XO na escola e fora dela:  Análise de Contexto e Prospecção de SoluçõesNied – UNICAMP & EMEF Emilio Miotti              8ª...
Objetivos1)   Discutir o levantamento encaminhado pelos     gestores da escola junto ao corpo docente     referente a métr...
Agenda10:00 – 10:10 (10’): Agenda de atividades e video10:10 – 10:40 (30’): Resultados da Oficina 710:40 – 11:40 (1h): ...
Histórico das Oficinas Anteriores Oficina 1       Definição das partes interessadas e a clarificação de problemas  Junho 2...
Histórico das Oficinas Anteriores Oficina 4       Trabalho de formação dos professores da escola para trabalhar Novembro 2...
Participaram da 7ª. Oficina                          Alunos da Escola          1                          Professores     ...
Os sub-projetosSAM, CADERNETA DEANOTAÇÕES, RPG, GEO-ATIVIDADE              7
SAM – ciclos I e II   21 de junho:       8 turmas dos ciclos I e II       174 alunos                                   ...
SAM – ciclos I e II                                        Médias resultantes:    9   8   7   6   5   4   3   2   1       ...
SAM na Oficina   20 de junho:       36 respostas                       Médias resultantes:                              ...
Caderneta de Recados no XO Entendimento da  proposta Captura dos  layouts de  comunicação que  fazem sentido ao  usuário...
Caderneta de Recados no XO (...)Prezada professora,                     Prezada professora,Amanhã minha filha não irá à au...
Caderneta de Recados no XO (...)                   Prezados Pais,                   Dia 25/04 faremos uma atividade       ...
Mestre                  1                                                            2                                    ...
Philippe Rieffel                                       http://rieffel.fuse-board.de                                       ...
Oficina 7 (atividade com post its)   eu sei que um projeto está    dando certo quando....   eu sei que um aluno aprendeu...
Oficina 7 (atividade com post its)   eu sei que um projeto está dando certo    quando....                                ...
Oficina 7 (atividade com post its)   eu sei que um aluno aprendeu um    conteúdo quando....                              ...
Oficina 7 (atividade com post its)   eu sei que uma aula foi interessante    quando...                                   ...
Indicadores para Avaliação –proposta da Escola   1-     APRENDIZAGEM DOS CONTEÚDOS: perceber como e quanto a    utilizaçã...
A PARTIR DESSES INDICADORESQUE INSTRUMENTOS PODEMOS USARPARA DE FATO PODER AFIRMAR QUE OUSO DO X. O. ALTERA A QUALIDADE DA...
Propostas de Instrumentos   Realização de questionário para os alunos com    algumas questões mais objetivas que possam d...
Escolha 1 instrumento para cadaindicador (individual)Indicador          Instrumento (Questionário,                   Obser...
Recomendações para questionário   Não ultrapassar 2 páginas   Tipos de questões: aberta ou fechada   Ex. Questão aberta...
Recomendações para Observação   Observação direta (com anotações em roteiro    previamente elaborado)ou registro automáti...
Recomendações para Estudo   Iniciar com a pergunta:       (ex.) É possível construir o conceito de múltiplos com o      ...
Recomendações para Auto-avaliação “O sujeito toma em suas mãos o processo  de valorização de suas próprias condutas,  ide...
Prática para construção dosinstrumentos (em grupo) Escolher um dos 4 indicadores para  trabalho em grupo; Discutir em gr...
Alunos monitores Professoras Jocinara e Vanessa 68 alunos inscritos 19 participaram da 1ª. Reunião (05/09)             ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Oitava Oficina Semio-Participativa

269 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
269
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • (desenho de filmadora clicável: link para youtube com vídeo da oficina 5)
  • Oitava Oficina Semio-Participativa

    1. 1. XO na escola e fora dela: Análise de Contexto e Prospecção de SoluçõesNied – UNICAMP & EMEF Emilio Miotti 8ª. Oficina 19 de setembro de 2011
    2. 2. Objetivos1) Discutir o levantamento encaminhado pelos gestores da escola junto ao corpo docente referente a métricas e procedimentos para avaliação do projeto XO: b) indicadores/dimensões c) instrumentos. 2) Apresentação sobre alunos-monitores
    3. 3. Agenda10:00 – 10:10 (10’): Agenda de atividades e video10:10 – 10:40 (30’): Resultados da Oficina 710:40 – 11:40 (1h): “Indicadores e Instrumentos para Avaliação” (em grupo)11:40 - 12:00 (20’): Intervalo/ coffee break12:00 - 12:30 (30´): Síntese de Indicadores e Instrumentos12:30 – 13:00 (30’): Aluno Monitor13:00 – 13:30 (30’): Próximos passos e fechamento 3
    4. 4. Histórico das Oficinas Anteriores Oficina 1 Definição das partes interessadas e a clarificação de problemas Junho 2010 e soluções relacionadas ao projeto. Oficina 2 Construção preliminar de cenários de uso educacional do XO na Julho 2010 escola e fora dela. Discussão das propostas de distribuição dos laptops e de Oficina 3 logotipo do projeto apresentados pela escola e definição dos Setembro 2010 próximos passos do projeto. 4
    5. 5. Histórico das Oficinas Anteriores Oficina 4 Trabalho de formação dos professores da escola para trabalhar Novembro 2010 com os laptops contextualizados pela comunidade escolar. Oficina 5 Apresentação da escola e discussão sobre o uso inicial do XO na Dezembro 2010 escola. Definição dos próximos passos do projeto. Oficina 6 Síntese dos trabalhos da escola de dezembro 2010 a março 2011. Abril 2011 Apresentação de sub-projetos de pesquisa. Ideias iniciais para avaliação do Projeto, Práticas com subprojetos Oficina 7 (SAM na Oficina, Geo-atividade, RPG no XO e Caderno de Junho 2011 Recados do XO) 5
    6. 6. Participaram da 7ª. Oficina Alunos da Escola 1 Professores 22 Pesquisadores UNICAMP 11 Convidados 0 Parceiros SME 1 Pais e mães 0 Outros funcionários da escola 8 Participantes do Nied 1 Estagiário da Escola 1 45
    7. 7. Os sub-projetosSAM, CADERNETA DEANOTAÇÕES, RPG, GEO-ATIVIDADE 7
    8. 8. SAM – ciclos I e II 21 de junho:  8 turmas dos ciclos I e II  174 alunos 8
    9. 9. SAM – ciclos I e II Médias resultantes: 9 8 7 6 5 4 3 2 1 8,7 8,6 9 8 7 6 5 4 3 2 1 1 2 3 4 5 6 7 8 9 8,0 9
    10. 10. SAM na Oficina 20 de junho:  36 respostas Médias resultantes: 7,2 6,5 4,4 10
    11. 11. Caderneta de Recados no XO Entendimento da proposta Captura dos layouts de comunicação que fazem sentido ao usuário Data Hora Protótipos iniciais Confirmação Assunto Prezados Pais, Conforme combinado na reunião do dia 24/02 (terça-feira), haverá uma reunião individual com os pais para que nos conheçamos melhor e apresentemos nossa proposta de trabalho para 2011. Favor confirmar o horário: Dia: Quinta-feira 17/03 Horário: 07h00 Professora: Edileuza ( )sim, poderei comparecer 11 ( )não, não poderei comparecer porque: _______________
    12. 12. Caderneta de Recados no XO (...)Prezada professora, Prezada professora,Amanhã minha filha não irá à aula. Meu filho apresentou um pouco de febreMotivo: Consulta médica no período da nessa noite. Por favor, fique atenta e entremanhã. em contato caso ela apresente alguma recaída.Atenciosamente,Beltrana Grato, Ciclano 12
    13. 13. Caderneta de Recados no XO (...) Prezados Pais, Dia 25/04 faremos uma atividade extraclasse prevista em nosso projeto pedagógico (Ecologia/Meio-ambiente). Iremos ao cinema do Shopping Prado assistir o filme "Rio". O custo por aluno será de R$4,00. Os alunos deverão estar na escola nesse dia às 07h00, devidamente uniformizados. Não há necessidade de material ou lanche, pois todos irão comer na escola e levaremos pipoca. O retorno está previsto para 11h00 e os alunos não terão mais aulas nesse dia. ENVIAR AUTORIAÇÃO ASSINADA E O VALOR DE R$4,00 ATÉ DIA 19/04 – TERÇA-FEIRA Ciente: ___________ 13
    14. 14. Mestre 1 2 3 4 5 6 71 – Conversam. R explica os problemas do rio. A assume compromisso de ajudar.2 – Notificado sobre a presença de A, D não mostra preocupação.3 – Conversam. A cobra soluções. P defende ações da fábrica.4 – Conversam por telefone. D menospreza A. P e D marcam reunião com A.5 – Se reúnem. A apresenta os problemas. D é intransigente. P tenta contemporizar. Aameaça chamar imprensa. Depois que A vai embora, P e D discutem como maquiar falta demudanças.6 – Conversam. A convence R de que a situação é ruim. Fazem protesto.
    15. 15. Philippe Rieffel http://rieffel.fuse-board.de skype: flip.rieffel11/07/2011 - Link para Questionário:http://www.tinyurl.com/mapas-em-miotti
    16. 16. Oficina 7 (atividade com post its) eu sei que um projeto está dando certo quando.... eu sei que um aluno aprendeu um conteúdo quando.... eu sei que uma aula foi interessante quando... 16
    17. 17. Oficina 7 (atividade com post its) eu sei que um projeto está dando certo quando.... 17
    18. 18. Oficina 7 (atividade com post its) eu sei que um aluno aprendeu um conteúdo quando.... 18
    19. 19. Oficina 7 (atividade com post its) eu sei que uma aula foi interessante quando... 19
    20. 20. Indicadores para Avaliação –proposta da Escola 1- APRENDIZAGEM DOS CONTEÚDOS: perceber como e quanto a utilização do lap top em projetos de trabalho escolar interfere na aprendizagem dos alunos em relação aos conteúdos de cada componente curricular, à alfabetização, ao acesso a informações e conhecimentos acumulados social e culturalmente. Capacidade de organização. 2- APRENDIZAGEM COLABORATIVA: perceber a interferência do uso do lap top na construção de conhecimentos de forma colaborativa. O quanto as possibilidades de ajuda mútua são ampliadas. Perceber também a intensidade da troca de conhecimentos entre alunos e professores. 3- TRABALHO INTERDISCIPLINAR: analisar as possibilidades de estabelecimento de relações entre diferentes assuntos estudados, entre conteúdos que envolvam mais de uma área de conhecimento e entre o que se estuda na escola e o conhecimento real. 4- MOTIVAÇÃO: avaliar o quanto e como o uso do lap top interfere na motivação para a aprendizagem e para as atividades escolares. Perceber a 20 relação afetiva que se desenvolve a partir do uso do computador.
    21. 21. A PARTIR DESSES INDICADORESQUE INSTRUMENTOS PODEMOS USARPARA DE FATO PODER AFIRMAR QUE OUSO DO X. O. ALTERA A QUALIDADE DAEDUCAÇÃO NA ESCOLA? 21
    22. 22. Propostas de Instrumentos Realização de questionário para os alunos com algumas questões mais objetivas que possam dar indícios em relação aos indicadores. Fazer um estudo de um determinado assunto em duas classes (uma atual utilizando o lap top e outra de ano anterior). Estabelecer comparação considerando os indicadores. Registrar dados referentes aos indicadores a partir da observação dos próprios professores e dos alunos. Realização de auto avaliação (alunos e professores) 22
    23. 23. Escolha 1 instrumento para cadaindicador (individual)Indicador Instrumento (Questionário, Observação, Estudo, Auto-avaliação)APRENDIZAGEM DOSCONTEÚDOSAPRENDIZAGEMCOLABORATIVATRABALHOINTERDISCIPLINARMOTIVAÇÃO 23
    24. 24. Recomendações para questionário Não ultrapassar 2 páginas Tipos de questões: aberta ou fechada Ex. Questão aberta:  Escreva sua opinião sobre o uso do XO durante o recreio Ex. Questão fechada (escala Likert): 24
    25. 25. Recomendações para Observação Observação direta (com anotações em roteiro previamente elaborado)ou registro automático (ex. vídeo) para posterior análise Observação do sujeito  realizando tarefa proposta para a observação ou  realizando sua tarefa usual O que se observa?  Comportamentos interessantes, performance, sequencia de ações Cuidado com a possibilidade de  “Ver o que se quer ver ou o que se está acostumado a ver” 25
    26. 26. Recomendações para Estudo Iniciar com a pergunta:  (ex.) É possível construir o conceito de múltiplos com o XO? Definir a hipótese:  (ex.) Usando o Calculate o aluno pode construir o conceito de múltiplos Verificar a hipótese  Metodologia - como o Estudo será executado e como ele vai testar a hipótese  (ex.) em aula a profa. apresenta o conceito e os alunos exploram o Calculate em atividades relacionadas. Nesse processo profa. e alunos dialogam e como resultado fica constatado que o aluno construiu as relações relativas ao conceito. 26
    27. 27. Recomendações para Auto-avaliação “O sujeito toma em suas mãos o processo de valorização de suas próprias condutas, ideias e conhecimento” (Definição abc). Olhar para si mesmo para conhecer seus avanços e desvios a respeito de objetivos, programas, planos, projetos, etc. por meio de depoimentos, relatos, etc. Reflexão e meta-reflexão Viés: (in)sinceridade 27
    28. 28. Prática para construção dosinstrumentos (em grupo) Escolher um dos 4 indicadores para trabalho em grupo; Discutir em grupo e escolher o instrumento (dos 4 propostos) mais adequado ao indicador; Propor o instrumento. 28
    29. 29. Alunos monitores Professoras Jocinara e Vanessa 68 alunos inscritos 19 participaram da 1ª. Reunião (05/09) 29

    ×