Boletim Mensal do Apostolado da Oração • Fundado em outubro de 1976
e-mail: apostoladodaoracao@bol.com.br - http://apostol...
“NOSSO ENCONTRO”Página 2
Cantinho do MEJ
Queridos e queridas Presidentes.
Gostaria de dar a notícia da tarde de formação q...
“NOSSO ENCONTRO” Página 3
NOSSO AMOR AO SANTO PADRE
Hora Santa – julho/2014
Dirig. – Iniciemos nossa Hora Santa invocando ...
“NOSSO ENCONTRO”Página 4
Ainda trêmula e fragilizada, a Europa emergia da Segunda Guerra Mundial. Numa pequena cidade do
i...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

390

276 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
276
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
120
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

390

  1. 1. Boletim Mensal do Apostolado da Oração • Fundado em outubro de 1976 e-mail: apostoladodaoracao@bol.com.br - http://apostoladoarquidiocesanoctba.blogspot.com - telefone: (0xx41) 3222-6675 “A nova evangelização deve implicar um novo protagonismo de cada um dos batizados” (Papa Francisco) ANO 37 - 390 JULHO/14 Mensagem do Diretor Espiritual Viver Deus desde dentro Caríssimos membros do Apostolado da Oração, neste mês partilho com vocês um texto muito bom de um teólogo espanhol, Pe. José Antonio Pagola, que faz uma reflexão profunda sobre nossa espiritualidade e nossa vida. Com qual Deus eu me relaciono? Faço uma verdadeira experiência de fé? Ou vivo uma hipocrisia religiosa? Diz Pe. Pagola: “Há alguns anos, o grande teólogo alemão Karl Rahner atrevia-se a afirmar que o principal e mais urgente problema da Igreja dos nossos tempos é a sua: mediocridade espiritual. O problema não parou de se agravar nestas últimas décadas. De pouco serviram as intenções de reforçar as instituições, salvaguardar a liturgia ou vigiar a ortodoxia. No coração de muitos cristãos está se apagando a experiência interior de Deus. A sociedade moderna apostou pelo “exterior”. Tudo nos convida a viver a partir de fora. Tudo nos pressiona para nos movermos com rapidez, sem pararmos em nada nem em ninguém. A paz já não encontra resquícios para penetrar até o nosso coração. Vivemos quase sempre na superfície da vida. Estamos esquecendo o que é saborear a vida desde dentro. Para ser humana, à nossa vida falta uma dimensão essencial: a interioridade. É triste observar que tampouco nas comunidades cristãs sabemos cuidar e promover a vida interior. Muitos não sabem o que é o silêncio do coração, não se ensina a viver a fé a partir de dentro. Privados da experiência interior, sobrevivemos esquecendo a nossa alma: escutando palavras com os ouvidos e pronunciando orações com os lábios, enquanto o nosso coração está ausente. Na Igreja fala-se muito de Deus, mas onde e quando escutam os crentes a presença silenciosa de Deus no mais fundo do coração? Onde e quando acolhemos o Espírito do Ressuscitado no nosso interior? Quando vivemos em comunhão com o Mistério de Deus desde dentro? Acolher o Espírito de Deus quer dizer deixar de falar só com um Deus a quem quase sempre colocamos longe e fora de nós, e aprender a escutá-lo no silêncio do coração. Deixar de pensar em Deus apenas com a cabeça, e aprender a percebê-Lo no mais íntimo do nosso ser. Esta experiência interior de Deus, real e concreta, transforma a nossa fé. A nós surpreende como se pôde viver sem a descobrir antes. Agora sabe por que é possível acreditar inclusive numa cultura secularizada. Agora conhece uma alegria interior nova e diferente. Parece-me muito difícil manter por muito tempo a fé em Deus no meio da agitação e frivolidade da vida moderna, sem conhecer, mesmo que seja de forma humilde e simples, alguma experiência interior do Mistério de Deus”. Diante desta profunda reflexão façamos nós um exame de consciência revendo qual é a nossa prática cristã e se em nossas orações e liturgias nos encontramos mesmo com o Deus vivo e ressuscitado que Jesus nos revelou. Aproveitemos mais do silêncio exterior e interior para escutar Deus, não a nós mesmos, mas a sua vontade. Assim iremos conformando nossa vida ao Mistério de Deus Amor. Jesus manso e humilde de Coração, fazei o nosso coração semelhante ao vosso. Pe. Osmair José Prestes PEREGRINAÇÃO A SÃO LEOPOLDO – RS Dias: 22, 23 e 24 de agosto/2014. Preço: R$ 410,00. Informações: Lenir: (41) 3222-6675 ou Matilde: (41) 3276-9123. Saída: dia 22/08 às 20h30, em frente ao Hospital Santa Casa de Misericórdia, Praça Rui Barbosa, passando pela Paróquia Nossa Senhora das Vitórias e demais lugares onde houver mais de 08 passageiros. Importante: levar roupa de cama e toalha de banho, objetos e remédios de uso pessoal. Em Caxias vamos nos alojar nos quartos grandes, talvez com beliches. Dia 23/08: chegada a São Leopoldo, onde participaremos da Concentração do AO. 12h, saída para a Catedral de Pedra em Canela, passeios, Café Colonial e pouso em Caxias do Sul. Dia 24/8: visitas à Igreja de São Pelegrino, Nossa Senhora de Caravaggio, e Bento Gonçalves; volta a Caxias, almoço e volta a Curitiba.
  2. 2. “NOSSO ENCONTRO”Página 2 Cantinho do MEJ Queridos e queridas Presidentes. Gostaria de dar a notícia da tarde de formação que anunciamos no mês passado, mas, por motivos escolares não foi realizado. Acreditamos que em breve possamos fazê-lo. Como havíamos prometido, quero trazer as etapas para o Ingresso no MEJ. Quem entra no MEJ começa uma caminhada de Fé e de vida cristã, participando de uma pequena comunidade, para se tornar amigo pessoal de Jesus e com Ele ser construtor de um Mundo Novo. Esta caminhada compreende três etapas: 1.ª Etapa: GRUPO SEMENTE : (9 A 12 anos) A proposta do MEJ é apresentada àqueles que já fizeram a Primeira Eucaristia. Ajudar-lhes a perceber como a Palavra de Deus é a semente que frutifica em nossas vidas e a descobrir que JESUS quer ser seu amigo; 2.ª Etapa: GRUPO GENTE NOVA: (13 A 15 anos) A proposta do MEJ nesta etapa é lembrar aos interessados que o MUNDO NOVO, feito de GENTE NOVA, deve ser construído, começando por si mesmo e no próprio ambiente; 3.ª Etapa: COMUNIDADE FOGO NOVO: ( 16 anos em diante) Nesta fase a proposta é integrar Fé e Vida, construindo a comunidade, solidários com os outros, caminhando com JESUS amigo e comprometendo-se com ELE na construção de um Mundo Novo. Cada grupo terá, no mínimo, um monitor para acompanha-lo na formação e ação. No próximo mês traremos informações do Manual do Mej que está em renovação. Continuamos esperando sua solicitação de tardes de formação. Vamos lutar por nossos jovens, porque há muitos do lado errado, querendo conquistá-los. Um grande abraço. Águeda e equipe NOSSO ENCONTRO Boletim Mensal do Apostolado da Oração FUNDADO EM OUTUBRO DE 1976 Diretor: Pe. Osmair José Prestes Rua Heitor de Andrade, 219 Jardim das Américas 80240-010 - Curitiba - Paraná Tel: (41) 3266-0949 Presidente: Lenir Pontoni Wachowicz Rua Angelo Sampaio, 2164 80730-460 - Curitiba - Paraná Tel.: (41) 3222-6675 / 3232-0419 E-mail: lenirpw@hotmail.com Vice-Presidente:Lídia Brantes Ferreira Tel.: (41) 3292-1708 Rev. ortográfica: Lúcia Nascimento Participação: Coordenação Geral do A.O. de Curitiba, Padres, Religiosos e Leigos da Arquidiocese. Impressão: Efetagraf Assinatura Anual...................R$ 8,00 Assinatura Benfeitor..............R$ 15,00 Nº Avulso..............................R$ 0,80 Rezemos com o Papa Intenção de Oração para o mês de julho TESOURO ESPIRITUAL DO CORAÇÃO DE JESUS Oferecimento Diário_______ Jaculatórias_______ Missas_______ Culto Dominical_______ Visitas ao Santíssimo_______ Sacrifícios_______ Via Sacra_______ Comunhões_______ Terços de Maria_______ Terço da Misericórdia_______ Atos de Caridade_______ “Todas as orações do tesourinho deste mês, foram oferecidas ao Sagrado Coração de Jesus”. Oferecimento diário Deus, nosso Pai, eu te ofereço todo o dia de hoje: minhas orações e obras, meus pensamentos e palavras, minhas alegrias e sofrimentos, em reparação de nossas ofensas, em união com o Coração de teu Filho Jesus, que continua a oferecer-se a Ti, na Eucaristia, pela salvação do mundo. Que o Espírito Santo, que guiou a Jesus, seja meu guia e meu amparo neste dia para que eu possa ser testemunha do teu amor. Com Maria, Mãe de Jesus e da Igreja, rezo especialmente pelas intenções do Santo Padre para este mês: para que a prática do desporto seja sempre oportunidade de fraternidade e crescimento humano. E para que o Espírito Santo sustente o serviço dos leigos que anunciam o Evangelho nos países mais pobres. Intenção Universal Até parece que o Papa, ao propor esta intenção, tinha em mente o Brasil, sede da Copa do Mundo (2014) e dos próximos Jogos Olímpicos (2016 Rio). No jogo da vida, o valor maior não está no triunfo, mas na vontade de competir. Deus nunca nos perguntará pela vitória, mas, sim, sobre nosso desempenho na liturgia da vida: os encontros, a solidariedade, o perdão, o amor ao próximo... Na vida é mais importante ajudar os outros a vencer do que ganhar sozinho. Intenção pela Evangelização Estimulados pelo Papa Francisco, podemos afirmar que, como poucas vezes na história, é a hora e a vez do cristão leigo marcar a caminhada da Igreja com sua participação ativa nos serviços eclesiais. Unamos nossas orações à oração do Papa por todos os leigos comprometidos com a missão da Igreja e, particularmente, rezemos pelas/os catequistas, a fim de que o Espírito Santo lhes dê força e alegria no serviço que elegeram. Lenir Pontoni Wachowicz Presidente Arquidiocesana do AO
  3. 3. “NOSSO ENCONTRO” Página 3 NOSSO AMOR AO SANTO PADRE Hora Santa – julho/2014 Dirig. – Iniciemos nossa Hora Santa invocando a Santíssima Trindade. Todos – Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém. Dirig. – “A vitalidade do Apostolado da Oração encontra fundamento na Bíblia tanto no Antigo como no Novo Testamento. Queríamos despertar a alegria por termos Deus assim tão perto, de modo particular pela encarnação, na Eucaristia, na Palavra de Deus. Logo desejamos acolher o convite do Sagrado Coração de Jesus: “Tomai sobre vós o meu jugo e sede discípulos meus, porque sou manso e humilde de coração e encontrareis descanso para vós” (Mt 11, 29) e lançamos um olhar dentro do Coração de Jesus que, na morte, foi aberto pela lança do soldado romano. Sim, o seu Coração está aberto para nós e aos nossos olhos; e deste modo está aberto o Coração do próprio Deus.” A linguagem do Coração de Jesus fala, sobretudo, de Deus como pastor dos homens e, deste modo, manifesta-nos a mediação de Jesus, o seu sacerdócio, que está radicado no íntimo do seu Coração; indica-nos assim o perene fundamento e também o critério válido para todo o batizado, que deve estar sempre ancorado no Coração de Jesus e viver a partir dele. Dirig. – Depois dessa introdução, compreendendo, ainda mais, o carisma do Apostolado da Oração, vamos rezar em união com todos os consagrados ao Sagrado Coração de Jesus, dizendo: Todos – Deus, nosso Pai, eu te ofereço todo o dia de hoje... Leitor 1 – O Apostolado da Oração está intimamente ligado ao Santo Padre pelas intenções de oração: universal e pela evangelização, que rezamos diariamente. Essas intenções tem o intuito de nos fazer sair de nós mesmos, dos nossos “pedidos” e “agradecimentos” pessoais, para sermos missionários e rezar pelas dificuldades e necessidades de nossos irmãos do mundo inteiro. Vamos repetir as intenções de oração para este mês que nos pede o Santo Padre o Papa: Lado A – Para que a prática do desporto seja sempre oportunidade de fraternidade e crescimento humano. Lado B – E para que o Espírito Santo sustente o serviço dos leigos que anunciam o Evangelho nos países mais pobres. Leitor 2 – Percebemos a preocupação do Santo Padre, por um mundo melhor, mais humano e mais fraterno. E nós, do Apostolado da Oração, respondemos a esta preocupação, a este amor do Santo Padre o Papa, pelas necessidades do mundo, rezando todos os dias pela Intenção Universal e a Intenção pela Evangelização, recomendadas ao Apostolado da Oração? Façamos um instante de silêncio: Todos – Senhor, tende piedade de nós. Todos – Cristo, tende piedade de nós. Todos – Senhor, tende piedade de nós. Leitor 3 – Estamos atravessando um momento no mundo, onde impera o egoísmo. Dificilmente saímos da nossa comodidade para nos preocuparmos com as pessoas, principalmente com os doentes. Neste mês em que celebramos a festa de São Camilo de Léllis, pensemos:– Eu me preocupo em atender as pessoas desvalidas, os doentes ou mendigos? Eu incentivo meu grupo do Apostolado a visitar os doentes? Cantemos: Todos – Prova de amor maior não há, que doar a vida pelo irmão... Leitor 1 – Cristo veio ao mundo para ensinar o homem a amar. Cristo nos disse: “amem-se uns aos outros, assim como eu vos amei.” Só por amor Deus enviou seu próprio Filho à Terra para viver o amor, e só por amor, Cristo morreu na cruz e nos libertou do pecado. Leitor 2 – Quando os homens compreenderão a dimensão do amor de Deus? Quando os homens se colocarão na condição de filhos de Deus? Concluímos que só quando os homens se sentirem filhos do mesmo Pai, talvez passem a se amar, uns aos outros, como é a vontade de Deus. Todos – Rezemos: Pai nosso, que estais nos céus... Dirig. – No Evangelho de João lemos: “Se alguém tem sede, venha a mim e beba, diz o Senhor. Se alguém acredita em mim, do seu coração correrão rios de água viva” (cf. Jo 7, 37-38). Na fé, por assim dizer bebemos da água viva da Palavra de Deus. Deste modo o próprio fiel torna-se uma fonte. Vemo-lo nos Santos. Vemo-lo em Maria que, como grande mulher de fé e de amor, se tornou ao longo dos séculos fonte de fé, amor e vida. Cada cristão deveria, a partir de Cristo, tornar-se fonte que comunica vida aos outros. Rezemos: Todos – Ave Maria, cheia de graça... Dirig. – Senhor, nós vos agradecemos porque nos abristes o vosso Coração; porque, na vossa morte e na vossa ressurreição, vos tornastes fonte de vida. Fazei que sejamos pessoas que vivem, que vivem da vossa fonte, e concedei-nos a possibilidade de sermos também nós fontes capazes de dar a este nosso tempo água da vida. Encerrando nossa Hora Santa, cantemos: Todos – Tão sublime Sacramento... Dirig. – Benção com o Santíssimo... (após orações normais.) Lenir Pontoni Wachowicz Presidente Arquidiocesana do AO)
  4. 4. “NOSSO ENCONTRO”Página 4 Ainda trêmula e fragilizada, a Europa emergia da Segunda Guerra Mundial. Numa pequena cidade do interior da Itália, bombardeada durante o conflito, a Igreja local fora atingida pesadamente por um bombardeio e pouca coisa restava daquela casa de oração. A imagem central do Cristo, que encimava o altar-mor, já não tinha mãos nem braços. Com o restabelecimento da rotina cotidiana, meia dúzia de líderes da comunidade procurou o pároco: - Reverendo, queremos reparar a nossa Igreja e restaurar a imagem de Cristo, colocando-lhe os dois braços novamente. A gente estima e venera aquela imagem, sagradamente. - Muito justo o que vocês pedem - disse o pároco. - Podemos levar a imagem de Cristo a um artista para que recoloque os dois braços danificados? - Quanto a isso - respondeu o padre, - voltem amanhã e vocês terão a minha resposta. Na manhã seguinte o grupo de paroquianos retornou. Aos pés de Cristo mutilado, encontraram esta legenda: “ Meus braços e minhas mãos são vocês”. Inicialmente, um pouco perplexa e confusa, a turma se entreolhou, sem captar de imediato o recado missionário, desenhado à sua frente pela criatividade do pároco. Voltaram para casa, no entanto, refletindo e comentando: “o padre está certo, seu lembrete apostólico valeu: a imagem do nosso Cristo, sobre o altar, pode continuar mutilada; os braços e as mãos do Redentor, hoje, é cada membro da nossa paróquia e comunidade.” Embora não necessitando, propriamente, de ajuda humana e colaboração, o Mestre divino solicita, humildemente, nossa pequena colaboração. Privilégio imenso, enorme responsabilidade, sagrada e nobre missão. Senhor, nosso amigo, irmão e redentor, que a luz da fé e da fraternidade, da paz, da esperança e do amor, jamais se apague em nosso existir, nos horizontes da humanidade. Pe. Roque Schneider, sj Compromissos • Dia 27 de julho, haverá uma Tarde Formação para o AO da Comunidade Monte Claro, que será realizada na Matriz de S. Sebastião, em Bateias. Início às 13h 30 .Todos são convidados! • Dia 30 de julho, reunião com as diretorias paroquiais do AO, no salão do Colégio Sagrada Família, na Rua Emiliano Perneta, com início às 14h. • 22 de agosto, Tarde de Formação para o AO do Setor Portão, na Paróquia São Cristovão, Vila Guaíra, às 14 horas. Notícias • Dia 18 de maio, aconteceu o Encontro de Formação e Oração, na Capela N.ª Sr.ª do Perpétuo Socorro, da Paróquia Santa Cecília, Setor Campo Largo. Maria Madalena e Áurea, falaram para cerca de 80 pessoas. Receberam as bênçãos do Diácono Braz e foram animados pelo grupo de jovens da comunidade. Lídia • Dia 25 de maio, no Ginásio do Polentão , em Rondinha, aconteceu o encontro do Setor Pastoral Campo Largo, com a presença de 200 pessoas, que ouviram as palestras do Seminarista Danilo, do Pe. Osmair José Prestes (Diretor Arquidiocesano do AO) e da Lenir (Presidente Arquidiocesana do AO). Foi uma tarde de oração e louvor, animados pelos Jovens do MEJ de Rondinha, Campo Largo. A Santa Missa foi celebrada pelo Pe. Anderson, vigário da Paróquia de São Sebastião. Parabéns a toda a comissão organizadora. Lídia • Dia 31 de maio, aconteceu uma Tarde de Formação com as presidentes do AO do Setor Almirante Tamandaré. Lúcia • Dia 1º de junho, aconteceu um retiro para o AO da Paróquia São Pedro, de Itaperuçu, com a presença de 325 associados. Lúcia • Dia 1º de junho, tivemos uma Tarde de Formação para os Associados do AO, da Paróquia Sr. Bom Jesus, Setor Colombo. Que o Sagrado Coração de Jesus nos abençoe! Jovita e Therezinha • Dia 8 de junho, aconteceu a Festa dos Dois Corações, do AO da Paróquia São Pedro, em Itaperuçu, com a presença de 3.000 pessoas. Nesse dia houve a consagração de 67 pessoas, durante a Missa, celebrada pelo Pe. Jesus Messias Galieta. Lúcia • Dia 7 e 8 de junho, 53 pessoas, da Capela N.ª Sr.ª de Fátima, Roça Grande, estiveram na Casa da Mãe Aparecida. Obrigada a todos que foram. Erlita RETIRO PARA PRESIDENTES DO AO Dia: 17 de setembro Horário: das 13h às 17h Local: Paróquia Imaculada Conceição - Guabirotuba Preço: R$ 15,00 Pregador: Pe. Osmair José Prestes e Lenir Pontoni Wachowicz Condução: o ônibus sairá às 12h30 da Rua Emiliano Perneta, em frente à Igreja de Santo Estanislau. Inscrições: com Lenir, fone: 3222-6675 – Matilde, fone: 3276-9123 Lídia, fone: 3292-1708 – Aparecida, fone: 3238-1000 Importante: levar a sua Bíblia. Será uma tarde de Oração e Formação. Não falte! Atenção: os (as) presidentes poderão indicar uma ou mais pessoas para representá-lo(la). As vagas serão limitadas. Faça a sua inscrição o mais breve possível para reservar a sua vaga.

×