CARTA ENCÍCLICA
“LAUDATO SÍ”
(Louvado Seja)
do PAPA FRANCISCO
SOBRE O
CUIDADO DA NOSSA
CASA COMUM
(o planeta terra)
Vatica...
“Se destruirmos a
criação,
a criação nos destruirá”
(Papa Francisco)
Cidade do Vaticano, 21 de Maio de 2014 (ZENIT.org)
ORAÇÃO PELA NOSSA TERRA
“Deus Onipotente, que estais presente em todo o
universo e na mais pequenina das vossas
criaturas,...
Ó Deus dos pobres, ajudai-nos a resgatar os
abandonados e esquecidos desta terra que valem
tanto aos vossos olhos.
Curai a...
Tocai os corações daqueles que buscam apenas
benefícios à custa dos pobres e da terra.
Ensinai-nos a descobrir o valor de ...
ESTRUTURA DO DOCUMENTO:
LAUDATO SÍ!
INTRODUÇÃO
CAPÍTULO 1:
 O QUE ESTÁ ACONTECENDO COM A NOSSA CASA
CAPÍTULO 2:
 O EVANG...
O cuidado da nossa casa comum!
Introdução
– Nada deste mundo nos é indiferente: tudo está
em relação - o mundo é a nossa c...
O cuidado da nossa casa comum!
CAPÍTULO 1:
O QUE ESTÁ ACONTECENDO COM A NOSSA CASA?
― Aquecimento global e poluição;
― Mal...
O cuidado da nossa casa comum!
CAPÍTULO 2:
O EVANGELHO DA CRIAÇÃO
― A Fé nos oferece uma visão muito mais ampla sobre a
na...
— Estamos vivendo a
“Crise do antropocentrismo
moderno”,
Radical. O ser humano tornou-
se dominador de tudo,
violento, exp...
― Cada criatura do planeta traz
uma mensagem e vive em
HARMONIA com as demais
criaturas...
― A natureza é um BEM COMUM,
do...
O cuidado da nossa casa comum!
CAPÍTULO 3:
A RAIZ HUMANA DA CRISE ECOLÓGICA
— A tecnologia, revela a inteligência, a
criat...
O cuidado da nossa casa comum!
CAPÍTULO 4:
PROMOÇÃO DA ECOLOGIA INTEGRAL
 Não basta simplesmente o esforço para cuidar
da...
— É necessário um aprofundameto do sentido do
trabalho para preservar sua dignidade... Trabalho
não é só produção...
— A b...
 Devemos nos deixar guiar pelo
princípio do bem comum... Para
podermos cuidar do todo!
 Temos uma séria
responsabilidade...
O cuidado da nossa casa comum!
CAPÍTULO 5:
ALGUMAS LINHAS ORIENTADORAS E DE AÇÃO
 Investir em mais diálogo sobre o meio a...
O cuidado da nossa casa comum!
 É preciso apostar em outro estilo
de vida... menos agressivo!
 É urgente investir numa e...
 Aspectos teológicos da
Espiritualidade Ecológica:
a) Os SINAIS SACRAMENTAIS falam de ecologia
(água, fogo, óleo...)
b) A...
Oração Conclusiva da Encíclica
ORAÇÃO CRISTÃ COM A CRIAÇÃO
Nós Vos louvamos, Pai, com todas as vossas
criaturas, que saíra...
Louvado sejais, Espírito Santo, que, com a vossa luz,
guiais este mundo para o amor do Pai e acompanhais o
gemido da criaç...
Iluminai os donos do poder e do dinheiro para que
não caiam no pecado da indiferença, amem o
bem comum, promovam os fracos...
Tópicos para
Uma reflexão da Encíclica
“LAUDATO SÍ”
numa
PERSPECTIVA SALESIANA
a) Como está o zelo para com o ambiente físico de nossa
casa?
b) Como se apresenta o nosso ambiente: cuidado? limpo?
orden...
d) É visível a sensibilidade higiênica (e ecológica) dos
nossos educadores (de todos as categorias) e dos
nossos educandos...
2. A Pedagogia Salesiana tem forte sensibilidade para com
a “Ecologia Integral”
 Para isso precisamos de uma
Comunidade E...
ALGUMAS DIMENSÕES: Afetiva (relações humanas),
cuidado com o ambiente físico, economia, estética,
sensibilidade preventiva...
ORGANIZAÇÃO:
Antônio de Assis Ribeiro (Pe. Bira) SDB
https://www.facebook.com/Birasdb
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Síntese da Encíclica "Laudato Sì" (Louvado Seja) sobre o Cuidado da nossa Casa Comum - papa Francisco

13.109 visualizações

Publicada em

O presente subsídio é uma síntese ou resumo esquemático da Encíclica "Laudato Sì" em powerpoint PPT. São tópicos! A apresentação tem, naturalmente as marcas das minhas limitações pessoais.... Mas creio que para quem já a leu (vale a pena!) fica melhor compreensão do presente subsídio!
Ao final, me atrevo a sugerir alguns tópicos para uma reflexão desse tema (ecologia) numa perspectiva da Pedagogia Salesiana... Mas acredito que sirva para outros ambientes e contextos.
Continue a reflexão!

Publicada em: Educação
1 comentário
19 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
13.109
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
44
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
498
Comentários
1
Gostaram
19
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Síntese da Encíclica "Laudato Sì" (Louvado Seja) sobre o Cuidado da nossa Casa Comum - papa Francisco

  1. 1. CARTA ENCÍCLICA “LAUDATO SÍ” (Louvado Seja) do PAPA FRANCISCO SOBRE O CUIDADO DA NOSSA CASA COMUM (o planeta terra) Vaticano, 24 de maio de 2015 Visão panorâmica... Algumas ideias fortes!
  2. 2. “Se destruirmos a criação, a criação nos destruirá” (Papa Francisco) Cidade do Vaticano, 21 de Maio de 2014 (ZENIT.org)
  3. 3. ORAÇÃO PELA NOSSA TERRA “Deus Onipotente, que estais presente em todo o universo e na mais pequenina das vossas criaturas, Vós que envolveis com a vossa ternura tudo o que existe, derramai em nós a força do vosso amor para cuidarmos da vida e da beleza. Inundai-nos de paz, para que vivamos como irmãos e irmãs sem prejudicar ninguém.
  4. 4. Ó Deus dos pobres, ajudai-nos a resgatar os abandonados e esquecidos desta terra que valem tanto aos vossos olhos. Curai a nossa vida, para que protejamos o mundo e não o depredemos, para que semeemos beleza e não poluição nem destruição.
  5. 5. Tocai os corações daqueles que buscam apenas benefícios à custa dos pobres e da terra. Ensinai-nos a descobrir o valor de cada coisa, a contemplar com encanto, a reconhecer que estamos profundamente unidos com todas as criaturas no nosso caminho para a vossa luz infinita. Obrigado porque estais connosco todos os dias. Sustentai-nos, por favor, na nossa luta pela justiça, o amor e a paz”. Amém!
  6. 6. ESTRUTURA DO DOCUMENTO: LAUDATO SÍ! INTRODUÇÃO CAPÍTULO 1:  O QUE ESTÁ ACONTECENDO COM A NOSSA CASA CAPÍTULO 2:  O EVANGELHO DA CRIAÇÃO CAPÍTULO 3:  A RAIZ HUMANA DA CRISE ECOLÓGICA CAPÍTULO 4:  A ECOLOGIA INTEGRAL CAPÍTULO 5:  LINHAS DE AÇÃO CAPÍTULO 6:  EDUCAÇÃO E ESPIRITUALIDADE ECOLÓGICA
  7. 7. O cuidado da nossa casa comum! Introdução – Nada deste mundo nos é indiferente: tudo está em relação - o mundo é a nossa casa comum! – Devemos estar unidos por uma mesma causa: aquela da corresponsabilidade pelo meio ambiente! – São Francisco de Assis nos deixou grande exemplo: de contemplação, de humildade, de respeito, de senso defraternidade, de harmonia, de não violência, sobriedade... – Eis um forte apelo: diálogo sobre o futuro do planeta, solidariedade universal...
  8. 8. O cuidado da nossa casa comum! CAPÍTULO 1: O QUE ESTÁ ACONTECENDO COM A NOSSA CASA? ― Aquecimento global e poluição; ― Maltratamento do lixo (contaminação) e cultura do descarte (consumismo); ― Falta de consciência de que o planeta é um bem comum; ― A escassez de água potável (poluição, ameaça aos manaciais, guerra hídrica); ― Perda da biodiversidade; ― Desgaste da qualidade da vida humana e decadência social; ― Falta de equidade – desequilíbrio econômico... Bens! ― Diversidade de opiniões sobre essa questão... Precisa convergência!
  9. 9. O cuidado da nossa casa comum! CAPÍTULO 2: O EVANGELHO DA CRIAÇÃO ― A Fé nos oferece uma visão muito mais ampla sobre a natureza; ― A LUZ DA FÉ nos fornece o verdadeiro sentido do universo e do mundo (nosso planeta); ― A sabedoria dos relatos bíblicos nos apresenta o PLANO DE DEUS... (Gênesis: criação, o papel do ser humano, as relações fraternas e fraticidas... Exodo... profetas...) ― O universo fala do mistério da grandeza de Deus... questiona o ser humano e o convida a reconhecê-lo!  Sabedoria: 13, 1-9 - Romanos 1,19-20 - Contemplando a beleza das criaturas chegamos a conhecer a grandeza do Criador!
  10. 10. — Estamos vivendo a “Crise do antropocentrismo moderno”, Radical. O ser humano tornou- se dominador de tudo, violento, explorador... Precisa aprender a cuidar!
  11. 11. ― Cada criatura do planeta traz uma mensagem e vive em HARMONIA com as demais criaturas... ― A natureza é um BEM COMUM, dom de Deus! ― JESUS NOSSO MODELO: teve um universo de relações movidas pelo amor, cuidado, respeito, libertação, harmonia...
  12. 12. O cuidado da nossa casa comum! CAPÍTULO 3: A RAIZ HUMANA DA CRISE ECOLÓGICA — A tecnologia, revela a inteligência, a criatividade, o poder do ser humano, mas quando é desordenada gera a morte. — Estamos bitolados numa visão de “globalização” puramente pautada pelo critério tecnológico... Que gera a corrida pela produção, lucro, consumo, exclusão, violência, desigualdade social...
  13. 13. O cuidado da nossa casa comum! CAPÍTULO 4: PROMOÇÃO DA ECOLOGIA INTEGRAL  Não basta simplesmente o esforço para cuidar da natureza: a ecologia ambiental...  É preciso promovermos uma consciência ecológica integral: ECOLOGIA ECONÔMICA, ECOLOGIA SOCIAL, ECOLOGIA CULTURAL, ECOLOGIA HUMANA...
  14. 14. — É necessário um aprofundameto do sentido do trabalho para preservar sua dignidade... Trabalho não é só produção... — A biotecnologia traz inovação com as conquistas científicas, mas é preciso MUITA PRUDÊNCIA: há também ambiguidades... armas biológicas! — É forte a ideologia do “relativismo prático” – não se importar com as consequência sociais do próprio comportamento.
  15. 15.  Devemos nos deixar guiar pelo princípio do bem comum... Para podermos cuidar do todo!  Temos uma séria responsabilidade para com as gerações futuras!
  16. 16. O cuidado da nossa casa comum! CAPÍTULO 5: ALGUMAS LINHAS ORIENTADORAS E DE AÇÃO  Investir em mais diálogo sobre o meio ambiente na política internacional;  Promover de um diálogo rumo a novas políticas nacionais e locais;  Favorecer debates sinceros e honestos... Com menos interesses!  A Política não deve estar submissa à economia; é preciso um diálogo sincero, honesto, amplo para a plenitude humana;  As religiões também tem uma contribuição a dar em diálogo com as ciências...
  17. 17. O cuidado da nossa casa comum!  É preciso apostar em outro estilo de vida... menos agressivo!  É urgente investir numa educação para a ALIANÇA ENTRE A HUMANIDADE E O MEIO AMBIENTE;  A humanidade necessita de “CONVERSÃO ECOLÓGICA” CAPÍTULO 6: EDUCAÇÃO E ESPIRITUALIDADE ECOLÓGICA  A Conversão ecológica exige o “amor pela cidadania” e pela política; .... em vista da nosssa harmonia, bem-estar, paz social, alegria, segurança, qualidade de vida...
  18. 18.  Aspectos teológicos da Espiritualidade Ecológica: a) Os SINAIS SACRAMENTAIS falam de ecologia (água, fogo, óleo...) b) A SANTÍSSIMA TRINDADE é o modelo de toda relação entre as criaturas: harmonia, respeito pela diversidade! c) MARIA: elevada ao céu é a rainha de toda a criação!.. N. 241: “Maria, a mãe que cuidou de Jesus, agora cuida com carinho e preocupação materna deste mundo ferido”
  19. 19. Oração Conclusiva da Encíclica ORAÇÃO CRISTÃ COM A CRIAÇÃO Nós Vos louvamos, Pai, com todas as vossas criaturas, que saíram da vossa mão poderosa. São vossas e estão repletas da vossa presença e da vossa ternura. Louvado sejais, Filho de Deus, Jesus, por Vós foram criadas todas as coisas. Fostes formado no seio materno de Maria, fizestes-Vos parte desta terra, e contemplastes este mundo com olhos humanos. Hoje estais vivo em cada criatura com a vossa glória de ressuscitado.
  20. 20. Louvado sejais, Espírito Santo, que, com a vossa luz, guiais este mundo para o amor do Pai e acompanhais o gemido da criação, Vós viveis também nos nossos corações a fim de nos impelir para o bem. Louvado sejais, Senhor Deus, Uno e Trino, comunidade estupenda de amor infinito, ensinai-nos a contemplar-Vos na beleza do universo, onde tudo nos fala de Vós. Despertai o nosso louvor e a nossa gratidão por cada ser que criastes. Dai-nos a graça de nos sentirmos intimamente unidos a tudo o que existe. Deus de amor, mostrai-nos o nosso lugar neste mundo como instrumentos do vosso carinho por todos os seres desta terra, porque nem um deles sequer é esquecido por Vós.
  21. 21. Iluminai os donos do poder e do dinheiro para que não caiam no pecado da indiferença, amem o bem comum, promovam os fracos, e cuidem deste mundo que habitamos. Os pobres e a terra estão bradando: Senhor, tomai-nos sob o vosso poder e a vossa luz, para proteger cada vida, para preparar um futuro melhor, para que venha o vosso Reino de justiça, paz, amor e beleza. Louvado sejais...! Amém!
  22. 22. Tópicos para Uma reflexão da Encíclica “LAUDATO SÍ” numa PERSPECTIVA SALESIANA
  23. 23. a) Como está o zelo para com o ambiente físico de nossa casa? b) Como se apresenta o nosso ambiente: cuidado? limpo? ordenado? renovado? educativo? Que impressão causa em quem chega? 1. A Pedagogia Salesiana tem forte sensibilidade ecológica: c) Como estamos tratando os resídios sólidos (lixo)? Temos coleta seletiva? Temos lixeiras em todos os ambientes?
  24. 24. d) É visível a sensibilidade higiênica (e ecológica) dos nossos educadores (de todos as categorias) e dos nossos educandos? e) Como estão nossos banheiros, cozinha, lanchonete, depósitos, almoxarifado... E escritórios...?!? f) Já fizemos alguma Campanha ecológica? g) Em nossa casa há despedício? De quê? De Água, energia elétrica, papel, alimentos, material de limpeza...? AGIR: O que podemos fazer, como Comunidade Educativa, para termos um ambiente mais saudável?
  25. 25. 2. A Pedagogia Salesiana tem forte sensibilidade para com a “Ecologia Integral”  Para isso precisamos de uma Comunidade Educativa Pastoral que fale a mesma linguagem, que trabalhe em Rede, que seja convicta dos valores salesianos e os traduza em atitudes educativas! NOSSO PRINCÍPIO: educação Integral, educar para a Vida! • “Evangelizamos educando e educamos evangelizando” • Buscamos “formar bons cristãos e honestos cidadãos”
  26. 26. ALGUMAS DIMENSÕES: Afetiva (relações humanas), cuidado com o ambiente físico, economia, estética, sensibilidade preventiva, promoção cultural (formas de pensar, mentalidade interna!?)...
  27. 27. ORGANIZAÇÃO: Antônio de Assis Ribeiro (Pe. Bira) SDB https://www.facebook.com/Birasdb

×