UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA DEPARTAMENTO DE ARQUITETURA E URBANISMO PROJETO DE EDIFICAÇÕES V  ALUNAS: SOFIA NÓBREGA, Í...
Figs.: Vistas gerais do projeto para Pernambués e Cajazeiras, ambos em Salvador, Bahia. Fonte: Revista aU, Ed.  208 - Julh...
Figs.: Área de implantação da proposta para o bairro Pernambués. Fonte: Revista aU, Ed.  208 - Julho 2011 “ A proposta não...
Figs.: Perspectivas gerais do conjunto para o bairro Pernambués, Salvador. Fonte: Revista aU, Ed.  208 - Julho 2011 Desta ...
Figs.: Plantas esquemáticas das tipologias de habitação. Fonte: PINIWEB  (2011) Circulação vertical: 7,5m² Circulação hori...
Figs.: Esquemas de produção dos edifícios, através de argamassa armada e estrutura metálica. Fonte: Revista aU, Ed.  208 -...
PERNAMBUÉS E CAJAZEIRAS João Filgueiras Lima, Salvador/BA Figs.: Croquis da escola do projeto para Pernambués. Fonte: Revi...
<ul><li>Programa Minha Casa Minha vida pelas construtoras: de R$ 46 000 para R$ 70 000 </li></ul><ul><li>Programa Minha Ca...
Figs.: Fachada Oeste Fonte: aU, Ano 24, nº 186, SET/09. Especial Habitação ELEMENTAL PARAISÓPOLIS Projeto:  Elemental em a...
ELEMENTAL PARAISÓPOLIS Elemental, São Paulo/SP <ul><li>Terreno triangular em declive; </li></ul><ul><li>Quatro blocos de  ...
ELEMENTAL PARAISÓPOLIS Elemental, São Paulo/SP Via Perimetral Praça Posterior Figs.: Imagens das maquetes Fonte: SEHAB, 20...
ELEMENTAL PARAISÓPOLIS Elemental, São Paulo/SP <ul><li>Apartamentos  duplex ou tríplex; </li></ul><ul><li>No nível da Aven...
“ Em vez de uma casa completa, porém pequena e de baixo padrão, o escritório propõe construir a metade de uma casa boa, co...
ELEMENTAL PARAISÓPOLIS Elemental, São Paulo/SP Construção de paredes estruturais, laje de concreto, cozinha, um bom banhei...
REFERÊNCIAS <ul><li> http://www.piniweb.com.br/construcao/arquitetura/lele-projeta-duas-propostas-para-o-minha-casa-minha-...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

IV - Lelé e Aravena

5.499 visualizações

Publicada em

Grupo II - MCMV e Paraisópolis (Lelé e Aravena)

MCMV (2011) - Salvador, Bahia;
ELEMENTAL PARAISÓPOLIS (2009) - Paraisópolis, São Paulo

Publicada em: Educação
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.499
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
211
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

IV - Lelé e Aravena

  1. 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA DEPARTAMENTO DE ARQUITETURA E URBANISMO PROJETO DE EDIFICAÇÕES V ALUNAS: SOFIA NÓBREGA, ÍTALO FERNANDES E MIRELLI GOMES PERNAMBUÉS E CAJAZEIRAS João Filgueiras Lima, Salvador/BA ELEMENTAL PARAISÓPOLIS Elemental, São Paulo/SP
  2. 2. Figs.: Vistas gerais do projeto para Pernambués e Cajazeiras, ambos em Salvador, Bahia. Fonte: Revista aU, Ed. 208 - Julho 2011 PERNAMBUÉS E CAJAZEIRAS João Filgueiras Lima, Salvador/BA <ul><li>Data da Concepção: 2011; </li></ul><ul><li>Data de Construção: Em aprovação; </li></ul><ul><li>Localização: Salvador, Bahia - Brasil; </li></ul><ul><li>Arquitetura: Instituto Brasileiro de Tecnologia do Habitat – João Filgueiras Lima; </li></ul><ul><li>Estrutura Metálica: Usiminas. </li></ul>
  3. 3. Figs.: Área de implantação da proposta para o bairro Pernambués. Fonte: Revista aU, Ed. 208 - Julho 2011 “ A proposta não é tirar as pessoas do local, é refazer, com o apoio de uma fábrica. Estamos propondo uma urbanização com creche, escola, posto de saúde, próximo ao local onde as famílias vivem. Assim não haverá quebra na rotina da vida dessas pessoas, elas continuarão com o trabalho ao lado.“ (Lelé, AU208, JULHO2011) PERNAMBUÉS E CAJAZEIRAS João Filgueiras Lima, Salvador/BA
  4. 4. Figs.: Perspectivas gerais do conjunto para o bairro Pernambués, Salvador. Fonte: Revista aU, Ed. 208 - Julho 2011 Desta forma, Lelé propõe uma urbanização no terreno ao lado do bairro Pernambués, com dois tipos de implantação: terreno plano e em encosta. &quot;O programa tem que levar em conta as diversas tipologias brasileiras, típicas de cada lugar, inclusive topográficas. No caso de Salvador, a topografia dificulta muito a implantação de um prédio convencional, conforme está sendo feito&quot;. (Lelé, AU208, JULHO2011) PERNAMBUÉS E CAJAZEIRAS João Filgueiras Lima, Salvador/BA
  5. 5. Figs.: Plantas esquemáticas das tipologias de habitação. Fonte: PINIWEB (2011) Circulação vertical: 7,5m² Circulação horiz. = 4,08m² Quarto = 8,0m² WC = 2,64m² Quarto = 9,60m² Estar+Jantar = 11,36m² WC = 2,64m² Quarto = 9,12m² Serviço = 7,50m² Cozinha+Serviço = 5,76m² Estar+Jantar = 9,88m² WC = 2,88m² Quarto = 6,72m² Suíte = 7,28m² Circulação vertical = 10,90m² PERNAMBUÉS E CAJAZEIRAS João Filgueiras Lima, Salvador/BA
  6. 6. Figs.: Esquemas de produção dos edifícios, através de argamassa armada e estrutura metálica. Fonte: Revista aU, Ed. 208 - Julho 2011 <ul><li>Sistema construtivo misto de aço com argamassa armada produzida em miniusinas e montadas no canteiro (transporte manual dos componentes até 70kg) </li></ul><ul><li>Divisórias externas com painéis duplos isolados entre si por lâminas de isopor. </li></ul><ul><li>Divisórias entre apartamentos com painéis duplos isolados entre si por lâminas de lã de rocha. </li></ul><ul><li>Divisórias internas dos aptos em painéis duplos. </li></ul>PERNAMBUÉS E CAJAZEIRAS João Filgueiras Lima, Salvador/BA
  7. 7. PERNAMBUÉS E CAJAZEIRAS João Filgueiras Lima, Salvador/BA Figs.: Croquis da escola do projeto para Pernambués. Fonte: Revista aU, Ed. 208 - Julho 2011
  8. 8. <ul><li>Programa Minha Casa Minha vida pelas construtoras: de R$ 46 000 para R$ 70 000 </li></ul><ul><li>Programa Minha Casa Minha vida pelo IBTH (de custo, sem lucro): R$ 28 000 (sem infraestrutura) e R$ 45 000 (fábrica+infra) </li></ul>R$ 2.800.000 40 unidades (R$70mil) 40 unidades (R$28mil) R$ 1.120.000 + R$ 250.000 (infra) + R$ 200.000 (fábrica) = R$ 1.590.000 Habitação de 40m² ! ? PERNAMBUÉS E CAJAZEIRAS João Filgueiras Lima, Salvador/BA
  9. 9. Figs.: Fachada Oeste Fonte: aU, Ano 24, nº 186, SET/09. Especial Habitação ELEMENTAL PARAISÓPOLIS Projeto: Elemental em associação com a Universidade Católica do Chile. Arquitetos: Alejandro Aravena, Gonzalo Arteaga e Fernando Garcia Garcia-Huidobro. Colaboradores: Felipe Combeau, Valerie Krauser, Gabriela Larrain 120 famílias Terreno: 0,55 hectares Densidade : 900 hab/hec Ano: 2009 Local: Subprefeitura de Campo Limpo Região Sul de São Paulo ELEMENTAL PARAISÓPOLIS Elemental, São Paulo/SP
  10. 10. ELEMENTAL PARAISÓPOLIS Elemental, São Paulo/SP <ul><li>Terreno triangular em declive; </li></ul><ul><li>Quatro blocos de 8 pavimentos; </li></ul><ul><li>O exíguo terreno delimitado pela Prefeitura exigiu uma nova tipologia verticalizada. </li></ul>Figs.: Cortes, Implantação e Perspectiva Oeste/Norte Fonte: aU, Ano 24, nº 186, SET/09. Especial Habitação
  11. 11. ELEMENTAL PARAISÓPOLIS Elemental, São Paulo/SP Via Perimetral Praça Posterior Figs.: Imagens das maquetes Fonte: SEHAB, 2010. A Cidade Informal no Século XXI.
  12. 12. ELEMENTAL PARAISÓPOLIS Elemental, São Paulo/SP <ul><li>Apartamentos duplex ou tríplex; </li></ul><ul><li>No nível da Avenida Perimetral estão previstos estabelecimentos comerciais. </li></ul>Figs.: Elevação Leste, Corte BB e Perspectiva Leste Fonte: aU, Ano 24, nº 186, SET/09. Especial Habitação
  13. 13. “ Em vez de uma casa completa, porém pequena e de baixo padrão, o escritório propõe construir a metade de uma casa boa, com uma estrutura-base pronta para o proprietário ampliá-la e valorizá-la.” aU ELEMENTAL PARAISÓPOLIS Elemental, São Paulo/SP <ul><li>Expansão a critério da família </li></ul><ul><li>Duplex: 44.6 m²- ampliado: 63,9 m² </li></ul><ul><li>Triplex: ampliado: 83,74 m² </li></ul>Figs.: Plantas Baixas do 4º piso à coberta Fonte: aU, Ano 24, nº 186, SET/09. Especial Habitação
  14. 14. ELEMENTAL PARAISÓPOLIS Elemental, São Paulo/SP Construção de paredes estruturais, laje de concreto, cozinha, um bom banheiro e escadas. Figs.: Montagem dos edifícios / Planta Baixa Duplex Fonte: aU, Ano 24, nº 186, SET/09. Especial Habitação / Arquivo do grupo Quarto = 8,55m² Circulação vertical: 6,80m² Circulação horizontal: 2,36m² WC = 3,40m² Quarto* = 9,12 m² Sala= 8,55m² Cozinha = 4,95 m² Circulação vertical: 4,14m² WC = 3,40m² Quarto*= 9,12 m² Área de expansão Área de expansão 44.6 m² 63,9 m²
  15. 15. REFERÊNCIAS <ul><li> http://www.piniweb.com.br/construcao/arquitetura/lele-projeta-duas-propostas-para-o-minha-casa-minha-vida-220098-1.asp </li></ul><ul><li> http://www.revistaau.com.br/arquitetura-urbanismo/186/especial-habitacao-apartamentos-duplex-e-triplex-no-projeto-da-151660-1.asp </li></ul><ul><li>A Cidade Informal no Século XXI. Prefeitura do Município de São Paulo, SEHAB, São Paulo, Superintendência de Habitação Popular, Ano de Publicação: 2010, 188 p. </li></ul>

×