postura adequada. Se você não plantar, nada irá colher, portanto se existe um "plano de marketing" detalhado para um produto, não há motivo para não existir um "plano de marketing pessoal" mais detalhado ainda Ballback; Slatter, (1999, p.19) Conceitualmente, de acordo com Peters (2000, p.72), o Marketing Pessoal “fortalece o crescimento pessoal e profissional da “marca” da pessoa”. Trata-se da capacidade individual de atrair e manter relacionamentos pessoais e profissionais entre a equipe,
  8. 8. com clientes, com gerentes, diretores etc, de forma permanente para que através e por meio deles se realizem ciclos de atendimento de necessidades mútuas, gerando satisfação a todos. Ainda segundo Peters (2000, p.75), é preciso ter consciência de que “você é um produto no mercado de trabalho – e deve acreditar nisso, se não quiser ficar encalhado na prateleira”, ou seja, sem se enxergar como um produto, dificilmente se conseguirá um emprego que satisfaça, onde consiga aplicar o que tem de melhor e no qual encontre uma fonte permanente de aprendizado. Para o mundo de marketing se adaptar como um produto é questão apenas de percepção empresarial. Ainda, a autora explica que é como numa empresa, a prática do marketing deve ser precedida de um diagnóstico, de uma auto-avaliação profunda, onde os valores são revisados, joga-se fora aquilo que não se precisa e fica-se só com o que vale a pena. (LIMEIRA 2004) O Marketing Pessoal valoriza o ser humano em todos os seus atributos e características. Inclusive em sua complexa estrutura física, intelectual e espiritual. Visa possibilitar a utilização plena das capacidades e potencialidades humanas na área profissional e na da vida pessoal Limeira, (2004, p.9) Pode ser descrito como o processo, encetado por um indivíduo ou uma organização, envolvendo a concepção, planejamento e execução de ações que contribuirão para: a formação profissional e pessoal de alguém, a atribuição de um valor, que não necessita ser exclusivamente monetário justo e compatível com o posicionamento de mercado que se queira adquirir, a execução de ações promocionais de valorização pessoal que o coloquem no lugar certo na hora certa, de tal maneira que as organizações ou pessoas para quem trabalhe ou exerça influência, e ele próprio, se sintam satisfeitos (Lucia Bidart 2004 p.28) O que torna fácil esse processo é que a aptidão e dons que uma pessoa possua podem ser comparados a produtos e serviços sobre os quais podem se aplicar todas as técnicas e processos de marketing. Para uma boa explanação de um plano de marketing, o profissional deve ter um conjunto de conhecimento da sua atividade, do seu cliente, das suas necessidades e da realidade mercadológica, bem como conhecer os seus concorrentes e como eles atuam. (BIDART 2004) Esta informação da concorrência tem como objetivo principal mudar o desempenho da empresa perante seus concorrentes, podendo ficando assim menos frágil a mudanças e ameaças futuras. (BIDART 2004) O mesmo se dá quando o sujeito resolve aplicar o marketing para beneficio pessoal, ele precisa se conhecer e também o ambiente no qual está inserido para desenvolver uma melhor atuação no mercado cada vez mais competitivo. Deve primeiramente atender e superar as expectativas dos clientes, Desenvolvendo assim relações baseadas em confiança, ética, competência, honestidade e habilidade interpessoal. (BIDART 2004) Ao aplicar o marketing pessoal, o profissional deve ter claro a área ou o segmento de atuação. É essencial que exista uma adequação do indivíduo com este segmento para que se possa ter maior poder de convicção sobre o público que quer atingir. (BIDART 2004)
  9. 9. 7.3 Como Trabalhar o Marketing Pessoal Segundo Scott-Job (1994, p. 23): “No marketing pessoal, podemos adaptar da seguinte maneira: o produto é o profissional, o preço é o salário, o ponto de venda é a área de atuação e a promoção é a comunicação”. Trabalhar o marketing pessoal é entender como ela e aplicada e conhecer as suas melhores características, e algo que faz você se diferencia dos outros, as suas qualidades perante os seus colegas de trabalho e também das pessoas de sua convivência, e deixá-las mais em foco. Também faz entender quais são as suas oportunidades de melhorias para o profissional, para que você possa melhorá-las. (DAVIDSON, 1999 p.54-55) Valorizar os atributos do ser humano é um dos pontos mais importantes dentro do Marketing pessoal, aproximando-o ainda mais dos conceitos do mix de Marketing, além de definir claramente os quatro PS da pessoa é necessário conhecer profundamente as necessidades e desejos do mercado com relação aos profissionais que procura, fortalecendo a cultura de busca por dados e estudos voltados ao que mais se adapta ao “produto” homem (DAVIDSON, 1999) Você é soma de suas habilidade e apresentada para o mercado com produto chamando você, precisa coloca todas em pratica para que o seu produto (Você) seja compreendido, e atinja o seu público-alvo da melhor maneira possível (DAVIDSON, 1999 p.55) A praça significa no marketing pessoal nada mais é do que as áreas que você pode esta atuando e dando resultados, local onde você possui competitividade maior e pode ser destaque. (UNBAN, 2006) O preço é seu valor de mercado o quanto você vale para instituição, o valor pode ser uma questão difícil de lidar e analisado toda a sua história profissional, desde a formação, passando pela vivência profissional, depois pelo conhecimento adquirido, e pelas oportunidades que aproveitou. (UNBAN, 2006) Com essas informações a pessoa poderá definir o quanto ela vale. Além de promover o “produto”, o Marketing pessoal pode ser descrito como um processo que envolve desde a concepção, planejamento e execução das ações que contribuem para uma formação profissional, agregar Valor (não necessariamente monetário), que seja justo e que seu Posicionamento seja ideal ao mercado que pretende atingir. (UNBAN, 2006) 7.4 Principais Técnicas de Marketing Pessoal No marketing pessoal existem varias técnicas verbais e as não-verbais para se construir uma imagem positiva. Isto será observado naturalmente com os exemplos que vem a seguir (MCCAFFREY, 1983) 7.5 Convívio Social Fora do Ambiente de Trabalho Para pessoas que utilizam o marketing pessoal, mesmo o tempo livre é um meio de criar uma imagem pública, pois qualquer coisa que se faça publicamente afeta a sua imagem. Segundo Mike Mc Caffrey, (1983, p.14) O modo que a pessoa utiliza seu tempo, participando de atividades civis, sociais e políticas cria uma imagem da pessoa como indivíduo. Estes eventos se tornam fontes de construção de imagem, uma boa oportunidade onde os outros podem
  10. 10. conhecer mais seu desempenho. O envolvimento social e o ativismo trás qualidade de liderança que são percebidos pela comunidade que irá reconhecê-lo apto para assumir funções de maior responsabilidade. O mesmo autor explica que com eventos sociais você pode fazer uma rede de relacionamento onde podem ocorrer vários negócios futuros a servem fechado com isso aproximar as pessoas e também possa construção de uma atmosfera favorável para futuros negócios e não para negócios imediatos. (MCCAFFREY, 1983). Para Sady Bordin Filho (2002, p.93) "Complementa incentivando aos profissionais a freqüentarem ambientes inusitados, não usuais como forma de descobrir novas maneiras de enxergar a vida, ter mais motivação e até mesmo fazer negócios”. Mckenna (1994, p.125) escreve que “para criar posição no mercado se deve, primeiro, cimentar fortes relações”. 7.6. Aparência dos Pertences. A apresentação de um belo currículo, um impactante cartão de visita causa muito boa impressão. Nesse sentido, Mike Mc Caffrey, (1983, p. 18) afirma que As ilustrações, títulos, uma brochura organizada e bem desenvolvida causa uma boa impressão, a aparência criativa faz com que pessoas reconheçam o seu alto grau de profissionalismo. Sady Bordin Filho (2002, p.39) arremata explicando que ”O zelo e a organização perante os objetos dizem muito para os outros de como o profissional é.“ Nesse sentido, Souza (2004, p. 151-152) apresenta uma significativa contribuição sobre o relacionamento pessoal, ao afirmar que: O importante é ter um networking de relacionamentos; o importante é se manter vivo, presente e admirado na cabeça e no coração das pessoas que nos conhecem; muito especialmente, as que admiram, testemunham e referenciam nossas virtudes e qualificações. Ter um currículo de realizações e experiências é importante, ter uma base escolar também é importante, mas ser conhecido e reconhecido por um grupo de profissionais, e preservar e desenvolver esse relacionamento é muito mais importante ainda; é decisivo, é vital. Souza (2004, p.152) “Portanto, o ambiente profissional talvez seja o que apresenta maiores possibilidades e flexibilidades em estabelecer relações, seja na empresa ou fora dela, seja no país ou no exterior”.
  11. 11. 7.7. Aproveitamento do Primeiro Contato. A receber um contato sempre troque cartões é de extrema importância. Apesar de não parecer que tem valor é um mecânico onde representa a permissão de estabelecer os primeiros contatos e de fechar futuros negócios. Mike Mc Caffrey (1983, pág. 20) ressalta que ”[...] os cartões que recebe são mais importantes do que os que você dá. Pois te dá o direito de procurar a pessoa de interesse para uma reunião futura.” Desta forma, para o profissional deve sempre aproveitar o primeiro contato e uma das técnicas de marketing pessoal mas importantes (MCCAFFREY, 1983) O seu princípio é básico e ter uma grade rede de relacionamento: “quanto mais pessoas conhecemos, quanto mais circulamos, maiores as chances das oportunidades aparecerem” (PETERS, 2000. p. 79). Minarelli (2001) define que existir três níveis de relação com os quais convivemos: Grupo primário: é formado por pessoas da família ou amigos, mas próximos onde há envolvimento emocional. Grupo secundário: é o das relações mais formais sem muita intimas. Grupo de referência: são as pessoas que interferi no comportamento, pois existem vários valores de referencia. 7.8. Habilidade em Lidar com Outras Pessoas. A capacidade de lidar com outras pessoas desenvolver bons relacionamentos esta e umas estratégias do marketing pessoal. O estudo aponta que pessoas tcom quem você vai se relacionar pode trazer bons frutos o seja você pode ser melhor visto (MCCAFFREY, 1983) A melhor ferramenta e a humildade e a empatia, pois e importantes para o convívio como as pessoas. Tira duvidas e ajudar os subordinados isso demonstrar interesse para com seu próximo e pode ser crucial no processo de aceitação da pessoa (MCCAFFREY, 1983). Sady Bordin Filho (2002, p. 34), sobre o assunto, alerta: “Quando a agenda estiver cheia e não der para pegar um trabalho, o profissional deve procurar ajudar seu interlocutor com saídas para resolução de problemas. Prestar assistência.” Assim, nunca se deve desprezar um subordinado. Pelo contrário: o bom profissional deve sempre procurar mostrar a importância que ele tem BORDIN FILHO (2002). Conforme Sidinéia Freitas (2004, p.2) “Não basta apenas estudar a personalidade do líder, mas também a situação ou circunstância em que se manifesta a liderança, pois se trata de um processo complexo que envolve líder, liderados e todo contexto social, político e econômico em que o processo se desenvolve”. 7.9. Aparência física e postura. Aparência no ambiente de trabalho e muito importante do mesmo jeito que nos atraímos pelas embalagens bonitas de certo produto, assim acontece com as pessoas se vemos um profissional bem vestido, ele nos diz muito pela maneira que se apresenta O primeiro contato é crucial para as impressões que ele vai ter com as
  12. 12. pessoas.Diante desta certeza, para estabelecer uma relação de confiança e respeito, o assunto aparência física é mesmo relevante. (MACDAFFREY, 1983, p. 53) (...) usar roupas mais conservadoras, boas e apropriadas para a função, ter uma aparência onde sugestiona limpeza, asseio e cuidado leva a uma boa primeira impressão. Usar objetos de valor, como boas canetas, gravatas, relógios e óculos também são um meio de transmitir certo poder e status para as pessoas e estas impressões sempre são impactantes. (MACDAFFREY, 1983, p. 53) Tão importante quanto estar bem-vestido é manter uma postura correta e elegante. Sobre o assunto, Sady Bordin Filho, (2002, p.45) afirma: Andar sempre com a coluna reta e elegante impõe respeito. Apoiar a cabeça na mão não é bom porque dá idéia de desleixo e desânimo, ser calmo nos gestos demonstra educação e elegância.. Assim como se torna abominável roer unhas e fumar em público. Um bom curso de dicção é recomendável pois mesmo não tendo dificuldades de fala, se pode aperfeiçoar a arte do falar bem e para o público. “A má dicção pode comprometer a credibilidade.” A combinação de uma postura elegante com uma dicção perfeita e um discurso forte é um bom meio pra impressionar. Com isso podemos afirmar que é crucial cuidar da sua aparência e da sua postura como um profissional. Isto pode ser o meio de você fazer a diferença perante o meio em que está inserido. BORDIN FILHO (2002) Segundo Rosa (2004) uma imagem negativa pode limitar as oportunidades da pessoa. “É preciso ter cuidado para com a imagem e buscar eliminar dela qualquer item que possa trazer impacto desfavorável”. De acordo com Santos (2002, p. 43), “Os profissionais que exploram a aparência de maneira correta, promovem uma valorização da imagem profissional e conseqüentemente ocorre um registro positivo do profissional”. 7.10. Comportamento O modo de agir também tem sua importância, principalmente no primeiro momento: olhos nos olhos, um firme aperto de mão, a maneira que você se senta, dentre outros por menores é maneiras não verbal de mandar sua mensagem sobre quem você é isso pode te diferenciar dos demais. ( MCCAFFREY,1983) A maneira que você se senta diante do interlocutor diz há ele muito sobre você. Mike Mc Caffrey (1983, p. 56), sobre o assunto, aconselha: ”Se você tiver condições de decidir ou organizar a posição de cada um em uma reunião, aproveite esta oportunidade para criar situações onde os interessados tenham uma boa visão e proximidade de você, assim suas chances de sucesso serão bem maiores.” Nosso corpo esta a todo o momento transmitindo informações não verbais nossas e a todo tempo passa informações preciosas. A linguagem corporal transmite informações e através delas podemos identificar o que a pessoa esta sentindo ou se ela esta nervosa, com medo. Ao cruzar os braços a pessoa cria uma defesa e
  13. 13. sutilmente dando algo para ela segurar vai aos poucos rompendo a armadura (MCCAFFREY, 1983). Segundo, Carlos Alberto Júlio (2002, p. 83) definir o que e comportamento: “O comportamento organizacional é um campo de estudos que investiga o impacto que indivíduos, grupos e a estrutura têm sobre o comportamento dentro das organizações, com o propósito de utilizar esse conhecimento para promover a melhoria da eficácia organizacional.” Para Vitor Martinez (2009, p/s) “[...] o gestor precisa saber qual é o perfil comportamental adequado para o cargo. E isso pode ser obtido com importantes soluções tecnológicas bastante acessíveis para empresas de todos os portes, hoje em dia. Entre elas, estão diversas modalidades de relatórios, que se utilizam do PPA (Análise de Perfil Pessoal), que provê uma percepção ampla sobre o comportamento dos indivíduos no trabalho, respondendo a questões como: quais são seus pontos fortes e limitações? Eles têm iniciativa? Como se comunicam? O que normalmente os motiva?” 7.11. Conduta ética A conduta ética do profissional deve ser a mesma no âmbito do trabalho quanto no pessoal. Para Mike McCaffrey, (1982, p.106): “O caráter, a conduta ética, e as atividades fora do trabalho são freqüentemente subconscientemente percebidos pelo interlocutor como um reflexo da competência e da capacidade que a pessoa tem de gerir negócios.” Sady Bordin Filho (2002, p. 152) acrescenta: Falar mal da vida alheia, falar mal do antigo trabalho – resultam numa má impressão do profissional. Então a regra é limitar-se a dar opinião de uma empresa ou pessoa somente quando for solicitado. E deve ser neste caso, objetivo deixando de lado a emotividade e as desavenças pessoais. Sady Bordin Filho, (2002, p.149) afirma ainda que ao sair do trabalho para ingressar em outro, o profissional não deve abandonar tarefas nem últimas obrigações, haja vista que, segundo ele, estes últimos dias são fundamentais pra que se reconheça o profissional e sua conduta ética. Analisando todas as observações do marketing pessoal,é possível observar que o modo de se vestir, a maneira como transmite suas idéias seja pela linguagem verbal ou seja pela não verbal e sua conduta de vida seja no trabalho seja em casa são os grandes responsáveis pela formação de uma pessoa de sucesso ou de base para uma pessoa que o almeja. (BORDIN FILHO, 2002)
  14. 14. 7.12. Projeção do próprio valor financeiro. Produtos e serviços de qualidade não são e não devem ser baratos. Custa exatamente o que valem. E um profissional com vasta bagagem e que realiza um bom trabalho deve saber que precisa valer muito. (MCCAFFREY, 1983) Assim, para Sady Bordin Filho (2002, p. 103): “A imagem pessoal é como uma grife no mercado, pessoas estarão dispostas a pagar se realmente acreditar que vale a pena investir.” 7.13. Autopromoção Todo profissional tem a necessidade de se destacar em tudo o que realiza, sendo assim se responsabilizando pelo seu desenvolvimento pessoal. O ser humano tem uma busca constante pela sua realização seja ela profissional ou pessoal é desejo de todos se sentir importante (BALLBACK, J e SLATER, J, 1999). Assim, cada vez que se recebe uma promoção ou um poder um individuo sente o magnetismo decorrente de uma estratégia de marketing pessoal. (BALLBACK, J e SLATER, J, 1999). De acordo com Ballback e Slater (1999, p.25) “se você não se autopromover, uma coisa terrível vai acontecer: nada”. Toda e qualquer promoção deve ser observada com todo cuidado de acordo com as competências e a capacidade de cada pessoa, conhecer seus limites, pois o exagero pode interferir nas chances de ser reconhecido. (BALLBACK, J e SLATER, J, 1999). A cada dia devemos “vender o próprio peixe”, Como se diz popularmente, sempre tendo um grande contato com pessoas para discuti-los e aperfeiçoar as estratégias já enumeradas, é de extrema importância acreditar em seu trabalho (BORDIN FILHO, 2002). Não se deve perder a chance de fazer o seu “comercial” assim como um produto precisa de propaganda o profissional também precisa, e pode fazer isto divulgando aspectos profissionais de si mesmo. Em qualquer lugar que se esteja, sempre se deve aproveitar a oportunidade de descrever com detalhes a atividade profissional que exerce. Muitas pessoas talvez nunca precisem de fato daquele profissional, mas podem eventualmente conhecer outras que venham a precisar. Faça sempre propaganda sobre sua marca, o seu nome, pois, desta forma, mais muitas pessoas saberão quem é você. Nestas horas não se deve ser modesto em vender seu profissionalmente. (BORDIN FILHO, 2002) Ao estar convicto das suas capacidades que possui não tenham medo vai em frente e jamais se deve vacilar, demonstre sempre confiança e segurança na hora de vender os próprios serviços são dicas pra quem quer destaque profissionalmente. (BORDIN FILHO, 2002) Neste sentido, Sady Bordin Filho, (2002, p.74) esclarece “Todos querem estar convencidos que estão contratando o melhor. É dever do profissional então convence- Luiz que estão fazendo um ótimo negócio contratando-o.”.
  15. 15. 7.14. Aprimoramento educacional O aprimoramento educacional vem com a leitura, ter contato com outros profissionais da área manter uma rede de relacionamento isto é vital para ter sucesso e para continuação de uma carreira bem sucedida como estes contatos podem trocar experiências e aprender mais. (MCCAFFREY, 1983) Sobre o tema, Sady Bordin Filho, (2002, p. 68), alerta: “Não se deve deixar de freqüentar os bancos de aprendizado, pois é um risco a desatualização completa. Um prejuízo a formação profissional e acadêmica e um risco a carreira de toda uma vida. A oferta de mão-de-obra qualificada não para de crescer.” Segundo Santos (2002 p. 43-44) “Aprimoramento educacional: disto depende o crescimento profissional e a sua sobrevivência no mercado de trabalho. Ë essencial freqüentar cursos lato-sensu e strictu-sensu, dominar outros idiomas e acompanhar inovações tecnológicas, para alcançar uma carreira bem sucedida.” 8- METODOLOGIA Segundo Bunge (apud MARCONI E LAKATOS, 2004, p. 51), a concepção atual de método científico específico das ciências sociais “é a teoria da investigação”, a qual se realiza em 9 etapas: a) descobrimento do problema, se ele não estiver enunciado com clareza; b) colocação precisa do problema a partir da obtenção de mais conhecimento; c) procura de conhecimentos ou instrumentos relevantes ao problema para tentar resolvê-lo; d) tentativa de solução com o auxílio dos meios identificados; e) invenção de novas idéias ou produção de novos dados empíricos relativos à implantação da solução; f) obtenção de uma solução aproximada ou exata, tida como hipótese; g) investigação das conseqüências da possível solução, ou seja, prognóstico; h) prova, validação ou comprovação da solução ou hipótese; i) correção da hipótese, dando início a um novo ciclo de investigação. Adotou-se o método investigação como base para o trabalho de conclusão do Curso de Administração na medida que confere ao esforço de melhoria contínua dos processos administrativos um caráter científico, requisitado pelas organizações modernas, conforme salienta Roesch (2006): . [...] a gestão contemporânea está valorizando muito a administração por fatos em qualquer área da administração, e por isso espera-se que os profissionais possuam habilidades analíticas de definição e solução de problemas, bem como a capacidade de levantar e interpretar informações. (ROESCH, 2006, p. 119)
  16. 16. 9- MÉTODO A pesquisa será realizada mediante o método estrutural, ou seja, o enfoque que trabalha mediante a análise das ações explicativas da realidade a ser estudada. 10- PESQUISA A linha de pesquisa será exploratória da temática estudada, oportunizando maior familiaridade com o problema pesquisado, por meio de levantamento bibliográfico virtual. 11-TÉCNICA A técnica será trabalhada por meio da pesquisa virtual, desenvolvido com base em material elaborado, constituído de artigos informativos escritos por Ari Lima e monográfia 12-CRONOGRAMA Dia Atividade 26/06 27/06 28/06 29/06 30/06 01/07 Elaboração do tema x Levantamento Bibliográfico x Reunião do grupo x x x x Revisão dos materiais bibliográficos x x x x x Orientação parcial x x x Tabulação dos dados colhidos Entrega final do projeto x
  17. 17. 13-REFERÊNCIAS  LIMA. ARI .Amapá: Santana .Disponivél em: http://www.artigosinformativos.com.br/A_importancia_do_Marketing_pessoal_para_ universitarios_Santana_Amapa-r1109229-Santana_AP.html Acesso em 27 à 30JUN2011  LIMA. ARI .Amapá: Santana .Disponivél em: http://www.artigosinformativos.com.br/Aplicando_o_Marketing_Pessoal_como_difer encial_Santana_Amapa-r1108056-Santana_AP.html Acesso em 27 à 30JUN2011  LIMA. ARI .Amapá: Santana .Disponivél em: http://www.artigosinformativos.com.br/Como_fazer_marketing_pessoal_sem_exage rar_Santana_Amapa-r1112144-Santana_AP.html Acesso em 27 à 30JUN2011  LIMA. ARI .Amapá: Santana .Disponivél em: http://www.artigosinformativos.com.br/Investindo_no_Marketing_Pessoal_para_o_s ucesso_Santana_Amapa-r1108048-Santana_AP.html Acesso em 27 à 30JUN2011  LIMA. ARI .Amapá: Santana .Disponivél em: http://www.artigosinformativos.com.br/Conseguindo_um_trabalho_atraves_do_mar keting_pessoal_Santana_Amapa-r1108180-Santana_AP.html Acesso em 27 à 30JUN2011

×