Slide do artigo do agnldo

688 visualizações

Publicada em

REFLEXÃO SOBRE A PESSOA DO ESPÍRITO SANTO

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
688
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
72
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Slide do artigo do agnldo

  1. 1. CENTRO DE FORMAÇÃO MINISTERIAL SEMENTE DE VIDA BACHAREL EM TEOLOGIA HABITAÇÃO DO ESPÍRITO SANTO NO CRISTÃO: Reflexão sobre a pessoa do Espírito Santo no Novo e no Velho Testamento . Agnaldo da Silva Sousa
  2. 2. INTRODUÇÃO O estudo é uma reflexão: Estava presente o Espírito Santo na formulação do plano redentor de Deus? No princípio, encontramos o Espírito Santo em ação, quando põe em ordem o caos existente (Gn 1.2). Em Gn 1.26,. O Novo Testamento define a existência e participação ativa do Espírito Santo com atribuições diferenciadas. Jo 1.1, o Verbo estava com Deus, o Espírito também estava com Deus. Gn 3.15 registra o início da revelação do plano redentor, quando Deus declara que o descendente da mulher feriria a cabeça da serpente. Pela eternidade do Espírito Santo, pela sua participação na criação da terra e do homem, pela sua participação na obra da redenção como definida por Jesus em Jo. 14.16-17, afirmar-se-á que o Espírito Santo continua participando do plano de redenção e da sua execução, com um papel específico de convencer o homem do pecado, da justiça e do juízo (Jo 16.7- 11).
  3. 3. A PESSOA DO ESPÍRITO SANTO   O Espírito Santo é um ser com os mesmo atributos de Deus. É a terceira pessoa da trindade com a mesma autonomia Onipotência, Onisciência, Onipresença. É uma pessoa, pois ele fala (Ap. 2:22); ajuda (Rm. 8:26); ensina (Jo. 14:26); da ordem (At. 16:6, 7). Espírito Santo age conforme a sua vontade, ninguém pode interferir em seu agir. Os arianos e socinianos - apenas uma força que vinha do Deus eterno. Refutação: (Atos 5: 31) - Ananias e Safira venderam suas propriedades e chegaram diante do apóstolo Pedro, e mentiram para ele. A Palavra de Deus fala que Pedro cheio do Espírito Santo repreendeu a Ananias: “Por que encheu Satanás o teu coração, para que mentisses ao Espírito Santo, retendo parte do preço da propriedade, não mentiste aos homens, mas a Deus”. Esse texto esta mostrando a evidência que o Espírito é Deus julgando o homem pelos seus atos.
  4. 4. VELHO TESTAMENTO <ul><li>Subsistia muito antes das coisas que foram criadas, esteve ativo desde a fundação do mundo e de tudo que há nele.. </li></ul><ul><li>Presente na vida de homens escolhidos por Deus. </li></ul><ul><li>Não habitava dentro dos homens, mas descia, a fim de inspirá-los para algum serviço especial. </li></ul><ul><li>Ex: Moisés falava face a face com Deus e foi usado para liderança de um povo. </li></ul><ul><li>Em alguns profetas, para pregar a palavra que Deus mandava dizer (Ez. 3: 4, 5), outros para profetizar a cerca de aconselhamento (Os. 10:12), </li></ul><ul><li>Elias - o poder para fazer milagres e curas (I Reis 18:36 -38), </li></ul><ul><li>Daniel e Habacuque – inspirados a serem escritores(Dn. 12:4) e (Hc. 2:2). </li></ul><ul><li>Elizeu – (II Reis 91) – mestres. </li></ul><ul><li>O Espírito dava o poder, para cada um, mas o agir é diferente. </li></ul><ul><li>. </li></ul>
  5. 5. NOVO TESTAMENTO   João Batista Marco da história bíblica, pois nele findavam-se os anos de silêncio uma dispensação, que através Jesus iniciava-se outro. Anunciação do Evangelho do reino de Deus. (Lc. 16:16). No poder do Espírito Santo batizava para o arrependimento ( (Lc. 3:2 -6); Presenciou a descida do Espírito em Jesus na forma de uma pomba; Era o maior entre os homens, era cheio de poder e autoridade do Espírito Santo, mas o Espírito não habitava nele. .  
  6. 6. ATRIBUTOS DO ESPÍRITO SANTO O Espírito Santo é o novo CONSOLADOR que convence o mundo do pecado. No dia de Pentecoste, se manifestou por simbologia, como línguas repartidas (Atos 2: 1- 4) como de fogo para limpar o homem,como pomba que significa: mansidão, (Gl. 5:22 -23). O óleo que significa: trazer refrigério e conforto; como selo que significa; penhor, garantia (II Cor. 1:22), e o vento representa ação sobrenatural do Espírito Santo e como água que é indispensável à vida do ser vivo. Refresca, refrigera, dá uma sensação de tranquilidade. A partir daquela ocasião os apóstolos saíram adiante para pregar o evangelho com toda ousadia que o Espírito Santo dava a eles.
  7. 7. O ESPÍRITO SANTO NA IGREJA <ul><li>Agente executor da redenção do pecador. </li></ul><ul><li>Implanta nas pessoas os seus nomes escritos no livro da vida, </li></ul><ul><li>Traz conhecimento vindo de nosso Salvador, e tornando-nos participantes de sua vida </li></ul><ul><li>É o líder, que guia suas ovelhas nas decisões, no falar, nos pensamentos, atitudes e até na escolha dos que são enviados para a seara; </li></ul><ul><li>Designa a igreja segui-lo, para que o Senhor não venha castigá-la por atrair a ira de Deus. (Ap. 3:3; 6). </li></ul><ul><li>É o selo firmado como garantia da redenção; </li></ul><ul><li>Traz o crescimento para igreja; </li></ul><ul><li>Manifesta os dons sobre a igreja. (I Cor. 12;6). </li></ul><ul><li>Dá diversidade de ministérios(I Cor. 12:5)”. </li></ul>
  8. 8. DONS (ICor. 12;4). São ferramentas essenciais dentro da igreja para abrasar o seu crescimento de uma maneira esplêndida diante dos nossos olhos. Pois quando há um grande trabalho a ser realizado para Deus, os dons do Espírito Santo são distribuídos a diferentes crentes dentro da igreja, capacitando os crentes a completar o trabalho de Deus com responsabilidade e eficiência.
  9. 9. NA VIDA DOS CRISTÃOS Promove mudança na vida de uma pessoa. “por que morto em seus delitos o pecado” (Ef. 2:1 -3). O homem não tem condições próprias de voltar-se para Deus. É um sinal evidente de que ele pertence a Jesus, é um salvo, que é um filho de Deus. (Rm. 8:16). O crente é o templo do Espírito Santo. (I Cor. 3:16 e I Cor. 6: 19), e, como tal, passa a ter o seu corpo como finalidade e propósito único e exclusivamente, a glorificação do nome do Senhor e a realização de obras que sejam agradáveis a Deus.
  10. 10. CONCLUSÃO Conclui-se com as pesquisas feitas sobre a ação do Espírito Santo no Velho se diferencia no Novo Testamento, que para cada momento houve Sua presença com expressões especificas. No Velho Testamento, vinha sobre poucos indivíduos para servirem a Deus. Equipava as pessoas para serviços especiais, como no caso de José (Gn 41.38-40). Outra expressão que se respalda sua ação, aconteceu na vida de Bezalel e Ooliabe, aos quais Deus concedeu a plenitude do seu Espírito para que fizessem o trabalho artístico necessário à construção do Tabernáculo, e também para ensinarem aos outros (ver Êx 31.1-11; 35.30-35). No Novo testamento, Ele expressou sua plenitude com uma missão específica, de consolar, advogar, interceder, ensinar, batizar e dar variedade de dons. Podemos entender mais facilmente o Espírito Santo e sua obra distinguindo as várias coisas que ele fez e os diferentes modos pelos quais os fez. Os apóstolos e Cornélio foram batizados no Espírito para revelar a mensagem do Evangelho e para demonstrar a aprovação de Deus para a conversão dos gentios. Os apóstolos impuseram suas mãos em alguns indivíduos dando-lhes dons espirituais para edificar a igreja e confirmar a palavra. Hoje, o Espírito Santo do mesmo modo; age e habita nos corações dos cristãos, cumprindo sua missão até a volta de Cristo.                

×