SlideShare uma empresa Scribd logo
SIMULADO ATUALIDADES – INSS – Professor Muriel

1-CESPE (BNDES – 2010) Com 20 milhões de habitantes, Moçambique, na costa
oriental da África subsaariana, é um dos mais preocupantes focos do vírus HIV em
todo o mundo. Um em cada sete adultos moçambicanos está contaminado – o
equivalente a 15% dessa população. A precariedade do acesso aos cuidados básicos
de saúde e a falta de informações sobre prevenção e tratamento compõem o cenário
ideal para a disseminação do HIV. Metade dos quase 100.000 mortos pela doença,
todos os anos, tem entre 30 e 44 anos – na plenitude produtiva.

Em termos demográficos, a doença em foco afeta negativamente Moçambique, de
forma mais direta, no seguinte aspecto:

(A) expectativa de vida.
(B) índice de fecundidade.
(C) imigração estrangeira.
(D) migrações internas.
(E) saldo migratório.



2-CESPE (BNDES – 2010) A Agência Internacional de Energia Atômica censurou o Irã
por ter iniciado clandestinamente a construção de uma usina de enriquecimento de
urânio. Teerã reagiu anunciando mais dez usinas e a busca de tecnologia própria para
enriquecer urânio até o teor de 20%, usado na produção de isótopos para medicina e
pesquisa – para reatores, bastam 3% a 5%; para bombas atômicas, necessita-se de
80% ou mais.
Revista Carta Capital, Ano XV, no 575, 9 dez. 2009, p. 22.

A análise da notícia acima conduz à conclusão sobre o Irã de que o(a)

(A) enriquecimento do urânio é incompatível com essa região do planeta.
(B) país é considerado por essa Agência a mais forte potência nuclear regional.
(C) governo atual se empenha para recuperar o status de potência nuclear.
(D) programa nuclear iraniano está paralisado devido aos Estados Unidos.
(E) sua capacidade nuclear é insuficiente para produzir bombas atômicas.



3-CESPE (BNDES – 2010)

                                   DE PORTOS ABERTOS
A Secretaria Especial de Portos deu início à dragagem do porto de Santos, o maior da América
Latina, que movimentou 83,2 milhões de toneladas em 2009. Depois das obras, o porto terá
capacidade para receber os maiores navios de carga do mundo, com mais de 75 mil toneladas.
Revista Istoé, ano 34, no 2.103, 03 mar. 2010, p. 33.



A reestruturação do tipo de infraestrutura referida acima expressa especificamente o fato de o
país expandir sua capacidade

(A) informacional.
(B) defensiva.
(C) normativa.
(D) logística.
(E) institucional.
Os gráficos abaixo mostram, a composição demográfica do Brasil, segundo o censo
de 2010.




Com base nos dados acerca da evolução da população brasileira, apresentados no
gráficos acima, julgue os itens subseqüentes:

4- Conforme os dados apresentados pelo gráfico populacional observa-se que a
população economicamente ativa esta em ascensão no Brasil.

5-O envelhecimento da população brasileira é uma realidade, ou seja, a parcela de
habitantes com mais de 65 anos, representam uma média de 8 idosos a cada 100
brasileiros.

6-De acordo com a pirâmide etária, nota-se que os percentuais de habitantes
enquadrados como população economicamente ativa apresentam índices altos, o que
representa um custo a mais para a previdência nacional.

7- Ao compararmos o censo de 2010 com o censo de 2000, nota-se um aumento do
índice de crescimento populacional de todas as faixas etárias brasileiras.

8-Conforme o gráfico abaixo o crescimento populacional brasileiro dos últimos dez
anos representou o menor índice da história.
9- De acordo com o censo de 2010, as regiões norte e centro-oeste foram as que
obtiveram os maiores índices crescimento populacional, seno que os estados de São
Paulo, Rio Grande do Sul e Paraná foram os com menores índices.



10 (Pucamp) Embora o Brasil esteja colocado entre os países mais populosos do
mundo, quando se relaciona sua população total com a área do país obtém-se um
número relativamente baixo.

A essa relação população x área, damos o nome de:

A)Taxa de crescimento;

B) Índice de Desenvolvimento;

C) Densidade Demográfica;

D) Taxa de Natalidade;

E) Taxa de Fertilidade;



11- Analisando a pirâmide etária brasileira de 2010, é possível concluir que ela
caracteriza uma população:


                                        A) Em transição demográfica, com a
                                           diminuição da população ativa e aumento
                                           de idosos;

                                        B) Com diminuição das taxas de natalidade e
                                           mortalidade, porém com disparidades
                                           regionais no que diz respeito à expectativa
                                           de vida.

                                        C) Com uma diminuição constante da base, ou
                                           seja, decréscimo de idosos;

                                        D) Com baixa taxa de natalidade e alto
                                           crescimento vegetativo.

                                        E) Com crescimento de crianças em franca
                                           ascensão.



12- (FCC/ Metrô de São Paulo, 2010, adaptada) No dia 18 de janeiro de 2010,
a Agência Brasil informava que “Piñera venceu a eleição para presidente com
51,6% dos votos contra 48,3% dados ao candidato governista, o ex-presidente
Eduardo Frei Ruiz, de centro-esquerda, apoiado por Bachelet. A eleição foi
considerada a mais apertada da história da redemocratização do país. Cada
voto foi disputado. O oposicionista venceu com o discurso da mudança e
renovação.”
(Adaptado de http://www.agenciabrasil.gov.br/noticias)

A notícia refere-se às eleições presidenciais
(A) do Paraguai.
(B) da Argentina.
(C) do Uruguai.
(D) da Colômbia.
(E) do Chile.



13. (FCC/ Metrô de São Paulo, 2010, adaptada) ”O presidente deposto
________, ________, deixou nesta quarta-feira a Embaixada do Brasil em
Tegucigalpa, onde estava isolado havia quatro meses. Ele seguiu para o aeroporto da
cidade de onde embarcará, com a mulher e os filhos, para a República Dominicana,
após fracassar em sua campanha para reverter o golpe que o derrubou do poder, em
28 de junho do ano passado”.

Esta notícia da Folha Online, publicada em 02 de fevereiro deste ano, deve ser
completada, respectivamente, com:

(A) do Panamá, Ricardo Martinelli.
(B) do Haiti, René Préval.
(C) da Costa Rica, Oscar Arias.
(D) de Honduras, Manuel Zelaya.
(E) da Guatemala, Álvaro Colom.


14. (FCC/ Metrô de São Paulo, 2010, adaptada) “O programa “Café com o
Presidente”, transmitido em cadeia de rádio nesta segunda-feira (21/12) abordou a
COP15, realizada na semana passada, em Copenhague (Dinamarca). Na conversa, o
presidente Lula disse que após a reunião "o sentimento que fica é de que os
governantes do mundo inteiro vão ter que ter esse tema sempre como prioritário, para
que a gente encontre uma solução definitiva e possa garantir a manutenção e a
existência do planeta Terra, permitindo que a espécie humana sobreviva”.
(Adaptado de http://www.cop15brasil.gov.br)

O evento, que foi tema do programa, tratou
(A) de cooperação com países africanos.
(B) de mudanças climáticas.
(C) de problemas econômicos.
(D) de restrições às pesquisas atômicas.
(E) da criação de uma nova moeda mundial.

15. “A rede terrorista da al-Qaeda voltou nesta terça-feira (10) a pedir que os
muçulmanos vinguem a morte de Osama bin Laden. Em comunicado postado online,
a rede afirma que os americanos vão "pagar o preço" da decisão do presidente Barack
Obama de matar o terrorista”.
Em relação aos grupos terroristas do Oriente Médio assinale a alternativa incorreta:


   A- O grupo Hamas atua diretamente no Líbano. Atualmente o grupo paramilitar
       tornou-se um partido político o que possibilitou com que obtivesse poder no
       congresso libanês.
   B- O grupo Al Qaeda atua diretamente em diversos continentes através de
       núcleos organizacionais. Sua área base de atuação é no Afeganistão e no
       Paquistão, onde possui relações diretas com a milícia paquistanesa do
       Taleban.
   C- O grupo libanês do Hezbollah é dos muitos grupos terroristas árabes que não
       reconhece o Estado de Israel. Atualmente esta organização recebe
       financiamento da Síria.
   D- No território do Oriente Médio tanto a Síria como o Irão são reconhecidos pelos
       EUA como o “eixo do mal”.
   E- Nos territórios palestinos existem três organizações militares. Os grupo
       fundamentalistas Hamas e o Jihad Islãmica que atuam diretamente na Faixa de
       Gaza, e o grupo Al Fatah que é considerado um grupo moderado.
GABARITO




1A

2E

3D

4C

5C

6E

7E

8C

9E

10C

11B

12E

13D

14B

15A

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Radix geo 7ano_m3
Radix geo 7ano_m3Radix geo 7ano_m3
Radix geo 7ano_m3
Giselda morais rodrigues do
 
Exercicios corrigidos2092010164414
Exercicios corrigidos2092010164414Exercicios corrigidos2092010164414
Exercicios corrigidos2092010164414
tiago franco dos santos
 
Bussola covid19 report_diario_08_15
Bussola covid19 report_diario_08_15Bussola covid19 report_diario_08_15
Bussola covid19 report_diario_08_15
PaulodeTarsodosReisL
 
Ficha5 estrutura etaria - geografia 8º ano
Ficha5 estrutura etaria - geografia 8º anoFicha5 estrutura etaria - geografia 8º ano
Ficha5 estrutura etaria - geografia 8º ano
Gisela Alves
 
FOME: UM CASO DE (IN) SUSTENTABILIDADE ALIMENTAR OU (IN) SEGURANÇA POLÍTICA? ...
FOME: UM CASO DE (IN) SUSTENTABILIDADE ALIMENTAR OU (IN) SEGURANÇA POLÍTICA? ...FOME: UM CASO DE (IN) SUSTENTABILIDADE ALIMENTAR OU (IN) SEGURANÇA POLÍTICA? ...
FOME: UM CASO DE (IN) SUSTENTABILIDADE ALIMENTAR OU (IN) SEGURANÇA POLÍTICA? ...
1sested
 
Brasil 3b
Brasil 3bBrasil 3b
Brasileiros nos Estados Unidos: Meio Século (re)fazendo a América
Brasileiros nos Estados Unidos: Meio Século (re)fazendo a AméricaBrasileiros nos Estados Unidos: Meio Século (re)fazendo a América
Brasileiros nos Estados Unidos: Meio Século (re)fazendo a América
Instituto Diáspora Brasil (IDB)
 
Bussola covid19 report_diario_08_16
Bussola covid19 report_diario_08_16Bussola covid19 report_diario_08_16
Bussola covid19 report_diario_08_16
PaulodeTarsodosReisL
 
Lista de Exercícos - Introdução Brasil
Lista de Exercícos - Introdução BrasilLista de Exercícos - Introdução Brasil
Lista de Exercícos - Introdução Brasil
Rogério Bartilotti
 
Setemi News
Setemi NewsSetemi News
Setemi News
Setemi News
 
Apresentção fundos de investimento
Apresentção fundos de investimentoApresentção fundos de investimento
Apresentção fundos de investimento
Felipe Souto
 
Brasileiros na América
Brasileiros na AméricaBrasileiros na América
Brasileiros na América
Instituto Diáspora Brasil (IDB)
 
Lista Oriente Médio
Lista Oriente MédioLista Oriente Médio
Lista Oriente Médio
caduatualidades
 
Digaai - Voce Sabia ?
Digaai - Voce Sabia ?Digaai - Voce Sabia ?
Digaai - Voce Sabia ?
Instituto Diáspora Brasil (IDB)
 
Atividade Avaliativa Geografia
Atividade Avaliativa GeografiaAtividade Avaliativa Geografia
Atividade Avaliativa Geografia
Paulo Alves de Araujo
 
unidade 1
unidade 1unidade 1
unidade 1
Paula Tomaz
 
Lista revisão sartre_coc_3°_pré_oriente_médio_2013
Lista revisão sartre_coc_3°_pré_oriente_médio_2013Lista revisão sartre_coc_3°_pré_oriente_médio_2013
Lista revisão sartre_coc_3°_pré_oriente_médio_2013
Ademir Aquino
 
AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº 553 09 de dezembro de 2015
AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº  553  09 de dezembro de 2015AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº  553  09 de dezembro de 2015
AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº 553 09 de dezembro de 2015
Roberto Rabat Chame
 
Lista.módulo21
Lista.módulo21Lista.módulo21
Lista.módulo21
Camila Brito
 
Cenário Setorial - Fertilizantes
Cenário Setorial - FertilizantesCenário Setorial - Fertilizantes
Cenário Setorial - Fertilizantes
Sociedade Rural Brasileira (fan page)
 

Mais procurados (20)

Radix geo 7ano_m3
Radix geo 7ano_m3Radix geo 7ano_m3
Radix geo 7ano_m3
 
Exercicios corrigidos2092010164414
Exercicios corrigidos2092010164414Exercicios corrigidos2092010164414
Exercicios corrigidos2092010164414
 
Bussola covid19 report_diario_08_15
Bussola covid19 report_diario_08_15Bussola covid19 report_diario_08_15
Bussola covid19 report_diario_08_15
 
Ficha5 estrutura etaria - geografia 8º ano
Ficha5 estrutura etaria - geografia 8º anoFicha5 estrutura etaria - geografia 8º ano
Ficha5 estrutura etaria - geografia 8º ano
 
FOME: UM CASO DE (IN) SUSTENTABILIDADE ALIMENTAR OU (IN) SEGURANÇA POLÍTICA? ...
FOME: UM CASO DE (IN) SUSTENTABILIDADE ALIMENTAR OU (IN) SEGURANÇA POLÍTICA? ...FOME: UM CASO DE (IN) SUSTENTABILIDADE ALIMENTAR OU (IN) SEGURANÇA POLÍTICA? ...
FOME: UM CASO DE (IN) SUSTENTABILIDADE ALIMENTAR OU (IN) SEGURANÇA POLÍTICA? ...
 
Brasil 3b
Brasil 3bBrasil 3b
Brasil 3b
 
Brasileiros nos Estados Unidos: Meio Século (re)fazendo a América
Brasileiros nos Estados Unidos: Meio Século (re)fazendo a AméricaBrasileiros nos Estados Unidos: Meio Século (re)fazendo a América
Brasileiros nos Estados Unidos: Meio Século (re)fazendo a América
 
Bussola covid19 report_diario_08_16
Bussola covid19 report_diario_08_16Bussola covid19 report_diario_08_16
Bussola covid19 report_diario_08_16
 
Lista de Exercícos - Introdução Brasil
Lista de Exercícos - Introdução BrasilLista de Exercícos - Introdução Brasil
Lista de Exercícos - Introdução Brasil
 
Setemi News
Setemi NewsSetemi News
Setemi News
 
Apresentção fundos de investimento
Apresentção fundos de investimentoApresentção fundos de investimento
Apresentção fundos de investimento
 
Brasileiros na América
Brasileiros na AméricaBrasileiros na América
Brasileiros na América
 
Lista Oriente Médio
Lista Oriente MédioLista Oriente Médio
Lista Oriente Médio
 
Digaai - Voce Sabia ?
Digaai - Voce Sabia ?Digaai - Voce Sabia ?
Digaai - Voce Sabia ?
 
Atividade Avaliativa Geografia
Atividade Avaliativa GeografiaAtividade Avaliativa Geografia
Atividade Avaliativa Geografia
 
unidade 1
unidade 1unidade 1
unidade 1
 
Lista revisão sartre_coc_3°_pré_oriente_médio_2013
Lista revisão sartre_coc_3°_pré_oriente_médio_2013Lista revisão sartre_coc_3°_pré_oriente_médio_2013
Lista revisão sartre_coc_3°_pré_oriente_médio_2013
 
AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº 553 09 de dezembro de 2015
AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº  553  09 de dezembro de 2015AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº  553  09 de dezembro de 2015
AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº 553 09 de dezembro de 2015
 
Lista.módulo21
Lista.módulo21Lista.módulo21
Lista.módulo21
 
Cenário Setorial - Fertilizantes
Cenário Setorial - FertilizantesCenário Setorial - Fertilizantes
Cenário Setorial - Fertilizantes
 

Destaque

Obra políticas culturais_no_brasil
Obra políticas culturais_no_brasilObra políticas culturais_no_brasil
Obra políticas culturais_no_brasil
Muriel Pinto
 
O surgimento de um pensamento reflexivo para uma cidade histórica influenciad...
O surgimento de um pensamento reflexivo para uma cidade histórica influenciad...O surgimento de um pensamento reflexivo para uma cidade histórica influenciad...
O surgimento de um pensamento reflexivo para uma cidade histórica influenciad...
Muriel Pinto
 
SIMULADO ATUALIDADES INSS 2011
SIMULADO ATUALIDADES INSS 2011SIMULADO ATUALIDADES INSS 2011
SIMULADO ATUALIDADES INSS 2011
Muriel Pinto
 
ARTIGO: AS MICRO-IDENTIDADES DA REGIÃO DAS MISSÕES JESUÍTICA-GUARANI ATRAVÉS ...
ARTIGO: AS MICRO-IDENTIDADES DA REGIÃO DAS MISSÕES JESUÍTICA-GUARANI ATRAVÉS ...ARTIGO: AS MICRO-IDENTIDADES DA REGIÃO DAS MISSÕES JESUÍTICA-GUARANI ATRAVÉS ...
ARTIGO: AS MICRO-IDENTIDADES DA REGIÃO DAS MISSÕES JESUÍTICA-GUARANI ATRAVÉS ...
Muriel Pinto
 
Obra: Políticas culturais para o desenvolvimento (UNESCO)
Obra: Políticas culturais para o desenvolvimento (UNESCO)Obra: Políticas culturais para o desenvolvimento (UNESCO)
Obra: Políticas culturais para o desenvolvimento (UNESCO)
Muriel Pinto
 
Artigo: Quando a geo-história avança sobre os significados de um espaço urbano...
Artigo: Quando a geo-história avança sobre os significados de um espaço urbano...Artigo: Quando a geo-história avança sobre os significados de um espaço urbano...
Artigo: Quando a geo-história avança sobre os significados de um espaço urbano...
Muriel Pinto
 
Educação Patrimonial e o ensino do Patrimônio Cultural Missioneiro na cidade ...
Educação Patrimonial e o ensino do Patrimônio Cultural Missioneiro na cidade ...Educação Patrimonial e o ensino do Patrimônio Cultural Missioneiro na cidade ...
Educação Patrimonial e o ensino do Patrimônio Cultural Missioneiro na cidade ...
Muriel Pinto
 
SIMULADO ESPCEX GEOGRAFIA
SIMULADO ESPCEX GEOGRAFIASIMULADO ESPCEX GEOGRAFIA
SIMULADO ESPCEX GEOGRAFIA
Muriel Pinto
 
Tese_Muriel Pinto
Tese_Muriel PintoTese_Muriel Pinto
Tese_Muriel Pinto
Muriel Pinto
 

Destaque (9)

Obra políticas culturais_no_brasil
Obra políticas culturais_no_brasilObra políticas culturais_no_brasil
Obra políticas culturais_no_brasil
 
O surgimento de um pensamento reflexivo para uma cidade histórica influenciad...
O surgimento de um pensamento reflexivo para uma cidade histórica influenciad...O surgimento de um pensamento reflexivo para uma cidade histórica influenciad...
O surgimento de um pensamento reflexivo para uma cidade histórica influenciad...
 
SIMULADO ATUALIDADES INSS 2011
SIMULADO ATUALIDADES INSS 2011SIMULADO ATUALIDADES INSS 2011
SIMULADO ATUALIDADES INSS 2011
 
ARTIGO: AS MICRO-IDENTIDADES DA REGIÃO DAS MISSÕES JESUÍTICA-GUARANI ATRAVÉS ...
ARTIGO: AS MICRO-IDENTIDADES DA REGIÃO DAS MISSÕES JESUÍTICA-GUARANI ATRAVÉS ...ARTIGO: AS MICRO-IDENTIDADES DA REGIÃO DAS MISSÕES JESUÍTICA-GUARANI ATRAVÉS ...
ARTIGO: AS MICRO-IDENTIDADES DA REGIÃO DAS MISSÕES JESUÍTICA-GUARANI ATRAVÉS ...
 
Obra: Políticas culturais para o desenvolvimento (UNESCO)
Obra: Políticas culturais para o desenvolvimento (UNESCO)Obra: Políticas culturais para o desenvolvimento (UNESCO)
Obra: Políticas culturais para o desenvolvimento (UNESCO)
 
Artigo: Quando a geo-história avança sobre os significados de um espaço urbano...
Artigo: Quando a geo-história avança sobre os significados de um espaço urbano...Artigo: Quando a geo-história avança sobre os significados de um espaço urbano...
Artigo: Quando a geo-história avança sobre os significados de um espaço urbano...
 
Educação Patrimonial e o ensino do Patrimônio Cultural Missioneiro na cidade ...
Educação Patrimonial e o ensino do Patrimônio Cultural Missioneiro na cidade ...Educação Patrimonial e o ensino do Patrimônio Cultural Missioneiro na cidade ...
Educação Patrimonial e o ensino do Patrimônio Cultural Missioneiro na cidade ...
 
SIMULADO ESPCEX GEOGRAFIA
SIMULADO ESPCEX GEOGRAFIASIMULADO ESPCEX GEOGRAFIA
SIMULADO ESPCEX GEOGRAFIA
 
Tese_Muriel Pinto
Tese_Muriel PintoTese_Muriel Pinto
Tese_Muriel Pinto
 

Semelhante a SIMULADO_ATUALIDADES_INSS_2011

Demografia
DemografiaDemografia
Demografia
profleofonseca
 
Geografia - População, Demografia, Migração.
Geografia - População, Demografia, Migração.Geografia - População, Demografia, Migração.
Geografia - População, Demografia, Migração.
Carson Souza
 
Aula população 2
Aula população 2Aula população 2
Aula população 2
João Paulo Portela
 
Treinamento Demografia
Treinamento DemografiaTreinamento Demografia
Treinamento Demografia
Rogério Bartilotti
 
Populacão brasileira - Rumo a estabilidade.ppt
Populacão brasileira - Rumo a estabilidade.pptPopulacão brasileira - Rumo a estabilidade.ppt
Populacão brasileira - Rumo a estabilidade.ppt
ANAPAULACARDOSODONAS1
 
População Brasileira
População BrasileiraPopulação Brasileira
População Brasileira
Luciano Pessanha
 
REVISÃO DE CONTEÚDO SOBRE POPULAÇÃO
REVISÃO DE CONTEÚDO SOBRE POPULAÇÃOREVISÃO DE CONTEÚDO SOBRE POPULAÇÃO
REVISÃO DE CONTEÚDO SOBRE POPULAÇÃO
Conceição Fontolan
 
Conceitos demográficos
Conceitos demográficosConceitos demográficos
Conceitos demográficos
Professor
 
Questoespopulaçao2010ibge
Questoespopulaçao2010ibgeQuestoespopulaçao2010ibge
Questoespopulaçao2010ibge
Atividades Diversas Cláudia
 
Questoespopulaçao2010ibge
Questoespopulaçao2010ibgeQuestoespopulaçao2010ibge
Questoespopulaçao2010ibge
Atividades Diversas Cláudia
 
Ficha de avaliação população convertido
Ficha de avaliação   população convertidoFicha de avaliação   população convertido
Ficha de avaliação população convertido
Linda Pereira
 
CNU BLOCO 8 - REALIDADE BRASILEIRA 2 A 15.pdf
CNU BLOCO 8 - REALIDADE BRASILEIRA 2 A 15.pdfCNU BLOCO 8 - REALIDADE BRASILEIRA 2 A 15.pdf
CNU BLOCO 8 - REALIDADE BRASILEIRA 2 A 15.pdf
LirajOS
 
Geografia: a população brasileira
Geografia: a população brasileiraGeografia: a população brasileira
Geografia: a população brasileira
Dorinha Matias
 
Politicas Populacionais: um grande desafio aos planejadores sociais
Politicas Populacionais: um grande desafio aos planejadores sociaisPoliticas Populacionais: um grande desafio aos planejadores sociais
Politicas Populacionais: um grande desafio aos planejadores sociais
Josimar Nunes
 
Aula 3 u 10.05.11
Aula 3 u 10.05.11Aula 3 u 10.05.11
Aula 3 u 10.05.11
Raquel Avila
 
Aula 3 u 10.05.11
Aula 3 u 10.05.11Aula 3 u 10.05.11
Aula 3 u 10.05.11
Raquel Avila
 
Quem são os clientes do direito penal brasileiro
Quem são os clientes do direito penal brasileiroQuem são os clientes do direito penal brasileiro
Quem são os clientes do direito penal brasileiro
Professor Carlos Aguiar
 
Fichadeavaliao populaoconvertido-120222121647-phpapp02
Fichadeavaliao populaoconvertido-120222121647-phpapp02Fichadeavaliao populaoconvertido-120222121647-phpapp02
Fichadeavaliao populaoconvertido-120222121647-phpapp02
Ligia Rodrigues
 
PIG - Os 30 Berlusconis
PIG - Os 30 Berlusconis PIG - Os 30 Berlusconis
PIG - Os 30 Berlusconis
Paulo Franco
 
Geografia 3 ano
Geografia 3 anoGeografia 3 ano
Geografia 3 ano
Junior Oliveira
 

Semelhante a SIMULADO_ATUALIDADES_INSS_2011 (20)

Demografia
DemografiaDemografia
Demografia
 
Geografia - População, Demografia, Migração.
Geografia - População, Demografia, Migração.Geografia - População, Demografia, Migração.
Geografia - População, Demografia, Migração.
 
Aula população 2
Aula população 2Aula população 2
Aula população 2
 
Treinamento Demografia
Treinamento DemografiaTreinamento Demografia
Treinamento Demografia
 
Populacão brasileira - Rumo a estabilidade.ppt
Populacão brasileira - Rumo a estabilidade.pptPopulacão brasileira - Rumo a estabilidade.ppt
Populacão brasileira - Rumo a estabilidade.ppt
 
População Brasileira
População BrasileiraPopulação Brasileira
População Brasileira
 
REVISÃO DE CONTEÚDO SOBRE POPULAÇÃO
REVISÃO DE CONTEÚDO SOBRE POPULAÇÃOREVISÃO DE CONTEÚDO SOBRE POPULAÇÃO
REVISÃO DE CONTEÚDO SOBRE POPULAÇÃO
 
Conceitos demográficos
Conceitos demográficosConceitos demográficos
Conceitos demográficos
 
Questoespopulaçao2010ibge
Questoespopulaçao2010ibgeQuestoespopulaçao2010ibge
Questoespopulaçao2010ibge
 
Questoespopulaçao2010ibge
Questoespopulaçao2010ibgeQuestoespopulaçao2010ibge
Questoespopulaçao2010ibge
 
Ficha de avaliação população convertido
Ficha de avaliação   população convertidoFicha de avaliação   população convertido
Ficha de avaliação população convertido
 
CNU BLOCO 8 - REALIDADE BRASILEIRA 2 A 15.pdf
CNU BLOCO 8 - REALIDADE BRASILEIRA 2 A 15.pdfCNU BLOCO 8 - REALIDADE BRASILEIRA 2 A 15.pdf
CNU BLOCO 8 - REALIDADE BRASILEIRA 2 A 15.pdf
 
Geografia: a população brasileira
Geografia: a população brasileiraGeografia: a população brasileira
Geografia: a população brasileira
 
Politicas Populacionais: um grande desafio aos planejadores sociais
Politicas Populacionais: um grande desafio aos planejadores sociaisPoliticas Populacionais: um grande desafio aos planejadores sociais
Politicas Populacionais: um grande desafio aos planejadores sociais
 
Aula 3 u 10.05.11
Aula 3 u 10.05.11Aula 3 u 10.05.11
Aula 3 u 10.05.11
 
Aula 3 u 10.05.11
Aula 3 u 10.05.11Aula 3 u 10.05.11
Aula 3 u 10.05.11
 
Quem são os clientes do direito penal brasileiro
Quem são os clientes do direito penal brasileiroQuem são os clientes do direito penal brasileiro
Quem são os clientes do direito penal brasileiro
 
Fichadeavaliao populaoconvertido-120222121647-phpapp02
Fichadeavaliao populaoconvertido-120222121647-phpapp02Fichadeavaliao populaoconvertido-120222121647-phpapp02
Fichadeavaliao populaoconvertido-120222121647-phpapp02
 
PIG - Os 30 Berlusconis
PIG - Os 30 Berlusconis PIG - Os 30 Berlusconis
PIG - Os 30 Berlusconis
 
Geografia 3 ano
Geografia 3 anoGeografia 3 ano
Geografia 3 ano
 

Mais de Muriel Pinto

Integração regional fronteiriça entre Argentina e Brasil_ atores educacionais...
Integração regional fronteiriça entre Argentina e Brasil_ atores educacionais...Integração regional fronteiriça entre Argentina e Brasil_ atores educacionais...
Integração regional fronteiriça entre Argentina e Brasil_ atores educacionais...
Muriel Pinto
 
Artigo - Marcadores culturais, espaços sagrados e representações identitárias...
Artigo - Marcadores culturais, espaços sagrados e representações identitárias...Artigo - Marcadores culturais, espaços sagrados e representações identitárias...
Artigo - Marcadores culturais, espaços sagrados e representações identitárias...
Muriel Pinto
 
ARTIGO_Comunidades Tradicionais, Marcadores Territoriais e Identidades Sociai...
ARTIGO_Comunidades Tradicionais, Marcadores Territoriais e Identidades Sociai...ARTIGO_Comunidades Tradicionais, Marcadores Territoriais e Identidades Sociai...
ARTIGO_Comunidades Tradicionais, Marcadores Territoriais e Identidades Sociai...
Muriel Pinto
 
História, Memória e as Paisagens Culturais da Cidade Histórica de São Borja-RS
História, Memória e as Paisagens Culturais da Cidade Histórica de São Borja-RSHistória, Memória e as Paisagens Culturais da Cidade Histórica de São Borja-RS
História, Memória e as Paisagens Culturais da Cidade Histórica de São Borja-RS
Muriel Pinto
 
Turismo e Relações Internacionais: Fronteiras Transnacionais, Paradiplomacia...
Turismo e Relações Internacionais:  Fronteiras Transnacionais, Paradiplomacia...Turismo e Relações Internacionais:  Fronteiras Transnacionais, Paradiplomacia...
Turismo e Relações Internacionais: Fronteiras Transnacionais, Paradiplomacia...
Muriel Pinto
 
Artigo iphan
Artigo iphanArtigo iphan
Artigo iphan
Muriel Pinto
 
Cartilha: História missioneira de São Borja: métodos para o ensino do patrimô...
Cartilha: História missioneira de São Borja: métodos para o ensino do patrimô...Cartilha: História missioneira de São Borja: métodos para o ensino do patrimô...
Cartilha: História missioneira de São Borja: métodos para o ensino do patrimô...
Muriel Pinto
 
Manual Elaboração Projetos Culturais (Votorantim)
Manual Elaboração Projetos Culturais (Votorantim)Manual Elaboração Projetos Culturais (Votorantim)
Manual Elaboração Projetos Culturais (Votorantim)
Muriel Pinto
 
Manual incentivo fiscais do Conselho de Contabilidade do RS
Manual incentivo fiscais do Conselho de Contabilidade do RSManual incentivo fiscais do Conselho de Contabilidade do RS
Manual incentivo fiscais do Conselho de Contabilidade do RS
Muriel Pinto
 
Guia incentivo a_cultura
Guia incentivo a_culturaGuia incentivo a_cultura
Guia incentivo a_cultura
Muriel Pinto
 
Projeto de Educação Patrimonial - levantamento e criação acervo museológico
Projeto de Educação Patrimonial - levantamento e criação acervo museológicoProjeto de Educação Patrimonial - levantamento e criação acervo museológico
Projeto de Educação Patrimonial - levantamento e criação acervo museológico
Muriel Pinto
 
Mapa bens culturais de São Borja-RS
Mapa bens culturais de São Borja-RSMapa bens culturais de São Borja-RS
Mapa bens culturais de São Borja-RS
Muriel Pinto
 
História brasil
História brasilHistória brasil
História brasil
Muriel Pinto
 
APOSTILA GEOGRAFIA_PEIES_3º_ANO_
APOSTILA GEOGRAFIA_PEIES_3º_ANO_APOSTILA GEOGRAFIA_PEIES_3º_ANO_
APOSTILA GEOGRAFIA_PEIES_3º_ANO_
Muriel Pinto
 
APOSTILA_BRIGADA_MILITAR
APOSTILA_BRIGADA_MILITARAPOSTILA_BRIGADA_MILITAR
APOSTILA_BRIGADA_MILITAR
Muriel Pinto
 
PANORAMA GEOHISTÓRICO-PATRIMONIAL DE ÁREA DE FRONTEIRA: ESTUDO DE CASO SÃO BO...
PANORAMA GEOHISTÓRICO-PATRIMONIAL DE ÁREA DE FRONTEIRA: ESTUDO DE CASO SÃO BO...PANORAMA GEOHISTÓRICO-PATRIMONIAL DE ÁREA DE FRONTEIRA: ESTUDO DE CASO SÃO BO...
PANORAMA GEOHISTÓRICO-PATRIMONIAL DE ÁREA DE FRONTEIRA: ESTUDO DE CASO SÃO BO...
Muriel Pinto
 
SIMULADO ESPCEX GEOGRAFIA
SIMULADO ESPCEX GEOGRAFIASIMULADO ESPCEX GEOGRAFIA
SIMULADO ESPCEX GEOGRAFIA
Muriel Pinto
 
SIMULADO ESPCEX
SIMULADO ESPCEXSIMULADO ESPCEX
SIMULADO ESPCEX
Muriel Pinto
 
SIMULADO ESSA GEOGRAFIA
SIMULADO ESSA GEOGRAFIASIMULADO ESSA GEOGRAFIA
SIMULADO ESSA GEOGRAFIA
Muriel Pinto
 
SIMULADO ESSA GEOGRAFIA
SIMULADO ESSA GEOGRAFIASIMULADO ESSA GEOGRAFIA
SIMULADO ESSA GEOGRAFIA
Muriel Pinto
 

Mais de Muriel Pinto (20)

Integração regional fronteiriça entre Argentina e Brasil_ atores educacionais...
Integração regional fronteiriça entre Argentina e Brasil_ atores educacionais...Integração regional fronteiriça entre Argentina e Brasil_ atores educacionais...
Integração regional fronteiriça entre Argentina e Brasil_ atores educacionais...
 
Artigo - Marcadores culturais, espaços sagrados e representações identitárias...
Artigo - Marcadores culturais, espaços sagrados e representações identitárias...Artigo - Marcadores culturais, espaços sagrados e representações identitárias...
Artigo - Marcadores culturais, espaços sagrados e representações identitárias...
 
ARTIGO_Comunidades Tradicionais, Marcadores Territoriais e Identidades Sociai...
ARTIGO_Comunidades Tradicionais, Marcadores Territoriais e Identidades Sociai...ARTIGO_Comunidades Tradicionais, Marcadores Territoriais e Identidades Sociai...
ARTIGO_Comunidades Tradicionais, Marcadores Territoriais e Identidades Sociai...
 
História, Memória e as Paisagens Culturais da Cidade Histórica de São Borja-RS
História, Memória e as Paisagens Culturais da Cidade Histórica de São Borja-RSHistória, Memória e as Paisagens Culturais da Cidade Histórica de São Borja-RS
História, Memória e as Paisagens Culturais da Cidade Histórica de São Borja-RS
 
Turismo e Relações Internacionais: Fronteiras Transnacionais, Paradiplomacia...
Turismo e Relações Internacionais:  Fronteiras Transnacionais, Paradiplomacia...Turismo e Relações Internacionais:  Fronteiras Transnacionais, Paradiplomacia...
Turismo e Relações Internacionais: Fronteiras Transnacionais, Paradiplomacia...
 
Artigo iphan
Artigo iphanArtigo iphan
Artigo iphan
 
Cartilha: História missioneira de São Borja: métodos para o ensino do patrimô...
Cartilha: História missioneira de São Borja: métodos para o ensino do patrimô...Cartilha: História missioneira de São Borja: métodos para o ensino do patrimô...
Cartilha: História missioneira de São Borja: métodos para o ensino do patrimô...
 
Manual Elaboração Projetos Culturais (Votorantim)
Manual Elaboração Projetos Culturais (Votorantim)Manual Elaboração Projetos Culturais (Votorantim)
Manual Elaboração Projetos Culturais (Votorantim)
 
Manual incentivo fiscais do Conselho de Contabilidade do RS
Manual incentivo fiscais do Conselho de Contabilidade do RSManual incentivo fiscais do Conselho de Contabilidade do RS
Manual incentivo fiscais do Conselho de Contabilidade do RS
 
Guia incentivo a_cultura
Guia incentivo a_culturaGuia incentivo a_cultura
Guia incentivo a_cultura
 
Projeto de Educação Patrimonial - levantamento e criação acervo museológico
Projeto de Educação Patrimonial - levantamento e criação acervo museológicoProjeto de Educação Patrimonial - levantamento e criação acervo museológico
Projeto de Educação Patrimonial - levantamento e criação acervo museológico
 
Mapa bens culturais de São Borja-RS
Mapa bens culturais de São Borja-RSMapa bens culturais de São Borja-RS
Mapa bens culturais de São Borja-RS
 
História brasil
História brasilHistória brasil
História brasil
 
APOSTILA GEOGRAFIA_PEIES_3º_ANO_
APOSTILA GEOGRAFIA_PEIES_3º_ANO_APOSTILA GEOGRAFIA_PEIES_3º_ANO_
APOSTILA GEOGRAFIA_PEIES_3º_ANO_
 
APOSTILA_BRIGADA_MILITAR
APOSTILA_BRIGADA_MILITARAPOSTILA_BRIGADA_MILITAR
APOSTILA_BRIGADA_MILITAR
 
PANORAMA GEOHISTÓRICO-PATRIMONIAL DE ÁREA DE FRONTEIRA: ESTUDO DE CASO SÃO BO...
PANORAMA GEOHISTÓRICO-PATRIMONIAL DE ÁREA DE FRONTEIRA: ESTUDO DE CASO SÃO BO...PANORAMA GEOHISTÓRICO-PATRIMONIAL DE ÁREA DE FRONTEIRA: ESTUDO DE CASO SÃO BO...
PANORAMA GEOHISTÓRICO-PATRIMONIAL DE ÁREA DE FRONTEIRA: ESTUDO DE CASO SÃO BO...
 
SIMULADO ESPCEX GEOGRAFIA
SIMULADO ESPCEX GEOGRAFIASIMULADO ESPCEX GEOGRAFIA
SIMULADO ESPCEX GEOGRAFIA
 
SIMULADO ESPCEX
SIMULADO ESPCEXSIMULADO ESPCEX
SIMULADO ESPCEX
 
SIMULADO ESSA GEOGRAFIA
SIMULADO ESSA GEOGRAFIASIMULADO ESSA GEOGRAFIA
SIMULADO ESSA GEOGRAFIA
 
SIMULADO ESSA GEOGRAFIA
SIMULADO ESSA GEOGRAFIASIMULADO ESSA GEOGRAFIA
SIMULADO ESSA GEOGRAFIA
 

Último

As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdfJOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
ClaudiaMainoth
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
JoanaFigueira11
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdfJOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 

SIMULADO_ATUALIDADES_INSS_2011

  • 1. SIMULADO ATUALIDADES – INSS – Professor Muriel 1-CESPE (BNDES – 2010) Com 20 milhões de habitantes, Moçambique, na costa oriental da África subsaariana, é um dos mais preocupantes focos do vírus HIV em todo o mundo. Um em cada sete adultos moçambicanos está contaminado – o equivalente a 15% dessa população. A precariedade do acesso aos cuidados básicos de saúde e a falta de informações sobre prevenção e tratamento compõem o cenário ideal para a disseminação do HIV. Metade dos quase 100.000 mortos pela doença, todos os anos, tem entre 30 e 44 anos – na plenitude produtiva. Em termos demográficos, a doença em foco afeta negativamente Moçambique, de forma mais direta, no seguinte aspecto: (A) expectativa de vida. (B) índice de fecundidade. (C) imigração estrangeira. (D) migrações internas. (E) saldo migratório. 2-CESPE (BNDES – 2010) A Agência Internacional de Energia Atômica censurou o Irã por ter iniciado clandestinamente a construção de uma usina de enriquecimento de urânio. Teerã reagiu anunciando mais dez usinas e a busca de tecnologia própria para enriquecer urânio até o teor de 20%, usado na produção de isótopos para medicina e pesquisa – para reatores, bastam 3% a 5%; para bombas atômicas, necessita-se de 80% ou mais. Revista Carta Capital, Ano XV, no 575, 9 dez. 2009, p. 22. A análise da notícia acima conduz à conclusão sobre o Irã de que o(a) (A) enriquecimento do urânio é incompatível com essa região do planeta. (B) país é considerado por essa Agência a mais forte potência nuclear regional. (C) governo atual se empenha para recuperar o status de potência nuclear. (D) programa nuclear iraniano está paralisado devido aos Estados Unidos. (E) sua capacidade nuclear é insuficiente para produzir bombas atômicas. 3-CESPE (BNDES – 2010) DE PORTOS ABERTOS A Secretaria Especial de Portos deu início à dragagem do porto de Santos, o maior da América Latina, que movimentou 83,2 milhões de toneladas em 2009. Depois das obras, o porto terá capacidade para receber os maiores navios de carga do mundo, com mais de 75 mil toneladas. Revista Istoé, ano 34, no 2.103, 03 mar. 2010, p. 33. A reestruturação do tipo de infraestrutura referida acima expressa especificamente o fato de o país expandir sua capacidade (A) informacional. (B) defensiva. (C) normativa. (D) logística. (E) institucional.
  • 2. Os gráficos abaixo mostram, a composição demográfica do Brasil, segundo o censo de 2010. Com base nos dados acerca da evolução da população brasileira, apresentados no gráficos acima, julgue os itens subseqüentes: 4- Conforme os dados apresentados pelo gráfico populacional observa-se que a população economicamente ativa esta em ascensão no Brasil. 5-O envelhecimento da população brasileira é uma realidade, ou seja, a parcela de habitantes com mais de 65 anos, representam uma média de 8 idosos a cada 100 brasileiros. 6-De acordo com a pirâmide etária, nota-se que os percentuais de habitantes enquadrados como população economicamente ativa apresentam índices altos, o que representa um custo a mais para a previdência nacional. 7- Ao compararmos o censo de 2010 com o censo de 2000, nota-se um aumento do índice de crescimento populacional de todas as faixas etárias brasileiras. 8-Conforme o gráfico abaixo o crescimento populacional brasileiro dos últimos dez anos representou o menor índice da história.
  • 3. 9- De acordo com o censo de 2010, as regiões norte e centro-oeste foram as que obtiveram os maiores índices crescimento populacional, seno que os estados de São Paulo, Rio Grande do Sul e Paraná foram os com menores índices. 10 (Pucamp) Embora o Brasil esteja colocado entre os países mais populosos do mundo, quando se relaciona sua população total com a área do país obtém-se um número relativamente baixo. A essa relação população x área, damos o nome de: A)Taxa de crescimento; B) Índice de Desenvolvimento; C) Densidade Demográfica; D) Taxa de Natalidade; E) Taxa de Fertilidade; 11- Analisando a pirâmide etária brasileira de 2010, é possível concluir que ela caracteriza uma população: A) Em transição demográfica, com a diminuição da população ativa e aumento de idosos; B) Com diminuição das taxas de natalidade e mortalidade, porém com disparidades regionais no que diz respeito à expectativa de vida. C) Com uma diminuição constante da base, ou seja, decréscimo de idosos; D) Com baixa taxa de natalidade e alto crescimento vegetativo. E) Com crescimento de crianças em franca ascensão. 12- (FCC/ Metrô de São Paulo, 2010, adaptada) No dia 18 de janeiro de 2010, a Agência Brasil informava que “Piñera venceu a eleição para presidente com 51,6% dos votos contra 48,3% dados ao candidato governista, o ex-presidente Eduardo Frei Ruiz, de centro-esquerda, apoiado por Bachelet. A eleição foi
  • 4. considerada a mais apertada da história da redemocratização do país. Cada voto foi disputado. O oposicionista venceu com o discurso da mudança e renovação.” (Adaptado de http://www.agenciabrasil.gov.br/noticias) A notícia refere-se às eleições presidenciais (A) do Paraguai. (B) da Argentina. (C) do Uruguai. (D) da Colômbia. (E) do Chile. 13. (FCC/ Metrô de São Paulo, 2010, adaptada) ”O presidente deposto ________, ________, deixou nesta quarta-feira a Embaixada do Brasil em Tegucigalpa, onde estava isolado havia quatro meses. Ele seguiu para o aeroporto da cidade de onde embarcará, com a mulher e os filhos, para a República Dominicana, após fracassar em sua campanha para reverter o golpe que o derrubou do poder, em 28 de junho do ano passado”. Esta notícia da Folha Online, publicada em 02 de fevereiro deste ano, deve ser completada, respectivamente, com: (A) do Panamá, Ricardo Martinelli. (B) do Haiti, René Préval. (C) da Costa Rica, Oscar Arias. (D) de Honduras, Manuel Zelaya. (E) da Guatemala, Álvaro Colom. 14. (FCC/ Metrô de São Paulo, 2010, adaptada) “O programa “Café com o Presidente”, transmitido em cadeia de rádio nesta segunda-feira (21/12) abordou a COP15, realizada na semana passada, em Copenhague (Dinamarca). Na conversa, o presidente Lula disse que após a reunião "o sentimento que fica é de que os governantes do mundo inteiro vão ter que ter esse tema sempre como prioritário, para que a gente encontre uma solução definitiva e possa garantir a manutenção e a existência do planeta Terra, permitindo que a espécie humana sobreviva”. (Adaptado de http://www.cop15brasil.gov.br) O evento, que foi tema do programa, tratou (A) de cooperação com países africanos. (B) de mudanças climáticas. (C) de problemas econômicos. (D) de restrições às pesquisas atômicas. (E) da criação de uma nova moeda mundial. 15. “A rede terrorista da al-Qaeda voltou nesta terça-feira (10) a pedir que os muçulmanos vinguem a morte de Osama bin Laden. Em comunicado postado online, a rede afirma que os americanos vão "pagar o preço" da decisão do presidente Barack Obama de matar o terrorista”.
  • 5. Em relação aos grupos terroristas do Oriente Médio assinale a alternativa incorreta: A- O grupo Hamas atua diretamente no Líbano. Atualmente o grupo paramilitar tornou-se um partido político o que possibilitou com que obtivesse poder no congresso libanês. B- O grupo Al Qaeda atua diretamente em diversos continentes através de núcleos organizacionais. Sua área base de atuação é no Afeganistão e no Paquistão, onde possui relações diretas com a milícia paquistanesa do Taleban. C- O grupo libanês do Hezbollah é dos muitos grupos terroristas árabes que não reconhece o Estado de Israel. Atualmente esta organização recebe financiamento da Síria. D- No território do Oriente Médio tanto a Síria como o Irão são reconhecidos pelos EUA como o “eixo do mal”. E- Nos territórios palestinos existem três organizações militares. Os grupo fundamentalistas Hamas e o Jihad Islãmica que atuam diretamente na Faixa de Gaza, e o grupo Al Fatah que é considerado um grupo moderado.