SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
Baixar para ler offline
COLÉGIO ESTADUAL VISCONDE DE BOM RETIRO
Nome: Andriele Szczepanik e Dienifer Jagielo
Turma: 35 TP
TRABALHO SOBRE CAPITALISMO
Professor: Alexandre Misturini
Componente curricular: Filosofia
Bento Gonçalves, abril de 2015.
CAPITALISMO:
É um sistema sócio econômico onde o que é produzido possui um dono e os
lucros obtidos são privados. O capitalismo se originou na Europa no século XV por
meio dos artesões e comerciantes os quais queriam obter lucros por meio da
implantação de um novo sistema na economia Europeia.
Dentre algumas características do capitalismo destacam-se: A economia de
mercado, onde o dono decide como irá produzir e vender seus produtos existe a lei
da oferta e procura, o preço dos produtos tem a tendência de aumentar quanto
diminuir, dependendo a procura pelo produto, ocorre também à concorrência entre
as empresas, pois todas querem vender seus produtos para adquirir lucros e
consequentemente crescimento à empresa, outro fator que o capitalismo busca é o
lucro, mas para isso os donos devem abaixar o preço de seus produtos para vender
mais e consequentemente chegar ao resultado em que esperam ao final do mês.
Com o passar do tempo houve uma divisão da sociedade, e ela ficou dividida
em capitalismo comercial, capitalismo monopolista ou financeiro e capitalismo
industrial. Vajamos um pouco sobre cada classe.
CAPITALISMO COMERCIAL: Iniciou no século XV, com o apoio de Portugal,
Espanha, Inglaterra e Holanda, onde firmaram colônias em outros países (África,
América e Ásia), expandindo riquezas naturais como produtos agrícolas, especiarias
e minerais. Assim estabelecendo bases na Divisão Internacional do Trabalho (DIT),
onde ficou caracterizado pela produção de produtos os quais eram enviados para as
colônias.
CAPITALISMO FINANCEIRO OU MONOPOLISTA: Teve início no século
XIX e predomina até os dias atuais. Suas potências são EUA, Alemanha e Reino
Unido, as quais caracterizam uma concentração de dinheiro na produção das
empresas, controlando a oferta dos preços de produtos e os serviços de mercados.
Nessa etapa o capitalismo teve um importante papel exercido pelo banco na
economia, pois financiou a produção agrícola e industrial.
A maior parte das empresas abre seu capital, possibilitando suas ações para
a bolsa de valores. As empresas que consolidaram essa fase do capitalismo
transformaram-se em corporações multinacionais o qual ocorre à diminuição dos
custos de produção com a utilização da mão de obra barata das fontes de matéria-
prima.
Na década de 30 com a causa do balanceamento da força existente, o
Estado passa a impedir na economia, financiando a produção de diversas
constituições. Onde fundam empresas estatais como infraestruturas.
Com isso a doutrina econômica procura adaptar o liberalismo ao capitalismo
(nos dias atuais), onde a privatização de empresas estatais e ampliação do comércio
externo participa do Estado, o qual ficam presentes nos países ricos industrializados
como países desenvolvidos.
CAPITALISMO INDUSTRIAL: Surgiu no século XVIII até XIX, nesta fase a
economia das potências europeias passou a ser regidas pelo liberalismo, o qual era
baseado na lei da oferta e procura. Ocorreu a produção de matérias primas baratas,
pois o capitalismo industrial consolidou a DIT.
A CRISE DO CAPITALISMO
Em 1929, começou a crise e durou até a segunda guerra mundial, essa crise
trouxe diversas consequências dentre elas podemos destacar, elevadas taxas de
desemprego e com isso o aumento de desempregados, diminuição de produção
industrial, queda do PIB e o preços de ações, a bolsa de valores de Nova Iorque, viu
esses preços despencarem e com isso ocorreu o fechamento de muitas empresas e
por consequência muitos desempregados.
Com esperança de estabelecer esta crise, americanos votaram em Franklin
Delano Roosevelt (1933) ele colocou em pratica um sistema para controlar os
preços e a produção, assim fazendo com que não houvesse acúmulo em estoque, e
finalmente em 1940 tudo voltou a funcionar normalmente.
Um ponto positivo para as indústrias brasileiras foi que o governo comprou
toneladas de café e queimou para manter o preço da mercadoria e isso acarretou
para que os agricultores investissem no setor industrial.
A produção de larga escala permitiu que houvesse lucros nas metrópoles,
assim ocorrendo uma situação de subordinação tecnológica e econômica das
colônias as grandes metrópoles.
Concluímos então que o capitalismo passou por fases, mudanças, porém o
foco sempre foi obter lucro de qualquer forma e conquistar para si o que de fato faz
a diferença para o empresário, tendo consigo a certeza de que para produzir alguma
coisa se gasta dinheiro e que o mesmo produto é procurado por muitas pessoas e
concorrido entre as empresas, e quanto melhor o produto e menos gastos possíveis,
maior é obtenção de fins lucrativos.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Proc formacao capitalismo
Proc formacao capitalismoProc formacao capitalismo
Proc formacao capitalismoFilipe Carvalho
 
Indústria, Capitalismo e Socialismo
Indústria, Capitalismo e SocialismoIndústria, Capitalismo e Socialismo
Indústria, Capitalismo e Socialismoaroudus
 
Capitalismo e a Organização espacial
Capitalismo e a Organização espacialCapitalismo e a Organização espacial
Capitalismo e a Organização espacialGustavo de Melo
 
O processo de desenvolvimento do capitalismo
O processo de desenvolvimento do capitalismoO processo de desenvolvimento do capitalismo
O processo de desenvolvimento do capitalismoLilian Damares
 
Gestão e economia
Gestão e economiaGestão e economia
Gestão e economiacattonia
 
Capitalismo Político e Econômico
Capitalismo Político e Econômico Capitalismo Político e Econômico
Capitalismo Político e Econômico Guilherme Lopes
 
Resumo Capitalismo
Resumo CapitalismoResumo Capitalismo
Resumo CapitalismoCADUCOCMED
 
Capitalismo Industrial
Capitalismo IndustrialCapitalismo Industrial
Capitalismo IndustrialIvanilson Lima
 
A formação do mundo capitalista
A formação do mundo capitalistaA formação do mundo capitalista
A formação do mundo capitalistaIone Rocha
 
Capitalismo socialismo introdução
Capitalismo  socialismo  introduçãoCapitalismo  socialismo  introdução
Capitalismo socialismo introduçãoLUIS ABREU
 

Mais procurados (20)

Proc formacao capitalismo
Proc formacao capitalismoProc formacao capitalismo
Proc formacao capitalismo
 
Capitalismo comercial
Capitalismo comercialCapitalismo comercial
Capitalismo comercial
 
Capitalismo industrial
Capitalismo industrialCapitalismo industrial
Capitalismo industrial
 
CAPITALISMO INFORMACIONAL
CAPITALISMO INFORMACIONALCAPITALISMO INFORMACIONAL
CAPITALISMO INFORMACIONAL
 
Indústria, Capitalismo e Socialismo
Indústria, Capitalismo e SocialismoIndústria, Capitalismo e Socialismo
Indústria, Capitalismo e Socialismo
 
Capitalismo e a Organização espacial
Capitalismo e a Organização espacialCapitalismo e a Organização espacial
Capitalismo e a Organização espacial
 
O processo de desenvolvimento do capitalismo
O processo de desenvolvimento do capitalismoO processo de desenvolvimento do capitalismo
O processo de desenvolvimento do capitalismo
 
Gestão e economia
Gestão e economiaGestão e economia
Gestão e economia
 
O capitalismo
O capitalismoO capitalismo
O capitalismo
 
Trabalho de sociologia (2)
Trabalho de sociologia (2)Trabalho de sociologia (2)
Trabalho de sociologia (2)
 
Capitalismo Político e Econômico
Capitalismo Político e Econômico Capitalismo Político e Econômico
Capitalismo Político e Econômico
 
Resumo Capitalismo
Resumo CapitalismoResumo Capitalismo
Resumo Capitalismo
 
Slide de filosofia 35 tp
Slide de filosofia 35 tpSlide de filosofia 35 tp
Slide de filosofia 35 tp
 
Capitalismo Industrial
Capitalismo IndustrialCapitalismo Industrial
Capitalismo Industrial
 
Capitalismo x socialismo
Capitalismo x socialismoCapitalismo x socialismo
Capitalismo x socialismo
 
A formação do mundo capitalista
A formação do mundo capitalistaA formação do mundo capitalista
A formação do mundo capitalista
 
Capitalismo
CapitalismoCapitalismo
Capitalismo
 
Capitalismo e Socialismo
Capitalismo e Socialismo Capitalismo e Socialismo
Capitalismo e Socialismo
 
Capitalismo socialismo introdução
Capitalismo  socialismo  introduçãoCapitalismo  socialismo  introdução
Capitalismo socialismo introdução
 
Capitalismo
CapitalismoCapitalismo
Capitalismo
 

Semelhante a Capitalismo: evolução e crises em

Material complementar capitalismoxsocialismo
Material complementar capitalismoxsocialismoMaterial complementar capitalismoxsocialismo
Material complementar capitalismoxsocialismoLUIS ABREU
 
As transformações do capitalismo
As transformações do capitalismoAs transformações do capitalismo
As transformações do capitalismoNelson Silva
 
Capitalismo e sua evolução
Capitalismo e sua evoluçãoCapitalismo e sua evolução
Capitalismo e sua evoluçãoArtur Lara
 
capitalismo-140224154700-phpapp01 (1).pdf
capitalismo-140224154700-phpapp01 (1).pdfcapitalismo-140224154700-phpapp01 (1).pdf
capitalismo-140224154700-phpapp01 (1).pdfAnderson Torres Pereira
 
Revisão capítulos 1 e 2
Revisão capítulos 1 e 2Revisão capítulos 1 e 2
Revisão capítulos 1 e 2edudeoliv
 
O mundo industrializado no
O mundo industrializado noO mundo industrializado no
O mundo industrializado nomaria40
 
Revisão de geo
Revisão de geoRevisão de geo
Revisão de geoedudeoliv
 
Neoliberalismo aula pronta
Neoliberalismo aula prontaNeoliberalismo aula pronta
Neoliberalismo aula prontalimananda
 
O capitalismo e a construção do espaço geográfico
O capitalismo e a construção do espaço geográficoO capitalismo e a construção do espaço geográfico
O capitalismo e a construção do espaço geográficoMaricleia Alves
 
O capitalismo e a construção do espaço geografico
O capitalismo e a construção do espaço geograficoO capitalismo e a construção do espaço geografico
O capitalismo e a construção do espaço geograficoflornomandacaru
 
Origem e Características do Capitalismo.ppt
Origem e Características do Capitalismo.pptOrigem e Características do Capitalismo.ppt
Origem e Características do Capitalismo.pptvitoriapereira42
 
O capitalismo e a formação do espaço geográfico
O capitalismo e a formação do espaço geográficoO capitalismo e a formação do espaço geográfico
O capitalismo e a formação do espaço geográficoBeatriz Ramos
 
Capitalismo Financeiro
Capitalismo FinanceiroCapitalismo Financeiro
Capitalismo FinanceiroIvanilson Lima
 
7880listadeexercícios3°anojaneiro2018postadoem05.fev.pdf
7880listadeexercícios3°anojaneiro2018postadoem05.fev.pdf7880listadeexercícios3°anojaneiro2018postadoem05.fev.pdf
7880listadeexercícios3°anojaneiro2018postadoem05.fev.pdfAnderson Torres Pereira
 

Semelhante a Capitalismo: evolução e crises em (20)

Material complementar capitalismoxsocialismo
Material complementar capitalismoxsocialismoMaterial complementar capitalismoxsocialismo
Material complementar capitalismoxsocialismo
 
As transformações do capitalismo
As transformações do capitalismoAs transformações do capitalismo
As transformações do capitalismo
 
Capitalismo e sua evolução
Capitalismo e sua evoluçãoCapitalismo e sua evolução
Capitalismo e sua evolução
 
Trabalho de filo e socio 2 (1)
Trabalho de filo e socio 2 (1)Trabalho de filo e socio 2 (1)
Trabalho de filo e socio 2 (1)
 
capitalismo-140224154700-phpapp01 (1).pdf
capitalismo-140224154700-phpapp01 (1).pdfcapitalismo-140224154700-phpapp01 (1).pdf
capitalismo-140224154700-phpapp01 (1).pdf
 
Revisão capítulos 1 e 2
Revisão capítulos 1 e 2Revisão capítulos 1 e 2
Revisão capítulos 1 e 2
 
O mundo industrializado no
O mundo industrializado noO mundo industrializado no
O mundo industrializado no
 
Revisão de geo
Revisão de geoRevisão de geo
Revisão de geo
 
Neoliberalismo aula pronta
Neoliberalismo aula prontaNeoliberalismo aula pronta
Neoliberalismo aula pronta
 
O capitalismo e a construção do espaço geográfico
O capitalismo e a construção do espaço geográficoO capitalismo e a construção do espaço geográfico
O capitalismo e a construção do espaço geográfico
 
Capitalismo
CapitalismoCapitalismo
Capitalismo
 
O capitalismo e a construção do espaço geografico
O capitalismo e a construção do espaço geograficoO capitalismo e a construção do espaço geografico
O capitalismo e a construção do espaço geografico
 
Origem e Características do Capitalismo.ppt
Origem e Características do Capitalismo.pptOrigem e Características do Capitalismo.ppt
Origem e Características do Capitalismo.ppt
 
Capitalismo.pdf
Capitalismo.pdfCapitalismo.pdf
Capitalismo.pdf
 
O capitalismo e a formação do espaço geográfico
O capitalismo e a formação do espaço geográficoO capitalismo e a formação do espaço geográfico
O capitalismo e a formação do espaço geográfico
 
Capitalismo Financeiro.pdf
Capitalismo Financeiro.pdfCapitalismo Financeiro.pdf
Capitalismo Financeiro.pdf
 
Capitalismo Financeiro
Capitalismo FinanceiroCapitalismo Financeiro
Capitalismo Financeiro
 
Capitalismo
CapitalismoCapitalismo
Capitalismo
 
7880listadeexercícios3°anojaneiro2018postadoem05.fev.pdf
7880listadeexercícios3°anojaneiro2018postadoem05.fev.pdf7880listadeexercícios3°anojaneiro2018postadoem05.fev.pdf
7880listadeexercícios3°anojaneiro2018postadoem05.fev.pdf
 
4ª UNIDADE 2010
4ª UNIDADE 20104ª UNIDADE 2010
4ª UNIDADE 2010
 

Mais de Alexandre Misturini

Reunião de pais 21032017 2 e 3 º anos
Reunião de pais  21032017 2 e 3 º anosReunião de pais  21032017 2 e 3 º anos
Reunião de pais 21032017 2 e 3 º anosAlexandre Misturini
 
Reunião de pais 21032017 2 e 3 º anos
Reunião de pais  21032017 2 e 3 º anosReunião de pais  21032017 2 e 3 º anos
Reunião de pais 21032017 2 e 3 º anosAlexandre Misturini
 
Reunião de pais 20032017 1º anos
Reunião de pais  20032017 1º anosReunião de pais  20032017 1º anos
Reunião de pais 20032017 1º anosAlexandre Misturini
 
Reunião de pais 20032017 1º anos
Reunião de pais  20032017 1º anosReunião de pais  20032017 1º anos
Reunião de pais 20032017 1º anosAlexandre Misturini
 
Filosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mp
Filosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mpFilosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mp
Filosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mpAlexandre Misturini
 
Modelo de divulgação do projeto social
Modelo de divulgação do projeto socialModelo de divulgação do projeto social
Modelo de divulgação do projeto socialAlexandre Misturini
 
Filosofia medieval sociologia e filosofia 27np fabricio e uilian
Filosofia medieval sociologia e filosofia 27np fabricio e uilianFilosofia medieval sociologia e filosofia 27np fabricio e uilian
Filosofia medieval sociologia e filosofia 27np fabricio e uilianAlexandre Misturini
 
(Bruna castro, gabrielle rohden e helen calza
(Bruna castro, gabrielle rohden e helen calza(Bruna castro, gabrielle rohden e helen calza
(Bruna castro, gabrielle rohden e helen calzaAlexandre Misturini
 
Trabalho 26 tp mateus e pedro - escolástica e patrística
Trabalho 26 tp   mateus e pedro - escolástica e patrísticaTrabalho 26 tp   mateus e pedro - escolástica e patrística
Trabalho 26 tp mateus e pedro - escolástica e patrísticaAlexandre Misturini
 

Mais de Alexandre Misturini (20)

Reunião de pais 21032017 2 e 3 º anos
Reunião de pais  21032017 2 e 3 º anosReunião de pais  21032017 2 e 3 º anos
Reunião de pais 21032017 2 e 3 º anos
 
Reunião de pais 21032017 2 e 3 º anos
Reunião de pais  21032017 2 e 3 º anosReunião de pais  21032017 2 e 3 º anos
Reunião de pais 21032017 2 e 3 º anos
 
Reunião de pais 20032017 1º anos
Reunião de pais  20032017 1º anosReunião de pais  20032017 1º anos
Reunião de pais 20032017 1º anos
 
Reunião de pais 20032017 1º anos
Reunião de pais  20032017 1º anosReunião de pais  20032017 1º anos
Reunião de pais 20032017 1º anos
 
Política filo 33 mp
Política filo 33 mpPolítica filo 33 mp
Política filo 33 mp
 
Filosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mp
Filosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mpFilosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mp
Filosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mp
 
éTica
éTicaéTica
éTica
 
Modelo de divulgação do projeto social
Modelo de divulgação do projeto socialModelo de divulgação do projeto social
Modelo de divulgação do projeto social
 
Filosofia medieval sociologia e filosofia 27np fabricio e uilian
Filosofia medieval sociologia e filosofia 27np fabricio e uilianFilosofia medieval sociologia e filosofia 27np fabricio e uilian
Filosofia medieval sociologia e filosofia 27np fabricio e uilian
 
Filosofia medieval raiana 27 np
Filosofia medieval raiana 27 npFilosofia medieval raiana 27 np
Filosofia medieval raiana 27 np
 
Filosofia medieval 27 np
Filosofia medieval 27 npFilosofia medieval 27 np
Filosofia medieval 27 np
 
(Bruna castro, gabrielle rohden e helen calza
(Bruna castro, gabrielle rohden e helen calza(Bruna castro, gabrielle rohden e helen calza
(Bruna castro, gabrielle rohden e helen calza
 
Filosofia medieval julia 22mp
Filosofia medieval julia 22mpFilosofia medieval julia 22mp
Filosofia medieval julia 22mp
 
Fslide de filo 22mpppppp
Fslide de filo 22mppppppFslide de filo 22mpppppp
Fslide de filo 22mpppppp
 
Filosofia medieval 01 pimel 24
Filosofia medieval 01 pimel 24Filosofia medieval 01 pimel 24
Filosofia medieval 01 pimel 24
 
Filo 02 26tptptptp
Filo 02 26tptptptpFilo 02 26tptptptp
Filo 02 26tptptptp
 
Filosofia medieval 24
Filosofia medieval 24Filosofia medieval 24
Filosofia medieval 24
 
Trabalho ética 15 tp
Trabalho ética 15 tpTrabalho ética 15 tp
Trabalho ética 15 tp
 
Trabalho 26 tp mateus e pedro - escolástica e patrística
Trabalho 26 tp   mateus e pedro - escolástica e patrísticaTrabalho 26 tp   mateus e pedro - escolástica e patrística
Trabalho 26 tp mateus e pedro - escolástica e patrística
 
Filosofia medieval 25tp
Filosofia medieval 25tpFilosofia medieval 25tp
Filosofia medieval 25tp
 

Último

HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalJacqueline Cerqueira
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfAdrianaCunha84
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...LizanSantos1
 

Último (20)

HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
 

Capitalismo: evolução e crises em

  • 1. COLÉGIO ESTADUAL VISCONDE DE BOM RETIRO Nome: Andriele Szczepanik e Dienifer Jagielo Turma: 35 TP TRABALHO SOBRE CAPITALISMO Professor: Alexandre Misturini Componente curricular: Filosofia Bento Gonçalves, abril de 2015.
  • 2. CAPITALISMO: É um sistema sócio econômico onde o que é produzido possui um dono e os lucros obtidos são privados. O capitalismo se originou na Europa no século XV por meio dos artesões e comerciantes os quais queriam obter lucros por meio da implantação de um novo sistema na economia Europeia. Dentre algumas características do capitalismo destacam-se: A economia de mercado, onde o dono decide como irá produzir e vender seus produtos existe a lei da oferta e procura, o preço dos produtos tem a tendência de aumentar quanto diminuir, dependendo a procura pelo produto, ocorre também à concorrência entre as empresas, pois todas querem vender seus produtos para adquirir lucros e consequentemente crescimento à empresa, outro fator que o capitalismo busca é o lucro, mas para isso os donos devem abaixar o preço de seus produtos para vender mais e consequentemente chegar ao resultado em que esperam ao final do mês. Com o passar do tempo houve uma divisão da sociedade, e ela ficou dividida em capitalismo comercial, capitalismo monopolista ou financeiro e capitalismo industrial. Vajamos um pouco sobre cada classe. CAPITALISMO COMERCIAL: Iniciou no século XV, com o apoio de Portugal, Espanha, Inglaterra e Holanda, onde firmaram colônias em outros países (África, América e Ásia), expandindo riquezas naturais como produtos agrícolas, especiarias e minerais. Assim estabelecendo bases na Divisão Internacional do Trabalho (DIT), onde ficou caracterizado pela produção de produtos os quais eram enviados para as colônias. CAPITALISMO FINANCEIRO OU MONOPOLISTA: Teve início no século XIX e predomina até os dias atuais. Suas potências são EUA, Alemanha e Reino Unido, as quais caracterizam uma concentração de dinheiro na produção das empresas, controlando a oferta dos preços de produtos e os serviços de mercados. Nessa etapa o capitalismo teve um importante papel exercido pelo banco na economia, pois financiou a produção agrícola e industrial. A maior parte das empresas abre seu capital, possibilitando suas ações para a bolsa de valores. As empresas que consolidaram essa fase do capitalismo
  • 3. transformaram-se em corporações multinacionais o qual ocorre à diminuição dos custos de produção com a utilização da mão de obra barata das fontes de matéria- prima. Na década de 30 com a causa do balanceamento da força existente, o Estado passa a impedir na economia, financiando a produção de diversas constituições. Onde fundam empresas estatais como infraestruturas. Com isso a doutrina econômica procura adaptar o liberalismo ao capitalismo (nos dias atuais), onde a privatização de empresas estatais e ampliação do comércio externo participa do Estado, o qual ficam presentes nos países ricos industrializados como países desenvolvidos. CAPITALISMO INDUSTRIAL: Surgiu no século XVIII até XIX, nesta fase a economia das potências europeias passou a ser regidas pelo liberalismo, o qual era baseado na lei da oferta e procura. Ocorreu a produção de matérias primas baratas, pois o capitalismo industrial consolidou a DIT. A CRISE DO CAPITALISMO Em 1929, começou a crise e durou até a segunda guerra mundial, essa crise trouxe diversas consequências dentre elas podemos destacar, elevadas taxas de desemprego e com isso o aumento de desempregados, diminuição de produção industrial, queda do PIB e o preços de ações, a bolsa de valores de Nova Iorque, viu esses preços despencarem e com isso ocorreu o fechamento de muitas empresas e por consequência muitos desempregados. Com esperança de estabelecer esta crise, americanos votaram em Franklin Delano Roosevelt (1933) ele colocou em pratica um sistema para controlar os preços e a produção, assim fazendo com que não houvesse acúmulo em estoque, e finalmente em 1940 tudo voltou a funcionar normalmente. Um ponto positivo para as indústrias brasileiras foi que o governo comprou toneladas de café e queimou para manter o preço da mercadoria e isso acarretou para que os agricultores investissem no setor industrial.
  • 4. A produção de larga escala permitiu que houvesse lucros nas metrópoles, assim ocorrendo uma situação de subordinação tecnológica e econômica das colônias as grandes metrópoles. Concluímos então que o capitalismo passou por fases, mudanças, porém o foco sempre foi obter lucro de qualquer forma e conquistar para si o que de fato faz a diferença para o empresário, tendo consigo a certeza de que para produzir alguma coisa se gasta dinheiro e que o mesmo produto é procurado por muitas pessoas e concorrido entre as empresas, e quanto melhor o produto e menos gastos possíveis, maior é obtenção de fins lucrativos.