SlideShare uma empresa Scribd logo
Mobilidade
                   Grupo: Thaís Duarte,
                   Caroline Wenceslau,
                   Ludymilla Rodrigues,
                     Ana Caroline Leal


Engenharia Química – Centro Universitário de Patos de Minas
                        - UNIPAM
O que é?
Liberdade para se comunicar a qualquer hora e em
qualquer lugar. Este é o principal conceito de mobilidade.
Dentro de uma empresa, este conceito vai além: é a
oportunidade de gerar novos negócios e estar em
contato com os clientes full-time. É um avanço
tecnológico que veio para ficar, com inúmeros benefícios
para todos os envolvidos, seja qual for o porte da
empresa que pretende investir nesse recurso. Mas todo
cuidado é pouco quando informações importantes e
dados sigilosos estão em trânsito. Por isso, a mobilidade
deve ser adotada juntamente com políticas de segurança
da informação.
Hoje em dia, as organizações estão desenvolvendo grande parte de
seus negócios em ambientes móveis. Com isso, os funcionários
podem viajar para visitar seus clientes, trabalhar remotamente,
utilizar dispositivos móveis para se comunicar enquanto se
locomovem, estar conectados a recursos corporativos em um outro
país, tudo isso de qualquer parte do mundo, não importando onde
estejam.
 Ao mesmo tempo, as empresas buscam formas de aumentar sua
produtividade aproveitando as funcionalidades do ambiente móvel.
Elas se preocupam em administrar seus recursos, e em oferecer
opções seguras tanto para seus empregados quanto para os sócios
do negócio, além de contar com flexibilidade para abraçar as novas
tecnologias dentro de sua infra-estrutura atual.
 A fase em que se encontra a América Latina em relação à
mobilidade reflete que são as maiores empresas que possuem a
maioria de seus usuários conectados a uma solução móvel. Em
muitos casos, em empresas grandes, médias e pequenas, o
computador portátil é um ícone de hierarquia, pois é destinado
apenas a gerentes de certo nível para cima.
Mundialmente, existem inúmeros exemplos
de empresas que empregam as melhores
práticas da indústria no uso de computadores
portáteis. Esses casos de sucesso variam
desde empresas de consultoria que
implementam para seus clientes melhoria de
processos com o uso de notebooks e
PDAs, até empresas de pesquisa que
compartilham em tempo real os resultados de
uma votação presidencial.
Competitividade
 A mobilidade é um dos caminhos seguidos pelas grandes
corporações para atingir seus objetivos e melhorar sua
competitividade. Com o uso de uma solução móvel, esses
executivos têm acesso à informação, agendam reuniões e podem
se comunicar com qualquer pessoa, onde quer que estejam. A
conseqüência é a melhoria da prestação de serviço aos clientes.
     Uma das grandes preocupações das organizações e dos
empresários gira em torno da competitividade. A concorrência
não está presente unicamente entre as empresas que produzem,
fabricam ou comercializam um mesmo produto ou serviço em
uma mesma região, mas também em outras regiões e países do
mundo. Sem dúvida, essa mudança é conseqüência da
globalização, que abre um leque de oportunidades e de novos
mercados. Em cada um desses países encontraremos
concorrentes com diferentes capacidades e, em todos os casos, o
empresário deve estar preparado para responder melhor ao
desafio de consolidar sua permanência no mercado
Nesse cenário, a forma de trabalho da
organização de hoje em dia também tem
evoluído. Muitos executivos não permanecem
mais no escritório, durante o dia todo. Ainda
quando ficam, estão em constante movimento:
alguns necessitam visitar clientes fora da cidade
ou do país, outros têm reuniões constantes em
diferentes áreas de sua empresa e outros, por
diferentes motivos, têm que passar muito tempo
em casa. Conclusão: o lugar de trabalho deixou
de ser fixo.
Vantagens
 Os benefícios qualitativos são muito claros: quando o trabalho é
realizado em um ambiente móvel e em um clima de compartilhamento
das informações, é notório o incremento do conhecimento pessoal,
das aptidões e das habilidades. Essas habilidades identificam as
organizações que têm mais potencial de manterem uma maior
proximidade com os clientes. Quando o cliente é cercado de soluções,
decisões ágeis, redução no tempo de resposta e uma maior habilidade
no conhecimento dos seus problemas, a empresa consegue
desenvolver melhores produtos e oferecer melhores serviços.
 Em complemento a isso, os computadores móveis, sem dúvida, estão
modificando a natureza das relações de trabalho nas organizações. Em
muitos casos, as estruturas são mais dinâmicas, o controle e
comprometimento são ampliados e o poder de decisão dos
empregados está aumentando naquelas empresas em que conquistar
oe melhores resultados é o principal objetivo. Com esse novo modelo
de trabalho, as barreiras de tempo, distância ou localidade então
sendo eliminadas. E isso dá a empresa e a seus empregados mais
flexibilidade para fazer bons negócios.
Guia essencial
 A primeira e mais popular aplicação para mobilidade é
o correio eletrônico: ele tem um impacto direto e
imediato sobre a produtividade das pessoas e
geralmente não tem grande comprometimento da
Segurança da Informação de sua empresa.
 Se você já tem correio eletrônico móvel, antes de
buscar uma segunda aplicação para torná-la móvel
também, considere outras medidas de segurança em
hardware e software e primeiro eduque os usuários
sobre o uso destas ferramentas.
 Para maximizar e potencializar o uso dos notebooks,
sua empresa deve contar ao menos com acessos sem
fio via banda larga.
Quais são as mudanças necessárias no
              negócio?
 Além do aspecto puramente técnico, a adoção da mobilidade implica
 na mudança de paradigma que poderá atingir o próprio negócio da
 empresa. A maneira de fazer negócio, em geral, é positivamente
 influenciada, quando se decide pela mobilidade. Mas como toda
 mudança exige preparação, esse módulo aponta como deve se dar o
 envolvimento dos funcionários no projeto.
 Deve ser feita uma avaliação geral da empresa, e indicados os
 funcionários que serão mais beneficiados com a mobilidade. Na
 maioria dos casos, o acesso ao e-mail é a primeira aplicação móvel nas
 companhias. Os profissionais móveis precisam ser capazes de acessar
 dados relacionados à empresa via e-mail e usar aplicações específicas
 para administrar suas tarefas. Os representantes de vendas também
 precisam trocar informações para trabalhar em conjunto.
 A gerência necessita de um processo ajustado para, em tempo real,
 fornecer informações sobre os negócios e avaliar oportunidades ou
 checar os níveis de estoque e os recursos disponíveis para cumprir os
 prazos de implementação.
Uso dos notebooks
 Em um primeiro momento, os notebooks eram usados apenas pelos diretores e
gerentes de maior importância, porém hoje as vantagens e benefícios da mobilidade já
estão difundidos entre os diversos níveis das organizações.
 Este fato já caracteriza uma grande evolução e representou um importante
crescimento no mercado destes equipamentos. Agora os fabricantes estão expondo
ainda mais as vantagens destes equipamentos para que se popularizem cada vez mais.
 Viajantes constantes ou ocasionais têm um ganho de produtividade incalculável, e até
mesmo podemos dizer que seu trabalho fora do escritório não existiria sem um
notebook. Gerentes, consultores, vendedores, profissionais liberais, enfim, quase todos
os empregados e empresários que, de alguma forma, tenham contato direto com o
cliente devem apostar nessa tecnologia, uma vez que os ganhos serão realmente
grandes.
 Funcionários que têm o escritório como base ganham em produtividade com a
mobilidade na medida em que têm a possibilidade de se deslocar dentro da estrutura
da empresa e, assim, resolver problemas trocando informações com maior facilidade e
agilidade.
 Nas grandes cidades brasileiras, como acontece em qualquer grande centro urbano do
mundo, o deslocamento toma do executivo um tempo precioso e havendo a
possibilidade de aproveitá-lo para resolver problemas, fechar negócios e ganhar
mercado ampliando seu campo de ação com o apoio de um notebook, a empresa tem
muito a ganhar.
Estratégias
 A possibilidade de responder rapidamente às solicitações dos clientes é
fundamental para o êxito de sua empresa. Mas quando a capacidade de resposta
aos clientes depende de um escritório e um PC desktop, você enfrenta uma séria
desvantagem competitiva.
 Numa rede sem fio, com a criptografia de dados, os funcionários podem
permanecer conectados privativamente com os arquivos da empresa, e-mail e
com a Internet em qualquer localização, seja em uma cafeteria na esquina, ou em
um aeroporto em qualquer lugar do mundo. Os funcionários também ficarão
conectados à rede nas salas de conferência, escritórios dos colaboradores, salas de
intervalos ou em qualquer lugar dentro da faixa de alcance da WLAN.
 Além disso, a flexibilidade e escalabilidade de uma WLAN lhe permitem mover
uma rede facilmente para um novo local, rapidamente adicionando novos
funcionários ou escritórios extras, ou mudar de lugar os móveis e espaços de
trabalho, sem a complicação de instalar e reinstalar cabos e fios.
 É importante a criação de uma força de trabalho móvel que finalize tudo antes de
chegar ao escritório. Com os laptops, é fácil manter a produtividade em qualquer
lugar, finalizar o trabalho mais rapidamente e responder aos clientes a qualquer
momento.
 Acima de tudo, a implementação inicial não tem que custar uma fortuna. O ideal
é começar devagar, com laptops ,apenas para os funcionários mais móveis com
monitoramento de produtividade desses funcionários. Em seguida, é preciso
analisar se a expansão do grupo de funcionários móveis pode gerar mais ganhos
de produtividade.
Produtividade e serviço ao cliente
 Quando a empresa decide investir em soluções de mobilidade, ela está investindo na
efetividade de seus negócios, já que gera o aumento da produtividade dos funcionários. Com
isso, o principal beneficiado, além da própria empresa, é o cliente, que vê seus pedidos e
solicitações serem atendidos em tempo reduzido. Diante desse novo contexto em que a
mobilidade é parte do negócio e significa agregar valor ao atendimento das demandas, as
empresas precisam avaliar se seus funcionários são efetivos em qualquer lugar que estejam, se
eles estão cumprindo os objetivos e expectativas e se a empresa tem potencial competitivo.
 Para expandir a produtividade, as empresas precisam avaliar alguns pontos e executar algumas
etapas. A primeira delas é adquirir equipamentos que se encaixem às demandas de atendimento
e ao funcionamento dos processos corporativos. Além disso, é necessário que haja
implementação de aplicações horizontais ou usadas em toda a organização. Essa é uma etapa
difícil, pois não estão em jogo apenas as escolhas de tecnologias, mas também os ajustes dos
diferentes aspectos da cultura interna da companhia e a verificação e constatação de que haverá
retorno sobre o investimento.
  Passada essa primeira fase, a segunda etapa se destina a estender as aquisições a outras áreas
da organização e buscar implementar aplicações verticais, ou seja, as que são utilizadas em
departamentos específicos (exemplos típicos são ERP ou CRM). O uso desses departamentos já
inclui alguns parceiros de negócios. Neste caso, depois que a etapa de implementação já está
consolidada, interessa a empresa a extensão da tecnologia, mas também a integração das
soluções em cada área da empresa. Durante as três fases que determinam a evolução e o grau
da produtividade, é necessário também avaliar cinco aspectos chaves.
O primeiro deles é questionar como uma solução móvel tornaria
mais fácil às pessoas trabalhar mais produtivamente e prestar um
melhor serviço ao cliente. Em segundo lugar, é importante avaliar
se a força de trabalho da companhia seria beneficiada e como, se
estivesse conectada à organização o tempo todo.
Como terceiro ponto, temos a questão da infra-estrutura, ou seja,
devemos avaliar quais mudanças, de hardware e software, precisam
ser feitas. Seguindo para o quarto ponto, temos o desafio da
segurança da informação, ou seja, a empresa precisa estar certa de
que as informações que não estão dentro da empresa também não
estarão em mãos que não sejam dos responsáveis. Por fim, a
empresa deve estar convencida de que o investimento é adequado
e realmente vai trazer retorno.
Além disso, é importante perceber em quais pontos da
produtividade é mais útil o uso dos dispositivos móveis, ou seja,
perceber o tempo efetivo de trabalho, tempo de atenção com os
clientes, tempo de resposta entre os requerimentos, satisfação
pessoal dos funcionários.
Pequenas e Médias Empresas
 Sejam elas empresas grandes, médias e até pequenas, a mobilidade tem a
enorme vantagem de aproximar a equipe do cliente. Independentemente
do porte, a mobilidade é um recurso fundamental para ampliar as
oportunidades de negócios. Especialmente nas pequenas empresas, já
acostumadas em manter maior número de colaboradores fora do
ambiente de trabalho, a mobilidade só vem a acrescentar nesse modelo.
Sendo assim, todo o conteúdo do escritório pode ser levado, com
segurança, para dentro do escritório até mesmo do cliente. As pequenas e
médias empresas são as que mais têm trabalhadores móveis, já que
devemos considerar que boa parte dessas micro-empresas é formada por
uma única pessoa que está em trânsito o tempo todo. Nas grandes
corporações e nas empresas de médio porte podemos observar que nem
todos os funcionários são móveis o tempo todo, havendo ainda aqueles
que permanecem no escritório o dia todo.
Dependendo do perfil de pessoal de uma organização, uma solução móvel
pode ajudar a força de trabalho a cumprir da melhor forma as suas
atividades. Mas é preciso entender os perfis dos trabalhadores para
entender como a mobilidade se adapta melhor à estrutura.
Alguns tipos de trabalhadores
• Trabalhadores com base no escritório: de forma geral, são todos aqueles
  funcionários que, pela natureza de seu trabalho, necessitam de um
  escritório para desenvolver suas tarefas.
• Viajantes constantes: costuma ser o pessoal da área de vendas e cobrança,
  ainda que também muitas áreas diretivas entrem nessa categoria. Esse
  tipo de funcionário tem contato freqüente com clientes e/ou provedores,
  e contar com acesso à informação em todos os momentos torna-se
  particularmente importante, pois ele tem pouco contato com a
  organização.
• Trabalhadores com base fora do escritório: são aquelas pessoas que
  trabalham em uma empresa, mas realizam suas atividades fora dela.
• Trabalhadores alocados no cliente: são usualmente consultores ou
  especialistas que realizam um projeto específico em outra organização.
  Por serem pessoas que dependem muito da informação para realizar suas
  tarefas, contar com ela a qualquer momento torna-se vital.
Dicas para obter benefícios da
                    mobilidade
•    O que a mobilidade pode fazer pela empresa - mobilidade é mais do que PDAs,
    notebooks, redes wireless e padrões como wLAN, UMTS e GSM. Trata-se, na
    verdade, de informações atualizadas sempre à mão, maior produtividade para
    usuários que trabalham em trânsito ou em ambientes restritos e que precisam
    acessar pequenas ou grandes quantidades de informação.
•   Começar pelo simples - antes de prover sofisticadas soluções wireless para clientes
    e parceiros, deve-se lembrar dos funcionários. O aumento da produtividade e o
    aprimoramento das aplicações de negócios devem ser a porta de entrada da
    solução wireless - e do retorno sobre investimento. Começar pelos trabalhadores
    remotos, depois pelos fixos, melhorar então os processos de negócios e,
    finalmente, criar novos produtos e serviços. Essas são aplicações mais complexas,
    dispendiosas e que geralmente funcionam melhor com uma infra-estrutura
    wireless já instalada e disseminada na empresa.
•   Procurar por resultados rápidos, mas sempre com equilíbrio - priorizar as ações
    que trarão grande impacto sobre o negócio e possam ser facilmente
    implementadas, sem esquecer das necessidades de infra-estrutura de médio-
    longo prazo que trazem menos retorno e/ou são mais complexas. Elaborar um
    planejamento - Desenvolver uma arquitetura flexível, aberta e ágil e aproveitar ao
    máximo a tecnologia já existente. Especificar fases, prazos e abordagem
    adequados para cada funcionalidade.
Segurança
 Uma vez convencido de que adotar a mobilidade é a melhor
medida a tomar para impulsionar seus negócios, o empresário
se pergunta quais aspectos devem ser levados em conta no
que diz respeito à Segurança da Informação. Algumas notícias
alarmantes dão conta de que não existe segurança sem fio. Até
que ponto isso é verdade e o que fazer para se prevenir? O
empresário precisa tomar uma série de providências para que
garantir que a informação crítica do seu negócio esteja sempre
protegida, ainda que não permaneça fisicamente no escritório.
    As pequenas e médias empresas (PMEs) no Brasil,
caracterizadas como companhias com até 999 funcionários,
estão atentas para a questão da segurança da informação,
conforme demonstra um estudo realizado pela AMI-Partners. A
previsão é que o segmento invista US$ 260 milhões em
soluções de segurança. A pesquisa aponta que grande parte do
aumento do investimento (60%) será feito pelas médias
empresas, que possuem de 100 e 999 profissionais.
Os aportes realizados serão principalmente no
combate a crime virtual, uma das principais
preocupações desse nicho de mercado. Por conta das
redes sem fio e da globalização, as vulnerabilidades
encontradas atualmente não dependem mais de sua
localização geográfica.
 Mais de 70% das médias empresas brasileiras
apontam segurança de dados e privacidade como
questões-chave. Isso explica a explosão no mercado de
antivírus e aplicações de segurança, bem como a alta
registrada nos softwares que combatem pragas
virtuais.
Conclusão
Mobilidade significa ter a conectividade, a duração da bateria, e o poder de
processamento para fazer o seu trabalho independente de onde o usuário estiver.
 As empresas precisam de soluções que satisfaçam as suas necessidades de segurança.
No caso de empresas que têm funcionários remotos, usando notebook, por
exemplo, necessitam de segurança física, ou seja, proteção do equipamento contra
roubo. Além disso, devem manter uma sólida política de segurança que contemple
regras para uso de equipamentos móveis, por exemplo. O importante é delegar níveis
de acesso para cada um dos funcionários remotos, protegendo os dados estratégicos da
corporação.
 Mobilidade é sinônimo de liberdade. E liberdade tem seu preço. Esse
recurso, portanto, somente deve ser adotado, caso uma forte política de segurança seja
adotada. A conectividade sem fios permite aos usuários de computadores irem muito
além do lugar comum. Mas para ter mobilidade de verdade é preciso estar em um
espaço com tecnologia wireless e com um computador baseado em tecnologia para
conexão sem fio, como é o caso da Tecnologia Móvel Intel® Centrino® Duo. O wireless é
uma realidade já consolidada no Brasil e que, pouco a pouco, têm tomado o espaço das
redes tradicionais.
 A mobilidade já atingiu um novo patamar na evolução da conectividade: além de
integrar micros em rede, a tecnologia sem fio também facilita a troca de dados entre
periféricos e dispositivos. Assim, a comunicação entre PCs e laptops, câmeras
digitais, handhelds e handsets é realizada via Wi-Fi ou por Bluetooth (mais utilizado em
periféricos de uso cotidiano, como celulares e PDAs). Wi-Fi significa Wireless Fidelity.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Workshop E-business Parte II
Workshop E-business Parte IIWorkshop E-business Parte II
Workshop E-business Parte II
Posmktdigital Fit
 
"On the track of innovation"
"On the track of innovation" "On the track of innovation"
"On the track of innovation"
Primavera Business Software Solutions SA
 
Trabalho de informática
Trabalho de informáticaTrabalho de informática
Trabalho de informática
Flavinhacamargos
 
Qual o papel do ux na transformação digital?
Qual o papel do ux na transformação digital?Qual o papel do ux na transformação digital?
Qual o papel do ux na transformação digital?
Rafael Burity
 
Como transformar mobilidade em valor para os negócios
Como transformar mobilidade em valor para os negóciosComo transformar mobilidade em valor para os negócios
Como transformar mobilidade em valor para os negócios
FLIPSIDE Smart Content Provider
 
O novo espaço de trabalho colaborativo
O novo espaço de trabalho colaborativoO novo espaço de trabalho colaborativo
O novo espaço de trabalho colaborativo
Cisco do Brasil
 
Como obter agilidade em TI
Como obter agilidade em TIComo obter agilidade em TI
Como obter agilidade em TI
Rogério Dias Ramos
 
Por dentro da transformação - Entrevista Sheila Jordan (BR)
Por dentro da transformação - Entrevista Sheila Jordan (BR)Por dentro da transformação - Entrevista Sheila Jordan (BR)
Por dentro da transformação - Entrevista Sheila Jordan (BR)
Symantec Brasil
 
Iniciação
IniciaçãoIniciação
Iniciação
snip1980
 

Mais procurados (9)

Workshop E-business Parte II
Workshop E-business Parte IIWorkshop E-business Parte II
Workshop E-business Parte II
 
"On the track of innovation"
"On the track of innovation" "On the track of innovation"
"On the track of innovation"
 
Trabalho de informática
Trabalho de informáticaTrabalho de informática
Trabalho de informática
 
Qual o papel do ux na transformação digital?
Qual o papel do ux na transformação digital?Qual o papel do ux na transformação digital?
Qual o papel do ux na transformação digital?
 
Como transformar mobilidade em valor para os negócios
Como transformar mobilidade em valor para os negóciosComo transformar mobilidade em valor para os negócios
Como transformar mobilidade em valor para os negócios
 
O novo espaço de trabalho colaborativo
O novo espaço de trabalho colaborativoO novo espaço de trabalho colaborativo
O novo espaço de trabalho colaborativo
 
Como obter agilidade em TI
Como obter agilidade em TIComo obter agilidade em TI
Como obter agilidade em TI
 
Por dentro da transformação - Entrevista Sheila Jordan (BR)
Por dentro da transformação - Entrevista Sheila Jordan (BR)Por dentro da transformação - Entrevista Sheila Jordan (BR)
Por dentro da transformação - Entrevista Sheila Jordan (BR)
 
Iniciação
IniciaçãoIniciação
Iniciação
 

Semelhante a Trabalho Mobilidade

Mobilidade ii
Mobilidade iiMobilidade ii
Mobilidade ii
Suellen Meira
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
Alex Santana
 
Mobilidade
MobilidadeMobilidade
Mobilidade
lindaines49
 
Liberal App
Liberal AppLiberal App
White Paper Frost & Sullivan Portugues
White Paper Frost & Sullivan PortuguesWhite Paper Frost & Sullivan Portugues
White Paper Frost & Sullivan Portugues
Felipe Lamus
 
Por que tudo que você achava que sabia sobre implementar novas tecnologias mu...
Por que tudo que você achava que sabia sobre implementar novas tecnologias mu...Por que tudo que você achava que sabia sobre implementar novas tecnologias mu...
Por que tudo que você achava que sabia sobre implementar novas tecnologias mu...
Cisco do Brasil
 
ADMINISTRAÇÃO DE AMBIENTES VIRTUAIS
ADMINISTRAÇÃO DE AMBIENTES VIRTUAIS ADMINISTRAÇÃO DE AMBIENTES VIRTUAIS
ADMINISTRAÇÃO DE AMBIENTES VIRTUAIS
Raissa Gomes dos Santos
 
Trabalho informatica
Trabalho informaticaTrabalho informatica
Trabalho informatica
Alex Santana
 
Guia de Maturidade Digital das empresas gaúchas
Guia de Maturidade Digital das empresas gaúchasGuia de Maturidade Digital das empresas gaúchas
Guia de Maturidade Digital das empresas gaúchas
Instituto da Transformação Digital - Paulo Kendzerski
 
Gerenciamento para além da força de trabalho remota
Gerenciamento para além da força de trabalho remotaGerenciamento para além da força de trabalho remota
Gerenciamento para além da força de trabalho remota
ArkadinBrasil
 
Senior | Knowledge and Belief
Senior | Knowledge and BeliefSenior | Knowledge and Belief
Senior | Knowledge and Belief
Helton Giuliano
 
[ ref ] Convergência - Mobilidade
[ ref ] Convergência - Mobilidade[ ref ] Convergência - Mobilidade
[ ref ] Convergência - Mobilidade
Robson Silva Espig
 
Como a digitalização e a conectividade podem afetar a gestão de frotas leve e...
Como a digitalização e a conectividade podem afetar a gestão de frotas leve e...Como a digitalização e a conectividade podem afetar a gestão de frotas leve e...
Como a digitalização e a conectividade podem afetar a gestão de frotas leve e...
Sofit Software SA
 
As Business Trends 2016-2025, HSM Management Ed 115
As Business Trends 2016-2025, HSM Management Ed 115As Business Trends 2016-2025, HSM Management Ed 115
As Business Trends 2016-2025, HSM Management Ed 115
Luis Rasquilha
 
Tendências em Mobilidade para Corporações 2012
Tendências em Mobilidade para Corporações 2012Tendências em Mobilidade para Corporações 2012
Tendências em Mobilidade para Corporações 2012
CI&T
 
Aval31394 trend advisorpdf_pt
Aval31394 trend advisorpdf_ptAval31394 trend advisorpdf_pt
Aval31394 trend advisorpdf_pt
TomSlick
 
Multimédia e realidade virtual no meio empresarial
Multimédia e realidade virtual no meio empresarialMultimédia e realidade virtual no meio empresarial
Multimédia e realidade virtual no meio empresarial
mariliateresasc
 
Apresentacao_Sequenza_FernandoLauria
Apresentacao_Sequenza_FernandoLauriaApresentacao_Sequenza_FernandoLauria
Apresentacao_Sequenza_FernandoLauria
Fernando Lauria
 
Cloud Computing na Prática
Cloud Computing na PráticaCloud Computing na Prática
Cloud Computing na Prática
Adeildo Caboclo
 
Programa SENAI de Negócios Online - módulo 2 - Vendas
Programa SENAI de Negócios Online - módulo 2 - VendasPrograma SENAI de Negócios Online - módulo 2 - Vendas
Programa SENAI de Negócios Online - módulo 2 - Vendas
Humberto Ribeiro
 

Semelhante a Trabalho Mobilidade (20)

Mobilidade ii
Mobilidade iiMobilidade ii
Mobilidade ii
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Mobilidade
MobilidadeMobilidade
Mobilidade
 
Liberal App
Liberal AppLiberal App
Liberal App
 
White Paper Frost & Sullivan Portugues
White Paper Frost & Sullivan PortuguesWhite Paper Frost & Sullivan Portugues
White Paper Frost & Sullivan Portugues
 
Por que tudo que você achava que sabia sobre implementar novas tecnologias mu...
Por que tudo que você achava que sabia sobre implementar novas tecnologias mu...Por que tudo que você achava que sabia sobre implementar novas tecnologias mu...
Por que tudo que você achava que sabia sobre implementar novas tecnologias mu...
 
ADMINISTRAÇÃO DE AMBIENTES VIRTUAIS
ADMINISTRAÇÃO DE AMBIENTES VIRTUAIS ADMINISTRAÇÃO DE AMBIENTES VIRTUAIS
ADMINISTRAÇÃO DE AMBIENTES VIRTUAIS
 
Trabalho informatica
Trabalho informaticaTrabalho informatica
Trabalho informatica
 
Guia de Maturidade Digital das empresas gaúchas
Guia de Maturidade Digital das empresas gaúchasGuia de Maturidade Digital das empresas gaúchas
Guia de Maturidade Digital das empresas gaúchas
 
Gerenciamento para além da força de trabalho remota
Gerenciamento para além da força de trabalho remotaGerenciamento para além da força de trabalho remota
Gerenciamento para além da força de trabalho remota
 
Senior | Knowledge and Belief
Senior | Knowledge and BeliefSenior | Knowledge and Belief
Senior | Knowledge and Belief
 
[ ref ] Convergência - Mobilidade
[ ref ] Convergência - Mobilidade[ ref ] Convergência - Mobilidade
[ ref ] Convergência - Mobilidade
 
Como a digitalização e a conectividade podem afetar a gestão de frotas leve e...
Como a digitalização e a conectividade podem afetar a gestão de frotas leve e...Como a digitalização e a conectividade podem afetar a gestão de frotas leve e...
Como a digitalização e a conectividade podem afetar a gestão de frotas leve e...
 
As Business Trends 2016-2025, HSM Management Ed 115
As Business Trends 2016-2025, HSM Management Ed 115As Business Trends 2016-2025, HSM Management Ed 115
As Business Trends 2016-2025, HSM Management Ed 115
 
Tendências em Mobilidade para Corporações 2012
Tendências em Mobilidade para Corporações 2012Tendências em Mobilidade para Corporações 2012
Tendências em Mobilidade para Corporações 2012
 
Aval31394 trend advisorpdf_pt
Aval31394 trend advisorpdf_ptAval31394 trend advisorpdf_pt
Aval31394 trend advisorpdf_pt
 
Multimédia e realidade virtual no meio empresarial
Multimédia e realidade virtual no meio empresarialMultimédia e realidade virtual no meio empresarial
Multimédia e realidade virtual no meio empresarial
 
Apresentacao_Sequenza_FernandoLauria
Apresentacao_Sequenza_FernandoLauriaApresentacao_Sequenza_FernandoLauria
Apresentacao_Sequenza_FernandoLauria
 
Cloud Computing na Prática
Cloud Computing na PráticaCloud Computing na Prática
Cloud Computing na Prática
 
Programa SENAI de Negócios Online - módulo 2 - Vendas
Programa SENAI de Negócios Online - módulo 2 - VendasPrograma SENAI de Negócios Online - módulo 2 - Vendas
Programa SENAI de Negócios Online - módulo 2 - Vendas
 

Trabalho Mobilidade

  • 1. Mobilidade Grupo: Thaís Duarte, Caroline Wenceslau, Ludymilla Rodrigues, Ana Caroline Leal Engenharia Química – Centro Universitário de Patos de Minas - UNIPAM
  • 2. O que é? Liberdade para se comunicar a qualquer hora e em qualquer lugar. Este é o principal conceito de mobilidade. Dentro de uma empresa, este conceito vai além: é a oportunidade de gerar novos negócios e estar em contato com os clientes full-time. É um avanço tecnológico que veio para ficar, com inúmeros benefícios para todos os envolvidos, seja qual for o porte da empresa que pretende investir nesse recurso. Mas todo cuidado é pouco quando informações importantes e dados sigilosos estão em trânsito. Por isso, a mobilidade deve ser adotada juntamente com políticas de segurança da informação.
  • 3. Hoje em dia, as organizações estão desenvolvendo grande parte de seus negócios em ambientes móveis. Com isso, os funcionários podem viajar para visitar seus clientes, trabalhar remotamente, utilizar dispositivos móveis para se comunicar enquanto se locomovem, estar conectados a recursos corporativos em um outro país, tudo isso de qualquer parte do mundo, não importando onde estejam. Ao mesmo tempo, as empresas buscam formas de aumentar sua produtividade aproveitando as funcionalidades do ambiente móvel. Elas se preocupam em administrar seus recursos, e em oferecer opções seguras tanto para seus empregados quanto para os sócios do negócio, além de contar com flexibilidade para abraçar as novas tecnologias dentro de sua infra-estrutura atual. A fase em que se encontra a América Latina em relação à mobilidade reflete que são as maiores empresas que possuem a maioria de seus usuários conectados a uma solução móvel. Em muitos casos, em empresas grandes, médias e pequenas, o computador portátil é um ícone de hierarquia, pois é destinado apenas a gerentes de certo nível para cima.
  • 4. Mundialmente, existem inúmeros exemplos de empresas que empregam as melhores práticas da indústria no uso de computadores portáteis. Esses casos de sucesso variam desde empresas de consultoria que implementam para seus clientes melhoria de processos com o uso de notebooks e PDAs, até empresas de pesquisa que compartilham em tempo real os resultados de uma votação presidencial.
  • 5. Competitividade A mobilidade é um dos caminhos seguidos pelas grandes corporações para atingir seus objetivos e melhorar sua competitividade. Com o uso de uma solução móvel, esses executivos têm acesso à informação, agendam reuniões e podem se comunicar com qualquer pessoa, onde quer que estejam. A conseqüência é a melhoria da prestação de serviço aos clientes. Uma das grandes preocupações das organizações e dos empresários gira em torno da competitividade. A concorrência não está presente unicamente entre as empresas que produzem, fabricam ou comercializam um mesmo produto ou serviço em uma mesma região, mas também em outras regiões e países do mundo. Sem dúvida, essa mudança é conseqüência da globalização, que abre um leque de oportunidades e de novos mercados. Em cada um desses países encontraremos concorrentes com diferentes capacidades e, em todos os casos, o empresário deve estar preparado para responder melhor ao desafio de consolidar sua permanência no mercado
  • 6. Nesse cenário, a forma de trabalho da organização de hoje em dia também tem evoluído. Muitos executivos não permanecem mais no escritório, durante o dia todo. Ainda quando ficam, estão em constante movimento: alguns necessitam visitar clientes fora da cidade ou do país, outros têm reuniões constantes em diferentes áreas de sua empresa e outros, por diferentes motivos, têm que passar muito tempo em casa. Conclusão: o lugar de trabalho deixou de ser fixo.
  • 7. Vantagens Os benefícios qualitativos são muito claros: quando o trabalho é realizado em um ambiente móvel e em um clima de compartilhamento das informações, é notório o incremento do conhecimento pessoal, das aptidões e das habilidades. Essas habilidades identificam as organizações que têm mais potencial de manterem uma maior proximidade com os clientes. Quando o cliente é cercado de soluções, decisões ágeis, redução no tempo de resposta e uma maior habilidade no conhecimento dos seus problemas, a empresa consegue desenvolver melhores produtos e oferecer melhores serviços. Em complemento a isso, os computadores móveis, sem dúvida, estão modificando a natureza das relações de trabalho nas organizações. Em muitos casos, as estruturas são mais dinâmicas, o controle e comprometimento são ampliados e o poder de decisão dos empregados está aumentando naquelas empresas em que conquistar oe melhores resultados é o principal objetivo. Com esse novo modelo de trabalho, as barreiras de tempo, distância ou localidade então sendo eliminadas. E isso dá a empresa e a seus empregados mais flexibilidade para fazer bons negócios.
  • 8. Guia essencial A primeira e mais popular aplicação para mobilidade é o correio eletrônico: ele tem um impacto direto e imediato sobre a produtividade das pessoas e geralmente não tem grande comprometimento da Segurança da Informação de sua empresa. Se você já tem correio eletrônico móvel, antes de buscar uma segunda aplicação para torná-la móvel também, considere outras medidas de segurança em hardware e software e primeiro eduque os usuários sobre o uso destas ferramentas. Para maximizar e potencializar o uso dos notebooks, sua empresa deve contar ao menos com acessos sem fio via banda larga.
  • 9. Quais são as mudanças necessárias no negócio? Além do aspecto puramente técnico, a adoção da mobilidade implica na mudança de paradigma que poderá atingir o próprio negócio da empresa. A maneira de fazer negócio, em geral, é positivamente influenciada, quando se decide pela mobilidade. Mas como toda mudança exige preparação, esse módulo aponta como deve se dar o envolvimento dos funcionários no projeto. Deve ser feita uma avaliação geral da empresa, e indicados os funcionários que serão mais beneficiados com a mobilidade. Na maioria dos casos, o acesso ao e-mail é a primeira aplicação móvel nas companhias. Os profissionais móveis precisam ser capazes de acessar dados relacionados à empresa via e-mail e usar aplicações específicas para administrar suas tarefas. Os representantes de vendas também precisam trocar informações para trabalhar em conjunto. A gerência necessita de um processo ajustado para, em tempo real, fornecer informações sobre os negócios e avaliar oportunidades ou checar os níveis de estoque e os recursos disponíveis para cumprir os prazos de implementação.
  • 10. Uso dos notebooks Em um primeiro momento, os notebooks eram usados apenas pelos diretores e gerentes de maior importância, porém hoje as vantagens e benefícios da mobilidade já estão difundidos entre os diversos níveis das organizações. Este fato já caracteriza uma grande evolução e representou um importante crescimento no mercado destes equipamentos. Agora os fabricantes estão expondo ainda mais as vantagens destes equipamentos para que se popularizem cada vez mais. Viajantes constantes ou ocasionais têm um ganho de produtividade incalculável, e até mesmo podemos dizer que seu trabalho fora do escritório não existiria sem um notebook. Gerentes, consultores, vendedores, profissionais liberais, enfim, quase todos os empregados e empresários que, de alguma forma, tenham contato direto com o cliente devem apostar nessa tecnologia, uma vez que os ganhos serão realmente grandes. Funcionários que têm o escritório como base ganham em produtividade com a mobilidade na medida em que têm a possibilidade de se deslocar dentro da estrutura da empresa e, assim, resolver problemas trocando informações com maior facilidade e agilidade. Nas grandes cidades brasileiras, como acontece em qualquer grande centro urbano do mundo, o deslocamento toma do executivo um tempo precioso e havendo a possibilidade de aproveitá-lo para resolver problemas, fechar negócios e ganhar mercado ampliando seu campo de ação com o apoio de um notebook, a empresa tem muito a ganhar.
  • 11. Estratégias A possibilidade de responder rapidamente às solicitações dos clientes é fundamental para o êxito de sua empresa. Mas quando a capacidade de resposta aos clientes depende de um escritório e um PC desktop, você enfrenta uma séria desvantagem competitiva. Numa rede sem fio, com a criptografia de dados, os funcionários podem permanecer conectados privativamente com os arquivos da empresa, e-mail e com a Internet em qualquer localização, seja em uma cafeteria na esquina, ou em um aeroporto em qualquer lugar do mundo. Os funcionários também ficarão conectados à rede nas salas de conferência, escritórios dos colaboradores, salas de intervalos ou em qualquer lugar dentro da faixa de alcance da WLAN. Além disso, a flexibilidade e escalabilidade de uma WLAN lhe permitem mover uma rede facilmente para um novo local, rapidamente adicionando novos funcionários ou escritórios extras, ou mudar de lugar os móveis e espaços de trabalho, sem a complicação de instalar e reinstalar cabos e fios. É importante a criação de uma força de trabalho móvel que finalize tudo antes de chegar ao escritório. Com os laptops, é fácil manter a produtividade em qualquer lugar, finalizar o trabalho mais rapidamente e responder aos clientes a qualquer momento. Acima de tudo, a implementação inicial não tem que custar uma fortuna. O ideal é começar devagar, com laptops ,apenas para os funcionários mais móveis com monitoramento de produtividade desses funcionários. Em seguida, é preciso analisar se a expansão do grupo de funcionários móveis pode gerar mais ganhos de produtividade.
  • 12. Produtividade e serviço ao cliente Quando a empresa decide investir em soluções de mobilidade, ela está investindo na efetividade de seus negócios, já que gera o aumento da produtividade dos funcionários. Com isso, o principal beneficiado, além da própria empresa, é o cliente, que vê seus pedidos e solicitações serem atendidos em tempo reduzido. Diante desse novo contexto em que a mobilidade é parte do negócio e significa agregar valor ao atendimento das demandas, as empresas precisam avaliar se seus funcionários são efetivos em qualquer lugar que estejam, se eles estão cumprindo os objetivos e expectativas e se a empresa tem potencial competitivo. Para expandir a produtividade, as empresas precisam avaliar alguns pontos e executar algumas etapas. A primeira delas é adquirir equipamentos que se encaixem às demandas de atendimento e ao funcionamento dos processos corporativos. Além disso, é necessário que haja implementação de aplicações horizontais ou usadas em toda a organização. Essa é uma etapa difícil, pois não estão em jogo apenas as escolhas de tecnologias, mas também os ajustes dos diferentes aspectos da cultura interna da companhia e a verificação e constatação de que haverá retorno sobre o investimento. Passada essa primeira fase, a segunda etapa se destina a estender as aquisições a outras áreas da organização e buscar implementar aplicações verticais, ou seja, as que são utilizadas em departamentos específicos (exemplos típicos são ERP ou CRM). O uso desses departamentos já inclui alguns parceiros de negócios. Neste caso, depois que a etapa de implementação já está consolidada, interessa a empresa a extensão da tecnologia, mas também a integração das soluções em cada área da empresa. Durante as três fases que determinam a evolução e o grau da produtividade, é necessário também avaliar cinco aspectos chaves.
  • 13. O primeiro deles é questionar como uma solução móvel tornaria mais fácil às pessoas trabalhar mais produtivamente e prestar um melhor serviço ao cliente. Em segundo lugar, é importante avaliar se a força de trabalho da companhia seria beneficiada e como, se estivesse conectada à organização o tempo todo. Como terceiro ponto, temos a questão da infra-estrutura, ou seja, devemos avaliar quais mudanças, de hardware e software, precisam ser feitas. Seguindo para o quarto ponto, temos o desafio da segurança da informação, ou seja, a empresa precisa estar certa de que as informações que não estão dentro da empresa também não estarão em mãos que não sejam dos responsáveis. Por fim, a empresa deve estar convencida de que o investimento é adequado e realmente vai trazer retorno. Além disso, é importante perceber em quais pontos da produtividade é mais útil o uso dos dispositivos móveis, ou seja, perceber o tempo efetivo de trabalho, tempo de atenção com os clientes, tempo de resposta entre os requerimentos, satisfação pessoal dos funcionários.
  • 14. Pequenas e Médias Empresas Sejam elas empresas grandes, médias e até pequenas, a mobilidade tem a enorme vantagem de aproximar a equipe do cliente. Independentemente do porte, a mobilidade é um recurso fundamental para ampliar as oportunidades de negócios. Especialmente nas pequenas empresas, já acostumadas em manter maior número de colaboradores fora do ambiente de trabalho, a mobilidade só vem a acrescentar nesse modelo. Sendo assim, todo o conteúdo do escritório pode ser levado, com segurança, para dentro do escritório até mesmo do cliente. As pequenas e médias empresas são as que mais têm trabalhadores móveis, já que devemos considerar que boa parte dessas micro-empresas é formada por uma única pessoa que está em trânsito o tempo todo. Nas grandes corporações e nas empresas de médio porte podemos observar que nem todos os funcionários são móveis o tempo todo, havendo ainda aqueles que permanecem no escritório o dia todo. Dependendo do perfil de pessoal de uma organização, uma solução móvel pode ajudar a força de trabalho a cumprir da melhor forma as suas atividades. Mas é preciso entender os perfis dos trabalhadores para entender como a mobilidade se adapta melhor à estrutura.
  • 15. Alguns tipos de trabalhadores • Trabalhadores com base no escritório: de forma geral, são todos aqueles funcionários que, pela natureza de seu trabalho, necessitam de um escritório para desenvolver suas tarefas. • Viajantes constantes: costuma ser o pessoal da área de vendas e cobrança, ainda que também muitas áreas diretivas entrem nessa categoria. Esse tipo de funcionário tem contato freqüente com clientes e/ou provedores, e contar com acesso à informação em todos os momentos torna-se particularmente importante, pois ele tem pouco contato com a organização. • Trabalhadores com base fora do escritório: são aquelas pessoas que trabalham em uma empresa, mas realizam suas atividades fora dela. • Trabalhadores alocados no cliente: são usualmente consultores ou especialistas que realizam um projeto específico em outra organização. Por serem pessoas que dependem muito da informação para realizar suas tarefas, contar com ela a qualquer momento torna-se vital.
  • 16. Dicas para obter benefícios da mobilidade • O que a mobilidade pode fazer pela empresa - mobilidade é mais do que PDAs, notebooks, redes wireless e padrões como wLAN, UMTS e GSM. Trata-se, na verdade, de informações atualizadas sempre à mão, maior produtividade para usuários que trabalham em trânsito ou em ambientes restritos e que precisam acessar pequenas ou grandes quantidades de informação. • Começar pelo simples - antes de prover sofisticadas soluções wireless para clientes e parceiros, deve-se lembrar dos funcionários. O aumento da produtividade e o aprimoramento das aplicações de negócios devem ser a porta de entrada da solução wireless - e do retorno sobre investimento. Começar pelos trabalhadores remotos, depois pelos fixos, melhorar então os processos de negócios e, finalmente, criar novos produtos e serviços. Essas são aplicações mais complexas, dispendiosas e que geralmente funcionam melhor com uma infra-estrutura wireless já instalada e disseminada na empresa. • Procurar por resultados rápidos, mas sempre com equilíbrio - priorizar as ações que trarão grande impacto sobre o negócio e possam ser facilmente implementadas, sem esquecer das necessidades de infra-estrutura de médio- longo prazo que trazem menos retorno e/ou são mais complexas. Elaborar um planejamento - Desenvolver uma arquitetura flexível, aberta e ágil e aproveitar ao máximo a tecnologia já existente. Especificar fases, prazos e abordagem adequados para cada funcionalidade.
  • 17. Segurança Uma vez convencido de que adotar a mobilidade é a melhor medida a tomar para impulsionar seus negócios, o empresário se pergunta quais aspectos devem ser levados em conta no que diz respeito à Segurança da Informação. Algumas notícias alarmantes dão conta de que não existe segurança sem fio. Até que ponto isso é verdade e o que fazer para se prevenir? O empresário precisa tomar uma série de providências para que garantir que a informação crítica do seu negócio esteja sempre protegida, ainda que não permaneça fisicamente no escritório. As pequenas e médias empresas (PMEs) no Brasil, caracterizadas como companhias com até 999 funcionários, estão atentas para a questão da segurança da informação, conforme demonstra um estudo realizado pela AMI-Partners. A previsão é que o segmento invista US$ 260 milhões em soluções de segurança. A pesquisa aponta que grande parte do aumento do investimento (60%) será feito pelas médias empresas, que possuem de 100 e 999 profissionais.
  • 18. Os aportes realizados serão principalmente no combate a crime virtual, uma das principais preocupações desse nicho de mercado. Por conta das redes sem fio e da globalização, as vulnerabilidades encontradas atualmente não dependem mais de sua localização geográfica. Mais de 70% das médias empresas brasileiras apontam segurança de dados e privacidade como questões-chave. Isso explica a explosão no mercado de antivírus e aplicações de segurança, bem como a alta registrada nos softwares que combatem pragas virtuais.
  • 19. Conclusão Mobilidade significa ter a conectividade, a duração da bateria, e o poder de processamento para fazer o seu trabalho independente de onde o usuário estiver. As empresas precisam de soluções que satisfaçam as suas necessidades de segurança. No caso de empresas que têm funcionários remotos, usando notebook, por exemplo, necessitam de segurança física, ou seja, proteção do equipamento contra roubo. Além disso, devem manter uma sólida política de segurança que contemple regras para uso de equipamentos móveis, por exemplo. O importante é delegar níveis de acesso para cada um dos funcionários remotos, protegendo os dados estratégicos da corporação. Mobilidade é sinônimo de liberdade. E liberdade tem seu preço. Esse recurso, portanto, somente deve ser adotado, caso uma forte política de segurança seja adotada. A conectividade sem fios permite aos usuários de computadores irem muito além do lugar comum. Mas para ter mobilidade de verdade é preciso estar em um espaço com tecnologia wireless e com um computador baseado em tecnologia para conexão sem fio, como é o caso da Tecnologia Móvel Intel® Centrino® Duo. O wireless é uma realidade já consolidada no Brasil e que, pouco a pouco, têm tomado o espaço das redes tradicionais. A mobilidade já atingiu um novo patamar na evolução da conectividade: além de integrar micros em rede, a tecnologia sem fio também facilita a troca de dados entre periféricos e dispositivos. Assim, a comunicação entre PCs e laptops, câmeras digitais, handhelds e handsets é realizada via Wi-Fi ou por Bluetooth (mais utilizado em periféricos de uso cotidiano, como celulares e PDAs). Wi-Fi significa Wireless Fidelity.