Estado de AlagoasPrefeitura Municipal de Santana do IpanemaSecretaria Municipal de SaúdeNúcleo de Promoção da Saúde - NUPS...
Prefeito MunicipalJOSÉ MÁRIO DA SILVAVice-Prefeito MunicipalADENILSON OLIVEIRASecretária Municipal de SaúdeEDJÁRIA CAMILO ...
SUMÁRIOIntrodução............................................................................................... 01Objetiv...
I – INTRODUÇÃOFoi lançada pelo Banco Mundial uma nova campanha contra a violênciadoméstica no Brasil. Nessa campanha, conh...
entre elas. No caso dos casais, a fusão pela paixão pode tornar-se a fusão pelo ódio eseparação, muitas vezes, vir a acont...
II - OBJETIVOS:II.I - OBJETIVO GERAL:• Este Plano de Sensibilização do NUPS, objetiva sensibilizar/conscientizar paracomba...
III – JUSTIFICATIVAAlta incidência e prevalência da violência doméstica e sexual - a violênciasexual é um dos principais i...
IV - METODOLOGIAAlem da confecção de Outdoor com as fotos-imagem das personalidades deSantana do Ipanema, nos pontos estra...
V - CRONOGRAMA DE ATIVIDADESPeríodo: DEFINIR com a COORDENAÇÂODIA/MES/ANO LOCAL TEMA RESPONSÁVELCARGAHORÁRIAVI – RECURSOS ...
A confecção e idealização e operacionalização do respectivo Plano deSensibilização ficará a cargo da equipe do Núcleo de P...
Os custos para execução desta proposta serão financiados com RecursosPróprios da Secretaria Municipal de Saúde.Material/Se...
Será considerado satisfatório se for cumprido o cronograma previsto emantida a participação ativa dos atores sociais deste...
X - REFERÊNCIABrasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de AtençãoBásica. Por uma cultura d...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Plano de sensibilização

648 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
648
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Plano de sensibilização

  1. 1. Estado de AlagoasPrefeitura Municipal de Santana do IpanemaSecretaria Municipal de SaúdeNúcleo de Promoção da Saúde - NUPSPLANO DE SENSIBILIZAÇÃOSantana do IpanemaFevereiro de 2013
  2. 2. Prefeito MunicipalJOSÉ MÁRIO DA SILVAVice-Prefeito MunicipalADENILSON OLIVEIRASecretária Municipal de SaúdeEDJÁRIA CAMILO SANTOS SILVACoordenação do NUPSMARIA JOSÉ SILVA GUIMARÃESEquipe TécnicaJOÃO PAULO MENDESTécnico da Promoção da SaúdeOTÁVIO SEVERINO BARBOSA SOUZAAssistente Administrativo
  3. 3. SUMÁRIOIntrodução............................................................................................... 01Objetivos................................................................................................ 02Justificativa........................................................................................... 03Metodologia............................................................................................ 04Cronograma............................................................................................ 05Recursos................................................................................................. 06Orçamento............................................................................................... 07Avaliação................................................................................................. 08Anexo...................................................................................................... 09Referências............................................................................................. 10
  4. 4. I – INTRODUÇÃOFoi lançada pelo Banco Mundial uma nova campanha contra a violênciadoméstica no Brasil. Nessa campanha, conhecidos artistas homens da televisãobrasileira afirmam, ao mesmo tempo em que apresentam em um cartaz: “homem deverdade não bate em mulher”. O tema já é bastante conhecido de todos nós, mesmoque ainda não tenha adquirido a relevância e nem seja tratado com a seriedade quemerece. A violência urbana é um grande problema em nosso país e nós a discutimosamplamente em rodas de conversas, quando costumamos levantar hipóteses para aspossíveis causas deste problema. Sabemos o quanto o tema da violência é complexo,envolvendo uma multiplicidade de causas.Entretanto, quando se trata da violência nas relações mais íntimas, aquelasque acontecem dentro de casa, tornam-se assunto tabu. Da violência pública épossível tratar de forma aberta, mas da violência privada parece que ninguém querfalar. Talvez por imaginarmos que a violência não poderia acontecer dentro dos lares,onde se esperaria que os laços amáveis pudessem impedir maiores expressões doódio. Na realidade, as mulheres e as crianças acabam sendo as maiores vítimas dessaviolência, por terem menor força física e, portanto, menor poder de agressividade.Ninguém pode negar que os amores e os ódios se misturam, numa dançade verso e reverso, que inspira letra de música: entre tapas e beijos….As relações deposse que se estabelecem entre os casais e as rupturas que não são aceitas podemproduzir verdadeiros terremotos nas relações e, muitas vezes, levar a situaçõesextremas de violência, que terminam em assassinatos. O Brasil é o sétimo país emassassinatos de mulheres no mundo. Muitas são as notícias de assassinatos demulheres por seus ex-companheiros.É preciso, aqui, pensar sobre a diferença entre agressividade e violência.A primeira estaria ligada a uma atitude ativa, que seria necessária, inclusive, para amanutenção e de defesa da vida. A violência ocorreria quando a agressividadeencontra-se a serviço da destruição e não há mediação entre as partes em conflito.Uma luta de poder em que somente um sai vencedor para submeter o outro. Umasituação em que ambos acreditam que um quer o mal do outro. Não há odistanciamento necessário entre as partes, para que a palavra produza o intervalo1
  5. 5. entre elas. No caso dos casais, a fusão pela paixão pode tornar-se a fusão pelo ódio eseparação, muitas vezes, vir a acontecer somente através da morte.Na história de nosso país, ainda muito recentemente foram feitas mudançasnos códigos da justiça, para transformar o poder que o marido podia ter sobre o corpoda mulher. Na vida cotidiana, este poder ainda acaba sendo admitido como algonatural, que faz parte da vida de casal, em muitas regiões do Brasil.Essa campanha está embasada na idéia de retirar o valor do homem quevence a mulher pela força física. O verdadeiro homem não vai submeter uma mulheratravés do poder de seu bíceps. As disputas e conflitos entre os sexos não irão acabar,da mesma forma como é utópico o ideal da paz mundial. Todavia, nossa sociedadeprecisa estimular as partes em conflito a usar as palavras como armas. Os códigossociais precisam impedir que alguém sinta-se detentor do poder sobre o corpo e a vidade outro; criar regras e punições para que os limites entre os corpos aconteçam. Equando as regras não funcionarem, é preciso que a justiça possa interceder comoterceira mediadora, para que a violência não se perpetue.Aproveitando a idéia do Banco Mundial a Secretaria Municipal de Saúde deSantana do Ipanema através do Núcleo de Promoção da Saúde – NUPS surge à idéiada equipe profissional do referido núcleo, onde pretende-se dar visibilidade a estaforma de sensibilização. Para tal, serão escolhidos alguns munícipes que de certaforma contribuíram e contribui para a história de Santana do Ipanema. Essaspersonalidades, que serão de preferência do sexo masculino posará em foto-imagemcom o cartaz afirmando: “homem de verdade não bate em mulher”. Com suasrespectivas autorizações, exibiremos essas imagens através de outdoor em pontosestratégicos na cidade de Santana do Ipanema, fazendo com que o maior número depessoas possa observar que o município tem se preocupado com esse grave problemade Saúde Pública.2
  6. 6. II - OBJETIVOS:II.I - OBJETIVO GERAL:• Este Plano de Sensibilização do NUPS, objetiva sensibilizar/conscientizar paracombater um dos problemas mais graves das famílias e, por conseguinte, dasociedade, no qual são violados os direitos essenciais da pessoa humana e, emparticular, os direitos das MULHERES, que, em muitos casos, vivempassivamente os mais diversos atos de violência e não encontram a saída outemem buscar ajuda.II.II - OBJETIVOS ESPECÍFICOS:• Sensibilizar os homens sobre a violência contra as mulheres;• Oferecer e garantir o direito a segurança da mulher vítima de violência;3
  7. 7. III – JUSTIFICATIVAAlta incidência e prevalência da violência doméstica e sexual - a violênciasexual é um dos principais indicadores da discriminação de gênero contra a mulher.Praticada principalmente pelos parentes e protegida pelo silencio da família ecircunstantes, a violência tem um efeito devastador na saúde física e mental dasvítimas. Além das doenças sexualmente transmissíveis, das mutilações eincapacidades de graus variados, é freqüente a síndrome da desordem do stress pós-traumático que provoca uma grande desorganização da vida pessoal e profissional damulher. Quando iniciada na infância, as meninas ficarão muito mais expostas acomportamentos e situações de risco como abandono de casa, prostituição, drogas,criminalidade e outras violências. Informar, sensibilizar, comunicar e exibir os efeitosdesses agravos faz parte das atividades do Núcleo de Promoção da Saúde - NUPS.4
  8. 8. IV - METODOLOGIAAlem da confecção de Outdoor com as fotos-imagem das personalidades deSantana do Ipanema, nos pontos estratégicos com a campanha: “homem de verdadenão bate em mulher” será realizado também de preferência na Praça Dr. AdelsonIsaac de Miranda uma Peça Teatral com os Agentes Comunitários de Saúde - ACSseguida de uma Palestra por um representante do poder judiciário, que efetivamentelhe dê com problemas de violência contra a mulher; podendo ser: Promotor da Vara daFamília, Delegado, Defensor Público ou outro profissional indicado pelo MinistérioPúblico.Convite oficial para a sociedade em geral, através das mídias disponíveis nomunicípio e através de comunicação domiciliar feita pelos ACS, duas semanas antesda data do evento, com o objetivo de informar o dia, local e o horário do eventoalcançando o máximo possível de pessoas participando da sensibilização.• - Peça Teatral.• - Palestra.• - Troca de experiências.5
  9. 9. V - CRONOGRAMA DE ATIVIDADESPeríodo: DEFINIR com a COORDENAÇÂODIA/MES/ANO LOCAL TEMA RESPONSÁVELCARGAHORÁRIAVI – RECURSOS HUMANOS6
  10. 10. A confecção e idealização e operacionalização do respectivo Plano deSensibilização ficará a cargo da equipe do Núcleo de Promoção da Saúde – NUPS.VII – RECURSOS MATERIAIS:Computador, data show, papel, caneta, oficio, convites, pranchas, pastaclassificadora, ficha de leitura, cartazes.VIII - ORÇAMENTO7
  11. 11. Os custos para execução desta proposta serão financiados com RecursosPróprios da Secretaria Municipal de Saúde.Material/Serviço CustoPapel Sulfite A4 R$ 50,00Cartucho para Impressora R$ 120,00Serviços Gráficos R$ 200,00Serviço de som R$ 30,00Total R$ 400,00IX - AVALIAÇÃO8
  12. 12. Será considerado satisfatório se for cumprido o cronograma previsto emantida a participação ativa dos atores sociais deste processo de construção, em prolda formação de valores na melhoria das condições de saúde da comunidade feminina.9
  13. 13. X - REFERÊNCIABrasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de AtençãoBásica. Por uma cultura da paz, a promoção da saúde e a prevenção da violência /Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de AtençãoBásica. – Brasília : Ministério da Saúde, 2009.10

×