SlideShare uma empresa Scribd logo
Matrizes Culturais/Bases Culturais Professor Felipe Dacar Pereira
Temas do Bimestre ,[object Object]
Aspectos da População Brasileira
Dinâmicas Populacionais
Matrizes culturais do Brasil
Identidade brasileira
Transição demográfica
Problemas demográficos e Crescimento da população,[object Object]
O espaço vai se transformar em território por meio da ação coletiva das pessoas pela política e pelo exercício do poder.
No território existem delimitações que são áreas que separam ou delimitam dois territórios, são as fronteiras.,[object Object]
Ponte da amizade – fronteira entre Brasil e Paraguai – Rio Paraná
Fronteiras entre estados do País
    Como o espaço se transforma em território ?     Como se delimita um território?     Dê exemplos de delimitações.
Todos os povos criam laços afetivos e têm atitudes sociais e culturais em relação ao território.  Em um território, convivem pessoas com diferentes crenças, valores, ideias, sistemas de pensamentos e tradições de diferentes povos e etnias. Formação Cultural
Diversidade Cultural ,[object Object]
Isso fez com que diferentes grupos desenvolvessem crenças, costumes , idiomas, manifestações artísticas e métodos e equipamentos de produção diferentes, surgindo diversas culturas.,[object Object]
Diversidade Cultural Os contatos ocasionais entre os grupos ocasionaram tanto choques quanto assimilações culturais. Com o tempo, essas assimilações e choques intensificaram-se em virtude das migrações, das guerras, do desenvolvimento e do crescimento da atividade comercial.
Quadro da Tarsilia do Amaral – O operário – retrata a diversidade étnica brasileira
Choque entre culturas e Etnocentrismo ,[object Object]
Assim, passa-se a desprezar os valores, o conhecimento, a arte, a crença, as formas de comunicação, as técnicas, enfim, a cultura do outro. ,[object Object]
Choque entre culturas e Etnocentrismo ,[object Object]
Porém, o etnocentrismo se transforma em problema quando justifica a opressão de outra comunidade étnica ou a conquista de povos e territórios por grupos que se consideram superiores.,[object Object]
O Relativismo Cultural ressalta a importância do estudo das diversas culturas em seu próprio contexto, a partir de suas peculiaridades, considerando seus fatores históricos, naturais e linguísticos para o seu desenvolvimento.,[object Object]
Suas idéias buscavam uma visão imparcial de mundo, evitando analises preconceituosas sabendo que não existem valores culturais universais. Assim os valores de uma determinada cultura não podem ser julgados com referência aos das outras culturas. ,[object Object]
[object Object]
O conceito de raça é um conceito questionado porque todos descendemos de um mesmo grupo ancestral e apenas há diferenças de traços físicos e de cor, como características biológicas, porem quando comparamos diferentes povos, os únicos fatores a serem considerados são os socioculturais, porque foi comprovado cientificamente que os genes são iguais em todos os seres humanos.Formação Cultural – Etnia x Raça
[object Object]
Pouco importa se a base para essa identidade seja a cor da pele, o idioma original ou o local e origem dos antepassados, um sentimento comum de discriminação ou de problemas semelhantes.Formação Cultural – Etnia x Raça
Diversidade étnica – Mafalda e seus amigos
Por exemplo, nos EUA, as duas mais importantes minorias étnicas são os negros e os latinos. Alguém poderia imaginar que todos os indivíduos com a pele escura seriam considerados afro-americanos. Nada disso. Muitos com a cor da pele branca se consideram afro-americanos por causa de um descendente antigo que veio da África. Formação Cultural – Etnia x Raça
E, por outro lado, as pessoas que falam espanhol, vieram da América Latina, todos eles consideram-se latinos, independente da cor de pele. Formação Cultural – Etnia x Raça
Por que o termo de raça é considerado errado? Explique utilizando o exemplo da comunidade latina nos EUA apresentado em aula.
A ideia de nação  está ligada ao sentimento  e à consciência coletiva e de valores e de tradições histórico-culturais: língua, religião, costumes e também um destino comum que dá a um grupo de pessoas um sentimento de identidade nacional, nesse caso o mesmo sentido de povo. Formação Cultural
Os seres humanos, como se sabe, vivem em grupos e estabelecem identidade ou formas de se definirem e de estabelecerem diferenças entre eles e os outros. Essas identidades sociais não são naturais e nem eternas, elas sempre mudam com o tempo. Vimos que a noção de raça é algo discutível e cada vez mais deixado de lado. Construção da Identidade
Povo x Nação Um povo pode ser identificado também pelos costumes e por suas tradições e por uma história em comum, como por exemplo os ciganos. Um povo, geralmente, possui ou habita uma certa área, um território que ele considera como seu berço ou sua pátria.
Povo x Nação ,[object Object]
Assim, nação seria o mesmo que país - Brasil, Canadá, China.,[object Object]
O termo nação pode ser entendida de duas formas. Explique e de exemplos usando os trabalhado em sala de aula.
Cultura e Civilização	 ,[object Object]
Hoje em dia também se usa civilização para fazer referência a sociedades poderosas, de longa tradição histórica e com grande influência.,[object Object]
Começou com os grandes descobrimentos e exploração marítima resultado das conquistas tecnológicas e formação dos Estados Nacionais (Portugal e Espanha) e se consolida com a Revolução Industrial e a Revolução Francesa, no século XVIII,[object Object]
Civilização Européia-Cultura Dominante ,[object Object]
Outro aspecto cultural importante da civilização ocidental, e do próprio capitalismo, é o individualismo, valorização do indivíduo se exaltando a pessoa que vence na vida pelos seus próprios esforços.,[object Object]
O Shopping Center reúne, em um só local, os valores típicos da sociedade de consumo. Além de buscar marcas e modas, o consumidor tem diversas opções de moda e lazer.
Cite duas características da cultura ocidental européia . Quais são os dois acontecimentos  europeus que respondem essas duas características culturais. Como a civilização européia ocidental se tornou a civilização dominante?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Diáspora Africana
Diáspora AfricanaDiáspora Africana
Diáspora Africana
Paulo Alexandre
 
Etnia, cultura e cidadania
Etnia, cultura e cidadaniaEtnia, cultura e cidadania
Etnia, cultura e cidadania
Arare Carvalho Júnior
 
Diversidade Cultural na África - Prof. Altair Aguilar
Diversidade Cultural na África - Prof. Altair AguilarDiversidade Cultural na África - Prof. Altair Aguilar
Diversidade Cultural na África - Prof. Altair Aguilar
Altair Moisés Aguilar
 
Sociologia e Sociedade
Sociologia e SociedadeSociologia e Sociedade
Sociologia e Sociedade
Rosane Domingues
 
Etnia, diversidade cultural e conflitos
Etnia, diversidade cultural e conflitos Etnia, diversidade cultural e conflitos
Etnia, diversidade cultural e conflitos
Professora Verônica Santos
 
Racismo no Brasil
Racismo no BrasilRacismo no Brasil
Racismo no Brasil
progerio81
 
Movimentos Sociais
Movimentos SociaisMovimentos Sociais
Movimentos Sociaismarifonseca
 
Política e poder
Política e poderPolítica e poder
Os Movimentos Sociais
Os Movimentos Sociais Os Movimentos Sociais
Os Movimentos Sociais
Isaquel Silva
 
Sociologia ii aula 1 - Cultura e Sociedade
Sociologia ii   aula 1 - Cultura e SociedadeSociologia ii   aula 1 - Cultura e Sociedade
Sociologia ii aula 1 - Cultura e SociedadeCarmem Rocha
 
ESCRAVIDÃO
ESCRAVIDÃOESCRAVIDÃO
Identidade Cultural.ppt
Identidade Cultural.pptIdentidade Cultural.ppt
Identidade Cultural.ppt
Nertan Dias
 
Capitalismo
CapitalismoCapitalismo
Capitalismo
Janny Vitoriano
 
Sociologia no Brasil
Sociologia no BrasilSociologia no Brasil
Sociologia no Brasil
Bruno Barbosa
 
Cidadania e democracia
Cidadania e democraciaCidadania e democracia
Cidadania e democracia
Lucas Justino
 
Casa-Grande e Senzala
Casa-Grande e SenzalaCasa-Grande e Senzala
Casa-Grande e Senzala
Lidiane Queiroz
 
África nos tempos de tráfico atlântico
África nos tempos de tráfico atlânticoÁfrica nos tempos de tráfico atlântico
África nos tempos de tráfico atlântico
Portal do Vestibulando
 
Atualidade Brasil - Populacao brasileira - Blog do Prof. Marco Aurelio Gondim...
Atualidade Brasil - Populacao brasileira - Blog do Prof. Marco Aurelio Gondim...Atualidade Brasil - Populacao brasileira - Blog do Prof. Marco Aurelio Gondim...
Atualidade Brasil - Populacao brasileira - Blog do Prof. Marco Aurelio Gondim...
Marco Aurélio Gondim
 
Etnocentrismo e Relativismo Cultural
Etnocentrismo e Relativismo Cultural Etnocentrismo e Relativismo Cultural
Etnocentrismo e Relativismo Cultural
Maira Conde
 

Mais procurados (20)

Diáspora Africana
Diáspora AfricanaDiáspora Africana
Diáspora Africana
 
Etnia, cultura e cidadania
Etnia, cultura e cidadaniaEtnia, cultura e cidadania
Etnia, cultura e cidadania
 
Diversidade Cultural na África - Prof. Altair Aguilar
Diversidade Cultural na África - Prof. Altair AguilarDiversidade Cultural na África - Prof. Altair Aguilar
Diversidade Cultural na África - Prof. Altair Aguilar
 
Cultura
CulturaCultura
Cultura
 
Sociologia e Sociedade
Sociologia e SociedadeSociologia e Sociedade
Sociologia e Sociedade
 
Etnia, diversidade cultural e conflitos
Etnia, diversidade cultural e conflitos Etnia, diversidade cultural e conflitos
Etnia, diversidade cultural e conflitos
 
Racismo no Brasil
Racismo no BrasilRacismo no Brasil
Racismo no Brasil
 
Movimentos Sociais
Movimentos SociaisMovimentos Sociais
Movimentos Sociais
 
Política e poder
Política e poderPolítica e poder
Política e poder
 
Os Movimentos Sociais
Os Movimentos Sociais Os Movimentos Sociais
Os Movimentos Sociais
 
Sociologia ii aula 1 - Cultura e Sociedade
Sociologia ii   aula 1 - Cultura e SociedadeSociologia ii   aula 1 - Cultura e Sociedade
Sociologia ii aula 1 - Cultura e Sociedade
 
ESCRAVIDÃO
ESCRAVIDÃOESCRAVIDÃO
ESCRAVIDÃO
 
Identidade Cultural.ppt
Identidade Cultural.pptIdentidade Cultural.ppt
Identidade Cultural.ppt
 
Capitalismo
CapitalismoCapitalismo
Capitalismo
 
Sociologia no Brasil
Sociologia no BrasilSociologia no Brasil
Sociologia no Brasil
 
Cidadania e democracia
Cidadania e democraciaCidadania e democracia
Cidadania e democracia
 
Casa-Grande e Senzala
Casa-Grande e SenzalaCasa-Grande e Senzala
Casa-Grande e Senzala
 
África nos tempos de tráfico atlântico
África nos tempos de tráfico atlânticoÁfrica nos tempos de tráfico atlântico
África nos tempos de tráfico atlântico
 
Atualidade Brasil - Populacao brasileira - Blog do Prof. Marco Aurelio Gondim...
Atualidade Brasil - Populacao brasileira - Blog do Prof. Marco Aurelio Gondim...Atualidade Brasil - Populacao brasileira - Blog do Prof. Marco Aurelio Gondim...
Atualidade Brasil - Populacao brasileira - Blog do Prof. Marco Aurelio Gondim...
 
Etnocentrismo e Relativismo Cultural
Etnocentrismo e Relativismo Cultural Etnocentrismo e Relativismo Cultural
Etnocentrismo e Relativismo Cultural
 

Destaque

Formação do povo brasileiro
Formação do povo brasileiroFormação do povo brasileiro
Formação do povo brasileiro
feraps
 
Matrizes culturais do brasil
 Matrizes culturais do brasil Matrizes culturais do brasil
Matrizes culturais do brasil
Gilberto Pires
 
D quixote de la mancha
D quixote de la manchaD quixote de la mancha
D quixote de la mancha
José A. Moreno
 
Formação do povo brasileiro - 7ª série
Formação do povo brasileiro - 7ª sérieFormação do povo brasileiro - 7ª série
Formação do povo brasileiro - 7ª série
Secretaria Municipal de Educação
 
A FORMAÇÃO DO POVO BRASILEIRO
A FORMAÇÃO DO POVO BRASILEIROA FORMAÇÃO DO POVO BRASILEIRO
A FORMAÇÃO DO POVO BRASILEIRO
Ronaldo Junio
 
Diversidade Cultural No Brasil
Diversidade Cultural No BrasilDiversidade Cultural No Brasil
Diversidade Cultural No Brasil
Joemille Leal
 
Regiões do Brasil
Regiões do BrasilRegiões do Brasil
Regiões do Brasil
Bianca Toledo
 
Regionalização do Brasil (IBGE)
Regionalização do Brasil (IBGE)Regionalização do Brasil (IBGE)
Regionalização do Brasil (IBGE)
paulotmo
 
A Diversidade Cultural
A Diversidade CulturalA Diversidade Cultural
A Diversidade Culturaljuliana_f
 
Diversidade Cultural
Diversidade CulturalDiversidade Cultural
Diversidade CulturalPaula Melo
 
Relativismo cultural x direitos humanos
Relativismo cultural x direitos humanosRelativismo cultural x direitos humanos
Relativismo cultural x direitos humanosCarmem Rocha
 
Lidar Com A Diferença Cultural
Lidar Com A Diferença CulturalLidar Com A Diferença Cultural
Lidar Com A Diferença Culturalluis freitas
 
Aprendendo latim
Aprendendo latimAprendendo latim
Aprendendo latim
Ester Rangel
 
Relativismo desafio do relativismo cultural - rachels
Relativismo   desafio do relativismo cultural - rachelsRelativismo   desafio do relativismo cultural - rachels
Relativismo desafio do relativismo cultural - rachels
Leandro Klineyder
 
O povo brasileiro imigação
O povo brasileiro   imigaçãoO povo brasileiro   imigação
O povo brasileiro imigaçãoAndré Moraes
 
Cultura Das Mídias
Cultura Das MídiasCultura Das Mídias
Cultura Das Mídias
guestfba26
 
Reprodução e Mudança Social
Reprodução e Mudança SocialReprodução e Mudança Social
Reprodução e Mudança Social
Alfredo Garcia
 
As regiões brasileiras
As regiões brasileirasAs regiões brasileiras
As regiões brasileiras
Mel1471
 
Consciencia coleetiva durkhein
Consciencia coleetiva durkheinConsciencia coleetiva durkhein
Consciencia coleetiva durkhein
marcello magela
 

Destaque (20)

Formação do povo brasileiro
Formação do povo brasileiroFormação do povo brasileiro
Formação do povo brasileiro
 
Matrizes culturais do brasil
 Matrizes culturais do brasil Matrizes culturais do brasil
Matrizes culturais do brasil
 
D quixote de la mancha
D quixote de la manchaD quixote de la mancha
D quixote de la mancha
 
Formação do povo brasileiro - 7ª série
Formação do povo brasileiro - 7ª sérieFormação do povo brasileiro - 7ª série
Formação do povo brasileiro - 7ª série
 
A FORMAÇÃO DO POVO BRASILEIRO
A FORMAÇÃO DO POVO BRASILEIROA FORMAÇÃO DO POVO BRASILEIRO
A FORMAÇÃO DO POVO BRASILEIRO
 
Diversidade Cultural No Brasil
Diversidade Cultural No BrasilDiversidade Cultural No Brasil
Diversidade Cultural No Brasil
 
Regiões do Brasil
Regiões do BrasilRegiões do Brasil
Regiões do Brasil
 
Regionalização do Brasil (IBGE)
Regionalização do Brasil (IBGE)Regionalização do Brasil (IBGE)
Regionalização do Brasil (IBGE)
 
A Diversidade Cultural
A Diversidade CulturalA Diversidade Cultural
A Diversidade Cultural
 
Regioes brasil
Regioes brasilRegioes brasil
Regioes brasil
 
Diversidade Cultural
Diversidade CulturalDiversidade Cultural
Diversidade Cultural
 
Relativismo cultural x direitos humanos
Relativismo cultural x direitos humanosRelativismo cultural x direitos humanos
Relativismo cultural x direitos humanos
 
Lidar Com A Diferença Cultural
Lidar Com A Diferença CulturalLidar Com A Diferença Cultural
Lidar Com A Diferença Cultural
 
Aprendendo latim
Aprendendo latimAprendendo latim
Aprendendo latim
 
Relativismo desafio do relativismo cultural - rachels
Relativismo   desafio do relativismo cultural - rachelsRelativismo   desafio do relativismo cultural - rachels
Relativismo desafio do relativismo cultural - rachels
 
O povo brasileiro imigação
O povo brasileiro   imigaçãoO povo brasileiro   imigação
O povo brasileiro imigação
 
Cultura Das Mídias
Cultura Das MídiasCultura Das Mídias
Cultura Das Mídias
 
Reprodução e Mudança Social
Reprodução e Mudança SocialReprodução e Mudança Social
Reprodução e Mudança Social
 
As regiões brasileiras
As regiões brasileirasAs regiões brasileiras
As regiões brasileiras
 
Consciencia coleetiva durkhein
Consciencia coleetiva durkheinConsciencia coleetiva durkhein
Consciencia coleetiva durkhein
 

Semelhante a Matrizes culturais I

Aulas de sociologia ensino médio para o 2 ano em.
Aulas de sociologia ensino médio   para o 2 ano em.Aulas de sociologia ensino médio   para o 2 ano em.
Aulas de sociologia ensino médio para o 2 ano em.
MARISE VON FRUHAUF HUBLARD
 
CONCEITO_ANTROPOLOGICO_DE_CULTURA.ppt
CONCEITO_ANTROPOLOGICO_DE_CULTURA.pptCONCEITO_ANTROPOLOGICO_DE_CULTURA.ppt
CONCEITO_ANTROPOLOGICO_DE_CULTURA.ppt
RubensMartins36
 
Boletim eletronico brasil cult
Boletim eletronico brasil cultBoletim eletronico brasil cult
Boletim eletronico brasil cultRodrigo Silveira
 
Apostila de atualidades
Apostila de atualidadesApostila de atualidades
Apostila de atualidades
Luana Mendes
 
Sociologia unidade V
Sociologia unidade VSociologia unidade V
Sociologia unidade V
joao paulo
 
Atividades de Sociologia: módulos 10, 11 e 12
Atividades de Sociologia: módulos 10, 11 e 12Atividades de Sociologia: módulos 10, 11 e 12
Atividades de Sociologia: módulos 10, 11 e 12
Carlos Benjoino Bidu
 
Cp aula 4
Cp aula 4Cp aula 4
Cp aula 4
Maira Conde
 
O que se entende por cultura
O que se entende por culturaO que se entende por cultura
O que se entende por cultura
Ivon Rodrigues
 
Sociologia cultura - 2º ano- estudar para prova
Sociologia  cultura - 2º ano- estudar para provaSociologia  cultura - 2º ano- estudar para prova
Sociologia cultura - 2º ano- estudar para provaSocorro Vasconcelos
 
8o ano cultura indigena
8o ano cultura indigena8o ano cultura indigena
8o ano cultura indigena
Júlio César Anjos
 
Cultura e diversidade.pptx
Cultura e diversidade.pptxCultura e diversidade.pptx
Cultura e diversidade.pptx
BrunoAndrade238623
 
Etnocentrismo, racismo e preconceito.
Etnocentrismo, racismo e preconceito.Etnocentrismo, racismo e preconceito.
Etnocentrismo, racismo e preconceito.
Fábio Fernandes
 
Diversidade cultural e multiculturalismo
Diversidade cultural e multiculturalismoDiversidade cultural e multiculturalismo
Diversidade cultural e multiculturalismo
Edenilson Morais
 
ATIVIDADE - CONCEITO DE CULTURA COM JOGO DA CRUZADINHA
ATIVIDADE - CONCEITO DE CULTURA COM JOGO DA CRUZADINHAATIVIDADE - CONCEITO DE CULTURA COM JOGO DA CRUZADINHA
ATIVIDADE - CONCEITO DE CULTURA COM JOGO DA CRUZADINHA
Prof. Noe Assunção
 
apresentacaomoduloii-aula_i_-_racismo,_discriminacao_e_preconceito.ppt
apresentacaomoduloii-aula_i_-_racismo,_discriminacao_e_preconceito.pptapresentacaomoduloii-aula_i_-_racismo,_discriminacao_e_preconceito.ppt
apresentacaomoduloii-aula_i_-_racismo,_discriminacao_e_preconceito.ppt
laerciojunior26
 
Material 7 - Cultura e Antropologia.pptx
Material 7 -  Cultura e Antropologia.pptxMaterial 7 -  Cultura e Antropologia.pptx
Material 7 - Cultura e Antropologia.pptx
WillianVieira54
 
Boletim eletronico cultura brasileira
Boletim eletronico cultura brasileiraBoletim eletronico cultura brasileira
Boletim eletronico cultura brasileiraRodrigo Silveira
 
Aula 3ano
Aula 3anoAula 3ano
Aula 3ano
felipeimh
 

Semelhante a Matrizes culturais I (20)

Aulas de sociologia ensino médio para o 2 ano em.
Aulas de sociologia ensino médio   para o 2 ano em.Aulas de sociologia ensino médio   para o 2 ano em.
Aulas de sociologia ensino médio para o 2 ano em.
 
CONCEITO_ANTROPOLOGICO_DE_CULTURA.ppt
CONCEITO_ANTROPOLOGICO_DE_CULTURA.pptCONCEITO_ANTROPOLOGICO_DE_CULTURA.ppt
CONCEITO_ANTROPOLOGICO_DE_CULTURA.ppt
 
Boletim eletronico brasil cult
Boletim eletronico brasil cultBoletim eletronico brasil cult
Boletim eletronico brasil cult
 
Apostila de atualidades
Apostila de atualidadesApostila de atualidades
Apostila de atualidades
 
2014 nação-povo-estado-territorio
2014 nação-povo-estado-territorio2014 nação-povo-estado-territorio
2014 nação-povo-estado-territorio
 
Sociologia unidade V
Sociologia unidade VSociologia unidade V
Sociologia unidade V
 
Atividades de Sociologia: módulos 10, 11 e 12
Atividades de Sociologia: módulos 10, 11 e 12Atividades de Sociologia: módulos 10, 11 e 12
Atividades de Sociologia: módulos 10, 11 e 12
 
Cp aula 4
Cp aula 4Cp aula 4
Cp aula 4
 
O que se entende por cultura
O que se entende por culturaO que se entende por cultura
O que se entende por cultura
 
Sociologia cultura - 2º ano- estudar para prova
Sociologia  cultura - 2º ano- estudar para provaSociologia  cultura - 2º ano- estudar para prova
Sociologia cultura - 2º ano- estudar para prova
 
8o ano cultura indigena
8o ano cultura indigena8o ano cultura indigena
8o ano cultura indigena
 
Cultura e diversidade.pptx
Cultura e diversidade.pptxCultura e diversidade.pptx
Cultura e diversidade.pptx
 
Etnocentrismo, racismo e preconceito.
Etnocentrismo, racismo e preconceito.Etnocentrismo, racismo e preconceito.
Etnocentrismo, racismo e preconceito.
 
Diversidade cultural e multiculturalismo
Diversidade cultural e multiculturalismoDiversidade cultural e multiculturalismo
Diversidade cultural e multiculturalismo
 
ATIVIDADE - CONCEITO DE CULTURA COM JOGO DA CRUZADINHA
ATIVIDADE - CONCEITO DE CULTURA COM JOGO DA CRUZADINHAATIVIDADE - CONCEITO DE CULTURA COM JOGO DA CRUZADINHA
ATIVIDADE - CONCEITO DE CULTURA COM JOGO DA CRUZADINHA
 
apresentacaomoduloii-aula_i_-_racismo,_discriminacao_e_preconceito.ppt
apresentacaomoduloii-aula_i_-_racismo,_discriminacao_e_preconceito.pptapresentacaomoduloii-aula_i_-_racismo,_discriminacao_e_preconceito.ppt
apresentacaomoduloii-aula_i_-_racismo,_discriminacao_e_preconceito.ppt
 
Material 7 - Cultura e Antropologia.pptx
Material 7 -  Cultura e Antropologia.pptxMaterial 7 -  Cultura e Antropologia.pptx
Material 7 - Cultura e Antropologia.pptx
 
Boletim eletronico cultura brasileira
Boletim eletronico cultura brasileiraBoletim eletronico cultura brasileira
Boletim eletronico cultura brasileira
 
Aula 3ano
Aula 3anoAula 3ano
Aula 3ano
 
CULTURA, DOMINAÇÃO E IDEOLOGIA
CULTURA, DOMINAÇÃO E IDEOLOGIACULTURA, DOMINAÇÃO E IDEOLOGIA
CULTURA, DOMINAÇÃO E IDEOLOGIA
 

Mais de felipedacarpereira

Matrizes culturais – 2ª parte
Matrizes culturais – 2ª parteMatrizes culturais – 2ª parte
Matrizes culturais – 2ª partefelipedacarpereira
 
Geografia natureza e riscos ambientais
Geografia   natureza e riscos ambientaisGeografia   natureza e riscos ambientais
Geografia natureza e riscos ambientaisfelipedacarpereira
 

Mais de felipedacarpereira (6)

Trabalho III
Trabalho IIITrabalho III
Trabalho III
 
Trabalho III
Trabalho IIITrabalho III
Trabalho III
 
Trabalho II
Trabalho IITrabalho II
Trabalho II
 
Trabalho I
Trabalho ITrabalho I
Trabalho I
 
Matrizes culturais – 2ª parte
Matrizes culturais – 2ª parteMatrizes culturais – 2ª parte
Matrizes culturais – 2ª parte
 
Geografia natureza e riscos ambientais
Geografia   natureza e riscos ambientaisGeografia   natureza e riscos ambientais
Geografia natureza e riscos ambientais
 

Último

Conferência Goiás I Fraudes no centro-oeste em 2023
Conferência Goiás I Fraudes no centro-oeste em 2023Conferência Goiás I Fraudes no centro-oeste em 2023
Conferência Goiás I Fraudes no centro-oeste em 2023
E-Commerce Brasil
 
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
E-Commerce Brasil
 
APRESENTAÇÃO PTA NR 18 trabalho - R2.pptx
APRESENTAÇÃO PTA NR 18 trabalho - R2.pptxAPRESENTAÇÃO PTA NR 18 trabalho - R2.pptx
APRESENTAÇÃO PTA NR 18 trabalho - R2.pptx
thiago718348
 
Conferência Goiás I Uma experiência excelente começa quando ela ainda nem seq...
Conferência Goiás I Uma experiência excelente começa quando ela ainda nem seq...Conferência Goiás I Uma experiência excelente começa quando ela ainda nem seq...
Conferência Goiás I Uma experiência excelente começa quando ela ainda nem seq...
E-Commerce Brasil
 
Guia Definitivo do Feedback 2.0 como vc ter maturidade de relacionamento
Guia Definitivo do Feedback 2.0 como vc ter maturidade de relacionamentoGuia Definitivo do Feedback 2.0 como vc ter maturidade de relacionamento
Guia Definitivo do Feedback 2.0 como vc ter maturidade de relacionamento
Leonardo Espírito Santo
 
Conferência Goiás I Perspectivas do Pix 2024: novidades e impactos no varejo ...
Conferência Goiás I Perspectivas do Pix 2024: novidades e impactos no varejo ...Conferência Goiás I Perspectivas do Pix 2024: novidades e impactos no varejo ...
Conferência Goiás I Perspectivas do Pix 2024: novidades e impactos no varejo ...
E-Commerce Brasil
 
Conferência Goiás I Como uma boa experiência na logística reversa pode impact...
Conferência Goiás I Como uma boa experiência na logística reversa pode impact...Conferência Goiás I Como uma boa experiência na logística reversa pode impact...
Conferência Goiás I Como uma boa experiência na logística reversa pode impact...
E-Commerce Brasil
 
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
E-Commerce Brasil
 
Conferência Goiás I Moda e E-commerce: transformando a experiência do consumi...
Conferência Goiás I Moda e E-commerce: transformando a experiência do consumi...Conferência Goiás I Moda e E-commerce: transformando a experiência do consumi...
Conferência Goiás I Moda e E-commerce: transformando a experiência do consumi...
E-Commerce Brasil
 
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
E-Commerce Brasil
 
Conferência Goiás I As tendências para logística em 2024 e o impacto positivo...
Conferência Goiás I As tendências para logística em 2024 e o impacto positivo...Conferência Goiás I As tendências para logística em 2024 e o impacto positivo...
Conferência Goiás I As tendências para logística em 2024 e o impacto positivo...
E-Commerce Brasil
 
Conferência Goiás I Estratégias de aquisição e fidelização de clientes e opor...
Conferência Goiás I Estratégias de aquisição e fidelização de clientes e opor...Conferência Goiás I Estratégias de aquisição e fidelização de clientes e opor...
Conferência Goiás I Estratégias de aquisição e fidelização de clientes e opor...
E-Commerce Brasil
 
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
E-Commerce Brasil
 
MANUAL DO REVENDEDOR TEGG TELECOM - O 5G QUE PAGA VOCÊ
MANUAL DO REVENDEDOR TEGG TELECOM - O 5G QUE PAGA VOCÊMANUAL DO REVENDEDOR TEGG TELECOM - O 5G QUE PAGA VOCÊ
MANUAL DO REVENDEDOR TEGG TELECOM - O 5G QUE PAGA VOCÊ
EMERSON BRITO
 

Último (14)

Conferência Goiás I Fraudes no centro-oeste em 2023
Conferência Goiás I Fraudes no centro-oeste em 2023Conferência Goiás I Fraudes no centro-oeste em 2023
Conferência Goiás I Fraudes no centro-oeste em 2023
 
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
 
APRESENTAÇÃO PTA NR 18 trabalho - R2.pptx
APRESENTAÇÃO PTA NR 18 trabalho - R2.pptxAPRESENTAÇÃO PTA NR 18 trabalho - R2.pptx
APRESENTAÇÃO PTA NR 18 trabalho - R2.pptx
 
Conferência Goiás I Uma experiência excelente começa quando ela ainda nem seq...
Conferência Goiás I Uma experiência excelente começa quando ela ainda nem seq...Conferência Goiás I Uma experiência excelente começa quando ela ainda nem seq...
Conferência Goiás I Uma experiência excelente começa quando ela ainda nem seq...
 
Guia Definitivo do Feedback 2.0 como vc ter maturidade de relacionamento
Guia Definitivo do Feedback 2.0 como vc ter maturidade de relacionamentoGuia Definitivo do Feedback 2.0 como vc ter maturidade de relacionamento
Guia Definitivo do Feedback 2.0 como vc ter maturidade de relacionamento
 
Conferência Goiás I Perspectivas do Pix 2024: novidades e impactos no varejo ...
Conferência Goiás I Perspectivas do Pix 2024: novidades e impactos no varejo ...Conferência Goiás I Perspectivas do Pix 2024: novidades e impactos no varejo ...
Conferência Goiás I Perspectivas do Pix 2024: novidades e impactos no varejo ...
 
Conferência Goiás I Como uma boa experiência na logística reversa pode impact...
Conferência Goiás I Como uma boa experiência na logística reversa pode impact...Conferência Goiás I Como uma boa experiência na logística reversa pode impact...
Conferência Goiás I Como uma boa experiência na logística reversa pode impact...
 
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
 
Conferência Goiás I Moda e E-commerce: transformando a experiência do consumi...
Conferência Goiás I Moda e E-commerce: transformando a experiência do consumi...Conferência Goiás I Moda e E-commerce: transformando a experiência do consumi...
Conferência Goiás I Moda e E-commerce: transformando a experiência do consumi...
 
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
 
Conferência Goiás I As tendências para logística em 2024 e o impacto positivo...
Conferência Goiás I As tendências para logística em 2024 e o impacto positivo...Conferência Goiás I As tendências para logística em 2024 e o impacto positivo...
Conferência Goiás I As tendências para logística em 2024 e o impacto positivo...
 
Conferência Goiás I Estratégias de aquisição e fidelização de clientes e opor...
Conferência Goiás I Estratégias de aquisição e fidelização de clientes e opor...Conferência Goiás I Estratégias de aquisição e fidelização de clientes e opor...
Conferência Goiás I Estratégias de aquisição e fidelização de clientes e opor...
 
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
 
MANUAL DO REVENDEDOR TEGG TELECOM - O 5G QUE PAGA VOCÊ
MANUAL DO REVENDEDOR TEGG TELECOM - O 5G QUE PAGA VOCÊMANUAL DO REVENDEDOR TEGG TELECOM - O 5G QUE PAGA VOCÊ
MANUAL DO REVENDEDOR TEGG TELECOM - O 5G QUE PAGA VOCÊ
 

Matrizes culturais I

  • 1. Matrizes Culturais/Bases Culturais Professor Felipe Dacar Pereira
  • 2.
  • 8.
  • 9. O espaço vai se transformar em território por meio da ação coletiva das pessoas pela política e pelo exercício do poder.
  • 10.
  • 11. Ponte da amizade – fronteira entre Brasil e Paraguai – Rio Paraná
  • 13. Como o espaço se transforma em território ? Como se delimita um território? Dê exemplos de delimitações.
  • 14. Todos os povos criam laços afetivos e têm atitudes sociais e culturais em relação ao território. Em um território, convivem pessoas com diferentes crenças, valores, ideias, sistemas de pensamentos e tradições de diferentes povos e etnias. Formação Cultural
  • 15.
  • 16.
  • 17. Diversidade Cultural Os contatos ocasionais entre os grupos ocasionaram tanto choques quanto assimilações culturais. Com o tempo, essas assimilações e choques intensificaram-se em virtude das migrações, das guerras, do desenvolvimento e do crescimento da atividade comercial.
  • 18. Quadro da Tarsilia do Amaral – O operário – retrata a diversidade étnica brasileira
  • 19.
  • 20.
  • 21.
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 25.
  • 26. O conceito de raça é um conceito questionado porque todos descendemos de um mesmo grupo ancestral e apenas há diferenças de traços físicos e de cor, como características biológicas, porem quando comparamos diferentes povos, os únicos fatores a serem considerados são os socioculturais, porque foi comprovado cientificamente que os genes são iguais em todos os seres humanos.Formação Cultural – Etnia x Raça
  • 27.
  • 28. Pouco importa se a base para essa identidade seja a cor da pele, o idioma original ou o local e origem dos antepassados, um sentimento comum de discriminação ou de problemas semelhantes.Formação Cultural – Etnia x Raça
  • 29. Diversidade étnica – Mafalda e seus amigos
  • 30.
  • 31. Por exemplo, nos EUA, as duas mais importantes minorias étnicas são os negros e os latinos. Alguém poderia imaginar que todos os indivíduos com a pele escura seriam considerados afro-americanos. Nada disso. Muitos com a cor da pele branca se consideram afro-americanos por causa de um descendente antigo que veio da África. Formação Cultural – Etnia x Raça
  • 32. E, por outro lado, as pessoas que falam espanhol, vieram da América Latina, todos eles consideram-se latinos, independente da cor de pele. Formação Cultural – Etnia x Raça
  • 33. Por que o termo de raça é considerado errado? Explique utilizando o exemplo da comunidade latina nos EUA apresentado em aula.
  • 34. A ideia de nação está ligada ao sentimento e à consciência coletiva e de valores e de tradições histórico-culturais: língua, religião, costumes e também um destino comum que dá a um grupo de pessoas um sentimento de identidade nacional, nesse caso o mesmo sentido de povo. Formação Cultural
  • 35. Os seres humanos, como se sabe, vivem em grupos e estabelecem identidade ou formas de se definirem e de estabelecerem diferenças entre eles e os outros. Essas identidades sociais não são naturais e nem eternas, elas sempre mudam com o tempo. Vimos que a noção de raça é algo discutível e cada vez mais deixado de lado. Construção da Identidade
  • 36. Povo x Nação Um povo pode ser identificado também pelos costumes e por suas tradições e por uma história em comum, como por exemplo os ciganos. Um povo, geralmente, possui ou habita uma certa área, um território que ele considera como seu berço ou sua pátria.
  • 37.
  • 38.
  • 39. O termo nação pode ser entendida de duas formas. Explique e de exemplos usando os trabalhado em sala de aula.
  • 40.
  • 41.
  • 42.
  • 43.
  • 44.
  • 45. O Shopping Center reúne, em um só local, os valores típicos da sociedade de consumo. Além de buscar marcas e modas, o consumidor tem diversas opções de moda e lazer.
  • 46. Cite duas características da cultura ocidental européia . Quais são os dois acontecimentos europeus que respondem essas duas características culturais. Como a civilização européia ocidental se tornou a civilização dominante?
  • 47.
  • 48.
  • 49. Na primeira foto, Parlamento no Japão na segunda, Parlamento na Espanha. Apesar de esse países terem raízes culturais muito diferentes, suas estruturas de governo e de organização político-administrativas são, atualmente, muito parecidas. Essa semelhança é resultado da capacidade da modernidade em se reproduzir em todo o mundo.
  • 50.
  • 51. Defina o que é modernização. Cite um exemplo de nação que se modernizou e manteve as suas bases culturais.
  • 52. Site do Ministério da Cultura