SlideShare uma empresa Scribd logo
Resultados da 1ª Pesquisa
Acadêmica
Junho/2013
Acadêmicos:
Fernando Simões
Francisco Galiza
Francisco Márcio Pires
Objetivos
• Esta pesquisa foi direcionada aos acadêmicos da
ANSP e teve o objetivo de obter informações
relevantes, considerando que estes são um grupo
de profissionais qualificados e líderes em seus
segmentos.
• O estudo avalia a situação atual e as perspectivas
futuras do mercado segurador, servindo também
de reflexão para todos os acadêmicos que operam
com esse segmento.
• As respostas individualizadas não são reveladas,
visando assim garantir o anonimato dos dados
apurados.
• A pesquisa (6 perguntas) foi realizada no mês de
maio, a partir de e-mails enviados pela ANSP a
todos os acadêmicos.
• Esse material é um resumo das conclusões
principais.
Sumário:
• 1) Tamanho da Amostra
• 2) Área de Atuação
• 3) Tendência de Seguros de Pessoas
• 4) Tendência do Seguro de Automóvel
• 5) Comportamento do Consumidor
• 6) Foco das Empresas
• 7) Debates e Trabalhos Científicos
1) Tamanho da Amostra
• Atualmente, a ANSP tem 197
membros.
• Nessa 1ª Pesquisa Acadêmica,
tivemos a resposta de 81
acadêmicos (41% do total), o que
foi considerado um número
satisfatório e representativo.
2) Área de Atuação
• PERGUNTA 1
• Área de atuação (assinalar apenas uma,
considerando a principal):
• Segurador (diretor ou funcionário de seguradora,
resseguradora).
• Corretor de Seguros (diretor ou funcionário de
corretora de seguros, assessoria de seguros ou
afins).
• Advogados (titulares, sócios ou funcionários de
escritórios de advocacia)
• Consultores ou Prestadores de Serviços
(autônomos ou especialistas ligados a escritórios
de consultoria, prestadores de serviços,
representativos de classe ou áreas afins)
Gráfico 1 - Perfil dos Respondentes
Seguradores
25%
Corretores
22%
Advogados
14%
Consultores ou
Prestadores de
Serviços
39%
Comentários
• A maior parte dos participantes foi
de consultores ou prestadores de
serviços, com quase 40% do total
(32 acadêmicos).
• Em seguida, de modo bastante
próximo, corretores e seguradores
(22% e 25%, respectivamente).
• Em menor participação,
acadêmicos advogados, com 11
participações.
3) Tendência de Seguros de
Pessoas
• PERGUNTA 2
• A tendência do seguro de pessoas no Brasil, para
os próximos 5 (cinco) anos é (escolher apena uma,
considerando a que você acredita trará maior
impacto):
• VGBL (surgirem mais produtos nesta linha).
• Seguros Individuais (crescer este tipo de
produto, notadamente através de venda em
bancos e canais alternativos).
• Seguros Coletivos (notadamente, os oferecidos
aos funcionários por empresas)
• Novos produtos (ligados a previdência a serem
criados no mercado – trazidos – ou não – por
empresas estrangeiras)
• Microsseguros (forte tendência de produtos
criados e oferecidos com estas características).
Tendência de Seguro de Pessoas Mais Importante –
Daqui a 5 anos - %
Pessoas - % Segurador Corretor Advogados Consultores Total
VGBL 10% 17% 36% 28% 22%
Individuais 40% 17% 0% 22% 22%
Coletivos 5% 6% 27% 13% 11%
Novos 15% 50% 27% 25% 28%
Microsseguro 30% 11% 9% 13% 16%
Total 100% 100% 100% 100% 100%
Comentários
• No total, a maioria dos acadêmicos considera
que a principal tendência para os próximos
anos é o surgimento de novos produtos de
seguros de vida, vindo a seguir o incremento de
produtos individuais e o VGBL.
• Porém, quando avaliamos as respostas em função
do perfil de cada acadêmico, temos posturas
ligeiramente distintas:
• Por exemplo, no caso dos consultores,
prestadores de serviços e advogados, a
expectativa mais forte é a continuidade do
crescimento do VGBL, como já vem acontecendo
nos últimos anos, vindo logo a seguir os novos
produtos.
• Os acadêmicos ligados a corretoras são os
que mais acreditam no lançamento de novos
produtos. Ao todo, 50% das respostas apostam
que esse é o segmento mais favorável.
Seguradoras acreditam no
crescimento do microsseguro.
Corretores esperam novos
produtos. Esperamos novos
produtos de vida.
4) Tendência de Seguros de
Automóvel
• PERGUNTA 3
• Considerando que o seguro de automóvel é o
principal ramo no país, nos próximos 5 (cinco)
anos os produtos inerentes a esta carteira deverão
(escolher apena uma, considerando a que você
acredita trará maior impacto):
• Permanecerem basicamente os mesmos (sem
profundas alterações em relação as atuais ofertas).
• Sofrerão drásticas transformações (aumento
de participação, com surgimento de novas
coberturas e serviços acoplados).
• Deixarão de ter a importância que tem
atualmente (outros ramos terão mais destaque)
• Não tenho opinião formada sobre o assunto
Tendência de Seguro de Automóvel Mais Importante –
Daqui a 5 anos - %
Automóvel - % Segurador Corretor Advogados Consultores Total
Mesma
Importância 35% 56% 64% 53% 51%
Transformações 45% 33% 27% 31% 35%
Perder
Importância 20% 6% 9% 16% 14%
Sem Opinião 0% 6% 0% 0% 1%
Total 100% 100% 100% 100% 100%
Comentários
• Na análise de todos os pesquisados, a
maioria acredita que o segmento do
seguro de automóvel ficará no mesmo
grau de importância nos próximos 5 anos
(mais de 50% das respostas), vindo a
seguir os que acham que esse segmento
também sofrerá profundas transformações
(35% das respostas).
• Já no caso dos acadêmicos das
seguradoras, existe uma maior crença
de que o segmento sofrerá mais
transformações (45% das respostas).
Esperamos alterações no
formato dos seguros de auto.
É importante o ramo se manter
com a sua importância relativa.
5) Comportamento do
Consumidor
• PERGUNTA 4
• Em relação aos consumidores de seguros, nos
próximos 5 (cinco) anos, eles devem:
• Permanecerem no estágio atual de
conhecimento sobre seguros (considerando que
a grande maioria não conhece mais do que o
básico sobre coberturas, direitos e deveres das
suas apólices).
• Estarem mais críticos e conscientes
(melhorarem o nível de conhecimento sobre
coberturas, direitos e deveres das apólices que
contratam)
• Amadurecerem seus conhecimentos sobre
seguros (termos uma sociedade mais consciente e
ativa sobre a importância econômica e social do
seguro).
Gráfico 4 - Comportamento Futuro dos Consumidores
Estágio Atual
10%
Mais Críticos
63%
Mais Amadurecidos
27%
Comentários
• A partir das respostas dos
acadêmicos, podemos dizer que
existe um otimismo muito grande
com relação ao comportamento
futuro dos consumidores.
• A maioria acredita que os
consumidores estarão mais
críticos e mais amadurecidos nos
próximos 5 anos.
• Apenas 10% das respostas apontam
que a postura do consumidor não
sofrerá mudanças.
Podemos concluir que
esperamos consumidores
mais críticos e preparados nos
próximos 5 anos. “Isto exigirá
produtos bem desenhados ”.
6) Foco das Empresas
• PERGUNTA 5
• Qual será o maior foco da sua empresa nos
próximos 5 (cinco) anos (escolher apena um, o de
maior importância estratégica):
• Pessoas (investimentos em contratações –
aumento do quadro e/ou capacitação).
• TI (investimentos em tecnologia hardware e/ou
software).
• Maior capilaridade (aumento da rede – mais
escritórios ou afins)
• Infraestrutura geral (acomodações, localizações,
etc...)
• Ainda não definimos uma estratégia para esse
prazo
Foco das Empresas – Daqui a 5 anos - %
Foco - % Segurador Corretor Advogados Consultores Total
Pessoas 35% 44% 27% 28% 33%
TI 40% 22% 18% 34% 31%
Capilaridade 15% 0% 36% 9% 12%
Infraestrutura 5% 11% 0% 0% 4%
Sem Definição 5% 22% 18% 28% 20%
Total 100% 100% 100% 100% 100%
Comentários
• Quando consideramos todas as
respostas, os temas mais
relevantes, em termos
estratégicos, são a concentração
dos investimentos em Pessoas e
TI.
• Entretanto, nos acadêmicos
ligados a firmas de advocacia, o
maior destaque cabe ao aumento
de capilaridade.
Áreas de TI e Pessoas serão
mais demandadas e
valorizadas.
Capilaridade, entendida aqui
como expansão física, não é a
mais esperada nas
seguradoras, sendo maior essa
expectativa nos profissionais
como corretores e advogados.
7) Debates e Trabalhos
Científicos
• PERGUNTA 6
• Em sua opinião falta ao mercado debates e
trabalhos científicos sobre (escolher apenas uma, a
que achar mais importante para seus negócios):
• Produtos de seguros (inovações e diferenciais
existentes em outros países).
• Gestão de empresas (modelos e tecnologias que
possam fazer a diferença).
• Tendências (situações que irão afetar o mercado
de seguros no futuro)
• Infraestrutura geral (acomodações, localizações,
etc...)
• Aspectos legais e jurídicos que influenciam o
setor de seguros
Debates e Trabalhos Científicos
Debates - % Segurador Corretor Advogados Consultores Total
Produtos 45% 39% 27% 22% 32%
Gestão de Empresas 5% 28% 18% 13% 15%
Tendências 40% 28% 0% 53% 37%
Infraestrutura 0% 0% 0% 0% 0%
Aspectos Legais 10% 6% 55% 13% 16%
Total 100% 100% 100% 100% 100%
Comentários
• Quando consideramos todas as
respostas, os interesses estão
relativamente bem distribuídos.
• Essa é a principal característica dessa
pergunta.
• Os advogados preferem debates com
temas jurídicos, os consultores e
prestadores de serviços têm mais
interesse em temas ligados a
tendências do setor e as corretoras e
seguradoras escolheram mais os
assuntos ligados a produtos.
Interesse acadêmico prevalece
para o futuro do mercado. Os
interesses estão relativamente
bem distribuídos.
•Obrigado!!

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Pesquisaanspsemanimacoes1

Prática atuarial na previdência social
Prática atuarial na previdência socialPrática atuarial na previdência social
Prática atuarial na previdência social
Universidade Federal Fluminense
 
Momento atual da economia e tendência do ramo de pessoas
Momento atual da economia e tendência do ramo de pessoasMomento atual da economia e tendência do ramo de pessoas
Momento atual da economia e tendência do ramo de pessoas
oficinadotexto
 
Apresentação evento de seguros 2016 ricardo viveiros (1)
Apresentação evento de seguros 2016   ricardo viveiros (1)Apresentação evento de seguros 2016   ricardo viveiros (1)
Apresentação evento de seguros 2016 ricardo viveiros (1)
ANA MARIA NOVAES
 
Apresentação Evento de Seguros 2016 - Ricardo Viveiros
Apresentação Evento de Seguros 2016 - Ricardo ViveirosApresentação Evento de Seguros 2016 - Ricardo Viveiros
Apresentação Evento de Seguros 2016 - Ricardo Viveiros
paulooficinadotexto
 
Marketing de seguros _ Estudo Mercadológico _ Arley Zalewska
Marketing de seguros _ Estudo Mercadológico _ Arley ZalewskaMarketing de seguros _ Estudo Mercadológico _ Arley Zalewska
Marketing de seguros _ Estudo Mercadológico _ Arley Zalewska
Arley Zalewska
 
Comportamento Consumidor FGV
Comportamento Consumidor FGVComportamento Consumidor FGV
Comportamento Consumidor FGV
Marcio_Ferreira
 
Pesquisa Mercado de EPIs [Revista O Setor Elétrico - Edição 65]
Pesquisa Mercado de EPIs [Revista O Setor Elétrico - Edição 65]Pesquisa Mercado de EPIs [Revista O Setor Elétrico - Edição 65]
Pesquisa Mercado de EPIs [Revista O Setor Elétrico - Edição 65]
atitudeeditorial
 
Análise de mercado permite conhecer de perto o ambiente onde o produto/serviç...
Análise de mercado permite conhecer de perto o ambiente onde o produto/serviç...Análise de mercado permite conhecer de perto o ambiente onde o produto/serviç...
Análise de mercado permite conhecer de perto o ambiente onde o produto/serviç...
Isaac Domingos
 
6 características do profissional do futuro
6 características do profissional do futuro6 características do profissional do futuro
6 características do profissional do futuro
Erica Viqueti
 
ANALISE DE INVESTIMENTOS E FONTES DE FINANCIAMENTO.pdf
ANALISE DE INVESTIMENTOS E FONTES DE FINANCIAMENTO.pdfANALISE DE INVESTIMENTOS E FONTES DE FINANCIAMENTO.pdf
ANALISE DE INVESTIMENTOS E FONTES DE FINANCIAMENTO.pdf
tiagoRocha693580
 
Aula Pesquisa Mercadológica
Aula Pesquisa MercadológicaAula Pesquisa Mercadológica
Aula Pesquisa Mercadológica
SMG - Share Marketing Group
 
Plano de Marketing - Sunjoy (proteção solar em cápsula)
Plano de Marketing - Sunjoy (proteção solar em cápsula)Plano de Marketing - Sunjoy (proteção solar em cápsula)
Plano de Marketing - Sunjoy (proteção solar em cápsula)
Guilherme Goes
 
Comportamento de consumo: é possível entender e prever?
Comportamento de consumo: é possível entender e prever?Comportamento de consumo: é possível entender e prever?
Comportamento de consumo: é possível entender e prever?
Agnaldo Antonio dos Santos
 
Fintech: Uma Real Inovação Para os Negócios
Fintech: Uma Real Inovação Para os NegóciosFintech: Uma Real Inovação Para os Negócios
Fintech: Uma Real Inovação Para os Negócios
Edelman
 
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de SegurosCafé com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
Seminário Planejamento Estratégico Dígitro
Seminário Planejamento Estratégico DígitroSeminário Planejamento Estratégico Dígitro
Seminário Planejamento Estratégico Dígitro
Andrei Cavalheiro
 
Segmentação de mercado, prof. Leopoldina Patriani
Segmentação de mercado, prof. Leopoldina PatrianiSegmentação de mercado, prof. Leopoldina Patriani
Segmentação de mercado, prof. Leopoldina Patriani
MARIA LEOPOLDINA GOZZO
 
FULLCOVER 10 | Bradesco: Liderança no mercado segurador
FULLCOVER 10 | Bradesco: Liderança no mercado seguradorFULLCOVER 10 | Bradesco: Liderança no mercado segurador
FULLCOVER 10 | Bradesco: Liderança no mercado segurador
MDS Portugal
 
Webinar: ESG - COVID-19 Apresentação GRI
Webinar: ESG - COVID-19 Apresentação GRI Webinar: ESG - COVID-19 Apresentação GRI
Webinar: ESG - COVID-19 Apresentação GRI
Denys Roman
 
PAÍS DE ORIGEM COMO STAKEHOLDER
PAÍS DE ORIGEM COMO STAKEHOLDERPAÍS DE ORIGEM COMO STAKEHOLDER
PAÍS DE ORIGEM COMO STAKEHOLDER
FernandaOliveira577864
 

Semelhante a Pesquisaanspsemanimacoes1 (20)

Prática atuarial na previdência social
Prática atuarial na previdência socialPrática atuarial na previdência social
Prática atuarial na previdência social
 
Momento atual da economia e tendência do ramo de pessoas
Momento atual da economia e tendência do ramo de pessoasMomento atual da economia e tendência do ramo de pessoas
Momento atual da economia e tendência do ramo de pessoas
 
Apresentação evento de seguros 2016 ricardo viveiros (1)
Apresentação evento de seguros 2016   ricardo viveiros (1)Apresentação evento de seguros 2016   ricardo viveiros (1)
Apresentação evento de seguros 2016 ricardo viveiros (1)
 
Apresentação Evento de Seguros 2016 - Ricardo Viveiros
Apresentação Evento de Seguros 2016 - Ricardo ViveirosApresentação Evento de Seguros 2016 - Ricardo Viveiros
Apresentação Evento de Seguros 2016 - Ricardo Viveiros
 
Marketing de seguros _ Estudo Mercadológico _ Arley Zalewska
Marketing de seguros _ Estudo Mercadológico _ Arley ZalewskaMarketing de seguros _ Estudo Mercadológico _ Arley Zalewska
Marketing de seguros _ Estudo Mercadológico _ Arley Zalewska
 
Comportamento Consumidor FGV
Comportamento Consumidor FGVComportamento Consumidor FGV
Comportamento Consumidor FGV
 
Pesquisa Mercado de EPIs [Revista O Setor Elétrico - Edição 65]
Pesquisa Mercado de EPIs [Revista O Setor Elétrico - Edição 65]Pesquisa Mercado de EPIs [Revista O Setor Elétrico - Edição 65]
Pesquisa Mercado de EPIs [Revista O Setor Elétrico - Edição 65]
 
Análise de mercado permite conhecer de perto o ambiente onde o produto/serviç...
Análise de mercado permite conhecer de perto o ambiente onde o produto/serviç...Análise de mercado permite conhecer de perto o ambiente onde o produto/serviç...
Análise de mercado permite conhecer de perto o ambiente onde o produto/serviç...
 
6 características do profissional do futuro
6 características do profissional do futuro6 características do profissional do futuro
6 características do profissional do futuro
 
ANALISE DE INVESTIMENTOS E FONTES DE FINANCIAMENTO.pdf
ANALISE DE INVESTIMENTOS E FONTES DE FINANCIAMENTO.pdfANALISE DE INVESTIMENTOS E FONTES DE FINANCIAMENTO.pdf
ANALISE DE INVESTIMENTOS E FONTES DE FINANCIAMENTO.pdf
 
Aula Pesquisa Mercadológica
Aula Pesquisa MercadológicaAula Pesquisa Mercadológica
Aula Pesquisa Mercadológica
 
Plano de Marketing - Sunjoy (proteção solar em cápsula)
Plano de Marketing - Sunjoy (proteção solar em cápsula)Plano de Marketing - Sunjoy (proteção solar em cápsula)
Plano de Marketing - Sunjoy (proteção solar em cápsula)
 
Comportamento de consumo: é possível entender e prever?
Comportamento de consumo: é possível entender e prever?Comportamento de consumo: é possível entender e prever?
Comportamento de consumo: é possível entender e prever?
 
Fintech: Uma Real Inovação Para os Negócios
Fintech: Uma Real Inovação Para os NegóciosFintech: Uma Real Inovação Para os Negócios
Fintech: Uma Real Inovação Para os Negócios
 
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de SegurosCafé com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
Café com Seguro - Cenário Econômico e Mercado de Seguros
 
Seminário Planejamento Estratégico Dígitro
Seminário Planejamento Estratégico DígitroSeminário Planejamento Estratégico Dígitro
Seminário Planejamento Estratégico Dígitro
 
Segmentação de mercado, prof. Leopoldina Patriani
Segmentação de mercado, prof. Leopoldina PatrianiSegmentação de mercado, prof. Leopoldina Patriani
Segmentação de mercado, prof. Leopoldina Patriani
 
FULLCOVER 10 | Bradesco: Liderança no mercado segurador
FULLCOVER 10 | Bradesco: Liderança no mercado seguradorFULLCOVER 10 | Bradesco: Liderança no mercado segurador
FULLCOVER 10 | Bradesco: Liderança no mercado segurador
 
Webinar: ESG - COVID-19 Apresentação GRI
Webinar: ESG - COVID-19 Apresentação GRI Webinar: ESG - COVID-19 Apresentação GRI
Webinar: ESG - COVID-19 Apresentação GRI
 
PAÍS DE ORIGEM COMO STAKEHOLDER
PAÍS DE ORIGEM COMO STAKEHOLDERPAÍS DE ORIGEM COMO STAKEHOLDER
PAÍS DE ORIGEM COMO STAKEHOLDER
 

Mais de ANSP - Academia Nacional de Seguros e Previdência

Particularidades do contrato virtual. Por Patricia Peck Pinheiro
Particularidades do contrato virtual. Por Patricia Peck PinheiroParticularidades do contrato virtual. Por Patricia Peck Pinheiro
Particularidades do contrato virtual. Por Patricia Peck Pinheiro
ANSP - Academia Nacional de Seguros e Previdência
 
Microsseguros. Por João Marcelo Máximo dos Santos
Microsseguros. Por João Marcelo Máximo dos Santos Microsseguros. Por João Marcelo Máximo dos Santos
Microsseguros. Por João Marcelo Máximo dos Santos
ANSP - Academia Nacional de Seguros e Previdência
 
Como a mudança na economia favorece o microsseguro. Por Francisco Galiza
Como a mudança na economia favorece o microsseguro. Por Francisco GalizaComo a mudança na economia favorece o microsseguro. Por Francisco Galiza
Como a mudança na economia favorece o microsseguro. Por Francisco Galiza
ANSP - Academia Nacional de Seguros e Previdência
 
Palestra BPO - joao alceu
Palestra BPO - joao alceuPalestra BPO - joao alceu
Palestra bpo abertura jorge abel
Palestra bpo abertura   jorge abelPalestra bpo abertura   jorge abel
Palestra bpo abertura jorge abel
ANSP - Academia Nacional de Seguros e Previdência
 
Palestra bpo marcos couto
Palestra bpo   marcos coutoPalestra bpo   marcos couto
Palestra bpo julio avelar
Palestra bpo   julio avelarPalestra bpo   julio avelar
Palestra bpo joao alceu
Palestra bpo   joao alceuPalestra bpo   joao alceu
Palestra bpo jorge tena
Palestra bpo   jorge tenaPalestra bpo   jorge tena
Caso sinaf 2011 - ansp
Caso sinaf   2011 - anspCaso sinaf   2011 - ansp
Rodolfo ern auto re microsseguros
Rodolfo ern auto re   microssegurosRodolfo ern auto re   microsseguros
Rodolfo ern auto re microsseguros
ANSP - Academia Nacional de Seguros e Previdência
 
Maria de nazare microfinanca portugal
Maria de nazare microfinanca portugalMaria de nazare microfinanca portugal
Maria de nazare microfinanca portugal
ANSP - Academia Nacional de Seguros e Previdência
 
Luis eduardo afonso
Luis eduardo afonsoLuis eduardo afonso
Regina simoes
Regina simoesRegina simoes

Mais de ANSP - Academia Nacional de Seguros e Previdência (14)

Particularidades do contrato virtual. Por Patricia Peck Pinheiro
Particularidades do contrato virtual. Por Patricia Peck PinheiroParticularidades do contrato virtual. Por Patricia Peck Pinheiro
Particularidades do contrato virtual. Por Patricia Peck Pinheiro
 
Microsseguros. Por João Marcelo Máximo dos Santos
Microsseguros. Por João Marcelo Máximo dos Santos Microsseguros. Por João Marcelo Máximo dos Santos
Microsseguros. Por João Marcelo Máximo dos Santos
 
Como a mudança na economia favorece o microsseguro. Por Francisco Galiza
Como a mudança na economia favorece o microsseguro. Por Francisco GalizaComo a mudança na economia favorece o microsseguro. Por Francisco Galiza
Como a mudança na economia favorece o microsseguro. Por Francisco Galiza
 
Palestra BPO - joao alceu
Palestra BPO - joao alceuPalestra BPO - joao alceu
Palestra BPO - joao alceu
 
Palestra bpo abertura jorge abel
Palestra bpo abertura   jorge abelPalestra bpo abertura   jorge abel
Palestra bpo abertura jorge abel
 
Palestra bpo marcos couto
Palestra bpo   marcos coutoPalestra bpo   marcos couto
Palestra bpo marcos couto
 
Palestra bpo julio avelar
Palestra bpo   julio avelarPalestra bpo   julio avelar
Palestra bpo julio avelar
 
Palestra bpo joao alceu
Palestra bpo   joao alceuPalestra bpo   joao alceu
Palestra bpo joao alceu
 
Palestra bpo jorge tena
Palestra bpo   jorge tenaPalestra bpo   jorge tena
Palestra bpo jorge tena
 
Caso sinaf 2011 - ansp
Caso sinaf   2011 - anspCaso sinaf   2011 - ansp
Caso sinaf 2011 - ansp
 
Rodolfo ern auto re microsseguros
Rodolfo ern auto re   microssegurosRodolfo ern auto re   microsseguros
Rodolfo ern auto re microsseguros
 
Maria de nazare microfinanca portugal
Maria de nazare microfinanca portugalMaria de nazare microfinanca portugal
Maria de nazare microfinanca portugal
 
Luis eduardo afonso
Luis eduardo afonsoLuis eduardo afonso
Luis eduardo afonso
 
Regina simoes
Regina simoesRegina simoes
Regina simoes
 

Pesquisaanspsemanimacoes1

  • 1. Resultados da 1ª Pesquisa Acadêmica Junho/2013 Acadêmicos: Fernando Simões Francisco Galiza Francisco Márcio Pires
  • 2. Objetivos • Esta pesquisa foi direcionada aos acadêmicos da ANSP e teve o objetivo de obter informações relevantes, considerando que estes são um grupo de profissionais qualificados e líderes em seus segmentos. • O estudo avalia a situação atual e as perspectivas futuras do mercado segurador, servindo também de reflexão para todos os acadêmicos que operam com esse segmento. • As respostas individualizadas não são reveladas, visando assim garantir o anonimato dos dados apurados. • A pesquisa (6 perguntas) foi realizada no mês de maio, a partir de e-mails enviados pela ANSP a todos os acadêmicos. • Esse material é um resumo das conclusões principais.
  • 3. Sumário: • 1) Tamanho da Amostra • 2) Área de Atuação • 3) Tendência de Seguros de Pessoas • 4) Tendência do Seguro de Automóvel • 5) Comportamento do Consumidor • 6) Foco das Empresas • 7) Debates e Trabalhos Científicos
  • 4. 1) Tamanho da Amostra • Atualmente, a ANSP tem 197 membros. • Nessa 1ª Pesquisa Acadêmica, tivemos a resposta de 81 acadêmicos (41% do total), o que foi considerado um número satisfatório e representativo.
  • 5. 2) Área de Atuação • PERGUNTA 1 • Área de atuação (assinalar apenas uma, considerando a principal): • Segurador (diretor ou funcionário de seguradora, resseguradora). • Corretor de Seguros (diretor ou funcionário de corretora de seguros, assessoria de seguros ou afins). • Advogados (titulares, sócios ou funcionários de escritórios de advocacia) • Consultores ou Prestadores de Serviços (autônomos ou especialistas ligados a escritórios de consultoria, prestadores de serviços, representativos de classe ou áreas afins)
  • 6. Gráfico 1 - Perfil dos Respondentes Seguradores 25% Corretores 22% Advogados 14% Consultores ou Prestadores de Serviços 39%
  • 7. Comentários • A maior parte dos participantes foi de consultores ou prestadores de serviços, com quase 40% do total (32 acadêmicos). • Em seguida, de modo bastante próximo, corretores e seguradores (22% e 25%, respectivamente). • Em menor participação, acadêmicos advogados, com 11 participações.
  • 8. 3) Tendência de Seguros de Pessoas • PERGUNTA 2 • A tendência do seguro de pessoas no Brasil, para os próximos 5 (cinco) anos é (escolher apena uma, considerando a que você acredita trará maior impacto): • VGBL (surgirem mais produtos nesta linha). • Seguros Individuais (crescer este tipo de produto, notadamente através de venda em bancos e canais alternativos). • Seguros Coletivos (notadamente, os oferecidos aos funcionários por empresas) • Novos produtos (ligados a previdência a serem criados no mercado – trazidos – ou não – por empresas estrangeiras) • Microsseguros (forte tendência de produtos criados e oferecidos com estas características).
  • 9. Tendência de Seguro de Pessoas Mais Importante – Daqui a 5 anos - % Pessoas - % Segurador Corretor Advogados Consultores Total VGBL 10% 17% 36% 28% 22% Individuais 40% 17% 0% 22% 22% Coletivos 5% 6% 27% 13% 11% Novos 15% 50% 27% 25% 28% Microsseguro 30% 11% 9% 13% 16% Total 100% 100% 100% 100% 100%
  • 10. Comentários • No total, a maioria dos acadêmicos considera que a principal tendência para os próximos anos é o surgimento de novos produtos de seguros de vida, vindo a seguir o incremento de produtos individuais e o VGBL. • Porém, quando avaliamos as respostas em função do perfil de cada acadêmico, temos posturas ligeiramente distintas: • Por exemplo, no caso dos consultores, prestadores de serviços e advogados, a expectativa mais forte é a continuidade do crescimento do VGBL, como já vem acontecendo nos últimos anos, vindo logo a seguir os novos produtos. • Os acadêmicos ligados a corretoras são os que mais acreditam no lançamento de novos produtos. Ao todo, 50% das respostas apostam que esse é o segmento mais favorável.
  • 11. Seguradoras acreditam no crescimento do microsseguro. Corretores esperam novos produtos. Esperamos novos produtos de vida.
  • 12. 4) Tendência de Seguros de Automóvel • PERGUNTA 3 • Considerando que o seguro de automóvel é o principal ramo no país, nos próximos 5 (cinco) anos os produtos inerentes a esta carteira deverão (escolher apena uma, considerando a que você acredita trará maior impacto): • Permanecerem basicamente os mesmos (sem profundas alterações em relação as atuais ofertas). • Sofrerão drásticas transformações (aumento de participação, com surgimento de novas coberturas e serviços acoplados). • Deixarão de ter a importância que tem atualmente (outros ramos terão mais destaque) • Não tenho opinião formada sobre o assunto
  • 13. Tendência de Seguro de Automóvel Mais Importante – Daqui a 5 anos - % Automóvel - % Segurador Corretor Advogados Consultores Total Mesma Importância 35% 56% 64% 53% 51% Transformações 45% 33% 27% 31% 35% Perder Importância 20% 6% 9% 16% 14% Sem Opinião 0% 6% 0% 0% 1% Total 100% 100% 100% 100% 100%
  • 14. Comentários • Na análise de todos os pesquisados, a maioria acredita que o segmento do seguro de automóvel ficará no mesmo grau de importância nos próximos 5 anos (mais de 50% das respostas), vindo a seguir os que acham que esse segmento também sofrerá profundas transformações (35% das respostas). • Já no caso dos acadêmicos das seguradoras, existe uma maior crença de que o segmento sofrerá mais transformações (45% das respostas).
  • 15. Esperamos alterações no formato dos seguros de auto. É importante o ramo se manter com a sua importância relativa.
  • 16. 5) Comportamento do Consumidor • PERGUNTA 4 • Em relação aos consumidores de seguros, nos próximos 5 (cinco) anos, eles devem: • Permanecerem no estágio atual de conhecimento sobre seguros (considerando que a grande maioria não conhece mais do que o básico sobre coberturas, direitos e deveres das suas apólices). • Estarem mais críticos e conscientes (melhorarem o nível de conhecimento sobre coberturas, direitos e deveres das apólices que contratam) • Amadurecerem seus conhecimentos sobre seguros (termos uma sociedade mais consciente e ativa sobre a importância econômica e social do seguro).
  • 17. Gráfico 4 - Comportamento Futuro dos Consumidores Estágio Atual 10% Mais Críticos 63% Mais Amadurecidos 27%
  • 18. Comentários • A partir das respostas dos acadêmicos, podemos dizer que existe um otimismo muito grande com relação ao comportamento futuro dos consumidores. • A maioria acredita que os consumidores estarão mais críticos e mais amadurecidos nos próximos 5 anos. • Apenas 10% das respostas apontam que a postura do consumidor não sofrerá mudanças.
  • 19. Podemos concluir que esperamos consumidores mais críticos e preparados nos próximos 5 anos. “Isto exigirá produtos bem desenhados ”.
  • 20. 6) Foco das Empresas • PERGUNTA 5 • Qual será o maior foco da sua empresa nos próximos 5 (cinco) anos (escolher apena um, o de maior importância estratégica): • Pessoas (investimentos em contratações – aumento do quadro e/ou capacitação). • TI (investimentos em tecnologia hardware e/ou software). • Maior capilaridade (aumento da rede – mais escritórios ou afins) • Infraestrutura geral (acomodações, localizações, etc...) • Ainda não definimos uma estratégia para esse prazo
  • 21. Foco das Empresas – Daqui a 5 anos - % Foco - % Segurador Corretor Advogados Consultores Total Pessoas 35% 44% 27% 28% 33% TI 40% 22% 18% 34% 31% Capilaridade 15% 0% 36% 9% 12% Infraestrutura 5% 11% 0% 0% 4% Sem Definição 5% 22% 18% 28% 20% Total 100% 100% 100% 100% 100%
  • 22. Comentários • Quando consideramos todas as respostas, os temas mais relevantes, em termos estratégicos, são a concentração dos investimentos em Pessoas e TI. • Entretanto, nos acadêmicos ligados a firmas de advocacia, o maior destaque cabe ao aumento de capilaridade.
  • 23. Áreas de TI e Pessoas serão mais demandadas e valorizadas.
  • 24. Capilaridade, entendida aqui como expansão física, não é a mais esperada nas seguradoras, sendo maior essa expectativa nos profissionais como corretores e advogados.
  • 25. 7) Debates e Trabalhos Científicos • PERGUNTA 6 • Em sua opinião falta ao mercado debates e trabalhos científicos sobre (escolher apenas uma, a que achar mais importante para seus negócios): • Produtos de seguros (inovações e diferenciais existentes em outros países). • Gestão de empresas (modelos e tecnologias que possam fazer a diferença). • Tendências (situações que irão afetar o mercado de seguros no futuro) • Infraestrutura geral (acomodações, localizações, etc...) • Aspectos legais e jurídicos que influenciam o setor de seguros
  • 26. Debates e Trabalhos Científicos Debates - % Segurador Corretor Advogados Consultores Total Produtos 45% 39% 27% 22% 32% Gestão de Empresas 5% 28% 18% 13% 15% Tendências 40% 28% 0% 53% 37% Infraestrutura 0% 0% 0% 0% 0% Aspectos Legais 10% 6% 55% 13% 16% Total 100% 100% 100% 100% 100%
  • 27. Comentários • Quando consideramos todas as respostas, os interesses estão relativamente bem distribuídos. • Essa é a principal característica dessa pergunta. • Os advogados preferem debates com temas jurídicos, os consultores e prestadores de serviços têm mais interesse em temas ligados a tendências do setor e as corretoras e seguradoras escolheram mais os assuntos ligados a produtos.
  • 28. Interesse acadêmico prevalece para o futuro do mercado. Os interesses estão relativamente bem distribuídos.