Filosofia no Jardim
de Infância?
Porquê ?
Ana Dominguez
Educadora de Infância
Surgiram respostas como:

O cérebro é que nos diz o que nós dizemos” (Bernardo)

“Os pensamentos entram-nos pela cabeça, n...
A aula de Filosofia já começou ou não?
(Metade da turma acha que sim a outra que não)
“Falámos da ciência do pensamento, do...
#sala5 Hoje tivemos aula de filosofia (Marta,5 anos)
#sala5 Filosofia rima com Sofia (Tomás,5 anos)
#sala5 A aula de Filosofia ...
#sala5 Filosofia é o que estuda as coisas do universo, aprendi isto
com a minha mãe e com a joana
(Pedro,5 anos)
#sala5 Fil...
Afinal a Filosofia não é um Bicho de Sete cabeças!
Crianças de 5 anos gostaram e
pediram mais, porque perceberam
que não basta uma aula.
A curiosidade deles é muita e o
desejo de aprender é enorme.
Afinal a Filosofia é gira e
“faz o nosso cérebro pensar”
Chapéu Azul
Tem como principal característica o facto de permitir o
pensamento sobre o pensamento.
É o maestro da orquestr...
Chapéu Branco
Apresenta um papel neutro, não sendo utilizado para gerar
ideias, mas sim para relatar e enquadrar ideias qu...
Chapéu Vermelho
Baseia-se nos sentimentos e das emoções das
pessoas.
Permite que cada um expresse aquilo que sente,
aquilo...
Chapéu Amarelo
É o chapéu do optimismo e permite ao pensador encontrar
deliberadamente os benefícios e as vantagens de uma...
Chapéu Preto
Relaciona-se com a noção da cautela e da sobrevivência
individual (ou de uma empresa, por exemplo).
Procura a...
Chapéu Verde
Este chapéu encontra-se associado à criatividade, à inovação, a
novas ideias.
O utilizador do chapéu é convid...
Na cabeça é que moram: pensamentos.
Inventamos códigos (JS)
Um código é para as coisas abrirem (Tó,5 anos)
Código de barras, quando vamos às lojas vemos
(Afonso,5 anos)
Os sinais de trânsito fazem parte de um código.
Quando está ...
“Eduardo”, inventou uns sinais para percebermos o que
as pessoas estão a pensar, são os “sinais do
pensamento”.
Os pensame...
Temos 6 cores e 6 maneiras de
pensar.
Quem está a pensar com o Chapéu Azul é alguém que organiza
a aula e prepara o material.
Ex. de manhã levantar,vestir,comer...
Hoje é dia de fazermos postais para o Dia do pai, o trabalho da
Páscoa.
Temos que organizar os materiais para não nos falt...
E se eu quiser saber quem são os ajudantes do dia? (JS)
Quando perguntamos coisas, é um pensamento que tem a
Cor Branca.
Fazer perguntas é com o Chapéu
O Chapéu

Branco

Branco, é quando vou procurar aquilo que não sei.
O Chapéu Amarelo é uma coisa boa, e de que gostamos
mais.
“Nós gostamos muito de jogar futebol, ou ver desenhos
animados.E...
O Chapéu Preto diz coisas más e avisa-nos do Perigo
Eu detesto bacalhau cozido (Bia,5 anos)
Não gostamos que as mães se za...
O Chapéu Vermelho é o dos sentimentos (Gabriel,6 anos)
Contente, assustado, com medo.
Tem a ver com o gostar e não gostar....
o Chapéu Verde tem a ver com a criatividade.
Fazer um desenho.
Inventar uma história para o concurso das histórias.
Fazer ...
Poque é que ensinar Filosofia com os 6
Chapéus do pensamento é tão importante?
Porque ajuda a pensar, a estruturar o pensam...
Foi útil não só com esta turma, como acho que vai ser
com as minhas turmas seguintes.
Termino com um pequeno excerto da festa final, que resume
o que aprendemos ao longo desse ano e que certamente lhes
vai ser...
Obrigada pela vossa atenção
Filosofia no Jardim de Infância? Porquê?
Filosofia no Jardim de Infância? Porquê?
Filosofia no Jardim de Infância? Porquê?
Filosofia no Jardim de Infância? Porquê?
Filosofia no Jardim de Infância? Porquê?
Filosofia no Jardim de Infância? Porquê?
Filosofia no Jardim de Infância? Porquê?
Filosofia no Jardim de Infância? Porquê?
Filosofia no Jardim de Infância? Porquê?
Filosofia no Jardim de Infância? Porquê?
Filosofia no Jardim de Infância? Porquê?
Filosofia no Jardim de Infância? Porquê?
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Filosofia no Jardim de Infância? Porquê?

916 visualizações

Publicada em

Apresentação feita no Segundo Encontro de Filosofia Para Crianças e Criatividade "Sentir Pensamentos/Pensar Sentidos", na Universidade Católica Portuguesa em Comemoração do Dia Mundial da Filosofia.

Saiba mais no meu blogue: http://www.anadominguez.org/blog/2013/11/24/ii-encontro-de-filosofia-para-criancas-e-criatividade-sentir-pensamentospensar-sentidos/

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
916
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
42
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
21
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Filosofia no Jardim de Infância? Porquê?

  1. 1. Filosofia no Jardim de Infância? Porquê ? Ana Dominguez Educadora de Infância
  2. 2. Surgiram respostas como: O cérebro é que nos diz o que nós dizemos” (Bernardo) “Os pensamentos entram-nos pela cabeça, no cérebro” (Manel) “O cérebro é que nos diz o que nós vamos dizer. O cérebro ajuda-nos a pensar” (Bernardo)
  3. 3. A aula de Filosofia já começou ou não? (Metade da turma acha que sim a outra que não) “Falámos da ciência do pensamento, do cérebro, da lua  e do sol e de gostar de saber coisas, de um senhor que pensa que nós nascemos e morremos) (Bernardo) “Saber fazer coisas é diferente de saber” (Gabriel) “Para falar temos que pensar,pelo menos três vezes) (joana Alves)
  4. 4. #sala5 Hoje tivemos aula de filosofia (Marta,5 anos) #sala5 Filosofia rima com Sofia (Tomás,5 anos) #sala5 A aula de Filosofia é gostar de as saber coisas (Anamar,4 anos) #sala5 O meu cérebro começa a pensar depois desta aula (Pedro,5 anos)
  5. 5. #sala5 Filosofia é o que estuda as coisas do universo, aprendi isto com a minha mãe e com a joana (Pedro,5 anos) #sala5 Filosofia é gostar de saber coisas (Tomás,5 anos) #sala5 Foi muito gira a aula e gostávamos que a Joana cá voltasse (Tó, 5 anos)
  6. 6. Afinal a Filosofia não é um Bicho de Sete cabeças!
  7. 7. Crianças de 5 anos gostaram e pediram mais, porque perceberam que não basta uma aula.
  8. 8. A curiosidade deles é muita e o desejo de aprender é enorme.
  9. 9. Afinal a Filosofia é gira e “faz o nosso cérebro pensar”
  10. 10. Chapéu Azul Tem como principal característica o facto de permitir o pensamento sobre o pensamento. É o maestro da orquestra, que estrutura o curso do processo de pensamento. Define os objectivos do que se quer alcançar. Apresenta uma visão distanciada do problema, tentando analisar todos os seus detalhes, de forma a assegurar um controlo do seu processo de decisão.
  11. 11. Chapéu Branco Apresenta um papel neutro, não sendo utilizado para gerar ideias, mas sim para relatar e enquadrar ideias que estão a ser sugeridas e usadas. Procura a informação. Baseia-se em dados e factos objectivos. Determina a veracidade e a importância da informação.
  12. 12. Chapéu Vermelho Baseia-se nos sentimentos e das emoções das pessoas. Permite que cada um expresse aquilo que sente, aquilo com o qual se emociona ou aquilo em que consiste a sua intuição do momento, sem que tenha de se justificar por isso.
  13. 13. Chapéu Amarelo É o chapéu do optimismo e permite ao pensador encontrar deliberadamente os benefícios e as vantagens de uma dada situação, conquistando uma visão positiva da realidade, bem como um pensamento construtivo sobre as coisas. É o chapéu especulativo-positivo.
  14. 14. Chapéu Preto Relaciona-se com a noção da cautela e da sobrevivência individual (ou de uma empresa, por exemplo). Procura analisar todos os possíveis erros, riscos inerentes, obstáculos, conclusões, percebendo a lógica associada e a sua validade. É o chapéu lógico negativo, que se traduz num ponto de vista céptico.
  15. 15. Chapéu Verde Este chapéu encontra-se associado à criatividade, à inovação, a novas ideias. O utilizador do chapéu é convidado a experimentar uma perspectiva de constante evolução, apresentando uma multiplicidade de opções e alternativas. Permite desenvolver novas ideias, buscar alternativas e outras possibilidades não exploradas
  16. 16. Na cabeça é que moram: pensamentos. Inventamos códigos (JS) Um código é para as coisas abrirem (Tó,5 anos)
  17. 17. Código de barras, quando vamos às lojas vemos (Afonso,5 anos) Os sinais de trânsito fazem parte de um código. Quando está verde,amarelo ou encarnado, toda a gente sabe o que tem que fazer (Joana Sousa)
  18. 18. “Eduardo”, inventou uns sinais para percebermos o que as pessoas estão a pensar, são os “sinais do pensamento”. Os pensamentos estão na cabeça, então ele arranjou Chapéus.
  19. 19. Temos 6 cores e 6 maneiras de pensar.
  20. 20. Quem está a pensar com o Chapéu Azul é alguém que organiza a aula e prepara o material. Ex. de manhã levantar,vestir,comer,levar os livros,etc. Cada um de nós logo de manhã tem que pensar, para saber o que tem que fazer antes de saír. Aqui na escola quem é que usa o Chapéu Azul? (JS) -É a Ana
  21. 21. Hoje é dia de fazermos postais para o Dia do pai, o trabalho da Páscoa. Temos que organizar os materiais para não nos faltar nada. Chapéu Azul é o de organizar.
  22. 22. E se eu quiser saber quem são os ajudantes do dia? (JS) Quando perguntamos coisas, é um pensamento que tem a Cor Branca.
  23. 23. Fazer perguntas é com o Chapéu O Chapéu Branco Branco, é quando vou procurar aquilo que não sei.
  24. 24. O Chapéu Amarelo é uma coisa boa, e de que gostamos mais. “Nós gostamos muito de jogar futebol, ou ver desenhos animados.Eu gosto de receber prendas. (Gabriel,5 anos)
  25. 25. O Chapéu Preto diz coisas más e avisa-nos do Perigo Eu detesto bacalhau cozido (Bia,5 anos) Não gostamos que as mães se zanguem connosco (Miguel,5 anos)
  26. 26. O Chapéu Vermelho é o dos sentimentos (Gabriel,6 anos) Contente, assustado, com medo. Tem a ver com o gostar e não gostar. Dizemos aquilo que estamos a sentir. Ir à Eurodisney foi uma coisa que gostei muito (Tó,5 anos)
  27. 27. o Chapéu Verde tem a ver com a criatividade. Fazer um desenho. Inventar uma história para o concurso das histórias. Fazer uma bola de futebol com objetos (Papel,fita cola e um gorro). Fazer uma poção mágica. (Manel e Bernardo,5 anos)
  28. 28. Poque é que ensinar Filosofia com os 6 Chapéus do pensamento é tão importante? Porque ajuda a pensar, a estruturar o pensamento, a partilhar, a perguntar, a saber ouvir, a pedir ajuda para aquilo que não se sabe, mas alguém pode saber e ensinar.
  29. 29. Foi útil não só com esta turma, como acho que vai ser com as minhas turmas seguintes.
  30. 30. Termino com um pequeno excerto da festa final, que resume o que aprendemos ao longo desse ano e que certamente lhes vai ser útil no futuro. Cada um tem cabeça para pensar!
  31. 31. Obrigada pela vossa atenção

×