COMENTÁRIO DO AUTOR DA SÉRIE DE LIVROS O MITO JESUS          SOBRE A MATÉRIA DE SEXTO SENTIDOOutro dia, um leitor de meus ...
signatário da Magna Carta. Este, João Sem Terra, foi o pai de Henrique III Plantageneta queeventualmente se tornaria 23O a...
É claro, falar que o rei Artur era descendente de Jesus não causa alvoroço algum. Agora, fale elance no ventilador, com ba...
Honoré de Balsac em Illusions Perdues (Ilusões Perdidas) escreveu:   Há duas histórias: a história oficial, que é uma ment...
CONHEÇA OS MEUS LIVROS                                 PRIMEIRO LIVRO                               O Mito Jesus – O Pante...
PONTOS DE VENDA          PARA AQUISIÇÃO DOS MEUS LIVROSEscrever livros é relativamente simples desde que se domine, pelo m...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

COMENTÁRIO DO AUTOR DA SÉRIE DE LIVROS O MITO JESUS SOBRE MATÉRIA VEICULADA NA REVISTA SEXTO SENTIDO NÚMERO 108

834 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
834
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

COMENTÁRIO DO AUTOR DA SÉRIE DE LIVROS O MITO JESUS SOBRE MATÉRIA VEICULADA NA REVISTA SEXTO SENTIDO NÚMERO 108

  1. 1. COMENTÁRIO DO AUTOR DA SÉRIE DE LIVROS O MITO JESUS SOBRE A MATÉRIA DE SEXTO SENTIDOOutro dia, um leitor de meus livros comentou comigo que o assunto tratado no meu terceiro livro, OMito Jesus – A Linhagem, não lhe era desconhecido pois já o havia visto, em parte − pois o meu émuito mais completo −, em uma matéria na revista SEXTO SENTIDO publicada pela MythosEditora. A matéria é a apresentada aqui, a qual é mais antiga que o meu livro, entretanto eu não aconhecia. De posse da informação do meu amigo, entrei no site da revista na Internet e comprei umexemplar da edição número 108 para ver do que se tratava. A revista eu recebi hoje, 29/12/2010.Nela é apresentada uma genealogia igual, em parte, aquela apresentada no meu livro. Digo, emparte, porque a dita revista apresenta a genealogia dos descendentes de Jesus só até o rei Artur,enquanto a minha é completa. Então eu pergunto: Por que eles apresentaram a genealogia somenteaté o rei Artur? Será que os estudiosos não sabem que os merovíngios (descendentes de Jesus etambém apresentados naquela genealogia) são ancestrais de Carlos Magno? E que Carlos Magno éancestral da Casa de Anjou? E que a Casa de Anjou é ancestral da segunda dinastia da Inglaterra, adinastia Plantageneta? E que a dinastia Plantageneta é ancestral da atual rainha Elizabeth II daInglaterra? Tudo isto é matéria de história acadêmica ensinada nas escolas, portanto indiscutível.As genealogias oficiais dos reis de França, desde os merovíngios até o fim da realeza francesa estãodisponíveis nos livros e enciclopédias escolares. Na revista intitulada Genealogy of the Kings ofFrance and their Wives (Genealogia dos Reis de França e suas Esposas), o autor, Claude Wenzler,funcionário do Heritage Departmentat at the French Ministry of Arts (Departamento de Herançado Ministério Francês das Artes) afirma: Os Francos [origem do nome França], Merovíngios, Carolíngios, Valois, Bourbons... são nomes tais que marcaram nossa história inteira, relembrando mais ou menos vagas memórias de lições históricas escolares. Como forma de recordar ou como guia prático, este trabalho lista os 68 reis de França, desde Clodion le Chevelu (Clodion, o Cabeludo), nascido cerca de 400 A.D., até Luís-Felipe I, morto em 1850, que governaram os destinos de nosso país. Suas tabelas genealógicas, mapas e notas biográficas completas com pinturas, atuarão como inestimável referência para estudantes, professores, entusiastas históricos, ou, para qualquer um que simplesmente queira reativar seu conhecimento sobre história.É, portanto, surpreendente que os autores da matéria da revista SEXTO SENTIDO tenham inseridoem sua genealogia os reis merovíngios iniciando por seu fundador, Meroveus, passando em linhadescendente por seu filho Clóvis, terminando em Lothar I (Clotário I ou Lotário I), sem ir adiantecomo seria de se esperar.Por que, pergunto eu, os autores da matéria não continuaram a linhagem descendente de Lothar I,seguindo pelos carolíngios (Carlos Magno), passando pela Casa de Anjou, entrando na dinastiaPlantageneta da Inglaterra para terminar na atual Casa de Windsor da rainha Elizabeth II?Da mesma forma, os autores da matéria, poderiam tomar outro rumo genealógico, pois oscarolíngios também são ancestrais da primeira dinastia inglesa, a dinastia anglo-normanda, tornadafamosa por Guilherme (William) I, o Conquistador. A neta de Guilherme, Matilda, casara-se comGeoffroi de Anjou, e esses dois, tornaram-se pais de Henrique II Plantageneta, o primeiro rei dadinastia Plantageneta através da união entre Casa de Anjou e dinastia anglo-normanda. HenriqueII, tornara-se pai dos famosos reis Ricardo Coração de Leão e João Sem Terra (John Lackland)
  2. 2. signatário da Magna Carta. Este, João Sem Terra, foi o pai de Henrique III Plantageneta queeventualmente se tornaria 23O avô da rainha Elizabeth II e 24O avô de George Herbert Walker Bush.George Herbert Walker Bush, o 41O presidente dos Estados Unidos, é, portanto, 23O primo uma vezremovido da rainha Elizabeth II.Posso admitir que os autores da matéria sejam desconhecedores da genealogia do presidente Bush,entretanto, é inadmissível que desconheçam a genealogia de Sua Majestade que é descendentemerovíngia. Trata-se também de matéria histórica acadêmica e disponível na Internet no site oficialda Coroa Britânica. Logo, se a Rainha é descendente merovíngia, e se os merovíngios sãodescendentes de Jesus e Madalena, como SEXTO SENTIDO afirma, a Rainha também o é.Por que então, pergunto eu novamente, mencionar apenas o lendário rei Artur como descendente deJesus? Justamente pelo fato do aura lendário deste rei, e assim, passa o dito pelo não dito, e tudocontinua como dantes no quartel de Abrantes!!!Mais absurdo ainda é que Claude Wenzler em seu livro, menciona todas as genealogias reaisfrancesas até o ano de 1850. Pergunto eu novamente: onde estão todos os descendentes de todasestas linhagens reais? Morreram todos sem descendência? Se os reis franceses são descendentesmerovíngios como afirma Claude Wenzler, são também descendentes de Jesus e Madalena.Consequentemente os seus descendentes também. Por que SEXTO SENTIDO não menciona isto?Segundo o resultado dos meus estudos apresentado no meu terceiro livro O Mito Jesus – ALinhagem, todos os presidentes dos Estados Unidos, assim como toda cabeça coroada da Europa,são todos parentes entre si e descendentes de Carlos Magno, logo dos merovíngios, portanto deJesus e Madalena. O meu livro apresenta a linhagem genealógica completa até Jesus de 170pessoas, mortas ou vivas, da elite mundial, dentre elas, nada mais nada menos que 40 presidentesdos Estados Unidos, incluindo os Bush e Barak Obama.Será que os autores da matéria de SEXTO SENTIDO nunca viram comentários na Internet sobre ofato do ex-presidente Bush ser merovíngio? Será que eles nunca tiveram a curiosidade de procurarna Internet pela genealogia do atual presidente dos Estados Unidos Barak Obama? Ora, a Internetestá repleta destas genealogias traçadas por genealogistas de renome como, por exemplo, só paracitar dois dentre muitos outros cujos livros podem ser adquiridos, Gary Boyd Roberts (BA naUniversidade de Yale e MA na Universidade de Chicago), autor de Ancestors of the AmericanPresidents (Ancestrais dos Presidentes Americanos), que apresenta as genealogias dos Bush e demuitos outros presidentes até a dinastia Plantageneta, cujo livro não é barato não, por este motivonão pude comprar; e Craig Hart, Genealogy of the Wives of the American Presidents and their FirstTwo Descents (Genealogia das Esposas dos Presidentes Americanos e Suas Primeiras DuasDescendências).Duvido que os autores da matéria de SEXTO SENTIDO desconheçam história para não saber quebasta juntar as genealogias destes homens famosos da elite com as genealogias reais oficiais eacadêmicas para descobrir QUEM SÃO OS DESCENDENTES ATUAIS DE JESUS EMADALENA QUE ESTÃO ENTRE NÓS!!! Por que não o fizeram? Porque eles são debochados(no bom sentido) o bastante para saber que podem contar com a ignorância e incredulidadepúblicas, afinal de contas, somente os pequenos segredos precisam ser protegidos. Os grandes sãoprotegidos pela incredulidade pública, disse Marshall McCluhan*
  3. 3. É claro, falar que o rei Artur era descendente de Jesus não causa alvoroço algum. Agora, fale elance no ventilador, com base acadêmica que os demônios Bush, que os Windsor, cuja rainha émencionada em alguns artigos como a “pior mulher do mundo”, que os Rockefeller, que os Morgane que Dick Cheney são descendentes de Jesus e o que acontecerá?Das duas uma: ou os autores da matéria de SEXTO SENTIDO são ingênuos e não sabem, o que eudefinitivamente não acredito, ou, se sabem, não têm interesse de balançar o barco e levantar alebre!!! Estão sendo, acredito eu, debochados e sínicos, no bom sentido é claro, assim como o sãoDan Brown em seu livro O Código da Vinci, os autores de O Santo Graal e a Linhagem Sagrada eo falecido Laurence Gardner em seus livros. Gardner, contudo, vai além do cinismo e do deboche,escancarando clara e explicitamente o assunto. Ainda assim as pessoas não conseguem enxergar!Como o editor-executivo de SEXTO SENTIDO, Alex Alprim, afirma e assina em sua Carta aosLeitores na página 4 da revista: Trazemos uma matéria especial sobre a vida oculta de Jesus Cristo, seu suposto casamento com Maria Madalena e até pistas de quem seriam os filhos deles.É preciso mais que isto? As pistas foram deixadas, e muito boas por sinal. Cabe a cada um de nósbuscadores da verdade, nos desprendermos de nossas muletas religiosas, de nossos medos efantasias extravagantes para apenas seguí-las assumindo nossas próprias responsabilidades semtransferi-las para um fabuloso salvador de culpas e pecados inventado como forma deaprisionamento.Os meus livros editados com registro na Câmara do Livro, no ISBN e no Escritório de DireitosAutorais da Fundação Biblioteca Nacional, estão disponíveis para venda na loja da LivrariaLeonardo da Vinci e também na Internet pelo site desta livraria, cuja proprietária, de tão bemimpressionada, me concedeu permissão pessoal e especial para escolher de livre vontade o lugaronde expô-los em sua livraria, que acabaram ficando expostos na vitrine principal, motivo pelo qualdeixo aqui o meu sincero agradecimento pela acolhida. Estão também disponíveis para quem quiserconsultar na Biblioteca Nacional e nas duas bibliotecas da Academia Brasileira de Letras, inclusive,com o intuito mesmo de instigar o leões com vara curta, pois o dia está próximo em que estes leõesterão que vir a público dar explicações sobre este assunto, entreguei um conjunto (um livro de cadaum dos três) no consulado dos Estados Unidos e outro conjunto no consulado da França, pedindoaos cônsules que os enviasse para cima, o que eles não vão fazer é claro. Por outro lado enviei osmesmos livros para produção dos programas do Jô, da Marília Gabriela, da Leda Nagle, do RonieVon e etc. É claro que estes “ídolos” com pés de barro nunca facilitarão a divulgação dos meuslivros, para eles não interessa cortar a mão que os alimenta, eles estão amordaçados pela molduraimposta pelo SISTEMA através das empresas para as quais trabalham das quais recebem seu ganhapão, empresas cujo compromisso e responsabilidade social com a verdade e a honestidade, sãocoisas que a elas não interessa senão como retórica.Idiotia, segundo a rúbrica psiquiatria, refere-se a um retardo mental grave, não devendo ninguémsubestimando a si próprio e suas capacidades intelectuais, se é que as têm, negar a priori, pelomenos, o benefício da dúvida sobre a factualidade do relato bíblico de Jesus, sobre a factualidadeapostólica da ressurreição da carne, assim como de muitas outras fantasias, sem correr o risco decolocar em dúvida sua própria sanidade mental, coisa que, lamentavelmente, parece costume trivialnesta nossa sociedade infestada e assolada pelo idiotismo pandêmico.
  4. 4. Honoré de Balsac em Illusions Perdues (Ilusões Perdidas) escreveu: Há duas histórias: a história oficial, que é uma mentira... e em seguida a história secreta, que relata as verdadeiras origens dos acontecimentos, a história da vergonha.Até quando persistirá essa vergonhosa fábula cristã de Jesus?Até quando as pessoas continuarem a assistir e a cultuar, como VACAS DE PRESÉPIO,programas enlatados de comunicação de massa títeres de empresas voltadas ao escravismosocioeconômico como os do Jô, da Marília Gabriela, da Leda Nagle, do Ronie Von e etc. Atéquando as pessoas continuarem a assistir e a cultuar telejornais diários escandalosos vendidos e aserviço de um SISTEMA perverso de lavagem cerebral humana. Empresas como estas, espalhadase infiltradas por todos os cantos de nossa sociedade são os maiores e verdadeiros óbices àdivulgação da verdade e da cultura, são empresas a serviço de um SISTEMA cujo objetivoprincipal é manter o povo alienado através da diversão, lazer e consumo, a serviço de umSISTEMA que nutre em causa própria uma ESTÚPIDA SOCIEDADE DE LAZER ECONSUMO, afinal de contas, segundo os manipuladores de mentes, o Homem não precisa maisque PÃO E CIRCO já dizia Tito quando construiu seu Coliseu.Parabéns SEXTO SENTIDO, pela matéria publicada, porque mostra que nem tudo está perdido!Aproveito a ocasião para lançar um desafio público e irrestrito: CONVOCO aqui os mais ilustresDOUTORES da nossa MARAVILHOSA ALDEIA GLOBAL DE ALICE para que provemPUBLICAMENTE que estou errado para que EU possa também PUBLICAMENTE me retratarse for o caso, o que eu bem gostaria, pois não tenho a intenção de ser o dono da verdade, tampoucoforçar ou impor-me a quem quer que seja, tão somente ver esclarecido de uma vez por todas, atravésde estudos e debates acadêmicos SÉRIOS E DE ALTO NÍVEL, ainda que isto incomode aquelesque tremem de pavor diante da aproximação da verdade, esse interminável diz que diz de Jesussobre o qual até mesmo ele próprio já deve estar de saco cheio. Afinal de contas, se o Jesus bíblicofor tão verdadeiro quanto a fé que tantos nele depositam, ele resistirá, superará o desafio e sairáfortalecido; caso contrário irá pelos ares junto com o Vaticano e, se a nossa sociedade, onde aninguém é reservado espaço para se impor pela verdade, for frágil o suficiente a ponto de serincapaz de resistir a tal quebra de substrato religioso dogmático, que vá também pelos ares para oespaço ou para o inferno juntamente com o Vaticano e tudo o mais. A sorte está lançada. Cláudio José Ayrosa Rosière São Lourenço, 30 de dezembro de 2010
  5. 5. CONHEÇA OS MEUS LIVROS PRIMEIRO LIVRO O Mito Jesus – O PanteraNeste livro, o autor, por intermédio de William Shakespeare e Geofroi Chaucer, identifica oimperador Tibério César como sendo o verdadeiro pai biológico do bíblico Jesus. A Mariabíblica, durante seu processo de Matrimônio Dinástico com o José bíblico, teria tido um loveaffair com o jovem rapaz de 18 anos de idade, Tibério Cláudio Nero, quando ainda estavalonge de pensar em assumir a sucessão do então imperador Augusto César. Neste contexto,depois da morte do legítimo filho de Tibério, Jesus seria o próximo na linha de sucessão aoimpério romano. Jesus, como meio judeu, meio romano, não foi aceito por ambos os lados,como imperador romano ou como rei judeu, daí ter sido suprimido da história pela força daespada de Roma, sendo mais tarde capitalizado por Constantino, o Grande, na forma do mitopiedoso como forma de levantar um império em decadência. SEGUNDO LIVRO O Mito Jesus – a Mulher sem NomeNeste livro, o autor, por intermédio de Richard Wagner, em sua ópera Parsifal, identifica demaneira irrefutável por intermédio da femme fatale Kundry, lá relacionada com a MULHERSEM NOME (NAMELESS WOMAN), as bíblicas Maria Madalena e Herodias como sendoa mesma e única pessoa. Neste contexto, o véu da sagrada família é levantado, colocandoJesus como um herodiano, o próprio marido de Herodias, Herodes Filipe; por consequênciadireta, os bíblicos José e Herodes, o Grande, passam a ser a mesma e única pessoa. Vejaneste livro a verdadeira identidade de José de Arimateia, a verdadeira data de nascimento deJesus, os parentescos familiares entre personagens bíblicos estrategicamente dissociadosentre si, e muito mais!!! TERCEIRO LIVRO O Mito Jesus – A LinhagemNeste livro, o autor, por intermédio de Wolfran von Eschenbach em seu livro Parsifal – ARomance of the Middle Ages, e muitos outros autores, levanta o véu de mistério queenvolve a descendência de Jesus e Maria Madalena trazendo à luz um dos maioresacobertamentos já vistos na história da humanidade. Num trabalho de pesquisa jamais visto,o autor, num livro instigante e sem precedentes na história editorial mundial, com riquezade detalhes, desafia de maneira incontroversa, ainda que polêmica, os mais básicos dogmasde nossa cultura judaico cristã, mostrando quem são e onde estão os descendentes doSalvador. ANEXO DO TERCEIRO LIVRO (O MITO JESUS – A LINHAGEM) A Vinha do Senhor Como prova irrefutável ao livro O Mito Jesus – A Linhagem, o autor fornece como anexo daquele livro este Mapa Genealógico intitulado A Vinha do Senhor onde são apresentadas as genealogias completas até Jesus de 170 pessoas vivas ou mortas da elite mundial que dele descendem ou descenderam. Veja aqui como a fecunda Vinha do Senhor pode incluir homems e famílias não só dos mais altos níveis da política mundial internacional como também de todas as áreas do conhecimento e até mesmo artistas mundialmente consagrados. Como parte integrante deste Mapa Genealógico, um DVD também intitulado A Vinha do Senhor, especialmente produzido pelo autor como forma de constatação daquilo que vem afirmado nos livros, incluindo reportagens norte americanas, dentre elas, noticiário da CBS NEWS confirmando tema tão polêmico sobre parentesco de homens como os Bush, Dick Cheney, Barak Obama, princesa Diana, Brad Pitt, e muitos outros.
  6. 6. PONTOS DE VENDA PARA AQUISIÇÃO DOS MEUS LIVROSEscrever livros é relativamente simples desde que se domine, pelo menos em certo grau, o assuntoabordado. Editá-los requer apenas recursos financeiros. Vendê-los, ao contrário, é muito difícil. Énecessário divulgação e distribuição. Para um autor desconhecido, tanto uma quanto outra sãoimpossíveis, a menos que o autor seja vinculado a alguma editora que disponibilize os meios paraambos, o que não é o meu caso. Como tentativa de vencer estes obstáculos, informo abaixo ospoucos locais onde meus livros estão disponíveis para venda, aproveitando a oportunidade paraagradecer aos proprietários destes estabelecimentos comerciais pela boa acolhida, já que nem todosestão dispostos a vencer preconceitos dos mais variados de forma a facilitar a vida de autoresindependentes.RIO DE JANEIRO LIVRARIA LEONARDO DA VINCI LTDA Avenida Rio Branco 185 − SUBSOLO – Edifío Marquês do Herval − Centro Fone: (21) 2533 – 2237 Fax: (21) 2533 – 1277 email: info@leonardodavinci.com.br ou CLIQUE AQUI PARA OS MEUS LIVROS NO SITE VIRTUAL DA LIVRARIA LEONARDO DA VINCI LIVRARIA DO CAFÉ Shopping da Gávea − Rua Marquês de São Vicente 52 – Loja 346 – 3O Piso Fone: 2294 – 2839 email: livrariadocafee@gmail.com LIVRARIA PADRÃO Rua Miguel Couto 40 – Centro Tel/Fax: (21) 2508 – 5475 BANCA DE REVISTAS DAS BARCAS DE NITERÓI (CHARITAS) GP Tabacaria − Terminal Charitas em Niterói BANCA DE REVISTAS NO CENTRO DO RIO Avenida Presidente Vargas − em frente ao número 435, próximo da galeria de acesso para a Rua Miguel Couto – CentroVOLTA REDONDA LIVRARIA VEREDAS BANCA DE LIVROS DO MERCADÃOSÃO LOURENCO LIVRARIA AVALON Centro Comercial Antônio Dutra − Rua Dr. Olavo Gomes Pinto 160 – Loja 28 Fone: (35) 3331-1765 BANCA DE REVISTAS DO CALÇADÃO Calçadão de São Lourenço − em frente ao Parque das Águas

×