SlideShare uma empresa Scribd logo
[object Object],catequista: Fátima Pereira
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],confissão catequista: Fátima Pereira
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],catequista: Fátima Pereira
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Sacramento da Reconciliação  catequista: Fátima Pereira
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Propósito firme de emenda, isto é procurar com todas as minhas forças mudar de vida , não voltar a cometer aqueles pecados. catequista: Fátima Pereira
[object Object],[object Object],A semente é a Tua Palavra Senhor quem a acolhe no coração dará fruto e terá vida  catequese 16 ) As crianças semearam o trigo, cuidaram dele e assim experimentam o sentido da semente que cai na terra boa « Na Eucaristia ouvimos a Palavra do Senhor» catequista: Fátima Pereira
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],« Na Eucaristia damos graças ao Senhor nosso Deus» catequista: Fátima Pereira
E em diálogo  louvamos  e agradecemos  a Deus Sac.:  O Senhor esteja convosco Ass.:  Ele está no meio de nós Sac.:  Corações ao alto Ass.:  O nosso coração está em Deus Sac.:  Demos graças ao Senhor, nosso Deus Ass.:  É nosso dever, é nossa salvação Repararam no que dissemos?  O nosso coração está em Deus , estamos a afirmar que abrimos o coração ao grande Amor de Deus « Na Eucaristia damos graças ao Senhor nosso Deus» Oração Eucarística
É o momento que devemos estar de joelhos e em silencio, cheios de respeito e admiração  pelo que Jesus esta a fazer  através do Sr. Padre É quando o sacerdote  invoca o Espírito Santo sobre o pão e o vinho, através das mãos estendidas, para que se encham da força divina e se tornem no Corpo e no Sangue de Cristo. Depois da  aclamação de toda a assembleia:  Santo, santo, santo  É o Senhor, Deus do Universo… Consagração « Na Eucaristia celebramos a oferta de Jesus por nós»
(Catequese 22) As palavras de Jesus: Tomai todos e comei. Isto é o Meu Corpo, que será entregue por vós. Tomai todos e bebei. Este é o cálice do Meu Sangue, o Sangue da nova e eterna aliança, que será derramado por vós e por todos para remissão dos pecados. Fazei isto em memória de Mim . Depois de cada momento, guarda-se um tempo de silêncio e adoração, em que cada um pode rezar a Cristo ali presente, aclamando-O  “ meu Senhor e meu Deus ” « Na Eucaristia celebramos a oferta de Jesus por nós»
Ao dizer as palavras de Jesus, o sacerdote entrega-se totalmente.  Deixa de ser, assim, um mero relato:  É o próprio Cristo que, através do sacerdote, fala e repete as palavras da Última Ceia para cada um daqueles que participam na Eucaristia . « Na Eucaristia celebramos a oferta de Jesus por nós»
De pé cheia de alegria a assembleia  aclama  o acontecimento do qual são sacramento o pão e o vinho: Sac.:  Mistério da Fé! Ass.:  Anunciamos, Senhor, a Vossa Morte, proclamamos a Vossa Ressurreição. Vinde, Senhor Jesus! « Na Eucaristia celebramos a oferta de Jesus por nós»
« Na Eucaristia celebramos a oferta de Jesus por nós» Apresenta-se ao Pai este Sacramento, que é a  única oferenda que realizou plenamente a  união entre Deus e os homens, o único sacrifício . Neste momento, invoca-se novamente o Espírito Santo, para que a obra realizada por Jesus Cristo  continue nos que celebram este memorial e para que  estes  realizem também aquilo que Ele realizou Depois o sacerdote, recorda o sentido do sacramento :  Que é o memorial da Morte e Ressurreição de Jesus Cristo .
Intercessões  Neste momento, recordam-se as necessidades da Igreja e do mundo ,  Lembramos a Igreja, espalhada por todo o mundo, o Papa, os Bispos e todos os que estão ao serviço do povo. Os irmãos que já partiram (os defuntos)  E todos os que ainda vivemos neste mundo. « Na Eucaristia celebramos a oferta de Jesus por nós»
Toda a celebração conduz  para este último momento:  Alimentar-se do Corpo e Sangue de Jesus . É o Banquete Pascal, para o qual está convidada toda a Igreja . « Na Eucaristia celebramos a oferta de Jesus por nós» Comunhão
Pai Nosso ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],« Na Eucaristia celebramos a oferta de Jesus por nós» Comunhão
2 - Gesto da Paz Este não é só um momento simpático. É-o na condição de que se entenda  que, ao  fazê-lo, cada um aceita o compromisso de trabalhar pela comunhão e reconciliação com os irmãos. Tem um sentido não só individual, mas também colectivo, pelo qual  afirmamos a superação daquilo que nos divide . « Na Eucaristia celebramos a oferta de Jesus por nós» Comunhão
Fracção do Pão Do único pão que é Jesus Cristo, participa toda a assembleia, de maneira que toda a assembleia não é já uma justaposição de pessoas isoladas, mas uma comunidade que participa do mesmo alimento, Jesus Cristo Filho de Deus e Maria. (Catequese 14 “Comungamos o Corpo de Cristo”) Enquanto se faz este gesto, canta-se ou reza-se o  Cordeiro de Deus , no qual a ideia de “Jesus Cristo, pão partido” passa a “Jesus Cristo partido e entregue à morte por nós” FORMAMOS UM SÓ CORPO  (ESSE CORPO É?) « Feliz os convidados para a Ceia do Senhor» O Espírito Santo que recebemos pela 1ª vez no Baptismo fez de cada um de nós membros do Corpo de Cristo que é a Igreja. O Corpo de Cristo que comungamos na Missa faz-nos tão amigos uns dos outros que todos juntos formamos o Corpo de Cristo que é a Igreja Comunhão
Está a chegar a 1ª Comunhão dos vossos filhos Que é também uma festa da família, por isso se deve preparar, para o grande acontecimento. Dando continuidade ao Baptismo que pediste à Igreja para os vossos filhos Vós, Pais, sois chamados a preparar e a viver com os vossos filhos esta caminhada para 1ª Comunhão. Procurai visitar com eles, neste tempo de preparação para a Comunhão, o Santíssimo Sacramento, mostrai gestos e sinais de veneração pela presença de Jesus no Sacrário chamem a atenção para o significado da lâmpada, do silêncio,  da genuflexão, do momento de oração pessoal.  Rezem com eles diariamente, dando graças a Deus pelo dom da vida, do amor, do perdão… CATEQUESE FAMILIAR
[object Object],[object Object],[object Object],CATEQUESE FAMILIAR
catequista: Fátima Pereira
Conversai com eles sobre este momento depois da comunhão Que  deve ser um espaço oração pessoal Rezai com eles para que fixem a oração:  “ Graças e louvores se dêem a todo o momento ao Santíssimo Sacramento” 5 - Pós-Comunhão « Feliz os convidados para a Ceia do Senhor»
catequista: Fátima Pereira
catequista: Fátima Pereira

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Santa Ceia do Senhor
Santa Ceia do SenhorSanta Ceia do Senhor
Santa Ceia do Senhor
Almy Alves
 
Formação com Catequistas
Formação com CatequistasFormação com Catequistas
Formação com Catequistas
José Vieira Dos Santos
 
Missa primeira eucaristia
Missa primeira eucaristiaMissa primeira eucaristia
Missa primeira eucaristia
Jean Almeida
 
Retiro com catequistas
Retiro com catequistasRetiro com catequistas
Retiro com catequistas
José Vieira Dos Santos
 
CONTEMPLAÇÃO-TERÇOS -
CONTEMPLAÇÃO-TERÇOS -CONTEMPLAÇÃO-TERÇOS -
CONTEMPLAÇÃO-TERÇOS -
GRUPO DE ORAÇÃO ANJO RAFAEL
 
Mistagogia: caminho para o mistério
Mistagogia: caminho para o mistérioMistagogia: caminho para o mistério
Mistagogia: caminho para o mistério
Fábio Vasconcelos
 
Reunião dos-coroinhas-14-03-2015
Reunião dos-coroinhas-14-03-2015Reunião dos-coroinhas-14-03-2015
Reunião dos-coroinhas-14-03-2015
Agostinho Silva
 
formação para catequistas
formação para catequistasformação para catequistas
formação para catequistas
Alexandre Alves Rocha
 
Modelo carta de transferência
Modelo   carta de transferênciaModelo   carta de transferência
Modelo carta de transferência
pibfsa
 
HISTÓRIA DAS CAMPANHAS DA FRATERNIDADE
HISTÓRIA DAS CAMPANHAS DA FRATERNIDADEHISTÓRIA DAS CAMPANHAS DA FRATERNIDADE
HISTÓRIA DAS CAMPANHAS DA FRATERNIDADE
Bernadetecebs .
 
Formação batismo pais e padrinhos Católicos
Formação batismo pais e padrinhos Católicos Formação batismo pais e padrinhos Católicos
Formação batismo pais e padrinhos Católicos
Rodrigo F Menegatti
 
Folheto 1° comunhao 2012
Folheto 1° comunhao 2012Folheto 1° comunhao 2012
Folheto 1° comunhao 2012
Rogenia
 
Encontros de catequese
Encontros de catequeseEncontros de catequese
Encontros de catequese
sheilajo
 
Carta de apresentação da igreja
Carta de apresentação da igrejaCarta de apresentação da igreja
Carta de apresentação da igreja
Paulo Candido
 
A santa missa parte por parte
A santa missa parte por parteA santa missa parte por parte
A santa missa parte por parte
Francisco Rodrigues
 
Santíssima Trindade
Santíssima TrindadeSantíssima Trindade
Santíssima Trindade
CatequesedoSagrado
 
Catequese IVC - Reflexão para Retiro com jovens
Catequese IVC - Reflexão para Retiro com jovensCatequese IVC - Reflexão para Retiro com jovens
Catequese IVC - Reflexão para Retiro com jovens
Fábio Vasconcelos
 
Missal Santoral Festa de São Judas Tadeu Uberaba -2013
Missal Santoral  Festa de São Judas Tadeu  Uberaba -2013Missal Santoral  Festa de São Judas Tadeu  Uberaba -2013
Missal Santoral Festa de São Judas Tadeu Uberaba -2013
Maria Isaltina Santana
 
1º ANO DE EUCARISTIA
1º ANO DE EUCARISTIA1º ANO DE EUCARISTIA
1º ANO DE EUCARISTIA
Catequista Josivaldo
 
Encontro de Catequistas
Encontro de Catequistas  Encontro de Catequistas
Encontro de Catequistas
José Vieira Dos Santos
 

Mais procurados (20)

Santa Ceia do Senhor
Santa Ceia do SenhorSanta Ceia do Senhor
Santa Ceia do Senhor
 
Formação com Catequistas
Formação com CatequistasFormação com Catequistas
Formação com Catequistas
 
Missa primeira eucaristia
Missa primeira eucaristiaMissa primeira eucaristia
Missa primeira eucaristia
 
Retiro com catequistas
Retiro com catequistasRetiro com catequistas
Retiro com catequistas
 
CONTEMPLAÇÃO-TERÇOS -
CONTEMPLAÇÃO-TERÇOS -CONTEMPLAÇÃO-TERÇOS -
CONTEMPLAÇÃO-TERÇOS -
 
Mistagogia: caminho para o mistério
Mistagogia: caminho para o mistérioMistagogia: caminho para o mistério
Mistagogia: caminho para o mistério
 
Reunião dos-coroinhas-14-03-2015
Reunião dos-coroinhas-14-03-2015Reunião dos-coroinhas-14-03-2015
Reunião dos-coroinhas-14-03-2015
 
formação para catequistas
formação para catequistasformação para catequistas
formação para catequistas
 
Modelo carta de transferência
Modelo   carta de transferênciaModelo   carta de transferência
Modelo carta de transferência
 
HISTÓRIA DAS CAMPANHAS DA FRATERNIDADE
HISTÓRIA DAS CAMPANHAS DA FRATERNIDADEHISTÓRIA DAS CAMPANHAS DA FRATERNIDADE
HISTÓRIA DAS CAMPANHAS DA FRATERNIDADE
 
Formação batismo pais e padrinhos Católicos
Formação batismo pais e padrinhos Católicos Formação batismo pais e padrinhos Católicos
Formação batismo pais e padrinhos Católicos
 
Folheto 1° comunhao 2012
Folheto 1° comunhao 2012Folheto 1° comunhao 2012
Folheto 1° comunhao 2012
 
Encontros de catequese
Encontros de catequeseEncontros de catequese
Encontros de catequese
 
Carta de apresentação da igreja
Carta de apresentação da igrejaCarta de apresentação da igreja
Carta de apresentação da igreja
 
A santa missa parte por parte
A santa missa parte por parteA santa missa parte por parte
A santa missa parte por parte
 
Santíssima Trindade
Santíssima TrindadeSantíssima Trindade
Santíssima Trindade
 
Catequese IVC - Reflexão para Retiro com jovens
Catequese IVC - Reflexão para Retiro com jovensCatequese IVC - Reflexão para Retiro com jovens
Catequese IVC - Reflexão para Retiro com jovens
 
Missal Santoral Festa de São Judas Tadeu Uberaba -2013
Missal Santoral  Festa de São Judas Tadeu  Uberaba -2013Missal Santoral  Festa de São Judas Tadeu  Uberaba -2013
Missal Santoral Festa de São Judas Tadeu Uberaba -2013
 
1º ANO DE EUCARISTIA
1º ANO DE EUCARISTIA1º ANO DE EUCARISTIA
1º ANO DE EUCARISTIA
 
Encontro de Catequistas
Encontro de Catequistas  Encontro de Catequistas
Encontro de Catequistas
 

Semelhante a Preparaçao 1ª comunhao 2011

A santa missa
A santa missaA santa missa
A santa missa
Lucas Barros
 
A Santa Missa
A Santa MissaA Santa Missa
A Santa Missa
JNR
 
A Santa Missa Liturgia Eucaristica
A Santa Missa Liturgia EucaristicaA Santa Missa Liturgia Eucaristica
A Santa Missa Liturgia Eucaristica
Leone Orlando
 
9 Ideias Para Viver A Eucaristia
9 Ideias Para Viver A Eucaristia9 Ideias Para Viver A Eucaristia
9 Ideias Para Viver A Eucaristia
loboastuto
 
Hora Santa Vocacional 2014
Hora Santa Vocacional 2014Hora Santa Vocacional 2014
Hora Santa Vocacional 2014
José Vieira Dos Santos
 
Livro de peregrinações 2023.pdf
Livro de peregrinações 2023.pdfLivro de peregrinações 2023.pdf
Livro de peregrinações 2023.pdf
Nuno Melo
 
22 02 12
22 02 1222 02 12
Missa 1 eucaristia 2012
Missa 1 eucaristia 2012Missa 1 eucaristia 2012
Missa 1 eucaristia 2012
Catequese são sebastião
 
387
387387
2º dia um coração que aprende
2º dia um coração que aprende2º dia um coração que aprende
2º dia um coração que aprende
Irmão Feliciano Sv
 
1º Encontro - catequese- primeira comunhão 2016
1º Encontro - catequese- primeira comunhão 20161º Encontro - catequese- primeira comunhão 2016
1º Encontro - catequese- primeira comunhão 2016
Catequese Anjos dos Céus
 
1º encontro Familia e Oração
1º encontro Familia e Oração1º encontro Familia e Oração
1º encontro Familia e Oração
Catequese Anjos dos Céus
 
428 maio
428 maio428 maio
423
423423
Jornal Aliança 01/2014
Jornal Aliança 01/2014Jornal Aliança 01/2014
Jornal Aliança 01/2014
CIP2014
 
Missão como transmissao da "Alegria do Evangelho"
Missão como transmissao da "Alegria do Evangelho"Missão como transmissao da "Alegria do Evangelho"
Missão como transmissao da "Alegria do Evangelho"
Jeremias Moisés
 
santa-missa-explicada-ok.pdf
santa-missa-explicada-ok.pdfsanta-missa-explicada-ok.pdf
santa-missa-explicada-ok.pdf
FatimaSanta1
 
Boletim 531 - 16/04/17
Boletim 531 - 16/04/17Boletim 531 - 16/04/17
Boletim 531 - 16/04/17
stanaami
 
A missa segundo o papa francisco
A missa segundo o papa franciscoA missa segundo o papa francisco
A missa segundo o papa francisco
Fábio Vasconcelos
 
Celebração catequistas ago 2010 formato livro
Celebração catequistas ago 2010 formato livroCelebração catequistas ago 2010 formato livro
Celebração catequistas ago 2010 formato livro
Bernadetecebs .
 

Semelhante a Preparaçao 1ª comunhao 2011 (20)

A santa missa
A santa missaA santa missa
A santa missa
 
A Santa Missa
A Santa MissaA Santa Missa
A Santa Missa
 
A Santa Missa Liturgia Eucaristica
A Santa Missa Liturgia EucaristicaA Santa Missa Liturgia Eucaristica
A Santa Missa Liturgia Eucaristica
 
9 Ideias Para Viver A Eucaristia
9 Ideias Para Viver A Eucaristia9 Ideias Para Viver A Eucaristia
9 Ideias Para Viver A Eucaristia
 
Hora Santa Vocacional 2014
Hora Santa Vocacional 2014Hora Santa Vocacional 2014
Hora Santa Vocacional 2014
 
Livro de peregrinações 2023.pdf
Livro de peregrinações 2023.pdfLivro de peregrinações 2023.pdf
Livro de peregrinações 2023.pdf
 
22 02 12
22 02 1222 02 12
22 02 12
 
Missa 1 eucaristia 2012
Missa 1 eucaristia 2012Missa 1 eucaristia 2012
Missa 1 eucaristia 2012
 
387
387387
387
 
2º dia um coração que aprende
2º dia um coração que aprende2º dia um coração que aprende
2º dia um coração que aprende
 
1º Encontro - catequese- primeira comunhão 2016
1º Encontro - catequese- primeira comunhão 20161º Encontro - catequese- primeira comunhão 2016
1º Encontro - catequese- primeira comunhão 2016
 
1º encontro Familia e Oração
1º encontro Familia e Oração1º encontro Familia e Oração
1º encontro Familia e Oração
 
428 maio
428 maio428 maio
428 maio
 
423
423423
423
 
Jornal Aliança 01/2014
Jornal Aliança 01/2014Jornal Aliança 01/2014
Jornal Aliança 01/2014
 
Missão como transmissao da "Alegria do Evangelho"
Missão como transmissao da "Alegria do Evangelho"Missão como transmissao da "Alegria do Evangelho"
Missão como transmissao da "Alegria do Evangelho"
 
santa-missa-explicada-ok.pdf
santa-missa-explicada-ok.pdfsanta-missa-explicada-ok.pdf
santa-missa-explicada-ok.pdf
 
Boletim 531 - 16/04/17
Boletim 531 - 16/04/17Boletim 531 - 16/04/17
Boletim 531 - 16/04/17
 
A missa segundo o papa francisco
A missa segundo o papa franciscoA missa segundo o papa francisco
A missa segundo o papa francisco
 
Celebração catequistas ago 2010 formato livro
Celebração catequistas ago 2010 formato livroCelebração catequistas ago 2010 formato livro
Celebração catequistas ago 2010 formato livro
 

Mais de Paroquia Cucujaes

A familia e os frageis irma conceiçao
A familia e os frageis  irma conceiçaoA familia e os frageis  irma conceiçao
A familia e os frageis irma conceiçao
Paroquia Cucujaes
 
Eucaristia - repartir unir
Eucaristia - repartir unirEucaristia - repartir unir
Eucaristia - repartir unir
Paroquia Cucujaes
 
2 encontro introdutório - catequese familiar
2 encontro introdutório - catequese familiar2 encontro introdutório - catequese familiar
2 encontro introdutório - catequese familiar
Paroquia Cucujaes
 
1 encontro introdutório catequese familiar
1 encontro introdutório catequese familiar1 encontro introdutório catequese familiar
1 encontro introdutório catequese familiar
Paroquia Cucujaes
 
Uma proposta de caminhada para a profissão de fé
Uma proposta de caminhada para a profissão de féUma proposta de caminhada para a profissão de fé
Uma proposta de caminhada para a profissão de fé
Paroquia Cucujaes
 
Como orientar as catequeses da fe jornadas nacionais de catequistas de 2013
Como orientar as catequeses da fe jornadas nacionais de catequistas de 2013Como orientar as catequeses da fe jornadas nacionais de catequistas de 2013
Como orientar as catequeses da fe jornadas nacionais de catequistas de 2013
Paroquia Cucujaes
 
Trabalhos do 5 ano catequese
Trabalhos do 5 ano catequeseTrabalhos do 5 ano catequese
Trabalhos do 5 ano catequese
Paroquia Cucujaes
 
Jv cat (TEMA: “Do Catecismo da Igreja católica aos Catecismos Nacionais”)
Jv cat (TEMA: “Do Catecismo da Igreja católica aos Catecismos Nacionais”)Jv cat (TEMA: “Do Catecismo da Igreja católica aos Catecismos Nacionais”)
Jv cat (TEMA: “Do Catecismo da Igreja católica aos Catecismos Nacionais”)
Paroquia Cucujaes
 

Mais de Paroquia Cucujaes (8)

A familia e os frageis irma conceiçao
A familia e os frageis  irma conceiçaoA familia e os frageis  irma conceiçao
A familia e os frageis irma conceiçao
 
Eucaristia - repartir unir
Eucaristia - repartir unirEucaristia - repartir unir
Eucaristia - repartir unir
 
2 encontro introdutório - catequese familiar
2 encontro introdutório - catequese familiar2 encontro introdutório - catequese familiar
2 encontro introdutório - catequese familiar
 
1 encontro introdutório catequese familiar
1 encontro introdutório catequese familiar1 encontro introdutório catequese familiar
1 encontro introdutório catequese familiar
 
Uma proposta de caminhada para a profissão de fé
Uma proposta de caminhada para a profissão de féUma proposta de caminhada para a profissão de fé
Uma proposta de caminhada para a profissão de fé
 
Como orientar as catequeses da fe jornadas nacionais de catequistas de 2013
Como orientar as catequeses da fe jornadas nacionais de catequistas de 2013Como orientar as catequeses da fe jornadas nacionais de catequistas de 2013
Como orientar as catequeses da fe jornadas nacionais de catequistas de 2013
 
Trabalhos do 5 ano catequese
Trabalhos do 5 ano catequeseTrabalhos do 5 ano catequese
Trabalhos do 5 ano catequese
 
Jv cat (TEMA: “Do Catecismo da Igreja católica aos Catecismos Nacionais”)
Jv cat (TEMA: “Do Catecismo da Igreja católica aos Catecismos Nacionais”)Jv cat (TEMA: “Do Catecismo da Igreja católica aos Catecismos Nacionais”)
Jv cat (TEMA: “Do Catecismo da Igreja católica aos Catecismos Nacionais”)
 

Preparaçao 1ª comunhao 2011

  • 1.
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8. E em diálogo louvamos e agradecemos a Deus Sac.: O Senhor esteja convosco Ass.: Ele está no meio de nós Sac.: Corações ao alto Ass.: O nosso coração está em Deus Sac.: Demos graças ao Senhor, nosso Deus Ass.: É nosso dever, é nossa salvação Repararam no que dissemos? O nosso coração está em Deus , estamos a afirmar que abrimos o coração ao grande Amor de Deus « Na Eucaristia damos graças ao Senhor nosso Deus» Oração Eucarística
  • 9. É o momento que devemos estar de joelhos e em silencio, cheios de respeito e admiração pelo que Jesus esta a fazer através do Sr. Padre É quando o sacerdote invoca o Espírito Santo sobre o pão e o vinho, através das mãos estendidas, para que se encham da força divina e se tornem no Corpo e no Sangue de Cristo. Depois da aclamação de toda a assembleia: Santo, santo, santo É o Senhor, Deus do Universo… Consagração « Na Eucaristia celebramos a oferta de Jesus por nós»
  • 10. (Catequese 22) As palavras de Jesus: Tomai todos e comei. Isto é o Meu Corpo, que será entregue por vós. Tomai todos e bebei. Este é o cálice do Meu Sangue, o Sangue da nova e eterna aliança, que será derramado por vós e por todos para remissão dos pecados. Fazei isto em memória de Mim . Depois de cada momento, guarda-se um tempo de silêncio e adoração, em que cada um pode rezar a Cristo ali presente, aclamando-O “ meu Senhor e meu Deus ” « Na Eucaristia celebramos a oferta de Jesus por nós»
  • 11. Ao dizer as palavras de Jesus, o sacerdote entrega-se totalmente. Deixa de ser, assim, um mero relato: É o próprio Cristo que, através do sacerdote, fala e repete as palavras da Última Ceia para cada um daqueles que participam na Eucaristia . « Na Eucaristia celebramos a oferta de Jesus por nós»
  • 12. De pé cheia de alegria a assembleia aclama o acontecimento do qual são sacramento o pão e o vinho: Sac.: Mistério da Fé! Ass.: Anunciamos, Senhor, a Vossa Morte, proclamamos a Vossa Ressurreição. Vinde, Senhor Jesus! « Na Eucaristia celebramos a oferta de Jesus por nós»
  • 13. « Na Eucaristia celebramos a oferta de Jesus por nós» Apresenta-se ao Pai este Sacramento, que é a única oferenda que realizou plenamente a união entre Deus e os homens, o único sacrifício . Neste momento, invoca-se novamente o Espírito Santo, para que a obra realizada por Jesus Cristo continue nos que celebram este memorial e para que estes realizem também aquilo que Ele realizou Depois o sacerdote, recorda o sentido do sacramento : Que é o memorial da Morte e Ressurreição de Jesus Cristo .
  • 14. Intercessões Neste momento, recordam-se as necessidades da Igreja e do mundo , Lembramos a Igreja, espalhada por todo o mundo, o Papa, os Bispos e todos os que estão ao serviço do povo. Os irmãos que já partiram (os defuntos) E todos os que ainda vivemos neste mundo. « Na Eucaristia celebramos a oferta de Jesus por nós»
  • 15. Toda a celebração conduz para este último momento: Alimentar-se do Corpo e Sangue de Jesus . É o Banquete Pascal, para o qual está convidada toda a Igreja . « Na Eucaristia celebramos a oferta de Jesus por nós» Comunhão
  • 16.
  • 17. 2 - Gesto da Paz Este não é só um momento simpático. É-o na condição de que se entenda que, ao fazê-lo, cada um aceita o compromisso de trabalhar pela comunhão e reconciliação com os irmãos. Tem um sentido não só individual, mas também colectivo, pelo qual afirmamos a superação daquilo que nos divide . « Na Eucaristia celebramos a oferta de Jesus por nós» Comunhão
  • 18. Fracção do Pão Do único pão que é Jesus Cristo, participa toda a assembleia, de maneira que toda a assembleia não é já uma justaposição de pessoas isoladas, mas uma comunidade que participa do mesmo alimento, Jesus Cristo Filho de Deus e Maria. (Catequese 14 “Comungamos o Corpo de Cristo”) Enquanto se faz este gesto, canta-se ou reza-se o Cordeiro de Deus , no qual a ideia de “Jesus Cristo, pão partido” passa a “Jesus Cristo partido e entregue à morte por nós” FORMAMOS UM SÓ CORPO (ESSE CORPO É?) « Feliz os convidados para a Ceia do Senhor» O Espírito Santo que recebemos pela 1ª vez no Baptismo fez de cada um de nós membros do Corpo de Cristo que é a Igreja. O Corpo de Cristo que comungamos na Missa faz-nos tão amigos uns dos outros que todos juntos formamos o Corpo de Cristo que é a Igreja Comunhão
  • 19. Está a chegar a 1ª Comunhão dos vossos filhos Que é também uma festa da família, por isso se deve preparar, para o grande acontecimento. Dando continuidade ao Baptismo que pediste à Igreja para os vossos filhos Vós, Pais, sois chamados a preparar e a viver com os vossos filhos esta caminhada para 1ª Comunhão. Procurai visitar com eles, neste tempo de preparação para a Comunhão, o Santíssimo Sacramento, mostrai gestos e sinais de veneração pela presença de Jesus no Sacrário chamem a atenção para o significado da lâmpada, do silêncio, da genuflexão, do momento de oração pessoal. Rezem com eles diariamente, dando graças a Deus pelo dom da vida, do amor, do perdão… CATEQUESE FAMILIAR
  • 20.
  • 22. Conversai com eles sobre este momento depois da comunhão Que deve ser um espaço oração pessoal Rezai com eles para que fixem a oração: “ Graças e louvores se dêem a todo o momento ao Santíssimo Sacramento” 5 - Pós-Comunhão « Feliz os convidados para a Ceia do Senhor»

Notas do Editor

  1. atequese 15) Procuramos momentos da nossa vida em que partilhamos e agradecemos a Deus e aos outros (a comida que os pais colocam na mesa, o trabalho dos pais…) O Ofertório marca o início da segunda parte da Missa, em que o centro de atenção muda do lugar das leituras e do presidente da celebração para o altar . O que se faz neste momento é a preparação de tudo aquilo que depois se usará na Oração Eucarística. Deve ser um momento de calma entre os dois momentos fortes: A Liturgia da Palavra e a Oração Eucarística .. Levam-se para o altar os dons que se vão converter no Corpo e Sangue de Cristo. Acrescentam-se também as outras ofertas (normalmente dinheiro), destinados aos pobres ou à Igreja, acentuando o sentido de que cada um entra no dinamismo de comunhão próprio da Eucaristia