SlideShare uma empresa Scribd logo
1
TRANSIÇÃO DO IMPÉRIO
PARA A REPÚBLICA
FATORES:
QUESTÃO ABOLICIONISTA
QUESTÃO REPUBLICANA
QUESTÃO RELIGIOSA
QUESTÃO MILITAR
2
GOLPE - PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA
Proclamação da República, de Benedito Calixto (1853-1927)
Disponível em: http://alunosonline.uol.com.br
"Por ora a cor do governo é
puramente militar e deverá
ser assim. O fato foi deles,
deles só, porque a
colaboração do elemento
civil foi quase nula. O povo
assistiu àquilo bestializado,
atônito, surpreso, sem
conhecer o que
significava." (Carta de
Aristides Lobo [1838-1896]
sobre o episódio de 15 de
novembro de 1889.)
3
BRASIL: REPÚBLICA
REPÚBLICA VELHA (1889 – 1930)
ERA VARGAS (1930 – 1945)
REPÚBLICA LIBERAL (1945 – 1964)
DITADURA MILITAR (1964 – 1985)
NOVA REPÚBLICA (1985 – 2017)
4
REPÚBLICA VELHA
(1889 – 1930)
REPÚBLICA DAS ESPADAS (1889 – 1894)
REPÚBLICA OLIGÁRQUICA (1894 – 1930)
5
Separação entre Igreja e
Estado
Grande Naturalização (1890)
Constituição de 1891
Encilhamento
1ª Revolta da Armada - RJ
Renúncia – novembro 1891
Governo Provisório – Deodoro da Fonseca – 1889 a 1891
http://profisabelaguiar.blogspot.com.br
6
FLORIANO PEIXOTO
“MARECHAL DE FERRO”– 1891 A 1894
Base de apoio: elite agrária (oligarquia) e exército
Congelamento de preços e de aluguéis
Construção de casas populares
2ª Revolta da Armada - RJ
Revolução Federalista - RS
7
REPÚBLICA OLIGÁRQUICA
(1894 – 1930)
http://culturaretro.blogspot.com.br
POLITICA DO CAFÉ COM LEITE ou POLÍTICA DO CAFÉ COM CAFÉ?
12
DE NO PRESENTE...
Conexões temporais
É possível reconhecermos práticas do
coronelismo no Brasil contemporâneo?
ECONOMIA – TABELA – PÁGINA 49 DO LIVRO
*FUNDING LOAN – 1902 – CAMPOS SALES
(RENEGOCIAÇÃO DA DÍVIDA )
*CONVÊNIO DE TAUBATÉ – 1906 – RODRIGUES ALVES
(POLÍTICA DE VALORIZAÇÃO DO CAFÉ)
estados de MG/SP/RJ contraem empréstimos no exterior
para comprar o excedente de café.
proibição de novas áreas de plantio
*SURTO DA BORRACHA – 1870 A 1910
TRATADO DE PETRÓPOLIS -1903
*SURTO INDUSTRIAL – 1914 A 1918 – VENCESLAU BRÁS
ECONOMIA
MOVIMENTOS SOCIAIS
 CANUDOS – 1893 a 1897 – sertão da Bahia
 REVOLTA DA VACINA – 1904- Rio de Janeiro
 REVOLTA DA CHIBATA – 1910 – Rio de Janeiro
 CONTESTADO – 1912 a 1916 – Paraná/Santa Catarina
 JUAZEIRO – 1914 – Ceará
 CANGAÇO – do século XIX até 1938 – sertão nordestino
 MOVIMENTO OPERÁRIO – destaque para as greves de 1907 e
1917
Revolta da Chibata
17
GUERRA DE CANUDOS
(1893 – 1897)
Sertão da Bahia
Arraial de Canudos: 20 – 30 mil pessoas
Beato Antônio Conselheiro
Messianismo
Referência bibliográfica: “Os Sertões” de
Euclides da Cunha
18
GUERRA DE CANUDOS
(1893 – 1897)
Contestação da Miséria
Luta pela salvação da alma
Oposição à estrutura fundiária
Sociedade Alternativa
Contrários à República (Impostos,
Separação da Igreja do Estado)
20
O CANGAÇO
Nordeste Brasileiro
Banditismo Social
Forma de Contestação Social
Lampião
1938: Fim do Cangaço
2/13/2023 21
CONTESTADO – 1912 A 1916
REVOLTA DA VACINA
OSWALDO CRUZ
O Rio de Janeiro em pé de
guerra: insatisfação com a
reforma urbana (demolição de
cortiços do centro) associada
à vacinação obrigatória.
26
DE NO PRESENTE...
Conexões temporais
Qual é o tratamento dado pelo governo à saúde pública
no Brasil?
Quais são as epidemias atuais? Como são combatidas?
*REVOLTA DOS 18 DO FORTE DE COPACABANA –
1922
*COLUNA PAULISTA – 1924
*COLUNA PRESTES – 1924 A 1927
TENENTISMO
ANO DE 1922 – DIAS 13, 15 E 17 DE
FEVEREIRO
No Teatro municipal de São
Paulo, em noite de gala, seriam
realizados os eventos da Semana
de Arte Moderna
 Embora causassem escândalo, os
modernistas se fizeram notar! Deixaram
claro que não tinham apenas intenções
artísticas, mas um conjunto de obras em
que as novas propostas eram
concretizadas, demonstrando a
viabilidade dos novos rumos estéticos.
ABAPORU – TARSILA DO
AMARAL
33
34

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a 1ª REPÚBLICA VELHA 9º ANO.pptx

República velha
República velhaRepública velha
Revoltas na República Velha
Revoltas na República VelhaRevoltas na República Velha
Revoltas na República Velha
Edenilson Morais
 
Revoltas da rep velha3
Revoltas da rep velha3Revoltas da rep velha3
Revoltas da rep velha3
Privada
 
História do brasil 11 - República do Café II
História do brasil 11 - República do Café IIHistória do brasil 11 - República do Café II
História do brasil 11 - República do Café II
fernandacarolinestang
 
Brasil república
Brasil repúblicaBrasil república
Brasil república
dmflores21
 
MOVIMENTOS SOCIAIS DA PRIMEIRA REPÚBLICA ( ).pdf
MOVIMENTOS SOCIAIS DA PRIMEIRA REPÚBLICA ( ).pdfMOVIMENTOS SOCIAIS DA PRIMEIRA REPÚBLICA ( ).pdf
MOVIMENTOS SOCIAIS DA PRIMEIRA REPÚBLICA ( ).pdf
IRELDOALVESDASILVA
 
Revolução de 1930 slide
Revolução de 1930 slideRevolução de 1930 slide
Revolução de 1930 slide
Isabel Aguiar
 
A REPÚBLICA VELHA.pptx
A REPÚBLICA VELHA.pptxA REPÚBLICA VELHA.pptx
A REPÚBLICA VELHA.pptx
GermanoEsteves1
 
Capítulo 54 2º ano
Capítulo 54    2º anoCapítulo 54    2º ano
Capítulo 54 2º ano
Auxiliadora
 
A repblicavelha18891930 novo slide aula de 15 e 16 de fev
A repblicavelha18891930  novo slide aula de 15 e 16 de fevA repblicavelha18891930  novo slide aula de 15 e 16 de fev
A repblicavelha18891930 novo slide aula de 15 e 16 de fev
Zeze Silva
 
História rafa- república da espada e república do café com leite
História   rafa- república da espada e república do café com leiteHistória   rafa- república da espada e república do café com leite
História rafa- república da espada e república do café com leite
Rafael Noronha
 
PRIMEIRA REPÚBLICA.pptx
PRIMEIRA REPÚBLICA.pptxPRIMEIRA REPÚBLICA.pptx
PRIMEIRA REPÚBLICA.pptx
SergioFerreira536802
 
republica brasileira - 2019
republica brasileira - 2019republica brasileira - 2019
republica brasileira - 2019
Zeze Silva
 
A República velha
A República velhaA República velha
A República velha
Edenilson Morais
 
Brasil República Velha
Brasil República VelhaBrasil República Velha
Brasil República Velha
Marcos Judice
 
Charges e caricaturas da república velha
Charges e caricaturas da república velhaCharges e caricaturas da república velha
Charges e caricaturas da república velha
Edenilson Morais
 
_Brasil Republica Republica Velha 3° Ano Aula 16 A 19
_Brasil Republica Republica Velha   3° Ano   Aula 16 A 19_Brasil Republica Republica Velha   3° Ano   Aula 16 A 19
_Brasil Republica Republica Velha 3° Ano Aula 16 A 19
Lela Leite
 
3° Ano Aula 16 A 19 Brasil RepúBlica RepúBlica Velha
3° Ano Aula 16 A 19 Brasil RepúBlica RepúBlica Velha3° Ano Aula 16 A 19 Brasil RepúBlica RepúBlica Velha
3° Ano Aula 16 A 19 Brasil RepúBlica RepúBlica Velha
Lela Leite
 
BRASIL 05 - ERA VARGAS
BRASIL 05 - ERA VARGASBRASIL 05 - ERA VARGAS
BRASIL 05 - ERA VARGAS
Diego Bian Filo Moreira
 
Aulão história ufsc 2014 - história do brasil
Aulão história ufsc 2014 -  história do brasilAulão história ufsc 2014 -  história do brasil
Aulão história ufsc 2014 - história do brasil
Daniel Alves Bronstrup
 

Semelhante a 1ª REPÚBLICA VELHA 9º ANO.pptx (20)

República velha
República velhaRepública velha
República velha
 
Revoltas na República Velha
Revoltas na República VelhaRevoltas na República Velha
Revoltas na República Velha
 
Revoltas da rep velha3
Revoltas da rep velha3Revoltas da rep velha3
Revoltas da rep velha3
 
História do brasil 11 - República do Café II
História do brasil 11 - República do Café IIHistória do brasil 11 - República do Café II
História do brasil 11 - República do Café II
 
Brasil república
Brasil repúblicaBrasil república
Brasil república
 
MOVIMENTOS SOCIAIS DA PRIMEIRA REPÚBLICA ( ).pdf
MOVIMENTOS SOCIAIS DA PRIMEIRA REPÚBLICA ( ).pdfMOVIMENTOS SOCIAIS DA PRIMEIRA REPÚBLICA ( ).pdf
MOVIMENTOS SOCIAIS DA PRIMEIRA REPÚBLICA ( ).pdf
 
Revolução de 1930 slide
Revolução de 1930 slideRevolução de 1930 slide
Revolução de 1930 slide
 
A REPÚBLICA VELHA.pptx
A REPÚBLICA VELHA.pptxA REPÚBLICA VELHA.pptx
A REPÚBLICA VELHA.pptx
 
Capítulo 54 2º ano
Capítulo 54    2º anoCapítulo 54    2º ano
Capítulo 54 2º ano
 
A repblicavelha18891930 novo slide aula de 15 e 16 de fev
A repblicavelha18891930  novo slide aula de 15 e 16 de fevA repblicavelha18891930  novo slide aula de 15 e 16 de fev
A repblicavelha18891930 novo slide aula de 15 e 16 de fev
 
História rafa- república da espada e república do café com leite
História   rafa- república da espada e república do café com leiteHistória   rafa- república da espada e república do café com leite
História rafa- república da espada e república do café com leite
 
PRIMEIRA REPÚBLICA.pptx
PRIMEIRA REPÚBLICA.pptxPRIMEIRA REPÚBLICA.pptx
PRIMEIRA REPÚBLICA.pptx
 
republica brasileira - 2019
republica brasileira - 2019republica brasileira - 2019
republica brasileira - 2019
 
A República velha
A República velhaA República velha
A República velha
 
Brasil República Velha
Brasil República VelhaBrasil República Velha
Brasil República Velha
 
Charges e caricaturas da república velha
Charges e caricaturas da república velhaCharges e caricaturas da república velha
Charges e caricaturas da república velha
 
_Brasil Republica Republica Velha 3° Ano Aula 16 A 19
_Brasil Republica Republica Velha   3° Ano   Aula 16 A 19_Brasil Republica Republica Velha   3° Ano   Aula 16 A 19
_Brasil Republica Republica Velha 3° Ano Aula 16 A 19
 
3° Ano Aula 16 A 19 Brasil RepúBlica RepúBlica Velha
3° Ano Aula 16 A 19 Brasil RepúBlica RepúBlica Velha3° Ano Aula 16 A 19 Brasil RepúBlica RepúBlica Velha
3° Ano Aula 16 A 19 Brasil RepúBlica RepúBlica Velha
 
BRASIL 05 - ERA VARGAS
BRASIL 05 - ERA VARGASBRASIL 05 - ERA VARGAS
BRASIL 05 - ERA VARGAS
 
Aulão história ufsc 2014 - história do brasil
Aulão história ufsc 2014 -  história do brasilAulão história ufsc 2014 -  história do brasil
Aulão história ufsc 2014 - história do brasil
 

Mais de MarcosTerrinha

caderno-11-do-programa-nacional-de-fortalecimento-dos-conselhos-escolares.ppt
caderno-11-do-programa-nacional-de-fortalecimento-dos-conselhos-escolares.pptcaderno-11-do-programa-nacional-de-fortalecimento-dos-conselhos-escolares.ppt
caderno-11-do-programa-nacional-de-fortalecimento-dos-conselhos-escolares.ppt
MarcosTerrinha
 
2 - transformação de ano em seculos.pptx
2 - transformação de ano em seculos.pptx2 - transformação de ano em seculos.pptx
2 - transformação de ano em seculos.pptx
MarcosTerrinha
 
1 - A questão do tempo, sincronias e diacronias reflexões sobre o sentido das...
1 - A questão do tempo, sincronias e diacronias reflexões sobre o sentido das...1 - A questão do tempo, sincronias e diacronias reflexões sobre o sentido das...
1 - A questão do tempo, sincronias e diacronias reflexões sobre o sentido das...
MarcosTerrinha
 
Mesopotâmia - Aula 2017.pptx
Mesopotâmia - Aula 2017.pptxMesopotâmia - Aula 2017.pptx
Mesopotâmia - Aula 2017.pptx
MarcosTerrinha
 
22931.pptx
22931.pptx22931.pptx
22931.pptx
MarcosTerrinha
 
Independência das treze colônias Inglesas na América.pptx
Independência das treze colônias Inglesas na América.pptxIndependência das treze colônias Inglesas na América.pptx
Independência das treze colônias Inglesas na América.pptx
MarcosTerrinha
 
Vida social, econômica, política e cultural dos reinos africanos O reino de M...
Vida social, econômica, política e cultural dos reinos africanos O reino de M...Vida social, econômica, política e cultural dos reinos africanos O reino de M...
Vida social, econômica, política e cultural dos reinos africanos O reino de M...
MarcosTerrinha
 
HISTÓRIA_iluminismo
HISTÓRIA_iluminismo HISTÓRIA_iluminismo
HISTÓRIA_iluminismo
MarcosTerrinha
 
A Guerra do Pacífico, o Combate Naval.pptx
A Guerra do Pacífico, o Combate Naval.pptxA Guerra do Pacífico, o Combate Naval.pptx
A Guerra do Pacífico, o Combate Naval.pptx
MarcosTerrinha
 
Romantismo.ppt
Romantismo.pptRomantismo.ppt
Romantismo.ppt
MarcosTerrinha
 
historia-cultural_africa.ppt
historia-cultural_africa.ppthistoria-cultural_africa.ppt
historia-cultural_africa.ppt
MarcosTerrinha
 
Aula Africa.ppt
Aula Africa.pptAula Africa.ppt
Aula Africa.ppt
MarcosTerrinha
 
Prova ENEM 2014.pptx
Prova ENEM 2014.pptxProva ENEM 2014.pptx
Prova ENEM 2014.pptx
MarcosTerrinha
 
HISTÓRIA_EM_3ªSÉRIE_SLIDES_AULAN1.pptx
HISTÓRIA_EM_3ªSÉRIE_SLIDES_AULAN1.pptxHISTÓRIA_EM_3ªSÉRIE_SLIDES_AULAN1.pptx
HISTÓRIA_EM_3ªSÉRIE_SLIDES_AULAN1.pptx
MarcosTerrinha
 

Mais de MarcosTerrinha (14)

caderno-11-do-programa-nacional-de-fortalecimento-dos-conselhos-escolares.ppt
caderno-11-do-programa-nacional-de-fortalecimento-dos-conselhos-escolares.pptcaderno-11-do-programa-nacional-de-fortalecimento-dos-conselhos-escolares.ppt
caderno-11-do-programa-nacional-de-fortalecimento-dos-conselhos-escolares.ppt
 
2 - transformação de ano em seculos.pptx
2 - transformação de ano em seculos.pptx2 - transformação de ano em seculos.pptx
2 - transformação de ano em seculos.pptx
 
1 - A questão do tempo, sincronias e diacronias reflexões sobre o sentido das...
1 - A questão do tempo, sincronias e diacronias reflexões sobre o sentido das...1 - A questão do tempo, sincronias e diacronias reflexões sobre o sentido das...
1 - A questão do tempo, sincronias e diacronias reflexões sobre o sentido das...
 
Mesopotâmia - Aula 2017.pptx
Mesopotâmia - Aula 2017.pptxMesopotâmia - Aula 2017.pptx
Mesopotâmia - Aula 2017.pptx
 
22931.pptx
22931.pptx22931.pptx
22931.pptx
 
Independência das treze colônias Inglesas na América.pptx
Independência das treze colônias Inglesas na América.pptxIndependência das treze colônias Inglesas na América.pptx
Independência das treze colônias Inglesas na América.pptx
 
Vida social, econômica, política e cultural dos reinos africanos O reino de M...
Vida social, econômica, política e cultural dos reinos africanos O reino de M...Vida social, econômica, política e cultural dos reinos africanos O reino de M...
Vida social, econômica, política e cultural dos reinos africanos O reino de M...
 
HISTÓRIA_iluminismo
HISTÓRIA_iluminismo HISTÓRIA_iluminismo
HISTÓRIA_iluminismo
 
A Guerra do Pacífico, o Combate Naval.pptx
A Guerra do Pacífico, o Combate Naval.pptxA Guerra do Pacífico, o Combate Naval.pptx
A Guerra do Pacífico, o Combate Naval.pptx
 
Romantismo.ppt
Romantismo.pptRomantismo.ppt
Romantismo.ppt
 
historia-cultural_africa.ppt
historia-cultural_africa.ppthistoria-cultural_africa.ppt
historia-cultural_africa.ppt
 
Aula Africa.ppt
Aula Africa.pptAula Africa.ppt
Aula Africa.ppt
 
Prova ENEM 2014.pptx
Prova ENEM 2014.pptxProva ENEM 2014.pptx
Prova ENEM 2014.pptx
 
HISTÓRIA_EM_3ªSÉRIE_SLIDES_AULAN1.pptx
HISTÓRIA_EM_3ªSÉRIE_SLIDES_AULAN1.pptxHISTÓRIA_EM_3ªSÉRIE_SLIDES_AULAN1.pptx
HISTÓRIA_EM_3ªSÉRIE_SLIDES_AULAN1.pptx
 

Último

Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
WELTONROBERTOFREITAS
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Demetrio Ccesa Rayme
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
JakiraCosta
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
AlessandraRibas7
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
KarollayneRodriguesV1
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
ThiagoRORISDASILVA1
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
MARCELARUBIAGAVA
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 

Último (20)

Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 

1ª REPÚBLICA VELHA 9º ANO.pptx

  • 1. 1 TRANSIÇÃO DO IMPÉRIO PARA A REPÚBLICA FATORES: QUESTÃO ABOLICIONISTA QUESTÃO REPUBLICANA QUESTÃO RELIGIOSA QUESTÃO MILITAR
  • 2. 2 GOLPE - PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA Proclamação da República, de Benedito Calixto (1853-1927) Disponível em: http://alunosonline.uol.com.br "Por ora a cor do governo é puramente militar e deverá ser assim. O fato foi deles, deles só, porque a colaboração do elemento civil foi quase nula. O povo assistiu àquilo bestializado, atônito, surpreso, sem conhecer o que significava." (Carta de Aristides Lobo [1838-1896] sobre o episódio de 15 de novembro de 1889.)
  • 3. 3 BRASIL: REPÚBLICA REPÚBLICA VELHA (1889 – 1930) ERA VARGAS (1930 – 1945) REPÚBLICA LIBERAL (1945 – 1964) DITADURA MILITAR (1964 – 1985) NOVA REPÚBLICA (1985 – 2017)
  • 4. 4 REPÚBLICA VELHA (1889 – 1930) REPÚBLICA DAS ESPADAS (1889 – 1894) REPÚBLICA OLIGÁRQUICA (1894 – 1930)
  • 5. 5 Separação entre Igreja e Estado Grande Naturalização (1890) Constituição de 1891 Encilhamento 1ª Revolta da Armada - RJ Renúncia – novembro 1891 Governo Provisório – Deodoro da Fonseca – 1889 a 1891 http://profisabelaguiar.blogspot.com.br
  • 6. 6 FLORIANO PEIXOTO “MARECHAL DE FERRO”– 1891 A 1894 Base de apoio: elite agrária (oligarquia) e exército Congelamento de preços e de aluguéis Construção de casas populares 2ª Revolta da Armada - RJ Revolução Federalista - RS
  • 9.
  • 10. POLITICA DO CAFÉ COM LEITE ou POLÍTICA DO CAFÉ COM CAFÉ?
  • 11.
  • 12. 12 DE NO PRESENTE... Conexões temporais É possível reconhecermos práticas do coronelismo no Brasil contemporâneo?
  • 13. ECONOMIA – TABELA – PÁGINA 49 DO LIVRO
  • 14. *FUNDING LOAN – 1902 – CAMPOS SALES (RENEGOCIAÇÃO DA DÍVIDA ) *CONVÊNIO DE TAUBATÉ – 1906 – RODRIGUES ALVES (POLÍTICA DE VALORIZAÇÃO DO CAFÉ) estados de MG/SP/RJ contraem empréstimos no exterior para comprar o excedente de café. proibição de novas áreas de plantio *SURTO DA BORRACHA – 1870 A 1910 TRATADO DE PETRÓPOLIS -1903 *SURTO INDUSTRIAL – 1914 A 1918 – VENCESLAU BRÁS ECONOMIA
  • 15. MOVIMENTOS SOCIAIS  CANUDOS – 1893 a 1897 – sertão da Bahia  REVOLTA DA VACINA – 1904- Rio de Janeiro  REVOLTA DA CHIBATA – 1910 – Rio de Janeiro  CONTESTADO – 1912 a 1916 – Paraná/Santa Catarina  JUAZEIRO – 1914 – Ceará  CANGAÇO – do século XIX até 1938 – sertão nordestino  MOVIMENTO OPERÁRIO – destaque para as greves de 1907 e 1917
  • 17. 17 GUERRA DE CANUDOS (1893 – 1897) Sertão da Bahia Arraial de Canudos: 20 – 30 mil pessoas Beato Antônio Conselheiro Messianismo Referência bibliográfica: “Os Sertões” de Euclides da Cunha
  • 18. 18 GUERRA DE CANUDOS (1893 – 1897) Contestação da Miséria Luta pela salvação da alma Oposição à estrutura fundiária Sociedade Alternativa Contrários à República (Impostos, Separação da Igreja do Estado)
  • 19.
  • 20. 20 O CANGAÇO Nordeste Brasileiro Banditismo Social Forma de Contestação Social Lampião 1938: Fim do Cangaço
  • 22.
  • 25. O Rio de Janeiro em pé de guerra: insatisfação com a reforma urbana (demolição de cortiços do centro) associada à vacinação obrigatória.
  • 26. 26 DE NO PRESENTE... Conexões temporais Qual é o tratamento dado pelo governo à saúde pública no Brasil? Quais são as epidemias atuais? Como são combatidas?
  • 27.
  • 28. *REVOLTA DOS 18 DO FORTE DE COPACABANA – 1922 *COLUNA PAULISTA – 1924 *COLUNA PRESTES – 1924 A 1927 TENENTISMO
  • 29.
  • 30. ANO DE 1922 – DIAS 13, 15 E 17 DE FEVEREIRO No Teatro municipal de São Paulo, em noite de gala, seriam realizados os eventos da Semana de Arte Moderna
  • 31.  Embora causassem escândalo, os modernistas se fizeram notar! Deixaram claro que não tinham apenas intenções artísticas, mas um conjunto de obras em que as novas propostas eram concretizadas, demonstrando a viabilidade dos novos rumos estéticos. ABAPORU – TARSILA DO AMARAL
  • 32.
  • 33. 33
  • 34. 34