D. Inês & D. Pedro
<ul><li>D.Inês de Castro nasceu na Galiza no ano de 1320 ou 1325. Era uma nobre galega, uma grande paixão de D.Pedro I de ...
<ul><ul><ul><li>Em 1339, teve lugar o casamento do príncipe Pedro, herdeiro do trono português com Constança Manuel  filha...
<ul><li>O rei D. Afonso IV não aprovava esta relação, não só por motivos de diplomacia com João Manuel de Castela, mas tam...
<ul><li>Sentindo-se ameaçados pelos irmãos Castro, os fidalgos da corte portuguesa pressionavam o rei D. Afonso IV para af...
<ul><li>No entanto, a distância não teria apagado o amor entre Pedro e Inês.Depois de alguns anos no norte de Portugal, Pe...
<ul><li>A 7 de Janeiro de 1355, o rei cedeu às pressões dos seus conselheiros e do povo , aproveitando a ausência de Pedro...
<ul><li>A morte de Inês provocou a revolta de D. Pedro contra D. Afonso IV. Após meses de conflito, a rainha D. Beatriz ,c...
 
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Power Point

949 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
949
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Power Point

  1. 1. D. Inês & D. Pedro
  2. 2. <ul><li>D.Inês de Castro nasceu na Galiza no ano de 1320 ou 1325. Era uma nobre galega, uma grande paixão de D.Pedro I de Portugal, de quem teve quatro filhos. </li></ul><ul><li>Inês de Castro era filha natural de Pedro Fernandes de Castro, mordomo-mor do rei Afonso XI de Castela, e de uma dama portuguesa. </li></ul>
  3. 3. <ul><ul><ul><li>Em 1339, teve lugar o casamento do príncipe Pedro, herdeiro do trono português com Constança Manuel filha de João Manuel de Castela. Mas seria uma das aias de Constança, D. Inês de Castro, por quem D. Pedro viria a apaixonar-se. Este romance começou a ser comentado, mal aceite na corte e pelo próprio povo. </li></ul></ul></ul>
  4. 4. <ul><li>O rei D. Afonso IV não aprovava esta relação, não só por motivos de diplomacia com João Manuel de Castela, mas também devido à amizade íntima de D. Pedro com os irmãos de D. Inês. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Sentindo-se ameaçados pelos irmãos Castro, os fidalgos da corte portuguesa pressionavam o rei D. Afonso IV para afastar esta influência do seu herdeiro. Assim,em 1344 o rei mandou exilar Inês no castelo de Albuquerque, na fronteira castelhana. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>No entanto, a distância não teria apagado o amor entre Pedro e Inês.Depois de alguns anos no norte de Portugal, Pedro e Inês tinham regressado a Coimbra e se instalado no Paço de Santa Clara. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>A 7 de Janeiro de 1355, o rei cedeu às pressões dos seus conselheiros e do povo , aproveitando a ausência de Pedro numa excursão de caça, enviou Pêro Coelho, e mais alguns homens matar D. Inês. Algumas algas avermelhadas que existem Na Fonte das Lágrimas são segundo a lenda ,o sangue derramado de Dona Inês </li></ul>
  8. 8. <ul><li>A morte de Inês provocou a revolta de D. Pedro contra D. Afonso IV. Após meses de conflito, a rainha D. Beatriz ,conseguiu intervir para selar paz em Agosto de 1355. </li></ul>

×