SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
Durante a era glacial, muitos animais morriam
por causa do frio.

Os porcos-espinhos, percebendo esta situação,
resolveram se juntar em grupos,
assim se agasalhavam e se protegiam mutuamente.
Mas os espinhos de cada um feriam os companheiros
mais próximos,
justamente os que forneciam calor.

E, por isso, tornavam a se afastar uns dos outros.
Voltaram a morrer congelados
e precisavam fazer uma escolha:
Desapareceriam da face da Terra
ou
aceitavam os espinhos do semelhante.
Com sabedoria, decidiram voltar e ficar juntos.
Aprenderam assim a conviver com as pequenas feridas
que uma relação muito próxima podia causar,
já que o mais importante era o calor do outro!
MORAL DA HISTÓRIA:
O melhor relacionamento não é aquele
que une pessoas perfeitas,
mas aquele onde cada um aceita
os defeitos do outro
e consegue perdão pelos próprios defeitos.
Múisica: EnyaMarble_Halls_Eq.wav.
Texto: Procura-se o autor
Formatação: Isa Quintanillha
dafnemqs@yahoo.com.br

Repasse sem retirar os créditos:

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Desafios e convivencia
Desafios e convivenciaDesafios e convivencia
Desafios e convivenciacarlos freire
 
10 dinâmicas divertidas e envolventes
10 dinâmicas divertidas e envolventes10 dinâmicas divertidas e envolventes
10 dinâmicas divertidas e envolventesSeduc MT
 
A Difícil Arte de Conviver
A Difícil Arte de ConviverA Difícil Arte de Conviver
A Difícil Arte de Conviverlucianaraspa
 
204029350 a-fabula-da-convivencia
204029350 a-fabula-da-convivencia204029350 a-fabula-da-convivencia
204029350 a-fabula-da-convivenciaMarcio Mariz
 
Palestra codigomaravilhosoparte3
Palestra codigomaravilhosoparte3Palestra codigomaravilhosoparte3
Palestra codigomaravilhosoparte3Wende Mendes
 
Apreenda a trabalhar em equipe
Apreenda a trabalhar em equipeApreenda a trabalhar em equipe
Apreenda a trabalhar em equipeWende Mendes
 
Curso superior
Curso superiorCurso superior
Curso superiorNaara
 
Como se captura porcos selvagens
Como se captura porcos selvagensComo se captura porcos selvagens
Como se captura porcos selvagensguest590d84
 
Iniciativas colaborativas
Iniciativas colaborativasIniciativas colaborativas
Iniciativas colaborativasteofb
 
Bons hábitos e atitudes
Bons hábitos e atitudesBons hábitos e atitudes
Bons hábitos e atitudesAngela Ferreira
 
A FáBula Do Porco Espinho
A FáBula Do Porco EspinhoA FáBula Do Porco Espinho
A FáBula Do Porco EspinhoJNR
 
Atitude é tudo na vida
Atitude é tudo na vidaAtitude é tudo na vida
Atitude é tudo na vidatatiwust
 
Você sabe mesmo trabalhar em equipe? Os desafios da liderança.
Você sabe mesmo trabalhar em equipe? Os desafios da liderança.Você sabe mesmo trabalhar em equipe? Os desafios da liderança.
Você sabe mesmo trabalhar em equipe? Os desafios da liderança.Alércio Bressano
 
Como Aprender a Aprender - Palestra
Como Aprender a Aprender - PalestraComo Aprender a Aprender - Palestra
Como Aprender a Aprender - PalestraHuaras Duarte
 
Atitude como um diferencial profissional e pessoal
Atitude como um diferencial profissional e pessoalAtitude como um diferencial profissional e pessoal
Atitude como um diferencial profissional e pessoalFabrício Ottoni
 

Destaque (20)

Desafios e convivencia
Desafios e convivenciaDesafios e convivencia
Desafios e convivencia
 
Conviver é preciso
Conviver é precisoConviver é preciso
Conviver é preciso
 
10 dinâmicas divertidas e envolventes
10 dinâmicas divertidas e envolventes10 dinâmicas divertidas e envolventes
10 dinâmicas divertidas e envolventes
 
A Difícil Arte de Conviver
A Difícil Arte de ConviverA Difícil Arte de Conviver
A Difícil Arte de Conviver
 
Porcos espinhos
Porcos espinhosPorcos espinhos
Porcos espinhos
 
204029350 a-fabula-da-convivencia
204029350 a-fabula-da-convivencia204029350 a-fabula-da-convivencia
204029350 a-fabula-da-convivencia
 
Palestra codigomaravilhosoparte3
Palestra codigomaravilhosoparte3Palestra codigomaravilhosoparte3
Palestra codigomaravilhosoparte3
 
77 bons habitos para uma vida melhor
77 bons habitos para uma vida melhor77 bons habitos para uma vida melhor
77 bons habitos para uma vida melhor
 
Apreenda a trabalhar em equipe
Apreenda a trabalhar em equipeApreenda a trabalhar em equipe
Apreenda a trabalhar em equipe
 
A fabula do porco espinho
A fabula do porco espinhoA fabula do porco espinho
A fabula do porco espinho
 
PACOTE DE BISCOITOS
PACOTE DE BISCOITOSPACOTE DE BISCOITOS
PACOTE DE BISCOITOS
 
Curso superior
Curso superiorCurso superior
Curso superior
 
Como se captura porcos selvagens
Como se captura porcos selvagensComo se captura porcos selvagens
Como se captura porcos selvagens
 
Iniciativas colaborativas
Iniciativas colaborativasIniciativas colaborativas
Iniciativas colaborativas
 
Bons hábitos e atitudes
Bons hábitos e atitudesBons hábitos e atitudes
Bons hábitos e atitudes
 
A FáBula Do Porco Espinho
A FáBula Do Porco EspinhoA FáBula Do Porco Espinho
A FáBula Do Porco Espinho
 
Atitude é tudo na vida
Atitude é tudo na vidaAtitude é tudo na vida
Atitude é tudo na vida
 
Você sabe mesmo trabalhar em equipe? Os desafios da liderança.
Você sabe mesmo trabalhar em equipe? Os desafios da liderança.Você sabe mesmo trabalhar em equipe? Os desafios da liderança.
Você sabe mesmo trabalhar em equipe? Os desafios da liderança.
 
Como Aprender a Aprender - Palestra
Como Aprender a Aprender - PalestraComo Aprender a Aprender - Palestra
Como Aprender a Aprender - Palestra
 
Atitude como um diferencial profissional e pessoal
Atitude como um diferencial profissional e pessoalAtitude como um diferencial profissional e pessoal
Atitude como um diferencial profissional e pessoal
 

Mais de clinicansl

Doenças respiratorias
Doenças respiratoriasDoenças respiratorias
Doenças respiratoriasclinicansl
 
035 o nosso poder vem de dentro
035 o nosso poder vem de dentro035 o nosso poder vem de dentro
035 o nosso poder vem de dentroclinicansl
 
Licao dos-gansospps
Licao dos-gansosppsLicao dos-gansospps
Licao dos-gansosppsclinicansl
 
O segredo (resumido)
O segredo (resumido)O segredo (resumido)
O segredo (resumido)clinicansl
 
Tudo depende de_mim_chaplin_1_
Tudo depende de_mim_chaplin_1_Tudo depende de_mim_chaplin_1_
Tudo depende de_mim_chaplin_1_clinicansl
 
Como minimizar o risco de ataque cardíaco
Como minimizar o  risco de ataque cardíacoComo minimizar o  risco de ataque cardíaco
Como minimizar o risco de ataque cardíacoclinicansl
 
Equoterapia parte 1 1
Equoterapia parte 1 1Equoterapia parte 1 1
Equoterapia parte 1 1clinicansl
 
Equoterapia parte 3
Equoterapia   parte 3Equoterapia   parte 3
Equoterapia parte 3clinicansl
 
Equoterapia parte 2
Equoterapia   parte 2Equoterapia   parte 2
Equoterapia parte 2clinicansl
 
Palestra has e dm
Palestra has e dmPalestra has e dm
Palestra has e dmclinicansl
 
Modificações sistêmicas da gestação
Modificações sistêmicas da gestaçãoModificações sistêmicas da gestação
Modificações sistêmicas da gestaçãoclinicansl
 
Incontinência urinária fisioterapia
Incontinência urinária fisioterapiaIncontinência urinária fisioterapia
Incontinência urinária fisioterapiaclinicansl
 
Primerios socorros
Primerios socorrosPrimerios socorros
Primerios socorrosclinicansl
 
Vida o maior de todos os presentes
Vida   o maior de todos os presentesVida   o maior de todos os presentes
Vida o maior de todos os presentesclinicansl
 
Entendendoodiabetes
EntendendoodiabetesEntendendoodiabetes
Entendendoodiabetesclinicansl
 
Celebrar a vida
Celebrar a vidaCelebrar a vida
Celebrar a vidaclinicansl
 
Biossegurança
BiossegurançaBiossegurança
Biossegurançaclinicansl
 
Biossegurança parte 1
Biossegurança parte 1Biossegurança parte 1
Biossegurança parte 1clinicansl
 

Mais de clinicansl (20)

Tabagismo 1
Tabagismo 1Tabagismo 1
Tabagismo 1
 
Doenças respiratorias
Doenças respiratoriasDoenças respiratorias
Doenças respiratorias
 
035 o nosso poder vem de dentro
035 o nosso poder vem de dentro035 o nosso poder vem de dentro
035 o nosso poder vem de dentro
 
Licao dos-gansospps
Licao dos-gansosppsLicao dos-gansospps
Licao dos-gansospps
 
O segredo (resumido)
O segredo (resumido)O segredo (resumido)
O segredo (resumido)
 
Tudo depende de_mim_chaplin_1_
Tudo depende de_mim_chaplin_1_Tudo depende de_mim_chaplin_1_
Tudo depende de_mim_chaplin_1_
 
Como minimizar o risco de ataque cardíaco
Como minimizar o  risco de ataque cardíacoComo minimizar o  risco de ataque cardíaco
Como minimizar o risco de ataque cardíaco
 
Equoterapia parte 1 1
Equoterapia parte 1 1Equoterapia parte 1 1
Equoterapia parte 1 1
 
Equoterapia parte 3
Equoterapia   parte 3Equoterapia   parte 3
Equoterapia parte 3
 
Equoterapia parte 2
Equoterapia   parte 2Equoterapia   parte 2
Equoterapia parte 2
 
Palestra has e dm
Palestra has e dmPalestra has e dm
Palestra has e dm
 
Fisioterapia
FisioterapiaFisioterapia
Fisioterapia
 
Modificações sistêmicas da gestação
Modificações sistêmicas da gestaçãoModificações sistêmicas da gestação
Modificações sistêmicas da gestação
 
Incontinência urinária fisioterapia
Incontinência urinária fisioterapiaIncontinência urinária fisioterapia
Incontinência urinária fisioterapia
 
Primerios socorros
Primerios socorrosPrimerios socorros
Primerios socorros
 
Vida o maior de todos os presentes
Vida   o maior de todos os presentesVida   o maior de todos os presentes
Vida o maior de todos os presentes
 
Entendendoodiabetes
EntendendoodiabetesEntendendoodiabetes
Entendendoodiabetes
 
Celebrar a vida
Celebrar a vidaCelebrar a vida
Celebrar a vida
 
Biossegurança
BiossegurançaBiossegurança
Biossegurança
 
Biossegurança parte 1
Biossegurança parte 1Biossegurança parte 1
Biossegurança parte 1
 

Último

Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoNilson Almeida
 
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdfpdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdfnestorsouza36
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxEspecialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxViniciusPetersen1
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaRicardo Azevedo
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............MilyFonceca
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para AutoconhecimentoHermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para AutoconhecimentoFabioLofrano
 
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfStelaWilbert
 

Último (10)

Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
 
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdfpdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
 
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxEspecialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
 
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para AutoconhecimentoHermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
 
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
 

Sábios porcos espinhos

  • 1.
  • 2. Durante a era glacial, muitos animais morriam por causa do frio. Os porcos-espinhos, percebendo esta situação, resolveram se juntar em grupos, assim se agasalhavam e se protegiam mutuamente.
  • 3. Mas os espinhos de cada um feriam os companheiros mais próximos, justamente os que forneciam calor. E, por isso, tornavam a se afastar uns dos outros.
  • 4. Voltaram a morrer congelados e precisavam fazer uma escolha: Desapareceriam da face da Terra ou aceitavam os espinhos do semelhante.
  • 5. Com sabedoria, decidiram voltar e ficar juntos. Aprenderam assim a conviver com as pequenas feridas que uma relação muito próxima podia causar, já que o mais importante era o calor do outro!
  • 6. MORAL DA HISTÓRIA: O melhor relacionamento não é aquele que une pessoas perfeitas, mas aquele onde cada um aceita os defeitos do outro e consegue perdão pelos próprios defeitos.
  • 7. Múisica: EnyaMarble_Halls_Eq.wav. Texto: Procura-se o autor Formatação: Isa Quintanillha dafnemqs@yahoo.com.br Repasse sem retirar os créditos: