SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 1
Crianças a filosofar
                   Estimular a curiosidade através do diálogo — assim os
                   miúdos aprendem a pensar. Texto de Rita Pimenta




                   O
                                       deslumbra-         resumidamente, um dos métodos       Há que devolver         ilustrações de Jacques Després),
                                       mento infantil     actuais de praticar filosofia com     as perguntas para       na Ler Devagar, em Lisboa.
                                       com a desco-       as crianças. Ouvi-las, sim, mas     ajudá-los a exercitar      Luísa Abreu, professora
                                       berta do mundo     também pô-las a falar. E, se for    o pensamento            de Filosofia e uma das
                                       pode ser irre-     preciso, orientá-las num certo                              coordenadoras da Diálogos que
                                       mediavelmente      rumo.                                                       organizaram o “workshop”,
Xis Aprendizagem




                   travado pelo desinteresse do              Levar as pessoas (miúdos ou                              explicou à Pública as diferenças
                   adulto, seja por falta de disponibi-   não) a “pensar o impensável”                                entre a metodologia deste
                   lidade ou “apenas” de paciência.       é um dos lemas do professor                                 consultor filosófico e a do pioneiro
                   Respostas como “sim, sim, é            de Filosofia para Crianças                                   Mathew Lipman, “filósofo
                   muito giro, mas agora não posso”,      Oscar Brenifier, que esteve em                               americano contemporâneo, que
                   “lá estás tu com as tuas pergun-       Portugal para um “workshop”                                 em 1969 iniciou o seu trabalho
                   tas”, “não percebo nada disso”         de filosofia prática (vertente de                             com crianças, tendo criado o
                   inibem o exercício de reflexão da       aconselhamento filosófico), a                                 programa, hoje conhecido e
                   criança e a vontade de partilhar       convite do centro Diálogos —                                praticado em todo o mundo,
                   ideias com os outros.                  Filosofia com Crianças e... Outras                           Filosofia para Crianças”.
                      Há, portanto, que escutar os        Idades. Presença aproveitada pela                              Lipman concentra-se na
                   miúdos com atenção, devolver-          Edicare para o lançamento da sua                            leitura de um texto narrativo
                   lhes as perguntas e ajudá-los a        última obra, “O Livro dos Grandes                           em forma de diálogo a partir do
                   exercitar o pensamento. Eis,           Opostos Filosóficos” (com                                    qual lança um debate aberto a




                   70 • 8 Junho 2008 • Pública

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Luca funchal - madeira - nov 2010
Luca   funchal - madeira - nov 2010Luca   funchal - madeira - nov 2010
Luca funchal - madeira - nov 2010
Luca Rischbieter
 
Política e educação paulo freire
Política e educação paulo freirePolítica e educação paulo freire
Política e educação paulo freire
Andréia De Bernardi
 
Slides seminário grupo b
Slides seminário grupo bSlides seminário grupo b
Slides seminário grupo b
escola
 
A religação dos saberes edgar morin
A religação dos saberes   edgar morinA religação dos saberes   edgar morin
A religação dos saberes edgar morin
Marta Caregnato
 
Saberes e Pilares da Educação
Saberes e Pilares da EducaçãoSaberes e Pilares da Educação
Saberes e Pilares da Educação
isgrupob
 
Livros e Infância
Livros e InfânciaLivros e Infância
Livros e Infância
educadores
 
3. Morin. Edgar. Sete Saberes NecessáRios. Paulo Deloroso
3. Morin. Edgar. Sete Saberes NecessáRios. Paulo Deloroso3. Morin. Edgar. Sete Saberes NecessáRios. Paulo Deloroso
3. Morin. Edgar. Sete Saberes NecessáRios. Paulo Deloroso
Andrea Cortelazzi
 
Paulo freire para iniciantes
Paulo freire para iniciantesPaulo freire para iniciantes
Paulo freire para iniciantes
Ana Jorge
 
Os Sete Saberes necessários à Educação do Futuro - Edgar Morin
Os Sete Saberes necessários à Educação do Futuro - Edgar MorinOs Sete Saberes necessários à Educação do Futuro - Edgar Morin
Os Sete Saberes necessários à Educação do Futuro - Edgar Morin
crisdefensor
 

Mais procurados (20)

Luca funchal - madeira - nov 2010
Luca   funchal - madeira - nov 2010Luca   funchal - madeira - nov 2010
Luca funchal - madeira - nov 2010
 
Edgar Morin - Os sete saberes necessários à educação do futuro
Edgar Morin - Os sete saberes necessários à educação do futuroEdgar Morin - Os sete saberes necessários à educação do futuro
Edgar Morin - Os sete saberes necessários à educação do futuro
 
Método Paulo Freire com Imagens
Método Paulo Freire com ImagensMétodo Paulo Freire com Imagens
Método Paulo Freire com Imagens
 
Política e educação paulo freire
Política e educação paulo freirePolítica e educação paulo freire
Política e educação paulo freire
 
Edgar Morin - Os 7 saberes necessários à Educação do Futuro
Edgar Morin - Os 7 saberes necessários à Educação do FuturoEdgar Morin - Os 7 saberes necessários à Educação do Futuro
Edgar Morin - Os 7 saberes necessários à Educação do Futuro
 
Paulo Freire
Paulo FreirePaulo Freire
Paulo Freire
 
Paulo freire
Paulo freire Paulo freire
Paulo freire
 
Slides seminário grupo b
Slides seminário grupo bSlides seminário grupo b
Slides seminário grupo b
 
A religação dos saberes edgar morin
A religação dos saberes   edgar morinA religação dos saberes   edgar morin
A religação dos saberes edgar morin
 
Paulo freire
Paulo freirePaulo freire
Paulo freire
 
Saberes e Pilares da Educação
Saberes e Pilares da EducaçãoSaberes e Pilares da Educação
Saberes e Pilares da Educação
 
Paulo freire educador por excelência
Paulo freire educador por excelênciaPaulo freire educador por excelência
Paulo freire educador por excelência
 
Livros e Infância
Livros e InfânciaLivros e Infância
Livros e Infância
 
Edgar Morin
Edgar MorinEdgar Morin
Edgar Morin
 
3. Morin. Edgar. Sete Saberes NecessáRios. Paulo Deloroso
3. Morin. Edgar. Sete Saberes NecessáRios. Paulo Deloroso3. Morin. Edgar. Sete Saberes NecessáRios. Paulo Deloroso
3. Morin. Edgar. Sete Saberes NecessáRios. Paulo Deloroso
 
Os pilares e saberes da educação
Os pilares e saberes da educaçãoOs pilares e saberes da educação
Os pilares e saberes da educação
 
Paulo freire para iniciantes
Paulo freire para iniciantesPaulo freire para iniciantes
Paulo freire para iniciantes
 
Os Sete Saberes necessários à Educação do Futuro - Edgar Morin
Os Sete Saberes necessários à Educação do Futuro - Edgar MorinOs Sete Saberes necessários à Educação do Futuro - Edgar Morin
Os Sete Saberes necessários à Educação do Futuro - Edgar Morin
 
4º encontro pnaic vânia 2015
4º encontro pnaic  vânia 20154º encontro pnaic  vânia 2015
4º encontro pnaic vânia 2015
 
Apresentação - Seminário
Apresentação - SeminárioApresentação - Seminário
Apresentação - Seminário
 

Semelhante a Filosofia para crianças 1

Filosofia para crianças 2
Filosofia para crianças 2Filosofia para crianças 2
Filosofia para crianças 2
mrvpimenta
 
De Emilio A Emilia A Trajetaria Da Alfabetizacao
De Emilio A Emilia A Trajetaria Da AlfabetizacaoDe Emilio A Emilia A Trajetaria Da Alfabetizacao
De Emilio A Emilia A Trajetaria Da Alfabetizacao
Eliane Almeida
 
Congresso de blumanau
Congresso de blumanauCongresso de blumanau
Congresso de blumanau
ffkuster
 
Congresso de blumanau
Congresso de blumanauCongresso de blumanau
Congresso de blumanau
ffkuster
 
Congresso de Blumenau
Congresso de BlumenauCongresso de Blumenau
Congresso de Blumenau
ffkuster
 
Diario de bordo sociologia
Diario de bordo sociologiaDiario de bordo sociologia
Diario de bordo sociologia
nethleide
 
Asorigensdafilosofia 110322080951-phpapp02
Asorigensdafilosofia 110322080951-phpapp02Asorigensdafilosofia 110322080951-phpapp02
Asorigensdafilosofia 110322080951-phpapp02
Deia1975
 
As origens da filosofia
As origens da filosofiaAs origens da filosofia
As origens da filosofia
greghouse48
 

Semelhante a Filosofia para crianças 1 (20)

Filosofia para crianças 2
Filosofia para crianças 2Filosofia para crianças 2
Filosofia para crianças 2
 
Filósofos
FilósofosFilósofos
Filósofos
 
Wa1
Wa1Wa1
Wa1
 
De Emilio A Emilia A Trajetaria Da Alfabetizacao
De Emilio A Emilia A Trajetaria Da AlfabetizacaoDe Emilio A Emilia A Trajetaria Da Alfabetizacao
De Emilio A Emilia A Trajetaria Da Alfabetizacao
 
Paulo freire
Paulo freirePaulo freire
Paulo freire
 
Congresso de blumanau
Congresso de blumanauCongresso de blumanau
Congresso de blumanau
 
Congresso de blumanau
Congresso de blumanauCongresso de blumanau
Congresso de blumanau
 
Congresso de Blumenau
Congresso de BlumenauCongresso de Blumenau
Congresso de Blumenau
 
Diario de bordo sociologia
Diario de bordo sociologiaDiario de bordo sociologia
Diario de bordo sociologia
 
Asorigensdafilosofia 110322080951-phpapp02
Asorigensdafilosofia 110322080951-phpapp02Asorigensdafilosofia 110322080951-phpapp02
Asorigensdafilosofia 110322080951-phpapp02
 
As origens da filosofia
As origens da filosofiaAs origens da filosofia
As origens da filosofia
 
Apostila sobrepedagogia
Apostila sobrepedagogiaApostila sobrepedagogia
Apostila sobrepedagogia
 
Pedagogia espirita
Pedagogia espiritaPedagogia espirita
Pedagogia espirita
 
PRÉ-ESCOLA TERAPÊUTICA LUGAR DE VIDA.pptx
PRÉ-ESCOLA TERAPÊUTICA LUGAR DE VIDA.pptxPRÉ-ESCOLA TERAPÊUTICA LUGAR DE VIDA.pptx
PRÉ-ESCOLA TERAPÊUTICA LUGAR DE VIDA.pptx
 
Mapa mental
Mapa mental Mapa mental
Mapa mental
 
A pedagogia de Paulo Freire - Parte 2
A pedagogia de Paulo Freire - Parte 2A pedagogia de Paulo Freire - Parte 2
A pedagogia de Paulo Freire - Parte 2
 
Cosmogênese_Parte_1_Contextualização_de_“A_Doutrina_Secreta”_para.pptx
Cosmogênese_Parte_1_Contextualização_de_“A_Doutrina_Secreta”_para.pptxCosmogênese_Parte_1_Contextualização_de_“A_Doutrina_Secreta”_para.pptx
Cosmogênese_Parte_1_Contextualização_de_“A_Doutrina_Secreta”_para.pptx
 
Como trabalhar literatura infantil
Como trabalhar literatura infantilComo trabalhar literatura infantil
Como trabalhar literatura infantil
 
Stephen kanitz
Stephen kanitzStephen kanitz
Stephen kanitz
 
HQ e Humor Gráfico na Sala de Aula
HQ e Humor Gráfico na Sala de AulaHQ e Humor Gráfico na Sala de Aula
HQ e Humor Gráfico na Sala de Aula
 

Mais de mrvpimenta

Mais de mrvpimenta (20)

Alice pdf
Alice pdfAlice pdf
Alice pdf
 
Crianças 19 maio pjl47
Crianças   19 maio  pjl47Crianças   19 maio  pjl47
Crianças 19 maio pjl47
 
Cultura 3435 03 23-12 p1 s lc01-bolonha
Cultura 3435 03 23-12 p1 s lc01-bolonhaCultura 3435 03 23-12 p1 s lc01-bolonha
Cultura 3435 03 23-12 p1 s lc01-bolonha
 
Pág. crianças 4 fev.
Pág. crianças 4 fev.Pág. crianças 4 fev.
Pág. crianças 4 fev.
 
Pág. miúdos gatafunho 220112
Pág. miúdos gatafunho 220112Pág. miúdos gatafunho 220112
Pág. miúdos gatafunho 220112
 
Pág.crianças28 01-12
Pág.crianças28 01-12Pág.crianças28 01-12
Pág.crianças28 01-12
 
Pág.crianças21 janeiro
Pág.crianças21 janeiroPág.crianças21 janeiro
Pág.crianças21 janeiro
 
Pág,crianças14 janeiro2012
Pág,crianças14 janeiro2012Pág,crianças14 janeiro2012
Pág,crianças14 janeiro2012
 
Cultura folio ilustrarte120112
Cultura folio ilustrarte120112Cultura folio ilustrarte120112
Cultura folio ilustrarte120112
 
Miúdos ilustrarte 080112
Miúdos ilustrarte 080112Miúdos ilustrarte 080112
Miúdos ilustrarte 080112
 
Pág.crianças17 dezembro de 2011
Pág.crianças17 dezembro de 2011Pág.crianças17 dezembro de 2011
Pág.crianças17 dezembro de 2011
 
Pág. crianças 10 dezembro
Pág. crianças 10 dezembroPág. crianças 10 dezembro
Pág. crianças 10 dezembro
 
Pág. crianças 3 dezembro2011
Pág. crianças 3 dezembro2011Pág. crianças 3 dezembro2011
Pág. crianças 3 dezembro2011
 
Pág.crianças 19 nov
Pág.crianças 19 novPág.crianças 19 nov
Pág.crianças 19 nov
 
Miudos - adolescentes e livros 061111
Miudos - adolescentes e livros 061111Miudos - adolescentes e livros 061111
Miudos - adolescentes e livros 061111
 
Pág.crianças12 novembro
Pág.crianças12 novembroPág.crianças12 novembro
Pág.crianças12 novembro
 
Pág.crianças 5 novembro2011
Pág.crianças 5 novembro2011Pág.crianças 5 novembro2011
Pág.crianças 5 novembro2011
 
Pág. crianças 29 outubro
Pág. crianças 29 outubroPág. crianças 29 outubro
Pág. crianças 29 outubro
 
Pág.crianças 22 10-11
Pág.crianças 22 10-11Pág.crianças 22 10-11
Pág.crianças 22 10-11
 
Pública zoom Conservas portuguesas 161011
Pública zoom Conservas portuguesas 161011Pública zoom Conservas portuguesas 161011
Pública zoom Conservas portuguesas 161011
 

Último

ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
azulassessoria9
 

Último (20)

Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
Teatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundarioTeatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundario
 
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da provaESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
Questões sobre o Mito da Caverna de Platão
Questões sobre o Mito da Caverna de PlatãoQuestões sobre o Mito da Caverna de Platão
Questões sobre o Mito da Caverna de Platão
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
 
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 

Filosofia para crianças 1

  • 1. Crianças a filosofar Estimular a curiosidade através do diálogo — assim os miúdos aprendem a pensar. Texto de Rita Pimenta O deslumbra- resumidamente, um dos métodos Há que devolver ilustrações de Jacques Després), mento infantil actuais de praticar filosofia com as perguntas para na Ler Devagar, em Lisboa. com a desco- as crianças. Ouvi-las, sim, mas ajudá-los a exercitar Luísa Abreu, professora berta do mundo também pô-las a falar. E, se for o pensamento de Filosofia e uma das pode ser irre- preciso, orientá-las num certo coordenadoras da Diálogos que mediavelmente rumo. organizaram o “workshop”, Xis Aprendizagem travado pelo desinteresse do Levar as pessoas (miúdos ou explicou à Pública as diferenças adulto, seja por falta de disponibi- não) a “pensar o impensável” entre a metodologia deste lidade ou “apenas” de paciência. é um dos lemas do professor consultor filosófico e a do pioneiro Respostas como “sim, sim, é de Filosofia para Crianças Mathew Lipman, “filósofo muito giro, mas agora não posso”, Oscar Brenifier, que esteve em americano contemporâneo, que “lá estás tu com as tuas pergun- Portugal para um “workshop” em 1969 iniciou o seu trabalho tas”, “não percebo nada disso” de filosofia prática (vertente de com crianças, tendo criado o inibem o exercício de reflexão da aconselhamento filosófico), a programa, hoje conhecido e criança e a vontade de partilhar convite do centro Diálogos — praticado em todo o mundo, ideias com os outros. Filosofia com Crianças e... Outras Filosofia para Crianças”. Há, portanto, que escutar os Idades. Presença aproveitada pela Lipman concentra-se na miúdos com atenção, devolver- Edicare para o lançamento da sua leitura de um texto narrativo lhes as perguntas e ajudá-los a última obra, “O Livro dos Grandes em forma de diálogo a partir do exercitar o pensamento. Eis, Opostos Filosóficos” (com qual lança um debate aberto a 70 • 8 Junho 2008 • Pública