SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
Prova e Aprovação

Salmo 41:1-2
01 - Esperei com paciência no Senhor, e Ele se inclinou para mim e ouviu o meu
clamor.
02 – Tirou-me de um lago horrível, dum charco de lama, pós os meus pés sobre uma
rocha, firmou os meus passos.

Alusão

        O salmista vaticinava o sofrimento de Jesus Cristo para nos salvar, citandos as
três últimas horas de agrura que o nosso Mestre passou. Salientando, que essa foi à
prova que Ele nos deu do seu amor, e o direito de nos tornar herdeiros do céu.

Salmo 60:3
Ao teu povo fizeste ver duras coisas; fizeste-nos beber o vinho de aturdimento.

       Mostra que Deus tem grandes bênçãos para nos entregar, mas prova o homem
para que o mesmo não deixe que a soberba entre no coração. Sendo que a gênero
humano tem inclinação para o pecado.
       Lembro-me da história de um homem salvo em Jesus Cristo, que recebeu
algumas rosas mui belas; e perguntou que tipo rosa era aquela. E o ofertante lhe disse
que era rosa das pedras, nasciam sem ter contato com a terra.
       Muitas vezes também somos assim, rosas de Deus que são geradas no meio das
pedras duras, sem o menor contato com a terra macia.

Genesis 28:11
E chegou a um lugar onde passou a noite, porque o sol já se havia posto; e, tomando
uma das pedras do lugar e pondo-a debaixo da cabeça, deitou-se ali para dormir.

        Estamos diante de um texto que narra a grande peregrinação de Jacó no
deserto para receber uma benção da parte de Deus. No entanto antes de tudo ele
dormiu com travesseiro de pedra, mostrando que estava proto para Deus fazer o que
uma grande obra naqueles dias.
        Tudo na nossa vida terrena tem um objetivo divino, resta prestarmos atenção
para o que o Senhor que nos falar e ensinar. Sabemos agradecer pelas rosas, mas
nunca pelos espinhos; o poeta citou certo dia que: Antes da coroação vem a
tribulação.

II – Pressão e Refrigério

Atos dos Apóstolos 14:22
Confirmando as almas dos discípulos, exortando-os a perseverarem na fé, dizendo que
por muitas tribulações nos é necessário entrar no reino de Deus.

        O Apostolo Lucas narrava o evento evangelístico de Paulo em momentos
difíceis da missão que Deus lhes havia confiado. Assim como todo ser humano passa
por dificuldades, independente de trabalhar na grande seara ou não; todos são
provados para estágios futuros no mundo presente. As coisas valiosas dessa vida são
conseguidas com grande pressão.
    • O trigo só se torna pão após ser amassado;
    • O aroma do perfume somente é liberando após ser machucado e calor;
    • O solo precisa ser rasgado pelo arado para dar o seu fruto;
    • Assim também acontece com o coração do homem, que muitas vezes é
        amassado, machucado e queimado para amadurecer diante de Deus.

     Jesus Cristo passou o pior de todos os sofrimentos para nos justificar, e nunca
reclamou de nada.

Isaias 53:4-5
4 - Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e carregou com as
nossas dores; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido.
5 - Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e esmagado por causa das
nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas
pisaduras fomos sarados.

      Ao passamos por algumas provas, descobrimos que são os braços de Deus nos
aprovando para uma vida melhor.


III – Epilogo


2º Epistola de Pedro 1:4
Pelas quais ele nos tem dado as suas preciosas e grandíssimas promessas, para que por
elas vos torneis participantes da natureza divina, havendo escapado da corrupção, que
pela concupiscência há no mundo.

       O navio é produzido não para ficar sobre as armações, todavia para enfrentar
os oceanos e as tempestades no mar. Antes da fabricação os engenheiros calculam
cada peça com a maior precisão para que ele não venha a naufragar.
       Deus fez o homem com o propósito de suportar todas as adversidades no
mundo material. Nunca ouvimos falar de uma espada que não foi fabricada para
guerra, ou de um sapato que não foi fabricado para serem usados nos pés. Dessa
forma somos nós; temos que está pronto para todas as provas que acontecem a cada
dia.


Jesus te ama

Presbítero - Robson Colaço de Lucena
Webmaster – Alice Alves de Lucena
Webmaster – Alisson Alves de Lucena

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ebd central aula portas de jerusalem
Ebd central   aula portas de jerusalemEbd central   aula portas de jerusalem
Ebd central aula portas de jerusalem
ugleybson
 
3 - Aprendendo com as portas de Jerusalém
3 - Aprendendo com as portas de Jerusalém3 - Aprendendo com as portas de Jerusalém
3 - Aprendendo com as portas de Jerusalém
Ailton da Silva
 
Leituras: 20° Domingo Tempo Comum - Ano C
Leituras: 20° Domingo Tempo Comum - Ano CLeituras: 20° Domingo Tempo Comum - Ano C
Leituras: 20° Domingo Tempo Comum - Ano C
José Lima
 
Voz da Paróquia - Outubro 2011
Voz da Paróquia - Outubro 2011Voz da Paróquia - Outubro 2011
Voz da Paróquia - Outubro 2011
Fernando Chapeiro
 

Mais procurados (18)

Ebd central aula portas de jerusalem
Ebd central   aula portas de jerusalemEbd central   aula portas de jerusalem
Ebd central aula portas de jerusalem
 
Sofrimento e seus beneficios
Sofrimento e seus beneficiosSofrimento e seus beneficios
Sofrimento e seus beneficios
 
Lição 3 aprendendo com as portas de jerusalém
Lição 3   aprendendo com as portas de jerusalémLição 3   aprendendo com as portas de jerusalém
Lição 3 aprendendo com as portas de jerusalém
 
3 - Aprendendo com as portas de Jerusalém
3 - Aprendendo com as portas de Jerusalém3 - Aprendendo com as portas de Jerusalém
3 - Aprendendo com as portas de Jerusalém
 
Leituras: 5° Domingo do Tempo Comum - Ano C
Leituras: 5° Domingo do Tempo Comum - Ano CLeituras: 5° Domingo do Tempo Comum - Ano C
Leituras: 5° Domingo do Tempo Comum - Ano C
 
Leituras: 3° Domingo da Quaresma - Ano C
Leituras: 3° Domingo da Quaresma - Ano CLeituras: 3° Domingo da Quaresma - Ano C
Leituras: 3° Domingo da Quaresma - Ano C
 
Sua presença
Sua presençaSua presença
Sua presença
 
Jormi 42
Jormi 42Jormi 42
Jormi 42
 
Leituras: 20° Domingo Tempo Comum - Ano C
Leituras: 20° Domingo Tempo Comum - Ano CLeituras: 20° Domingo Tempo Comum - Ano C
Leituras: 20° Domingo Tempo Comum - Ano C
 
Quatro Elementos Espirituais
Quatro Elementos EspirituaisQuatro Elementos Espirituais
Quatro Elementos Espirituais
 
O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)
 
Jesus: o Mestre das missões_Liç_Orig_732015 + textos
Jesus: o Mestre das missões_Liç_Orig_732015 + textosJesus: o Mestre das missões_Liç_Orig_732015 + textos
Jesus: o Mestre das missões_Liç_Orig_732015 + textos
 
Voz da Paróquia - Outubro 2011
Voz da Paróquia - Outubro 2011Voz da Paróquia - Outubro 2011
Voz da Paróquia - Outubro 2011
 
Lição 3 - O supremo Bom Pastor
Lição 3 - O supremo Bom PastorLição 3 - O supremo Bom Pastor
Lição 3 - O supremo Bom Pastor
 
Lição 10 O profeta desce a casa do Oleiro
Lição 10 O profeta desce a casa do OleiroLição 10 O profeta desce a casa do Oleiro
Lição 10 O profeta desce a casa do Oleiro
 
Confissão e arrependimento: as condições do reavivamento_Resumo_632013
Confissão e arrependimento: as condições do reavivamento_Resumo_632013Confissão e arrependimento: as condições do reavivamento_Resumo_632013
Confissão e arrependimento: as condições do reavivamento_Resumo_632013
 
As oito táticas de como lidar com a tempestade
As oito táticas de como lidar com a tempestadeAs oito táticas de como lidar com a tempestade
As oito táticas de como lidar com a tempestade
 
Via Sacra Cardeal Ratzinger
Via Sacra Cardeal RatzingerVia Sacra Cardeal Ratzinger
Via Sacra Cardeal Ratzinger
 

Destaque (19)

Informativo Maio 2008 Pdf
Informativo Maio 2008 PdfInformativo Maio 2008 Pdf
Informativo Maio 2008 Pdf
 
Apresentação "Aprenda Viver"!
Apresentação "Aprenda Viver"!Apresentação "Aprenda Viver"!
Apresentação "Aprenda Viver"!
 
Amido Mio
Amido MioAmido Mio
Amido Mio
 
GUIA BOLSO EMPREENDEDOR
GUIA BOLSO EMPREENDEDORGUIA BOLSO EMPREENDEDOR
GUIA BOLSO EMPREENDEDOR
 
Decifrando Segredos
Decifrando SegredosDecifrando Segredos
Decifrando Segredos
 
ljmlkbn jklbn .jkbn l.
ljmlkbn jklbn .jkbn l.ljmlkbn jklbn .jkbn l.
ljmlkbn jklbn .jkbn l.
 
PresentacióN1.0000
PresentacióN1.0000PresentacióN1.0000
PresentacióN1.0000
 
TerritóRio MirandêS
TerritóRio MirandêSTerritóRio MirandêS
TerritóRio MirandêS
 
Borrar Escritorio
Borrar EscritorioBorrar Escritorio
Borrar Escritorio
 
Edgar Forero
Edgar ForeroEdgar Forero
Edgar Forero
 
Carrera
CarreraCarrera
Carrera
 
Teste 1 Slide
Teste 1 SlideTeste 1 Slide
Teste 1 Slide
 
Me Encanta Viajar
Me Encanta ViajarMe Encanta Viajar
Me Encanta Viajar
 
Burda de lo lindo!
Burda de lo lindo!Burda de lo lindo!
Burda de lo lindo!
 
11 Orria
11 Orria11 Orria
11 Orria
 
guerra fria sqm
guerra fria sqmguerra fria sqm
guerra fria sqm
 
Mar Adentro
Mar AdentroMar Adentro
Mar Adentro
 
Erotismo
ErotismoErotismo
Erotismo
 
Alter Ego
Alter EgoAlter Ego
Alter Ego
 

Semelhante a Prova e Aprovação

O drama do sofrimento do justo
O drama do sofrimento do justoO drama do sofrimento do justo
O drama do sofrimento do justo
Eid Marques
 

Semelhante a Prova e Aprovação (20)

Benção
BençãoBenção
Benção
 
Lutas
LutasLutas
Lutas
 
Sofrimento e Seus BenefíCios
Sofrimento e Seus BenefíCiosSofrimento e Seus BenefíCios
Sofrimento e Seus BenefíCios
 
7 segredos para transformar a derrota em vitória
7 segredos para transformar a derrota em vitória7 segredos para transformar a derrota em vitória
7 segredos para transformar a derrota em vitória
 
Comentário: 5° Domingo Tempo Comum - Ano C
Comentário: 5° Domingo Tempo Comum - Ano CComentário: 5° Domingo Tempo Comum - Ano C
Comentário: 5° Domingo Tempo Comum - Ano C
 
Chamada e Escolha
Chamada e EscolhaChamada e Escolha
Chamada e Escolha
 
A força de Cristo ilustrada na fraqueza do seu povo
A força de Cristo ilustrada na fraqueza do seu povo A força de Cristo ilustrada na fraqueza do seu povo
A força de Cristo ilustrada na fraqueza do seu povo
 
Chamada e escolha
Chamada e escolhaChamada e escolha
Chamada e escolha
 
O cristão e as tribulações
O cristão e as tribulaçõesO cristão e as tribulações
O cristão e as tribulações
 
Chamada E Escolha
Chamada E EscolhaChamada E Escolha
Chamada E Escolha
 
O drama do sofrimento do justo
O drama do sofrimento do justoO drama do sofrimento do justo
O drama do sofrimento do justo
 
Exsudação de Jesus
Exsudação de JesusExsudação de Jesus
Exsudação de Jesus
 
Triunfo da ressurreicao
Triunfo da ressurreicaoTriunfo da ressurreicao
Triunfo da ressurreicao
 
Triunfo da ressurreicao
Triunfo da ressurreicaoTriunfo da ressurreicao
Triunfo da ressurreicao
 
Exsudação De Jesus
Exsudação De  JesusExsudação De  Jesus
Exsudação De Jesus
 
Superando o sofrimento
Superando o sofrimentoSuperando o sofrimento
Superando o sofrimento
 
A Verdadeira Cruz
A  Verdadeira  CruzA  Verdadeira  Cruz
A Verdadeira Cruz
 
A cruz
A cruzA cruz
A cruz
 
Jormi - Jornal Missionário n° 44
Jormi - Jornal Missionário n° 44Jormi - Jornal Missionário n° 44
Jormi - Jornal Missionário n° 44
 
Comentário Bíblico para o 5° domingo do tempo comum
Comentário Bíblico para o 5° domingo do tempo comumComentário Bíblico para o 5° domingo do tempo comum
Comentário Bíblico para o 5° domingo do tempo comum
 

Mais de lucena

Mais de lucena (20)

Vicário
VicárioVicário
Vicário
 
Verdade
VerdadeVerdade
Verdade
 
Vara de Arão
Vara de ArãoVara de Arão
Vara de Arão
 
Urim e Tumim
Urim e TumimUrim e Tumim
Urim e Tumim
 
Tríplice Constituição do Homem
Tríplice Constituição do HomemTríplice Constituição do Homem
Tríplice Constituição do Homem
 
Trichotomía
TrichotomíaTrichotomía
Trichotomía
 
Trevas Egocêntricas
Trevas EgocêntricasTrevas Egocêntricas
Trevas Egocêntricas
 
Tipologia Messianica
Tipologia MessianicaTipologia Messianica
Tipologia Messianica
 
Suídicio Temática
Suídicio TemáticaSuídicio Temática
Suídicio Temática
 
Tesouro Oculto
Tesouro OcultoTesouro Oculto
Tesouro Oculto
 
Templo e SantuáRio do Deus Vivo
Templo e SantuáRio do Deus VivoTemplo e SantuáRio do Deus Vivo
Templo e SantuáRio do Deus Vivo
 
Suídicio Temática
Suídicio TemáticaSuídicio Temática
Suídicio Temática
 
Shir Nash Sirim
Shir Nash SirimShir Nash Sirim
Shir Nash Sirim
 
Sete
SeteSete
Sete
 
Segmentos da Nova Era
Segmentos da Nova EraSegmentos da Nova Era
Segmentos da Nova Era
 
Sanguen de Christu
Sanguen de ChristuSanguen de Christu
Sanguen de Christu
 
Salvo em Cristo
Salvo em CristoSalvo em Cristo
Salvo em Cristo
 
Rosa de Sarom
Rosa de SaromRosa de Sarom
Rosa de Sarom
 
Resplandecer
ResplandecerResplandecer
Resplandecer
 
Quatro Substantivos Femininos TeolóGico
Quatro Substantivos Femininos TeolóGicoQuatro Substantivos Femininos TeolóGico
Quatro Substantivos Femininos TeolóGico
 

Último

Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
MilyFonceca
 
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
StelaWilbert
 

Último (14)

Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxEspecialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
 
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - ApresentaçãoCurso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
 
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
 
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para AutoconhecimentoHermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
 
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
 
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
 
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdfpdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
 

Prova e Aprovação

  • 1. Prova e Aprovação Salmo 41:1-2 01 - Esperei com paciência no Senhor, e Ele se inclinou para mim e ouviu o meu clamor. 02 – Tirou-me de um lago horrível, dum charco de lama, pós os meus pés sobre uma rocha, firmou os meus passos. Alusão O salmista vaticinava o sofrimento de Jesus Cristo para nos salvar, citandos as três últimas horas de agrura que o nosso Mestre passou. Salientando, que essa foi à prova que Ele nos deu do seu amor, e o direito de nos tornar herdeiros do céu. Salmo 60:3 Ao teu povo fizeste ver duras coisas; fizeste-nos beber o vinho de aturdimento. Mostra que Deus tem grandes bênçãos para nos entregar, mas prova o homem para que o mesmo não deixe que a soberba entre no coração. Sendo que a gênero humano tem inclinação para o pecado. Lembro-me da história de um homem salvo em Jesus Cristo, que recebeu algumas rosas mui belas; e perguntou que tipo rosa era aquela. E o ofertante lhe disse que era rosa das pedras, nasciam sem ter contato com a terra. Muitas vezes também somos assim, rosas de Deus que são geradas no meio das pedras duras, sem o menor contato com a terra macia. Genesis 28:11 E chegou a um lugar onde passou a noite, porque o sol já se havia posto; e, tomando uma das pedras do lugar e pondo-a debaixo da cabeça, deitou-se ali para dormir. Estamos diante de um texto que narra a grande peregrinação de Jacó no deserto para receber uma benção da parte de Deus. No entanto antes de tudo ele dormiu com travesseiro de pedra, mostrando que estava proto para Deus fazer o que uma grande obra naqueles dias. Tudo na nossa vida terrena tem um objetivo divino, resta prestarmos atenção para o que o Senhor que nos falar e ensinar. Sabemos agradecer pelas rosas, mas nunca pelos espinhos; o poeta citou certo dia que: Antes da coroação vem a tribulação. II – Pressão e Refrigério Atos dos Apóstolos 14:22 Confirmando as almas dos discípulos, exortando-os a perseverarem na fé, dizendo que por muitas tribulações nos é necessário entrar no reino de Deus. O Apostolo Lucas narrava o evento evangelístico de Paulo em momentos difíceis da missão que Deus lhes havia confiado. Assim como todo ser humano passa
  • 2. por dificuldades, independente de trabalhar na grande seara ou não; todos são provados para estágios futuros no mundo presente. As coisas valiosas dessa vida são conseguidas com grande pressão. • O trigo só se torna pão após ser amassado; • O aroma do perfume somente é liberando após ser machucado e calor; • O solo precisa ser rasgado pelo arado para dar o seu fruto; • Assim também acontece com o coração do homem, que muitas vezes é amassado, machucado e queimado para amadurecer diante de Deus. Jesus Cristo passou o pior de todos os sofrimentos para nos justificar, e nunca reclamou de nada. Isaias 53:4-5 4 - Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e carregou com as nossas dores; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido. 5 - Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e esmagado por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. Ao passamos por algumas provas, descobrimos que são os braços de Deus nos aprovando para uma vida melhor. III – Epilogo 2º Epistola de Pedro 1:4 Pelas quais ele nos tem dado as suas preciosas e grandíssimas promessas, para que por elas vos torneis participantes da natureza divina, havendo escapado da corrupção, que pela concupiscência há no mundo. O navio é produzido não para ficar sobre as armações, todavia para enfrentar os oceanos e as tempestades no mar. Antes da fabricação os engenheiros calculam cada peça com a maior precisão para que ele não venha a naufragar. Deus fez o homem com o propósito de suportar todas as adversidades no mundo material. Nunca ouvimos falar de uma espada que não foi fabricada para guerra, ou de um sapato que não foi fabricado para serem usados nos pés. Dessa forma somos nós; temos que está pronto para todas as provas que acontecem a cada dia. Jesus te ama Presbítero - Robson Colaço de Lucena Webmaster – Alice Alves de Lucena Webmaster – Alisson Alves de Lucena