Barros okada

735 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
735
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
275
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Barros okada

  1. 1. OS ESTILOS DE COAPRENDIZAGEM PARA AS NOVAS CARACTERÍSTICAS DA EDUCAÇÃO (3.0)
  2. 2. http://labspace.open.ac.uk/
  3. 3. O Projeto “WESPOT” WESPOT é um novo projeto que tem como objetivo a investigação em combinação com práticas atuais, currículos e tecnologias inovadoras. (Okada, 2012).
  4. 4. Surge com Keats & Schmidt (2007) que mencionam a importância de preparar todos os estudantes para a Sociedade Digital. “digital, móvel, conectada, personalizada, criativa e aberta”. Os avanços tecnológicos se desenvolvem a grande velocidade. Existe muito mais acessibilidade, maior capacidade para a construção de conhecimento e também novas formas de aprender.
  5. 5. Tecnologias para al aprendizagem: redes sociais, microblogs, wikis, RSS feeders, ambientes personalizados, webinars. Serviços da web: Web 3.0 - Mobile apps, medias com conteúdo, RSS feeds, widgets, marcadores, redes sociais, nuvens, agentes semânticos, ciência analítica, interoperabilidade entre ontologias. Professor: mentor colaborativo, orientador de aprendizagem, facilitador para adquisição de conhecimento e competências. Estudantes: “coaprendizes”, gestores colaborativos, coautores, investigadores, revisões colaborativas, gestores de aprendizagem social.
  6. 6. Conteúdo de Aprendizagem: Diversidade de formatos abertos, híbridos, editáveis e reutilizáveis, autorias... Produção de conteúdos: fluxo, planeamento colaborativo, criação coletiva, publicação aberta, amplia difusão, revisão interpares, reutilização e readaptação, contínuo aperfeiçoamento. Copyright: Licencias abertas (exemplo: Creative Commons). Cenário de aprendizagem: baseados em investigação, aprendizagem autentico, personalizado, contexto social e real. Avaliação: coavaliuação, orientação guiada. feedback informal, avaliação baseada em competências, flexibilidade para validação de REAs, sistemas de avaliação. Autonomia do estudante aprendizagem definida de forma aberta e colaborativa; memoria de uso e recomendações de outros coaprendizes; revisões comparadas e feedbacks de cada usuário. Estudante: possibilidade de acessar de forma aberta, ambientes diversos conectados, usuários que decidem sobre o que é publico o privado.
  7. 7. Okada (2012) explica que o termo coaprendizagem foi inicialmente definido em 1996 por Frank Smith no livro“Joining the Literacy Club”. Este conceito foi descrito por Smith para enfatizar a importância de trocar os papéis tanto dos professores, como distribuidores de conhecimentos, como dos estudantes que rebem conteúdos, para colaborar no processo de aprendizagem. Brantmeier (2005) explica a coaprendizagem na interação centrada na aprendizagem colaborativa...
  8. 8. Para desenvolver os estilos de coaprendizagem estamos utilizando a investigação sobre os estilos de uso de espaço virtual (Barros, 2013) sobre como se aprende no o virtual e quais as características de coaprendizagem e seus estilos. Fonte: Barros; Miranda; Goulão; Henriques; Morais ( 2012) http://oer.kmi.open.ac.uk
  9. 9. Os estilos de coaprendizagem podem ser entendidos como os diversos modos de coaprender, ou seja, aprender na rede de forma colaborativa, interativa e participativa. Os estilos de coaprendizagem são referenciais para as estratégias didático-pedagógicas nos espaços que contemplam a Web 2.0 e 3.0? Esta é a pregunta chave para o estudo que está sendo desenvolvido. Podemos apresentar o início da investigação sobre os estilos de coaprendizagem, indicando algumas conexões para a Educação 3.0 e suas práticas de aprendizagem aberta. Os resultados serão utilizados como fundamentos para a investigação qualitativa e de campo sobre a Educação 3.0
  10. 10. Muito obrigada!!!! Alexandra Okada ale.okada@open.ac.uk Colearn – Open University Researcher in Knowledge Mapping for Open Content Initiative at the Knowledge Media Institute, UK. http://labspace.open.ac.uk/ Daniela Melaré Vieira Barros REDE DE ESTILOS DE APRENDIZAGEM e EDUCAção A DISTANCIA https://plus.google.com https://sites.google.com/site/estilosetecnologias/ dbarros@uab.pt dmelare@gmail.com III Colóquio Luso Brasileiro de Educação a Distância e Elearning – 6 e 7 de dezembro de 2013 Lisboa- Universidade Aberta http://lead.uab.pt/clb/

×