Futurismo

3.423 visualizações

Publicada em

apresentação sobre as vanguardas europeias

Publicada em: Educação, Negócios, Tecnologia
1 comentário
5 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.423
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
1
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Futurismo

  1. 1. 20 de fevereiro de 1909: Manifesto Futurista, do poeta italiano Filippo Marinetti, no jornal francês Le Figaro
  2. 2. O slogan do primeiro manifesto futurista de 1909 era “Liberdade para as palavras”
  3. 3. Desenvolveu-se em todas as artes, influenciando outros movimentos modernistas. Teve grande repercução na França e na Itália,
  4. 4. A pintura futurista recebeu influência do cubismo e do abstracionismo Na literatura, dedicava-se às causas políticas
  5. 5. Desvalorização da tradição e do moralismo;  Valorização do desenvolvimento industrial e  tecnológico; Propaganda como principal forma de  comunicação;
  6. 6. Uso de onomatopéias nas poesias;  Poesias com uso de frases fragmentadas para  passar a idéia de velocidade; Pinturas com uso de cores vivas e contrastes.  Sobreposição de imagens, traços e pequenas deformações para passar a idéia de movimento e dinamismo.
  7. 7. Movimento artístico mais amplo, que defende a experimentação técnica e estilística, sem deixar de lado a intervenção e o debate político- ideológico
  8. 8. Auto-Retrato Umberto Boccioni (1882 - 1916)
  9. 9. Unique Forms of Continuity in Space Formas Únicas de Continuidade no Espaço
  10. 10. Elasticity Elasticidade, 1912
  11. 11. La strada entra nella casa 1911
  12. 12. Carlo Carrà Celebrazioni patriottiche - 1914
  13. 13. The Road to Expressionism
  14. 14. Funeral of the Anarchist Galli
  15. 15. Luigi Russolo
  16. 16. Intonarumori
  17. 17. Giacomo Balla
  18. 18. Couraçado + viúva + vento
  19. 19. Pessimismo e Optimismo 1923
  20. 20. Gino Severini L'estate, 1951
  21. 21. Red Cross Train Passing a Village
  22. 22. Dynamic Hieroglyphic of the Bal Tabarin
  23. 23. Fortunato Depero Rotazione di ballerina e pappagalli
  24. 24. É preciso destruir a sintaxe, dispondo os substantivos ao acaso, como nascem. Deve-se usar o verbo no infinito (...) Deve-se abolir o adjetivo para que o substantivo desnudo conserve a sua cor essencial. O adjetivo é incompatível com nossa visão dinâmica uma vez que supõe uma parada, uma meditação. Deve-se abolir o advérbio (...) Cada substantivo deve ter o seu duplo. Exemplo: homem- torpedeiro, mulher-golfo, multidão-ressaca, praça-funil Abolir também a pontuação (...) A poesia deve ser uma seqüência ininterrupta de imagens novas (...) Destruir na literatura o quot;euquot; Façamos corajosamente o quot;feioquot; em literatura e matemos de qualquer maneira a solenidade.
  25. 25. Serenata, 1921 Luigi Russolo
  26. 26. Anita Malfatti
  27. 27. A Boba Tropical
  28. 28. O Farol
  29. 29. Oswald de Andrade
  30. 30. Quando o português chegou Debaixo de uma bruta chuva Vestiu o índio Que pena! Fosse uma manhã de sol O índio tinha despido O português. Erro de português
  31. 31. Minha terra tem palmares Onde gorjeia o mar Os passarinhos daqui Não cantam como os de lá Minha terra tem mais rosas E quase que mais amores Minha terra tem mais ouro Minha terra tem mais terra Ouro terra amor e rosas Eu quero tudo de lá Não permita Deus que eu morra Sem que volte para lá Não permita Deus que eu morra Sem que volte pra São Paulo Sem que veja a Rua 15 E o progresso de São Paulo. Canto de regresso à pátria (in Poesias Reunidas. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 1971.)

×