SlideShare uma empresa Scribd logo
Seminário
PREVENÇÃO À ÁLCOOL E
DROGAS
COMPONENTES : AMANDA LEITE , ANA PAULA, ROSANGELA MATOS , EDUARDO ALVES
Introdução
Muito se tem feito nos últimos tempos
para que as pessoas se previnam contra
o uso de drogas. Mas também muito se
tem feito, legal ou ilegalmente, para
que elas sejam usadas. O resultado final
é que as pessoas estão consumindo
cada vez mais drogas.
Usar drogas, significa em primeira
instância, buscar prazer. É muito difícil
lutar contra o prazer, porque foi ele que
sempre norteou o comportamento dos
seres vivos para se autopreservarem e
perpetuarem sua espécie. A droga
provoca o prazer que engana o
organismo, que então passa a querê-lo
mais, como se fosse bom. Mas o prazer
provocado pela droga não é bom,
porque ele mais destrói a vida do que
ajuda na sobrevivência. A prevenção
tem de mostrar a diferença que há
entre o que é gostoso e o que é bom.
CONCEITO:
Droga é todo e
qualquer substancia
natural ou sintética
que quando
introduzida no
organismo modifica
a suas funções
Conceitos
O uso acontece por diversas
razões:
 culturais ou religiosas;
 por recreação;
 como forma de enfrentamento
de problemas;
 para transgender ou
transcender;
 como meio de socialização ou
para se isolar
Drogas
Conhecendo as
Drogas
Cafeína
 Cafeína
É o estimulante legal mais usado no mundo. A cafeína é mais comumente
associada ao café e às bebidas à base de cola que contém cafeína e
flavorizantes extraídos de fontes naturais (grãos de café e nozes de cola,
respectivamente). O chá contém quantidade significativa de cafeína e
teofilina, enquanto que o chocolate (cacau) contém quantidades
relativamente baixas de cafeína e teobromina. Teofilina e teobromina são
parentes químicos da cafeína. O café foi inicialmente usado para ajudar
a manter as pessoas acordadas nas noites frias, durante longos eventos
religiosos.
Cafeína
Tabaco / Cigarro
• O tabagismo é considerado pela Organização Mundial de Saúde(OMS), a
principal causa de morte evitável em todo o mundo. Pesquisas comprovam
que, aproximadamente 47% de toda a população adulta masculina e 42% da
população feminina, no mundo fumam.
• O tabagismo pode causar:
• Doenças cardiovasculares(Infarto, AVC e Morte Súbita);
• Doenças respiratórias(Enfisema, asma, bronquite crônica, doença pulmonar);
• Diversas formas de câncer(Pulmão, boca, faringe, laringe, etc);
• Redução da fertilidade, prejuízo do desenvolvimento fetal, aumento de riscos
para a gravidez e aborto espontâneo.
Tabaco / Cigarro
• FUMANTES PASSIVOS:
Existem evidências de que os não fumantes expostos a fumaça de cigarro do
ambiente , têm um risco com relação a várias das patologias que podem
afetar os fumantes.
• O QUE TEM DENTRO DO CIGARRO?
O tabaco produz uma fumaça composta de pelo menos 4.800
componentes, sendo 68 deles identificados como cancerígenos, tais como:
Amônia; Acetona; Arsênio(inseticida); Butano(gás); Nicotina; Alcatrão;
Cianeto(veneno); Tolueno(solvente); Monóxido de carbono; DDT(Inseticida);
Naftalina; Cadmium.
ÁLCOOL TAMBÉM É DROGA
• O álcool é a droga mais consumida no mundo, causando:
• Problemas cardíacos;
• Cirrose;
• Derrame;
• Gastrite;
• Anemia;
• Infecções respiratórias;
• Dentre muitas outras doenças , sem contar os danos sociais, onde mesmo os que não
bebem podem se tornar vítimas da violência doméstica, violência no trânsito,
homicídios, etc.
• Segundo o Ministério da Saúde, o álcool é o maior problema de saúde pública no Brasil.
Em média 70% das mortes em acidentes de trânsito no Brasil, tem presença do uso de
álcool.
ÁLCOOL TAMBÉM É DROGA
• PREVENÇÃO AOS PAIS
Mudanças repentinas no comportamento de um adolescente podem
indicar a presença de drogas em sua vida.
• SINAIS DE ALERTA
Queda do rendimento escolar;
Mudança repentina de humor;
Falta ou excesso de sono e de apetite;
Pedidos incessantes por dinheiro;
Descuido com a higiene pessoal e com a aparência física.
ÁLCOOL TAMBÉM É DROGA
Maconha
• A maconha é natural mas possui mais de 400 substâncias tóxicas.
É uma droga ilícita;
• O uso da maconha pode causar danos à saúde como: prejuízo a
memória, ao sistema reprodutor e respiratório;
• Traz ainda angústia, desespero, pânico, depressão e síndrome
amotivacional;
• Reduz o rendimento escolar.
Maconha
Cocaína
• A cocaína é uma substância extraída das folhas de Coca. Já o crack é o
resultado da mistura da cocaína com outras substâncias e é conhecido
popularmente com pedra.
• Quando chega ao sistema nervoso central a cocaína/crack pode provocar
dependência e intensa depressão quando fica sem ela, causando efeitos como:
• Irritabilidade e Impulsividade; * Ansiedade;
• Depressão; * Pânico;
• Perda de controle; * Dilatação da pupila.
• Aumento da frequência cardíaca e pressão arterial; * tremores;
• A cocaína pode ser consumida de 3(três) formas: inalada; fumada e injetada.
• Quando a cocaína é inalada pode provocar sangramentos e destruição da
mucosa nasal.
• Já quando fumada, provoca lesões e pneumonias graves.
Cocaína
CRACK
 CRACK
Em uma pessoa normal, os impulsos nervosos são convertidos em
neurotransmissores, como a dopamina e liberados nos espaços sinápticos.
Uma vez passada a informação, a substância é recapturada.
Nos usuários de crack, esse mecanismo encontra-se alterado.
A droga subverte o mecanismo natural de recaptação da substância nas
fendas sinápticas. Bloqueado esse processo, ocorre uma concentração
anormal de dopamina na fenda.
Superestimulando os receptores musculares - daí a sensação de euforia e
poder provocada pela droga. Ao perceber que existem demasiados
receptores na sinapse, eles são reduzidos. Com isso as sinapses tornam-se
lentas, comprometendo as atividades cerebrais e corporais
Prevenção
 Níveis de Prevenção:
Primário: o objetivo é intervir antes
que o consumo de drogas ocorra.
Secundário: Há existência do uso
de drogas e o que se pretende é que
esse consumo não se sistematize
nem se intensifique.
Terciario.: consiste no tratamento do
uso nocivo ou da dependência.
 A PREVENÇÃO TEM DE MOSTRAR
A DIFERENÇA QUE HÁ ENTRE O
QUE É GOSTOSO E O QUE É BOM.
PREVENÇÃO
• PREVENÇAO AOS ADOSLENCENTES
A droga pode aparecer, às vezes, como uma
"solução rápida" de problemas, porém com
consequências e sequelas irreversíveis na vida do
jovem.
PREVENÇÃO
• CONSEQUÊNCIAS:
 Queda nas notas escolares e interrupção dos estudos;
 Perda do círculo de amizade;
 Conflitos familiares;
 Debilidade da saúde;
 Danos à memória e raciocínio;
 Fim de perspectivas de futuro;
 Solidão;
 Depressão.
Referencias
 http://portal.mj.gov.br/senad/
 http://www.obid.senad.gov.br/portais/obid/index.php
 http://www.scielo.br/scielo.php
 http://veja.abril.com.br/multimidia/infograficos
Centros de Apoio
 Site: www.alcoolicosanonimos.org.br
 Site: www.naranon.org.br
 CEAVI - CENTRO EVANGELICO DE APOIO A VIDA
 R Carlos Caldeira, 665 - Santa Maria,
Santos, SP | CEP: 11089-130
 (13) 3299-9703
 (13) 99107-0630
 R Amazonas, 169 - Vila Alice - Vicente Carvalho
Guarujá, SP | CEP: 11450-210
Centros de Apoio
 COMUNIDADE TERAPEUTICA CACTOS DE APOIO E RECUPERACAO DE
DEPENDENTES DE DROGAS
 R República Portuguesa, 25 - Vila Matias,
Santos, SP | CEP: 11013-450
(13) 7805-7739
 CEAD CENTRO DE ATENDIMENTO AO DEPENDENTE QUIMICO
 0em Clínicas para Dependentes Químicos
Seminario Alcool e Drogas

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Alcoolismo (3)
Alcoolismo (3)Alcoolismo (3)
Alcoolismo (3)
Alinebrauna Brauna
 
Palestra álcool
Palestra álcoolPalestra álcool
Palestra álcool
Alinebrauna Brauna
 
Drogas
DrogasDrogas
Palestra prevencao drogas
Palestra prevencao drogasPalestra prevencao drogas
Palestra prevencao drogas
Prefeitura Municipal de Bandeirantes,PR
 
Palestra drogas escolas
Palestra drogas   escolasPalestra drogas   escolas
Palestra drogas escolas
Edson Demarch
 
Tabagismo Aula
Tabagismo   AulaTabagismo   Aula
Tabagismo Aula
douglas silva
 
Drogas
DrogasDrogas
Dia mundial de combate às drogas e alcoolismo
Dia mundial de combate às drogas e alcoolismoDia mundial de combate às drogas e alcoolismo
Dia mundial de combate às drogas e alcoolismo
Thiago Gacciona
 
Slide sobre drogas
Slide sobre drogasSlide sobre drogas
Slide sobre drogas
Ericka Vanessa Andrade
 
Palestra sobre drogas atual 2010
Palestra sobre drogas atual 2010Palestra sobre drogas atual 2010
Palestra sobre drogas atual 2010
Alinebrauna Brauna
 
Tabagismo
TabagismoTabagismo
DROGAS E SUAS CONSEQUÊNCIAS-SLIDE
DROGAS E SUAS CONSEQUÊNCIAS-SLIDEDROGAS E SUAS CONSEQUÊNCIAS-SLIDE
DROGAS E SUAS CONSEQUÊNCIAS-SLIDE
Zelton Alves Oliveira
 
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogasPrevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Luiz Siles
 
Slide (drogas no contexto escolar)
Slide (drogas no contexto escolar)Slide (drogas no contexto escolar)
Slide (drogas no contexto escolar)
Fernnandaok
 
Drogas na Adolescência
Drogas na AdolescênciaDrogas na Adolescência
Drogas na Adolescência
Thais Andalaft
 
Slides drogas-2
Slides   drogas-2Slides   drogas-2
Slides drogas-2
Dallyla Sohara
 
O perigo das drogas apresentação power point
O perigo das drogas apresentação power pointO perigo das drogas apresentação power point
O perigo das drogas apresentação power point
marretti
 
Álcool, tabaco e outras drogas
Álcool, tabaco e outras drogasÁlcool, tabaco e outras drogas
Álcool, tabaco e outras drogas
becevadeira
 
Alcoolismo
AlcoolismoAlcoolismo
Drogas
Drogas Drogas
Drogas
Fernanda Iris
 

Mais procurados (20)

Alcoolismo (3)
Alcoolismo (3)Alcoolismo (3)
Alcoolismo (3)
 
Palestra álcool
Palestra álcoolPalestra álcool
Palestra álcool
 
Drogas
DrogasDrogas
Drogas
 
Palestra prevencao drogas
Palestra prevencao drogasPalestra prevencao drogas
Palestra prevencao drogas
 
Palestra drogas escolas
Palestra drogas   escolasPalestra drogas   escolas
Palestra drogas escolas
 
Tabagismo Aula
Tabagismo   AulaTabagismo   Aula
Tabagismo Aula
 
Drogas
DrogasDrogas
Drogas
 
Dia mundial de combate às drogas e alcoolismo
Dia mundial de combate às drogas e alcoolismoDia mundial de combate às drogas e alcoolismo
Dia mundial de combate às drogas e alcoolismo
 
Slide sobre drogas
Slide sobre drogasSlide sobre drogas
Slide sobre drogas
 
Palestra sobre drogas atual 2010
Palestra sobre drogas atual 2010Palestra sobre drogas atual 2010
Palestra sobre drogas atual 2010
 
Tabagismo
TabagismoTabagismo
Tabagismo
 
DROGAS E SUAS CONSEQUÊNCIAS-SLIDE
DROGAS E SUAS CONSEQUÊNCIAS-SLIDEDROGAS E SUAS CONSEQUÊNCIAS-SLIDE
DROGAS E SUAS CONSEQUÊNCIAS-SLIDE
 
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogasPrevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
 
Slide (drogas no contexto escolar)
Slide (drogas no contexto escolar)Slide (drogas no contexto escolar)
Slide (drogas no contexto escolar)
 
Drogas na Adolescência
Drogas na AdolescênciaDrogas na Adolescência
Drogas na Adolescência
 
Slides drogas-2
Slides   drogas-2Slides   drogas-2
Slides drogas-2
 
O perigo das drogas apresentação power point
O perigo das drogas apresentação power pointO perigo das drogas apresentação power point
O perigo das drogas apresentação power point
 
Álcool, tabaco e outras drogas
Álcool, tabaco e outras drogasÁlcool, tabaco e outras drogas
Álcool, tabaco e outras drogas
 
Alcoolismo
AlcoolismoAlcoolismo
Alcoolismo
 
Drogas
Drogas Drogas
Drogas
 

Semelhante a Seminario Alcool e Drogas

Seminario Drogas e Alcool
Seminario Drogas e AlcoolSeminario Drogas e Alcool
Seminario Drogas e Alcool
Potencial Empresário
 
Os Males para o individuo ALCOOL_DROGAS_.pptx
Os Males para o individuo ALCOOL_DROGAS_.pptxOs Males para o individuo ALCOOL_DROGAS_.pptx
Os Males para o individuo ALCOOL_DROGAS_.pptx
Ricardo Silva
 
Drogas, o que são?
Drogas, o que são?Drogas, o que são?
Drogas, o que são?
Felipe Vicente
 
Toxicodependência
ToxicodependênciaToxicodependência
Toxicodependência
Diogo Almeida
 
Adolescentesedrogas 110511064351-phpapp02 (1)
Adolescentesedrogas 110511064351-phpapp02 (1)Adolescentesedrogas 110511064351-phpapp02 (1)
Adolescentesedrogas 110511064351-phpapp02 (1)
Ana Karla Vasconcelos
 
As drogas
As drogasAs drogas
As drogas
ticia_23
 
4 plano de aula nervoso.mona
4 plano de aula nervoso.mona4 plano de aula nervoso.mona
4 plano de aula nervoso.mona
familiaestagio
 
Diga Sim à Vida
Diga Sim à VidaDiga Sim à Vida
Diga Sim à Vida
Clube de Lideres Online
 
Drogas lícitas! leidiane trab quimica
Drogas lícitas!  leidiane trab quimicaDrogas lícitas!  leidiane trab quimica
Drogas lícitas! leidiane trab quimica
Ana Silvia De Abreu Coelho
 
Tabagismo - 6.º G
Tabagismo - 6.º GTabagismo - 6.º G
Tabagismo - 6.º G
eb23acoliveira
 
Trabalho esc (iryna,margarida e ruben)
Trabalho esc (iryna,margarida e ruben)Trabalho esc (iryna,margarida e ruben)
Trabalho esc (iryna,margarida e ruben)
Irena Sanders
 
Drogas
DrogasDrogas
Apresentação sobre as Drogas: O que é, exemplos e Efeitos na Sociedade
Apresentação sobre as Drogas: O que é, exemplos e Efeitos na SociedadeApresentação sobre as Drogas: O que é, exemplos e Efeitos na Sociedade
Apresentação sobre as Drogas: O que é, exemplos e Efeitos na Sociedade
juliogoomes01
 
Drogas
DrogasDrogas
Drogas
DrogasDrogas
Mitos
MitosMitos
Mitos
MitosMitos
Mitos
MitosMitos
Resp subst psicoativas_gia
Resp subst psicoativas_giaResp subst psicoativas_gia
Resp subst psicoativas_gia
Msaude
 
Tabaco,drogas e álcool
Tabaco,drogas e álcoolTabaco,drogas e álcool
Tabaco,drogas e álcool
davidjpereira
 

Semelhante a Seminario Alcool e Drogas (20)

Seminario Drogas e Alcool
Seminario Drogas e AlcoolSeminario Drogas e Alcool
Seminario Drogas e Alcool
 
Os Males para o individuo ALCOOL_DROGAS_.pptx
Os Males para o individuo ALCOOL_DROGAS_.pptxOs Males para o individuo ALCOOL_DROGAS_.pptx
Os Males para o individuo ALCOOL_DROGAS_.pptx
 
Drogas, o que são?
Drogas, o que são?Drogas, o que são?
Drogas, o que são?
 
Toxicodependência
ToxicodependênciaToxicodependência
Toxicodependência
 
Adolescentesedrogas 110511064351-phpapp02 (1)
Adolescentesedrogas 110511064351-phpapp02 (1)Adolescentesedrogas 110511064351-phpapp02 (1)
Adolescentesedrogas 110511064351-phpapp02 (1)
 
As drogas
As drogasAs drogas
As drogas
 
4 plano de aula nervoso.mona
4 plano de aula nervoso.mona4 plano de aula nervoso.mona
4 plano de aula nervoso.mona
 
Diga Sim à Vida
Diga Sim à VidaDiga Sim à Vida
Diga Sim à Vida
 
Drogas lícitas! leidiane trab quimica
Drogas lícitas!  leidiane trab quimicaDrogas lícitas!  leidiane trab quimica
Drogas lícitas! leidiane trab quimica
 
Tabagismo - 6.º G
Tabagismo - 6.º GTabagismo - 6.º G
Tabagismo - 6.º G
 
Trabalho esc (iryna,margarida e ruben)
Trabalho esc (iryna,margarida e ruben)Trabalho esc (iryna,margarida e ruben)
Trabalho esc (iryna,margarida e ruben)
 
Drogas
DrogasDrogas
Drogas
 
Apresentação sobre as Drogas: O que é, exemplos e Efeitos na Sociedade
Apresentação sobre as Drogas: O que é, exemplos e Efeitos na SociedadeApresentação sobre as Drogas: O que é, exemplos e Efeitos na Sociedade
Apresentação sobre as Drogas: O que é, exemplos e Efeitos na Sociedade
 
Drogas
DrogasDrogas
Drogas
 
Drogas
DrogasDrogas
Drogas
 
Mitos
MitosMitos
Mitos
 
Mitos
MitosMitos
Mitos
 
Mitos
MitosMitos
Mitos
 
Resp subst psicoativas_gia
Resp subst psicoativas_giaResp subst psicoativas_gia
Resp subst psicoativas_gia
 
Tabaco,drogas e álcool
Tabaco,drogas e álcoolTabaco,drogas e álcool
Tabaco,drogas e álcool
 

Mais de Potencial Empresário

CONSCIENTIZAÇÃO CONTRA A OBESIDADE INFANTIL.pptx
CONSCIENTIZAÇÃO CONTRA A OBESIDADE INFANTIL.pptxCONSCIENTIZAÇÃO CONTRA A OBESIDADE INFANTIL.pptx
CONSCIENTIZAÇÃO CONTRA A OBESIDADE INFANTIL.pptx
Potencial Empresário
 
A Familia e a Prevenção as Drogas .pptx
A Familia e a Prevenção as Drogas .pptxA Familia e a Prevenção as Drogas .pptx
A Familia e a Prevenção as Drogas .pptx
Potencial Empresário
 
Demência de Pick II
Demência de Pick IIDemência de Pick II
Demência de Pick II
Potencial Empresário
 
Mobilização Precoce com Cadeira para Sedestação a Beira Leito
Mobilização Precoce com Cadeira para Sedestação a Beira LeitoMobilização Precoce com Cadeira para Sedestação a Beira Leito
Mobilização Precoce com Cadeira para Sedestação a Beira Leito
Potencial Empresário
 
Transtorno de equilíbrio e quedas (1)
Transtorno de equilíbrio e quedas (1)Transtorno de equilíbrio e quedas (1)
Transtorno de equilíbrio e quedas (1)
Potencial Empresário
 
Pé torto congenito (clubfoot)
Pé torto congenito (clubfoot)Pé torto congenito (clubfoot)
Pé torto congenito (clubfoot)
Potencial Empresário
 
Seminario Avaliação Funcional
Seminario Avaliação FuncionalSeminario Avaliação Funcional
Seminario Avaliação Funcional
Potencial Empresário
 
Seminario Avaliação da Marcha e o Risco de Queda para Hemiplegicos
Seminario Avaliação da Marcha e o Risco de Queda para HemiplegicosSeminario Avaliação da Marcha e o Risco de Queda para Hemiplegicos
Seminario Avaliação da Marcha e o Risco de Queda para Hemiplegicos
Potencial Empresário
 

Mais de Potencial Empresário (8)

CONSCIENTIZAÇÃO CONTRA A OBESIDADE INFANTIL.pptx
CONSCIENTIZAÇÃO CONTRA A OBESIDADE INFANTIL.pptxCONSCIENTIZAÇÃO CONTRA A OBESIDADE INFANTIL.pptx
CONSCIENTIZAÇÃO CONTRA A OBESIDADE INFANTIL.pptx
 
A Familia e a Prevenção as Drogas .pptx
A Familia e a Prevenção as Drogas .pptxA Familia e a Prevenção as Drogas .pptx
A Familia e a Prevenção as Drogas .pptx
 
Demência de Pick II
Demência de Pick IIDemência de Pick II
Demência de Pick II
 
Mobilização Precoce com Cadeira para Sedestação a Beira Leito
Mobilização Precoce com Cadeira para Sedestação a Beira LeitoMobilização Precoce com Cadeira para Sedestação a Beira Leito
Mobilização Precoce com Cadeira para Sedestação a Beira Leito
 
Transtorno de equilíbrio e quedas (1)
Transtorno de equilíbrio e quedas (1)Transtorno de equilíbrio e quedas (1)
Transtorno de equilíbrio e quedas (1)
 
Pé torto congenito (clubfoot)
Pé torto congenito (clubfoot)Pé torto congenito (clubfoot)
Pé torto congenito (clubfoot)
 
Seminario Avaliação Funcional
Seminario Avaliação FuncionalSeminario Avaliação Funcional
Seminario Avaliação Funcional
 
Seminario Avaliação da Marcha e o Risco de Queda para Hemiplegicos
Seminario Avaliação da Marcha e o Risco de Queda para HemiplegicosSeminario Avaliação da Marcha e o Risco de Queda para Hemiplegicos
Seminario Avaliação da Marcha e o Risco de Queda para Hemiplegicos
 

Seminario Alcool e Drogas

  • 1.
  • 2. Seminário PREVENÇÃO À ÁLCOOL E DROGAS COMPONENTES : AMANDA LEITE , ANA PAULA, ROSANGELA MATOS , EDUARDO ALVES
  • 3. Introdução Muito se tem feito nos últimos tempos para que as pessoas se previnam contra o uso de drogas. Mas também muito se tem feito, legal ou ilegalmente, para que elas sejam usadas. O resultado final é que as pessoas estão consumindo cada vez mais drogas. Usar drogas, significa em primeira instância, buscar prazer. É muito difícil lutar contra o prazer, porque foi ele que sempre norteou o comportamento dos seres vivos para se autopreservarem e perpetuarem sua espécie. A droga provoca o prazer que engana o organismo, que então passa a querê-lo mais, como se fosse bom. Mas o prazer provocado pela droga não é bom, porque ele mais destrói a vida do que ajuda na sobrevivência. A prevenção tem de mostrar a diferença que há entre o que é gostoso e o que é bom.
  • 4. CONCEITO: Droga é todo e qualquer substancia natural ou sintética que quando introduzida no organismo modifica a suas funções
  • 5. Conceitos O uso acontece por diversas razões:  culturais ou religiosas;  por recreação;  como forma de enfrentamento de problemas;  para transgender ou transcender;  como meio de socialização ou para se isolar
  • 6.
  • 9. Cafeína  Cafeína É o estimulante legal mais usado no mundo. A cafeína é mais comumente associada ao café e às bebidas à base de cola que contém cafeína e flavorizantes extraídos de fontes naturais (grãos de café e nozes de cola, respectivamente). O chá contém quantidade significativa de cafeína e teofilina, enquanto que o chocolate (cacau) contém quantidades relativamente baixas de cafeína e teobromina. Teofilina e teobromina são parentes químicos da cafeína. O café foi inicialmente usado para ajudar a manter as pessoas acordadas nas noites frias, durante longos eventos religiosos.
  • 10.
  • 12. Tabaco / Cigarro • O tabagismo é considerado pela Organização Mundial de Saúde(OMS), a principal causa de morte evitável em todo o mundo. Pesquisas comprovam que, aproximadamente 47% de toda a população adulta masculina e 42% da população feminina, no mundo fumam. • O tabagismo pode causar: • Doenças cardiovasculares(Infarto, AVC e Morte Súbita); • Doenças respiratórias(Enfisema, asma, bronquite crônica, doença pulmonar); • Diversas formas de câncer(Pulmão, boca, faringe, laringe, etc); • Redução da fertilidade, prejuízo do desenvolvimento fetal, aumento de riscos para a gravidez e aborto espontâneo.
  • 13. Tabaco / Cigarro • FUMANTES PASSIVOS: Existem evidências de que os não fumantes expostos a fumaça de cigarro do ambiente , têm um risco com relação a várias das patologias que podem afetar os fumantes. • O QUE TEM DENTRO DO CIGARRO? O tabaco produz uma fumaça composta de pelo menos 4.800 componentes, sendo 68 deles identificados como cancerígenos, tais como: Amônia; Acetona; Arsênio(inseticida); Butano(gás); Nicotina; Alcatrão; Cianeto(veneno); Tolueno(solvente); Monóxido de carbono; DDT(Inseticida); Naftalina; Cadmium.
  • 14.
  • 15. ÁLCOOL TAMBÉM É DROGA • O álcool é a droga mais consumida no mundo, causando: • Problemas cardíacos; • Cirrose; • Derrame; • Gastrite; • Anemia; • Infecções respiratórias; • Dentre muitas outras doenças , sem contar os danos sociais, onde mesmo os que não bebem podem se tornar vítimas da violência doméstica, violência no trânsito, homicídios, etc. • Segundo o Ministério da Saúde, o álcool é o maior problema de saúde pública no Brasil. Em média 70% das mortes em acidentes de trânsito no Brasil, tem presença do uso de álcool.
  • 16. ÁLCOOL TAMBÉM É DROGA • PREVENÇÃO AOS PAIS Mudanças repentinas no comportamento de um adolescente podem indicar a presença de drogas em sua vida. • SINAIS DE ALERTA Queda do rendimento escolar; Mudança repentina de humor; Falta ou excesso de sono e de apetite; Pedidos incessantes por dinheiro; Descuido com a higiene pessoal e com a aparência física.
  • 18. Maconha • A maconha é natural mas possui mais de 400 substâncias tóxicas. É uma droga ilícita; • O uso da maconha pode causar danos à saúde como: prejuízo a memória, ao sistema reprodutor e respiratório; • Traz ainda angústia, desespero, pânico, depressão e síndrome amotivacional; • Reduz o rendimento escolar.
  • 20.
  • 21. Cocaína • A cocaína é uma substância extraída das folhas de Coca. Já o crack é o resultado da mistura da cocaína com outras substâncias e é conhecido popularmente com pedra. • Quando chega ao sistema nervoso central a cocaína/crack pode provocar dependência e intensa depressão quando fica sem ela, causando efeitos como: • Irritabilidade e Impulsividade; * Ansiedade; • Depressão; * Pânico; • Perda de controle; * Dilatação da pupila. • Aumento da frequência cardíaca e pressão arterial; * tremores; • A cocaína pode ser consumida de 3(três) formas: inalada; fumada e injetada. • Quando a cocaína é inalada pode provocar sangramentos e destruição da mucosa nasal. • Já quando fumada, provoca lesões e pneumonias graves.
  • 23. CRACK  CRACK Em uma pessoa normal, os impulsos nervosos são convertidos em neurotransmissores, como a dopamina e liberados nos espaços sinápticos. Uma vez passada a informação, a substância é recapturada. Nos usuários de crack, esse mecanismo encontra-se alterado. A droga subverte o mecanismo natural de recaptação da substância nas fendas sinápticas. Bloqueado esse processo, ocorre uma concentração anormal de dopamina na fenda. Superestimulando os receptores musculares - daí a sensação de euforia e poder provocada pela droga. Ao perceber que existem demasiados receptores na sinapse, eles são reduzidos. Com isso as sinapses tornam-se lentas, comprometendo as atividades cerebrais e corporais
  • 24.
  • 25.
  • 26.
  • 27.
  • 28. Prevenção  Níveis de Prevenção: Primário: o objetivo é intervir antes que o consumo de drogas ocorra. Secundário: Há existência do uso de drogas e o que se pretende é que esse consumo não se sistematize nem se intensifique. Terciario.: consiste no tratamento do uso nocivo ou da dependência.  A PREVENÇÃO TEM DE MOSTRAR A DIFERENÇA QUE HÁ ENTRE O QUE É GOSTOSO E O QUE É BOM.
  • 29. PREVENÇÃO • PREVENÇAO AOS ADOSLENCENTES A droga pode aparecer, às vezes, como uma "solução rápida" de problemas, porém com consequências e sequelas irreversíveis na vida do jovem.
  • 30. PREVENÇÃO • CONSEQUÊNCIAS:  Queda nas notas escolares e interrupção dos estudos;  Perda do círculo de amizade;  Conflitos familiares;  Debilidade da saúde;  Danos à memória e raciocínio;  Fim de perspectivas de futuro;  Solidão;  Depressão.
  • 31. Referencias  http://portal.mj.gov.br/senad/  http://www.obid.senad.gov.br/portais/obid/index.php  http://www.scielo.br/scielo.php  http://veja.abril.com.br/multimidia/infograficos
  • 32. Centros de Apoio  Site: www.alcoolicosanonimos.org.br  Site: www.naranon.org.br  CEAVI - CENTRO EVANGELICO DE APOIO A VIDA  R Carlos Caldeira, 665 - Santa Maria, Santos, SP | CEP: 11089-130  (13) 3299-9703  (13) 99107-0630  R Amazonas, 169 - Vila Alice - Vicente Carvalho Guarujá, SP | CEP: 11450-210
  • 33. Centros de Apoio  COMUNIDADE TERAPEUTICA CACTOS DE APOIO E RECUPERACAO DE DEPENDENTES DE DROGAS  R República Portuguesa, 25 - Vila Matias, Santos, SP | CEP: 11013-450 (13) 7805-7739  CEAD CENTRO DE ATENDIMENTO AO DEPENDENTE QUIMICO  0em Clínicas para Dependentes Químicos