SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 33
Baixar para ler offline
Pirataria de Software
            Prof. Rodrigo Gomes
Pirataria de Software


•   Obras literárias
•   Músicas
•   Filmes                         Criadores
•   Softwares

    Criações pertencem a seus autores e, no Brasil, a
     legislação protege qualquer tipo de informação
     produzida, o que chamamos de PI (Propriedade
                       Intelectual)
Pirataria de Software
• Com o software não é diferente

• Lei nº 9.609/98, que "dispõe sobre a proteção da
  propriedade intelectual de programa de
  computador e sua comercialização no país".

• Copiar, distribuir, vender, fazer download de software e
  compartilhar programas com colegas do trabalho ou amigos
  são ações consideradas ilegais perante a lei, ou seja, a
  pessoa está pirateando o software.
Pirataria de Software
• O infrator pode pegar seis meses a dois anos de
  detenção e pagar multas diárias pelo uso ilegal de
  programas.

• Brasil está em destaque no quadro mundial da pirataria de
  software.
   – Quinta posição no ranking global de pirataria de
     softwares on-line durante o primeiro semestre de 2011
   – Brasil perde apenas para: Estados Unidos, Itália, França
     e Espanha
Pirataria de Software
• O prejuízo aos fabricantes de software causado
  pela pirataria em 2010, no Brasil, chegou a US$
  2,62 bilhões, contra US$ 2,25 bilhões em 2009.

• Estes números foram obtidos por meio de um
  estudo da BSA, divulgado no mês de maio.
Pirataria de Software




       www.abes.org.br
Pirataria de Software
• Desvantagens da Pirataria
Pirataria de Software
• Vantagens do Software Legal
Pirataria de Software
• Licenças

• Licença do Windows, normalmente permite sua utilização
  em apenas um computador.

• Ao adquirir o produto, muitas pessoas, até mesmo no
  mundo empresarial, pensam que têm o direito de colocá-lo
  em diversas máquinas, emprestando também para vizinhos
  e amigos, o que, segundo os termos de uso do próprio
  sistema, configura o crime de pirataria.
•
Pirataria de Software
• Principais Licenças

•   1- Licença perpétua de aquisição
•   2- Licença de uso
•   3- Licença de manutenção
•   5- Aluguel (ASP - Application Service Provider)
•   6- Software como serviço (da sigla em inglês, SaaS)
•   7- Open source
•   8- Autofinanciamento
•   9- Co-source

•
Pirataria de Software
• Principais Licenças

• 1- Licença perpétua de aquisição
     Modelo que existe há quase 40 anos e é utilizado pelos grandes
     fornecedores, que financiam o desenvolvimento de seus sistemas e
     os vendem para os clientes como um ativo (as empresas têm o
     direito ao produto para o resto da vida, excluindo serviços de
     manutenção e de atualizações).


• 2- Licença de uso
     As empresas têm direito apenas de uso da licença por máquina
     instalada, incluindo atualizações. Mas não podem solicitar serviço
     de manutenção.
•
Pirataria de Software
• Principais Licenças

• 3- Licença de manutenção
     Neste caso, a empresa paga pelas taxas de correções e de
     manutenção do software adquirido.


• 4- Aluguel (ASP - Application Service Provider)
     O software fica hospedado fora da empresa, que paga em forma de
     mensalidade fixa. Pode ser mensal ou anual.
Pirataria de Software
• Principais Licenças

• 6- Software como serviço (da sigla em inglês, SaaS)
     Aqui, o usuário não tem nada instalado internamente e não se
     preocupa onde fica o banco de dados, o sistema, os aplicativos.
     Tudo fica fora da empresa. O modelo é considerado uma ruptura de
     conceito, uma vez que não se paga nem pela aquisição de software
     (a empresa não compra o sistema) e nem aluguel. O valor é cobrado
     pelo número de usuários que acessam o serviço.


• 7- Open source
   O usuário não paga pela licença inicial, já que é software livre.
     Embora não exista o mesmo custo de desenvolvimento de um
     software licenciado, há cobrança pela manutenção.
Pirataria de Software
• Principais Licenças

• 8 - Autofinanciamento
     Quem paga pelo desenvolvimento é o cliente e não o
     desenvolvedor, já que neste modelo a solução é customizada para
     atender o interesse do usuário. O cliente é dono do software e, no
     futuro, pode vendê-lo para outras empresas, transformando-se em
     "fornecedor".


• 9 – Co-source
   Quando duas empresas se unem e dividem o custo do
     desenvolvimento. É uma terceirização colaborativa entre cliente e
     fornecedor. A receita vem a partir da remuneração por resultado.
     Acontece muito entre portais B2B e B2C.
Pirataria de Software
• Licenças
Pirataria de Software
• Licenças
Pirataria de Software




 Qual a solução?
Pirataria de Software
• Software Livre

• Ken Thompson criou o sistema operacional UNIX em 1969.




                   UNIX era distribuído gratuitamente para universidades
                   e centros de pesquisa;

                   Thompson permitia a distribuição do código fonte do
                   software

                   Início das comunidades de desenvolvimento livre
Pirataria de Software
• Software Livre

• Richard Stallman inaugurou o movimento Open Source




                   Início do manifesto GNU
Pirataria de Software
• Software Livre

• A conotacao “free” vai alem do contexto de software
  gratuito, ela indica que o usuario e livre para executar,
  distribuir, estudar e melhorar o software.

• Troca de conhecimentos e experiencias,

• Democratizacao do saber.

• Evolucao rapida
Pirataria de Software
• Software Livre

• Pilares do Software Livre

   –   Liberdade de executar
   –   Liberdade de distribuir
   –   Liberdade de estudar
   –   Liberdade de melhorar
Pirataria de Software
• Software Livre

• Liberdade de Executar:

  – A liberdade de executar o software para qualquer uso permite que
    os usuarios utilizem tais sistemas da maneira que seja
    necessário, independente da autorização do seu criador.
Pirataria de Software
• Software Livre

• Liberdade de Distribuir:

  – A liberdade de distribuir o software democratiza a
    utilização da tecnologia por grupos de usuarios que
    poderiam não ter acesso ao software por questões de
    custo e direitos autorais.
Pirataria de Software
• Software Livre

• Liberdade de Estudar:

  – A liberdade de estudar o software democratiza o
    conhecimento, do ponto de vista que alunos e
    profissionais da área de desenvolvimento têm acesso
    ao código fonte e passam a compartilhar as experiências
    de vários desenvolvedores.
Pirataria de Software
• Software Livre

• Liberdade de Melhorar:

  – A liberdade de melhorar o software proporciona um grande aumento
    de qualidade dos softwares livres, pois novas versões são criadas
    por desenvolvedores do mundo todo e são redistribuidas para a
    comunidade de usuarios.
Pirataria de Software
• Software Livre

• A filosofia do software livre nao surge
  apenas pela questão do custo do software,
  mas visa a democratização do acesso a
  tecnologia e conhecimento.
Pirataria de Software
• Vantagens do Software Livre

• Redução de custos
• Democratização do acesso a tecnologia
• Democratização do conhecimento (o software pode ser
  estudado)
• Maior segurança
Pirataria de Software
• Sistema Operacional Linux

• Linus Torvalds, estudante de computação finlandes, iniciou
  a criação do sistema operacional Linux
Pirataria de Software
• Portal Software Livre – Governo Federal




            www.softwarelivre.gov.br
Pirataria de Software
• Casos com Software Livre

• Estamos no caminho certo:
     – O Banco do Brasil tem, hoje, o maior parque de soluções em
       software livre na América Latina. O status alcançado é recente, mas,
       para obtermos esse título, o caminho começou a ser trilhado há 8
       anos, quando optamos pelo uso do sistema operacional GNU/Linux
       em nossa infra-estrutura de Internet/Intranet.




Leia artigo na integra
http://www.softwarelivre.gov.br/artigos/estamos-no-caminho-certo/
Pirataria de Software
• Casos com Software Livre

• Câmara dos deputados economiza R$ 5 milhões com
  software livre:
     – A experiência de migração para software livre na Câmara dos
       Deputados é um bom exemplo de como o processo pode ser
       desenvolvido no setor público, especificamente em locais com uma
       vasta estrutura de tecnologia.




Leia artigo na integra
http://www.softwarelivre.gov.br/artigos/estamos-no-caminho-certo/
Pirataria de Software
• SourceForge – um dos maiores portais para
  downloads de software livre




          www.sourceforge.net
Pirataria de Software




        Cabe a você decidir!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Modelo de Negócios - Canvas
Modelo de Negócios - CanvasModelo de Negócios - Canvas
Modelo de Negócios - CanvasThiago Paiva
 
Criação de Conteúdo Digital
Criação de Conteúdo DigitalCriação de Conteúdo Digital
Criação de Conteúdo DigitalLucas Rolim
 
Metodologia agil scrum
Metodologia agil scrumMetodologia agil scrum
Metodologia agil scrumPablo Juan ஃ
 
Planejamento estratégico de produtos
Planejamento estratégico de produtosPlanejamento estratégico de produtos
Planejamento estratégico de produtosMarcel Gois
 
Introdução aos Sistemas Distribuídos
Introdução aos Sistemas DistribuídosIntrodução aos Sistemas Distribuídos
Introdução aos Sistemas DistribuídosFrederico Madeira
 
Segurança da informação
Segurança da informaçãoSegurança da informação
Segurança da informaçãoimsp2000
 
Virtualizacao
VirtualizacaoVirtualizacao
Virtualizacaohome
 
Linux - Sobre a Disciplina + Introdução ao Linux
Linux - Sobre a Disciplina + Introdução ao LinuxLinux - Sobre a Disciplina + Introdução ao Linux
Linux - Sobre a Disciplina + Introdução ao LinuxFrederico Madeira
 
DistribuiçõEs Linux
DistribuiçõEs LinuxDistribuiçõEs Linux
DistribuiçõEs Linuxpjdias
 
Desafios da cibersegurança - ontem, hoje e amanhã
Desafios da cibersegurança - ontem, hoje e amanhãDesafios da cibersegurança - ontem, hoje e amanhã
Desafios da cibersegurança - ontem, hoje e amanhãLuiz Arthur
 
Aula 5 - A TI nas Organizações
Aula 5 - A TI nas OrganizaçõesAula 5 - A TI nas Organizações
Aula 5 - A TI nas OrganizaçõesFilipo Mór
 
UML - Criando Diagramas Eficientes
UML - Criando Diagramas EficientesUML - Criando Diagramas Eficientes
UML - Criando Diagramas EficientesRodrigo Cascarrolho
 
Design Thinking -Análise e Síntese
Design Thinking -Análise e SínteseDesign Thinking -Análise e Síntese
Design Thinking -Análise e SínteseUFPA
 
Tipos de Licença de Softwares
Tipos de Licença de SoftwaresTipos de Licença de Softwares
Tipos de Licença de SoftwaresLucas Castejon
 
Canais de distribuição e vendas k otler & kellner - canais
Canais de distribuição e vendas   k otler & kellner - canaisCanais de distribuição e vendas   k otler & kellner - canais
Canais de distribuição e vendas k otler & kellner - canaisProfessor Sérgio Duarte
 
AULA 9 - INTRODUÇÃO À CIBERSEGURANÇA
AULA 9 - INTRODUÇÃO À CIBERSEGURANÇAAULA 9 - INTRODUÇÃO À CIBERSEGURANÇA
AULA 9 - INTRODUÇÃO À CIBERSEGURANÇAMaraLuizaGonalvesFre
 
Sistemas de Informações - Aula 07: Sistemas de Processamento de Transações (SPT)
Sistemas de Informações - Aula 07: Sistemas de Processamento de Transações (SPT)Sistemas de Informações - Aula 07: Sistemas de Processamento de Transações (SPT)
Sistemas de Informações - Aula 07: Sistemas de Processamento de Transações (SPT)Marcus Araújo
 

Mais procurados (20)

Modelo de Negócios - Canvas
Modelo de Negócios - CanvasModelo de Negócios - Canvas
Modelo de Negócios - Canvas
 
Criação de Conteúdo Digital
Criação de Conteúdo DigitalCriação de Conteúdo Digital
Criação de Conteúdo Digital
 
Metodologia agil scrum
Metodologia agil scrumMetodologia agil scrum
Metodologia agil scrum
 
Planejamento estratégico de produtos
Planejamento estratégico de produtosPlanejamento estratégico de produtos
Planejamento estratégico de produtos
 
Introdução aos Sistemas Distribuídos
Introdução aos Sistemas DistribuídosIntrodução aos Sistemas Distribuídos
Introdução aos Sistemas Distribuídos
 
Segurança da informação
Segurança da informaçãoSegurança da informação
Segurança da informação
 
Computação em nuvem
Computação em nuvemComputação em nuvem
Computação em nuvem
 
Virtualizacao
VirtualizacaoVirtualizacao
Virtualizacao
 
Linux - Sobre a Disciplina + Introdução ao Linux
Linux - Sobre a Disciplina + Introdução ao LinuxLinux - Sobre a Disciplina + Introdução ao Linux
Linux - Sobre a Disciplina + Introdução ao Linux
 
DistribuiçõEs Linux
DistribuiçõEs LinuxDistribuiçõEs Linux
DistribuiçõEs Linux
 
Desafios da cibersegurança - ontem, hoje e amanhã
Desafios da cibersegurança - ontem, hoje e amanhãDesafios da cibersegurança - ontem, hoje e amanhã
Desafios da cibersegurança - ontem, hoje e amanhã
 
Aula 5 - A TI nas Organizações
Aula 5 - A TI nas OrganizaçõesAula 5 - A TI nas Organizações
Aula 5 - A TI nas Organizações
 
UML - Criando Diagramas Eficientes
UML - Criando Diagramas EficientesUML - Criando Diagramas Eficientes
UML - Criando Diagramas Eficientes
 
Design Thinking -Análise e Síntese
Design Thinking -Análise e SínteseDesign Thinking -Análise e Síntese
Design Thinking -Análise e Síntese
 
Tipos de Licença de Softwares
Tipos de Licença de SoftwaresTipos de Licença de Softwares
Tipos de Licença de Softwares
 
Canais de distribuição e vendas k otler & kellner - canais
Canais de distribuição e vendas   k otler & kellner - canaisCanais de distribuição e vendas   k otler & kellner - canais
Canais de distribuição e vendas k otler & kellner - canais
 
Exemplo do uso de BPMN
Exemplo do uso de BPMNExemplo do uso de BPMN
Exemplo do uso de BPMN
 
AULA 9 - INTRODUÇÃO À CIBERSEGURANÇA
AULA 9 - INTRODUÇÃO À CIBERSEGURANÇAAULA 9 - INTRODUÇÃO À CIBERSEGURANÇA
AULA 9 - INTRODUÇÃO À CIBERSEGURANÇA
 
Computação em Nuvem: conceitos básicos
Computação em Nuvem: conceitos básicosComputação em Nuvem: conceitos básicos
Computação em Nuvem: conceitos básicos
 
Sistemas de Informações - Aula 07: Sistemas de Processamento de Transações (SPT)
Sistemas de Informações - Aula 07: Sistemas de Processamento de Transações (SPT)Sistemas de Informações - Aula 07: Sistemas de Processamento de Transações (SPT)
Sistemas de Informações - Aula 07: Sistemas de Processamento de Transações (SPT)
 

Destaque

A Pirataria Nas Redes Sociais
A Pirataria Nas Redes SociaisA Pirataria Nas Redes Sociais
A Pirataria Nas Redes SociaisDiego Naves
 
Apresentação pirataria de remédios
Apresentação pirataria de remédiosApresentação pirataria de remédios
Apresentação pirataria de remédiosRenato Américo
 
Pirataria e contrafação
Pirataria e contrafaçãoPirataria e contrafação
Pirataria e contrafaçãoAna Luisa Pinto
 
Pirataria e contrafação
Pirataria e contrafaçãoPirataria e contrafação
Pirataria e contrafaçãoDaniel Ferreira
 
Pirataria informatica
Pirataria informaticaPirataria informatica
Pirataria informaticakreyn
 
Estrutura interna da terra
Estrutura interna da terraEstrutura interna da terra
Estrutura interna da terracatiacsantos
 

Destaque (8)

A Pirataria Nas Redes Sociais
A Pirataria Nas Redes SociaisA Pirataria Nas Redes Sociais
A Pirataria Nas Redes Sociais
 
Pirataria
PiratariaPirataria
Pirataria
 
Apresentação pirataria de remédios
Apresentação pirataria de remédiosApresentação pirataria de remédios
Apresentação pirataria de remédios
 
Pirataria e contrafação
Pirataria e contrafaçãoPirataria e contrafação
Pirataria e contrafação
 
Pirataria e contrafação
Pirataria e contrafaçãoPirataria e contrafação
Pirataria e contrafação
 
Pirataria e hacker
Pirataria e hackerPirataria e hacker
Pirataria e hacker
 
Pirataria informatica
Pirataria informaticaPirataria informatica
Pirataria informatica
 
Estrutura interna da terra
Estrutura interna da terraEstrutura interna da terra
Estrutura interna da terra
 

Semelhante a Pirataria de software

Trabalho De Informatica
Trabalho De InformaticaTrabalho De Informatica
Trabalho De Informaticaguest77321e
 
Open Source Vantagens E Beneficios - By Softelabs
Open Source   Vantagens E Beneficios - By SoftelabsOpen Source   Vantagens E Beneficios - By Softelabs
Open Source Vantagens E Beneficios - By SoftelabsFrancisco Gonçalves
 
Palestra software livre socialmente justo, economicamente viável e tecnologic...
Palestra software livre socialmente justo, economicamente viável e tecnologic...Palestra software livre socialmente justo, economicamente viável e tecnologic...
Palestra software livre socialmente justo, economicamente viável e tecnologic...Clayton Dausacker
 
Software Livre, Open Source e Linux!
Software Livre, Open Source e Linux!Software Livre, Open Source e Linux!
Software Livre, Open Source e Linux!Lucas Vieira May
 
Software livre em ambientes corporativos. (1)
Software livre em ambientes corporativos. (1)Software livre em ambientes corporativos. (1)
Software livre em ambientes corporativos. (1)Julia Teobaldo
 
Texto com as respostas das perguntas 1,2,3 e 4 do trabalho de tecnologia digi...
Texto com as respostas das perguntas 1,2,3 e 4 do trabalho de tecnologia digi...Texto com as respostas das perguntas 1,2,3 e 4 do trabalho de tecnologia digi...
Texto com as respostas das perguntas 1,2,3 e 4 do trabalho de tecnologia digi...Rui Ribeiro
 
Texto com as respostas das perguntas 1,2,3 e 4 do trabalho de tecnologia digi...
Texto com as respostas das perguntas 1,2,3 e 4 do trabalho de tecnologia digi...Texto com as respostas das perguntas 1,2,3 e 4 do trabalho de tecnologia digi...
Texto com as respostas das perguntas 1,2,3 e 4 do trabalho de tecnologia digi...Rui Ribeiro
 
PAINEL SOFTWARE LIVRE ULBRA 2015 - Palestra Software Livre - Socialmente Just...
PAINEL SOFTWARE LIVRE ULBRA 2015 - Palestra Software Livre - Socialmente Just...PAINEL SOFTWARE LIVRE ULBRA 2015 - Palestra Software Livre - Socialmente Just...
PAINEL SOFTWARE LIVRE ULBRA 2015 - Palestra Software Livre - Socialmente Just...Clayton Dausacker
 
Palestra Fatec - Gestão
Palestra Fatec - GestãoPalestra Fatec - Gestão
Palestra Fatec - GestãoRenato Puccini
 
Palestra Software Livre - Socialmente Justo, Economicamente Viável e Tecnolog...
Palestra Software Livre - Socialmente Justo, Economicamente Viável e Tecnolog...Palestra Software Livre - Socialmente Justo, Economicamente Viável e Tecnolog...
Palestra Software Livre - Socialmente Justo, Economicamente Viável e Tecnolog...Clayton Dausacker
 
O Que E Software Livre
O Que E Software LivreO Que E Software Livre
O Que E Software LivreFreedom DayMS
 
Ficha de trabalho_1
Ficha de trabalho_1Ficha de trabalho_1
Ficha de trabalho_1kamatozza
 

Semelhante a Pirataria de software (20)

Trabalho De Informatica
Trabalho De InformaticaTrabalho De Informatica
Trabalho De Informatica
 
Open Source Vantagens E Beneficios - By Softelabs
Open Source   Vantagens E Beneficios - By SoftelabsOpen Source   Vantagens E Beneficios - By Softelabs
Open Source Vantagens E Beneficios - By Softelabs
 
Palestra software livre socialmente justo, economicamente viável e tecnologic...
Palestra software livre socialmente justo, economicamente viável e tecnologic...Palestra software livre socialmente justo, economicamente viável e tecnologic...
Palestra software livre socialmente justo, economicamente viável e tecnologic...
 
SOFTWARE LIVRE
SOFTWARE LIVRESOFTWARE LIVRE
SOFTWARE LIVRE
 
Sistemas operacionais 04
Sistemas operacionais 04Sistemas operacionais 04
Sistemas operacionais 04
 
Software Livre, Open Source e Linux!
Software Livre, Open Source e Linux!Software Livre, Open Source e Linux!
Software Livre, Open Source e Linux!
 
Software livre
Software livre Software livre
Software livre
 
Software livre em ambientes corporativos. (1)
Software livre em ambientes corporativos. (1)Software livre em ambientes corporativos. (1)
Software livre em ambientes corporativos. (1)
 
Texto com as respostas das perguntas 1,2,3 e 4 do trabalho de tecnologia digi...
Texto com as respostas das perguntas 1,2,3 e 4 do trabalho de tecnologia digi...Texto com as respostas das perguntas 1,2,3 e 4 do trabalho de tecnologia digi...
Texto com as respostas das perguntas 1,2,3 e 4 do trabalho de tecnologia digi...
 
Texto com as respostas das perguntas 1,2,3 e 4 do trabalho de tecnologia digi...
Texto com as respostas das perguntas 1,2,3 e 4 do trabalho de tecnologia digi...Texto com as respostas das perguntas 1,2,3 e 4 do trabalho de tecnologia digi...
Texto com as respostas das perguntas 1,2,3 e 4 do trabalho de tecnologia digi...
 
PAINEL SOFTWARE LIVRE ULBRA 2015 - Palestra Software Livre - Socialmente Just...
PAINEL SOFTWARE LIVRE ULBRA 2015 - Palestra Software Livre - Socialmente Just...PAINEL SOFTWARE LIVRE ULBRA 2015 - Palestra Software Livre - Socialmente Just...
PAINEL SOFTWARE LIVRE ULBRA 2015 - Palestra Software Livre - Socialmente Just...
 
Palestra
PalestraPalestra
Palestra
 
Palestra Fatec - Gestão
Palestra Fatec - GestãoPalestra Fatec - Gestão
Palestra Fatec - Gestão
 
Palestra Software Livre - Socialmente Justo, Economicamente Viável e Tecnolog...
Palestra Software Livre - Socialmente Justo, Economicamente Viável e Tecnolog...Palestra Software Livre - Socialmente Justo, Economicamente Viável e Tecnolog...
Palestra Software Livre - Socialmente Justo, Economicamente Viável e Tecnolog...
 
Intercato
IntercatoIntercato
Intercato
 
Software livre
Software livreSoftware livre
Software livre
 
Semana da computacao
Semana da computacaoSemana da computacao
Semana da computacao
 
O Que E Software Livre
O Que E Software LivreO Que E Software Livre
O Que E Software Livre
 
Ficha de trabalho_1
Ficha de trabalho_1Ficha de trabalho_1
Ficha de trabalho_1
 
cbg_03-2014_softlivre
cbg_03-2014_softlivrecbg_03-2014_softlivre
cbg_03-2014_softlivre
 

Mais de Rodrigo Gomes da Silva

Gerenciamento de Requisitos de Software
Gerenciamento de Requisitos de SoftwareGerenciamento de Requisitos de Software
Gerenciamento de Requisitos de SoftwareRodrigo Gomes da Silva
 
Es 04 desenvolvimento de software dirigido por casos de uso - parte iii
Es 04   desenvolvimento de software dirigido por casos de uso - parte iiiEs 04   desenvolvimento de software dirigido por casos de uso - parte iii
Es 04 desenvolvimento de software dirigido por casos de uso - parte iiiRodrigo Gomes da Silva
 
Es 02 desenvolvimento de software dirigido por casos de uso - parte i
Es 02   desenvolvimento de software dirigido por casos de uso - parte iEs 02   desenvolvimento de software dirigido por casos de uso - parte i
Es 02 desenvolvimento de software dirigido por casos de uso - parte iRodrigo Gomes da Silva
 
Segurança dos sistemas de informação parte 2
Segurança dos sistemas de informação   parte 2Segurança dos sistemas de informação   parte 2
Segurança dos sistemas de informação parte 2Rodrigo Gomes da Silva
 
Segurança dos sistemas de informação
Segurança dos sistemas de informaçãoSegurança dos sistemas de informação
Segurança dos sistemas de informaçãoRodrigo Gomes da Silva
 
Segurança dos sistemas de informação
Segurança dos sistemas de informaçãoSegurança dos sistemas de informação
Segurança dos sistemas de informaçãoRodrigo Gomes da Silva
 
Asi na 01_conquistando_vantagem_competitiva_com_os_sistemas_de_informacao
Asi na 01_conquistando_vantagem_competitiva_com_os_sistemas_de_informacaoAsi na 01_conquistando_vantagem_competitiva_com_os_sistemas_de_informacao
Asi na 01_conquistando_vantagem_competitiva_com_os_sistemas_de_informacaoRodrigo Gomes da Silva
 

Mais de Rodrigo Gomes da Silva (16)

BABOK - Visão Geral
BABOK - Visão GeralBABOK - Visão Geral
BABOK - Visão Geral
 
Análise de negócios para curiosos
Análise de negócios para curiososAnálise de negócios para curiosos
Análise de negócios para curiosos
 
Gerenciamento de Requisitos de Software
Gerenciamento de Requisitos de SoftwareGerenciamento de Requisitos de Software
Gerenciamento de Requisitos de Software
 
Es 04 desenvolvimento de software dirigido por casos de uso - parte iii
Es 04   desenvolvimento de software dirigido por casos de uso - parte iiiEs 04   desenvolvimento de software dirigido por casos de uso - parte iii
Es 04 desenvolvimento de software dirigido por casos de uso - parte iii
 
Es 02 desenvolvimento de software dirigido por casos de uso - parte i
Es 02   desenvolvimento de software dirigido por casos de uso - parte iEs 02   desenvolvimento de software dirigido por casos de uso - parte i
Es 02 desenvolvimento de software dirigido por casos de uso - parte i
 
PHP Orientado a Objetos
PHP Orientado a ObjetosPHP Orientado a Objetos
PHP Orientado a Objetos
 
Introdução ao RUP
Introdução ao RUPIntrodução ao RUP
Introdução ao RUP
 
Introdução à UML com Casos de Uso
Introdução à UML com Casos de UsoIntrodução à UML com Casos de Uso
Introdução à UML com Casos de Uso
 
Computacao na 01_introdução
Computacao na 01_introduçãoComputacao na 01_introdução
Computacao na 01_introdução
 
Aula inaugural computação
Aula inaugural computaçãoAula inaugural computação
Aula inaugural computação
 
Comércio eletrônico
Comércio eletrônicoComércio eletrônico
Comércio eletrônico
 
Auditoria de sistemas de informação
Auditoria de sistemas de informaçãoAuditoria de sistemas de informação
Auditoria de sistemas de informação
 
Segurança dos sistemas de informação parte 2
Segurança dos sistemas de informação   parte 2Segurança dos sistemas de informação   parte 2
Segurança dos sistemas de informação parte 2
 
Segurança dos sistemas de informação
Segurança dos sistemas de informaçãoSegurança dos sistemas de informação
Segurança dos sistemas de informação
 
Segurança dos sistemas de informação
Segurança dos sistemas de informaçãoSegurança dos sistemas de informação
Segurança dos sistemas de informação
 
Asi na 01_conquistando_vantagem_competitiva_com_os_sistemas_de_informacao
Asi na 01_conquistando_vantagem_competitiva_com_os_sistemas_de_informacaoAsi na 01_conquistando_vantagem_competitiva_com_os_sistemas_de_informacao
Asi na 01_conquistando_vantagem_competitiva_com_os_sistemas_de_informacao
 

Pirataria de software

  • 1. Pirataria de Software Prof. Rodrigo Gomes
  • 2. Pirataria de Software • Obras literárias • Músicas • Filmes Criadores • Softwares Criações pertencem a seus autores e, no Brasil, a legislação protege qualquer tipo de informação produzida, o que chamamos de PI (Propriedade Intelectual)
  • 3. Pirataria de Software • Com o software não é diferente • Lei nº 9.609/98, que "dispõe sobre a proteção da propriedade intelectual de programa de computador e sua comercialização no país". • Copiar, distribuir, vender, fazer download de software e compartilhar programas com colegas do trabalho ou amigos são ações consideradas ilegais perante a lei, ou seja, a pessoa está pirateando o software.
  • 4. Pirataria de Software • O infrator pode pegar seis meses a dois anos de detenção e pagar multas diárias pelo uso ilegal de programas. • Brasil está em destaque no quadro mundial da pirataria de software. – Quinta posição no ranking global de pirataria de softwares on-line durante o primeiro semestre de 2011 – Brasil perde apenas para: Estados Unidos, Itália, França e Espanha
  • 5. Pirataria de Software • O prejuízo aos fabricantes de software causado pela pirataria em 2010, no Brasil, chegou a US$ 2,62 bilhões, contra US$ 2,25 bilhões em 2009. • Estes números foram obtidos por meio de um estudo da BSA, divulgado no mês de maio.
  • 6. Pirataria de Software www.abes.org.br
  • 7. Pirataria de Software • Desvantagens da Pirataria
  • 8. Pirataria de Software • Vantagens do Software Legal
  • 9. Pirataria de Software • Licenças • Licença do Windows, normalmente permite sua utilização em apenas um computador. • Ao adquirir o produto, muitas pessoas, até mesmo no mundo empresarial, pensam que têm o direito de colocá-lo em diversas máquinas, emprestando também para vizinhos e amigos, o que, segundo os termos de uso do próprio sistema, configura o crime de pirataria. •
  • 10. Pirataria de Software • Principais Licenças • 1- Licença perpétua de aquisição • 2- Licença de uso • 3- Licença de manutenção • 5- Aluguel (ASP - Application Service Provider) • 6- Software como serviço (da sigla em inglês, SaaS) • 7- Open source • 8- Autofinanciamento • 9- Co-source •
  • 11. Pirataria de Software • Principais Licenças • 1- Licença perpétua de aquisição Modelo que existe há quase 40 anos e é utilizado pelos grandes fornecedores, que financiam o desenvolvimento de seus sistemas e os vendem para os clientes como um ativo (as empresas têm o direito ao produto para o resto da vida, excluindo serviços de manutenção e de atualizações). • 2- Licença de uso As empresas têm direito apenas de uso da licença por máquina instalada, incluindo atualizações. Mas não podem solicitar serviço de manutenção. •
  • 12. Pirataria de Software • Principais Licenças • 3- Licença de manutenção Neste caso, a empresa paga pelas taxas de correções e de manutenção do software adquirido. • 4- Aluguel (ASP - Application Service Provider) O software fica hospedado fora da empresa, que paga em forma de mensalidade fixa. Pode ser mensal ou anual.
  • 13. Pirataria de Software • Principais Licenças • 6- Software como serviço (da sigla em inglês, SaaS) Aqui, o usuário não tem nada instalado internamente e não se preocupa onde fica o banco de dados, o sistema, os aplicativos. Tudo fica fora da empresa. O modelo é considerado uma ruptura de conceito, uma vez que não se paga nem pela aquisição de software (a empresa não compra o sistema) e nem aluguel. O valor é cobrado pelo número de usuários que acessam o serviço. • 7- Open source O usuário não paga pela licença inicial, já que é software livre. Embora não exista o mesmo custo de desenvolvimento de um software licenciado, há cobrança pela manutenção.
  • 14. Pirataria de Software • Principais Licenças • 8 - Autofinanciamento Quem paga pelo desenvolvimento é o cliente e não o desenvolvedor, já que neste modelo a solução é customizada para atender o interesse do usuário. O cliente é dono do software e, no futuro, pode vendê-lo para outras empresas, transformando-se em "fornecedor". • 9 – Co-source Quando duas empresas se unem e dividem o custo do desenvolvimento. É uma terceirização colaborativa entre cliente e fornecedor. A receita vem a partir da remuneração por resultado. Acontece muito entre portais B2B e B2C.
  • 17. Pirataria de Software Qual a solução?
  • 18. Pirataria de Software • Software Livre • Ken Thompson criou o sistema operacional UNIX em 1969. UNIX era distribuído gratuitamente para universidades e centros de pesquisa; Thompson permitia a distribuição do código fonte do software Início das comunidades de desenvolvimento livre
  • 19. Pirataria de Software • Software Livre • Richard Stallman inaugurou o movimento Open Source Início do manifesto GNU
  • 20. Pirataria de Software • Software Livre • A conotacao “free” vai alem do contexto de software gratuito, ela indica que o usuario e livre para executar, distribuir, estudar e melhorar o software. • Troca de conhecimentos e experiencias, • Democratizacao do saber. • Evolucao rapida
  • 21. Pirataria de Software • Software Livre • Pilares do Software Livre – Liberdade de executar – Liberdade de distribuir – Liberdade de estudar – Liberdade de melhorar
  • 22. Pirataria de Software • Software Livre • Liberdade de Executar: – A liberdade de executar o software para qualquer uso permite que os usuarios utilizem tais sistemas da maneira que seja necessário, independente da autorização do seu criador.
  • 23. Pirataria de Software • Software Livre • Liberdade de Distribuir: – A liberdade de distribuir o software democratiza a utilização da tecnologia por grupos de usuarios que poderiam não ter acesso ao software por questões de custo e direitos autorais.
  • 24. Pirataria de Software • Software Livre • Liberdade de Estudar: – A liberdade de estudar o software democratiza o conhecimento, do ponto de vista que alunos e profissionais da área de desenvolvimento têm acesso ao código fonte e passam a compartilhar as experiências de vários desenvolvedores.
  • 25. Pirataria de Software • Software Livre • Liberdade de Melhorar: – A liberdade de melhorar o software proporciona um grande aumento de qualidade dos softwares livres, pois novas versões são criadas por desenvolvedores do mundo todo e são redistribuidas para a comunidade de usuarios.
  • 26. Pirataria de Software • Software Livre • A filosofia do software livre nao surge apenas pela questão do custo do software, mas visa a democratização do acesso a tecnologia e conhecimento.
  • 27. Pirataria de Software • Vantagens do Software Livre • Redução de custos • Democratização do acesso a tecnologia • Democratização do conhecimento (o software pode ser estudado) • Maior segurança
  • 28. Pirataria de Software • Sistema Operacional Linux • Linus Torvalds, estudante de computação finlandes, iniciou a criação do sistema operacional Linux
  • 29. Pirataria de Software • Portal Software Livre – Governo Federal www.softwarelivre.gov.br
  • 30. Pirataria de Software • Casos com Software Livre • Estamos no caminho certo: – O Banco do Brasil tem, hoje, o maior parque de soluções em software livre na América Latina. O status alcançado é recente, mas, para obtermos esse título, o caminho começou a ser trilhado há 8 anos, quando optamos pelo uso do sistema operacional GNU/Linux em nossa infra-estrutura de Internet/Intranet. Leia artigo na integra http://www.softwarelivre.gov.br/artigos/estamos-no-caminho-certo/
  • 31. Pirataria de Software • Casos com Software Livre • Câmara dos deputados economiza R$ 5 milhões com software livre: – A experiência de migração para software livre na Câmara dos Deputados é um bom exemplo de como o processo pode ser desenvolvido no setor público, especificamente em locais com uma vasta estrutura de tecnologia. Leia artigo na integra http://www.softwarelivre.gov.br/artigos/estamos-no-caminho-certo/
  • 32. Pirataria de Software • SourceForge – um dos maiores portais para downloads de software livre www.sourceforge.net
  • 33. Pirataria de Software Cabe a você decidir!