SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
1
O RISCO DE GUERRA ENTRE ESTADOS UNIDOS E COREIA DO NORTE
Fernando Alcoforado*
Entre 1950 e 1953 ocorreu a Guerra da Coreia que foi um conflito armado entre Coreia
do Sul e Coreia do Norte. Esta guerra se inseriu na disputa geopolítica entre Estados
Unidos e União Soviética. Foi o primeiro conflito armado da Guerra Fria, causando
apreensão no mundo todo, pois houve um risco iminente de uma guerra nuclear em
função do envolvimento direto entre as duas superpotências militares da época.
É oportuno observar que após o fim da Segunda Guerra Mundial com a rendição e
retirada das tropas japonesas, o norte passou a ser aliado dos soviéticos, enquanto o sul
ficou sob a influência norte-americana. Esta divisão gerou conflitos entre as duas
Coreias. Após diversas tentativas de derrubar o governo sul-coreano, a Coreia do Norte
invadiu a Coreia do Sul em 25 de junho de 1950. As tropas norte-coreanas conquistaram
Seul (capital da Coreia do Sul). Logo após a invasão norte-coreana, as Nações Unidas
enviaram tropas para a região a fim de expulsar os norte-coreanos e devolver o comando
de Seul para os sul-coreanos.
Os Estados Unidos entraram na guerra ao lado da Coreia do Sul, enquanto a China
(aliada da União Soviética) enviou tropas para a zona de conflito para apoiar a Coreia
do Norte. Em 1953, a Coreia do Sul, apoiada pelos Estados Unidos e outros países
capitalistas, obteve várias vitórias militares. Sangrentos conflitos ocorreram em
território coreano, provocando a morte de aproximadamente 4 milhões de pessoas,
sendo que a maioria era composta por civis. Em julho de 1953, o governo norte-
americano ameaçou usar armas nucleares contra a Coreia do Norte e a China caso a
guerra não fosse finalizada com a rendição norte-coreana. Em 28 de março de 1953,
Coreia do Norte e China aceitaram a proposta de paz das Nações Unidas.
Com o fim da guerra, as duas Coreias permaneceram divididas e os conflitos
geopolíticos continuaram, embora não houvesse o enfrentamento militar. Atualmente a
Coreia do Norte permanece com o regime comunista, enquanto a Coreia do Sul segue
no sistema capitalista. No momento atual, Estados Unidos e Coreia do Norte estão a um
passo da guerra cujo conflito pode começar a qualquer momento. Após uma semana de
trocas de ameaças entre Estados Unidos e Coreia do Norte, uma guerra pode começar a
qualquer momento na região. Em uma eventual guerra entre Estados Unidos e Coreia do
Norte não haverá vencedores.
A tensão entre Estados Unidos e Coreia do Norte existe há anos, mas se intensificou
desde que Donald Trump assumiu a Casa Branca, em janeiro deste ano. Donald Trump
mantém uma gestão mais combativa do que a de seu antecessor, Barack Obama, e
ameaça atacar o país asiático caso o regime de Pyongyang continue com seus testes
militares. Ontem, Trump ordenou o lançamento de uma bomba contra o Afeganistão
para atingir alvos terroristas do Estado Islâmico. O explosivo tinha quase 11 toneladas
de TNT e é considerada a bomba mais potente, atrás apenas da nuclear. Especialistas
viram no ataque uma tentativa de Washington demonstrar para seus inimigos seu poder
militar.
A Rússia, também, demonstrou preocupação com a situação e está acompanhando os
fatos. Um dos maiores aliados dos Estados Unidos na Ásia, o Japão já começou a
analisar as possibilidades de uma guerra. As Forças Armadas norte-coreanas
2
anunciaram que estão dispostas a adotar as medidas mais duras contra os Estados
Unidos, caso o governo de Donald Trump continue com as provocações.
Os historiadores supõem que sempre existiram guerras porque no registro documentado
da história humana, que remonta há 6.000 anos, houve apenas 292 anos de relativa paz
entre os povos. Esse período de tempo de 55 séculos, porém, é apenas uma partícula do
tempo total da presença humana na Terra. Pode-se afirmar que a humanidade evoluiu
até o presente momento do estágio de selvageria ao de barbárie. Selvageria é um estágio
característico das sociedades ou povos primitivos. O termo barbárie tem dois
significados distintos, mas ligados entre si: falta de civilização e crueldade de bárbaro.
Nos últimos 150 anos, a barbárie tem aumentado permanentemente. Ano a ano, década
a década, a violência e o desprezo pelo ser humano têm aumentado parecendo não haver
um limite para este fenômeno. Algo muitíssimo pior: os homens e mulheres se
acostumaram com a barbárie já não existindo espanto, estranheza, nem horror frente aos
atos desumanos. O grande desafio da era contemporânea é fazer a humanidade evoluir
do estágio de barbárie em que se encontra no momento atual ao de civilização.
Civilização é considerada o estágio mais avançado de determinada sociedade humana.
Existem alguns elementos geralmente aceitos por todos sobre o que tornaria uma
sociedade civilizada: 1) oferecer segurança garantida para todos os cidadãos que não
devem temer a perda de suas vidas ou ter danos físicos; 2) prover assistência médica da
melhor qualidade possível para todos os membros da sociedade; 3) conceder acesso à
comida e água para todos os cidadãos de modo que nenhuma pessoa passe fome ou
sede; 4) prover as condições básicas de habitação para todos os cidadãos; 5) possuir um
sistema legislativo democrático cujas leis sejam estabelecidas para preservar o bem-
estar da população; 6) prover um sistema educacional que garanta igualdade de acesso à
educação de alto nível para todas as pessoas visando tornar sua população altamente
educada; 7) assegurar para a população a liberdade de pensamento, crença, religião,
afiliação e expressão; e, 8) garantir o direito da população de participar das decisões de
governo.
É chegada a hora de a humanidade se dotar o mais urgentemente possível de
instrumentos necessários a ter o controle de seu destino e colocar em prática uma
governança democrática do mundo. Este é o único meio de acabar com as guerras e o
terrorismo e, em última instância, sustar a decadência em curso da humanidade. Uma
governança democrática do mundo é extrememente necessária porque não existe
nenhum outro meio capaz de construir um mundo no qual cada mulher, cada homem de
hoje e de amanhã tenham os mesmos direitos e os mesmos deveres, e nos quais os
interesses do planeta e de todas as nações, de todas as formas de vida e das gerações
futuras, sejam enfim levados em conta.
O papel fundamental da governança democrática do mundo seria o da conquista e
manutenção da paz mundial e de construção da governabilidade da economia e do meio
ambiente global. Por seu intermédio, seria perseguida a defesa dos interesses gerais do
planeta. Ela zelaria no sentido de cada Estado respeitar os direitos de cada cidadão do
mundo buscando impedir a propagação dos riscos sistêmicos mundiais de natureza
econômica e ambiental. Ela evitaria o império de um só e a anarquia de todos. A
preservação da paz é a primeira missão de toda nova forma de governança mundial.
Uma governança com essas características só pode resultar do consenso entre todos os
povos e nações do mundo. Este seria o caminho que possibilitaria evitar as guerras e o
3
terrorismo e promover a convergência de todos os povos do mundo em torno de um
objetivo comum.
Hoje, o mundo se defronta com uma débâcle humanitária. A humanidade tem de
entender que tem tudo a ganhar se unindo em torno de uma governança democrática no
mundo representativa dos interesses das nações, incluindo a mais poderosa, controlando
o mundo em sua totalidade, no tempo e no espaço. A nova ordem mundial a ser
edificada deve organizar não apenas as relações entre os homens na face da Terra, mas
também suas relações com a natureza. É preciso, portanto, que seja elaborado um
contrato social planetário que possibilite o desenvolvimento econômico e social e o uso
racional dos recursos da natureza em benefício de toda a humanidade. A edificação de
uma nova ordem mundial baseada nesses princípios é urgente.
*Fernando Alcoforado, 77, membro da Academia Baiana de Educação, engenheiro e doutor em
Planejamento Territorial e Desenvolvimento Regional pela Universidade de Barcelona, professor
universitário e consultor nas áreas de planejamento estratégico, planejamento empresarial, planejamento
regional e planejamento de sistemas energéticos, é autor dos livros Globalização (Editora Nobel, São
Paulo, 1997), De Collor a FHC- O Brasil e a Nova (Des)ordem Mundial (Editora Nobel, São Paulo,
1998), Um Projeto para o Brasil (Editora Nobel, São Paulo, 2000), Os condicionantes do
desenvolvimento do Estado da Bahia (Tese de doutorado. Universidade de
Barcelona,http://www.tesisenred.net/handle/10803/1944, 2003), Globalização e Desenvolvimento
(Editora Nobel, São Paulo, 2006), Bahia- Desenvolvimento do Século XVI ao Século XX e Objetivos
Estratégicos na Era Contemporânea (EGBA, Salvador, 2008), The Necessary Conditions of the
Economic and Social Development- The Case of the State of Bahia (VDM Verlag Dr. Müller
Aktiengesellschaft & Co. KG, Saarbrücken, Germany, 2010), Aquecimento Global e Catástrofe
Planetária (Viena- Editora e Gráfica, Santa Cruz do Rio Pardo, São Paulo, 2010), Amazônia Sustentável-
Para o progresso do Brasil e combate ao aquecimento global (Viena- Editora e Gráfica, Santa Cruz do
Rio Pardo, São Paulo, 2011), Os Fatores Condicionantes do Desenvolvimento Econômico e Social
(Editora CRV, Curitiba, 2012), Energia no Mundo e no Brasil- Energia e Mudança Climática
Catastrófica no Século XXI (Editora CRV, Curitiba, 2015) e As Grandes Revoluções Científicas,
Econômicas e Sociais que Mudaram o Mundo (Editora CRV, Curitiba, 2016). Possui blog na Internet
(http://fernando.alcoforado.zip.net). E-mail: falcoforado@uol.com.br.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O mundo em 2016 e os conflitos internacionais
O mundo em 2016 e os conflitos internacionaisO mundo em 2016 e os conflitos internacionais
O mundo em 2016 e os conflitos internacionaisFernando Alcoforado
 
255sticas da guerra_fria_
255sticas da guerra_fria_255sticas da guerra_fria_
255sticas da guerra_fria_pipcbcsregoval
 
Sim his ge0_09_10
Sim his ge0_09_10Sim his ge0_09_10
Sim his ge0_09_10ledaesteves
 
Estudos CACD - História do Brasil Aula07.1 - PEB durante a Ditadura Militar
Estudos CACD - História do Brasil Aula07.1 - PEB durante a Ditadura Militar Estudos CACD - História do Brasil Aula07.1 - PEB durante a Ditadura Militar
Estudos CACD - História do Brasil Aula07.1 - PEB durante a Ditadura Militar missaodiplomatica
 
Previsões de Chico Xavier
Previsões de Chico XavierPrevisões de Chico Xavier
Previsões de Chico XavierARLINDO JUNIOR
 
Conflitos armados no mundo III
Conflitos armados no mundo IIIConflitos armados no mundo III
Conflitos armados no mundo IIIRenata Magalhães
 
Análise de conjuntura sintese
Análise de conjuntura sinteseAnálise de conjuntura sintese
Análise de conjuntura sinteseBernadetecebs .
 
Terrorismo, capitalismo e governança mundial
Terrorismo, capitalismo e governança mundialTerrorismo, capitalismo e governança mundial
Terrorismo, capitalismo e governança mundialFernando Alcoforado
 
Ditadura Militar no Brasil - Prof. Altair Aguilar
Ditadura Militar no Brasil - Prof. Altair AguilarDitadura Militar no Brasil - Prof. Altair Aguilar
Ditadura Militar no Brasil - Prof. Altair AguilarAltair Moisés Aguilar
 
O mundo em 2013 e a ameaça de uma nova guerra mundial
O mundo em 2013 e a ameaça de uma nova guerra mundialO mundo em 2013 e a ameaça de uma nova guerra mundial
O mundo em 2013 e a ameaça de uma nova guerra mundialFernando Alcoforado
 

Mais procurados (18)

O mundo em 2016 e os conflitos internacionais
O mundo em 2016 e os conflitos internacionaisO mundo em 2016 e os conflitos internacionais
O mundo em 2016 e os conflitos internacionais
 
255sticas da guerra_fria_
255sticas da guerra_fria_255sticas da guerra_fria_
255sticas da guerra_fria_
 
Sim his ge0_09_10
Sim his ge0_09_10Sim his ge0_09_10
Sim his ge0_09_10
 
Estudos CACD - História do Brasil Aula07.1 - PEB durante a Ditadura Militar
Estudos CACD - História do Brasil Aula07.1 - PEB durante a Ditadura Militar Estudos CACD - História do Brasil Aula07.1 - PEB durante a Ditadura Militar
Estudos CACD - História do Brasil Aula07.1 - PEB durante a Ditadura Militar
 
Previsões de Chico Xavier
Previsões de Chico XavierPrevisões de Chico Xavier
Previsões de Chico Xavier
 
Governo de geisel
Governo de geiselGoverno de geisel
Governo de geisel
 
Conflitos armados no mundo III
Conflitos armados no mundo IIIConflitos armados no mundo III
Conflitos armados no mundo III
 
Análise de conjuntura sintese
Análise de conjuntura sinteseAnálise de conjuntura sintese
Análise de conjuntura sintese
 
Ditadura militar
Ditadura militar Ditadura militar
Ditadura militar
 
Terrorismo, capitalismo e governança mundial
Terrorismo, capitalismo e governança mundialTerrorismo, capitalismo e governança mundial
Terrorismo, capitalismo e governança mundial
 
Em defesa de um mundo melhor
Em defesa de um mundo melhorEm defesa de um mundo melhor
Em defesa de um mundo melhor
 
Aula palestra ditadura militar
Aula palestra ditadura militarAula palestra ditadura militar
Aula palestra ditadura militar
 
Fatos historicos
Fatos historicosFatos historicos
Fatos historicos
 
Ditadura Militar no Brasil - Prof. Altair Aguilar
Ditadura Militar no Brasil - Prof. Altair AguilarDitadura Militar no Brasil - Prof. Altair Aguilar
Ditadura Militar no Brasil - Prof. Altair Aguilar
 
Texto ditadura 2[1]
Texto ditadura 2[1]Texto ditadura 2[1]
Texto ditadura 2[1]
 
O mundo em 2013 e a ameaça de uma nova guerra mundial
O mundo em 2013 e a ameaça de uma nova guerra mundialO mundo em 2013 e a ameaça de uma nova guerra mundial
O mundo em 2013 e a ameaça de uma nova guerra mundial
 
6º ed.regime militar
6º ed.regime militar6º ed.regime militar
6º ed.regime militar
 
A ditadura militar e a educacao no brasil revisado
A ditadura militar e a educacao no brasil revisadoA ditadura militar e a educacao no brasil revisado
A ditadura militar e a educacao no brasil revisado
 

Semelhante a O risco de guerra entre estados unidos e coreia do norte

As eleições presidenciais nos estados unidos e o futuro das relações internac...
As eleições presidenciais nos estados unidos e o futuro das relações internac...As eleições presidenciais nos estados unidos e o futuro das relações internac...
As eleições presidenciais nos estados unidos e o futuro das relações internac...Fernando Alcoforado
 
A paz mundial e a confraternização universal
A paz mundial e a confraternização universalA paz mundial e a confraternização universal
A paz mundial e a confraternização universalFernando Alcoforado
 
A paz mundial e a confraternizacao universal
A paz mundial e a confraternizacao universalA paz mundial e a confraternizacao universal
A paz mundial e a confraternizacao universalRoberto Rabat Chame
 
COMO TORNAR REALIDADE A UTOPIA DA PAZ MUNDIAL PARA EVITAR A ECLOSÃO DA 3ª GUE...
COMO TORNAR REALIDADE A UTOPIA DA PAZ MUNDIAL PARA EVITAR A ECLOSÃO DA 3ª GUE...COMO TORNAR REALIDADE A UTOPIA DA PAZ MUNDIAL PARA EVITAR A ECLOSÃO DA 3ª GUE...
COMO TORNAR REALIDADE A UTOPIA DA PAZ MUNDIAL PARA EVITAR A ECLOSÃO DA 3ª GUE...Faga1939
 
Como eliminar as guerras em nosso planeta
Como eliminar as guerras em nosso planetaComo eliminar as guerras em nosso planeta
Como eliminar as guerras em nosso planetaFernando Alcoforado
 
As ordens mundias e guerra fria
As ordens mundias e guerra friaAs ordens mundias e guerra fria
As ordens mundias e guerra friavictormatheus76
 
um-mundo-policentrico-antecedentes-geopoliticos-e-geoestrategicos-papel-da-on...
um-mundo-policentrico-antecedentes-geopoliticos-e-geoestrategicos-papel-da-on...um-mundo-policentrico-antecedentes-geopoliticos-e-geoestrategicos-papel-da-on...
um-mundo-policentrico-antecedentes-geopoliticos-e-geoestrategicos-papel-da-on...Escola E.B.2,3 de Jovim Gondomar
 
Vivemos o tempo das catástrofes humanitárias
Vivemos o tempo das catástrofes humanitáriasVivemos o tempo das catástrofes humanitárias
Vivemos o tempo das catástrofes humanitáriasFernando Alcoforado
 
Brasil a guerra interna entre os poderes a teoria do equilibrio
Brasil  a guerra interna entre os poderes  a teoria do equilibrioBrasil  a guerra interna entre os poderes  a teoria do equilibrio
Brasil a guerra interna entre os poderes a teoria do equilibrioCIRINEU COSTA
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra friagdfsabc
 
A Guerra Fria: Um conflito Indireto.pptx
A Guerra Fria: Um conflito Indireto.pptxA Guerra Fria: Um conflito Indireto.pptx
A Guerra Fria: Um conflito Indireto.pptxWirlanPaje2
 
Aulão - 12 de Outubro - Prof Murilo
Aulão - 12 de Outubro - Prof MuriloAulão - 12 de Outubro - Prof Murilo
Aulão - 12 de Outubro - Prof MuriloMurilo Cisalpino
 
Mais reflexões sobre o golpe de estado de 1964 no brasil
Mais reflexões sobre o golpe de estado de 1964 no brasilMais reflexões sobre o golpe de estado de 1964 no brasil
Mais reflexões sobre o golpe de estado de 1964 no brasilFernando Alcoforado
 
Teoria do equilíbrio a guerra interna entre os poderes
Teoria do equilíbrio  a guerra interna entre os poderesTeoria do equilíbrio  a guerra interna entre os poderes
Teoria do equilíbrio a guerra interna entre os poderesCIRINEU COSTA
 
A Guerra Fria (ppt)
A Guerra Fria (ppt)A Guerra Fria (ppt)
A Guerra Fria (ppt)Janayna Lira
 

Semelhante a O risco de guerra entre estados unidos e coreia do norte (20)

As eleições presidenciais nos estados unidos e o futuro das relações internac...
As eleições presidenciais nos estados unidos e o futuro das relações internac...As eleições presidenciais nos estados unidos e o futuro das relações internac...
As eleições presidenciais nos estados unidos e o futuro das relações internac...
 
A paz mundial e a confraternização universal
A paz mundial e a confraternização universalA paz mundial e a confraternização universal
A paz mundial e a confraternização universal
 
A paz mundial e a confraternizacao universal
A paz mundial e a confraternizacao universalA paz mundial e a confraternizacao universal
A paz mundial e a confraternizacao universal
 
COMO TORNAR REALIDADE A UTOPIA DA PAZ MUNDIAL PARA EVITAR A ECLOSÃO DA 3ª GUE...
COMO TORNAR REALIDADE A UTOPIA DA PAZ MUNDIAL PARA EVITAR A ECLOSÃO DA 3ª GUE...COMO TORNAR REALIDADE A UTOPIA DA PAZ MUNDIAL PARA EVITAR A ECLOSÃO DA 3ª GUE...
COMO TORNAR REALIDADE A UTOPIA DA PAZ MUNDIAL PARA EVITAR A ECLOSÃO DA 3ª GUE...
 
Globalização do terrorismo
Globalização do terrorismoGlobalização do terrorismo
Globalização do terrorismo
 
Como eliminar as guerras em nosso planeta
Como eliminar as guerras em nosso planetaComo eliminar as guerras em nosso planeta
Como eliminar as guerras em nosso planeta
 
As ordens mundias e guerra fria
As ordens mundias e guerra friaAs ordens mundias e guerra fria
As ordens mundias e guerra fria
 
um-mundo-policentrico-antecedentes-geopoliticos-e-geoestrategicos-papel-da-on...
um-mundo-policentrico-antecedentes-geopoliticos-e-geoestrategicos-papel-da-on...um-mundo-policentrico-antecedentes-geopoliticos-e-geoestrategicos-papel-da-on...
um-mundo-policentrico-antecedentes-geopoliticos-e-geoestrategicos-papel-da-on...
 
A decadência da humanidade
A decadência da humanidadeA decadência da humanidade
A decadência da humanidade
 
Capitalismo e fascismo global
Capitalismo e fascismo globalCapitalismo e fascismo global
Capitalismo e fascismo global
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
Vivemos o tempo das catástrofes humanitárias
Vivemos o tempo das catástrofes humanitáriasVivemos o tempo das catástrofes humanitárias
Vivemos o tempo das catástrofes humanitárias
 
Brasil a guerra interna entre os poderes a teoria do equilibrio
Brasil  a guerra interna entre os poderes  a teoria do equilibrioBrasil  a guerra interna entre os poderes  a teoria do equilibrio
Brasil a guerra interna entre os poderes a teoria do equilibrio
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
A Guerra Fria: Um conflito Indireto.pptx
A Guerra Fria: Um conflito Indireto.pptxA Guerra Fria: Um conflito Indireto.pptx
A Guerra Fria: Um conflito Indireto.pptx
 
Aulão - 12 de Outubro - Prof Murilo
Aulão - 12 de Outubro - Prof MuriloAulão - 12 de Outubro - Prof Murilo
Aulão - 12 de Outubro - Prof Murilo
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
Mais reflexões sobre o golpe de estado de 1964 no brasil
Mais reflexões sobre o golpe de estado de 1964 no brasilMais reflexões sobre o golpe de estado de 1964 no brasil
Mais reflexões sobre o golpe de estado de 1964 no brasil
 
Teoria do equilíbrio a guerra interna entre os poderes
Teoria do equilíbrio  a guerra interna entre os poderesTeoria do equilíbrio  a guerra interna entre os poderes
Teoria do equilíbrio a guerra interna entre os poderes
 
A Guerra Fria (ppt)
A Guerra Fria (ppt)A Guerra Fria (ppt)
A Guerra Fria (ppt)
 

Mais de Fernando Alcoforado

O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO
O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO   O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO
O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO Fernando Alcoforado
 
L'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIEN
L'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIENL'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIEN
L'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIENFernando Alcoforado
 
LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?
LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?
LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?Fernando Alcoforado
 
AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...
AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...
AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...Fernando Alcoforado
 
GLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTH
GLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTHGLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTH
GLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTHFernando Alcoforado
 
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...Fernando Alcoforado
 
INONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL
INONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIALINONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL
INONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIALFernando Alcoforado
 
CITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGE
CITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGECITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGE
CITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGEFernando Alcoforado
 
INUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL
INUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBALINUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL
INUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBALFernando Alcoforado
 
CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022
CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022 CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022
CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022 Fernando Alcoforado
 
CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...
CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...
CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...Fernando Alcoforado
 
CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...
CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...
CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...Fernando Alcoforado
 
COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...
COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...
COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...Fernando Alcoforado
 
COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...
COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...
COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...Fernando Alcoforado
 
THE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLD
THE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLDTHE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLD
THE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLDFernando Alcoforado
 
LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE
LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE
LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE Fernando Alcoforado
 
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDO
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDOA GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDO
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDOFernando Alcoforado
 
O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...
O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...
O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...Fernando Alcoforado
 
LES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUEL
LES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUELLES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUEL
LES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUELFernando Alcoforado
 
SOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZIL
SOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZILSOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZIL
SOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZILFernando Alcoforado
 

Mais de Fernando Alcoforado (20)

O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO
O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO   O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO
O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO
 
L'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIEN
L'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIENL'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIEN
L'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIEN
 
LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?
LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?
LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?
 
AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...
AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...
AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...
 
GLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTH
GLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTHGLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTH
GLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTH
 
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...
 
INONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL
INONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIALINONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL
INONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL
 
CITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGE
CITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGECITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGE
CITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGE
 
INUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL
INUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBALINUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL
INUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL
 
CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022
CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022 CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022
CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022
 
CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...
CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...
CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...
 
CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...
CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...
CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...
 
COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...
COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...
COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...
 
COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...
COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...
COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...
 
THE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLD
THE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLDTHE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLD
THE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLD
 
LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE
LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE
LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE
 
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDO
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDOA GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDO
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDO
 
O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...
O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...
O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...
 
LES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUEL
LES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUELLES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUEL
LES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUEL
 
SOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZIL
SOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZILSOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZIL
SOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZIL
 

O risco de guerra entre estados unidos e coreia do norte

  • 1. 1 O RISCO DE GUERRA ENTRE ESTADOS UNIDOS E COREIA DO NORTE Fernando Alcoforado* Entre 1950 e 1953 ocorreu a Guerra da Coreia que foi um conflito armado entre Coreia do Sul e Coreia do Norte. Esta guerra se inseriu na disputa geopolítica entre Estados Unidos e União Soviética. Foi o primeiro conflito armado da Guerra Fria, causando apreensão no mundo todo, pois houve um risco iminente de uma guerra nuclear em função do envolvimento direto entre as duas superpotências militares da época. É oportuno observar que após o fim da Segunda Guerra Mundial com a rendição e retirada das tropas japonesas, o norte passou a ser aliado dos soviéticos, enquanto o sul ficou sob a influência norte-americana. Esta divisão gerou conflitos entre as duas Coreias. Após diversas tentativas de derrubar o governo sul-coreano, a Coreia do Norte invadiu a Coreia do Sul em 25 de junho de 1950. As tropas norte-coreanas conquistaram Seul (capital da Coreia do Sul). Logo após a invasão norte-coreana, as Nações Unidas enviaram tropas para a região a fim de expulsar os norte-coreanos e devolver o comando de Seul para os sul-coreanos. Os Estados Unidos entraram na guerra ao lado da Coreia do Sul, enquanto a China (aliada da União Soviética) enviou tropas para a zona de conflito para apoiar a Coreia do Norte. Em 1953, a Coreia do Sul, apoiada pelos Estados Unidos e outros países capitalistas, obteve várias vitórias militares. Sangrentos conflitos ocorreram em território coreano, provocando a morte de aproximadamente 4 milhões de pessoas, sendo que a maioria era composta por civis. Em julho de 1953, o governo norte- americano ameaçou usar armas nucleares contra a Coreia do Norte e a China caso a guerra não fosse finalizada com a rendição norte-coreana. Em 28 de março de 1953, Coreia do Norte e China aceitaram a proposta de paz das Nações Unidas. Com o fim da guerra, as duas Coreias permaneceram divididas e os conflitos geopolíticos continuaram, embora não houvesse o enfrentamento militar. Atualmente a Coreia do Norte permanece com o regime comunista, enquanto a Coreia do Sul segue no sistema capitalista. No momento atual, Estados Unidos e Coreia do Norte estão a um passo da guerra cujo conflito pode começar a qualquer momento. Após uma semana de trocas de ameaças entre Estados Unidos e Coreia do Norte, uma guerra pode começar a qualquer momento na região. Em uma eventual guerra entre Estados Unidos e Coreia do Norte não haverá vencedores. A tensão entre Estados Unidos e Coreia do Norte existe há anos, mas se intensificou desde que Donald Trump assumiu a Casa Branca, em janeiro deste ano. Donald Trump mantém uma gestão mais combativa do que a de seu antecessor, Barack Obama, e ameaça atacar o país asiático caso o regime de Pyongyang continue com seus testes militares. Ontem, Trump ordenou o lançamento de uma bomba contra o Afeganistão para atingir alvos terroristas do Estado Islâmico. O explosivo tinha quase 11 toneladas de TNT e é considerada a bomba mais potente, atrás apenas da nuclear. Especialistas viram no ataque uma tentativa de Washington demonstrar para seus inimigos seu poder militar. A Rússia, também, demonstrou preocupação com a situação e está acompanhando os fatos. Um dos maiores aliados dos Estados Unidos na Ásia, o Japão já começou a analisar as possibilidades de uma guerra. As Forças Armadas norte-coreanas
  • 2. 2 anunciaram que estão dispostas a adotar as medidas mais duras contra os Estados Unidos, caso o governo de Donald Trump continue com as provocações. Os historiadores supõem que sempre existiram guerras porque no registro documentado da história humana, que remonta há 6.000 anos, houve apenas 292 anos de relativa paz entre os povos. Esse período de tempo de 55 séculos, porém, é apenas uma partícula do tempo total da presença humana na Terra. Pode-se afirmar que a humanidade evoluiu até o presente momento do estágio de selvageria ao de barbárie. Selvageria é um estágio característico das sociedades ou povos primitivos. O termo barbárie tem dois significados distintos, mas ligados entre si: falta de civilização e crueldade de bárbaro. Nos últimos 150 anos, a barbárie tem aumentado permanentemente. Ano a ano, década a década, a violência e o desprezo pelo ser humano têm aumentado parecendo não haver um limite para este fenômeno. Algo muitíssimo pior: os homens e mulheres se acostumaram com a barbárie já não existindo espanto, estranheza, nem horror frente aos atos desumanos. O grande desafio da era contemporânea é fazer a humanidade evoluir do estágio de barbárie em que se encontra no momento atual ao de civilização. Civilização é considerada o estágio mais avançado de determinada sociedade humana. Existem alguns elementos geralmente aceitos por todos sobre o que tornaria uma sociedade civilizada: 1) oferecer segurança garantida para todos os cidadãos que não devem temer a perda de suas vidas ou ter danos físicos; 2) prover assistência médica da melhor qualidade possível para todos os membros da sociedade; 3) conceder acesso à comida e água para todos os cidadãos de modo que nenhuma pessoa passe fome ou sede; 4) prover as condições básicas de habitação para todos os cidadãos; 5) possuir um sistema legislativo democrático cujas leis sejam estabelecidas para preservar o bem- estar da população; 6) prover um sistema educacional que garanta igualdade de acesso à educação de alto nível para todas as pessoas visando tornar sua população altamente educada; 7) assegurar para a população a liberdade de pensamento, crença, religião, afiliação e expressão; e, 8) garantir o direito da população de participar das decisões de governo. É chegada a hora de a humanidade se dotar o mais urgentemente possível de instrumentos necessários a ter o controle de seu destino e colocar em prática uma governança democrática do mundo. Este é o único meio de acabar com as guerras e o terrorismo e, em última instância, sustar a decadência em curso da humanidade. Uma governança democrática do mundo é extrememente necessária porque não existe nenhum outro meio capaz de construir um mundo no qual cada mulher, cada homem de hoje e de amanhã tenham os mesmos direitos e os mesmos deveres, e nos quais os interesses do planeta e de todas as nações, de todas as formas de vida e das gerações futuras, sejam enfim levados em conta. O papel fundamental da governança democrática do mundo seria o da conquista e manutenção da paz mundial e de construção da governabilidade da economia e do meio ambiente global. Por seu intermédio, seria perseguida a defesa dos interesses gerais do planeta. Ela zelaria no sentido de cada Estado respeitar os direitos de cada cidadão do mundo buscando impedir a propagação dos riscos sistêmicos mundiais de natureza econômica e ambiental. Ela evitaria o império de um só e a anarquia de todos. A preservação da paz é a primeira missão de toda nova forma de governança mundial. Uma governança com essas características só pode resultar do consenso entre todos os povos e nações do mundo. Este seria o caminho que possibilitaria evitar as guerras e o
  • 3. 3 terrorismo e promover a convergência de todos os povos do mundo em torno de um objetivo comum. Hoje, o mundo se defronta com uma débâcle humanitária. A humanidade tem de entender que tem tudo a ganhar se unindo em torno de uma governança democrática no mundo representativa dos interesses das nações, incluindo a mais poderosa, controlando o mundo em sua totalidade, no tempo e no espaço. A nova ordem mundial a ser edificada deve organizar não apenas as relações entre os homens na face da Terra, mas também suas relações com a natureza. É preciso, portanto, que seja elaborado um contrato social planetário que possibilite o desenvolvimento econômico e social e o uso racional dos recursos da natureza em benefício de toda a humanidade. A edificação de uma nova ordem mundial baseada nesses princípios é urgente. *Fernando Alcoforado, 77, membro da Academia Baiana de Educação, engenheiro e doutor em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Regional pela Universidade de Barcelona, professor universitário e consultor nas áreas de planejamento estratégico, planejamento empresarial, planejamento regional e planejamento de sistemas energéticos, é autor dos livros Globalização (Editora Nobel, São Paulo, 1997), De Collor a FHC- O Brasil e a Nova (Des)ordem Mundial (Editora Nobel, São Paulo, 1998), Um Projeto para o Brasil (Editora Nobel, São Paulo, 2000), Os condicionantes do desenvolvimento do Estado da Bahia (Tese de doutorado. Universidade de Barcelona,http://www.tesisenred.net/handle/10803/1944, 2003), Globalização e Desenvolvimento (Editora Nobel, São Paulo, 2006), Bahia- Desenvolvimento do Século XVI ao Século XX e Objetivos Estratégicos na Era Contemporânea (EGBA, Salvador, 2008), The Necessary Conditions of the Economic and Social Development- The Case of the State of Bahia (VDM Verlag Dr. Müller Aktiengesellschaft & Co. KG, Saarbrücken, Germany, 2010), Aquecimento Global e Catástrofe Planetária (Viena- Editora e Gráfica, Santa Cruz do Rio Pardo, São Paulo, 2010), Amazônia Sustentável- Para o progresso do Brasil e combate ao aquecimento global (Viena- Editora e Gráfica, Santa Cruz do Rio Pardo, São Paulo, 2011), Os Fatores Condicionantes do Desenvolvimento Econômico e Social (Editora CRV, Curitiba, 2012), Energia no Mundo e no Brasil- Energia e Mudança Climática Catastrófica no Século XXI (Editora CRV, Curitiba, 2015) e As Grandes Revoluções Científicas, Econômicas e Sociais que Mudaram o Mundo (Editora CRV, Curitiba, 2016). Possui blog na Internet (http://fernando.alcoforado.zip.net). E-mail: falcoforado@uol.com.br.