SlideShare uma empresa Scribd logo
MESOPOTÂMIA
“O BERÇO DA CIVILIZAÇÃO”
POVOS DA MESOPOTÂMIA
 Sumérios;
 Babilônios;
 Assírios;
 Caldeus;
 Hititas.
Representação dos Jardins Suspensos da Babilônia
Sumérios
 Primeira civilização da Mesopotâmia;
 Organizada em Cidades-Estados. As
importantes: Uruk, Lagash, Eridu e Nipur;
 As cidades tinham AUTONOMIA
Religiosa, política e econômica;
 Escrita Cuneiforme (primeiro sistema de
escrita).
Definição Conceitual
 O termo cidade-Estado significa cidade
independente, com governo próprio e
autônomo, sendo comum, esta denominação,
na antiguidade (...)
 Fonte: Wikipédia
ESCRITA TRIANGULAR
CUNEIFORME
* Feita com cunhas “Pregos
* Utilização de argila como
“papel”.
* Principal finalidade:
registrar informações
Comerciais.
Babilônios
 Um de seus principais líderes: Hamurabi.
 O Rei Hamurabi elaborou o primeiro código de
leis escritas (Código de Hamurabi) baseado
no princípio de Talião (Olho por olho, dente
por dente).
 Talião = do latim: taliones – “tal qual”.
São 282 leis em 3600 linhas. A numeração vai até 282, mas a cláusula 13 foi
excluída por superstições da época. A peça tem 2,25 m de altura, 1,50 m de
circunferência na parte superior e 1,90 m na base.
Definição Teocracia
 Sistema de governo em
que o poder político se
encontra fundamentado
no poder religioso, pela
encarnação da divindade
no governante, como no
Egito dos faraós, ou por
sua escolha direta, como
nas monarquias
absolutas.
 Considerados
guerreiros ferozes:
primeiro exército
organizado.
 Dominação pelo terror:
saqueavam, destruíam,
massacravam e
escravizavam os
vencidos.
Assírios
 Os caldeus foram uma tribo que viveu no
litoral do Golfo Pérsico e se tornou parte
do Império Neobabilônico.
 A formação do Segundo Império Babilônico
(ou Neobabilônico) ocorreu no ano de 612
a.C.. Após os caldeus terem derrotados os
assírios, a Babilônia passou a ser dominada
pelos caldeus.
Caldeus
 No Antigo Testamento da Bíblia há várias
citações sobre esse povo que, sob o comando
de Nabucodonosor II teria
destruído Jerusalém e levado o
povo judeu para o cativeiro babilônico que
durou cerca de 70 anos.
 Após este período, os caldeus foram vencidos
pelos persas e a Babilônia dominada por Ciro
II.
Caldeus
 Forte ligação com os rios – “civilizações fluviais”.
 Estabeleceram as bases das primeiras
sociedades, construindo grandes obras
arquitetônicas e cidades.
 Desenvolveram o que conhecemos hoje como
“comércio”.
 Criação da escrita e do primeiro Código de Leis.
 Povos guerreiros que duelaram entre si: sumérios
conquistados pelo babilônicos, que foram
conquistados pelos assírios, que foram
conquistados pelos caldeus, que foram
conquistados pelos persas...
Mesopotâmia – Algumas
conclusões:

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Mesopotâmia - Aula 2017.pptx

1° ano - Mesopotâmia
1° ano - Mesopotâmia1° ano - Mesopotâmia
1° ano - Mesopotâmia
Daniel Alves Bronstrup
 
Colégio tiradentes da brigada militar mesopotâmia
Colégio tiradentes da brigada militar   mesopotâmiaColégio tiradentes da brigada militar   mesopotâmia
Colégio tiradentes da brigada militar mesopotâmia
Leonardo Leo
 
Cidades, passado e presente
Cidades, passado e presenteCidades, passado e presente
Cidades, passado e presente
Juliana Zalamena
 
Unidade 4
Unidade 4Unidade 4
Apostila de-historia-antiga-oriental
Apostila de-historia-antiga-orientalApostila de-historia-antiga-oriental
Apostila de-historia-antiga-oriental
Jemuel Araújo da Silva
 
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
Daniel Alves Bronstrup
 
Povos mesopotâmicos
Povos mesopotâmicosPovos mesopotâmicos
Povos mesopotâmicos
Italo Colares
 
Mesopotâmia
MesopotâmiaMesopotâmia
Mesopotâmia
Janayna Lira
 
Mesopotâmia
MesopotâmiaMesopotâmia
Mesopotâmia
Jorge Hermany Sobral
 
Resumo unidade II - História - 1° ANO ENSINO MÉDIO
Resumo unidade II - História - 1° ANO ENSINO MÉDIO Resumo unidade II - História - 1° ANO ENSINO MÉDIO
Resumo unidade II - História - 1° ANO ENSINO MÉDIO
Marco Antonio Wanderley Leal
 
As Civilizações Mesopotâmicas
As Civilizações MesopotâmicasAs Civilizações Mesopotâmicas
As Civilizações Mesopotâmicas
João Medeiros
 
Aula-06-Mesopotamia_f5293bf22c454676b41f7b9b7b8b8611.pptx
Aula-06-Mesopotamia_f5293bf22c454676b41f7b9b7b8b8611.pptxAula-06-Mesopotamia_f5293bf22c454676b41f7b9b7b8b8611.pptx
Aula-06-Mesopotamia_f5293bf22c454676b41f7b9b7b8b8611.pptx
AndressaRodrigues294823
 
Mesopotamia slide
Mesopotamia slideMesopotamia slide
Mesopotamia slide
Isabel Aguiar
 
Mesopotâmia
Mesopotâmia Mesopotâmia
Mesopotâmia
Álef Santos
 
A MESOPOTÂMIA
A MESOPOTÂMIAA MESOPOTÂMIA
Povos da mesopotâmia
Povos da mesopotâmiaPovos da mesopotâmia
Povos da mesopotâmia
Lucas Reis
 
02 mesopotâmia
02   mesopotâmia02   mesopotâmia
Mesopotamia sexto ano
Mesopotamia sexto anoMesopotamia sexto ano
Mesopotamia sexto ano
Jovania Zanotelli
 
Mesopotâmia
MesopotâmiaMesopotâmia
Mesopotâmia
Ramon Chieppe
 
Mesopotamia
Mesopotamia Mesopotamia
Mesopotamia
Dismael Sagás
 

Semelhante a Mesopotâmia - Aula 2017.pptx (20)

1° ano - Mesopotâmia
1° ano - Mesopotâmia1° ano - Mesopotâmia
1° ano - Mesopotâmia
 
Colégio tiradentes da brigada militar mesopotâmia
Colégio tiradentes da brigada militar   mesopotâmiaColégio tiradentes da brigada militar   mesopotâmia
Colégio tiradentes da brigada militar mesopotâmia
 
Cidades, passado e presente
Cidades, passado e presenteCidades, passado e presente
Cidades, passado e presente
 
Unidade 4
Unidade 4Unidade 4
Unidade 4
 
Apostila de-historia-antiga-oriental
Apostila de-historia-antiga-orientalApostila de-historia-antiga-oriental
Apostila de-historia-antiga-oriental
 
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
 
Povos mesopotâmicos
Povos mesopotâmicosPovos mesopotâmicos
Povos mesopotâmicos
 
Mesopotâmia
MesopotâmiaMesopotâmia
Mesopotâmia
 
Mesopotâmia
MesopotâmiaMesopotâmia
Mesopotâmia
 
Resumo unidade II - História - 1° ANO ENSINO MÉDIO
Resumo unidade II - História - 1° ANO ENSINO MÉDIO Resumo unidade II - História - 1° ANO ENSINO MÉDIO
Resumo unidade II - História - 1° ANO ENSINO MÉDIO
 
As Civilizações Mesopotâmicas
As Civilizações MesopotâmicasAs Civilizações Mesopotâmicas
As Civilizações Mesopotâmicas
 
Aula-06-Mesopotamia_f5293bf22c454676b41f7b9b7b8b8611.pptx
Aula-06-Mesopotamia_f5293bf22c454676b41f7b9b7b8b8611.pptxAula-06-Mesopotamia_f5293bf22c454676b41f7b9b7b8b8611.pptx
Aula-06-Mesopotamia_f5293bf22c454676b41f7b9b7b8b8611.pptx
 
Mesopotamia slide
Mesopotamia slideMesopotamia slide
Mesopotamia slide
 
Mesopotâmia
Mesopotâmia Mesopotâmia
Mesopotâmia
 
A MESOPOTÂMIA
A MESOPOTÂMIAA MESOPOTÂMIA
A MESOPOTÂMIA
 
Povos da mesopotâmia
Povos da mesopotâmiaPovos da mesopotâmia
Povos da mesopotâmia
 
02 mesopotâmia
02   mesopotâmia02   mesopotâmia
02 mesopotâmia
 
Mesopotamia sexto ano
Mesopotamia sexto anoMesopotamia sexto ano
Mesopotamia sexto ano
 
Mesopotâmia
MesopotâmiaMesopotâmia
Mesopotâmia
 
Mesopotamia
Mesopotamia Mesopotamia
Mesopotamia
 

Mais de MarcosTerrinha

caderno-11-do-programa-nacional-de-fortalecimento-dos-conselhos-escolares.ppt
caderno-11-do-programa-nacional-de-fortalecimento-dos-conselhos-escolares.pptcaderno-11-do-programa-nacional-de-fortalecimento-dos-conselhos-escolares.ppt
caderno-11-do-programa-nacional-de-fortalecimento-dos-conselhos-escolares.ppt
MarcosTerrinha
 
2 - transformação de ano em seculos.pptx
2 - transformação de ano em seculos.pptx2 - transformação de ano em seculos.pptx
2 - transformação de ano em seculos.pptx
MarcosTerrinha
 
1 - A questão do tempo, sincronias e diacronias reflexões sobre o sentido das...
1 - A questão do tempo, sincronias e diacronias reflexões sobre o sentido das...1 - A questão do tempo, sincronias e diacronias reflexões sobre o sentido das...
1 - A questão do tempo, sincronias e diacronias reflexões sobre o sentido das...
MarcosTerrinha
 
22931.pptx
22931.pptx22931.pptx
22931.pptx
MarcosTerrinha
 
Independência das treze colônias Inglesas na América.pptx
Independência das treze colônias Inglesas na América.pptxIndependência das treze colônias Inglesas na América.pptx
Independência das treze colônias Inglesas na América.pptx
MarcosTerrinha
 
Vida social, econômica, política e cultural dos reinos africanos O reino de M...
Vida social, econômica, política e cultural dos reinos africanos O reino de M...Vida social, econômica, política e cultural dos reinos africanos O reino de M...
Vida social, econômica, política e cultural dos reinos africanos O reino de M...
MarcosTerrinha
 
HISTÓRIA_iluminismo
HISTÓRIA_iluminismo HISTÓRIA_iluminismo
HISTÓRIA_iluminismo
MarcosTerrinha
 
A Guerra do Pacífico, o Combate Naval.pptx
A Guerra do Pacífico, o Combate Naval.pptxA Guerra do Pacífico, o Combate Naval.pptx
A Guerra do Pacífico, o Combate Naval.pptx
MarcosTerrinha
 
Romantismo.ppt
Romantismo.pptRomantismo.ppt
Romantismo.ppt
MarcosTerrinha
 
1ª REPÚBLICA VELHA 9º ANO.pptx
1ª REPÚBLICA VELHA 9º ANO.pptx1ª REPÚBLICA VELHA 9º ANO.pptx
1ª REPÚBLICA VELHA 9º ANO.pptx
MarcosTerrinha
 
historia-cultural_africa.ppt
historia-cultural_africa.ppthistoria-cultural_africa.ppt
historia-cultural_africa.ppt
MarcosTerrinha
 
Aula Africa.ppt
Aula Africa.pptAula Africa.ppt
Aula Africa.ppt
MarcosTerrinha
 
Prova ENEM 2014.pptx
Prova ENEM 2014.pptxProva ENEM 2014.pptx
Prova ENEM 2014.pptx
MarcosTerrinha
 
HISTÓRIA_EM_3ªSÉRIE_SLIDES_AULAN1.pptx
HISTÓRIA_EM_3ªSÉRIE_SLIDES_AULAN1.pptxHISTÓRIA_EM_3ªSÉRIE_SLIDES_AULAN1.pptx
HISTÓRIA_EM_3ªSÉRIE_SLIDES_AULAN1.pptx
MarcosTerrinha
 

Mais de MarcosTerrinha (14)

caderno-11-do-programa-nacional-de-fortalecimento-dos-conselhos-escolares.ppt
caderno-11-do-programa-nacional-de-fortalecimento-dos-conselhos-escolares.pptcaderno-11-do-programa-nacional-de-fortalecimento-dos-conselhos-escolares.ppt
caderno-11-do-programa-nacional-de-fortalecimento-dos-conselhos-escolares.ppt
 
2 - transformação de ano em seculos.pptx
2 - transformação de ano em seculos.pptx2 - transformação de ano em seculos.pptx
2 - transformação de ano em seculos.pptx
 
1 - A questão do tempo, sincronias e diacronias reflexões sobre o sentido das...
1 - A questão do tempo, sincronias e diacronias reflexões sobre o sentido das...1 - A questão do tempo, sincronias e diacronias reflexões sobre o sentido das...
1 - A questão do tempo, sincronias e diacronias reflexões sobre o sentido das...
 
22931.pptx
22931.pptx22931.pptx
22931.pptx
 
Independência das treze colônias Inglesas na América.pptx
Independência das treze colônias Inglesas na América.pptxIndependência das treze colônias Inglesas na América.pptx
Independência das treze colônias Inglesas na América.pptx
 
Vida social, econômica, política e cultural dos reinos africanos O reino de M...
Vida social, econômica, política e cultural dos reinos africanos O reino de M...Vida social, econômica, política e cultural dos reinos africanos O reino de M...
Vida social, econômica, política e cultural dos reinos africanos O reino de M...
 
HISTÓRIA_iluminismo
HISTÓRIA_iluminismo HISTÓRIA_iluminismo
HISTÓRIA_iluminismo
 
A Guerra do Pacífico, o Combate Naval.pptx
A Guerra do Pacífico, o Combate Naval.pptxA Guerra do Pacífico, o Combate Naval.pptx
A Guerra do Pacífico, o Combate Naval.pptx
 
Romantismo.ppt
Romantismo.pptRomantismo.ppt
Romantismo.ppt
 
1ª REPÚBLICA VELHA 9º ANO.pptx
1ª REPÚBLICA VELHA 9º ANO.pptx1ª REPÚBLICA VELHA 9º ANO.pptx
1ª REPÚBLICA VELHA 9º ANO.pptx
 
historia-cultural_africa.ppt
historia-cultural_africa.ppthistoria-cultural_africa.ppt
historia-cultural_africa.ppt
 
Aula Africa.ppt
Aula Africa.pptAula Africa.ppt
Aula Africa.ppt
 
Prova ENEM 2014.pptx
Prova ENEM 2014.pptxProva ENEM 2014.pptx
Prova ENEM 2014.pptx
 
HISTÓRIA_EM_3ªSÉRIE_SLIDES_AULAN1.pptx
HISTÓRIA_EM_3ªSÉRIE_SLIDES_AULAN1.pptxHISTÓRIA_EM_3ªSÉRIE_SLIDES_AULAN1.pptx
HISTÓRIA_EM_3ªSÉRIE_SLIDES_AULAN1.pptx
 

Último

Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
PatriciaZanoli
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
YeniferGarcia36
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 

Último (20)

Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 

Mesopotâmia - Aula 2017.pptx

  • 1. MESOPOTÂMIA “O BERÇO DA CIVILIZAÇÃO”
  • 2.
  • 3.
  • 4. POVOS DA MESOPOTÂMIA  Sumérios;  Babilônios;  Assírios;  Caldeus;  Hititas. Representação dos Jardins Suspensos da Babilônia
  • 5. Sumérios  Primeira civilização da Mesopotâmia;  Organizada em Cidades-Estados. As importantes: Uruk, Lagash, Eridu e Nipur;  As cidades tinham AUTONOMIA Religiosa, política e econômica;  Escrita Cuneiforme (primeiro sistema de escrita).
  • 6. Definição Conceitual  O termo cidade-Estado significa cidade independente, com governo próprio e autônomo, sendo comum, esta denominação, na antiguidade (...)  Fonte: Wikipédia
  • 7. ESCRITA TRIANGULAR CUNEIFORME * Feita com cunhas “Pregos * Utilização de argila como “papel”. * Principal finalidade: registrar informações Comerciais.
  • 8. Babilônios  Um de seus principais líderes: Hamurabi.  O Rei Hamurabi elaborou o primeiro código de leis escritas (Código de Hamurabi) baseado no princípio de Talião (Olho por olho, dente por dente).  Talião = do latim: taliones – “tal qual”.
  • 9. São 282 leis em 3600 linhas. A numeração vai até 282, mas a cláusula 13 foi excluída por superstições da época. A peça tem 2,25 m de altura, 1,50 m de circunferência na parte superior e 1,90 m na base.
  • 10.
  • 11. Definição Teocracia  Sistema de governo em que o poder político se encontra fundamentado no poder religioso, pela encarnação da divindade no governante, como no Egito dos faraós, ou por sua escolha direta, como nas monarquias absolutas.
  • 12.  Considerados guerreiros ferozes: primeiro exército organizado.  Dominação pelo terror: saqueavam, destruíam, massacravam e escravizavam os vencidos. Assírios
  • 13.  Os caldeus foram uma tribo que viveu no litoral do Golfo Pérsico e se tornou parte do Império Neobabilônico.  A formação do Segundo Império Babilônico (ou Neobabilônico) ocorreu no ano de 612 a.C.. Após os caldeus terem derrotados os assírios, a Babilônia passou a ser dominada pelos caldeus. Caldeus
  • 14.  No Antigo Testamento da Bíblia há várias citações sobre esse povo que, sob o comando de Nabucodonosor II teria destruído Jerusalém e levado o povo judeu para o cativeiro babilônico que durou cerca de 70 anos.  Após este período, os caldeus foram vencidos pelos persas e a Babilônia dominada por Ciro II. Caldeus
  • 15.  Forte ligação com os rios – “civilizações fluviais”.  Estabeleceram as bases das primeiras sociedades, construindo grandes obras arquitetônicas e cidades.  Desenvolveram o que conhecemos hoje como “comércio”.  Criação da escrita e do primeiro Código de Leis.  Povos guerreiros que duelaram entre si: sumérios conquistados pelo babilônicos, que foram conquistados pelos assírios, que foram conquistados pelos caldeus, que foram conquistados pelos persas... Mesopotâmia – Algumas conclusões: