Fundação Getúlio VargasMBA em Gestão Estratégica e Econômica de ProjetosFundamentos do Gerenciamento de ProjetosPaulista –...
Sumário1. Corpo Diretivo2. Empresa | História3. Estrutura Organizacional4. Programa Talentos 20165. Projeto "Paraisópolis ...
1. Corpo DiretivoMelina Feld                       Nilson Lopes SoaresGerente                           GerentePlanejament...
2. Empresa | HistóriaA ONG CTE – Caça Talentos Esportivos é uma instituição sem fins lucrativosfundada em fevereiro de 200...
3. Estrutura Organizacional                                            Corpo de                                           ...
3. Estrutura OrganizacionalA estrutura da empresa CTE é matricial “forte”, por necessitar de flexibilidadeem sua área de a...
4. Programa Talentos 2016Talentos 2016 é um programa da ONG CTE, de caráter social / esportivo(multidisciplinar) que foi e...
5. Projeto  Produto: Contrato com 5 atletas potenciais
O “Projeto Paraisópolis - Nada Melhor”   Projeto Paraisópolisé parte do Programa Talentos 2016 .    - Nada MelhorPatrocina...
5. Projeto Paraisópolis – Nada MelhorNosso trabalho é avaliar, através de metodologia científica, alunos dasescolas públic...
6. Objetivo do Projeto                                                     S – Specific;                                  ...
7. Stakeholders1. Famílias dos futuros atletas2.   Clube esportivo Pinheiros3.   Empresas de comunicação e marketing4.   C...
8. Interesse / Influência                                                                             Interesse      Influ...
9. RequisitosN   Stakeholder                  Requisitos1   Famílias dos futuros         incentivo à atividade física alin...
9. RequisitosN    Stakeholder                  Requisitos7    Seguradoras (saúde e         possibilidade de aumento do mer...
10. EAP - Trabalho                                       Paraisópolis – Nada Melhor   1. PMO        2. Planejamento       ...
11. EAP - Produto                                Contrato com 5 Atletas1. Plano de                    3. Suporte       4. ...
12. Lista de atividades | PT: 2.5 Responsabilidades                                                                Fase: 2...
12. Lista de atividades | PT: 3.1 Clube Pinheiros                                                          Fase:3. Parceri...
12. Lista de atividades | PT: 3.2 Escolas                                                             Fase: 3. Parceria   ...
12. Lista de atividades | PT: 4.2 Avaliação Física                                                                        ...
12. Lista de atividades | PT: 4.3 Socioeconômico                                                                     Fase:...
12. Lista de atividades | PT: 5.1 Organiz. Evento                                                                         ...
12. Lista de atividades | PT: 5.3 Entrevista                                                             Fase:5. Seleção  ...
12. Lista de atividades | PT: 6.2 Entrega                              Fase: 6. Encerramento                             D...
13. Orçamento      C.C.       Fase / Pacote de Trabalho   Custo (R$)  2          Planejamento                             ...
13. Orçamento - continuação      C.C.         Fase / Pacote de Trabalho        Custo (R$)  6          Encerramento        ...
14. Critérios de Validação e AceitaçãoConta de            Fase / Pacote de Trabalho             Critério de Validação     ...
14. Critérios de Validação e AceitaçãoConta de             Fase / Pacote de Trabalho             Critério de Validação    ...
15. Mapa das ComunicaçõesStakeholder       Assunto da      Documentos                                                    M...
16. Registro de Riscos                                   Risco            Qualitativ          QualitativoID    Categoria  ...
16. Registro de Riscos                                                  Qualitativ                                   Risco...
16. Registro de Riscos                                                  Qualitativ                                   Risco...
16. Registro de Riscos                                                   Qualitativ                                 Risco ...
16. Registro de Riscos          VME a                     VME d                              Gatilho de ID                ...
17. Mapa de AquisiçõesConcorrência               Item a ser contratado                 Vendor List   Prazo    Orçamento   ...
FinalizaçãoAprendemos neste módulo que projetos são elaborados para trazer àluz ideias inovadoras, para atender e superar ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Paraisópolis - nada melhor

671 visualizações

Publicada em

Titulo: Paraisópolis - nada melhor
Alunos:Fabiana Nonogaki,Marlon,Melina Feld,Nilson Lopes Soares,
Cidade: Paulista
Disciplina: Fundamentos
Turma: GEEP33
Data:07-11-2012
Hora:15:54
Comentarios:
Publico até ápos a correção

  • Comentários
    Introdução: ok;
    Projeto: ok;
    Stakeholders: sugere-se utilizar o template ISH;
    Requisitos: ok;
    WBS: da forma como foi elaborada, existem apenas 6 pacotes de trabalho;
    Lista de Atividades: ok;
    Orçamento: ok;
    Pacotes de Trabalho: ok;
    Estrutura Organizacional: ok;
    Mapa das Comunicações: ok;
    RR: ok;
    Mapa das Aquisições: ok;
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Paraisópolis - nada melhor

  1. 1. Fundação Getúlio VargasMBA em Gestão Estratégica e Econômica de ProjetosFundamentos do Gerenciamento de ProjetosPaulista – São Paulo, SPGEEP-33/2012Prof. Marco Antônio CoghiProjeto: “Paraisópolis – Nada Melhor”
  2. 2. Sumário1. Corpo Diretivo2. Empresa | História3. Estrutura Organizacional4. Programa Talentos 20165. Projeto "Paraisópolis – Nada Melhor”6. Objetivo do Projeto7. Stakeholders8. Stakeholders: Interesse / Influência9. Requisitos10. EAP – Trabalho11. EAP – Produto12. 8 Listas de Atividades13. Orçamento14. Critérios de Validação e Aceitação15. Mapa das Comunicações16. Registro de Riscos17. Mapa das Aquisições
  3. 3. 1. Corpo DiretivoMelina Feld Nilson Lopes SoaresGerente GerentePlanejamento Recrutamento Fabiana Nonogaki Marlon Gerente Gerente Parcerias Testes / Suporte
  4. 4. 2. Empresa | HistóriaA ONG CTE – Caça Talentos Esportivos é uma instituição sem fins lucrativosfundada em fevereiro de 2008, que tem como objetivo identificar jovens deescolas da rede pública de ensino do país que apresentem aptidões físicas econdições psicológicas adequadas para serem transformados em atletas dealto desempenho.O Brasil tem um contingente de aproximadamente 34 milhões de jovens comidades entre 16 e 24 anos. Porém, o número de atletas filiados às diversasfederações e confederações esportivas não perfazem 100 mil pessoas.A iniciativa é de trabalhar para proporcionar a uma grande parcela de jovenscarentes de recursos as oportunidades reais de se integrarem socialmente,através das práticas esportivas, com vistas à profissionalização como atletase cidadãos deste país.Trilhamos nossos objetivos com apoio das confederações esportivas;cientistas acadêmicos; Ministério da Educação; governos estaduais emunicipais; veículos de comunicação; empresas públicas e privadas; e atletasolímpicos.
  5. 5. 3. Estrutura Organizacional Corpo de Diretores Testes e Encerramento PMO Planejamento Parceria Recrutamento Seleção e Suporte Equipe Equipe Equipe Gerente de Equipe Equipe Testes planejamento Recrutamento Encerramento Projetos 1 Parceria A e Seleção A A A e Suporte A Equipe Equipe Equipe Gerente de Equipe Equipe Testes planejamento Recrutamento Encerramento Projetos 2 Parceria B e Seleção B B B e Suporte B Equipe Equipe Equipe Gerente de Equipe Equipe Testes planejamento Recrutamento Encerramento Projetos 3 Parceria C e Seleção C C C e Suporte C
  6. 6. 3. Estrutura OrganizacionalA estrutura da empresa CTE é matricial “forte”, por necessitar de flexibilidadeem sua área de atuação e dos recursos disponíveis.Neste modelo de estrutura organizacional as atuações e posições ocupadas doscolaboradores das Gerências Funcionais (Planejamento, Parceria Recrutamento,Testes e Seleção, Encerramento e Suporte) são compartilhadas com asGerências de Projetos, conforme demandas específicas.Desta forma, cabe às Gerências de Projeto fazer a solicitação dos Colaboradoresadequados às suas necessidades, de acordo com os requisitos e premissas decada projeto formando, por consequência, equipes de especialistas.Estes colaboradores escolhidos, por estarem inicialmente vinculados às suasGerências Funcionais, são direcionados a outros projetos após ou durante oprocesso em que estão trabalhando, mediante acordos prévios entre os Gruposde Gerentes da Organização.Ao Gerente de Projeto cabe maior autoridade e podernas definições de prioridades, com base no projeto doqual é o gestor exclusivo, tendo autonomia paraconduzir plenamente seu empreendimento.
  7. 7. 4. Programa Talentos 2016Talentos 2016 é um programa da ONG CTE, de caráter social / esportivo(multidisciplinar) que foi estabelecido em 2011.Sua estrutura consiste, cientificamente, na detecção e encaminhamento depotenciais atletas aos clubes esportivos e às confederações esportivasbrasileiras, para que sejam treinados, com vistas às Olimpíadas de 2016– Rio de Janeiro, Brasil.A identificação de talentos é baseada no trabalho científico DTE (Detecçãode Talentos Esportivos), desenvolvido por acadêmicos da USP, UFRJ, UFSCare outras instituições renomadas de ensino superior, e no conhecimentoadquirido por experientes atletas profissionais voluntários (parceiros).Os recursos são obtidos através de financiamentos de patrocinadores dainiciativa pública / privada, através de clubes esportivos e apoio deinstituições governamentais (federal, estadual e municipal), com destaqueàs iniciativas do Ministério da Educação e Ministério do Esporte.
  8. 8. 5. Projeto Produto: Contrato com 5 atletas potenciais
  9. 9. O “Projeto Paraisópolis - Nada Melhor” Projeto Paraisópolisé parte do Programa Talentos 2016 . - Nada MelhorPatrocinado, majoritariamente, peloClube Pinheiros da capital de S. Paulo,busca recrutar jovens nasespecialidades de natação, junto àComunidade de Paraisópolis (bairro daperiferia), localizada na zona sul deSão Paulo.Ciente da quantidade de jovensfrequentadores das escolas públicasmunicipais da comunidade eobjetivando elevar o número deequipes nesta modalidade, o ClubePinheiros contratou a CTE,requisitando como produto ocontrato com 5 atletas potenciaisque possam ser treinados para asOlimpíadas de 2016. Fonte: Google Earth
  10. 10. 5. Projeto Paraisópolis – Nada MelhorNosso trabalho é avaliar, através de metodologia científica, alunos dasescolas públicas municipais da região, pré-selecionando 1% (um porcento) de cada instituição.Em seguida, através de testes aplicados no Clube Pinheiros eacompanhados por atletas olímpicos especialidados, serãoselecionados os 5 jovens atletas, os quais poderão assinar futuroscompromissos contratuais com o Clube.Caberá às Agências de Comunicação (também parceiras do projeto),divulgar o evento à Comunidade, mobilizando todos os stakeholders(partes interessadas) associados ao Projeto, como forma de buscare/ou atrair patrocinadores adicionais ao programa, e apoio àpopularização de esportes, associados ao aprimoramento do níveltécnico esportivo do Brasil.
  11. 11. 6. Objetivo do Projeto S – Specific; M – Measurable; A – Attainable; R – Realistic; T – Timely“Viabilizar a assinatura do contrato de 5 jovens atletasolímpicos da modalidade de natação pelo Clube EsportivoPinheiros após processo seletivo de talentos, provenientesdas escolas municipais do bairro de Paraisópolis, atravésda aplicação de metodologia científica e consultoria deatletas voluntários até abril de 2013, sem fins lucrativos,como projeto do programa social / esportivo de busca portalentos olímpicos brasileiros, para as Olimpíadas de2016."
  12. 12. 7. Stakeholders1. Famílias dos futuros atletas2. Clube esportivo Pinheiros3. Empresas de comunicação e marketing4. Comitê olímpico brasileiro5. Empresas comerciais de produtos esportivos6. Empresas alimentícias fabricantes de produtos voltados ao esporte7. Seguradoras (saúde e viagem)8. Atletas olímpicos voluntários9. Prefeitura Municipal de São Paulo10. Ministérios da Educação, do Esporte e dos Direitos Humanos11. Pesquisadores científicos12. Escolas públicas municipais de Paraisópolis
  13. 13. 8. Interesse / Influência Interesse InfluênciaItem Stakeholders Alto Baixo Alto Baixo1 Famílias dos futuros atletas X X2 Clube esportivo Pinheiros X X3 Empresas de comunicação e marketing X X4 Comitê olímpico brasileiro X X5 Empresas comerciais de produtos esportivos X X6 Empresas alimentícias: fabricantes de produtos voltados ao esporte X X7 Seguradoras (saúde e viagem) X X8 Atletas olímpicos voluntários X X9 Prefeitura Municipal de São Paulo X X10 Ministérios da Educação, do Esporte e dos Direitos Humanos X X11 Pesquisadores científicos X X12 Escolas Públicas Municipais de Paraisópolis X X
  14. 14. 9. RequisitosN Stakeholder Requisitos1 Famílias dos futuros incentivo à atividade física alinhada à educação atletas escolar e alimentação saudável; inclusão social pelo esporte; valorização individual do jovem2 Clube esportivo Pinheiros receber atleta com potencial de tornar campeão olímpico; receber avaliação científica; obter patrocínios de grandes empresas que investirão nos talentos a serem treinados.3 Empresas de comunicação através da propaganda captar grandes e marketing patrocinadores; sensibilizar a mídia e a sociedade a valorizar a diversidade de modalidades olímpicas, contribuindo para obter recursos financeiros para tornarem notáveis os atletas brasileiros.4 Comitê olímpico brasileiro receber talentos esportivos; diversificar atletas brasileiros nas modalidades olímpicas de natação.5 Empresas comerciais de possibilidade de aumento do mercado consumidor. produtos esportivos6 Empresas alimentícias possibilidade de aumento do mercado consumidor.
  15. 15. 9. RequisitosN Stakeholder Requisitos7 Seguradoras (saúde e possibilidade de aumento do mercado consumidor. viagem)8 Atletas olímpicos auxiliar a detecção e o treinamento dos jovens; voluntários exposição na mídia; ser exemplo de vida para jovens treinados.9 Prefeitura Municipal de SP atuação efetiva em atividade sócio-cultural e lazer; direcionamento de recursos públicos.10 Ministérios da Educação, apoiar projeto e facilitar contato com instituições de do Esporte e dos Direitos ensino e outras ONGs; divulgar projeto e alinhá-lo a Humanos programas de governo existentes11 Pesquisadores científicos aplicar suas metodologias de avaliação aos alunos; divulgar suas metodologias; obter dentre os avaliados um grupo de alunos com potencial olímpico.12 Escolas Públicas promover inclusão social através do esporte; Municipais de Paraisópolis necessitam que façamos a gestão das avaliações junto aos pesquisadores e atletas voluntários; fazer de seus alunos atletas olímpicos.
  16. 16. 10. EAP - Trabalho Paraisópolis – Nada Melhor 1. PMO 2. Planejamento 3. Parceria 4. Recrutamento 5. Seleção 6. Encerramento1.1 Gerenc. de 2.1 Abrangência 3.1 Clube 4.1 Organização 5.1 Organização 6.1 ReuniãoPlanejamento Pinheiros do Evento do Evento 6.2 Entrega 2.2 Cronograma1.2 Gerenc. de 3.2 Escolas 4.2 Avaliação 5.2 AptidãoRecursos FísicaHumanos 6.3 Suporte 2.3 Local 3.3 Atletas 5.3 Entrevista profissionais 4.31.3 Gerenc. de SocioeconômicoCusto 2.4 Escopo 5.4 Seleção 3.4 Patrocina- dores 4.4 Psicológico1.4 Gerenc. de 2.5 Responsabili-Tempo dades 3.5 Comunidade Científica1.5 Gerenc.Qualidade 3.6 Comunicação
  17. 17. 11. EAP - Produto Contrato com 5 Atletas1. Plano de 3. Suporte 4. Candidatos 5. Atletas 6. Contrato gerencia 2. Termo de mento do Abertura Projeto 3.1 Contrato 4.1 5.1 6.1 Minuta Instalações Instalações 1.1 2.1 Esportivas Esportivas PGP Documento 3.2 Termo Escola Clube Compro- 6.2 Termo de misso Aceite 1.2 2.2 Planilha 4.2 Relatórios 5.2Plano de RH Project Ergonômicos Candidatos 6.3 3.3 Assessoria Documento KT 2.3 2.3 Mapa Plano 5.3orçamentário 4.3 Relatórios Candidatos 3.4 Verba Sociais 2.4 EAP 2.4 5.4 Altetas 3.5Cronograma Metodologia 2.5 Matriz 4.4 Responsabilid Diagnósticos ade Psicológicos2.5 Plano de 3.6 Qualidade Divulgação
  18. 18. 12. Lista de atividades | PT: 2.5 Responsabilidades Fase: 2. Planejamento Secretário Advogado Gerente Planej. Estimar Duração Custo Duração Custo Duração Custo Custo daId Atividade (h) (R$) (h) (R$) (h) (R$) Atividade (R$) Definir responsabilidades da1 16 70,00 30 50,00 2.620,00 área de Marketing Elaborar responsabilidades da2 16 70,00 40 50,00 3.120,00 área de Parcerias Definir responsabilidades da3 16 70,00 40 50,00 3.120,00 área de Recrutamento Estabelecer deveres da área de4 30 70,00 50 50,00 4.600,00 Testes e Seleção Definir responsabilidades de5 16 70,00 20 50,00 2.120,00 encerramento e Suporte Elaboração da Matriz de6 35 35,00 1.125,00 Projetos Total P.T. 16.705,00 (R$)
  19. 19. 12. Lista de atividades | PT: 3.1 Clube Pinheiros Fase:3. Parceria Advogado Diretor Diretor Estagiário Estimar Financeiro Comercial Custo daId Atividade Duração Custo Duração Custo Duração Custo Duração Custo Atividade (h) (R$) (h) (R$) (h) (R$) (h) (R$) (R$) Verificar infra-1 estrutura do 4 100,00 4 10,00 440,00 clube Elaborar contrato2 10 50,00 500,00 de serviço Analisa e aprovar 1 100,00 100,003 o contrato de serviços Fazer reunião4 para assinatura e 2 100,00 200,00 start-up Total P.T. 1.240,00 (R$)
  20. 20. 12. Lista de atividades | PT: 3.2 Escolas Fase: 3. Parceria Estagiário Diretor Técnico Advogado Diretor Estimar Comercial Custo daId Atividade Duração Custo Duração Custo Duração Custo Duração Custo Atividade (h) (R$) (h) (R$) (h) (R$) (h) (R$) (R$) Mapear escolas1 municipais de 16 10,00 3 100,00 460,00 Paraisópolis Apresentar proposta de2 16 100,00 16 100,00 3.200,00 trabalho a cada escola Elaborar termo3 5 10,00 2 50,00 150,00 de compromisso Assinar termo de4 5 50,00 250,00 compromisso Total P.T. (R$) 4.060,00
  21. 21. 12. Lista de atividades | PT: 4.2 Avaliação Física Fase: 4. Recrutamento Prof. Educação Prof. Educação Física Organizador dos Estimar Física nº 1 nº 2 Eventos Custo daId Atividade - aptidão física - - natação - Atividade Duração Custo Duração Custo Duração Custo (R$) (h) (R$) (h) (R$) (h) (R$) Organizar local por grupo de1 pessoas – idade, sexo, peso, altura, 1 20,00 1 20,00 1 100,00 140,00 número de participantes)2 Aplicar testes de aptidão física 3 20,00 3 100,00 360,00 Aplicar testes de habilidade em3 3 20,00 3 100,00 360,00 natação Fazer reunião de trabalho, para4 compilação dos dados das 1 20,00 1 20,00 1 100,00 140,00 avaliações (aptidão física e natação)5 Apresentar resultados 0,5 20,00 0,5 20,00 0,5 100,00 70,006 Divulgar resultados na mídia 8 20,00 8 20,00 8 20,00 480,00 Total P.T. (R$) 1.550,00
  22. 22. 12. Lista de atividades | PT: 4.3 Socioeconômico Fase: 4. Recrutamento Prof. Assistente Social Prof. Assistente Organizador dos Estimar Duração Custo Social Eventos Custo daId Atividade (h) (R$) Duração Custo Duração Custo Atividade (h) (R$) (h) (R$) (R$) Organizar grupo de pessoas –1 3 100,00 300,00 idade, sexo e renda familiar) Lista de Atividades | PT: Avaliação Sócio Econômica Fazer entrevistas com pais2 16 20,00 16 20,00 640,00 do(s) atleta(s) e candidatos Fazer reunião de trabalho, para3 compilação dos dados das 2 20,00 2 20,00 80,00 avaliações (entrevistas)4 Emitir Relatórios Sociais 2 20,00 2,00 20,00 80,00 Fazer reunião de trabalho com5 1 20,00 1 20,00 1 100,00 140,00 a Organização do Evento Divulgar resultados pela área6 de comunicação às Partes 1 100,00 100,00 Interessadas Total P.T. (R$) 1.340,00
  23. 23. 12. Lista de atividades | PT: 5.1 Organiz. Evento Fase: Seleção Secretário Estagiário Estimar Custo daId Atividade Duração Custo Duração Custo Recrutamento (h) (R$) (h) (R$) Atividade (R$)1 Lista de Atividades | PT: Organiz. do Reservar horários p/ a prática de aptidão física e natação nas dependências do “Clube Pinheiros” – avaliação das condições atléticas dos candidatos 8 40,00 320,00 Evento Agendar da prática de “Recrutamento” com as Partes2 deslocamento, materiais etc. “aptidão física e natação” Interessadas - escolha e definição de: dia, local, horário, 16 40,00 640,00 Confirmar aos Candidatos e demais Partes Interessadas3 quanto a agenda de eventos: dia, local, horário, transporte, 16 10,00 160,00 entre outros. Providenciar transportes aos Candidatos entre Paraisópolis e4 8 10,00 80,00 Clube Pinheiros (horário e local) Providenciar material esportivo aos atletas (uniformes e5 10 40,00 400,00 acessórios p/ prática de natação). Total P.T. 1.600,00 (R$)
  24. 24. 12. Lista de atividades | PT: 5.3 Entrevista Fase:5. Seleção Diretor Técnico Estagiário Estimar Custo daId Atividade Duração Custo/hora Duração Custo/hora Atividade (h) (R$) (h) (R$) (R$)1 Agendar entrevistas 3 100,00 30 10,00 600,002 Levantar e organizar espaço para 1 100,00 5 10,00 150,00 entrevistas3 Avaliar motivação, interesse e 24 100,00 2.400,00 disponibilidade para viajar4 Seperar perfis e escolher 8 100,00 800,00 candidato Total 3.950,00
  25. 25. 12. Lista de atividades | PT: 6.2 Entrega Fase: 6. Encerramento Diretor Técnico Estagiário Advogado Estimar Custo daId Atividade Duração Custo/hora Duração Custo/hora Duração Custo/hora Atividade (h) (R$) (h) (R$) (h) (R$) (R$)1 Elaborar Termo de 1 100 10 10 24 50 1.400,00 aceite2 Validar aceite com 8 100 8 50 1.200,00 atleta e clube3 Promover 4 100 4 50 600,00 assinatura do termo de aceite por ambas partes Total P.T. 3.200,00 (R$)
  26. 26. 13. Orçamento C.C. Fase / Pacote de Trabalho Custo (R$) 2 Planejamento 16.705,00 2.5 Responsabilidades 16.705,00 3 Parceria 5.300,00 3.1 Clube Pinheiros 1.240,00 3.2 Escolas 4.060,00 4 Recrutamento 2.890,00 4.2 Avaliação Física 1.550,00 4.3 Socioeconômico 1.340,00 5 Seleção 5.550,00 5.1 Organização Evento 1.600,00 5.3 Entrevista 3.950,00
  27. 27. 13. Orçamento - continuação C.C. Fase / Pacote de Trabalho Custo (R$) 6 Encerramento 3.200,00 Contrato 3.200,00 Reserva contingencial 5.000,00 Valor Total 38.645,00
  28. 28. 14. Critérios de Validação e AceitaçãoConta de Fase / Pacote de Trabalho Critério de Validação Critério de AceitaçãoControle1 2. Planejamento Formulário de controle de qualidade Documento assinado pelo 2.2 Cronograma CTE_Q009 Gerente de Projeto.2 2. Planejamento Ficha de cadastro das escolas municipais Assinatura do termo de 2.3 Local da PMSP compromisso3 3. Parceria Atendimento a requisitos mínimos Assinatura do contrato 3.3 Clube Pinheiros definidos pelo formulário de controle de qualidade CTE_Q0074 3. Parceria Atendimento a requisitos mínimos Assinatura do contrato 3.4 Patrocinadores definidos pelo formulário de controle de qualidade CTE_Q0085 3 Parceria Portaria MEC 11.111/88 Contrato assinado 3.5 Comunidade científica
  29. 29. 14. Critérios de Validação e AceitaçãoConta de Fase / Pacote de Trabalho Critério de Validação Critério de AceitaçãoControle6 5. Seleção Formulário técnico CTE_T001 - anexo. Aprovação na entrevista 5.4 Entrevista7 4 Recrutamento Check list de Instalações 95% de conformidade 4.1 Organização do evento CTE_T0028 4. Recrutamento Critérios sócio-econômicos IBGE Classes sociais C e D 4.3 Sócioeconômico9 4. Recrutamento Teste de análise DTE, item 3 – Avaliação Teste aprovado 4.4 Testes Psicológicos Psicológica10 6. Encerramento Termo de aceite pós-entrega Contrato assinado 6.2 Suporte
  30. 30. 15. Mapa das ComunicaçõesStakeholder Assunto da Documentos Meio Frequência Ação esperada EmitenteDestinatário informação relacionados Documento Análise e s Físicos ProdutosClube esportivo Relatório das Consideração pelas & Mensal Fabiana Pinheiros Atividades Partes Serviços Interessadas Empresas E-mailcomerciais de Divulgação Contatos Carta Comercial Bi-mensal Fabiana produtos do Projeto comerciais esportivos Telefone Metodologia Procedimento E-mail, Alinhamento da cientifica a técnico / Mensal Melina Metodologia ser aplicada operacionalPesquisadores científicos Document Análise e os Físicos Relatórios Desempenho Consideração pelas Técnicos e Mensal Nilson dos Atletas Partes Planilhas Interessadas
  31. 31. 16. Registro de Riscos Risco Qualitativ QualitativoID Categoria Fonte P I Semáforo identificado o Probab. de Impacto001 Externo RBS W Candidatos Provável 0.7 Muito grande 0.8 Vermelho 0.56 Imprevisível potenciais com rendimento abaixo do necessário.002 Externos RBS W Decepção dos Provável 0.7 Insignificante 0.05 Verde 0.04 previsíveis candidados – Impactos reprovados. Sociais003 Externos RBS W Discussão entre os Média 0.5 Médio 0.2 Amarelo 0.1 previsíveis candidatos – Impactos Sociais004 Internos RBS W Projeto não Improvável 0.3 Grande 0.4 Amarelo 0.12 não conseguir patrocínio técnicos - Custos
  32. 32. 16. Registro de Riscos Qualitativ Risco Qualitativo deID Categoria Fonte o P I Semáforo identificado Impacto Probab.005 Externos RBS W Acidentes Rara 0.1 Pequena 0.1 Verde 0.01 Previsíveis - ocasionados Desastres durante chuvas de da Natureza verão na comunidade006 Técnico – RBS W Contusão do Provável 0.7 Pequena 0.1 Amarelo 0.07 Performanc Candidato em fase e de avaliação técnica007 Riscos RBS K Clube Pinheiros Média 0.5 Muito Grande 0.8 Vermelho 0.4 Contratuais não efetuar o - Falta de pagamento pagamento - Contratante008 Riscos de RBS K Falta de atletas Provável 0.7 Muito Grande 0.8 Vermelho 0.56 execução – olímpicos que Incerteza possam colaborar do trabalho na avaliação dos - alunos. Indisponibili dade
  33. 33. 16. Registro de Riscos Qualitativ Risco Qualitativo deID Categoria Fonte o P I Semáforo identificado Impacto Probab.009 Técnico – RBS W Contusão do Provável 0.7 Grande 0.4 Vermelho 0.28 Performanc Candidato em fase e de contratação010 Riscos RBS K Doação de Média 0.5 Muito Grande 0.8 Vermelho 0.4 econômicos patrocinadores – incertezas superar valor financeiras - esperado. contratante011 Riscos RBS K Falha no plano de Improvável 0.3 Médio 0.2 Amarelo 0.06 gerenciais – comunicação competênci a gerencial012 Riscos de RBS K Recusa por parte Imporvável 0.3 Grande 0.4 Amarelo 0.12 execução – da população em variações aceitar o método de científico qualidade
  34. 34. 16. Registro de Riscos Qualitativ Risco Qualitativo deID Categoria Fonte o P I Semáforo identificado Impacto Probab.013 Riscos de RBS K Solicitação de Quase 0.9 Pequena 0.1 Amarelo 0.09 execução – revisão do método certa execução de seleção final por com parte dos defeitos candidatos não selecionados014 Riscos RBS K Cancelamento das Rara 0.1 Muito Grande 0.08 Amarelo 0.8 Políticos – Olimpíadas 2016 Desordem no Rio de Janeiro Pública – Conflitos Externos015 Risco RBS W Na fase de Improvável 0.3 Pequena 0.1 Verde 0.03 Técnico - recrutamento haver Performanc empate entre e candidatos016 Internos RBS W Alocação de Média 0.5 Médio 0.2 Amarelo 0.1 não pessoas para o técnicos - projeto (esturutura gerenciais organizacional matricial)
  35. 35. 16. Registro de Riscos VME a VME d Gatilho de ID Resposta Dono do risco Ação a tomar (R$) (R$) observação001 50.000, 00 Mitigar +5.000,00 Gerente de Avaliação com Aumentar Planejamento + resultado perímetro de Gerente de insatisfatório abrangência em Projetos 5 km.007 80.000,00 Mitigar +15.000,00 Gerente de Falta de resposta Constar em Projetos aos prazos. contrato multas em caso de atraso008 30.000,000 Mitigar +10.000,00 Gerente de Campeonato Buscar atletas Parceria + mundial de natação internacionais. Gerente de ocorre no período do Projetos projeto009 20.000,00 Transferir 0,00 Gerente de Falta de Contratar seguro Projetos condicionamento de saúde físico010 50.000,00 Aceitar -25.000,00 Gerente Parceria Campanha Aceitar + Gerente de publicitária com alta Projetos grau de aprovaçãoTotal +5.000,00
  36. 36. 17. Mapa de AquisiçõesConcorrência Item a ser contratado Vendor List Prazo Orçamento Metodologia RFP - 01 DTE 1 mês 10.000,00 P.T. Comunidade Científica Divulgação RFP - 02 B2 1 mês 5.000,00 P.T. Comunicação Diagnósticos psicológicos RFP - 03 PNELL 1 mês 2.000,00 P.T. Testes psicológicos Providenciar material esportivo aos atletas Clube RFP - 04 (uniformes e acessórios p/ prática de natação). 1 mês 400,00 Pinheiros P.T. Organização do evento Mapear Escolas Municipais de Paraisópolis Sub - 1 RFP - 05 460,00 P.T. Escolas Prefeitura semana
  37. 37. FinalizaçãoAprendemos neste módulo que projetos são elaborados para trazer àluz ideias inovadoras, para atender e superar os anseios,necessidades e as expectativa dos “stakeholders”, com potencialreal de transformá-los em produtos e serviços.Os stakeholders são pessoas físicas ou jurídicas que têm interesse no resultado ou no desenvolvimentodo projeto. Assim pode-se incluir: patrocinador do projeto, os clientes, colaboradores, fornecedores,organizações sociais, instituições governamentais, pessoas individuais, entre outros.Vimos ainda que Gerentes de Projetos (GP) são os responsáveis pelo gerenciamento do projeto e devempossuir uma série de habilidades e aptidões técnicas e administrativas. Para tanto, deve conhecer,dominar e implementar um conjunto de ferramentas e técnicas para descrever, organizar e monitorar aexecução das atividades do projeto sob sua responsabilidade.Foi visto, também, que os projetos percorrem um ciclo de vida constituídos por fases, sendo estasdecompostas em “pacotes de trabalho”. Segundo o Guide to the PMBOK (4ª edição), os grupos deprocessos que envolvem o projeto ou cada fase são: iniciação, planejamento, execução, controle eencerramento.Através do presente trabalho pudemos experimentar a teoria de fundamentos de gerenciamento deprojetos, desde o momento de criar e justificar a estrutura organizacional de uma empresa, até o deaplicar os conceitos de cada área de conhecimento dentro do grupo de processos de planejamento emum projeto pelo grupo idealizado.

×