VOLTA AS AULAS O GUARDA-CHUVA AMARELO  ACOLHENDO OS PROFESSORES (REFLEXÃO)    Simone Helen Drumondsimone_drumond@hotmail.c...
O GUARDA-CHUVA AMARELO       ACOLHENDO OS PROFESSORES (REFLEXÃO)               Convite  Traga o seu bom tempo para o nosso...
O GUARDA-CHUVA AMARELO        ACOLHENDO OS PROFESSORES (REFLEXÃO)  Era uma vez uma cidade cinzenta e triste,onde, quando c...
O GUARDA-CHUVA AMARELO         ACOLHENDO OS PROFESSORES (REFLEXÃO) Alguns         transeuntes       olhavam-noescandalizad...
O GUARDA-CHUVA AMARELO         ACOLHENDO OS PROFESSORES (REFLEXÃO)  De fato, nada havia de divertido naquelacidade, onde s...
O GUARDA-CHUVA AMARELO          ACOLHENDO OS PROFESSORES (REFLEXÃO)  Certo dia, à saída da escola, Natasha percebeu queesq...
O GUARDA-CHUVA AMARELO           ACOLHENDO OS PROFESSORES (REFLEXÃO)  Aceitou e protegeu-se sob o guarda-chuvaamarelo junt...
O GUARDA-CHUVA AMARELO          ACOLHENDO OS PROFESSORES (REFLEXÃO)   Certo dia, porém, saindo do escritório, esqueci ogua...
O GUARDA-CHUVA AMARELO          ACOLHENDO OS PROFESSORES (REFLEXÃO)   Aquele homem ensinou-me o motivo de aspessoas serem ...
O GUARDA-CHUVA AMARELO          ACOLHENDO OS PROFESSORES (REFLEXÃO)  O homem respondeu: - Não, porque eu bem sei queeste g...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Volta as aulas o guada chuva amarelo simone helen drumond

2.261 visualizações

Publicada em

http://simonehelendrumond.blogspot.com
simone_drumond@hotmail.com

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.261
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Volta as aulas o guada chuva amarelo simone helen drumond

  1. 1. VOLTA AS AULAS O GUARDA-CHUVA AMARELO ACOLHENDO OS PROFESSORES (REFLEXÃO) Simone Helen Drumondsimone_drumond@hotmail.com (92) 8808-2372 / 8813-9525
  2. 2. O GUARDA-CHUVA AMARELO ACOLHENDO OS PROFESSORES (REFLEXÃO) Convite Traga o seu bom tempo para o nosso encontro de Volta as Aulas, venha parabaixo de nosso guarda-chuva amarelo e simone_drumond@hotmail.com dinamize suas boas idéias, sonhos, Simone Helen Drumond criatividades e perspectivas de umaeducação voltada ao desenvolvimento de habilidades para que todos em nossa escola possam projetar competências .Assim a cada nova situação todos podem dá um holística coesa e matura! (Simone Helen Drumond - AM 2011)
  3. 3. O GUARDA-CHUVA AMARELO ACOLHENDO OS PROFESSORES (REFLEXÃO) Era uma vez uma cidade cinzenta e triste,onde, quando chovia, todos os habitantesgiravam pelas ruas com guarda-chuvas pretos.Sempre, rigorosamente, pretos. simone_drumond@hotmail.com Sob o guarda-chuva todos tinham um rosto Simone Helen Drumondfechado e triste... E não pode ser diferentedebaixo de um guarda-chuva preto! Um dia, porém, em que chovia a cântaros,mais densamente do que nunca, apareceuimprovisamente um homem um tanto bizarroque caminhava com um guarda-chuva amarelo.E, como se não bastasse, aquele homemsorria.
  4. 4. O GUARDA-CHUVA AMARELO ACOLHENDO OS PROFESSORES (REFLEXÃO) Alguns transeuntes olhavam-noescandalizados por debaixo do negro guarda-chuva que os protegia, e murmuravam: Vejam que indecência! É realmente ridículo simone_drumond@hotmail.comcom aquele seu guarda-chuva amarelo. Não é Simone Helen Drumondnada sério! A chuva, porém, é uma coisa séria eo guarda-chuva não pode ser senão preto! Outros se encolerizavam e comentavam:Mas... que idéia é aquela de andar por aí comum guarda-chuva amarelo? Aquele fulano éapenas um exibicionista, alguém que desejafazer-se notar a qualquer custo. Não é nadadivertido!
  5. 5. O GUARDA-CHUVA AMARELO ACOLHENDO OS PROFESSORES (REFLEXÃO) De fato, nada havia de divertido naquelacidade, onde sempre chovia e os guarda-chuvas eram todos pretos. Só a pequena Natasha não sabia o que simone_drumond@hotmail.compensar. Um pensamento passava-lhe pela Simone Helen Drumondcabeça com insistência: “Quando chove, umguarda-chuva é um guarda-chuva. Amarelo oupreto que seja o que conta é ter um guarda-chuva que proteja da chuva”. Alem disso, a pequena percebia que aquelehomem debaixo de seu guarda-chuva amarelotinha a aparência de estar perfeitamentecontente e feliz. E se perguntava o porquê.
  6. 6. O GUARDA-CHUVA AMARELO ACOLHENDO OS PROFESSORES (REFLEXÃO) Certo dia, à saída da escola, Natasha percebeu queesquecera seu guarda-chuva preto em casa,. Deu deombros e foi para casa com a cabeça descoberta,deixando que a chuva ensopasse seus cabelos. simone_drumond@hotmail.com O acaso quis que pouco depois cruzasse com ohomem do guarda-chuva amarelo, que lhe propôs Simone Helen Drumondsorrindo: - Menina, que proteger-te? Natasha hesitou. Se aceitasse, todos riram dela. Maseis que surge logo um outro pensamento: “Quandochove, um guarda-chuva é sempre um guarda-chuva.Seja ele é amarelo ou preto, o que importa? É sempremelhor ter um guarda-chuva do que se ensopar dechuva!”.
  7. 7. O GUARDA-CHUVA AMARELO ACOLHENDO OS PROFESSORES (REFLEXÃO) Aceitou e protegeu-se sob o guarda-chuvaamarelo junto àquele homem gentil. Entendeu, então, porque ele era feliz: debaixodo guarda-chuva amarelo o mau tempo não existe simone_drumond@hotmail.commais! Havia um grande sol quente em céu azul, Simone Helen Drumondonde os passarinhos voavam gorjeando. Natasha tinha um aspecto tão admirado que ohomem estourou numa gargalhada: - Eu sei! Tu também me tomas por um doido,mas desejo explicar-te tudo. Antigamente, eutambém era triste, nesta cidade onde semprechove. Eu também tinha um guarda-chuva preto.
  8. 8. O GUARDA-CHUVA AMARELO ACOLHENDO OS PROFESSORES (REFLEXÃO) Certo dia, porém, saindo do escritório, esqueci oguarda-chuva e fui para casa, como estava. Ao caminhar, encontrei um homem que me simone_drumond@hotmail.comofereceu para abrigar-me debaixo do seu guarda-chuva amarelo. Simone Helen Drumond Como tu, hesitei porque tinha medo de serdiferente de ser ridículo. Entretanto, aceitei, porque tinha medo aindamaior de pegar um resfriado. E percebi – como tu – que debaixo do guarda-chuva amarelo desaparece o mau tempo.
  9. 9. O GUARDA-CHUVA AMARELO ACOLHENDO OS PROFESSORES (REFLEXÃO) Aquele homem ensinou-me o motivo de aspessoas serem tristes sob o guarda-chuva preto: otique taque da chuva e o negro do guarda-chuvadeixava-as amuadas e sem qualquer vontade deconversar. Depois, improvisamente, o homem foi simone_drumond@hotmail.comembora e eu percebi que tinha nas minhas mãos Simone Helen Drumondum guarda-chuva amarelo. Fui atrás dele, mas nãoconseguir encontrá-lo: desaparecera. Dessa forma,conservei o guarda-chuva amarelo e o bom tempojamais me abandonou. Natasha exclamou: - Que história! E não fica embaraçado porconservar o guarda-chuva de um outro?
  10. 10. O GUARDA-CHUVA AMARELO ACOLHENDO OS PROFESSORES (REFLEXÃO) O homem respondeu: - Não, porque eu bem sei queeste guarda-chuva é de todos. Aquele homem receberasem dúvida, também ele, de algum outro. Quando chegaram diante da casa de Natasha, simone_drumond@hotmail.comdespediram-se. Simone Helen Drumond Tão logo o homem, afastando-se, desapareceu, amenina percebeu que tinha nas mãos o seu guarda-chuva amarelo. Aquele homem gentil, porém, quemsabe onde estava... Dessa forma, Natasha conservou o guarda-chuvaamarelo, mas já sabia que logo teria trocado novamentede dono, passaria para outras mãos, para abrigar dachuva e levar o “bom tempo” a outras pessoas.

×