SlideShare uma empresa Scribd logo
Alunos: Guilherme Santana e Luísa Duarte.
História
Povo Hebreu
“Deus estará conosco,
enquanto nós estivermos
com ele”
ORIGEM
Vamos analisar essa
ESPÉCIE de povo!
S
Após o dilúvio (+7.500 anos
atrás), os ANTEPASSADOS
dos HEBREUS viveram como
nômades.
Nessa época os dois grandes
centros de civilização do
Oriente média, localizavam-se
Egito Mesopotâmia
Entre eles situavam-se o MAR
MORTO e a PALESTINA, que
formava a única rota viável para:
Exército
Comércio
Pastoreio
Nomadismo
S
Um dos pastores hebreus,
chamava-se Abraão,
descendente de Noé. Partiram em
direção a Canaã,
de Harã.
Tudo feito sob as ordens
do Senhor... Ele
prometera a Abraão,
que sua linhagem se
espalharia pela Terra,
como o povo escolhido.
Canaã, sendo assim, a
Terra Prometida.
S
D
D
Harã
Ur
D
Dividir e conquistar!
D
"Então JACÓ TEVE 12
FILHOS... Onde
estabeleceu as doze
tribos..."
D
CALMAAA...!
D
D
LEVI teve os descendentes voltados para o culto a Deus.
José foi substituído por Efraim e Manassés. As tribos nunca mais se uniram.
D
CONCLUSÃO:
JACÓ TEVE 12FILHOS.
(Que espalharam sua linhagem... muito.)
D
PRIMEIRO DE VÁRIOS PERRENGUES...!
Aqui não é a casa da
Mãe Joana, não!
S
Canaã
Por conta da seca
Na Palestina
E a Morte de
José
Começaram a
ser
escravizados.
O povo Hebreu migrou
em direção ao Egito,
que sofria invasão dos
hicsos.
S
UMA NOVA ESPERANÇA...
Se criatividade
matasse...
NÃO ENCHE!
S
Libertados da
escravidão, por
Moisés, no episódio
bíblico da travessia
do Mar Vermelho.
Onde Moisés, abre
uma passagem e
divide o mar, para
que os hebreus
fujam de regresso à
Palestina.
S
Infelizmente, enquanto Moisés esteve no Monte
Sinai por 40 dias p/ receber Os Mandamentos,
Arão permitiu um ídolo de BEZERRO dourado.
Considerado pecado, desobedecendo a Deus..
Deus mata Arão.
Moisés
decepcionou Deus,
morrendo antes
de encontrar
Canaã, a terra
prometida.
Josué
Que conduz o povo
nesta conquista, e
reconquista o
território.
Segundo a Bíblia, na volta do hebreus à
Palestina que Moisés recebeu as tábuas
contendo os dez mandamentos de Deus.
D
TERRITÓRIO CONSOLIDADO!
Assim, vocês não tão reclamando de
barriga cheia, não? Deixei tudo
conquistado...! Ficaram uns
349 anos sem reis? Ficaram... MAS E
OS JUÍZES? Ah...
D
JACÓ TEVE 12FILHOS*
(Onde estabeleceu-se as doze
tribos de Israel.)
Depois do falecimento
de Salomão em 935 a.C
as forças de defesa
reduziram-se
e tornaram-se
vulneráveis a invasões,
onde sucederam-se
consecutivas revoltas.
Está separação do reino
de Israel, é denominada
de Cisma.
* Reino do SUL (t. Judá
e Benjamin) - Cp.
Jerusalém
* Reino do NORTE (10
t.)– Cp. Samaria
As tribos se unem em um reino
único, que começa com Rei Saul
(eleito pelo Juiz Samuel), depois
Davi e termina com Salomão.
Dura 120 anos. 40 a/rei
D
D
D
D
UM CATIVEIRO INCOMODA MUITA
GENTE!
DOIS CATIVEIROS, INCOMODAM,
INCOMODAM MUITO MAIS!
FRESCURA!!!
S
Nabucodonosor II exila
os Judeus de Judá, com
invasão em Jerusalém.
(586 a.C).
Destruição do templo de
Jerusalém (587 a.C).
Judeus obrigados a
pagar tributos e a servir
os dominantes.
Ciro II, líder
persa, repatriou os
hebreus, que estavam em
cativeiro na Babilônia.
Autorizou-os a regressar à
Judéia. (537 a.C).
S
Perfeitos, zero
defeitos
CONTATO COM OS ROMANOS
D
Ilustração da guerra Judaico-Romana. (70 d.C)
D
INFRAESTRUTURA
Chega de falar de
matança, né?
D
Cultura
Surgiu muito
cedo através de
uma escrita
própria. mas
foram difíceis
de serem
identificados.
Arqueólogos
Cerca de milênios a. C., (época do Êxodo).
Aos poucos eles foram substituindo, em sua
escrita a sua língua original pelo aramaico,
que era a língua comercial e diplomática do
Oriente Fragmento de pedra
com escrita em
aramaico
S
Cultura
Nas artes o
monoteísmo hebraico
influenciou todas as
realizações culturais
dos hebreus.
Arquitetura, especialmente
a construção de Templos,
muralhas e fortificações.
A maior realização arquitetônica
foi o Templo de Jerusalém.
Ciência
Não apresentou
progresso notável.
Residiu
principalmente
na esfera religiosa
e moral.
Valores
Culturais
S
Religião
- Judaísmo
- Cultuavam a Javé (essa
religião estava baseada
nos Dez Mandamentos)
- Menorá, símbolo
sagrado.
- Meninos circuncidados
aos oito anos.
Monoteístas
Essa religião, criada por
Moisés, acredita em um único
Deus (Jeová), na imortalidade
da alma.
No juízo final, recompensas e
castigos após a morte e na
vinda de um messias.
D
É um período de descanso, começa na
tarde de sexta-feira, termina na noite de
sábado.
Sabá (ou Shabat)
O Quipá signfica
respeito a Deus no
momento de suas
orações.
Quipá
S
Para as meninas se
chama Bat Mitzvá que
ocorre aos 12 anos.
Bar Mitzvá e Bat Mitzvá:
O Bar Mitzvá é uma iniciação de meninos judeus ao
mundo adulto, e a comunidade ativa dos judeus. As
comemorações do Bar Mitzvá são das maiores escalas
possíveis. Ocorrem aos 13 anos de idade.
S
Purim é uma festa judaica que
comemora a salvação dos judeus
persas do plano de Hamã, para
exterminá-los.
(Conto de Ester)
09/03 até 10/03 (2020)
Comemora o Êxodo.
08/04 até 16/04 (2020)
Comemora a revelação
da Torá aos judeus.
28/05 até 30/05 (2020)
Festas
S
Ano novo judaico.
18/09 até 20/09 (2020)
27/09 até 28/09 (2020)
Dia do perdão. Os
judeus jejum por 24h
para se purificar.
02/10 até 09/10 (2020)
Comemoração à
peregrinação de 40
anos no Deserto do
Sinai
Festas
Sucot
S
SOCIEDADE
O exército hebreu era armado com
escudos, espadas, lanças, e suas
armaduras não eram ultrapassadas,
Exército
Para aumentar seus territórios, na
época de Josué e defender
fronteiras;.
Povo altamente religioso, tiveram
um passado politeísta que se
converteu em monoteísta.
A mulher era caseira,
reprodutora, e em algumas
situações auxiliava
o marido,
com
conselhos,
mas era se
cundária,
muitas
vezes
considera
da
"incapaz".
S
ÉPOCA DOS PATRIARCAS
ÉPOCA DOS JUÍZES
ÉPOCA DOS REIS
• Poder descentralizado
• Laços fracos
• Propensos à invasão
• Semi-nômades
• Clãs (aqueles 12)
• Profetas com qualidades
militares guiam o povo
(juízes).
• Ganho de poder militar.
• Expansões territoriais em
Canaã.
• Juízes
Importantes: Jagar,
Gedeão, Sansão e Samuel.
• Poder centralizado.
• Sedentários.
• Expansão territorial e
comercial.
• Reis: Saul, Davi e Salomão.
• Salomão morre em 926 a.C e
as tribos se dividem entre
Israel e Judá.
POLÍTICA
D
Visto que o cristianismo tem origem
na religião judaica, a civilização hebraica
influenciou largamente a civilização
contemporânea.
Passaram a se dedicar à
agricultura, ao artesanato e ao
comércio.
Economia
O povo hebreu era um povo
nômade., que adaptou-se ao
sedentarismo.
Quando voltaram a Palestina.
Herança
Cultural
Os hebreus construíram
grandes palácios e templos, o
maior deles foi o Templo de
Jerusalém, que existe até hoje.
S
 Moisés guia o povo
hebreu até Canaã. (1270-
1220 a.C)
 Ciro II, líder persa,
repatriou os hebreus, que
estavam em cativeiro na
Babilônia. Autorizou-os a
regressar à Judéia. (537
a.C)
 Fundação do Estado
de Israel (1948) -
Movimento Sionista.
S
D
Judaísmo Cristianismo
Hebreu
Os Judeus acreditavam em um Messias, mas nem todos
aceitaram que poderia ser Jesus, dividindo o povo.
D
OS CARAS NÃO REPRESETAVAM SOM
DE VOGAL NA ESCRITA, FOI UM PARTO
DESVENDAR...
D
Monoteísmo desde SEMPRE?... Acho que não...
Algumas pesquisas
arqueológicas
suscitam a teoria
de que Deus-Javé,
fora um dentre
diversos deuses do
panteão do povo
que originou os
Hebreus,
entretanto, Javé
fora nomeado
como único,
especialmente pela
influência de
Abraão e Moisés.
Pode ter recebido
educação religiosa, e
possivelmente
conviveu com
Akhenaton (faraó que
tornou o Egito
monoteísta), assim
teria se inspirado na
produção dos 10
Mandamentos, que
possuíam muito peso
político.
Moisés é um
nome egípcio (term.
"és", "filho de" = filho
da água, retirado
das águas).
D
 Todo mundo aprendeu que os hebreus vagaram por
40 anos no Deserto do Sinai, durante a diáspora.
MAS HÁ UM MOTIVO PARA TAMANHA DEMORA!
EU SABIA O
QUE EU
ESTAVA
FAZENDO!
D
D
• Torá é o livro sagrado
dos JUDEUS,Talmud é
outro livro judaico,
que complementa a
Torá. Não a Bíblia.
• Torá significa lei ou
instrução.
D
NINGUÉM (É DE NINGUÉM) VEIO DA
COSTELA DE NINGUÉM!!!
A passagem bíblica que
expressa Eva ter sido criada
a partir da costela de Adão
está possivelmente errada!
O termo "costela" é
semelhante a "lado" em
árabe, essa confusão
originou a crença da mulher
ter sido criada DO homem,
não AO LADO dele.
D
Povo Hebreu na Antiguidade
 BÍBLIA. Antigo Testamento (1500 a.C - 450 a.C).
 TORÁ. Neviim e Ketuvim (450 a.C)
 YESHUA EM PORTUGUÊS. A Conversão de Saulo. Disponível em:
<https://ccyeshuaemportugues.wordpress.com/2019/01/05/a-conversao-de-saulo-atos-91-
30/ > Acesso em: 19 de MAR, 2020.
 LOUSADA, Leonardo. LANARO, Bruno. Judaísmo: Origem e História. Disponível em:
<https://www.youtube.com/watch?v=3kGJ1SlqVTg> Acesso em: 19 de MAR, 2020. (2016)
 ALBUQUERQUE, Camila. Origem e História dos Hebreus. Disponível em:
https://www.estudopratico.com.br/historia-dos-povos-hebreus/ Acesso em: 19 de MAR, 2020
 LOUSADA, Leonardo. LANARO, Bruno. Os Semitas Disponível em:
<https://www.youtube.com/watch?v=NSKvVs-lT0A> Acesso em: 20 de MAR, 2020.
 JOSEFO, Flávio. HISTÓRIA DOS HEBREUS. (1992)
 SUPERINTERESSANTE. O que é um Bar Mitzvá
 LOUSADA, Leonardo. LANARO, Bruno. Tradições Judaicas. Disponível
em:<https://www.youtube.com/watch?v=7q7yA0fcO9c> Acesso em: 20 de MAR, 2020.
 SLIDE_SHARE. Queda dos 2 Reinos. Disponível em:
https://www.slideshare.net/MiriNav/2-reis-queda-do-reino-do-sul

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Armaduras de Deus estudo
Armaduras de Deus   estudoArmaduras de Deus   estudo
Armaduras de Deus estudo
vaoliver
 
O oficio sacerdotal de cristo
O oficio sacerdotal de cristoO oficio sacerdotal de cristo
O oficio sacerdotal de cristo
dimas campos
 
Ibadep a familia crista
Ibadep   a familia cristaIbadep   a familia crista
Ibadep a familia crista
Ricardo819
 
Horário para o início do sábado j. n. andrews
Horário para o início do sábado   j. n. andrewsHorário para o início do sábado   j. n. andrews
Horário para o início do sábado j. n. andrews
ASD Remanescentes
 
1. período interbíblico
1. período interbíblico1. período interbíblico
1. período interbíblico
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
Geografia biblica slide
Geografia biblica slideGeografia biblica slide
Geografia biblica slide
André Rocha
 
As viagens de paulo
As viagens de pauloAs viagens de paulo
As viagens de paulo
Albino Filho
 
Montanhas e planícies de Israel
Montanhas e planícies de IsraelMontanhas e planícies de Israel
Montanhas e planícies de Israel
Julio Cesar
 
A Bíblia Diz; Animais limpos e imundos.
A Bíblia Diz; Animais limpos e imundos.A Bíblia Diz; Animais limpos e imundos.
A Bíblia Diz; Animais limpos e imundos.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Judaísmo
JudaísmoJudaísmo
Judaísmo
Thayná Morim
 
A História de Israel - Aula 2 - Os Patriarcas
A História de Israel - Aula 2 - Os PatriarcasA História de Israel - Aula 2 - Os Patriarcas
A História de Israel - Aula 2 - Os Patriarcas
Pr. Luiz Carlos Lopes
 
Aula 1 e 2 Daniel Apocalipse.pdf
Aula 1 e 2 Daniel Apocalipse.pdfAula 1 e 2 Daniel Apocalipse.pdf
Aula 1 e 2 Daniel Apocalipse.pdf
EdilsonJanuariodeSou
 
HISTÓRIA DO POVO HEBREU
HISTÓRIA DO POVO HEBREUHISTÓRIA DO POVO HEBREU
HISTÓRIA DO POVO HEBREU
Iara .
 
4. O Evangelho Segundo Marcos
4. O Evangelho Segundo Marcos4. O Evangelho Segundo Marcos
4. O Evangelho Segundo Marcos
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
IBADEP BÁSICO - HERESIOLOGIA - CAPITULO 1.pptx
IBADEP BÁSICO - HERESIOLOGIA - CAPITULO 1.pptxIBADEP BÁSICO - HERESIOLOGIA - CAPITULO 1.pptx
IBADEP BÁSICO - HERESIOLOGIA - CAPITULO 1.pptx
Rubens Sohn
 
Estudo Livro de Apocalipse - aula II
Estudo Livro de Apocalipse - aula IIEstudo Livro de Apocalipse - aula II
Estudo Livro de Apocalipse - aula II
Daniel de Carvalho Luz
 
5º encontro abraão - inicio da salvação
5º encontro   abraão - inicio da salvação5º encontro   abraão - inicio da salvação
5º encontro abraão - inicio da salvação
Catequese Anjos dos Céus
 
A Criação do Mundo
A Criação do MundoA Criação do Mundo
Visão do Trono de Deus: Apocalipse 4
Visão do Trono de Deus: Apocalipse 4Visão do Trono de Deus: Apocalipse 4
Visão do Trono de Deus: Apocalipse 4
Pr. Welfany Nolasco Rodrigues
 
Agrande tribulação 4
Agrande tribulação 4Agrande tribulação 4
Agrande tribulação 4
Fabio Renato Ventura Pinto
 

Mais procurados (20)

Armaduras de Deus estudo
Armaduras de Deus   estudoArmaduras de Deus   estudo
Armaduras de Deus estudo
 
O oficio sacerdotal de cristo
O oficio sacerdotal de cristoO oficio sacerdotal de cristo
O oficio sacerdotal de cristo
 
Ibadep a familia crista
Ibadep   a familia cristaIbadep   a familia crista
Ibadep a familia crista
 
Horário para o início do sábado j. n. andrews
Horário para o início do sábado   j. n. andrewsHorário para o início do sábado   j. n. andrews
Horário para o início do sábado j. n. andrews
 
1. período interbíblico
1. período interbíblico1. período interbíblico
1. período interbíblico
 
Geografia biblica slide
Geografia biblica slideGeografia biblica slide
Geografia biblica slide
 
As viagens de paulo
As viagens de pauloAs viagens de paulo
As viagens de paulo
 
Montanhas e planícies de Israel
Montanhas e planícies de IsraelMontanhas e planícies de Israel
Montanhas e planícies de Israel
 
A Bíblia Diz; Animais limpos e imundos.
A Bíblia Diz; Animais limpos e imundos.A Bíblia Diz; Animais limpos e imundos.
A Bíblia Diz; Animais limpos e imundos.
 
Judaísmo
JudaísmoJudaísmo
Judaísmo
 
A História de Israel - Aula 2 - Os Patriarcas
A História de Israel - Aula 2 - Os PatriarcasA História de Israel - Aula 2 - Os Patriarcas
A História de Israel - Aula 2 - Os Patriarcas
 
Aula 1 e 2 Daniel Apocalipse.pdf
Aula 1 e 2 Daniel Apocalipse.pdfAula 1 e 2 Daniel Apocalipse.pdf
Aula 1 e 2 Daniel Apocalipse.pdf
 
HISTÓRIA DO POVO HEBREU
HISTÓRIA DO POVO HEBREUHISTÓRIA DO POVO HEBREU
HISTÓRIA DO POVO HEBREU
 
4. O Evangelho Segundo Marcos
4. O Evangelho Segundo Marcos4. O Evangelho Segundo Marcos
4. O Evangelho Segundo Marcos
 
IBADEP BÁSICO - HERESIOLOGIA - CAPITULO 1.pptx
IBADEP BÁSICO - HERESIOLOGIA - CAPITULO 1.pptxIBADEP BÁSICO - HERESIOLOGIA - CAPITULO 1.pptx
IBADEP BÁSICO - HERESIOLOGIA - CAPITULO 1.pptx
 
Estudo Livro de Apocalipse - aula II
Estudo Livro de Apocalipse - aula IIEstudo Livro de Apocalipse - aula II
Estudo Livro de Apocalipse - aula II
 
5º encontro abraão - inicio da salvação
5º encontro   abraão - inicio da salvação5º encontro   abraão - inicio da salvação
5º encontro abraão - inicio da salvação
 
A Criação do Mundo
A Criação do MundoA Criação do Mundo
A Criação do Mundo
 
Visão do Trono de Deus: Apocalipse 4
Visão do Trono de Deus: Apocalipse 4Visão do Trono de Deus: Apocalipse 4
Visão do Trono de Deus: Apocalipse 4
 
Agrande tribulação 4
Agrande tribulação 4Agrande tribulação 4
Agrande tribulação 4
 

Semelhante a Povo Hebreu na Antiguidade

9.os hebreus.2015
9.os hebreus.20159.os hebreus.2015
9.os hebreus.2015
Jose Ribamar Santos
 
A história da formação povo hebreu em formato .pptx
A história da formação povo hebreu em formato .pptxA história da formação povo hebreu em formato .pptx
A história da formação povo hebreu em formato .pptx
richardpscheidt
 
8.a.hebreus.2014
8.a.hebreus.20148.a.hebreus.2014
8.a.hebreus.2014
Jose Ribamar Santos
 
8.a.hebreus.2014
8.a.hebreus.20148.a.hebreus.2014
8.a.hebreus.2014
Ribamar Santos
 
8.a.hebreus.2014
8.a.hebreus.20148.a.hebreus.2014
8.a.hebreus.2014
Ribamar Santos
 
Hebreus história
Hebreus históriaHebreus história
Hebreus história
Fernando Henning
 
O judaísmo - By Eloy Bezerra
O judaísmo - By Eloy BezerraO judaísmo - By Eloy Bezerra
O judaísmo - By Eloy Bezerra
Eloy Bezerra
 
Resumo hebreus
Resumo hebreusResumo hebreus
Resumo hebreus
Péricles Penuel
 
O Povo Hebreu
O Povo HebreuO Povo Hebreu
O Povo Hebreu
Alex Macedo
 
Slides Geografia SETEMIRJ
Slides Geografia SETEMIRJSlides Geografia SETEMIRJ
Slides Geografia SETEMIRJ
Ad Junior
 
Hebreus
HebreusHebreus
Hebreus
Rodrigo Luiz
 
Hebreus
HebreusHebreus
Hebreus
Rodrigo Luiz
 
1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas
1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas
1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas
Daniel Alves Bronstrup
 
1ano hebreuspersasefencios-120430134443-phpapp02(1)
1ano hebreuspersasefencios-120430134443-phpapp02(1)1ano hebreuspersasefencios-120430134443-phpapp02(1)
1ano hebreuspersasefencios-120430134443-phpapp02(1)
Mariana Labes
 
Aula2 geografia-e-historia-do-contexto-do-at
Aula2   geografia-e-historia-do-contexto-do-atAula2   geografia-e-historia-do-contexto-do-at
Aula2 geografia-e-historia-do-contexto-do-at
DivinoHenriqueSantan
 
Trabalho de historia
Trabalho de historiaTrabalho de historia
Trabalho de historia
Heverton Gilber
 
os hebreus
os  hebreusos  hebreus
os hebreus
Gean Bonatto
 
Bibliologia Aula Unica
Bibliologia Aula UnicaBibliologia Aula Unica
Bibliologia Aula Unica
neymattos
 
5. fenícios, persas e hebreus
5. fenícios, persas e hebreus5. fenícios, persas e hebreus
5. fenícios, persas e hebreus
batotario
 
geografiasetemirj-120816093206-phpapp02.pdf
geografiasetemirj-120816093206-phpapp02.pdfgeografiasetemirj-120816093206-phpapp02.pdf
geografiasetemirj-120816093206-phpapp02.pdf
LucianoMachado52
 

Semelhante a Povo Hebreu na Antiguidade (20)

9.os hebreus.2015
9.os hebreus.20159.os hebreus.2015
9.os hebreus.2015
 
A história da formação povo hebreu em formato .pptx
A história da formação povo hebreu em formato .pptxA história da formação povo hebreu em formato .pptx
A história da formação povo hebreu em formato .pptx
 
8.a.hebreus.2014
8.a.hebreus.20148.a.hebreus.2014
8.a.hebreus.2014
 
8.a.hebreus.2014
8.a.hebreus.20148.a.hebreus.2014
8.a.hebreus.2014
 
8.a.hebreus.2014
8.a.hebreus.20148.a.hebreus.2014
8.a.hebreus.2014
 
Hebreus história
Hebreus históriaHebreus história
Hebreus história
 
O judaísmo - By Eloy Bezerra
O judaísmo - By Eloy BezerraO judaísmo - By Eloy Bezerra
O judaísmo - By Eloy Bezerra
 
Resumo hebreus
Resumo hebreusResumo hebreus
Resumo hebreus
 
O Povo Hebreu
O Povo HebreuO Povo Hebreu
O Povo Hebreu
 
Slides Geografia SETEMIRJ
Slides Geografia SETEMIRJSlides Geografia SETEMIRJ
Slides Geografia SETEMIRJ
 
Hebreus
HebreusHebreus
Hebreus
 
Hebreus
HebreusHebreus
Hebreus
 
1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas
1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas
1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas
 
1ano hebreuspersasefencios-120430134443-phpapp02(1)
1ano hebreuspersasefencios-120430134443-phpapp02(1)1ano hebreuspersasefencios-120430134443-phpapp02(1)
1ano hebreuspersasefencios-120430134443-phpapp02(1)
 
Aula2 geografia-e-historia-do-contexto-do-at
Aula2   geografia-e-historia-do-contexto-do-atAula2   geografia-e-historia-do-contexto-do-at
Aula2 geografia-e-historia-do-contexto-do-at
 
Trabalho de historia
Trabalho de historiaTrabalho de historia
Trabalho de historia
 
os hebreus
os  hebreusos  hebreus
os hebreus
 
Bibliologia Aula Unica
Bibliologia Aula UnicaBibliologia Aula Unica
Bibliologia Aula Unica
 
5. fenícios, persas e hebreus
5. fenícios, persas e hebreus5. fenícios, persas e hebreus
5. fenícios, persas e hebreus
 
geografiasetemirj-120816093206-phpapp02.pdf
geografiasetemirj-120816093206-phpapp02.pdfgeografiasetemirj-120816093206-phpapp02.pdf
geografiasetemirj-120816093206-phpapp02.pdf
 

Mais de Luísa Duarte

Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
Luísa Duarte
 
Austrália (geografia)
 Austrália (geografia) Austrália (geografia)
Austrália (geografia)
Luísa Duarte
 
Hirsutismo
HirsutismoHirsutismo
Hirsutismo
Luísa Duarte
 
Baseball beisebol
Baseball beisebolBaseball beisebol
Baseball beisebol
Luísa Duarte
 
Tuvalu 
Tuvalu Tuvalu 
Tuvalu 
Luísa Duarte
 
Reformas Protestantes - Luterana, Anglicana e Calvinista
Reformas Protestantes - Luterana, Anglicana e CalvinistaReformas Protestantes - Luterana, Anglicana e Calvinista
Reformas Protestantes - Luterana, Anglicana e Calvinista
Luísa Duarte
 
Evidências da Reencarnação
Evidências da ReencarnaçãoEvidências da Reencarnação
Evidências da Reencarnação
Luísa Duarte
 
Padrão de Beleza Indiano
Padrão de Beleza IndianoPadrão de Beleza Indiano
Padrão de Beleza Indiano
Luísa Duarte
 

Mais de Luísa Duarte (8)

Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
 
Austrália (geografia)
 Austrália (geografia) Austrália (geografia)
Austrália (geografia)
 
Hirsutismo
HirsutismoHirsutismo
Hirsutismo
 
Baseball beisebol
Baseball beisebolBaseball beisebol
Baseball beisebol
 
Tuvalu 
Tuvalu Tuvalu 
Tuvalu 
 
Reformas Protestantes - Luterana, Anglicana e Calvinista
Reformas Protestantes - Luterana, Anglicana e CalvinistaReformas Protestantes - Luterana, Anglicana e Calvinista
Reformas Protestantes - Luterana, Anglicana e Calvinista
 
Evidências da Reencarnação
Evidências da ReencarnaçãoEvidências da Reencarnação
Evidências da Reencarnação
 
Padrão de Beleza Indiano
Padrão de Beleza IndianoPadrão de Beleza Indiano
Padrão de Beleza Indiano
 

Último

reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
beathrizalves131
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 

Último (20)

reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 

Povo Hebreu na Antiguidade

  • 1. Alunos: Guilherme Santana e Luísa Duarte. História Povo Hebreu “Deus estará conosco, enquanto nós estivermos com ele”
  • 3. Após o dilúvio (+7.500 anos atrás), os ANTEPASSADOS dos HEBREUS viveram como nômades. Nessa época os dois grandes centros de civilização do Oriente média, localizavam-se Egito Mesopotâmia Entre eles situavam-se o MAR MORTO e a PALESTINA, que formava a única rota viável para: Exército Comércio Pastoreio Nomadismo S
  • 4. Um dos pastores hebreus, chamava-se Abraão, descendente de Noé. Partiram em direção a Canaã, de Harã. Tudo feito sob as ordens do Senhor... Ele prometera a Abraão, que sua linhagem se espalharia pela Terra, como o povo escolhido. Canaã, sendo assim, a Terra Prometida. S
  • 5. D
  • 6. D
  • 9. "Então JACÓ TEVE 12 FILHOS... Onde estabeleceu as doze tribos..." D
  • 11. D
  • 12. LEVI teve os descendentes voltados para o culto a Deus. José foi substituído por Efraim e Manassés. As tribos nunca mais se uniram. D
  • 13. CONCLUSÃO: JACÓ TEVE 12FILHOS. (Que espalharam sua linhagem... muito.) D
  • 14. PRIMEIRO DE VÁRIOS PERRENGUES...! Aqui não é a casa da Mãe Joana, não! S
  • 15. Canaã Por conta da seca Na Palestina E a Morte de José Começaram a ser escravizados. O povo Hebreu migrou em direção ao Egito, que sofria invasão dos hicsos. S
  • 16. UMA NOVA ESPERANÇA... Se criatividade matasse... NÃO ENCHE! S
  • 17. Libertados da escravidão, por Moisés, no episódio bíblico da travessia do Mar Vermelho. Onde Moisés, abre uma passagem e divide o mar, para que os hebreus fujam de regresso à Palestina. S
  • 18. Infelizmente, enquanto Moisés esteve no Monte Sinai por 40 dias p/ receber Os Mandamentos, Arão permitiu um ídolo de BEZERRO dourado. Considerado pecado, desobedecendo a Deus.. Deus mata Arão. Moisés decepcionou Deus, morrendo antes de encontrar Canaã, a terra prometida. Josué Que conduz o povo nesta conquista, e reconquista o território. Segundo a Bíblia, na volta do hebreus à Palestina que Moisés recebeu as tábuas contendo os dez mandamentos de Deus. D
  • 19. TERRITÓRIO CONSOLIDADO! Assim, vocês não tão reclamando de barriga cheia, não? Deixei tudo conquistado...! Ficaram uns 349 anos sem reis? Ficaram... MAS E OS JUÍZES? Ah... D
  • 20. JACÓ TEVE 12FILHOS* (Onde estabeleceu-se as doze tribos de Israel.) Depois do falecimento de Salomão em 935 a.C as forças de defesa reduziram-se e tornaram-se vulneráveis a invasões, onde sucederam-se consecutivas revoltas. Está separação do reino de Israel, é denominada de Cisma. * Reino do SUL (t. Judá e Benjamin) - Cp. Jerusalém * Reino do NORTE (10 t.)– Cp. Samaria As tribos se unem em um reino único, que começa com Rei Saul (eleito pelo Juiz Samuel), depois Davi e termina com Salomão. Dura 120 anos. 40 a/rei D
  • 21. D
  • 22. D
  • 23. D
  • 24. UM CATIVEIRO INCOMODA MUITA GENTE! DOIS CATIVEIROS, INCOMODAM, INCOMODAM MUITO MAIS! FRESCURA!!! S
  • 25. Nabucodonosor II exila os Judeus de Judá, com invasão em Jerusalém. (586 a.C). Destruição do templo de Jerusalém (587 a.C). Judeus obrigados a pagar tributos e a servir os dominantes. Ciro II, líder persa, repatriou os hebreus, que estavam em cativeiro na Babilônia. Autorizou-os a regressar à Judéia. (537 a.C). S
  • 27. Ilustração da guerra Judaico-Romana. (70 d.C) D
  • 28. INFRAESTRUTURA Chega de falar de matança, né? D
  • 29. Cultura Surgiu muito cedo através de uma escrita própria. mas foram difíceis de serem identificados. Arqueólogos Cerca de milênios a. C., (época do Êxodo). Aos poucos eles foram substituindo, em sua escrita a sua língua original pelo aramaico, que era a língua comercial e diplomática do Oriente Fragmento de pedra com escrita em aramaico S
  • 30. Cultura Nas artes o monoteísmo hebraico influenciou todas as realizações culturais dos hebreus. Arquitetura, especialmente a construção de Templos, muralhas e fortificações. A maior realização arquitetônica foi o Templo de Jerusalém. Ciência Não apresentou progresso notável. Residiu principalmente na esfera religiosa e moral. Valores Culturais S
  • 31. Religião - Judaísmo - Cultuavam a Javé (essa religião estava baseada nos Dez Mandamentos) - Menorá, símbolo sagrado. - Meninos circuncidados aos oito anos. Monoteístas Essa religião, criada por Moisés, acredita em um único Deus (Jeová), na imortalidade da alma. No juízo final, recompensas e castigos após a morte e na vinda de um messias. D
  • 32. É um período de descanso, começa na tarde de sexta-feira, termina na noite de sábado. Sabá (ou Shabat) O Quipá signfica respeito a Deus no momento de suas orações. Quipá S
  • 33. Para as meninas se chama Bat Mitzvá que ocorre aos 12 anos. Bar Mitzvá e Bat Mitzvá: O Bar Mitzvá é uma iniciação de meninos judeus ao mundo adulto, e a comunidade ativa dos judeus. As comemorações do Bar Mitzvá são das maiores escalas possíveis. Ocorrem aos 13 anos de idade. S
  • 34. Purim é uma festa judaica que comemora a salvação dos judeus persas do plano de Hamã, para exterminá-los. (Conto de Ester) 09/03 até 10/03 (2020) Comemora o Êxodo. 08/04 até 16/04 (2020) Comemora a revelação da Torá aos judeus. 28/05 até 30/05 (2020) Festas S
  • 35. Ano novo judaico. 18/09 até 20/09 (2020) 27/09 até 28/09 (2020) Dia do perdão. Os judeus jejum por 24h para se purificar. 02/10 até 09/10 (2020) Comemoração à peregrinação de 40 anos no Deserto do Sinai Festas Sucot S
  • 36. SOCIEDADE O exército hebreu era armado com escudos, espadas, lanças, e suas armaduras não eram ultrapassadas, Exército Para aumentar seus territórios, na época de Josué e defender fronteiras;. Povo altamente religioso, tiveram um passado politeísta que se converteu em monoteísta. A mulher era caseira, reprodutora, e em algumas situações auxiliava o marido, com conselhos, mas era se cundária, muitas vezes considera da "incapaz". S
  • 37. ÉPOCA DOS PATRIARCAS ÉPOCA DOS JUÍZES ÉPOCA DOS REIS • Poder descentralizado • Laços fracos • Propensos à invasão • Semi-nômades • Clãs (aqueles 12) • Profetas com qualidades militares guiam o povo (juízes). • Ganho de poder militar. • Expansões territoriais em Canaã. • Juízes Importantes: Jagar, Gedeão, Sansão e Samuel. • Poder centralizado. • Sedentários. • Expansão territorial e comercial. • Reis: Saul, Davi e Salomão. • Salomão morre em 926 a.C e as tribos se dividem entre Israel e Judá. POLÍTICA D
  • 38. Visto que o cristianismo tem origem na religião judaica, a civilização hebraica influenciou largamente a civilização contemporânea. Passaram a se dedicar à agricultura, ao artesanato e ao comércio. Economia O povo hebreu era um povo nômade., que adaptou-se ao sedentarismo. Quando voltaram a Palestina. Herança Cultural Os hebreus construíram grandes palácios e templos, o maior deles foi o Templo de Jerusalém, que existe até hoje. S
  • 39.  Moisés guia o povo hebreu até Canaã. (1270- 1220 a.C)  Ciro II, líder persa, repatriou os hebreus, que estavam em cativeiro na Babilônia. Autorizou-os a regressar à Judéia. (537 a.C)  Fundação do Estado de Israel (1948) - Movimento Sionista. S
  • 40. D
  • 41. Judaísmo Cristianismo Hebreu Os Judeus acreditavam em um Messias, mas nem todos aceitaram que poderia ser Jesus, dividindo o povo. D
  • 42. OS CARAS NÃO REPRESETAVAM SOM DE VOGAL NA ESCRITA, FOI UM PARTO DESVENDAR... D
  • 43. Monoteísmo desde SEMPRE?... Acho que não... Algumas pesquisas arqueológicas suscitam a teoria de que Deus-Javé, fora um dentre diversos deuses do panteão do povo que originou os Hebreus, entretanto, Javé fora nomeado como único, especialmente pela influência de Abraão e Moisés. Pode ter recebido educação religiosa, e possivelmente conviveu com Akhenaton (faraó que tornou o Egito monoteísta), assim teria se inspirado na produção dos 10 Mandamentos, que possuíam muito peso político. Moisés é um nome egípcio (term. "és", "filho de" = filho da água, retirado das águas). D
  • 44.  Todo mundo aprendeu que os hebreus vagaram por 40 anos no Deserto do Sinai, durante a diáspora. MAS HÁ UM MOTIVO PARA TAMANHA DEMORA! EU SABIA O QUE EU ESTAVA FAZENDO! D
  • 45. D
  • 46. • Torá é o livro sagrado dos JUDEUS,Talmud é outro livro judaico, que complementa a Torá. Não a Bíblia. • Torá significa lei ou instrução. D
  • 47. NINGUÉM (É DE NINGUÉM) VEIO DA COSTELA DE NINGUÉM!!! A passagem bíblica que expressa Eva ter sido criada a partir da costela de Adão está possivelmente errada! O termo "costela" é semelhante a "lado" em árabe, essa confusão originou a crença da mulher ter sido criada DO homem, não AO LADO dele. D
  • 49.  BÍBLIA. Antigo Testamento (1500 a.C - 450 a.C).  TORÁ. Neviim e Ketuvim (450 a.C)  YESHUA EM PORTUGUÊS. A Conversão de Saulo. Disponível em: <https://ccyeshuaemportugues.wordpress.com/2019/01/05/a-conversao-de-saulo-atos-91- 30/ > Acesso em: 19 de MAR, 2020.  LOUSADA, Leonardo. LANARO, Bruno. Judaísmo: Origem e História. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=3kGJ1SlqVTg> Acesso em: 19 de MAR, 2020. (2016)  ALBUQUERQUE, Camila. Origem e História dos Hebreus. Disponível em: https://www.estudopratico.com.br/historia-dos-povos-hebreus/ Acesso em: 19 de MAR, 2020  LOUSADA, Leonardo. LANARO, Bruno. Os Semitas Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=NSKvVs-lT0A> Acesso em: 20 de MAR, 2020.  JOSEFO, Flávio. HISTÓRIA DOS HEBREUS. (1992)  SUPERINTERESSANTE. O que é um Bar Mitzvá  LOUSADA, Leonardo. LANARO, Bruno. Tradições Judaicas. Disponível em:<https://www.youtube.com/watch?v=7q7yA0fcO9c> Acesso em: 20 de MAR, 2020.  SLIDE_SHARE. Queda dos 2 Reinos. Disponível em: https://www.slideshare.net/MiriNav/2-reis-queda-do-reino-do-sul

Notas do Editor

  1. Moisés esculpido por Michelangelo. Supõe-se que ao retratar Moisés com esta espécie de chifres na cabeça, Michelangelo tenha se baseado na tradução equivocada dos textos bíblicos do hebraico para o latim – “karan” em vez de “keren” que significa raios (de luz) em vez de chifres, feita por São Jerónimo para o latim -, referência a uma interpretação medieval do Livro do Êxodo (34, 29). 
  2. Na maioria criando cabras e carneiros.
  3. Lembrar de falar da árvore genealógica mais para frente.
  4. Héber provem o termo “hebreus”, e de “Joctã” descendem os árabes, por isso a perninha pra fora da reta.  Jacó é filho de Isaque, e Isaque é filho de Abraão.
  5. MOMENTO 1 Se estabeleceu onde é o atual Iraque MOMENTO 2 Canaã (Palestina) era ocupada por cananeus e filisteus na região do Rio Jordão, assim os hebreus começaram várias campanhas para tomar territórios sob liderança de Josué (sucessor de Moisés).
  6. Esclarecer dois pontos: 1. Dilúvio segundo a Ciência. 2. Rota da Palesta/Canaã até Harã.
  7.  (1)Rubén, (2)Simeão, (3)Judá, (4)Dã, (5)Naftali, (6)Gade, (7)Asser, (8)Issacar, (9)Zebulom, (10)Manassés, (11)Efraim e (12)Benjamim FALAR DO JOSÉ!
  8. Inicialmente viviam na mesopotâmia, eram um povo nômade que viviam em busca de um solo favorável para a criação de gado/ em busca da terra prometida canaã/
  9. Semitas descendentes dos 3 filhos de Noé. Judaísmo é o nome da religião desse povo. Os hebreus eram monoteístas e cultuavam a Javé. A sua religião estava baseada nos Dez Mandamentos, escritos por Deus nas Tábuas da Lei e entregues a Moisés, no Monte Sinai.
  10. Meninos circuncidadados aos oito dias de vida. Menorá – candelabro judaico.
  11. *Talit (manto) e Tefilin
  12. Fizeram diversas incursões militares em Canaã (região da Palestina) contra Filisteu e Cananeus/ porém também eram medíocres./ Os líderes religiosos eram influentes.
  13. Ciro autorizou o retorno à Judá especialmente para efetuarem a reconstrução do templo de Jerusalém. Ampliaram os conteúdos religiosos e estabeleceram melhor o sacerdócio.