SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
Templo e Santuário do Deus Vivo

II Crônicas 7:1
Tendo Salomão acabado de orar, desceu fogo do céu e consumiu o holocausto e os
sacrifícios; e a glória do Senhor encheu a casa.

Gênesis 1:26
E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança;
domine ele sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu, sobre os animais domésticos,
e sobre toda a terra, e sobre todo réptil que se arrasta sobre a terra.

I - Menção

      Temos dois versículos em estudo, que aparecem em sentidos diferentes, no
entanto os dois têm uma afinidade espiritual com o templo.
Falando de dois tipos de templos:

   a) Material – O próprio templo
   b) Espiritual – O Homem

      Fazendo uma sinopse Bíblica entre ambos, podemos ver o que eles trazem em
comum.
   a) O Templo de Salomão – Como lugar de adoração a Deus
   b) O homem – Como Templo e morada do Espírito Santo

      Todos se destacam com valor espiritual. Mas, mostrando a beleza e
magnificência do Templo de Salomão que nunca houve igual; infelizmente foi
destruído com o decorrer do tempo.
       Notoriamente o homem continua da mesma forma, desde o principio da
fundação do mundo, o qual passará para eternidade ao lado de Deus.

II – Templo do Deus Vivo

      O apostolo Paulo citou nas Sagradas Escrituras grandes referencias, mostrando
o homem como morada do Deus Vivo.

I Aos Coríntios 3:16-17
16 - Não sabeis vós que sois santuário de Deus, e que o Espírito de Deus habita em
vós?
17 - Se alguém destruir o santuário de Deus, Deus o destruirá; porque sagrado é o
santuário de Deus, que sois vós.

       A igreja em Coríntios estava sofrendo forte divisão entre os seus membros,
onde cada um se mostrava fiel a determinado apostolo. Mas não quero aproveitar o
texto e falar da divisão, e sim, na citação de que somos Templo do Espírito Santo e
morada do Deus Vivo. “E se alguém destruir o Templo de Deus (nosso corpo), com
certeza Ele nos destruirá”. Mostrando assim, que o Senhor é zeloso para com o
homem, não aceitando iniqüidade humana.
       Simbolicamente como um ourives que se assenta com as suas ferramentas de
fogo para refinar o ouro, ou a prata. Somente se levantando quando começa ver o seu
rosto reluzir sobre o material.
       De forma que o Senhor nos fez perfeitos, e nós pecamos diante da sua
Santidade. Sendo que na sua auto justiça, Ele se assenta sobre a nossa vida, se
levantando somente quando o seu rosto reluz com o fogo em nosso ser.

I Aos Coríntios 6:19-20
19 - Ou não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que habita em vós,
o qual possuís da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos?
20 - Porque fostes comprados por preço; glorificai, pois a Deus no vosso corpo.

        Temos a obrigação de refletir gloria de Deus, assim como o espelho reflete a
gloria do sol.

       Na tabela atômica, temos o ouro como metal “Au”, de número 79, que vai em
diversas variedades, de 12 a 14 quilates.
    • Em 12 quilates temos o metal misturado;
    • Em 24 quilates, encontramos o ouro puro.
    • Encontramos também o “Ouro Branco”, que possui uma mistura de 20 a 50%
        de níquel.

     Fazendo uma comparação com os seres humanos, encontramos pessoas
semelhantes a ouro. Havendo crentes genuínos, que mostram a imagem pura de Deus,
e os homens naturais, apenas com um pouco de brilho divino, que trazem dentro do
interior grande quantidade de material sem valor e uma ferrugem que aumente todos
os dias.

       Outro exemplo interessante a respeito do homem no pecado:

   •    O ser humano não foi criado para ingerir álcool, caso contrario o Senhor teria
       colocado um carburador, ou sistema de injeção eletrônica;
   •    O homem não foi criado para ingerir ou liberar fumaça; nesse caso Deus teria
       criado uma chaminé à cabeça de todos, ou quem sabe teria colocado um cano
       de escape como nos veículos
   •    O homem não foi instituído para está rebolando nas baladas; caso isso fosse
       determinado, todo mundo teria um amortecedor como nos carros.

       Para ironiza um pouco o nosso estudo, quero lembrar um cientista por nome
Charlin Daws, com a tese que o homem veio do macaco. Se isso fosse verdade, a avó
do cientista seria uma macaca.
       Entretanto, nós viemos da volição de Deus, que o inimigo das nossas almas
queira ou não, somos imagem e semelhança do nosso Criador e morada do Espírito
Santo.
III – FIM

        Os diamantes quando encontrados na natureza são pretos como o carvão. Com
um processo de lapidação eles vão tornando-se cintilantes e reluzentes ao brilho da
luz. Assim acontece com o pecador, que preto e sem fulgor, ao se aproximar de Deus
vai sendo lapidado até se tornar brilhante como Jesus Cristo.

Apocalipse 21:22
E não vi Templo, porque o seu Templo é o Senhor, o Senhor Deus todo poderoso.


Jesus te ama

Presbítero Robson Colaço de Lucena
Webmaster Alice Alves de Lucena
Webmaster Alisson Alves de Lucena




Visite o site: http://missaoamerica.googlepages.com

Faça donwloard de Pregação e Musicas em mp3 no site: http://missaomp3.googlepages.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A ressureição dos mortos
A ressureição dos mortosA ressureição dos mortos
A ressureição dos mortos
João Pedro
 
Eis que venho sem demora - Lição 03 - Esmirna - A Igreja Perseguida
Eis que venho sem demora - Lição 03 - Esmirna - A Igreja PerseguidaEis que venho sem demora - Lição 03 - Esmirna - A Igreja Perseguida
Eis que venho sem demora - Lição 03 - Esmirna - A Igreja Perseguida
Sergio Silva
 
Eis que venho sem demora - Lição 01 - Uma revelação de Jesus Cristo
Eis que venho sem demora - Lição 01 - Uma revelação de Jesus CristoEis que venho sem demora - Lição 01 - Uma revelação de Jesus Cristo
Eis que venho sem demora - Lição 01 - Uma revelação de Jesus Cristo
Sergio Silva
 
Lição 17 - A postura da igreja na expectativa da volta de Cristo
Lição 17 - A postura da igreja na expectativa da volta de CristoLição 17 - A postura da igreja na expectativa da volta de Cristo
Lição 17 - A postura da igreja na expectativa da volta de Cristo
Sergio Silva
 
21/09 - Em busca de intimidade com Deus
21/09 - Em busca de intimidade com Deus 21/09 - Em busca de intimidade com Deus
21/09 - Em busca de intimidade com Deus
pibararas
 

Mais procurados (18)

A ressureição dos mortos
A ressureição dos mortosA ressureição dos mortos
A ressureição dos mortos
 
Eis que venho sem demora - Lição 03 - Esmirna - A Igreja Perseguida
Eis que venho sem demora - Lição 03 - Esmirna - A Igreja PerseguidaEis que venho sem demora - Lição 03 - Esmirna - A Igreja Perseguida
Eis que venho sem demora - Lição 03 - Esmirna - A Igreja Perseguida
 
Kdosh
KdoshKdosh
Kdosh
 
Andando pelo Caminho da Santidade
Andando pelo Caminho da SantidadeAndando pelo Caminho da Santidade
Andando pelo Caminho da Santidade
 
Espelho
EspelhoEspelho
Espelho
 
Eis que venho sem demora - Lição 01 - Uma revelação de Jesus Cristo
Eis que venho sem demora - Lição 01 - Uma revelação de Jesus CristoEis que venho sem demora - Lição 01 - Uma revelação de Jesus Cristo
Eis que venho sem demora - Lição 01 - Uma revelação de Jesus Cristo
 
Lição 17 - A postura da igreja na expectativa da volta de Cristo
Lição 17 - A postura da igreja na expectativa da volta de CristoLição 17 - A postura da igreja na expectativa da volta de Cristo
Lição 17 - A postura da igreja na expectativa da volta de Cristo
 
Vicário
VicárioVicário
Vicário
 
Lição 6 - Tribunal de Cristo e os galardões
Lição 6 - Tribunal de Cristo e os galardõesLição 6 - Tribunal de Cristo e os galardões
Lição 6 - Tribunal de Cristo e os galardões
 
31 Adventismo (Parte 4)
31   Adventismo (Parte 4)31   Adventismo (Parte 4)
31 Adventismo (Parte 4)
 
21/09 - Em busca de intimidade com Deus
21/09 - Em busca de intimidade com Deus 21/09 - Em busca de intimidade com Deus
21/09 - Em busca de intimidade com Deus
 
Um novo estilo de vida
Um novo estilo de vidaUm novo estilo de vida
Um novo estilo de vida
 
Licao16
Licao16Licao16
Licao16
 
licao16.pps
licao16.ppslicao16.pps
licao16.pps
 
Um novo estilo de vida
Um novo estilo de vidaUm novo estilo de vida
Um novo estilo de vida
 
minha realidade em Cristo
minha realidade em Cristominha realidade em Cristo
minha realidade em Cristo
 
Inferno
InfernoInferno
Inferno
 
hamartiologia - Doutrina do pecado.
hamartiologia - Doutrina do pecado.hamartiologia - Doutrina do pecado.
hamartiologia - Doutrina do pecado.
 

Semelhante a Templo e SantuáRio do Deus Vivo

06. templo
06. templo06. templo
06. templo
pohlos
 
35. senhor justiça nossa
35. senhor justiça nossa35. senhor justiça nossa
35. senhor justiça nossa
pohlos
 

Semelhante a Templo e SantuáRio do Deus Vivo (20)

MetáFora Do Seis
MetáFora Do SeisMetáFora Do Seis
MetáFora Do Seis
 
Slide aula licao 8 2 trim 2019 o lugar santissimo para a aula
Slide aula licao 8 2 trim 2019 o lugar santissimo para a aulaSlide aula licao 8 2 trim 2019 o lugar santissimo para a aula
Slide aula licao 8 2 trim 2019 o lugar santissimo para a aula
 
Quatro Substantivos Femininos TeolóGico
Quatro Substantivos Femininos TeolóGicoQuatro Substantivos Femininos TeolóGico
Quatro Substantivos Femininos TeolóGico
 
Slide li c ao 2 - 3t - 2019 - a mordomia do corpo para face
Slide li c ao 2 - 3t - 2019 - a mordomia do corpo para faceSlide li c ao 2 - 3t - 2019 - a mordomia do corpo para face
Slide li c ao 2 - 3t - 2019 - a mordomia do corpo para face
 
06. templo
06. templo06. templo
06. templo
 
Sete
SeteSete
Sete
 
Altar, tenda e poços
Altar, tenda e poçosAltar, tenda e poços
Altar, tenda e poços
 
Coroa da Criação
Coroa da CriaçãoCoroa da Criação
Coroa da Criação
 
O Brilho da Almas.pdf
O Brilho da Almas.pdfO Brilho da Almas.pdf
O Brilho da Almas.pdf
 
❉ Respostas 6 - Atos simbólicos_GGR
❉ Respostas 6 - Atos simbólicos_GGR❉ Respostas 6 - Atos simbólicos_GGR
❉ Respostas 6 - Atos simbólicos_GGR
 
Casa eterna
Casa eternaCasa eterna
Casa eterna
 
O-fariseu-o-publicano-e-um-homem-em-Cristo-J-N-DARBY.pdf
O-fariseu-o-publicano-e-um-homem-em-Cristo-J-N-DARBY.pdfO-fariseu-o-publicano-e-um-homem-em-Cristo-J-N-DARBY.pdf
O-fariseu-o-publicano-e-um-homem-em-Cristo-J-N-DARBY.pdf
 
O aspecto sombrio da imagem humana
O aspecto sombrio da imagem humanaO aspecto sombrio da imagem humana
O aspecto sombrio da imagem humana
 
Tabernaculo
TabernaculoTabernaculo
Tabernaculo
 
Idolatria latente
Idolatria latenteIdolatria latente
Idolatria latente
 
Adventismo
AdventismoAdventismo
Adventismo
 
Fogo
FogoFogo
Fogo
 
Licao22
Licao22Licao22
Licao22
 
licao22.pps
licao22.ppslicao22.pps
licao22.pps
 
35. senhor justiça nossa
35. senhor justiça nossa35. senhor justiça nossa
35. senhor justiça nossa
 

Mais de lucena

Mais de lucena (20)

Verdade
VerdadeVerdade
Verdade
 
Vara de Arão
Vara de ArãoVara de Arão
Vara de Arão
 
Urim e Tumim
Urim e TumimUrim e Tumim
Urim e Tumim
 
Tríplice Constituição do Homem
Tríplice Constituição do HomemTríplice Constituição do Homem
Tríplice Constituição do Homem
 
Trichotomía
TrichotomíaTrichotomía
Trichotomía
 
Trevas Egocêntricas
Trevas EgocêntricasTrevas Egocêntricas
Trevas Egocêntricas
 
Tipologia Messianica
Tipologia MessianicaTipologia Messianica
Tipologia Messianica
 
Suídicio Temática
Suídicio TemáticaSuídicio Temática
Suídicio Temática
 
Tesouro Oculto
Tesouro OcultoTesouro Oculto
Tesouro Oculto
 
Suídicio Temática
Suídicio TemáticaSuídicio Temática
Suídicio Temática
 
Sofrimento e Seus BenefíCios
Sofrimento e Seus BenefíCiosSofrimento e Seus BenefíCios
Sofrimento e Seus BenefíCios
 
Shir Nash Sirim
Shir Nash SirimShir Nash Sirim
Shir Nash Sirim
 
Segmentos da Nova Era
Segmentos da Nova EraSegmentos da Nova Era
Segmentos da Nova Era
 
Sanguen de Christu
Sanguen de ChristuSanguen de Christu
Sanguen de Christu
 
Salvo em Cristo
Salvo em CristoSalvo em Cristo
Salvo em Cristo
 
Rosa de Sarom
Rosa de SaromRosa de Sarom
Rosa de Sarom
 
Resplandecer
ResplandecerResplandecer
Resplandecer
 
Relógio de Acáz
Relógio de AcázRelógio de Acáz
Relógio de Acáz
 
Quatro Elementos Espirituais
Quatro Elementos EspirituaisQuatro Elementos Espirituais
Quatro Elementos Espirituais
 
Prova e Aprovação
Prova e AprovaçãoProva e Aprovação
Prova e Aprovação
 

Templo e SantuáRio do Deus Vivo

  • 1. Templo e Santuário do Deus Vivo II Crônicas 7:1 Tendo Salomão acabado de orar, desceu fogo do céu e consumiu o holocausto e os sacrifícios; e a glória do Senhor encheu a casa. Gênesis 1:26 E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; domine ele sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu, sobre os animais domésticos, e sobre toda a terra, e sobre todo réptil que se arrasta sobre a terra. I - Menção Temos dois versículos em estudo, que aparecem em sentidos diferentes, no entanto os dois têm uma afinidade espiritual com o templo. Falando de dois tipos de templos: a) Material – O próprio templo b) Espiritual – O Homem Fazendo uma sinopse Bíblica entre ambos, podemos ver o que eles trazem em comum. a) O Templo de Salomão – Como lugar de adoração a Deus b) O homem – Como Templo e morada do Espírito Santo Todos se destacam com valor espiritual. Mas, mostrando a beleza e magnificência do Templo de Salomão que nunca houve igual; infelizmente foi destruído com o decorrer do tempo. Notoriamente o homem continua da mesma forma, desde o principio da fundação do mundo, o qual passará para eternidade ao lado de Deus. II – Templo do Deus Vivo O apostolo Paulo citou nas Sagradas Escrituras grandes referencias, mostrando o homem como morada do Deus Vivo. I Aos Coríntios 3:16-17 16 - Não sabeis vós que sois santuário de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós? 17 - Se alguém destruir o santuário de Deus, Deus o destruirá; porque sagrado é o santuário de Deus, que sois vós. A igreja em Coríntios estava sofrendo forte divisão entre os seus membros, onde cada um se mostrava fiel a determinado apostolo. Mas não quero aproveitar o texto e falar da divisão, e sim, na citação de que somos Templo do Espírito Santo e morada do Deus Vivo. “E se alguém destruir o Templo de Deus (nosso corpo), com
  • 2. certeza Ele nos destruirá”. Mostrando assim, que o Senhor é zeloso para com o homem, não aceitando iniqüidade humana. Simbolicamente como um ourives que se assenta com as suas ferramentas de fogo para refinar o ouro, ou a prata. Somente se levantando quando começa ver o seu rosto reluzir sobre o material. De forma que o Senhor nos fez perfeitos, e nós pecamos diante da sua Santidade. Sendo que na sua auto justiça, Ele se assenta sobre a nossa vida, se levantando somente quando o seu rosto reluz com o fogo em nosso ser. I Aos Coríntios 6:19-20 19 - Ou não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que habita em vós, o qual possuís da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos? 20 - Porque fostes comprados por preço; glorificai, pois a Deus no vosso corpo. Temos a obrigação de refletir gloria de Deus, assim como o espelho reflete a gloria do sol. Na tabela atômica, temos o ouro como metal “Au”, de número 79, que vai em diversas variedades, de 12 a 14 quilates. • Em 12 quilates temos o metal misturado; • Em 24 quilates, encontramos o ouro puro. • Encontramos também o “Ouro Branco”, que possui uma mistura de 20 a 50% de níquel. Fazendo uma comparação com os seres humanos, encontramos pessoas semelhantes a ouro. Havendo crentes genuínos, que mostram a imagem pura de Deus, e os homens naturais, apenas com um pouco de brilho divino, que trazem dentro do interior grande quantidade de material sem valor e uma ferrugem que aumente todos os dias. Outro exemplo interessante a respeito do homem no pecado: • O ser humano não foi criado para ingerir álcool, caso contrario o Senhor teria colocado um carburador, ou sistema de injeção eletrônica; • O homem não foi criado para ingerir ou liberar fumaça; nesse caso Deus teria criado uma chaminé à cabeça de todos, ou quem sabe teria colocado um cano de escape como nos veículos • O homem não foi instituído para está rebolando nas baladas; caso isso fosse determinado, todo mundo teria um amortecedor como nos carros. Para ironiza um pouco o nosso estudo, quero lembrar um cientista por nome Charlin Daws, com a tese que o homem veio do macaco. Se isso fosse verdade, a avó do cientista seria uma macaca. Entretanto, nós viemos da volição de Deus, que o inimigo das nossas almas queira ou não, somos imagem e semelhança do nosso Criador e morada do Espírito Santo.
  • 3. III – FIM Os diamantes quando encontrados na natureza são pretos como o carvão. Com um processo de lapidação eles vão tornando-se cintilantes e reluzentes ao brilho da luz. Assim acontece com o pecador, que preto e sem fulgor, ao se aproximar de Deus vai sendo lapidado até se tornar brilhante como Jesus Cristo. Apocalipse 21:22 E não vi Templo, porque o seu Templo é o Senhor, o Senhor Deus todo poderoso. Jesus te ama Presbítero Robson Colaço de Lucena Webmaster Alice Alves de Lucena Webmaster Alisson Alves de Lucena Visite o site: http://missaoamerica.googlepages.com Faça donwloard de Pregação e Musicas em mp3 no site: http://missaomp3.googlepages.com