Fluxo de energia e ciclos de materia

10.878 visualizações

Publicada em

1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.878
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
49
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
215
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fluxo de energia e ciclos de materia

  1. 1. Cadeias e Teias Alimentares
  2. 2. Ao conjunto de populações que se alimentam sucessivamente umas das outras chama-se cadeia alimentar ou cadeia trófica. Numa cadeia alimentar os seres vivos estão relacionados entre si através do alimento.
  3. 3.  Numa cadeia alimentar, cada ser vivo ocupa uma determinada posição, designada nível trófico (do grego trophos-alimento), de acordo com a fonte principal de alimento.
  4. 4. Nas diferentes cadeias alimentares podemos encontrar, normalmente, três tipos de categorias de seres vivos :  Produtores,  Consumidores,  Decompositores.
  5. 5. Produtores  Os primeiros seres vivos de cada cadeia alimentar são as plantas, ocupam o 1º nível trófico e são responsáveis pela entrada de energia no ecossistema;  As plantas são chamadas seres produtores, porque produzem matéria orgânica a partir da matéria mineral que existe no solo;  São também designadas seres autotróficos porque são capazes de produzir o seu próprio alimento.
  6. 6.  Directa ou indirectamente, a energia utilizada pelos seres vivos provém da energia solar.  As plantas absorvem parte da energia solar e utilizam água (H2O) e outra matéria mineral do solo, e dióxido de carbono (CO2), num conjunto de reacções químicas, a fotossíntese, para a produção de oxigénio (O2), e da matéria orgânica que forma o seu corpo.
  7. 7. Ao realizarem a fotossíntese, as plantas transformam a energia solar em energia química, e a matéria mineral absorvida na matéria orgânica do seu corpo. No corpo da planta encontramos elementos químicos que tiveram origem na matéria mineral do solo, ligados por energia química, que teve origem na energia solar captada pela clorofila. As plantas, ao servirem de alimento aos outros seres vivos, permitem a transferência de materiais e de energia química.
  8. 8. Consumidores  Os consumidores são seres vivos heterotróficos que se alimentam directa ou indirectamente da matéria orgânica produzida pelos produtores. Existem consumidores de várias ordens.
  9. 9. Consumidores primários  Ou consumidores de 1ª ordem - São herbívoros e alimentam-se exclusiva- mente dos produtores.  Ocupam o 2º nível trófico.
  10. 10. Consumidores secundários  Ou de 2ª ordem - Designam-se predadores ou carnívoros e subsistem custa dos herbívoros.  Ocupam o 3.°nível trófico. à
  11. 11.  Existem ainda consumidores de 3ª ordem, de 4ª ordem e assim sucessivamente. Contudo, as cadeias alimentares são, de uma maneira geral, curtas, não contendo mais do que cinco ou seis níveis tróficos.
  12. 12. Decompositores  Os decompositores são seres vivos heterotróficos. A matéria orgânica que cai no solo, resíduos orgânicos e cadáveres, é transformada em matéria mineral, pelos seres decompositores, bactérias e fungos. Esta matéria mineral, devolvida ao solo, será novamente utilizada pelo 1º nível trófico, as plantas.
  13. 13.  São os decompositores que asseguram o retorno progressivo ao solo da matéria mineral, sendo esta utilizada pelos produtores que sintetizam de novo matéria orgânica. Bactéria
  14. 14. Matéria Mineral Matéria Orgânica Matéria Orgânica Matéria Orgânica Matéria Orgânica Matéria Orgânica
  15. 15. Cadeias alimentares interligadas constituem uma teia alimentar.
  16. 16. Diz-se que estamos na presença de uma quando uma população serve de alimento a mais do que uma outra ao mesmo tempo. Nesta situação, temos várias cadeias alimentares interligadas. Podemos . Assim, relativamente à teia alimentar anterior apresentam-se os seguintes exemplos: Fitoplâncton Peixes pequenos Pinguins Imperadores Foca Leopardo Orca (1º nível trófico – Produtor) (2º nível trófico – Consumidor Primário) (3º nível trófico – Consumidor Secundário) (4º nível trófico (5º nível trófico Consumidor Terciário) Consumidor Quaternário)
  17. 17. Fitoplâncton (1º nível trófico – Produtor) Peixes pequenos (2º nível trófico – Consumidor Primário) Orca (3º nível trófico – Consumidor Secundário) Numa teia alimentar , consoante a cadeia alimentar que for considerada. Por exemplo, a população das Orcas, pode ocupar o 5º nível trófico, desempenhando a Orca o papel de consumidor quaternário, ou o 3º nível trófico, assumindo a Orca o papel de consumidor secundário. Nota: Numa cadeia alimentar a seta aponta sempre no sentido da população que se alimenta da anterior, ou seja, “para a boca de quem come!”

×