Divulgação de Resultados do 2T12
14 de agosto de 2012
Divulgação
de Resultados 1T12
Rubens Menin
Comentários de abertura
2
Divulgação
de Resultados
Destaques
3
2T12
Crescimento e Geração de Caixa;
SG&A;
Rentabilidade e Margens Crescentes;
LOG Co...
Divulgação
de Resultados
Crescimento e Geração de Caixa
4
2T12
Unidades Repassadas Cash Burn MRV Residencial (R$ milhões)
...
Divulgação
de Resultados
SG&A
5
2T12
Menor diluição das despesas por menor volume de vendas – revisão tabelas de preços
De...
Divulgação
de Resultados
Rentabilidade e Margens Crescentes frente ao 1T12
6
2T12
Crescimento gradativo ao longo de 2012
R...
LOG Commercial Properties & Urbamais - Geração de Valor
7
Divulgação
de Resultados 2T12
Contínuo crescimento do portfólio
...
Aviso
Divulgação
de Resultados
8
Esta apresentação contém declarações prospectivas. Tais informações não são apenas fatos ...
Leonardo Corrêa
Diretor Executivo de Finanças
Mônica Simão
Diretora Executiva de Relações com Investidores
Gerson Mazer
Ge...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação dos Resultados do Segundo Trimestre de 2012.

74 visualizações

Publicada em

Apresentação dos Resultados do Segundo Trimestre de 2012.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
74
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
29
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação dos Resultados do Segundo Trimestre de 2012.

  1. 1. Divulgação de Resultados do 2T12 14 de agosto de 2012
  2. 2. Divulgação de Resultados 1T12 Rubens Menin Comentários de abertura 2
  3. 3. Divulgação de Resultados Destaques 3 2T12 Crescimento e Geração de Caixa; SG&A; Rentabilidade e Margens Crescentes; LOG Commercial Properties e Urbamais – Geração de Valor.
  4. 4. Divulgação de Resultados Crescimento e Geração de Caixa 4 2T12 Unidades Repassadas Cash Burn MRV Residencial (R$ milhões) Recorde trimestral na história da Companhia em número de unidades produzidas e repassadas Geração de caixa neutra no segmento residencial no 2T12 Combinação de Crescimento com Geração de Caixa Unidades Produzidas 8.439 9.794 10.349 15.241 20.143 2T11 1T12 2T12 1S11 1S12 23% 6% 32% 7.505 8.833 10.061 13.098 18.894 2T11 1T12 2T12 1S11 1S12 34% 14% 44% 212 77 133 147 38 2 Média Trimestral 2008 Média Trimestral 2009 Média Trimestral 2010 Média Trimestral 2011 Média Trimestral 1S12 2T12
  5. 5. Divulgação de Resultados SG&A 5 2T12 Menor diluição das despesas por menor volume de vendas – revisão tabelas de preços Despesas Comerciais (em R$ milhões) 50 63 72 97 135 2T11 1T12 2T12 1S11 1S12 43% 38% 15% % Desp. Comerciais / Vendas Contratadas (%MRV) e % Desp. Cmerciais / Receita Líquida 5,1% 6,2% 6,6% 5,4% 6,4% 5,2% 7,7% 7,6% 5,4% 7,7% 2T11 1T12 2T12 1S11 1S12 % Rec.Líquida % Vendas Despesas Gerais e Administrativas (em R$ milhões) % Desp. G&A / Vendas Contratadas (%MRV) e % Desp. G&A / Receita Líquida 47 54 57 87 111 2T11 1T12 2T12 1S11 1S12 22% 28% 7% 4,7% 5,3% 5,2% 4,8% 5,3% 4,8% 6,6% 6,1% 4,8% 6,3% 2T11 1T12 2T12 1S11 1S12 % Rec.Líquida % Vendas
  6. 6. Divulgação de Resultados Rentabilidade e Margens Crescentes frente ao 1T12 6 2T12 Crescimento gradativo ao longo de 2012 ROE Anualizado 24,3% 13,3% 16,2% 22,5% 14,8% 2T11 1T12 2T12 1S11 1S12 2,8 p.p. (8,1 p.p.) (7,7 p.p.) 319 270 311 574 581 32,2% 26,9% 28,5% 32,1% 27,7% -75,0% -55,0% -35,0% -15,0% 5,0% 25,0% 2T11 1T12 2T12 1S11 1S12 (100) 100 300 500 700 900 1.100 1.300 1.500 -3% 1% 15% Lucro Bruto (em R$ milhões) e Margem Bruta (%)
  7. 7. LOG Commercial Properties & Urbamais - Geração de Valor 7 Divulgação de Resultados 2T12 Contínuo crescimento do portfólio Diversificação geográfica Geração de Valor – 17,6% yield on cost Evolução do Portfólio LOG (em m2 ABL) - %LOG 1.045.057 1.120.621 1.194.974 dez/11 mar/12 jun/12 Galpões Shopping/Strip Mall Office 81,7% 7,1% 11,3% 85,2% 85,6% 6,8% 6,4%8,0% 8,1% Loteamentos abertos Desenvolvimento urbano Condomínios Fechados Expectativa: desenvolver aproximadamente 60 milhões de m2 de área bruta total nos próximo 3 anos. SP 45% PR 14% MG 12% ES 7% CE 7% GO 7% RJ 6% BA 2% Outra 22% Distribuição Geográfica do Portfólio LOG em 30/jun/12 (em m2 ABL) - %LOG
  8. 8. Aviso Divulgação de Resultados 8 Esta apresentação contém declarações prospectivas. Tais informações não são apenas fatos históricos, mas refletem as metas e as expectativas da direção da MRV Engenharia (“MRV” ou “Companhia”). As palavras "antecipa", "acredita", "espera", "prevê", "pretende", "planeja", "estima", "projeta", "objetiva" e similares são declarações prospectivas. Embora acreditemos que essas declarações prospectivas se baseiem em pressupostos razoáveis, essas declarações estão sujeitas a vários riscos e incertezas, e são feitas levando em conta as informações às quais a MRV Engenharia atualmente tem acesso. A MRV Engenharia não se obriga a atualizar esta apresentação mediante novas informações e/ou acontecimentos futuros. A MRV Engenharia não se responsabiliza por operações ou decisões de investimento tomadas com base nas informações contidas nesta apresentação. Esta apresentação não constitui uma oferta, ou convite, ou solicitação para compra de ações ou qualquer outro ativo mobiliário da Companhia. Nem esta apresentação ou qualquer informação aqui contida deve servir de base para qualquer contrato ou compromisso. Os dados de mercado e informações sobre dados competitivos, incluindo projeções de mercado, utilizados nesta apresentação foram obtidos através de pesquisas internas, externas, documentos públicos e dados de mercado. Apesar de não termos nenhuma razão para acreditar que estes dados não sejam confiáveis, a MRV não efetuou procedimentos independentes visando verificar dados competitivos, participação de mercado, tamanho do mercado, crescimento da indústria e do mercado ou qualquer outro dado fornecido por terceiros ou publicações. A MRV não fornece qualquer representação quanto à estes dados estarem corretos. A administração da MRV acredita que o EBITDA é uma medida prática para aferir seu desempenho operacional e permitir uma comparação com outras companhias do mesmo segmento. Entretanto, ressalta-se que o EBITDA não é uma medida estabelecida de acordo com os Princípios Contábeis Brasileiros (Legislação Societária ou BR GAAP) ou Princípios Contábeis Norte-Americanos (US GAAP) e pode ser definido e calculado de maneira diversa por outras companhias. 2T12
  9. 9. Leonardo Corrêa Diretor Executivo de Finanças Mônica Simão Diretora Executiva de Relações com Investidores Gerson Mazer Gestor Executivo de Relações com Investidores Tel.: +55 (31) 3348-7150 E-mail: ri@mrv.com.br www.mrv.com.br/ri Contatos Divulgação de Resultados 9 2T12

×