REGIONALIZAÇÃO 
PARA O PLANEJAMENTO 
DO ESTADO DE ALAGOAS
Objetivo 
Estabelecer por meio de parâmetros e variáveis um recorte espacial útil e 
racional para a organização político-...
O Modelo 
• Unidades de Paisagem / Impressões e dados levantados nas 
atividades de campo; 
• Delimitação de localidades c...
O Modelo 
É o resultado de dois movimentos metodológicos: 
1) Polarização 
Buscou-se reunir e realizar análise que indicas...
POLARIZAÇÃO – (IT*)
POLARIZAÇÃO – (IT*)
2) Regionalização 
Depois de escolhidos cada município-polo 
a) Determinou-se suas regiões de influência 
b) Indicou-se os...
As Regiões de Planejamento
Região Metropolitana 
Barra de Santo Antônio 
Barra de São Miguel 
Coqueiro Seco 
Maceió 
Marechal Deodoro 
Messias 
Parip...
Região dos Tabuleiros do Sul 
Anadia 
Boca da Mata 
Campo Alegre 
Coruripe 
Jequiá da Praia 
Junqueiro 
Roteiro 
São Migue...
Região do Baixo São Francisco 
Feliz Deserto 
Igreja Nova 
Olho D’Água Grande 
Penedo 
Piaçabuçú 
Porto Real do Colégio 
S...
Região do Agreste 
Arapiraca 
Batalha 
Belo Monte 
Campo Grande 
Coité do Nóia 
Craíbas 
Feira Grande 
Girau do Ponciano 
...
Região do Planalto da Borborema 
Belém 
Cacimbinhas 
Chã Preta 
Estrela de Alagoas 
Igaci 
Major Isidoro 
Mar Vermelho 
Ma...
Região Serrana dos Quilombos 
Atalaia 
Branquinha 
Cajueiro 
Capela 
Flexeiras 
Ibateguara 
Murici 
Santana do Mundaú 
São...
Região Norte 
Campestre 
Colônia Leopoldina 
Jacuípe 
Japaratinga 
Jundiá 
Maragogi 
Matriz de Camaragibe 
Novo Lino 
Pass...
Região do Médio Sertão 
Carneiros 
Dois Riachos 
Jacaré dos Homens 
Maravilha 
Monteirópolis 
Olho D’Água das Flores 
Oliv...
Região do Alto Sertão 
Água Branca 
Canapi 
Delmiro Gouveia 
Inhapi 
Mata Grande 
Olho D’Água do Casado 
Pariconha 
Piranh...
Decreto Nº 33.446 de 23 de Maio de 2014, 
Publicado no Diário Oficial do Estado em 26 de Maio de 2014.
As Regiões de Planejamento
Grato! 
Márcio de Mendonça Melânia 
Diretor de Planejamento e Políticas Públicas 
Superintendência de Planejamento e Polít...
Regionalização para o Planejamento do Estado de Alagoas
Regionalização para o Planejamento do Estado de Alagoas
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Regionalização para o Planejamento do Estado de Alagoas

598 visualizações

Publicada em

Demonstração do resultado de trabalho realizado em parceria com o IBAM, do recorte espacial, útil e racional para a organização político-territorial do planejamento do Estado, com vistas à integração da gestão e das políticas públicas estaduais, para o aperfeiçoamento do processo de planejamento; o fomento à elaboração de políticas públicas; o apoio à formação de redes de cooperação intergovernamental; e o aumento da eficácia, da eficiência e da equidade na distribuição espacial de alocação dos recursos.

Publicada em: Governo e ONGs
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
598
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Regionalização para o Planejamento do Estado de Alagoas

  1. 1. REGIONALIZAÇÃO PARA O PLANEJAMENTO DO ESTADO DE ALAGOAS
  2. 2. Objetivo Estabelecer por meio de parâmetros e variáveis um recorte espacial útil e racional para a organização político-territorial do planejamento do Estado, com vistas à integração da gestão e das políticas públicas estaduais, visando: a) O aperfeiçoamento do processo de planejamento; b) O fomento à elaboração de políticas públicas; c) O apoio à formação de redes de cooperação intergovernamental; d) O aumento da eficácia, da eficiência e da equidade na distribuição espacial de alocação dos recursos.
  3. 3. O Modelo • Unidades de Paisagem / Impressões e dados levantados nas atividades de campo; • Delimitação de localidades centrais / Polos – Modelo estatístico (Índice de terciarização corrigido pela leitura das potencialidades do Estado); • Agrupamento de municípios a partir do potencial de atração econômica dos polos/distância rodoviárias; • Análise de indicadores/variáveis (Dinâmica demográfica, atividades econômicas, produção agropecuária, estrutura fundiária, indicadores sociais); • Processo de validação.
  4. 4. O Modelo É o resultado de dois movimentos metodológicos: 1) Polarização Buscou-se reunir e realizar análise que indicassem uma série de municípios-pólo, levando em consideração sua importância socioeconômica efetiva ou potencial, bem como sua localização no território, em um número compatível com a necessidade de definição de regiões de planejamento do Estado de Alagoas. Foram reunidos subsídios e análises que elegeram uma série de municípios-polo, considerando: a) Importância socioeconômica efetiva ou potencial b) Localização no território Ferramenta orientadora: Índice de Terciarização IT = VA PIB SERVIÇOS PIB TOTAL
  5. 5. POLARIZAÇÃO – (IT*)
  6. 6. POLARIZAÇÃO – (IT*)
  7. 7. 2) Regionalização Depois de escolhidos cada município-polo a) Determinou-se suas regiões de influência b) Indicou-se os municípios que a comporiam Ferramenta orientadora: Índice Potencial de Interação Econômica IMPORTANTE: Questão de escalas (opções metodológicas) e Região Metropolitana de Maceió
  8. 8. As Regiões de Planejamento
  9. 9. Região Metropolitana Barra de Santo Antônio Barra de São Miguel Coqueiro Seco Maceió Marechal Deodoro Messias Paripueira Pilar Rio Largo Santa Luzia do Norte Satuba
  10. 10. Região dos Tabuleiros do Sul Anadia Boca da Mata Campo Alegre Coruripe Jequiá da Praia Junqueiro Roteiro São Miguel dos Campos Teotônio Vilela
  11. 11. Região do Baixo São Francisco Feliz Deserto Igreja Nova Olho D’Água Grande Penedo Piaçabuçú Porto Real do Colégio São Brás
  12. 12. Região do Agreste Arapiraca Batalha Belo Monte Campo Grande Coité do Nóia Craíbas Feira Grande Girau do Ponciano Jaramataia Lagoa da Canoa Limoeiro de Anadia São Sebastião Taquarana Traipú
  13. 13. Região do Planalto da Borborema Belém Cacimbinhas Chã Preta Estrela de Alagoas Igaci Major Isidoro Mar Vermelho Maribondo Minador do Negrão Palmeira dos Índios Paulo Jacinto Pindoba Quebrangulo Tanque D’Arca Viçosa
  14. 14. Região Serrana dos Quilombos Atalaia Branquinha Cajueiro Capela Flexeiras Ibateguara Murici Santana do Mundaú São José da Lage União dos Palmares
  15. 15. Região Norte Campestre Colônia Leopoldina Jacuípe Japaratinga Jundiá Maragogi Matriz de Camaragibe Novo Lino Passo de Camaragibe Porto Calvo Porto de Pedras São Luís do Quitunde São Miguel dos Milagres
  16. 16. Região do Médio Sertão Carneiros Dois Riachos Jacaré dos Homens Maravilha Monteirópolis Olho D’Água das Flores Olivença Ouro Branco Palestina Pão de Açúcar Poço das Trincheiras Santana do Ipanema São José da Tapera Senador Rui Palmeira
  17. 17. Região do Alto Sertão Água Branca Canapi Delmiro Gouveia Inhapi Mata Grande Olho D’Água do Casado Pariconha Piranhas
  18. 18. Decreto Nº 33.446 de 23 de Maio de 2014, Publicado no Diário Oficial do Estado em 26 de Maio de 2014.
  19. 19. As Regiões de Planejamento
  20. 20. Grato! Márcio de Mendonça Melânia Diretor de Planejamento e Políticas Públicas Superintendência de Planejamento e Políticas Públicas – SUPLAN 3315-1501 / 1570 marcio.melania@seplande.al.gov.br marcio.melania.seplan@gmail.com

×