SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 13
NEEMIAS: Integridade e coragem em tempos de crise
Lição 3 – Aprendendo com as Portas de Jerusalém




 "Assim, edificamos o
muro, e todo o muro se
cerrou até sua metade;
 porque o coração do
  povo se inclinava a
  trabalhar" (Ne 4:6)
Lição 3 – Aprendendo com as Portas de Jerusalém




                    A crise, apesar de seu
                    desconforto, sempre
                     nos abre grandes e
                     oportunas portas.
Lição 3 – Aprendendo com as Portas de Jerusalém


Nesta lição, estudaremos o capítulo três do livro
de Neemias. Veremos o significado espiritual de
algumas portas de Jerusalém. A cidade
Santa, como todos sabemos, era grande.
Logo, eram necessárias várias portas de
acesso, para que a sua vida corresse normalmente.
Mas, o que fazer, se as portas estavam queimadas
e os muros fendidos? Nessas condições, Jerusalém
tornava-se presa fácil par os inimigos. A única
solução era reerguer as portas e reconstruir os
muros, apesar do desconforto da crise.
Homem algum seria capaz de realizar tal obra
sozinho. Era preciso unidade e esforço. O
povo, entretanto, encorajado por Neemias, aceitou
o desafio da reconstrução."
Lição 3 – Aprendendo com as Portas de Jerusalém
Lição 3 – Aprendendo com as Portas de Jerusalém

                                       Porta: entrada; acesso para algum lugar


                            1. A porta do gado ou das ovelhas. De acordo
                            com os estudiosos, essa porta situava-se na entrada
                            mais oriental do lado norte das muralhas de
                            Jerusalém. Em algumas versões, é chamada de a
                            Porta das Ovelhas. Junto a essa porta, no tempo de
                            Jesus, havia um tanque de Betesda, onde o Salvador
                            curou o paralítico, enfermo havia trinta e oito anos.
                            Essa porta foi edificada pelos sacerdotes (Ne 3:11).
A porta das Ovelhas é uma figura de Cristo - a Porta da Salvação e o Bom
Pastor. Não há salvação senão em Jesus e por Jesus. Cristo libertou-nos do
pecado e da condenação eterna. O Sumo Pastor morreu por nossas
iniquidades, libertando-nos do castigo do pecado, que é a morte. Como Igreja
do Senhor, devemos proclamar ao mundo, que Jesus é o único caminho que nos
leva a Deus. A porta da salvação está aberta. Aproveite a oportunidade. Entre.
Jesus está à sua espera.
Lição 3 – Aprendendo com as Portas de Jerusalém


2. A porta do Peixe. Não se sabe ao certo o porquê desse nome.
Todavia, segundo o Dicionário Bíblico Wycliffe, o nome provavelmente
veio do fato de os peixes da Galileia serem comercializados naquelas
imediações.
Essa porta faz-nos lembrar que Jesus
chamou-nos para sermos "pecadores
de homens". Todo crente tem o dever
de ganhar almas par o Reino de
Deus,              seja             ele
pastor, missionário, diácono, professor
da Escola Dominical. Não podemos
negligenciar a evangelização. A Igreja
recebeu de Cristo a incumbência de
proclamar o Evangelho a toda
criatura. Você tem cumprido a sua
missão?
Lição 3 – Aprendendo com as Portas de Jerusalém

1. A Porta Velha (Ne 3.6; 12.39). Localizada na parte mais antiga da
cidade, a Porta Velha pode ser tomada como imagem da legítima doutrina
cristã. Esta, apesar de sua antiguidade, jamais será derribada quer pelo
liberalismo teológico, quer pelo pós-modernismo. Ela assemelha-se aos
portões dos castelos milenares: resiste ao tempo e jamais será tida como
ultrapassada, pois imprescindível à nossa segurança. A Bíblia Sagrada, de
onde extraímos a nossa doutrina, começou a ser escrita há quatro mil
anos aproximadamente, e nem por isso é tida como fora de moda: a
Palavra de Deus é para sempre (1 Pe 1.24,25).
Muitos são os que procuram as portas do humanismo, do
relativismo e dos modismos com suas extravagâncias
litúrgicas. E o que diremos dos pregadores que se
comportam como gurus da autoajuda? Zelemos pela sã
doutrina, para que os mercenários não se apossem do
rebanho de Cristo (Tt 2.1).
Lição 3 – Aprendendo com as Portas de Jerusalém



2. A Porta do Vale (Ne 3.13). Dando acesso ao vale localizado na parte
oeste de Jerusalém, essa porta lembra-nos humilhação, quebrantamento
e contrição na presença de Deus.
                         O Senhor agrada-se de um espírito
                         quebrantado e de um coração abatido (Sl
                         51.17b). Neemias era exatamente assim. Ele
                         tinha consciência dos seus pecados e dos
                         erros do seu povo. Em sua oração, confessa:
                         “Pecamos contra ti; também eu e a casa de
                         meu pai pecamos” (Ne 1.6). Se você deseja
                         ter êxito como líder, humilhe-se e constranja-
                         se diante do Senhor.
Lição 3 – Aprendendo com as Portas de Jerusalém



  1. A Porta do Monturo (Ne 2.13; 3.14). Segundo o Dicionário Bíblico Wycliffe, “essa
porta recebeu este nome porque o lixo da cidade era levado através dela para ser
queimado no vale de Hinom”. Que lição nos traz a Porta do Monturo? A igreja e a
família devem ter cuidado para não se contaminar com o lixo deste mundo:
heresias, apostasias, imoralidades e mentiras.
                          Se não tomarmos cuidado, todo esse lixo invadirá nossos lares por
                       intermédio da mídia. Infelizmente, muitos são os que passam horas
                       seguidas diante da tevê e da internet, permitindo que a abominação
                       lhes entre pela casa. A Palavra de Deus adverte-nos: “Não meterás,
                       pois, abominação em tua casa, para que não sejas anátema” (Dt 7.26).
                       Os programas de TV, com raras exceções, estimulam a prostituição, o
                       adultério, a fornicação e o homossexualismo. Tomemos cuidado, pois,
                       com o que vemos, ouvimos e lemos, pois as Sagradas Escrituras
                       alertam-nos a não colocarmos coisas más diante dos nossos olhos (Sl
                       101.3). Querido irmão, não se contamine com o lixo desse mundo!
Lição 3 – Aprendendo com as Portas de Jerusalém



   2. A Porta da Fonte (Ne 3.15). Essa porta ficava próxima ao Tanque de
Siloé, ou Tanque do Rei. A Porta da Fonte não é uma figura bastante forte da
Palavra de Deus? Ela nos mata a sede espiritual, limpa-nos de todo o pecado e
vivifica-nos a alma (Sl 119.50). Muitos já não recorrem mais a essa fonte e o
resultado é a sequidão espiritual. Preferem as cisternas rotas deste mundo (Jr
2.13). Tem você bebido regularmente da fonte da água da vida? Jesus é a porta
da vida eterna.
Lição 3 – Aprendendo com as Portas de Jerusalém


  3. Porta de Micfade ou Porta da Guarda (Ne 3.31). Localizada na seção
nordeste de Jerusalém, a Porta da Guarda, ao que tudo indica, ficava adjacente
ao Templo. Ela faz-nos lembrar a guarda dos preceitos divinos: “Inclinei o meu
coração a guardar os teus estatutos, para sempre, até ao fim” (Sl 119.112).
  Se quisermos as bênçãos do Senhor, obedeçamos aos seus preceitos. Se os
deixarmos, arcaremos com pesadas consequências: miséria e destruição. Assim
se deu com Judá, cujos habitantes, por ignorarem a Lei de Deus, além de
contemplarem a destruição de Jerusalém, amargaram um cativeiro de setenta
anos em Babilônia. O líder autêntico incentiva o povo a obedecer e a amar a
Palavra de Deus.
Lição 3 – Aprendendo com as Portas de Jerusalém



Aprendemos, nesta aula, preciosas lições com as portas de Jerusalém.
Roguemos a Deus que nos ensine a discernir todos os momentos de
nossas lutas e provações, para que sejamos sempre sábios. As
crises, apesar de seu desconforto, sempre nos tornam mais sábios
espiritualmente. Foi o que aconteceu com Neemias.




                                      Por: Pb. Sergio Roberto - A.D. Plenitude da Fé – M.C

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lição 9 – Conhecendo a Armadura de Deus
Lição 9 – Conhecendo a Armadura de DeusLição 9 – Conhecendo a Armadura de Deus
Lição 9 – Conhecendo a Armadura de DeusÉder Tomé
 
Lição 12 - Juda é levado para o cativeiro da Babilônia
Lição 12 - Juda é levado para o cativeiro da BabilôniaLição 12 - Juda é levado para o cativeiro da Babilônia
Lição 12 - Juda é levado para o cativeiro da BabilôniaÉder Tomé
 
Doze portas de Jerusalém, Neemias.pdf
Doze portas de Jerusalém, Neemias.pdfDoze portas de Jerusalém, Neemias.pdf
Doze portas de Jerusalém, Neemias.pdfCassiannesantosrocha
 
Profetas maiores e menores
Profetas maiores e menoresProfetas maiores e menores
Profetas maiores e menoresPaulo Ferreira
 
Licao 7 Rute Uma Mulher Digna de Confiança
Licao 7   Rute Uma Mulher Digna de ConfiançaLicao 7   Rute Uma Mulher Digna de Confiança
Licao 7 Rute Uma Mulher Digna de ConfiançaÉder Tomé
 
A SUPREMACIA DE CRISTO
A SUPREMACIA DE CRISTOA SUPREMACIA DE CRISTO
A SUPREMACIA DE CRISTOUilson Nunnes
 
Lição 14 - Israel e a Escatologia Bíblica
Lição 14 - Israel e a Escatologia BíblicaLição 14 - Israel e a Escatologia Bíblica
Lição 14 - Israel e a Escatologia BíblicaÉder Tomé
 
As características do Obreiro Coluna na igreja
As características do Obreiro Coluna na igrejaAs características do Obreiro Coluna na igreja
As características do Obreiro Coluna na igrejaPastor Juscelino Freitas
 
Lição 11 - A Ressurreição de Jesus Cristo
Lição 11 - A Ressurreição de Jesus CristoLição 11 - A Ressurreição de Jesus Cristo
Lição 11 - A Ressurreição de Jesus CristoÉder Tomé
 
Tribunal de Cristo SLIDES EBD 2023.pptx
Tribunal de Cristo SLIDES EBD 2023.pptxTribunal de Cristo SLIDES EBD 2023.pptx
Tribunal de Cristo SLIDES EBD 2023.pptxLucianoSerrano8
 
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nósLição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nósÉder Tomé
 

Mais procurados (20)

Lição 9 – Conhecendo a Armadura de Deus
Lição 9 – Conhecendo a Armadura de DeusLição 9 – Conhecendo a Armadura de Deus
Lição 9 – Conhecendo a Armadura de Deus
 
Lição 12 - Juda é levado para o cativeiro da Babilônia
Lição 12 - Juda é levado para o cativeiro da BabilôniaLição 12 - Juda é levado para o cativeiro da Babilônia
Lição 12 - Juda é levado para o cativeiro da Babilônia
 
Doze portas de Jerusalém, Neemias.pdf
Doze portas de Jerusalém, Neemias.pdfDoze portas de Jerusalém, Neemias.pdf
Doze portas de Jerusalém, Neemias.pdf
 
Profetas maiores e menores
Profetas maiores e menoresProfetas maiores e menores
Profetas maiores e menores
 
21. o livro de neemias
21. o livro de neemias21. o livro de neemias
21. o livro de neemias
 
32. O Profeta Ezequiel
32. O Profeta Ezequiel32. O Profeta Ezequiel
32. O Profeta Ezequiel
 
15. O Livro de I Reis
15. O Livro de I Reis15. O Livro de I Reis
15. O Livro de I Reis
 
O pecado de Davi
O pecado de DaviO pecado de Davi
O pecado de Davi
 
Licao 7 Rute Uma Mulher Digna de Confiança
Licao 7   Rute Uma Mulher Digna de ConfiançaLicao 7   Rute Uma Mulher Digna de Confiança
Licao 7 Rute Uma Mulher Digna de Confiança
 
A SUPREMACIA DE CRISTO
A SUPREMACIA DE CRISTOA SUPREMACIA DE CRISTO
A SUPREMACIA DE CRISTO
 
1 e 2 Pedro
1 e 2 Pedro1 e 2 Pedro
1 e 2 Pedro
 
O Livro de Esdras
O Livro de EsdrasO Livro de Esdras
O Livro de Esdras
 
Lição 14 - Israel e a Escatologia Bíblica
Lição 14 - Israel e a Escatologia BíblicaLição 14 - Israel e a Escatologia Bíblica
Lição 14 - Israel e a Escatologia Bíblica
 
Proféticos 4 Ezequiel
Proféticos 4   EzequielProféticos 4   Ezequiel
Proféticos 4 Ezequiel
 
As características do Obreiro Coluna na igreja
As características do Obreiro Coluna na igrejaAs características do Obreiro Coluna na igreja
As características do Obreiro Coluna na igreja
 
Lição 11 - A Ressurreição de Jesus Cristo
Lição 11 - A Ressurreição de Jesus CristoLição 11 - A Ressurreição de Jesus Cristo
Lição 11 - A Ressurreição de Jesus Cristo
 
Carta à Igreja de Laodiceia no Apocalipse
Carta à Igreja de Laodiceia no ApocalipseCarta à Igreja de Laodiceia no Apocalipse
Carta à Igreja de Laodiceia no Apocalipse
 
Tribunal de Cristo SLIDES EBD 2023.pptx
Tribunal de Cristo SLIDES EBD 2023.pptxTribunal de Cristo SLIDES EBD 2023.pptx
Tribunal de Cristo SLIDES EBD 2023.pptx
 
29. O profeta Isaías
29. O profeta Isaías29. O profeta Isaías
29. O profeta Isaías
 
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nósLição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
 

Destaque

A RESTAURAÇÃO ESPIRITUAL - NEEMIAS
A RESTAURAÇÃO ESPIRITUAL  - NEEMIASA RESTAURAÇÃO ESPIRITUAL  - NEEMIAS
A RESTAURAÇÃO ESPIRITUAL - NEEMIASSandra Dias
 
Porta do monturo
Porta do monturoPorta do monturo
Porta do monturoCleusa Reis
 
Mulheres que tocam o coração de deus
Mulheres que tocam o coração de deusMulheres que tocam o coração de deus
Mulheres que tocam o coração de deusSandra Dias
 
Neemias - Tempo de Edificar
Neemias - Tempo de EdificarNeemias - Tempo de Edificar
Neemias - Tempo de EdificarPr Rafa Carmo
 
Dicionario Bíblico
Dicionario BíblicoDicionario Bíblico
Dicionario BíblicoNatan Silva
 
Neemias - O poder da oração
Neemias - O poder da oraçãoNeemias - O poder da oração
Neemias - O poder da oraçãoRogerio Zafalão
 
Fechando as brechas
Fechando as brechasFechando as brechas
Fechando as brechasSandra Dias
 
Eu Decido Me Relacionar Com Deus
Eu Decido Me Relacionar Com DeusEu Decido Me Relacionar Com Deus
Eu Decido Me Relacionar Com DeusEid Marques
 
A NATUREZA DA IGREJA DE JESUS
A NATUREZA DA IGREJA DE JESUSA NATUREZA DA IGREJA DE JESUS
A NATUREZA DA IGREJA DE JESUSSandra Dias
 
Porta dos cavalos
Porta dos cavalosPorta dos cavalos
Porta dos cavalosCleusa Reis
 
Neemias realizando sonhos impossíveis
Neemias realizando sonhos impossíveisNeemias realizando sonhos impossíveis
Neemias realizando sonhos impossíveisRogerio Zafalão
 
Um Olhar Diferente para as Tempestades
Um Olhar Diferente para as TempestadesUm Olhar Diferente para as Tempestades
Um Olhar Diferente para as TempestadesIBMemorialJC
 
35 A grande muralha de Neemias / 35 the great wall of nehemiah portuguese
35 A grande muralha de Neemias / 35 the great wall of nehemiah portuguese35 A grande muralha de Neemias / 35 the great wall of nehemiah portuguese
35 A grande muralha de Neemias / 35 the great wall of nehemiah portuguesePing Ponga
 
A Vida por um Toque
A Vida por um ToqueA Vida por um Toque
A Vida por um ToqueIBMemorialJC
 
Curso FGV - Como organizar o orçamento familiar
Curso FGV - Como organizar o orçamento familiar Curso FGV - Como organizar o orçamento familiar
Curso FGV - Como organizar o orçamento familiar Lúcio Ferreira
 

Destaque (20)

A RESTAURAÇÃO ESPIRITUAL - NEEMIAS
A RESTAURAÇÃO ESPIRITUAL  - NEEMIASA RESTAURAÇÃO ESPIRITUAL  - NEEMIAS
A RESTAURAÇÃO ESPIRITUAL - NEEMIAS
 
Porta do monturo
Porta do monturoPorta do monturo
Porta do monturo
 
Vale
ValeVale
Vale
 
Mulheres que tocam o coração de deus
Mulheres que tocam o coração de deusMulheres que tocam o coração de deus
Mulheres que tocam o coração de deus
 
Livro de Neemias cap. 1 a 13
Livro de Neemias cap. 1 a 13Livro de Neemias cap. 1 a 13
Livro de Neemias cap. 1 a 13
 
Neemias - Tempo de Edificar
Neemias - Tempo de EdificarNeemias - Tempo de Edificar
Neemias - Tempo de Edificar
 
LIÇÃO 01 - A FORMAÇÃO DO CARÁTER CRISTÃO
LIÇÃO 01 - A FORMAÇÃO DO CARÁTER CRISTÃOLIÇÃO 01 - A FORMAÇÃO DO CARÁTER CRISTÃO
LIÇÃO 01 - A FORMAÇÃO DO CARÁTER CRISTÃO
 
Dicionario Bíblico
Dicionario BíblicoDicionario Bíblico
Dicionario Bíblico
 
Neemias - O poder da oração
Neemias - O poder da oraçãoNeemias - O poder da oração
Neemias - O poder da oração
 
O Tanque de Betesda
O Tanque de BetesdaO Tanque de Betesda
O Tanque de Betesda
 
Fechando as brechas
Fechando as brechasFechando as brechas
Fechando as brechas
 
Eu Decido Me Relacionar Com Deus
Eu Decido Me Relacionar Com DeusEu Decido Me Relacionar Com Deus
Eu Decido Me Relacionar Com Deus
 
A NATUREZA DA IGREJA DE JESUS
A NATUREZA DA IGREJA DE JESUSA NATUREZA DA IGREJA DE JESUS
A NATUREZA DA IGREJA DE JESUS
 
Porta dos cavalos
Porta dos cavalosPorta dos cavalos
Porta dos cavalos
 
Intercessão
Intercessão Intercessão
Intercessão
 
Neemias realizando sonhos impossíveis
Neemias realizando sonhos impossíveisNeemias realizando sonhos impossíveis
Neemias realizando sonhos impossíveis
 
Um Olhar Diferente para as Tempestades
Um Olhar Diferente para as TempestadesUm Olhar Diferente para as Tempestades
Um Olhar Diferente para as Tempestades
 
35 A grande muralha de Neemias / 35 the great wall of nehemiah portuguese
35 A grande muralha de Neemias / 35 the great wall of nehemiah portuguese35 A grande muralha de Neemias / 35 the great wall of nehemiah portuguese
35 A grande muralha de Neemias / 35 the great wall of nehemiah portuguese
 
A Vida por um Toque
A Vida por um ToqueA Vida por um Toque
A Vida por um Toque
 
Curso FGV - Como organizar o orçamento familiar
Curso FGV - Como organizar o orçamento familiar Curso FGV - Como organizar o orçamento familiar
Curso FGV - Como organizar o orçamento familiar
 

Semelhante a Portas de Jerusalém

Estudo-acerca-das-12-portas-no-livro-de-Neemias-Joanessa (2).pdf
Estudo-acerca-das-12-portas-no-livro-de-Neemias-Joanessa (2).pdfEstudo-acerca-das-12-portas-no-livro-de-Neemias-Joanessa (2).pdf
Estudo-acerca-das-12-portas-no-livro-de-Neemias-Joanessa (2).pdfjaciaradamasceno36
 
Livro ebook Como Ser Salvo
Livro ebook Como Ser SalvoLivro ebook Como Ser Salvo
Livro ebook Como Ser Salvobudu20v
 
Ofechamentodaportadagraa 110924093538-phpapp02
Ofechamentodaportadagraa 110924093538-phpapp02Ofechamentodaportadagraa 110924093538-phpapp02
Ofechamentodaportadagraa 110924093538-phpapp02José Silva
 
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxLição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxCelso Napoleon
 
LIÇÃO 10 - As duas portas e os dois caminhos
LIÇÃO 10 - As duas portas e os dois caminhosLIÇÃO 10 - As duas portas e os dois caminhos
LIÇÃO 10 - As duas portas e os dois caminhosNatalino das Neves Neves
 
3 mistério
3 mistério3 mistério
3 mistériopgshama
 
13404842 neemias-o-restaurador2
13404842 neemias-o-restaurador213404842 neemias-o-restaurador2
13404842 neemias-o-restaurador2antonio ferreira
 
Voz da Paróquia - Novembro 2013
Voz da Paróquia - Novembro 2013Voz da Paróquia - Novembro 2013
Voz da Paróquia - Novembro 2013jesmioma
 
Missões setor 6 das CEBs - Paróquia Coração de Jesus - Diocese de SJC
Missões setor 6 das CEBs - Paróquia Coração de Jesus - Diocese de SJCMissões setor 6 das CEBs - Paróquia Coração de Jesus - Diocese de SJC
Missões setor 6 das CEBs - Paróquia Coração de Jesus - Diocese de SJCBernadetecebs .
 
Chamada e Escolha
Chamada e EscolhaChamada e Escolha
Chamada e Escolhalucena
 
Eventos finais
Eventos finaisEventos finais
Eventos finaisfrenjr
 
Lucas 12.1-12- CUIDADOS ENQUANTO ESTAMOS NO MUNDO
Lucas 12.1-12- CUIDADOS ENQUANTO ESTAMOS NO MUNDOLucas 12.1-12- CUIDADOS ENQUANTO ESTAMOS NO MUNDO
Lucas 12.1-12- CUIDADOS ENQUANTO ESTAMOS NO MUNDOEli Rocha Silva
 
Lição 08 - Laodicéia a igreja apóstata
Lição 08 - Laodicéia a igreja apóstataLição 08 - Laodicéia a igreja apóstata
Lição 08 - Laodicéia a igreja apóstataSergio Silva
 
Revista da escola domimical Fé e Comunhão 3 trimestre
Revista da escola domimical  Fé e Comunhão 3 trimestreRevista da escola domimical  Fé e Comunhão 3 trimestre
Revista da escola domimical Fé e Comunhão 3 trimestrePrCelio Silva
 

Semelhante a Portas de Jerusalém (20)

Estudo-acerca-das-12-portas-no-livro-de-Neemias-Joanessa (2).pdf
Estudo-acerca-das-12-portas-no-livro-de-Neemias-Joanessa (2).pdfEstudo-acerca-das-12-portas-no-livro-de-Neemias-Joanessa (2).pdf
Estudo-acerca-das-12-portas-no-livro-de-Neemias-Joanessa (2).pdf
 
Livro ebook Como Ser Salvo
Livro ebook Como Ser SalvoLivro ebook Como Ser Salvo
Livro ebook Como Ser Salvo
 
Jesus, a porta.
Jesus,  a porta.Jesus,  a porta.
Jesus, a porta.
 
Eventos finais
Eventos finaisEventos finais
Eventos finais
 
Ofechamentodaportadagraa 110924093538-phpapp02
Ofechamentodaportadagraa 110924093538-phpapp02Ofechamentodaportadagraa 110924093538-phpapp02
Ofechamentodaportadagraa 110924093538-phpapp02
 
Eventos finais
Eventos finaisEventos finais
Eventos finais
 
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxLição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
 
LIÇÃO 10 - As duas portas e os dois caminhos
LIÇÃO 10 - As duas portas e os dois caminhosLIÇÃO 10 - As duas portas e os dois caminhos
LIÇÃO 10 - As duas portas e os dois caminhos
 
Chamada e escolha
Chamada e escolhaChamada e escolha
Chamada e escolha
 
3 mistério
3 mistério3 mistério
3 mistério
 
13404842 neemias-o-restaurador2
13404842 neemias-o-restaurador213404842 neemias-o-restaurador2
13404842 neemias-o-restaurador2
 
Voz da Paróquia - Novembro 2013
Voz da Paróquia - Novembro 2013Voz da Paróquia - Novembro 2013
Voz da Paróquia - Novembro 2013
 
Chamada E Escolha
Chamada E EscolhaChamada E Escolha
Chamada E Escolha
 
Profecia
ProfeciaProfecia
Profecia
 
Missões setor 6 das CEBs - Paróquia Coração de Jesus - Diocese de SJC
Missões setor 6 das CEBs - Paróquia Coração de Jesus - Diocese de SJCMissões setor 6 das CEBs - Paróquia Coração de Jesus - Diocese de SJC
Missões setor 6 das CEBs - Paróquia Coração de Jesus - Diocese de SJC
 
Chamada e Escolha
Chamada e EscolhaChamada e Escolha
Chamada e Escolha
 
Eventos finais
Eventos finaisEventos finais
Eventos finais
 
Lucas 12.1-12- CUIDADOS ENQUANTO ESTAMOS NO MUNDO
Lucas 12.1-12- CUIDADOS ENQUANTO ESTAMOS NO MUNDOLucas 12.1-12- CUIDADOS ENQUANTO ESTAMOS NO MUNDO
Lucas 12.1-12- CUIDADOS ENQUANTO ESTAMOS NO MUNDO
 
Lição 08 - Laodicéia a igreja apóstata
Lição 08 - Laodicéia a igreja apóstataLição 08 - Laodicéia a igreja apóstata
Lição 08 - Laodicéia a igreja apóstata
 
Revista da escola domimical Fé e Comunhão 3 trimestre
Revista da escola domimical  Fé e Comunhão 3 trimestreRevista da escola domimical  Fé e Comunhão 3 trimestre
Revista da escola domimical Fé e Comunhão 3 trimestre
 

Mais de Sergio Silva

REIMPLANTAÇÃO DA COLETA SELETIVA - projeto.pptx
REIMPLANTAÇÃO DA COLETA SELETIVA - projeto.pptxREIMPLANTAÇÃO DA COLETA SELETIVA - projeto.pptx
REIMPLANTAÇÃO DA COLETA SELETIVA - projeto.pptxSergio Silva
 
Fonte de energia elétrica Visão Sustentável
Fonte de energia elétrica Visão SustentávelFonte de energia elétrica Visão Sustentável
Fonte de energia elétrica Visão SustentávelSergio Silva
 
Relatório do mapa de riscos da mash
Relatório do mapa de riscos da mashRelatório do mapa de riscos da mash
Relatório do mapa de riscos da mashSergio Silva
 
Mapa de riscos geral
Mapa de riscos geralMapa de riscos geral
Mapa de riscos geralSergio Silva
 
Mapa de risco por setores
Mapa de risco por setoresMapa de risco por setores
Mapa de risco por setoresSergio Silva
 
Jornal da Segurança Nº6
Jornal da Segurança Nº6Jornal da Segurança Nº6
Jornal da Segurança Nº6Sergio Silva
 
Curso de capacitação de professores da EBD
Curso de capacitação de professores da EBDCurso de capacitação de professores da EBD
Curso de capacitação de professores da EBDSergio Silva
 
Curso de Geografia Bíblica
Curso de Geografia BíblicaCurso de Geografia Bíblica
Curso de Geografia BíblicaSergio Silva
 
Curso de Bibliologia
Curso de BibliologiaCurso de Bibliologia
Curso de BibliologiaSergio Silva
 
Manual de segurança e saúde
Manual de segurança e saúdeManual de segurança e saúde
Manual de segurança e saúdeSergio Silva
 
Folheto para visitantes
Folheto para visitantesFolheto para visitantes
Folheto para visitantesSergio Silva
 
Curso de prevenção de acidentes na igreja
Curso de prevenção de acidentes na igrejaCurso de prevenção de acidentes na igreja
Curso de prevenção de acidentes na igrejaSergio Silva
 
Curso de Capacitação para Evangelista
Curso de Capacitação para EvangelistaCurso de Capacitação para Evangelista
Curso de Capacitação para EvangelistaSergio Silva
 
Curso de Capacitação para Presbíteros
Curso de Capacitação para PresbíterosCurso de Capacitação para Presbíteros
Curso de Capacitação para PresbíterosSergio Silva
 
EBD 2015 - Curriculo da EBD - Ano 2015
EBD 2015 - Curriculo da EBD - Ano 2015EBD 2015 - Curriculo da EBD - Ano 2015
EBD 2015 - Curriculo da EBD - Ano 2015Sergio Silva
 
Treinamento de Segurança no Trabalho e EPI
Treinamento de Segurança no Trabalho e EPITreinamento de Segurança no Trabalho e EPI
Treinamento de Segurança no Trabalho e EPISergio Silva
 
Integração de Segurança do Trabalho NOVO
Integração de Segurança do Trabalho NOVOIntegração de Segurança do Trabalho NOVO
Integração de Segurança do Trabalho NOVOSergio Silva
 
Album de Figurinhas - Figurinhas
Album de Figurinhas - FigurinhasAlbum de Figurinhas - Figurinhas
Album de Figurinhas - FigurinhasSergio Silva
 
Album de Figurinhas da Segurança
Album de Figurinhas da SegurançaAlbum de Figurinhas da Segurança
Album de Figurinhas da SegurançaSergio Silva
 
Lição biblica os apóstolos de cristo - filipe,bartolomeu...
Lição biblica   os apóstolos de cristo - filipe,bartolomeu...Lição biblica   os apóstolos de cristo - filipe,bartolomeu...
Lição biblica os apóstolos de cristo - filipe,bartolomeu...Sergio Silva
 

Mais de Sergio Silva (20)

REIMPLANTAÇÃO DA COLETA SELETIVA - projeto.pptx
REIMPLANTAÇÃO DA COLETA SELETIVA - projeto.pptxREIMPLANTAÇÃO DA COLETA SELETIVA - projeto.pptx
REIMPLANTAÇÃO DA COLETA SELETIVA - projeto.pptx
 
Fonte de energia elétrica Visão Sustentável
Fonte de energia elétrica Visão SustentávelFonte de energia elétrica Visão Sustentável
Fonte de energia elétrica Visão Sustentável
 
Relatório do mapa de riscos da mash
Relatório do mapa de riscos da mashRelatório do mapa de riscos da mash
Relatório do mapa de riscos da mash
 
Mapa de riscos geral
Mapa de riscos geralMapa de riscos geral
Mapa de riscos geral
 
Mapa de risco por setores
Mapa de risco por setoresMapa de risco por setores
Mapa de risco por setores
 
Jornal da Segurança Nº6
Jornal da Segurança Nº6Jornal da Segurança Nº6
Jornal da Segurança Nº6
 
Curso de capacitação de professores da EBD
Curso de capacitação de professores da EBDCurso de capacitação de professores da EBD
Curso de capacitação de professores da EBD
 
Curso de Geografia Bíblica
Curso de Geografia BíblicaCurso de Geografia Bíblica
Curso de Geografia Bíblica
 
Curso de Bibliologia
Curso de BibliologiaCurso de Bibliologia
Curso de Bibliologia
 
Manual de segurança e saúde
Manual de segurança e saúdeManual de segurança e saúde
Manual de segurança e saúde
 
Folheto para visitantes
Folheto para visitantesFolheto para visitantes
Folheto para visitantes
 
Curso de prevenção de acidentes na igreja
Curso de prevenção de acidentes na igrejaCurso de prevenção de acidentes na igreja
Curso de prevenção de acidentes na igreja
 
Curso de Capacitação para Evangelista
Curso de Capacitação para EvangelistaCurso de Capacitação para Evangelista
Curso de Capacitação para Evangelista
 
Curso de Capacitação para Presbíteros
Curso de Capacitação para PresbíterosCurso de Capacitação para Presbíteros
Curso de Capacitação para Presbíteros
 
EBD 2015 - Curriculo da EBD - Ano 2015
EBD 2015 - Curriculo da EBD - Ano 2015EBD 2015 - Curriculo da EBD - Ano 2015
EBD 2015 - Curriculo da EBD - Ano 2015
 
Treinamento de Segurança no Trabalho e EPI
Treinamento de Segurança no Trabalho e EPITreinamento de Segurança no Trabalho e EPI
Treinamento de Segurança no Trabalho e EPI
 
Integração de Segurança do Trabalho NOVO
Integração de Segurança do Trabalho NOVOIntegração de Segurança do Trabalho NOVO
Integração de Segurança do Trabalho NOVO
 
Album de Figurinhas - Figurinhas
Album de Figurinhas - FigurinhasAlbum de Figurinhas - Figurinhas
Album de Figurinhas - Figurinhas
 
Album de Figurinhas da Segurança
Album de Figurinhas da SegurançaAlbum de Figurinhas da Segurança
Album de Figurinhas da Segurança
 
Lição biblica os apóstolos de cristo - filipe,bartolomeu...
Lição biblica   os apóstolos de cristo - filipe,bartolomeu...Lição biblica   os apóstolos de cristo - filipe,bartolomeu...
Lição biblica os apóstolos de cristo - filipe,bartolomeu...
 

Último

HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfNoções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfdottoor
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfpaulafernandes540558
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESpatriciasofiacunha18
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 

Último (20)

HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfNoções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 

Portas de Jerusalém

  • 1. NEEMIAS: Integridade e coragem em tempos de crise
  • 2. Lição 3 – Aprendendo com as Portas de Jerusalém "Assim, edificamos o muro, e todo o muro se cerrou até sua metade; porque o coração do povo se inclinava a trabalhar" (Ne 4:6)
  • 3. Lição 3 – Aprendendo com as Portas de Jerusalém A crise, apesar de seu desconforto, sempre nos abre grandes e oportunas portas.
  • 4. Lição 3 – Aprendendo com as Portas de Jerusalém Nesta lição, estudaremos o capítulo três do livro de Neemias. Veremos o significado espiritual de algumas portas de Jerusalém. A cidade Santa, como todos sabemos, era grande. Logo, eram necessárias várias portas de acesso, para que a sua vida corresse normalmente. Mas, o que fazer, se as portas estavam queimadas e os muros fendidos? Nessas condições, Jerusalém tornava-se presa fácil par os inimigos. A única solução era reerguer as portas e reconstruir os muros, apesar do desconforto da crise. Homem algum seria capaz de realizar tal obra sozinho. Era preciso unidade e esforço. O povo, entretanto, encorajado por Neemias, aceitou o desafio da reconstrução."
  • 5. Lição 3 – Aprendendo com as Portas de Jerusalém
  • 6. Lição 3 – Aprendendo com as Portas de Jerusalém Porta: entrada; acesso para algum lugar 1. A porta do gado ou das ovelhas. De acordo com os estudiosos, essa porta situava-se na entrada mais oriental do lado norte das muralhas de Jerusalém. Em algumas versões, é chamada de a Porta das Ovelhas. Junto a essa porta, no tempo de Jesus, havia um tanque de Betesda, onde o Salvador curou o paralítico, enfermo havia trinta e oito anos. Essa porta foi edificada pelos sacerdotes (Ne 3:11). A porta das Ovelhas é uma figura de Cristo - a Porta da Salvação e o Bom Pastor. Não há salvação senão em Jesus e por Jesus. Cristo libertou-nos do pecado e da condenação eterna. O Sumo Pastor morreu por nossas iniquidades, libertando-nos do castigo do pecado, que é a morte. Como Igreja do Senhor, devemos proclamar ao mundo, que Jesus é o único caminho que nos leva a Deus. A porta da salvação está aberta. Aproveite a oportunidade. Entre. Jesus está à sua espera.
  • 7. Lição 3 – Aprendendo com as Portas de Jerusalém 2. A porta do Peixe. Não se sabe ao certo o porquê desse nome. Todavia, segundo o Dicionário Bíblico Wycliffe, o nome provavelmente veio do fato de os peixes da Galileia serem comercializados naquelas imediações. Essa porta faz-nos lembrar que Jesus chamou-nos para sermos "pecadores de homens". Todo crente tem o dever de ganhar almas par o Reino de Deus, seja ele pastor, missionário, diácono, professor da Escola Dominical. Não podemos negligenciar a evangelização. A Igreja recebeu de Cristo a incumbência de proclamar o Evangelho a toda criatura. Você tem cumprido a sua missão?
  • 8. Lição 3 – Aprendendo com as Portas de Jerusalém 1. A Porta Velha (Ne 3.6; 12.39). Localizada na parte mais antiga da cidade, a Porta Velha pode ser tomada como imagem da legítima doutrina cristã. Esta, apesar de sua antiguidade, jamais será derribada quer pelo liberalismo teológico, quer pelo pós-modernismo. Ela assemelha-se aos portões dos castelos milenares: resiste ao tempo e jamais será tida como ultrapassada, pois imprescindível à nossa segurança. A Bíblia Sagrada, de onde extraímos a nossa doutrina, começou a ser escrita há quatro mil anos aproximadamente, e nem por isso é tida como fora de moda: a Palavra de Deus é para sempre (1 Pe 1.24,25). Muitos são os que procuram as portas do humanismo, do relativismo e dos modismos com suas extravagâncias litúrgicas. E o que diremos dos pregadores que se comportam como gurus da autoajuda? Zelemos pela sã doutrina, para que os mercenários não se apossem do rebanho de Cristo (Tt 2.1).
  • 9. Lição 3 – Aprendendo com as Portas de Jerusalém 2. A Porta do Vale (Ne 3.13). Dando acesso ao vale localizado na parte oeste de Jerusalém, essa porta lembra-nos humilhação, quebrantamento e contrição na presença de Deus. O Senhor agrada-se de um espírito quebrantado e de um coração abatido (Sl 51.17b). Neemias era exatamente assim. Ele tinha consciência dos seus pecados e dos erros do seu povo. Em sua oração, confessa: “Pecamos contra ti; também eu e a casa de meu pai pecamos” (Ne 1.6). Se você deseja ter êxito como líder, humilhe-se e constranja- se diante do Senhor.
  • 10. Lição 3 – Aprendendo com as Portas de Jerusalém 1. A Porta do Monturo (Ne 2.13; 3.14). Segundo o Dicionário Bíblico Wycliffe, “essa porta recebeu este nome porque o lixo da cidade era levado através dela para ser queimado no vale de Hinom”. Que lição nos traz a Porta do Monturo? A igreja e a família devem ter cuidado para não se contaminar com o lixo deste mundo: heresias, apostasias, imoralidades e mentiras. Se não tomarmos cuidado, todo esse lixo invadirá nossos lares por intermédio da mídia. Infelizmente, muitos são os que passam horas seguidas diante da tevê e da internet, permitindo que a abominação lhes entre pela casa. A Palavra de Deus adverte-nos: “Não meterás, pois, abominação em tua casa, para que não sejas anátema” (Dt 7.26). Os programas de TV, com raras exceções, estimulam a prostituição, o adultério, a fornicação e o homossexualismo. Tomemos cuidado, pois, com o que vemos, ouvimos e lemos, pois as Sagradas Escrituras alertam-nos a não colocarmos coisas más diante dos nossos olhos (Sl 101.3). Querido irmão, não se contamine com o lixo desse mundo!
  • 11. Lição 3 – Aprendendo com as Portas de Jerusalém 2. A Porta da Fonte (Ne 3.15). Essa porta ficava próxima ao Tanque de Siloé, ou Tanque do Rei. A Porta da Fonte não é uma figura bastante forte da Palavra de Deus? Ela nos mata a sede espiritual, limpa-nos de todo o pecado e vivifica-nos a alma (Sl 119.50). Muitos já não recorrem mais a essa fonte e o resultado é a sequidão espiritual. Preferem as cisternas rotas deste mundo (Jr 2.13). Tem você bebido regularmente da fonte da água da vida? Jesus é a porta da vida eterna.
  • 12. Lição 3 – Aprendendo com as Portas de Jerusalém 3. Porta de Micfade ou Porta da Guarda (Ne 3.31). Localizada na seção nordeste de Jerusalém, a Porta da Guarda, ao que tudo indica, ficava adjacente ao Templo. Ela faz-nos lembrar a guarda dos preceitos divinos: “Inclinei o meu coração a guardar os teus estatutos, para sempre, até ao fim” (Sl 119.112). Se quisermos as bênçãos do Senhor, obedeçamos aos seus preceitos. Se os deixarmos, arcaremos com pesadas consequências: miséria e destruição. Assim se deu com Judá, cujos habitantes, por ignorarem a Lei de Deus, além de contemplarem a destruição de Jerusalém, amargaram um cativeiro de setenta anos em Babilônia. O líder autêntico incentiva o povo a obedecer e a amar a Palavra de Deus.
  • 13. Lição 3 – Aprendendo com as Portas de Jerusalém Aprendemos, nesta aula, preciosas lições com as portas de Jerusalém. Roguemos a Deus que nos ensine a discernir todos os momentos de nossas lutas e provações, para que sejamos sempre sábios. As crises, apesar de seu desconforto, sempre nos tornam mais sábios espiritualmente. Foi o que aconteceu com Neemias. Por: Pb. Sergio Roberto - A.D. Plenitude da Fé – M.C