Apresentação da pastoral familiar

9.062 visualizações

Publicada em

Apresentação da formalização da pastoral familiar na paróquia São Bento do Morumbi

Publicada em: Espiritual
0 comentários
16 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
9.062
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
48
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
479
Comentários
0
Gostaram
16
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação da pastoral familiar

  1. 1. “Família, formadora dos valores Humanos e cristãos”
  2. 2. É um serviço que se realiza na Igreja e com a Igreja, de forma organizada e planejada através de agentes específicos, com metodologia própria, tendo como O que é a objetivo apoiar a família a partir da Pastoral realidade em que se encontra, para Familiar que possa existir e viver dignamente, estabelecer relacionamentos e formar as novas gerações conforme o plano de Deus.
  3. 3. A quem ela atende. Abrange todas as famílias, independentemente de sua situação familiar, com o propósito de promover a inclusão e resgatar os valores e a dignidade de cada pessoa.
  4. 4. No Concílio Vaticano II começou-se a delinear na Igreja uma proposta inspiradora para os esforços da evangelização da família. Desde o início de seu pontificado, o Como Começou Papa João Paulo II dedicou atenção especial à família.
  5. 5.  Para que a família seja reconhecida e vivida como lugar não somente de sacrifício, mas também de realização humana, a mais intensa possível, na experiência de paternidade, de maternidade, de filiação, como estrutura de um Como pertencer que desperte crescimento, Contribui maturidade, e proporcione satisfação para a (cf. Diretrizes Gerais da Ação Família? Evangelizadora da Igreja no Brasil,2008-2010, n. 129).
  6. 6. Por isso, a família deve ser ajudada por uma pastoral familiar intensa e vigorosa (cf. Bento XVI, Discurso Visão do inaugural, Aparecida, 2007, n. 5). Papa.
  7. 7. Missão A missão evangelizadora da Pastoral Familiar é a defesa e promoção da pessoa em todas as etapas e circunstâncias da vida e a defesa dos valores cristãos para o matrimônio e os relacionamentos pessoais e familiares. Para isso, é imprescindível promover articulações dentro e fora da Igreja, para defender a vida em todas as suas etapas e dinamizar e orientar ações em favor da família.
  8. 8. Formar agentes qualificados na defesa da família e propagação de valores atualmente tão denegridos pela mídia. Metas.  Promover a inclusão, resgatar valores e a dignidade de cada pessoa independente de sua situação financeira, e em todas as etapas de sua vida. Desde o nascimento com seu batismo até a morte . Ensinar a evangelizar onde os padres não conseguem – escola , trabalho e grupo de amigos.
  9. 9. Dar soluções e apoiar as famílias aflitas na resolução de seus problemas. Metas. Desenvolver a cultura de fé, conscientizando as famílias da importância da formação de um igreja doméstica que aproxime os filhos de Deus. Auxiliar, acolher e realizar trabalhos com pessoas em situações especiais como viúvos, casais de segunda união, mães solteiras, casais com carência financeira extrema e até mesmo a união de casais do mesmo sexo.
  10. 10. Atuar preventivamente em defesa da família junto a casais de namorados, casais não casados na igreja , casais separados , solteirões por opção etc. Metas.  Valorizar e engajar a comunidade nas ações litúrgicas e demais atividades civis da Paróquia. Promover retiros, excursões, festas e visitas a Aparecida. Acolher e surpreender pessoas que procuram a igreja somente por interesse sacramental para que sintam-se bem ao conhecer as novas oportunidades de vivência da prática do Amor de Jesus, despertando o interesse em participar.
  11. 11. Estabelecer as articulações com as forças externas do templo como empresariado do bairro, políticos e demais órgãos da Igreja. Santificar os laços familiares. Metas. Articular o trabalho em conjunto com as outras pastorais e movimentos eclesiais;
  12. 12. Comissão Nacional da Pastoral Familiar - CNPF Como está organizada • bispo presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e Família, • bispos conselheiros, • assessor nacional, • casal coordenador nacional • bispos, assessores e casais representantes da Pastoral Familiar nos 17 Regionais da CNBB • representantes nacionais dos movimentos eclesiais, institutos e serviços familiares.
  13. 13. a) Setor Pré-Matrimonial  Como está organizada Preparação Remota. Articular com Crisma, catequese e escola.  Preparação Próxima: Evangelizar namorados e noivos  Preparação Imediata: Diálogo com o Padre, Retiro Espiritual, Rito Sacramental e Celebração. jovens,
  14. 14. b) Setor Pós-Matrimonial  Oferecer ajuda e formação para recém-casados e grupos familiares. Como está organizada  Engajar estes novos casais nas atividades paroquiais.  Promover uma integração entre os recém casados para que vençam os obstáculos inerentes ao início de uma relação.
  15. 15. c) Setor Casos Especiais  Atuar para que os casais em segunda união e seus filhos sejam acolhidos, acompanhados e incentivados a participar da vida da Igreja. Acompanhar as diferentes Como está  realidades das famílias de migrantes, organizada mães e pais solteiros, famílias com filhos deficientes ou drogados, famílias distanciadas da Igreja, matrimônios mistos, atenção especial aos idosos, viúvos, casais em segunda união, alcoolismo, presos etc.
  16. 16.     Responsáveis  pela Pastoral  Familiar   Bispos, sacerdotes e diáconos; Religiosos e religiosas; Agentes leigos devidamente formados; Movimentos; Serviços e institutos familiares; Famílias; Leigos especializados; Outros Agentes: casos especiais.
  17. 17. Pastoral Orgânica A Pastoral Familiar constrói sua organicidade buscando estabelecer cooperação com outras iniciativas da Igreja, no estilo Corpo de Cristo.
  18. 18. Pastoral Orgânica É uma pastoral bastante abrangente, inclui o casal, os filhos, os parentes, a comunidade e a sociedade. Por isso, deve trabalhar com as outras pastorais, porque tudo parte da família e, ao mesmo tempo tudo se dirige à família, é voltada para a família, "um dos eixos transversais de toda a ação evangelizadora".
  19. 19. Pastoral Orgânica E, nela todas as pessoas têm lugar, todas as pastorais, movimentos, serviços e institutos, de uma maneira ou de outra, têm sua contribuição a dar, como também sua contribuição a receber. A Pastoral Familiar surge como uma resposta da Igreja em favor da família que, agredida, se desestrutura e tem dificuldades de existir, evangelizar os relacionamentos, e formar cidadãos.
  20. 20. "A família deve ser a vossa grande prioridade pastoral! Sem uma família respeitada e estável, não pode haver organismo social sadio, Implantação sem ela não pode haver uma verdadeira comunidade eclesial" (João Paulo II, outubro de 1.991 aos Bispos Brasileiros em Campo Grande, MS).
  21. 21. A Paróquia São Bento do Morumbi decidiu fazer a Implantação conforme documento da Comissão Nacional da Pastoral Familiar. Implantação
  22. 22. A formalização compreende 8 encontros entre o grupo disposto a criá-la, terminando com todas as ações pré definidas , grupos de Implantação trabalho devidamente cientes de sua atuação, e todas as pastorais em sintonia em defesa da Família.
  23. 23. 1. A Situação de nossas famílias. 2. Família , projeto e imagem de Deus. 3. O Sacramento do Matrimonio 4. A evangelização da Família. Temas dos 5. A Pastoral Familiar como serviço á Evangelização . encontros de 6. Implantação da Pastoral Familiar Implantação na Paróquia 7. Inicio dos trabalhos. 8. A formação de Agentes da Pastoral Familiar.
  24. 24. Contamos com sua experiência e apoio neste grande desafio para o qual fomos escolhidos.

×