Contabilidade geral ii slides cap 14_-_c_lculo_custos

1.883 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.883
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Contabilidade geral ii slides cap 14_-_c_lculo_custos

  1. 1. Cálculo de Custos A primeira preocupação da Contabilidade de Custos é o cálculo do custo do produto para avaliar os estoques e apurar o lucro por ocasião da venda do produto 1
  2. 2. Cálculo de Custos Além disso, este cálculo do custo por produto irá propiciar o estabelecimento do preço final, o custo unitário por produto (para se conhecer a rentabilidade unitária), o custo por item que compõe o produto (matéria prima, mão de obra (matéria-prima, mão-de-obra ...) para se comparar com o orçado etc. Elementos de Custos Material Direto (MD) Mão-de-Obra Mã d Ob Direta (MOD) Custos Indiretos de Fabricação (CIF) Material Direto O custo de aquisição deve incluir todos os gastos necessários para que a mercadoria ou o material chegue ao estabelecimento da empresa compradora 2
  3. 3. Material Direto Exemplo: determinada indústria localizada em Recife- PE adquiriu, em maio, 5.000 quilos da matéria-prima X do fornecedor Alfa localizado no Pólo Petroquímico de Camaçari, na Bahia. O preço pago foi de R$ 30 por quilo. Além disso, foram pagos R$ 4.000 de frete, para o transporte da Bahia até Recife, mais R$ 2.000 de seguro contra riscos diversos Material Direto R$ Valor pago ao fornecedor Alfa = 150.000 5.000 quilos × R$ 30 cada Frete pago ao transportador 4.000 4 000 Prêmio de seguro sobre fretes 2.000 Custo total de aquisição 156.000 Custo unitário de aquisição = 31,20 R$ 156.000 / 5.000 quilos Impostos na Aquisição de Material Direto Nas empresas industriais, o IPI e ICMS pagos pela empresa compradora em decorrência da aquisição de matérias-primas, materiais de embalagem e demais materiais utilizados na produção representam créditos da empresa compradora com o governo. Tais créditos são compensados com os impostos devidos pela mesma empresa por ocasião das vendas dos produtos acabados. Dessa maneira, tais impostos não devem compor o custo de aquisição que será incorporado aos estoques. 3
  4. 4. Impostos na Aquisição de Material Direto Total das Notas Fiscais de Matérias-primas ( – ) ICMS faturado pelos fornecedores p ( – ) IPI faturado pelos fornecedores ( = ) Total do custo de aquisição (Estoques) Elementos de Custos Material Direto (MD) Mão-de-Obra Mã d Ob Direta (MOD) Custos Indiretos de Fabricação (CIF) Mão-de-obra Direta Quando pensamos em Mão-de-obra, entendemos que não se trata apenas do valor contratual ou do valor nominal do salário, mas sim da inclusão dos Encargos Sociais, ou seja, os custos decorrentes da Folha de Pagamento: férias, 13º Salário, INSS, Descanso 13 Semanal Remunerado, Feriados, FGTS etc. 4
  5. 5. Encargos Contribuições Sociais % Previdência Social – INSS 20,0 Salário-educação 2,5 Senai/Senac 1,0 Sesi/Sesc 1,5 15 Adicional para o Incra 0,2 Sebrae 0,6 Total 25,8 Acidente de Trabalho 1,0 a 3,0 FGTS 8,5 Total dos Encargos Sociais 35,3 a 37,3 Outros Encargos 13º Salário Férias remuneradas Adicional 1/3 das férias Descanso Semanal Remunerado Vale-tranporte Vale-refeição etc. Elementos de Custos Material Direto (MD) Mão-de-Obra Mã d Ob Direta (MOD) Custos Indiretos de Fabricação (CIF) 5
  6. 6. Custos Indiretos Os Custos Indiretos não se identificam por produto, por isso há necessidade de fazer uma distribuição por produto, de forma arbitrária (rateio), considerando algum critério previamente estabelecido 6

×