SlideShare uma empresa Scribd logo
Língua Portuguesa


              4ª Série
              Ensino Fundamental
              Tarde
 TARDE




              Nome do aluno:




              Nome da escola:
4ª SÉRIE EF




              Turma:             Número triângulo:




                                2007
Prezado aluno, prezada aluna:
Para que a Secretaria da Educação possa melhorar o ensino, precisamos saber o que você realmente sabe.
Para tanto, pedimos que você responda às questões de Língua Portuguesa que estão no Caderno de Prova
e elabore uma redação. A finalidade desta avaliação é melhorar o ensino de sua escola. Assim, você deve
procurar mostrar o que realmente sabe sobre o conteúdo avaliado, respondendo com cuidado às questões,
não deixando questões em branco e considerando esta prova, enfim, como instrumento importante que lhe
trará benefícios. Antes de dar suas respostas, leia as instruções abaixo.



                                          INSTRUÇÕES GERAIS



1. As questões da prova estão numeradas e apresentam diferentes alternativas de resposta para você
    escolher.

2. Antes de responder a cada questão, é importante que você pense sobre as alternativas.

3. Para cada questão, escolha uma única resposta e marque-a no Caderno de Prova.

4. Responda a todas as questões.

5. Após responder a todas as questões, marque suas respostas na Folha de Respostas.

6. Use lápis preto ou caneta preta.

7. Confira se o seu nome está pré-identificado na Folha de Respostas.

8. Para cada questão da Folha de Respostas, preencha o espaço correspondente à letra que indica a
    resposta que você assinalou no Caderno.

9. Exemplo: se, na questão 1, você escolheu a letra A, marque sua resposta da seguinte maneira:


                                  01      A     B      C     D



10. Escreva, na capa do Caderno de Prova, seu nome completo, o nome da sua escola, o nome da sua
    turma e o seu número triângulo (número que aparece em sua Folha de Respostas entre dois triângulos).

11. A Folha de Respostas não poderá ser devolvida em branco, nem deverá ser rabiscada, amassada,
    alterada ou rasurada.

12. Elabore a redação a partir do tema proposto. Faça um rascunho. Passe o rascunho a limpo, no espaço
    reservado para a redação.

13. Em caso de dúvida ou engano, solicite ajuda ao professor.




                                                                                               Obrigado
LÍNGUA PORTUGUESA

                                          REX em “Tá limpo!”
Instruções:   Para responder às questões de números 1 a 3 leia a história em quadrinhos abaixo.




                           (Revista Ciência Hoje das Crianças. Ano 20/n. 176,
                           Jan./Fev. 2007)

1. Observe as expressões de Rex. Ele começa a história ...e termina... .

    (A)   triste e contente.
    (B)   “exibindo-se” e envergonhado.
    (C)   desesperado e animado.
    (D)   bravo e feliz.


2. No final da história, Rex fica envergonhado porque

    (A)   esqueceu de tomar banho.
    (B)   desobedeceu a mãe.
    (C)   gritou com o amigo.
    (D)   esqueceu datas de aniversário, no de telefones, letras de música... .

SARESP-LP-4EF-Tarde                                                                               3
3. No terceiro quadrinho, Rex diz que se lembra de tudo: datas, números de telefones, capitais dos
   países, letras de músicas, placas de carro, campeonatos de futebol. Esta frase termina com
   reticências (...) para indicar que Rex
    (A)   não se lembra de mais nada.
    (B)   esqueceu o que iria falar depois.
    (C)   continuaria falando de outras coisas que se lembra se sua mãe não o tivesse interrompido.
    (D)   seu amigo o interrompeu para avisar-lhe da hora do banho.

Instruções:   Para responder às questões de números 4 a 9 leia o texto abaixo.




                                       (A formiga e pomba   www.contandohistoria.com/formiga.html)

4                                                                                            SARESP-LP-4EF-Tarde
4. Este texto é uma fábula porque apresenta características como

    (A) humor e seres encantados.

    (B) instruções e imagens.

    (C) tabelas e informações científicas.

    (D) animais como personagens e moral da história.



5. O texto começa dizendo Uma formiga sedenta veio à margem do rio para beber água. Para
   alcançá-la devia descer por uma folha de grama. A palavra sublinhada refere-se a

    (A) grama.

    (B) água.

    (C) folha.

    (D) formiga.



6. A formiga se salvou da correnteza porque

    (A) o rio parou de correr.

    (B) o caçador a tirou de dentro do rio.

    (C) caiu um galho de árvore em que ela se apoiou.

    (D) ela subiu numa folha de árvore jogada ao rio pela pomba.




7. A formiga viu o caçador preparado para caçar a pomba no momento em que

    (A) se debatia na correnteza.

    (B) alcançou a terra.

    (C) se escondia atrás de uma árvore.

    (D) foi presa pela rede do caçador.
SARESP-LP-4EF-Tarde                                                                    5
8. No início do texto, diz-se que a formiga estava sedenta. Isto significa que a formiga estava com

    (A) fome.

    (B) frio.

    (C) sede.

    (D) calor.


9. "Uma boa ação se paga com outra". A frase, escrita entre aspas e em letras maiores que as do
   texto, indica

    (A) a moral da história.

    (B) que a história acabou.

    (C) a amizade que se formou entre a pomba e a formiga.

    (D) que foi o caçador de pássaros quem falou.


Instruções: As questões de números 10 a 15 baseiam-se no texto apresentado abaixo.

                               Árvores por todo o Brasil        Pau-brasil

      Pau-brasil (Caesalpinia echinata)   Após o descobrimento do Brasil, esta árvore foi muito
derrubada e vendida para os países da Europa. Isso
gerou riqueza, o que estimulou a adoção do nome
"Brasil" para o nosso país. A madeira avermelhada do
pau-brasil era usada para fazer móveis, casas e
embarcações, enquanto sua casca servia para produzir
um colorante chamado brasileína, usado para tingir
tecidos e fazer tintas para escrever. Hoje a madeira é
apenas empregada na confecção de arcos de violino.
Abundante no litoral brasileiro         sobretudo entre
Pernambuco e Rio de Janeiro na época da descoberta
do país, o pau-brasil está quase extinto atualmente. Ele
apresenta flores perfumadas, que florescem entre
setembro a dezembro. A árvore pode atingir 30 metros de
altura e tem vários nomes populares, como ibirapitanga,
orabutã, brasileto e pau-de-pernambuco. Uma árvore de
30 metros!!! Dá pra acreditar!!!
                                 (Adaptado de Revista Ciência Hoje das Crianças. Ano 15 n. 126. julho de 2002)
6                                                                                         SARESP-LP-4EF-Tarde
10. No texto acima, o pau-brasil é

    (A) um personagem de um conto.
    (B) o assunto de um texto informativo-científico.
    (C) o personagem de uma história em quadrinhos.
    (D) o garoto-propaganda de um anúncio publicitário.


11. A madeira do pau-brasil é

    (A) acastanhada.
    (B) amarelada.
    (C) avermelhada.
    (D) amarronzada.


12. O corante do pau-brasil era utilizado para

    (A) fazer tintas para pintura e tingir tecidos.
    (B) tingir tecidos e fazer corante alimentício.
    (C) fazer tintas cosméticas e tingir tecidos.
    (D) tingir tecidos e fazer tintas para escrever.


13. A madeira do pau-brasil era utilizada na fabricação de

    (A) casas, móveis e barcos.

    (B) móveis, carroças e casas.

    (C) barcos, arcos de violino e casas.

    (D) embarcações, arcos de violino e casas.


14. O autor do texto demonstra sua opinião pela frase

    (A) "Ele apresenta flores perfumadas".

    (B) "Isso gerou riqueza, o que estimulou a adoção do nome "Brasil" para nosso país".

    (C) "Dá para acreditar!!!"

    (D) "tem vários nomes populares como ibirapitanga, orabutã, brasileto e pau-de-pernambuco".
SARESP-LP-4EF-Tarde                                                                               7
15. Na frase “Abundante no litoral brasileiro...”, a palavra grifada significa

    (A) em grande quantidade.

    (B) esgotado.

    (C) desaparecido.

    (D) pouco comum.


Instruções:    Para responder às questões de números 16 a 21 leia o texto abaixo.



                                                 FOLHA DE S. PAULO               Folhinha
               +4
              sábado, 25 de agosto de 2007


                                              Sob
                                             suspeita
            ROSANGELA DE MOURA
            MARIANA DESIMONE
            colaboração para a Folha
            - adaptado.




                                                                    (Folhinha de 25 de agosto de 2007)

16. As crianças entrevistadas pela reportagem do jornal

    (A)   já devolveram os brinquedos proibidos.
    (B)   estão muito dispostas a entregar esses brinquedos.
    (C)   estão resistindo a devolver os brinquedos ao fabricante.
    (D)   querem comprar mais desses brinquedos.

8                                                                                       SARESP-LP-4EF-Tarde
17. Esta notícia da Folhinha, do jornal Folha de São Paulo, incentiva as crianças a

    (A) não entregar os brinquedos proibidos.

    (B) guardarem esses brinquedos em casa.

    (C) doar esses brinquedos a crianças carentes.

    (D) devolverem os brinquedos proibidos ao fabricante.


18. A manchete dessa notícia é Sob Suspeita. Este título foi escolhido para a reportagem porque


    (A) alguns brinquedos são perigosos para as crianças.

    (B) as crianças traquinas estão sendo investigadas.

    (C) a fábrica que produz os brinquedos perigosos fechou.

    (D) criminosos estão usando bonecos para cometer roubos.


19. Esta reportagem faz um alerta às crianças.
    Vitória de 9 anos, uma das crianças entrevistadas, diz assim Eu quero ficar com a minha Polly,
    não quero outra. A opinião desta garota


    (A) está de acordo com a reportagem.

    (B) é contrária ao que a reportagem alerta.

    (C) não tem nada a ver com o assunto da reportagem.

    (D) é diferente de todas as outras crianças.


20. A reportagem começa dizendo Foi assim, inconformadas e inseguras, que algumas crianças
    receberam a notícia do recall da Mattel na semana passada. A palavra recall é explicada no
    parágrafo seguinte porque é uma palavra de origem inglesa. Ela é usada quando


    (A) os fabricantes identificam defeitos em produtos e pedem para devolvê-los.

    (B) os fabricantes de produtos lançam novidades no mercado.

    (C) os consumidores estão insatisfeitos com o produto comprado.

    (D) as crianças compram ou ganham brinquedos.
SARESP-LP-4EF-Tarde                                                                               9
21. A última frase do texto diz Segurança não é brincadeira. A reportagem nos alerta:

     (A) Devemos brincar com objetos perigosos.

     (B) Devemos evitar correr riscos mesmo nas brincadeiras.

     (C) Devemos sempre brincar mesmo que a brincadeira não seja segura.

     (D) Qualquer brincadeira é sempre segura.


Instruções: Para responder às questões de números 22 a 26 leia o texto abaixo.




10                                                                                SARESP-LP-4EF-Tarde
22. Esta propaganda da marca Philips pretende vender

    (A) cofrinhos de porquinhos.
    (B) porquinhos cor-de-rosa.
    (C) uma lâmpada mais econômica.
    (D) brinquedos.


23. A propaganda oferece economia de energia

    (A) aos fabricantes da lâmpada.

    (B) aos consumidores.

    (C) às crianças.

    (D) aos concorrentes.


24. A lâmpada cor-de-rosa apresentada na propaganda tem forma de cofrinho porque

    (A) gasta muita energia.
    (B) é maior que as outras.
    (C) emite luz cor-de-rosa.
    (D) economiza energia.


25. O anúncio desta lâmpada diz que quem comprá-la estará fazendo um ótimo investimento porque

    (A) gastará mais dinheiro comprando-a.

    (B) economizará dinheiro ao comprá-la.

    (C) ganhará prêmios do fabricante.

    (D) estará perdendo dinheiro ao comprá-la.


26. A pergunta inicial do texto Quer economizar energia? tem a intenção de

    (A) fazer uma pesquisa com os leitores da revista.

    (B) duvidar dos leitores.

    (C) atrair a atenção do leitor para a propaganda.

    (D) esperar que o leitor envie uma carta respondendo a pergunta.
SARESP-LP-4EF-Tarde                                                                         11
Instruções:    Para responder às questões de números 27 a 30, observe o desenho abaixo.




27. Essas informações podem ser encontradas em
     (A)   um manual de primeiro socorros.
     (B)   um livro de Artes.
     (C)   uma revista para médicos.
     (D)   uma revista para crianças.

28. A cola é usada para prender
     (A)   os dois lados da cartolina.
     (B)   o jornal na cartolina.
     (C)   a tira pequena na cartolina.
     (D)   a gaze ou o papel higiênico sobre o jornal.

29. Na frase "Depois, decore com desenhos de canetinhas hidrocor e também peça para a turma
    fazer assinaturas". A palavra grifada mostra que esse trabalho é destinado a um grupo de
     (A)   universitários.
     (B)   crianças.
     (C)   médicos.
     (D)   professores de Artes.

30. Para que se consiga o aspecto de gesso é preciso
     (A)   medir bem a cartolina.
     (B)   prender firmemente o jornal.
     (C)   várias camadas de jornal e gaze.
     (D)   utilizar canetinha hidrocor.
12                                                                             SARESP-LP-4EF-Tarde
REDAÇÃO



        Instrução específica para a Redação:

        1. Faça um rascunho de 15 a 20 linhas.


        2. Passe o rascunho a limpo com letra regular e legível.




                                            PROPOSTA



                             Pedro gostava de ouvir as conversas por trás das

                      portas. Sua mãe o advertiu várias vezes que essa não era

                      uma atitude bonita.

                             Porém, um dia, durante uma visita inesperada,

                      Pedro ouviu algo que o deixou maravilhado.




                Crie uma história contando qual era o conteúdo da conversa que Pedro
        ouviu e o que aconteceu depois.

                Não se esqueça de dar um título para sua história.




SARESP-LP-4EF-Tarde                                                                    13
14   SARESP-LP-4EF-Tarde
SARESP-LP-4EF-Tarde   15
2007




Fundação
Carlos Chagas

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Atividades folclore 13
Atividades folclore 13Atividades folclore 13
Atividades folclore 13
Atividades Diversas Cláudia
 
Avaliando português 4º ano textos e interpretações
Avaliando português  4º ano textos e interpretaçõesAvaliando português  4º ano textos e interpretações
Avaliando português 4º ano textos e interpretações
Nisio Jose pereira
 
Modelo de atividades para o 3º ano
Modelo de atividades para o 3º anoModelo de atividades para o 3º ano
Modelo de atividades para o 3º ano
pedagogicosjdelrei
 
Produzindo texto
Produzindo textoProduzindo texto
Produzindo texto
Mary Alvarenga
 
O Caderno de Toquinho - Análise e entendimento da música
O Caderno  de Toquinho - Análise e entendimento da músicaO Caderno  de Toquinho - Análise e entendimento da música
O Caderno de Toquinho - Análise e entendimento da música
Mary Alvarenga
 
SIMULADO 4º ANO FUNDAMENTAL
SIMULADO 4º ANO FUNDAMENTALSIMULADO 4º ANO FUNDAMENTAL
SIMULADO 4º ANO FUNDAMENTAL
Cristina Brandão
 
Simulado de Matemática para o 3° ano do Ensino Fundamental I - Teste Final
Simulado de Matemática para o 3° ano do Ensino Fundamental I - Teste FinalSimulado de Matemática para o 3° ano do Ensino Fundamental I - Teste Final
Simulado de Matemática para o 3° ano do Ensino Fundamental I - Teste Final
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Apostila para trabalhar textos variados
Apostila para trabalhar  textos variadosApostila para trabalhar  textos variados
Apostila para trabalhar textos variados
Isa ...
 
Atividades com descritores matematica PROEB 5º ano
Atividades com descritores matematica PROEB 5º anoAtividades com descritores matematica PROEB 5º ano
Atividades com descritores matematica PROEB 5º ano
Silvânia Silveira
 
Simulado 16 (port. 5º ano)
Simulado 16 (port. 5º ano)Simulado 16 (port. 5º ano)
Simulado 16 (port. 5º ano)
Cidinha Paulo
 
Trem bala de Ana Vilela - Análise e entendimento da música
Trem bala de Ana Vilela  - Análise e entendimento da músicaTrem bala de Ana Vilela  - Análise e entendimento da música
Trem bala de Ana Vilela - Análise e entendimento da música
Mary Alvarenga
 
Simulado portugues 3º ano)-4 unidade
Simulado portugues   3º ano)-4 unidadeSimulado portugues   3º ano)-4 unidade
Simulado portugues 3º ano)-4 unidade
julliana brito
 
AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMESTRE
AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMESTREAVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMESTRE
AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMESTRE
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Avaliação bimestral de historia
Avaliação bimestral de historiaAvaliação bimestral de historia
Avaliação bimestral de historia
Maria Aparecida Mendes
 
Português Simulado 4-ano-segundo-semestre
Português Simulado 4-ano-segundo-semestrePortuguês Simulado 4-ano-segundo-semestre
Português Simulado 4-ano-segundo-semestre
Vivian Harrizvivian
 
Modelo de avaliação bimestral para o 3º ano original
Modelo de avaliação bimestral para o 3º ano originalModelo de avaliação bimestral para o 3º ano original
Modelo de avaliação bimestral para o 3º ano original
Silvânia Silveira
 
Avaliação de Língua Portuguesa - 4º bimestre - 4º ano
Avaliação de Língua Portuguesa - 4º bimestre - 4º anoAvaliação de Língua Portuguesa - 4º bimestre - 4º ano
Avaliação de Língua Portuguesa - 4º bimestre - 4º ano
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Avaliação Diagnóstica de Matematica 1º ano
Avaliação Diagnóstica de Matematica 1º anoAvaliação Diagnóstica de Matematica 1º ano
Avaliação Diagnóstica de Matematica 1º ano
Maria Élia David de Assis Ferreira
 
Aleluia de Gabriela Rocha - Análise e entendimento da música
Aleluia  de Gabriela Rocha - Análise e entendimento da músicaAleluia  de Gabriela Rocha - Análise e entendimento da música
Aleluia de Gabriela Rocha - Análise e entendimento da música
Mary Alvarenga
 
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 4º ANO - 1º BIMESTRE
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 4º ANO - 1º BIMESTREAVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 4º ANO - 1º BIMESTRE
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 4º ANO - 1º BIMESTRE
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 

Mais procurados (20)

Atividades folclore 13
Atividades folclore 13Atividades folclore 13
Atividades folclore 13
 
Avaliando português 4º ano textos e interpretações
Avaliando português  4º ano textos e interpretaçõesAvaliando português  4º ano textos e interpretações
Avaliando português 4º ano textos e interpretações
 
Modelo de atividades para o 3º ano
Modelo de atividades para o 3º anoModelo de atividades para o 3º ano
Modelo de atividades para o 3º ano
 
Produzindo texto
Produzindo textoProduzindo texto
Produzindo texto
 
O Caderno de Toquinho - Análise e entendimento da música
O Caderno  de Toquinho - Análise e entendimento da músicaO Caderno  de Toquinho - Análise e entendimento da música
O Caderno de Toquinho - Análise e entendimento da música
 
SIMULADO 4º ANO FUNDAMENTAL
SIMULADO 4º ANO FUNDAMENTALSIMULADO 4º ANO FUNDAMENTAL
SIMULADO 4º ANO FUNDAMENTAL
 
Simulado de Matemática para o 3° ano do Ensino Fundamental I - Teste Final
Simulado de Matemática para o 3° ano do Ensino Fundamental I - Teste FinalSimulado de Matemática para o 3° ano do Ensino Fundamental I - Teste Final
Simulado de Matemática para o 3° ano do Ensino Fundamental I - Teste Final
 
Apostila para trabalhar textos variados
Apostila para trabalhar  textos variadosApostila para trabalhar  textos variados
Apostila para trabalhar textos variados
 
Atividades com descritores matematica PROEB 5º ano
Atividades com descritores matematica PROEB 5º anoAtividades com descritores matematica PROEB 5º ano
Atividades com descritores matematica PROEB 5º ano
 
Simulado 16 (port. 5º ano)
Simulado 16 (port. 5º ano)Simulado 16 (port. 5º ano)
Simulado 16 (port. 5º ano)
 
Trem bala de Ana Vilela - Análise e entendimento da música
Trem bala de Ana Vilela  - Análise e entendimento da músicaTrem bala de Ana Vilela  - Análise e entendimento da música
Trem bala de Ana Vilela - Análise e entendimento da música
 
Simulado portugues 3º ano)-4 unidade
Simulado portugues   3º ano)-4 unidadeSimulado portugues   3º ano)-4 unidade
Simulado portugues 3º ano)-4 unidade
 
AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMESTRE
AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMESTREAVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMESTRE
AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMESTRE
 
Avaliação bimestral de historia
Avaliação bimestral de historiaAvaliação bimestral de historia
Avaliação bimestral de historia
 
Português Simulado 4-ano-segundo-semestre
Português Simulado 4-ano-segundo-semestrePortuguês Simulado 4-ano-segundo-semestre
Português Simulado 4-ano-segundo-semestre
 
Modelo de avaliação bimestral para o 3º ano original
Modelo de avaliação bimestral para o 3º ano originalModelo de avaliação bimestral para o 3º ano original
Modelo de avaliação bimestral para o 3º ano original
 
Avaliação de Língua Portuguesa - 4º bimestre - 4º ano
Avaliação de Língua Portuguesa - 4º bimestre - 4º anoAvaliação de Língua Portuguesa - 4º bimestre - 4º ano
Avaliação de Língua Portuguesa - 4º bimestre - 4º ano
 
Avaliação Diagnóstica de Matematica 1º ano
Avaliação Diagnóstica de Matematica 1º anoAvaliação Diagnóstica de Matematica 1º ano
Avaliação Diagnóstica de Matematica 1º ano
 
Aleluia de Gabriela Rocha - Análise e entendimento da música
Aleluia  de Gabriela Rocha - Análise e entendimento da músicaAleluia  de Gabriela Rocha - Análise e entendimento da música
Aleluia de Gabriela Rocha - Análise e entendimento da música
 
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 4º ANO - 1º BIMESTRE
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 4º ANO - 1º BIMESTREAVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 4º ANO - 1º BIMESTRE
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 4º ANO - 1º BIMESTRE
 

Semelhante a Saresp 4ª série

Prova de lingua portuguesa OMLPM 4 ano versão final corrigida.pdf
Prova de lingua portuguesa OMLPM 4 ano versão final corrigida.pdfProva de lingua portuguesa OMLPM 4 ano versão final corrigida.pdf
Prova de lingua portuguesa OMLPM 4 ano versão final corrigida.pdf
Caroline Assis
 
Prova por-6 ef-tarde
Prova por-6 ef-tardeProva por-6 ef-tarde
Prova por-6 ef-tarde
Breno Fostek
 
1º dia 7º ano
1º dia 7º ano1º dia 7º ano
1º dia 7º ano
patrick_matematica
 
Modelo de avaliação bimestral para o 3º ano original
Modelo de avaliação bimestral para o 3º ano originalModelo de avaliação bimestral para o 3º ano original
Modelo de avaliação bimestral para o 3º ano original
Silvânia Silveira
 
Modelo de avaliação bimestral para o 3º ano original
Modelo de avaliação bimestral para o 3º ano originalModelo de avaliação bimestral para o 3º ano original
Modelo de avaliação bimestral para o 3º ano original
Silvânia Silveira
 
Modelo de avaliação bimestral para o 3º ano original
Modelo de avaliação bimestral para o 3º ano originalModelo de avaliação bimestral para o 3º ano original
Modelo de avaliação bimestral para o 3º ano original
Silvânia Silveira
 
Caderno 7 ano
Caderno 7 anoCaderno 7 ano
Caderno 7 ano
Nivea Neves
 
4º ano aval. diag. port.
4º ano   aval. diag. port.4º ano   aval. diag. port.
4º ano aval. diag. port.
Cida Carvalho
 
Simulado portugues para 01 04 2019
Simulado portugues para 01 04 2019Simulado portugues para 01 04 2019
Simulado portugues para 01 04 2019
Benigno Andrade Vieira
 
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01
Abgail Vital Duarte
 
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01
Abgail Vital Duarte
 
Saresp 2010
Saresp 2010Saresp 2010
Saresp 2010
Vanessa Meira
 
Simulado 5º ano português e m atemática
Simulado 5º ano português e m atemáticaSimulado 5º ano português e m atemática
Simulado 5º ano português e m atemática
Maria José Sales
 
2 simulado 5º ano
2 simulado 5º ano2 simulado 5º ano
2 simulado 5º ano
Cida Carvalho
 
WORD: AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - I CICLO
WORD: AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - I CICLOWORD: AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - I CICLO
WORD: AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - I CICLO
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
ficha de trabalho 5º ano - global 2.docx
ficha de trabalho 5º ano - global 2.docxficha de trabalho 5º ano - global 2.docx
ficha de trabalho 5º ano - global 2.docx
Marisa Miranda
 
Avaliação Língua Portuguesa I 2º b
Avaliação Língua Portuguesa I 2º bAvaliação Língua Portuguesa I 2º b
Avaliação Língua Portuguesa I 2º b
CristhianeGuimaraes
 
Bimestral interpretação 7º ano
Bimestral interpretação 7º anoBimestral interpretação 7º ano
Bimestral interpretação 7º ano
Marconildo Viegas
 
leonardoportal-caderno-do-fututo-ano7 (3).pdf
leonardoportal-caderno-do-fututo-ano7 (3).pdfleonardoportal-caderno-do-fututo-ano7 (3).pdf
leonardoportal-caderno-do-fututo-ano7 (3).pdf
ValdireneSilveira6
 
Prova da 6 série 2 simulado revisada a
Prova da 6 série 2 simulado revisada aProva da 6 série 2 simulado revisada a
Prova da 6 série 2 simulado revisada a
Washington Rocha
 

Semelhante a Saresp 4ª série (20)

Prova de lingua portuguesa OMLPM 4 ano versão final corrigida.pdf
Prova de lingua portuguesa OMLPM 4 ano versão final corrigida.pdfProva de lingua portuguesa OMLPM 4 ano versão final corrigida.pdf
Prova de lingua portuguesa OMLPM 4 ano versão final corrigida.pdf
 
Prova por-6 ef-tarde
Prova por-6 ef-tardeProva por-6 ef-tarde
Prova por-6 ef-tarde
 
1º dia 7º ano
1º dia 7º ano1º dia 7º ano
1º dia 7º ano
 
Modelo de avaliação bimestral para o 3º ano original
Modelo de avaliação bimestral para o 3º ano originalModelo de avaliação bimestral para o 3º ano original
Modelo de avaliação bimestral para o 3º ano original
 
Modelo de avaliação bimestral para o 3º ano original
Modelo de avaliação bimestral para o 3º ano originalModelo de avaliação bimestral para o 3º ano original
Modelo de avaliação bimestral para o 3º ano original
 
Modelo de avaliação bimestral para o 3º ano original
Modelo de avaliação bimestral para o 3º ano originalModelo de avaliação bimestral para o 3º ano original
Modelo de avaliação bimestral para o 3º ano original
 
Caderno 7 ano
Caderno 7 anoCaderno 7 ano
Caderno 7 ano
 
4º ano aval. diag. port.
4º ano   aval. diag. port.4º ano   aval. diag. port.
4º ano aval. diag. port.
 
Simulado portugues para 01 04 2019
Simulado portugues para 01 04 2019Simulado portugues para 01 04 2019
Simulado portugues para 01 04 2019
 
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01
 
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01
 
Saresp 2010
Saresp 2010Saresp 2010
Saresp 2010
 
Simulado 5º ano português e m atemática
Simulado 5º ano português e m atemáticaSimulado 5º ano português e m atemática
Simulado 5º ano português e m atemática
 
2 simulado 5º ano
2 simulado 5º ano2 simulado 5º ano
2 simulado 5º ano
 
WORD: AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - I CICLO
WORD: AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - I CICLOWORD: AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - I CICLO
WORD: AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - I CICLO
 
ficha de trabalho 5º ano - global 2.docx
ficha de trabalho 5º ano - global 2.docxficha de trabalho 5º ano - global 2.docx
ficha de trabalho 5º ano - global 2.docx
 
Avaliação Língua Portuguesa I 2º b
Avaliação Língua Portuguesa I 2º bAvaliação Língua Portuguesa I 2º b
Avaliação Língua Portuguesa I 2º b
 
Bimestral interpretação 7º ano
Bimestral interpretação 7º anoBimestral interpretação 7º ano
Bimestral interpretação 7º ano
 
leonardoportal-caderno-do-fututo-ano7 (3).pdf
leonardoportal-caderno-do-fututo-ano7 (3).pdfleonardoportal-caderno-do-fututo-ano7 (3).pdf
leonardoportal-caderno-do-fututo-ano7 (3).pdf
 
Prova da 6 série 2 simulado revisada a
Prova da 6 série 2 simulado revisada aProva da 6 série 2 simulado revisada a
Prova da 6 série 2 simulado revisada a
 

Mais de Roseli Aparecida Tavares

Apostila 3 ano 100 questýýes de compreensýýo
Apostila 3 ano   100 questýýes de compreensýýoApostila 3 ano   100 questýýes de compreensýýo
Apostila 3 ano 100 questýýes de compreensýýo
Roseli Aparecida Tavares
 
Ortografia e aglutinação a cigarra e a formiga
Ortografia e aglutinação a cigarra e a formigaOrtografia e aglutinação a cigarra e a formiga
Ortografia e aglutinação a cigarra e a formiga
Roseli Aparecida Tavares
 
Operações _ SONDAGEM DIAGNÓSTICA
Operações _ SONDAGEM DIAGNÓSTICAOperações _ SONDAGEM DIAGNÓSTICA
Operações _ SONDAGEM DIAGNÓSTICA
Roseli Aparecida Tavares
 
Sondagem diagnóstica Operações e problemas
Sondagem diagnóstica Operações  e problemasSondagem diagnóstica Operações  e problemas
Sondagem diagnóstica Operações e problemas
Roseli Aparecida Tavares
 
Molde quadro-para-scrapbook
Molde quadro-para-scrapbookMolde quadro-para-scrapbook
Molde quadro-para-scrapbook
Roseli Aparecida Tavares
 
Riscos de pinturas
Riscos de pinturasRiscos de pinturas
Riscos de pinturas
Roseli Aparecida Tavares
 
Moldes de navios
Moldes de naviosMoldes de navios
Moldes de navios
Roseli Aparecida Tavares
 
Podia ser pior
Podia ser piorPodia ser pior
Podia ser pior
Roseli Aparecida Tavares
 
As grandes navegações marítimas séculos xv e xvi
As grandes navegações marítimas séculos xv e xviAs grandes navegações marítimas séculos xv e xvi
As grandes navegações marítimas séculos xv e xvi
Roseli Aparecida Tavares
 
Lembrancinha para os pais
Lembrancinha para os paisLembrancinha para os pais
Lembrancinha para os pais
Roseli Aparecida Tavares
 
Capa de avaliações
Capa de avaliaçõesCapa de avaliações
Capa de avaliações
Roseli Aparecida Tavares
 
Capa de avaliações
Capa de avaliaçõesCapa de avaliações
Capa de avaliações
Roseli Aparecida Tavares
 
Saresp e Prova Brasil
Saresp e Prova BrasilSaresp e Prova Brasil
Saresp e Prova Brasil
Roseli Aparecida Tavares
 
Cartaz de números
Cartaz de númerosCartaz de números
Cartaz de números
Roseli Aparecida Tavares
 
O vestido azul
O vestido azulO vestido azul
O vestido azul
Roseli Aparecida Tavares
 
78070553 avaliacao-de-ciencias
78070553 avaliacao-de-ciencias78070553 avaliacao-de-ciencias
78070553 avaliacao-de-ciencias
Roseli Aparecida Tavares
 
Simulado Saresp com descritores e gabarito
Simulado Saresp com descritores e gabaritoSimulado Saresp com descritores e gabarito
Simulado Saresp com descritores e gabarito
Roseli Aparecida Tavares
 
Tirinhas - Interpretação de HQ
Tirinhas - Interpretação de HQTirinhas - Interpretação de HQ
Tirinhas - Interpretação de HQ
Roseli Aparecida Tavares
 
Lição de casa / operações
Lição de casa / operaçõesLição de casa / operações
Lição de casa / operações
Roseli Aparecida Tavares
 
Texto lacunado
Texto lacunadoTexto lacunado
Texto lacunado
Roseli Aparecida Tavares
 

Mais de Roseli Aparecida Tavares (20)

Apostila 3 ano 100 questýýes de compreensýýo
Apostila 3 ano   100 questýýes de compreensýýoApostila 3 ano   100 questýýes de compreensýýo
Apostila 3 ano 100 questýýes de compreensýýo
 
Ortografia e aglutinação a cigarra e a formiga
Ortografia e aglutinação a cigarra e a formigaOrtografia e aglutinação a cigarra e a formiga
Ortografia e aglutinação a cigarra e a formiga
 
Operações _ SONDAGEM DIAGNÓSTICA
Operações _ SONDAGEM DIAGNÓSTICAOperações _ SONDAGEM DIAGNÓSTICA
Operações _ SONDAGEM DIAGNÓSTICA
 
Sondagem diagnóstica Operações e problemas
Sondagem diagnóstica Operações  e problemasSondagem diagnóstica Operações  e problemas
Sondagem diagnóstica Operações e problemas
 
Molde quadro-para-scrapbook
Molde quadro-para-scrapbookMolde quadro-para-scrapbook
Molde quadro-para-scrapbook
 
Riscos de pinturas
Riscos de pinturasRiscos de pinturas
Riscos de pinturas
 
Moldes de navios
Moldes de naviosMoldes de navios
Moldes de navios
 
Podia ser pior
Podia ser piorPodia ser pior
Podia ser pior
 
As grandes navegações marítimas séculos xv e xvi
As grandes navegações marítimas séculos xv e xviAs grandes navegações marítimas séculos xv e xvi
As grandes navegações marítimas séculos xv e xvi
 
Lembrancinha para os pais
Lembrancinha para os paisLembrancinha para os pais
Lembrancinha para os pais
 
Capa de avaliações
Capa de avaliaçõesCapa de avaliações
Capa de avaliações
 
Capa de avaliações
Capa de avaliaçõesCapa de avaliações
Capa de avaliações
 
Saresp e Prova Brasil
Saresp e Prova BrasilSaresp e Prova Brasil
Saresp e Prova Brasil
 
Cartaz de números
Cartaz de númerosCartaz de números
Cartaz de números
 
O vestido azul
O vestido azulO vestido azul
O vestido azul
 
78070553 avaliacao-de-ciencias
78070553 avaliacao-de-ciencias78070553 avaliacao-de-ciencias
78070553 avaliacao-de-ciencias
 
Simulado Saresp com descritores e gabarito
Simulado Saresp com descritores e gabaritoSimulado Saresp com descritores e gabarito
Simulado Saresp com descritores e gabarito
 
Tirinhas - Interpretação de HQ
Tirinhas - Interpretação de HQTirinhas - Interpretação de HQ
Tirinhas - Interpretação de HQ
 
Lição de casa / operações
Lição de casa / operaçõesLição de casa / operações
Lição de casa / operações
 
Texto lacunado
Texto lacunadoTexto lacunado
Texto lacunado
 

Último

reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
responder de alfabetização e questoe.pdf
responder de alfabetização e questoe.pdfresponder de alfabetização e questoe.pdf
responder de alfabetização e questoe.pdf
marcos oliveira
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdfquadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2018 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2018 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2018 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2018 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 

Último (20)

reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
responder de alfabetização e questoe.pdf
responder de alfabetização e questoe.pdfresponder de alfabetização e questoe.pdf
responder de alfabetização e questoe.pdf
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdfquadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
 
Relatório de Atividades 2018 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2018 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2018 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2018 CENSIPAM.pdf
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 

Saresp 4ª série

  • 1. Língua Portuguesa 4ª Série Ensino Fundamental Tarde TARDE Nome do aluno: Nome da escola: 4ª SÉRIE EF Turma: Número triângulo: 2007
  • 2. Prezado aluno, prezada aluna: Para que a Secretaria da Educação possa melhorar o ensino, precisamos saber o que você realmente sabe. Para tanto, pedimos que você responda às questões de Língua Portuguesa que estão no Caderno de Prova e elabore uma redação. A finalidade desta avaliação é melhorar o ensino de sua escola. Assim, você deve procurar mostrar o que realmente sabe sobre o conteúdo avaliado, respondendo com cuidado às questões, não deixando questões em branco e considerando esta prova, enfim, como instrumento importante que lhe trará benefícios. Antes de dar suas respostas, leia as instruções abaixo. INSTRUÇÕES GERAIS 1. As questões da prova estão numeradas e apresentam diferentes alternativas de resposta para você escolher. 2. Antes de responder a cada questão, é importante que você pense sobre as alternativas. 3. Para cada questão, escolha uma única resposta e marque-a no Caderno de Prova. 4. Responda a todas as questões. 5. Após responder a todas as questões, marque suas respostas na Folha de Respostas. 6. Use lápis preto ou caneta preta. 7. Confira se o seu nome está pré-identificado na Folha de Respostas. 8. Para cada questão da Folha de Respostas, preencha o espaço correspondente à letra que indica a resposta que você assinalou no Caderno. 9. Exemplo: se, na questão 1, você escolheu a letra A, marque sua resposta da seguinte maneira: 01 A B C D 10. Escreva, na capa do Caderno de Prova, seu nome completo, o nome da sua escola, o nome da sua turma e o seu número triângulo (número que aparece em sua Folha de Respostas entre dois triângulos). 11. A Folha de Respostas não poderá ser devolvida em branco, nem deverá ser rabiscada, amassada, alterada ou rasurada. 12. Elabore a redação a partir do tema proposto. Faça um rascunho. Passe o rascunho a limpo, no espaço reservado para a redação. 13. Em caso de dúvida ou engano, solicite ajuda ao professor. Obrigado
  • 3. LÍNGUA PORTUGUESA REX em “Tá limpo!” Instruções: Para responder às questões de números 1 a 3 leia a história em quadrinhos abaixo. (Revista Ciência Hoje das Crianças. Ano 20/n. 176, Jan./Fev. 2007) 1. Observe as expressões de Rex. Ele começa a história ...e termina... . (A) triste e contente. (B) “exibindo-se” e envergonhado. (C) desesperado e animado. (D) bravo e feliz. 2. No final da história, Rex fica envergonhado porque (A) esqueceu de tomar banho. (B) desobedeceu a mãe. (C) gritou com o amigo. (D) esqueceu datas de aniversário, no de telefones, letras de música... . SARESP-LP-4EF-Tarde 3
  • 4. 3. No terceiro quadrinho, Rex diz que se lembra de tudo: datas, números de telefones, capitais dos países, letras de músicas, placas de carro, campeonatos de futebol. Esta frase termina com reticências (...) para indicar que Rex (A) não se lembra de mais nada. (B) esqueceu o que iria falar depois. (C) continuaria falando de outras coisas que se lembra se sua mãe não o tivesse interrompido. (D) seu amigo o interrompeu para avisar-lhe da hora do banho. Instruções: Para responder às questões de números 4 a 9 leia o texto abaixo. (A formiga e pomba www.contandohistoria.com/formiga.html) 4 SARESP-LP-4EF-Tarde
  • 5. 4. Este texto é uma fábula porque apresenta características como (A) humor e seres encantados. (B) instruções e imagens. (C) tabelas e informações científicas. (D) animais como personagens e moral da história. 5. O texto começa dizendo Uma formiga sedenta veio à margem do rio para beber água. Para alcançá-la devia descer por uma folha de grama. A palavra sublinhada refere-se a (A) grama. (B) água. (C) folha. (D) formiga. 6. A formiga se salvou da correnteza porque (A) o rio parou de correr. (B) o caçador a tirou de dentro do rio. (C) caiu um galho de árvore em que ela se apoiou. (D) ela subiu numa folha de árvore jogada ao rio pela pomba. 7. A formiga viu o caçador preparado para caçar a pomba no momento em que (A) se debatia na correnteza. (B) alcançou a terra. (C) se escondia atrás de uma árvore. (D) foi presa pela rede do caçador. SARESP-LP-4EF-Tarde 5
  • 6. 8. No início do texto, diz-se que a formiga estava sedenta. Isto significa que a formiga estava com (A) fome. (B) frio. (C) sede. (D) calor. 9. "Uma boa ação se paga com outra". A frase, escrita entre aspas e em letras maiores que as do texto, indica (A) a moral da história. (B) que a história acabou. (C) a amizade que se formou entre a pomba e a formiga. (D) que foi o caçador de pássaros quem falou. Instruções: As questões de números 10 a 15 baseiam-se no texto apresentado abaixo. Árvores por todo o Brasil Pau-brasil Pau-brasil (Caesalpinia echinata) Após o descobrimento do Brasil, esta árvore foi muito derrubada e vendida para os países da Europa. Isso gerou riqueza, o que estimulou a adoção do nome "Brasil" para o nosso país. A madeira avermelhada do pau-brasil era usada para fazer móveis, casas e embarcações, enquanto sua casca servia para produzir um colorante chamado brasileína, usado para tingir tecidos e fazer tintas para escrever. Hoje a madeira é apenas empregada na confecção de arcos de violino. Abundante no litoral brasileiro sobretudo entre Pernambuco e Rio de Janeiro na época da descoberta do país, o pau-brasil está quase extinto atualmente. Ele apresenta flores perfumadas, que florescem entre setembro a dezembro. A árvore pode atingir 30 metros de altura e tem vários nomes populares, como ibirapitanga, orabutã, brasileto e pau-de-pernambuco. Uma árvore de 30 metros!!! Dá pra acreditar!!! (Adaptado de Revista Ciência Hoje das Crianças. Ano 15 n. 126. julho de 2002) 6 SARESP-LP-4EF-Tarde
  • 7. 10. No texto acima, o pau-brasil é (A) um personagem de um conto. (B) o assunto de um texto informativo-científico. (C) o personagem de uma história em quadrinhos. (D) o garoto-propaganda de um anúncio publicitário. 11. A madeira do pau-brasil é (A) acastanhada. (B) amarelada. (C) avermelhada. (D) amarronzada. 12. O corante do pau-brasil era utilizado para (A) fazer tintas para pintura e tingir tecidos. (B) tingir tecidos e fazer corante alimentício. (C) fazer tintas cosméticas e tingir tecidos. (D) tingir tecidos e fazer tintas para escrever. 13. A madeira do pau-brasil era utilizada na fabricação de (A) casas, móveis e barcos. (B) móveis, carroças e casas. (C) barcos, arcos de violino e casas. (D) embarcações, arcos de violino e casas. 14. O autor do texto demonstra sua opinião pela frase (A) "Ele apresenta flores perfumadas". (B) "Isso gerou riqueza, o que estimulou a adoção do nome "Brasil" para nosso país". (C) "Dá para acreditar!!!" (D) "tem vários nomes populares como ibirapitanga, orabutã, brasileto e pau-de-pernambuco". SARESP-LP-4EF-Tarde 7
  • 8. 15. Na frase “Abundante no litoral brasileiro...”, a palavra grifada significa (A) em grande quantidade. (B) esgotado. (C) desaparecido. (D) pouco comum. Instruções: Para responder às questões de números 16 a 21 leia o texto abaixo. FOLHA DE S. PAULO Folhinha +4 sábado, 25 de agosto de 2007 Sob suspeita ROSANGELA DE MOURA MARIANA DESIMONE colaboração para a Folha - adaptado. (Folhinha de 25 de agosto de 2007) 16. As crianças entrevistadas pela reportagem do jornal (A) já devolveram os brinquedos proibidos. (B) estão muito dispostas a entregar esses brinquedos. (C) estão resistindo a devolver os brinquedos ao fabricante. (D) querem comprar mais desses brinquedos. 8 SARESP-LP-4EF-Tarde
  • 9. 17. Esta notícia da Folhinha, do jornal Folha de São Paulo, incentiva as crianças a (A) não entregar os brinquedos proibidos. (B) guardarem esses brinquedos em casa. (C) doar esses brinquedos a crianças carentes. (D) devolverem os brinquedos proibidos ao fabricante. 18. A manchete dessa notícia é Sob Suspeita. Este título foi escolhido para a reportagem porque (A) alguns brinquedos são perigosos para as crianças. (B) as crianças traquinas estão sendo investigadas. (C) a fábrica que produz os brinquedos perigosos fechou. (D) criminosos estão usando bonecos para cometer roubos. 19. Esta reportagem faz um alerta às crianças. Vitória de 9 anos, uma das crianças entrevistadas, diz assim Eu quero ficar com a minha Polly, não quero outra. A opinião desta garota (A) está de acordo com a reportagem. (B) é contrária ao que a reportagem alerta. (C) não tem nada a ver com o assunto da reportagem. (D) é diferente de todas as outras crianças. 20. A reportagem começa dizendo Foi assim, inconformadas e inseguras, que algumas crianças receberam a notícia do recall da Mattel na semana passada. A palavra recall é explicada no parágrafo seguinte porque é uma palavra de origem inglesa. Ela é usada quando (A) os fabricantes identificam defeitos em produtos e pedem para devolvê-los. (B) os fabricantes de produtos lançam novidades no mercado. (C) os consumidores estão insatisfeitos com o produto comprado. (D) as crianças compram ou ganham brinquedos. SARESP-LP-4EF-Tarde 9
  • 10. 21. A última frase do texto diz Segurança não é brincadeira. A reportagem nos alerta: (A) Devemos brincar com objetos perigosos. (B) Devemos evitar correr riscos mesmo nas brincadeiras. (C) Devemos sempre brincar mesmo que a brincadeira não seja segura. (D) Qualquer brincadeira é sempre segura. Instruções: Para responder às questões de números 22 a 26 leia o texto abaixo. 10 SARESP-LP-4EF-Tarde
  • 11. 22. Esta propaganda da marca Philips pretende vender (A) cofrinhos de porquinhos. (B) porquinhos cor-de-rosa. (C) uma lâmpada mais econômica. (D) brinquedos. 23. A propaganda oferece economia de energia (A) aos fabricantes da lâmpada. (B) aos consumidores. (C) às crianças. (D) aos concorrentes. 24. A lâmpada cor-de-rosa apresentada na propaganda tem forma de cofrinho porque (A) gasta muita energia. (B) é maior que as outras. (C) emite luz cor-de-rosa. (D) economiza energia. 25. O anúncio desta lâmpada diz que quem comprá-la estará fazendo um ótimo investimento porque (A) gastará mais dinheiro comprando-a. (B) economizará dinheiro ao comprá-la. (C) ganhará prêmios do fabricante. (D) estará perdendo dinheiro ao comprá-la. 26. A pergunta inicial do texto Quer economizar energia? tem a intenção de (A) fazer uma pesquisa com os leitores da revista. (B) duvidar dos leitores. (C) atrair a atenção do leitor para a propaganda. (D) esperar que o leitor envie uma carta respondendo a pergunta. SARESP-LP-4EF-Tarde 11
  • 12. Instruções: Para responder às questões de números 27 a 30, observe o desenho abaixo. 27. Essas informações podem ser encontradas em (A) um manual de primeiro socorros. (B) um livro de Artes. (C) uma revista para médicos. (D) uma revista para crianças. 28. A cola é usada para prender (A) os dois lados da cartolina. (B) o jornal na cartolina. (C) a tira pequena na cartolina. (D) a gaze ou o papel higiênico sobre o jornal. 29. Na frase "Depois, decore com desenhos de canetinhas hidrocor e também peça para a turma fazer assinaturas". A palavra grifada mostra que esse trabalho é destinado a um grupo de (A) universitários. (B) crianças. (C) médicos. (D) professores de Artes. 30. Para que se consiga o aspecto de gesso é preciso (A) medir bem a cartolina. (B) prender firmemente o jornal. (C) várias camadas de jornal e gaze. (D) utilizar canetinha hidrocor. 12 SARESP-LP-4EF-Tarde
  • 13. REDAÇÃO Instrução específica para a Redação: 1. Faça um rascunho de 15 a 20 linhas. 2. Passe o rascunho a limpo com letra regular e legível. PROPOSTA Pedro gostava de ouvir as conversas por trás das portas. Sua mãe o advertiu várias vezes que essa não era uma atitude bonita. Porém, um dia, durante uma visita inesperada, Pedro ouviu algo que o deixou maravilhado. Crie uma história contando qual era o conteúdo da conversa que Pedro ouviu e o que aconteceu depois. Não se esqueça de dar um título para sua história. SARESP-LP-4EF-Tarde 13
  • 14. 14 SARESP-LP-4EF-Tarde