SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 69
Baixar para ler offline
MANUAL DE SERVIÇOS
BIZ125 + (6)
SUPLEMENTO
2006
COMO UTILIZAR ESTEMANUAL
Este suplemento contém informações sobre a
BIZ125 + (6).
Consulte o Manual de Serviços BIZ125 KS/ES (Nº
00X6B-KSS-001) quanto aos procedimentos de ser-
viço e informações não inclusas nesse suplemento.
TODAS AS INFORMAÇÕES, ILUSTRAÇÕES, INS-
TRUÇÕES E ESPECIFICAÇÕES APRESENTADAS
NESTA PUBLICAÇÃO SÃO BASEADAS NAS
INFORMAÇÕES MAIS RECENTES DISPONÍVEIS SO-
BRE O PRODUTO NO MOMENTO DA APROVAÇÃO
DA IMPRESSÃO. A MOTO HONDA DA AMAZÔNIA
LTDA. RESERVA-SE O DIREITO DE ALTERAR AS
CARACTERÍSTICAS DO PRODUTO A QUALQUER
MOMENTO E SEM PRÉVIO AVISO, SEM QUE ISTO
INCORRA EM QUAISQUER OBRIGAÇÕES. NENHU-
MA PARTE DESSA PUBLICAÇÃO PODE SER
REPRODUZIDA SEM PERMISSÃO POR ESCRITO.
ESTE MANUAL DESTINA-SE A PESSOAS QUE POS-
SUEM CONHECIMENTOS BÁSICOS SOBRE A MA-
NUTENÇÃO DE MOTOCICLETAS, SCOOTERS OU
QUADRICICLOS (ATV) HONDA.
MOTO HONDA DA AMAZÔNIA LTDA.
Departamento de Serviços Pós-Venda
Setor de Publicações Técnicas
ÍNDICE
REGRAS DE SERVIÇO ............................................................... 21-1
IDENTIFICAÇÃO DO MODELO .................................................. 21-1
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS .................................................. 21-3
VALORES DE TORQUE PARA MOTOR E CHASSI .................21-10
PONTOS DE LUBRIFICAÇÃO E VEDAÇÃO ...........................21-12
PASSAGEM DE CABOS E DA FIAÇÃO ...................................21-14
TAMPA DO GUIDÃO ..................................................................21-18
TABELA DE MANUTENÇÃO ....................................................21-20
FLUIDO DE FREIO .....................................................................21-21
DESGASTE DAS SAPATAS/PASTILHAS DE FREIO ..............21-21
SISTEMA DE FREIO ..................................................................21-22
LOCALIZAÇÃO DOS COMPONENTES –
RODA DIANTEIRA/SUSPENSÃO/DIREÇÃO ..........................21-23
GUIDÃO ......................................................................................21-24
RODA DIANTEIRA ....................................................................21-27
LOCALIZAÇÃO DOS COMPONENTES –
RODA TRASEIRA/FREIO/SUSPENSÃO ..................................21-33
RODA TRASEIRA ......................................................................21-34
FREIOTRASEIRO ......................................................................21-39
LOCALIZAÇÃO DOS COMPONENTES – FREIO
HIDRÁULICO ............................................................................. 21-42
INFORMAÇÕES DE SERVIÇO – FREIO HIDRÁULICO ...........21-43
DIAGNOSE DE DEFEITOS – FREIO HIDRÁULICO .................21-44
SUBSTITUIÇÃO DO FLUIDO DE FREIO/SANGRIA DE AR ....21-45
PASTILHA/DISCO DE FREIO ....................................................21-47
CILINDRO MESTRE ..................................................................21-48
CÁLIPER DO FREIO ..................................................................21-53
LOCALIZAÇÃO DOS COMPONENTES –
LUZES/INSTRUMENTOS/INTERRUPTORES ..........................21-57
INFORMAÇÕES DE SERVIÇO –
LUZES/INSTRUMENTOS/INTERRUPTORES ..........................21-57
DIAGNOSE DE DEFEITOS –
LUZES/INSTRUMENTOS/INTERRUPTORES ..........................21-58
VELOCÍMETRO ..........................................................................21-60
VELOCÍMETRO/SENSOR VS ....................................................21-62
INTERRUPTOR DA LUZ DO FREIO DIANTEIRO ....................21-65
MEDIDOR/SENSOR DE NÍVEL DE COMBUSTÍVEL ...............21-65
DIAGRAMA ELÉTRICO .............................................................21-66
SUPLEMENTO BIZ125 + (6)
21-1
SUPLEMENTOBIZ125 + (6)
IDENTIFICAÇÃO DO MODELO
REGRAS DE SERVIÇO
1. Use peças genuínas Honda ou peças e lubrificantes recomendados pela Honda ou seus equivalentes.Peças que
não atendam às especificações de desenho Honda podem danificar a motocicleta.
2. Use as ferramentas especiais projetadas para este produto a fim de evitar danos e montagem incorreta.
3. Use somente ferramentas métricas ao efetuar serviços na motocicleta. Parafusos e porcas métricas não são
intercambiáveis com fixadores ingleses. O uso de ferramentas e fixadores incorretos pode danificar a motocicleta.
4. Instale novas juntas, anéis de vedação, cupilhas e placas de trava durante a montagem.
5. Ao apertar parafusos ou porcas em série, comece pelos de diâmetro maior ou pelos parafusos internos.Aperte-
os no torque especificado em seqüência diagonal e cruzada em duas ou três etapas, a menos que uma seqüência
diferente seja especificada.
6. Limpe as peças com solvente de limpeza após a desmontagem. Lubrifique as superfícies deslizantes antes da
montagem.
7. Após a montagem, verifique todas as peças quanto a instalação e funcionamento adequados.
8. Encaminhe todos os fios conforme mostrado nas ilustrações de “Passagem de Cabos e da Fiação”
(página 21-14).
Termo abreviado Nome completo
ICM Módulo de controle da ignição
PAIR Suprimento de ar secundário
Sensor VS Sensor de velocidade do veículo
ABREVIAÇÕES
Ao longo deste manual, as seguintes abreviações são usadas para identificar as respectivas peças ou sistemas.
21-2
SUPLEMENTO BIZ125 + (6)
NÚMEROS DE IDENTIFICAÇÃO
O número de identificação do veículo (VIN) está gravado no
lado direito do chassi, conforme mostrado.
O número de série do motor está gravado no lado esquerdo
inferior da carcaça do motor.
O número de identificação do carburador está gravado no lado
direito do corpo do carburador.
ETIQUETA DE INFORMAÇÕES DE CONTROLE
DE EMISSÕES VEICULARES
ETIQUETA
A etiqueta de informações de controle de emissões veiculares
(somente tipo BR) está fixada no interior do compartimento de
carga.
A fim de assegurar que a motocicleta atenda aos requisitos
legais, verifique se as emissões de CO e HC em marcha lenta
estão dentro dos níveis recomendados (Resolução nº 297/02,
artigo 16 do CONAMA).
NÚMERO DE IDENTIFICAÇÃO DO VEÍCULO
NÚMERO DE SÉRIE DO MOTOR
NÚMERO DE IDENTIFICAÇÃO DO CARBURADOR
21-3
SUPLEMENTOBIZ125 + (6)
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Item Especificações
Dimensões Comprimento total 1.880 mm
Largura total 726 mm
Altura total 1.075 mm
Distância entre eixos 1.261 mm
Altura do assento 755 mm
Altura do pedal de apoio 264 mm
Distância mínima do solo 133 mm
Peso em ordem de marcha 107 kg
Chassi Tipo Back bone
Suspensão dianteira Garfo telescópico
Curso da suspensão dianteira 89,0 mm
Suspensão traseira Braço oscilante
Curso da suspensão traseira 86,0 mm
Amortecedor traseiro Duplo tipo tubo
Medida do pneu dianteiro 60/100-17M/C 33L
Medida do pneu traseiro 80/100-14M/C 49L
Marca do pneu Dianteiro MT15 (PIRELLI)
Traseiro MT15 (PIRELLI)
Freio dianteiro Freio hidráulico a disco único
Freio traseiro Mecânico a tambor
(sapatas de expansão interna)
Ângulo do cáster 26°30’
Trail 69,0 mm
Capacidade do tanque de combustível 4,0 l
Motor Diâmetro e curso 52,4 x 57,9 mm
Cilindrada 124,9 cm3
Relação de compressão 9,3 : 1
Comando de válvulas 2 válvulas,
SOHC acionado por corrente única
Válvula de admissão Abre a 1 mm 2° APMS
Fecha a 1 mm 25° DPMI
Válvula de escapamento Abre a 1 mm 34° APMI
Fecha a 1 mm 0° DPMS
Sistema de lubrificação Forçada por bomba de óleo e cárter úmido
Tipo da bomba de óleo Trocoidal
Sistema de arrefecimento Arrefecido a ar
Sistema de filtragem de ar Filtro de papel
Tipo da árvore de manivelas Montada
Peso seco do motor 24,6 kg
Disposição do cilindro Monocilíndrico, inclinado 80°
em relação à vertical
Carburador Tipo Pistão de aceleração
Diâmetro do venturi 18 mm
21-4
SUPLEMENTO BIZ125 + (6)
Item Especificações
Transmissão Sistema de embreagem Multidisco em banho de óleo
Sistema de acionamento da embreagem Tipo centrífugo automático
Transmissão Engrenamento constante, 4 velocidades
Redução primária 3,350 (67/20)
Redução final 2,428 (34/14)
Relação de transmissão 1ª 2,500 (35/14)
2ª 1,550 (31/20)
3ª 1,150 (23/20)
4ª 0,923 (24/26)
Sistema de mudança de marchas Sistema de retorno operado pelo
pé esquerdo (sistema rotativo;
somente quando a motocicleta
não está em movimento)
–N–1–2–3–4 (–N)
Sistema elétrico Sistema de ignição Ignição por Descarga Capacitiva (CDI)
Sistema de partida Partida elétrica
Sistema de carga Alternador monofásico
Regulador/retificador Semicondutor em curto, monofásico,
retificação por meia onda
Sistema de iluminação Alternador
21-5
SUPLEMENTOBIZ125 + (6)
SISTEMA DE ALIMENTAÇÃO
Item Especificações
Número de identificação do carburador Tipo BR PB7SA
Tipo 2LA PB7SC
Tipo 3LA PB7SD
Giclê principal Tipo BR nº 95
Tipo 2LA nº 85
Tipo 3LA nº 88
Giclê de marcha lenta Tipos BR, 3LA nº 35
Tipo 2LA nº 38 x nº 38
Abertura inicial/final do parafuso de mistura Consulte a página 5-13
Nível da bóia 10,7 mm
Rotação de marcha lenta 1.400 ± 100 rpm
Vácuo especificado da válvula de controle PAIR 63 kPa (470 mmHg)
Folga livre da manopla do acelerador 2 – 6 mm
SISTEMA DE LUBRIFICAÇÃO
Item Padrão Limite de Uso
Capacidade de óleo do motor Após drenagem 0,7 l –
Após desmontagem 0,9 l –
Óleo para motor recomendado MOBIL SUPERMOTO 4T –
Classificação de serviço API: SF
Viscosidade: 20W-50
Rotor da bomba de óleo Folga entre os rotores interno – 0,20
e externo
Folga entre o rotor externo e a 0,15 – 0,21 0,26
carcaça da bomba
Folga entre os rotores e a face da 0,03 – 0,09 0,15
carcaça da bomba
Unidade: mm
CABEÇOTE/VÁLVULAS Unidade: mm
Item Padrão Limite de Uso
Compressão do cilindro 1.265 kPa (12,9 kgf/cm2
, 184 psi) a 700 rpm —
Empenamento do cabeçote — 0,05
Folga das válvulas ADM/ESC 0,05 ± 0,02 —
D.E. da haste das válvulas ADM 4,975 – 4,990 4,965
ESC 4,955 – 4,970 4,945
D.I. das guias ADM/ESC 5,000 – 5,012 5,03
Folga entre a haste e ADM 0,010 – 0,037 0,065
a guia ESC 0,030 – 0,057 0,085
Largura da sede da válvula ADM/ESC 1,0 1,6
Externa ADM/ESC 35,25 34,0
Interna ADM/ESC 32,41 30,9
Balancim/ D.I. do balancim ADM/ESC 10,000 – 10,015 10,10
eixo D.E. do eixo ADM/ESC 9,972 – 9,987 9,91
Altura do ressalto ADM 32,084 – 32,284 31,699
ESC 31,860 – 31,960 31,478
Comprimento
livre da mola
da válvula
Válvulas,
guia de
válvulas
Árvore de
comando
21-6
SUPLEMENTO BIZ125 + (6)
CILINDRO/PISTÃO
Item Padrão Limite de Uso
Cilindro D.I. 52,405 – 52,415 52,445
Ovalização – 0,10
Conicidade – 0,10
Empenamento – 0,05
Direção da marca do pistão Marca “IN” voltada para o –
lado de admissão
D.E. do pistão 52,370 – 52,390 52,300
Ponto de medição do D.E. do pistão 10 mm da base da saia –
D.I. da cavidade do pino do pistão 13,002 – 13,008 13,03
D.E. do pino do pistão 12,994 – 13,000 12,98
Folga entre pistão e pino 0,002 – 0,014 0,075
Folga entre anel e canaleta 1º anel 0,030 – 0,065 0,10
2º anel 0,015 – 0,050 0,09
1º anel 0,10 – 0,30 0,5
2º anel 0,10 – 0,30 0,5
Anel de óleo (anel lateral) 0,20 – 0,70 1,1
Folga entre cilindro e pistão 0,015 – 0,045 0,10
D.I. da cabeça da biela 13,016 – 13,034 13,05
Folga entre biela e pino do pistão 0,016 – 0,040 0,07
Unidade: mm
Pistão e
anéis do
pistão
Folga entre as extremidades
dos anéis do pistão
EMBREAGEM/SELETORDEMARCHAS
Item Padrão Limite de Uso
Embreagem de mudança Espessura do disco 2,5 – 2,7 2,2
Empenamento do separador — 0,20
Comprimento livre da mola 27,4 26,8
D.E. da guia da carcaça 22,959 – 22,980 22,940
D.I. da carcaça 23,000 – 23,021 23,07
Embreagem centrífuga D.I. do tambor 104,0 – 104,2 104,3
Espessura da lona da sapata 1,5 1,0
D.I. do tambor da embreagem unidirecional 42,000 – 42,020 42,04
D.E. do rolete da embreagem unidirecional 4,990 – 5,000 4,97
D.I. da engrenagem motora primária 21,030 – 21,058 21,11
D.E. da árvore de manivelas 20,967 – 20,980 20,92
(na engrenagem motora primária)
Espessura da lona do freio da embreagem 3,35 2,5
Unidade: mm
21-7
SUPLEMENTOBIZ125 + (6)
ÁRVOREDEMANIVELAS/TRANSMISSÃO/CONJUNTODEPARTIDA
Item Padrão Limite de Uso
Folga lateral da biela 0,10 – 0,35 0,60
Folga radial da biela 0,008 0,05
Empenamento – 0,10
Transmissão D.I. da engrenagem M2, M3 17,000 – 17,018 17,04
C1 18,000 – 18,018 18,04
C4 20,000 – 20,021 20,04
D.E. da bucha C1 17,966 – 17,984 17,94
D.I. da bucha C1 15,000 – 15,018 15,04
Folga entre a bucha e a engrenagem C1 0,016 – 0,052 0,1
D.E. da árvore primária M3 16,966 – 16,984 16,95
D.E. da árvore secundária C1 14,966 – 14,984 14,95
Folga entre a árvore e a engrenagem M3 0,016 – 0,052 0,09
Folga entre a bucha e a árvore C1 0,016 – 0,052 0,09
D.I. do garfo seletor 10,000 – 10,018 10,07
Espessura da garra do garfo seletor 4,93 – 5,00 4,90
D.E. do eixo dos garfos seletores 9,986 – 9,995 9,93
D.E. do tambor seletor Esquerdo 12,966 – 12,984 12,946
Direito 27,959 – 27,980 27,940
D.I. do mancal do tambor seletor Esquerdo 13,000 – 13,027 13,047
Direito 28,000 – 28,021 28,041
D.I. do pinhão 20,000 – 20,021 20,08
D.E. do eixo 19,959 – 19,980 19,94
Unidade: mm
Árvore de
manivelas
Garfo
seletor/
tambor
seletor
Conjunto
de partida
RODADIANTEIRA/SUSPENSÃO/DIREÇÃO
Item Padrão Limite de Uso
Profundidade mínima da banda de rodagem do pneu – Até o indicador
Pressão do pneu frio Somente piloto 175 kPa (1,75 kgf/cm2
, 25 psi) –
Piloto e passageiro 175 kPa (1,75 kgf/cm2
, 25 psi) –
Empenamento do eixo – 0,20
Excentricidade do aro Radial – 2,0
Axial – 2,0
Garfo Comprimento livre da mola 326,5 320,0
Direção da mola Extremidade cônica voltada para baixo –
Empenamento do cilindro interno – 0,20
Fluido recomendado Fluido para suspensão –
Nível de fluido 106 –
Capacidade de fluido 55,0 ± 1,0 cm3
–
Unidade: mm
21-8
SUPLEMENTO BIZ125 + (6)
Item Padrão Limite de Uso
Profundidade mínima da banda de rodagem do pneu – Até o indicador
Pressão do pneu frio Somente piloto 225 kPa (2,25 kgf/cm2
, 33 psi) –
Piloto e passageiro 280 kPa (2,80 kgf/cm2
, 41 psi) –
Empenamento do eixo – 0,20
Excentricidade do aro Radial – 2,0
Axial – 2,0
Corrente de transmissão Tamanho/nº de elos DID 428M/106 elos –
Folga 25 – 35 –
Freio D.I. do tambor 110,0 111,0
Folga livre do pedal 20 – 30 –
RODATRASEIRA/FREIO/SUSPENSÃO Unidade: mm
FREIO HIDRÁULICO
Item Padrão Limite de Uso
Fluido de freio especificado DOT 3 ou DOT 4 —
Espessura do disco de freio 3,8 – 4,2 3,5
Empenamento do disco de freio — 0,10
D.I. do cilindro mestre 12,700 – 12,743 12,755
D.E. do pistão do cilindro mestre 12,657 – 12,684 12,645
D.I. do cilindro do cáliper 27,000 – 27,050 27,060
D.E. do pistão do cáliper 26,918 – 26,968 26,91
Unidade: mm
BATERIA/SISTEMA DE CARGA
Item Especificações
Bateria Capacidade 12 V – 5 Ah
Fuga de corrente 0,15 mA máx.
Voltagem (20°C) Totalmente carregada 13,0 – 13,2 V
Necessita de carga Abaixo de 12,3 V
Corrente de carga Normal 0,5 A/5 – 10 h
Rápida 5,0 A/30 min
Alternador Capacidade 0,089 kW/5.000 rpm
Resistência da bobina de carga (20°C) 0,3 – 1,1 Ω
Resistência da bobina de iluminação (20°C) 0,1 – 1,0 Ω
21-9
SUPLEMENTOBIZ125 + (6)
PARTIDAELÉTRICA
Item Padrão Limite de Uso
Comprimento da escova do motor de partida 10,0 – 10,5 6,5
Unidade: mm
LUZES/INSTRUMENTOS/INTERRUPTORES
Item Especificações
Lâmpadas Farol (alto/baixo) 12 V - 32/32 W
Luz de freio/lanterna traseira 12 V - 21/5 W
Sinaleira dianteira 12 V - 10 W x 2
Sinaleira traseira 12 V - 10 W x 2
Luz do painel de instrumentos LED x 2
Indicador da sinaleira 12 V - 3 W x 2
Indicador de farol alto 12 V - 3 W
Indicador de ponto morto 12 V - 3 W
Fusíveis Principal 15 A
Secundários 10 A x 1, 5 A x 1
Item Especificações
Vela de ignição Standard CPR6EA-9 (NGK)
Opcional CPR7EA-9 (NGK)
Folga da vela de ignição 0,80 – 0,90 mm
Pico de voltagem da bobina de ignição 100 V mínimo
Pico de voltagem do gerador de pulsos da ignição 0,7 V mínimo
Ponto de ignição 15° APMS a 1.400 rpm
SISTEMA DE IGNIÇÃO
21-10
SUPLEMENTO BIZ125 + (6)
VALORES DE TORQUE PARA MOTOR E CHASSI
• As especificações de torque listadas abaixo são para pontos de aperto importantes. Se alguma especificação
não estiver listada, siga os valores de torque-padrão indicados acima.
Item Qtde.
Diâmetro da Torque
ObservaçõesRosca (mm) N.m (kgf.m)
MANUTENÇÃO
Parafuso de drenagem de óleo 1 12 24 (2,4)
Tampa do orifício da árvore de manivelas 1 30 8 (0,8)
Tampa do orifício de sincronização 1 14 6 (0,6)
Contraporca do ajustador da válvula 2 5 9 (0,9) Aplique óleo à rosca
e superfície de
assentamento
Parafuso da tampa do filtro centrífugo de óleo 3 5 5 (0,5) Aplique trava química
(página 3-12)
Contraporca do parafuso de ajuste da embreagem 1 8 12 (1,2)
Vela de ignição 1 10 16 (1,6)
LUBRIFICAÇÃO
Parafuso da placa da bomba de óleo 2 5 5,2 (0,5)
SISTEMA DE ALIMENTAÇÃO
Copo do filtro de tela do carburador 1 24 5,9 (0,6)
FIXAÇÃO DO MOTOR
Parafuso da placa de fixação do pinhão de transmissão 2 6 12 (1,2)
Parafuso do duto de admissão 2 6 12 (1,2)
CABEÇOTE/VÁLVULAS
Porca-cega do cabeçote 4 8 24 (2,4)
Parafuso da tampa esquerda do cabeçote 1 6 10 (1,0)
Parafuso da engrenagem de comando 2 5 9 (0,9)
Tampão do acionador do tensor da corrente de comando 1 6 4 (0,4)
Parafuso do êmbolo de ajuste da corrente de comando 1 6 10 (1,0)
Prisioneiro do tubo de escapamento 2 8 11 (1,1) Consulte a
página 7-15
EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS
Parafuso do posicionador de marchas 1 6 12 (1,2) Aplique trava química
Pino da mola de retorno do eixo de mudança de marcha 1 8 30 (3,1)
Parafuso do excêntrico posicionador 1 6 10 (1,0) Aplique trava química
Porca-trava da embreagem centrífuga 1 14 64 (6,5) Aplique óleo na rosca
e superfície de
assentamento
Parafuso da mola da embreagem 3 6 12 (1,2)
Porca-trava do cubo da embreagem de mudança 1 14 64 (6,5) Aplique óleo na rosca
e superfície de
assentamento
ALTERNADOR/EMBREAGEM DE PARTIDA
Porca-trava do volante do motor 1 12 64 (6,5) Aplique óleo na rosca
e superfície de
assentamento
Parafuso de montagem da embreagem de partida 6 6 16 (1,6) Aplique trava química
Parafuso de fixação do estator do alternador 2 6 10 (1,0)
Parafuso de fixação do gerador de pulsos da ignição 2 6 10 (1,0)
CARCAÇA DO MOTOR/ÁRVORE DE MANIVELAS/
TRANSMISSÃO
Prisioneiro do cilindro 4 8 11 (1,1) Consulte a página 8-4
PARTIDA ELÉTRICA
Parafuso da carcaça do motor de partida 2 5 4,9 (0,5)
MOTOR
21-11
SUPLEMENTOBIZ125 + (6)
Item Qtde.
Diâmetro da Torque
ObservaçõesRosca (mm) N.m (kgf.m)
AGREGADOS DO CHASSI/
SISTEMA DE ESCAPAMENTO
Porca de união do tubo de escapamento 2 8 27 (2,8)
MANUTENÇÃO
Parafuso da tampa da carcaça do filtro de ar 4 5 1,2 (0,1)
Parafuso do suporte do elemento do filtro de ar 4 5 1,2 (0,1)
Parafuso de articulação do cavalete lateral 1 10 18 (1,8)
Porca de articulação do cavalete lateral 1 10 44 (4,5) Enquanto mantém
fixo o parafuso de
articulação
FIXAÇÃO DO MOTOR
Porca de suspensão dianteira do motor 1 10 55 (5,6)
Porca de suspensão traseira superior do motor 1 10 55 (5,6)
Porca de suspensão traseira inferior do motor 1 10 55 (5,6)
EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS
Parafuso de fixação do pedal de câmbio 1 6 16 (1,6)
RODA DIANTEIRA/SUSPENSÃO/DIREÇÃO
Porca da coluna de direção 1 26 74 (7,5)
Porca de ajuste da coluna de direção 1 26 – Consulte a
página 12-21
Parafuso de fixação da mesa do garfo 4 10 54 (5,5)
Porca de montagem do suporte do guidão 1 10 59 (6,0) Porca U
Porca do eixo dianteiro 1 12 49 (5,0) Porca U
Parafuso Allen do garfo 2 8 20 (2,0) Aplique trava química
Parafuso do disco do freio dianteiro 5 6 20 (2,0) Parafuso ALOC;
substitua-o por um
novo
RODA TRASEIRA/FREIO/SUSPENSÃO
Porca do eixo traseiro 1 12 49 (5,0) Porca U
Porca da coroa de transmissão 4 8 27 (2,8) Porca U
Prisioneiro da coroa de transmissão 4 8 20 (2,0) Aplique trava química
Porca do braço do freio traseiro 1 6 10 (1,0) Porca U
Parafuso de fixação superior do amortecedor 2 10 24 (2,4)
Porca-cega de fixação inferior do amortecedor 2 10 24 (2,4)
Porca da articulação do braço oscilante 1 10 39 (4,0)
Parafuso do deslizador da corrente de transmissão 1 6 5,2 (0,5)
FREIO HIDRÁULICO
Válvula de sangria do cáliper 1 8 5,4 (0,6)
Parafuso da tampa do reservatório do cilindro mestre 2 4 1,5 (0,2)
Pino da pastilha 1 10 17,2 (1,8)
Bujão do pino da pastilha 1 10 2,5 (0,3)
Parafuso de fixação do cáliper do freio 2 8 30 (3,1) Parafuso ALOC;
substitua-o por um
novo
Parafuso do interruptor da luz do freio dianteiro 1 4 1,2 (0,1)
Parafuso de articulação da alavanca do freio 1 6 1 (0,1)
Porca de articulação da alavanca do freio 1 6 5,9 (0,6) Enquanto mantém
fixo o parafuso de
articulação
Parafuso de união da mangueira do freio 2 10 34 (3,5)
Pino deslizante principal do cáliper do freio 1 8 22 (2,2) Aplique trava química
Pino deslizante secundário do cáliper do freio 1 8 12,3 (1,3) Aplique trava química
Parafuso do suporte do cilindro mestre 2 6 12 (1,2)
CHASSI
21-12
SUPLEMENTO BIZ125 + (6)
PONTOS DE LUBRIFICAÇÃO E VEDAÇÃO
MOTOR
Material Localização Observações
Óleo para motor Superfície interna da camisa do cilindro
Superfície externa do pistão
Canaletas do pistão
Superfície interna da cavidade do pino do pistão
Toda a superfície dos anéis do pistão
Corrente de comando
Êmbolo de ajuste da corrente de comando
Superfície rotativa do came do descompressor Adicione 0,5 – 1 cm3
Rosca e superfície de assentamento da contraporca do
ajustador da válvula
Rotor da bomba de óleo
Rosca e superfície de assentamento da porca-trava do
cubo da embreagem de mudança
Toda a superfície dos discos de embreagem
Rosca e superfície de assentamento da porca-trava do
cubo da embreagem centrífuga
Superfície externa do eixo dos garfos seletores
Ambos os mancais e ranhura de guia dos garfos seletores
no tambor seletor
Área deslizante da superfície externa do eixo de mudança
de marcha
Rosca e superfície de assentamento da porca-flange do
volante do motor
Superfície de rolamento da embreagem de partida
Superfície deslizante do eixo da engrenagem de redução
de partida
Superfície de rolamento dos rolamentos de esferas/agulhas
Toda a superfície de cada anel de vedação
Rolamento de agulhas do colo da biela Adicione 1 – 2 cm3
Superfície interna da cabeça da biela
Superfície externa do pino do pistão
Superfície deslizante e extremidade da haste das válvulas
de ADM/ESC
Toda a superfície dos ressaltos da árvore de comando
Superfície deslizante e superfície interna do ressalto do
balancim
Superfície externa do eixo dos balancins
Superfície externa da guia da carcaça da embreagem
Toda a superfície das engrenagens M2, M3
Toda a superfície das engrenagens C1, C4
Superfícies interna e externa da bucha da engrenagem C1
Ranhuras dos garfos seletores nas engrenagens M4, C3
Superfície deslizante da engrenagem movida de partida
Superfície interna do pinhão de partida
Superfície interna da engrenagem motora primária
(tambor da embreagem centrífuga)
Graxa para uso geral Lábios do retentor de óleo do eixo de mudança de marcha
Lábios do retentor de óleo da árvore secundária
Lábios do retentor de óleo do eixo do pedal de partida
Three Bond nº 1215 Superfície de contato da carcaça do motor esquerda Consulte a
ou equivalente página 11-18
Superfície de vedação da borracha da fiação do alternador
Solução de óleo de molibdênio
(mistura de óleo para motor e
graxa à base de bissulfeto de
molibdênio em uma proporção
de 1:1)
21-13
SUPLEMENTOBIZ125 + (6)
Material Localização Observações
Trava química Rosca do parafuso da tampa do filtro centrífugo de óleo Consulte a
página 3-12
Rosca do parafuso da placa de fixação do rolamento da Largura do revestimento
árvore primária 6,5 ± 1 mm a partir da
extremidade
Rosca do parafuso do excêntrico posicionador Largura do revestimento
6,5 ± 1 mm a partir da
extremidade
Rosca do parafuso do posicionador de marchas Largura do revestimento
6,5 ± 1 mm a partir da
extremidade
Rosca do parafuso de montagem da carcaça da Largura do revestimento
embreagem de partida 6,5 ± 1 mm a partir da
extremidade
Material Localização Observações
Pistas de esferas superior/inferior e esferas de aço da
coluna de direção
Lábios do retentor de pó da coluna de direção
Graxa de uso geral Lábios do retentor de pó da roda dianteira
Lábios do retentor de pó do flange da coroa de transmissão
Anel de vedação do cubo da roda traseira
Área deslizante da articulação do cavalete lateral
Área deslizante e esfera de aço do pedal de partida
Área deslizante do tubo e ranhura de guia do cabo do
acelerador
Área deslizante da articulação do pedal do freio
Pino de ancoragem do espelho do freio
Superfície deslizante do eixo e came do freio
Área deslizante da trava do guidão
Área deslizante da trava do assento
Graxa à base de silicone Articulação da alavanca do freio a disco dianteiro Aplique 0,1 g
Área de contato da alavanca do freio a disco dianteiro
com o pistão do cilindro mestre
Superfície deslizante do pistão do cilindro mestre do freio Aplique 0,1 g
Superfície interna da coifa do pino do cáliper
Superfície deslizante do pino do cáliper
Lábios do retentor de pó do cáliper
Fluido de freio DOT 3 ou DOT 4 Retentores do pistão do cilindro mestre do freio
Superfície deslizante do pistão do cáliper
Lábios do selo do pistão do cáliper
Trava química Rosca do prisioneiro do flange da coroa de transmissão
Rosca do parafuso allen do garfo
Lubrificante para cabos Interior da capa do cabo do acelerador
Fluido para suspensão Lábios do retentor de óleo do garfo
Óleo para motor 4 tempos Retentor de feltro do came do freio
Honda ou equivalente
Óleo para transmissão Corrente de transmissão
SAE nº 80 ou 90
Adesivo Honda Bond A Interior da borracha da manopla do guidão
ou equivalente Superfície de contato da borracha da alça traseira
Graxa de uso geral à base de
uréia para extrema pressão
(Exemplo: Shell Alvania EP2 )
CHASSI
21-14
SUPLEMENTO BIZ125 + (6)
PASSAGEM DE CABOS E DA FIAÇÃO
CONECTORES DA FIAÇÃO
DO INTERRUPTOR DA LUZ
DO FREIO DIANTEIRO
RELÉ DA SINALEIRA
CONECTOR 3P (VERMELHO) DO
INTERRUPTOR DA SINALEIRA
CABO DO
AFOGADOR
FIAÇÃO SECUNDÁRIA
DIANTEIRA
CONECTOR 3P
(BRANCO) DO FAROL
MANGUEIRA DO FREIO DIANTEIRO
CABO DO ACELERADOR
CONECTOR 3P (BRANCO)
DO INTERRUPTOR DE
PARTIDA
CONECTOR 16P (PRETO)
DO VELOCÍMETRO
CONECTOR 3P (BRANCO) DO
COMUTADOR DO FAROL
CONECTOR 3P (PRETO) DO
INTERRUPTOR DA BUZINA
FIAÇÃO DO RELÉ DE PARTIDA
Para os Conectores da
Fiação Secundária Dianteira
CONECTOR 2P (BRANCO) DA
SINALEIRA DIREITA
FIAÇÃO DA BUZINA
FIAÇÃO PRINCIPAL
REGULADOR/RETIFICADOR
INTERRUPTOR DE IGNIÇÃO
CONECTOR 2P (VERMELHO) DO
INTERRUPTOR DE IGNIÇÃO
21-15
SUPLEMENTOBIZ125 + (6)
FIAÇÃO DO VELOCÍMETRO
CAIXA DE FUSÍVEIS
CONECTOR 2P (PRETO) DA
SINALEIRA ESQUERDA
CONECTOR 6P (BRANCO) DA
FIAÇÃO SECUNDÁRIA DIANTEIRA
Para a Fiação Principal
MANGUEIRA DO FREIO DIANTEIRO
CONECTOR 9P (PRETO) DA
FIAÇÃO SECUNDÁRIA DIANTEIRA
RELÉ DE PARTIDA
CABO DO MOTOR
DE PARTIDA
21-16
SUPLEMENTO BIZ125 + (6)
FIAÇÃO DO VELOCÍMETRO
CABO DO ACELERADOR
CABO DO AFOGADOR
FIAÇÃO PRINCIPAL
CONECTOR DA FIAÇÃO PRIMÁRIA
DA BOBINA DE IGNIÇÃO
CONECTOR 3P DO SENSOR VS
MANGUEIRA DE
COMBUSTÍVEL
INTERRUPTOR DA LUZ
DO FREIO TRASEIRO
CABO DO ALTERNADOR
INTERRUPTOR DE
PONTO MORTO
MANGUEIRA DE DRENAGEM
DO CARBURADOR
MANGUEIRA DE INJEÇÃO
DE AR PAIR
MANGUEIRA DO
FREIO DIANTEIRO
MANGUEIRA DE RESPIRO
MANGUEIRA DE SUPRIMENTO DE AR
SECUNDÁRIO PAIR
FILTRO DE AR
FIAÇÃO DO SENSOR VS
SENSOR VS
21-17
SUPLEMENTOBIZ125 + (6)
PROTETOR DE BORRACHA DOS CONECTORES:
• CONECTOR 6P (BRANCO) DA UNIDADE DA LUZ
DO FREIO/LANTERNA TRASEIRA
• CONECTOR 3P (BRANCO) DO SENSOR
DE NÍVEL DE COMBUSTÍVEL
• CONECTOR 4P (BRANCO) DO ALTERNADOR
• CONECTOR DA FIAÇÃO DO GERADOR
DE PULSOS DA IGNIÇÃO
MANGUEIRA DE COMBUSTÍVEL
ICM
FILTRO DE
COMBUSTÍVEL
FIAÇÃO PRINCIPAL
CABO DO AFOGADOR
CABO DO MOTOR
DE PARTIDA
MANGUEIRA DE VÁCUO PAIR
CABO DA VELA
DE IGNIÇÃO
CONECTOR 2P (BRANCO) DO
INTERRUPTOR DA LUZ DO FREIO
TRASEIRO
INTERRUPTOR DA LUZ
DO FREIO TRASEIRO
CONECTOR 3P DO SENSOR VS
CABO-TERRA DA BATERIA
MANGUEIRA DE RESPIRO
DA CARCAÇA DO MOTOR
21-18
SUPLEMENTO BIZ125 + (6)
TAMPA DO GUIDÃO
REMOÇÃO/INSTALAÇÃODATAMPA
DIANTEIRA DO GUIDÃO
Remova os espelhos retrovisores (página 2-9).
Remova os parafusos.
Solte a tampa dianteira do guidão do cilindro mestre do freio
dianteiro.
Remova a tampa dianteira do guidão e então desconecte o
conector 3P (branco) do farol.
A instalação é efetuada na ordem inversa da remoção.
REMOÇÃO/INSTALAÇÃODATAMPA
TRASEIRA DO GUIDÃO
Remova os seguintes componentes:
· Tampa dianteira (página 2-2)
· Tampa dianteira do guidão (página 21-18)
Desconecte o cabo do afogador da alavanca do afogador.
ALAVANCA DO AFOGADOR CABO DO AFOGADOR
CONECTOR 3P (BRANCO)
PARAFUSOS PARAFUSOS
PARAFUSOS TAMPA DIANTEIRA DO GUIDÃO
21-19
SUPLEMENTOBIZ125 + (6)
SUPORTE ARRUELA ONDULADA
ALAVANCA DO
AFOGADOR
PARAFUSO/
ARRUELA
PARAFUSO
DO SUPORTE
Remova o parafuso do suporte da alavanca do afogador.
Remova o parafuso de articulação e a arruela, e então remova
a alavanca do afogador, a arruela ondulada e o suporte da
alavanca.
Desconecte os conectores 9P (preto) e 6P (branco) do
velocímetro.
CONECTORES DO VELOCÍMETRO
CONECTORES DO INTERRUPTOR DA LUZ DO FREIO
TAMPA TRASEIRA DO GUIDÃO
PARAFUSOS
PARAFUSO CABO DO AFOGADOR
NOTA
Passe a fiação e os cabos corretamente (página 21-14).
Remova os parafusos de fixação menores e o parafuso de
fixação maior da tampa traseira.
Desconecte os conectores da fiação do interruptor da luz do
freio dianteiro.
Puxe o cabo do afogador para fora pelo orifício da tampa
traseira do guidão e remova a tampa traseira do guidão.
A instalação é efetuada na ordem inversa da remoção.
21-20
SUPLEMENTO BIZ125 + (6)
TABELA DE MANUTENÇÃO
Obs.: 1. Para leituras superiores do hodômetro, repita nos intervalos especificados nesta tabela.
2. Efetue o serviço com mais freqüência, quando utilizar a motocicleta sob condições de muita poeira e
umidade.
3. Efetue o serviço com mais freqüência, quando pilotar a motocicleta sob condições de chuva ou
aceleração máxima.
4. Verifique o nível de óleo diariamente, antes de pilotar a motocicleta e adicione se necessário.
5. Substitua uma vez por ano ou a cada intervalo de quilometragem indicado na tabela, o que ocorrer
primeiro.
6. Substitua o filtro de ar PAIR a cada 3 anos ou 24.000 km. A substituição requer habilidade mecânica.
7. Substitua a cada 2 anos. A substituição requer habilidade mecânica.
A Honda recomenda que após efetuar cada manutenção periódica, o teste de rodagem da motocicleta seja realizado em
uma concessionária autorizada Honda.
Item Operações
Período (nota 1)
1.000 km 4.000 km 8.000 km 12.000 km
Linha de combustível Verificar
Filtro de combustível Limpar
Funcionamento do acelerador Verificar e ajustar
Funcionamento do afogador Verificar e ajustar
Filtro de ar Limpar
Trocar (nota 2)
Respiro do motor Limpar (nota 3)
Vela de ignição Verificar
Trocar
Folga das válvulas Verificar e ajustar
Óleo do motor Trocar (notas 4 e 5)
Tela do filtro de óleo Limpar
Filtro centrífugo de óleo Limpar
Marcha lenta Verificar e ajustar
Sistema de escapamento Verificar
Sistema de suprimento de ar Verificar (nota 6)
secundário
Corrente de transmissão Verificar, ajustar e lubrificar a cada 1.000 km
Fluido de freio Verificar o nível (nota 7)
Desgaste das sapatas/ Verificar
pastilhas do freio
Sistema de freio Verificar
Interruptor da luz do freio Verificar e ajustar
Facho do farol Ajustar
Sistema de embreagem Verificar
Cavalete lateral Verificar
Suspensão Verificar
Porcas, parafusos e fixações Verificar e reapertar
Rodas/Pneus Verificar
Coluna de direção Verificar e ajustar
Lubrificar
21-21
SUPLEMENTOBIZ125 + (6)
FLUIDO DE FREIO
ATENÇÃO
••••• Não misture tipos diferentes de fluido, pois eles
podem não ser compatíveis.
••••• Não permita a penetração de materiais estranhos no
sistema durante o abastecimento do reservatório.
••••• Evite derramar fluido de freio sobre peças pintadas,
plásticas ou de borracha. Coloque um pano sobre
essas peças sempre que efetuar a manutenção do
sistema.
Verifique o nível do reservatório do freio através do visor.
Se o nível estiver próximo da marca inferior, verifique as
pastilhas de freio quanto a desgaste (página 21-21).
VISOR NÍVEL INFERIOR
DESGASTE DAS SAPATAS/
PASTILHAS DE FREIO
PASTILHAS DO FREIO DIANTEIRO
Verifique as pastilhas do freio quanto a desgaste.
Substitua as pastilhas do freio se alguma delas estiver
desgastada até a ranhura do limite de desgaste.
Consulte a página 21-47 quanto à substituição das pastilhas
de freio. RANHURAS DE LIMITE
MARCA SETA
PASTILHAS
SAPATASDOFREIOTRASEIRO
Verifique a posição do indicador de desgaste quando o pedal
do freio é aplicado.
Se a seta da placa indicadora ficar alinhada com a marca “ ”
no espelho de freio, inspecione o tambor do freio
(página 21-39).
Substitua as sapatas de freio (página 21-39) se o D.I. do
tambor estiver dentro do limite de uso.
21-22
SUPLEMENTO BIZ125 + (6)
SISTEMA DE FREIO
Remova a tampa dianteira do guidão (página 21-18).
Inspecione a mangueira e as conexões do freio quanto a
deterioração, trincas e sinais de vazamento.
Aperte as conexões, caso estejam frouxas.
Substitua as mangueiras e conexões, se necessário.
Aplique firmemente a alavanca do freio e certifique-se de que
não tenha ocorrido penetração de ar no sistema.
Se a alavanca parecer mole ou esponjosa quando acionada,
efetue a sangria de ar do sistema.
Consulte a página 21-45 quanto aos procedimentos de sangria
do freio.
CONEXÃO
CONEXÃO
21-23
SUPLEMENTOBIZ125 + (6)
LOCALIZAÇÃO DOS COMPONENTES – RODA DIANTEIRA/
SUSPENSÃO/DIREÇÃO
59 N.m (6,0 kgf.m)
54 N.m (5,5 kgf.m)
49 N.m (5,0 kgf.m)
21-24
SUPLEMENTO BIZ125 + (6)
GUIDÃO
REMOÇÃO
Remova a tampa do guidão (página 21-18).
Remova o parafuso e o contrapeso do guidão direito.
Remova o tubo do acelerador.
Remova o parafuso e o suporte superior do acelerador.
CILINDRO MESTRE
SUPORTE
CONTRAPESO DO GUIDÃO
PARAFUSO
Remova do guidão o suporte inferior do acelerador e
desconecte o cabo do acelerador do tubo do acelerador.
CABO DO ACELERADOR
TUBO DO ACELERADOR
SUPORTE INFERIOR
SUPORTE SUPERIORPARAFUSO
PARAFUSOS
TUBO DO ACELERADOR
NOTA
Mantenha o reservatório na vertical para evitar a entrada de
ar no sistema hidráulico.
Remova os parafusos, o suporte e o cilindro mestre do freio.
21-25
SUPLEMENTOBIZ125 + (6)
Remova o parafuso e o contrapeso do guidão esquerdo.
Remova a manopla esquerda do guidão.
CONTRAPESO DO GUIDÃO
PARAFUSO MANOPLA ESQUERDA DO GUIDÃO
Remova os parafusos de montagem, as arruelas e o guidão.
Limpe a superfície interna da manopla esquerda do guidão e a
superfície externa do guidão esquerdo.
Aplique adesivo Honda A ou equivalente no interior da
manopla e às superfícies limpas do guidão esquerdo.
INSTALAÇÃO
Instale o guidão, as arruelas e os parafusos de montagem.
Aperte os parafusos de montagem do guidão firmemente.
GUIDÃO
PARAFUSOS/ARRUELAS
GUIDÃO
GUIDÃO
MANOPLA ESQUERDA DO GUIDÃO
NOTA
Deixe o adesivo secar por uma hora antes de usar.
Aguarde 3 – 5 minutos e instale a manopla.
Gire a manopla a fim de distribuir o adesivo de modo uniforme.
PARAFUSOS/ARRUELAS
21-26
SUPLEMENTO BIZ125 + (6)
Aplique graxa à superfície deslizante do tubo do acelerador e à
área de contato do cabo do acelerador.
Instale o tubo do acelerador no guidão.
Conecte o cabo do acelerador ao tubo do acelerador.
Instale o suporte inferior do acelerador alinhando o pino
posicionador no suporte inferior com o orifício no guidão.
Aperte os parafusos dos contrapesos do guidão firmemente.
Instale ambos os contrapesos do guidão nos contrapesos
internos, alinhando os recortes um do outro.
TUBO DO ACELERADOR
Alinhe
CONTRAPESO DO GUIDÃO
PARAFUSO
TUBO DO
ACELERADOR
GRAXA
CONTRAPESO DO GUIDÃO
CABO DO ACELERADOR
SUPORTE INFERIORAlinhe
GUIDÃO
21-27
SUPLEMENTOBIZ125 + (6)
Instale o suporte superior do acelerador encaixando-o no
suporte inferior.
Aperte o parafuso firmemente.
SUPORTE SUPERIORPARAFUSO
CILINDRO MESTRE Alinhe
MARCA "UP"
Instale o cilindro mestre e seu suporte com a marca “UP”
voltada para cima.
Alinhe a superfície de contato do cilindro mestre com a marca
de punção no guidão, conforme mostrado.
Instale os parafusos do suporte do cilindro mestre e aperte
primeiro o parafuso superior. Em seguida, aperte o parafuso
inferior no torque especificado.
TORQUE: 12 N.m (1,2 kgf.m)
Instale a tampa do guidão (página 21-18).
Ajuste a folga livre da manopla do acelerador e verifique seu
funcionamento (página 3-5).
Encaixe
RODA DIANTEIRA
REMOÇÃO
Apóie a motocicleta em seu cavalete central.
Solte a porca do eixo.
Levante a roda dianteira do solo usando um macaco ou outro
suporte adequado debaixo do motor.
PORCA/EIXO DIANTEIRO
ESPAÇADORES LATERAIS
LADO ESQUERDO LADO DIREITO
Remova a porca do eixo, o eixo dianteiro e a roda dianteira.
Remova os espaçadores dos lados direito e esquerdo.
NOTA
Não acione a alavanca do freio após remover a roda
dianteira. Isso dificultará o encaixe do disco de freio entre
as pastilhas de freio.
21-28
SUPLEMENTO BIZ125 + (6)
INSPEÇÃO
Para a inspeção do eixo, rolamento e aro da roda raiada
dianteira, consulte a página 12-12.
BALANCEAMENTO DE RODA
• O balanceamento da roda afeta diretamente a estabilidade,
o manuseio e, sobretudo, a segurança da motocicleta.
Verifique sempre o balanceamento após remover o pneu do
aro da roda.
Remova os retentores de pó da roda.
Coloque o conjunto da roda, pneu e discos de freio em um
suporte de inspeção.
Gire a roda, deixe-a parar e marque o ponto mais baixo (mais
pesado) da roda com giz.
Faça isto duas ou três vezes para verificar a área mais
pesada.
Quando a roda está balanceada, ela nunca pára na mesma
posição.
Para um balanceamento ideal, a marca de balanceamento
(ponto pintado na parede lateral) deve estar localizada perto da
haste da válvula. Monte novamente o pneu, se necessário.
Monte o pneu com a seta orientada no sentido de rotação
normal.
MARCAS DE SENTIDO
DE ROTAÇÃO HASTE DA VÁLVULA
MARCA DE BALANCEAMENTO
SUPORTE DE INSPEÇÃO
21-29
SUPLEMENTOBIZ125 + (6)
DESMONTAGEM
Remova o retentor de pó direito do lado direito da roda
dianteira.
RETENTOR DE PÓ
Remova os parafusos do disco de freio e o disco.
DISCO DE FREIO
PARAFUSOS
Remova o retentor de pó esquerdo do lado esquerdo da roda
dianteira.
RETENTOR DE PÓ
Instale a cabeça do extrator de rolamento no rolamento da
roda.
Pelo lado oposto, instale o eixo do extrator de rolamento e
remova o rolamento do cubo da roda.
Remova o espaçador e retire o rolamento do outro lado.
FERRAMENTAS:
Cabeça do extrator de rolamento, 12 mm 07746-0050300
Eixo do extrator de rolamento 07746-0050100
EIXO DO EXTRATOR
CABEÇA DO EXTRATOR
21-30
SUPLEMENTO BIZ125 + (6)
Preencha todas as cavidades do rolamento com graxa.
ACESSÓRIO/GUIA
MONTAGEM
Instale um novo rolamento esquerdo da roda em esquadro, até
assentar completamente.
FERRAMENTAS:
Instalador 07749-0010000
Acessório, 37 x 40 mm 07746-0010200
Guia, 12 mm 07746-0040200
Instale o espaçador.
Usando as mesmas ferramentas, instale um novo rolamento
direito da roda em esquadro, até assentar no espaçador.
NOTA
Nunca instale um rolamento usado.Caso o rolamento tenha
sido removido, ele deverá ser substituído por um novo.
ROLAMENTO ESQUERDO
DA RODA (6301 UU)
ESPAÇADOR
RETENTOR DE
PÓ DIREITO
ROLAMENTO DIREITO
DA RODA (6301 UU)
GRAXA
GRAXA
GRAXANOVO
NOVO
NOVO
GRAXA
INSTALADOR
ROLAMENTO
DE RODA
ESPAÇADOR DO
LADO DIREITO
RETENTOR DE
PÓ ESQUERDO
GRAXANOVO
DISCO DE FREIO
20 N.m (2,0 kgf.m)NOVO
ESPAÇADOR DO
LADO ESQUERDO
NOVO
Instale e aperte os novos parafusos do disco de freio em ordem
cruzada, em 2 ou 3 etapas.
TORQUE: 20 N.m (2,0 kgf.m)
NOTA
Não contamine o disco de freio com graxa. Caso contrário, a
eficiência da frenagem será prejudicada.
DISCO DE FREIO
NOVO PARAFUSOS
21-31
SUPLEMENTOBIZ125 + (6)
INSTALAÇÃO
Instale os espaçadores do lado direito e esquerdo.
Aplique graxa aos lábios do novo retentor de pó esquerdo.
Instale o novo retentor de pó no cubo esquerdo da roda.
RETENTOR DE PÓNOVO GRAXA
ESPAÇADORES LATERAIS
Aplique graxa aos lábios do novo retentor de pó direito.
Instale o novo retentor de pó no cubo direito da roda.
RETENTOR DE PÓ
NOVO GRAXA
LADO DIREITO
Instale a roda dianteira entre as pernas do garfo.
Aplique uma leve camada de graxa à superfície do eixo
dianteiro.
Instale o eixo dianteiro pelo lado esquerdo.
EIXO DIANTEIROGRAXA
NOTA
Tome cuidado para não danificar as pastilhas de freio.
LADO ESQUERDO
21-32
SUPLEMENTO BIZ125 + (6)
Aperte a porca do eixo no torque especificado.
TORQUE: 49 N.m (5,0 kgf.m)
EIXO DIANTEIRO/PORCA
21-33
SUPLEMENTOBIZ125 + (6)
LOCALIZAÇÃO DOS COMPONENTES – RODA TRASEIRA/FREIO/
SUSPENSÃO
24 N.m (2,4 kgf.m)
24 N.m (2,4 kgf.m)
24 N.m (2,4 kgf.m)
24 N.m (2,4 kgf.m)
49 N.m (5,0 kgf.m)
39 N.m (4,0 kgf.m)
21-34
SUPLEMENTO BIZ125 + (6)
RODA TRASEIRA
REMOÇÃO
Desaperte a porca do eixo.
Apóie a motocicleta sobre seu cavalete central.
Remova a porca de ajuste do freio, a mola e a junção.
Remova a cupilha, a porca, a arruela, a borracha
amortecedora e o parafuso.
Desaperte ambas as contraporcas e porcas de ajuste da
corrente de transmissão.
Empurre a roda traseira para a frente e desencaixe a corrente
de transmissão da coroa.
Remova a porca do eixo.
Remova o eixo pelo lado esquerdo do braço oscilante.
Remova a roda traseira e o espaçador do lado direito.
Remova o conjunto do espelho do freio do cubo direito da
roda.
Remova o espaçador lateral do flange da coroa.
EIXO CORRENTE DE TRANSMISSÃO
CONTRAPORCAPORCA DE AJUSTE
PORCA
DO EIXOESPAÇADOR
MOLA
CUPILHA/PORCA/ARRUELA/
BORRACHA/PARAFUSO
PORCA DE AJUSTE JUNÇÃO
ESPAÇADOR LATERAL
CONJUNTO DO ESPELHO DO FREIO
21-35
SUPLEMENTOBIZ125 + (6)
DESMONTAGEM
Remova o retentor de pó.
Desaperte as porcas da coroa de transmissão.
Remova o flange da coroa do cubo esquerdo da roda.
Em seguida, retire as porcas da coroa e a coroa de
transmissão do flange da coroa.
Remova as borrachas amortecedoras e o anel de vedação.
REMOÇÃO DO ROLAMENTO DA RODA
Instale a cabeça do extrator de rolamento no rolamento.
Pelo lado oposto, instale o eixo do extrator e remova o
rolamento do cubo da roda.
Remova o espaçador e retire o rolamento do outro lado
utilizando as ferramentas especiais.
FERRAMENTAS:
Cabeça do extrator de rolamento, 12 mm 07746-0050300
Eixo do extrator de rolamento 07746-0050100
ANEL DE VEDAÇÃO
BORRACHA AMORTECEDORA
PORCAS
COROA DE TRANSMISSÃO
FLANGE DA COROA
RETENTOR DE PÓ
EIXO DO EXTRATOR
CABEÇA DO EXTRATOR
INSPEÇÃO
Para a inspeção do eixo, aro, rolamentos da roda/flange da
coroa e coroa de transmissão da roda raiada traseira, consulte
a página 13-7.
BALANCEAMENTO DE RODA
Para o procedimento de balanceamento da roda dianteira (tipo
roda de liga leve), consulte a página 21-28.
21-36
SUPLEMENTO BIZ125 + (6)
REMOÇÃO DO ROLAMENTO DO FLANGE DA
COROA
Remova o espaçador do flange da coroa.
Utilizando as ferramentas especiais, remova o rolamento do
flange da coroa.
ROLAMENTO
Utilizando as ferramentas especiais, instale o novo rolamento
em esquadro, até assentar completamente.
FERRAMENTAS:
Instalador 07749-0010000
Acessório, 37 x 40 mm 07746-0010200
Guia, 12 mm 07746-0040200
Instale o espaçador.
Usando as mesmas ferramentas, instale o rolamento esquerdo
da roda em esquadro com seu lado de vedação voltado para
fora, até assentar completamente sobre o espaçador.
MONTAGEM
Preencha todas as cavidades dos rolamentos com graxa.
NOTA
Nunca instale um rolamento usado.Caso o rolamento tenha
sido removido, ele deverá ser substituído por um novo.
NOVO
GRAXA
NOVO
GRAXA
ROLAMENTO DIREITO
DA RODA (6301 UU)
ANEL DE VEDAÇÃO
BORRACHAS AMORTECEDORAS
ROLAMENTO DO FLANGE
DA COROA (6203 U)
NOVO
GRAXA
COROA DE
TRANSMISSÃO (34D)
PORCAS
27 N.m (2,8 kgf.m)
RETENTOR
DE PÓ
NOVO
GRAXA
FLANGE DA COROA
ESPAÇADOR DO
FLANGE DA COROA
ROLAMENTO ESQUERDO
DA RODA (6301 U)
ESPAÇADOR
NOVO
GRAXA
INSTALADOR
GRAXA
ROLAMENTO
DA RODA
ACESSÓRIO/GUIA
FLANGE DA COROA ESPAÇADOR
NOVO
21-37
SUPLEMENTOBIZ125 + (6)
INSTALAÇÃO DO ROLAMENTO DO FLANGE DA
COROA
Preencha todas as cavidades do rolamento com graxa.
Utilizando as ferramentas especiais, instale o novo rolamento
do flange da coroa em esquadro com seu lado de vedação
voltado para fora, até assentar completamente.
FERRAMENTAS:
Instalador 07749-0010000
Acessório, 37 x 40 mm 07746-0010200
Guia, 17 mm 07746-0040400
ANEL DE VEDAÇÃO
PORCAS
Verifique as borrachas amortecedoras quanto à deterioração
ou danos. Substitua-as, se necessário.
Instale as borrachas amortecedoras no cubo esquerdo da
roda.
Aplique graxa ao novo anel de vedação e instale-o na ranhura
do cubo da roda.
Instale o espaçador do flange da coroa pelo lado interno do
flange.
Instale o flange da coroa no cubo esquerdo da roda.
Caso tenham sido removidos, aplique trava química à rosca
dos prisioneiros do flange da coroa.
Aperte os prisioneiros do flange da coroa no torque
especificado.
TORQUE: 20 N.m (2,0 kgf.m)
Instale a coroa de transmissão e aperte as porcas no torque
especificado.
TORQUE: 27 N.m (2,8 kgf.m)
Aplique graxa aos lábios do novo retentor de pó.
Instale o novo retentor de pó no flange da coroa.
INSTALADOR
ACESSÓRIO/GUIAROLAMENTO DO
FLANGE DA COROA
FLANGE DA COROA
ESPAÇADOR
BORRACHA AMORTECEDORA
GRAXA
GRAXA
COROA DE
TRANSMISSÃO
PRISIONEIRO
FLANGE
DA COROA
NOVO
RETENTOR
DE PÓ
NOVO
TRAVAGRAXA
NOVO
21-38
SUPLEMENTO BIZ125 + (6)
INSTALAÇÃO
Instale o espaçador lateral no flange da coroa.
Posicione a roda traseira com o espaçador do lado direito no
braço oscilante.
Instale a corrente na coroa de transmissão.
Instale o ajustador esquerdo da corrente no eixo traseiro e
insira o eixo através do braço oscilante e da roda pelo lado
esquerdo.
Instale o ajustador direito da corrente e a porca do eixo.
Conecte o limitador do braço ao espelho do freio com o
parafuso do limitador, a borracha amortecedora e a arruela.
Aperte a porca do limitador do braço firmemente e instale uma
nova cupilha.
Ajuste a folga da corrente de transmissão (página 3-15) e
aperte a porca do eixo.
TORQUE: 49 N.m (5,0 kgf.m)
Ajuste a folga livre do pedal do freio (página 3-18).
ESPAÇADOR LATERAL
CONJUNTO DO
ESPELHO DO FREIO
AJUSTADOR DA CORRENTE/EIXO
PORCA/ARRUELA/
BORRACHA/PARAFUSO
PORCA
DO EIXO
NOTA
Não contamine o tambor do freio com graxa. Caso contrário,
a eficiência da frenagem será prejudicada.
Instale o conjunto do espelho do freio no cubo da roda.
NOVA
CORRENTE
CONTRAPORCAPORCA DE AJUSTE
ESPAÇADOR
MOLACUPILHA PORCA DE
AJUSTE
JUNÇÃO
21-39
SUPLEMENTOBIZ125 + (6)
FREIO TRASEIRO
INSPEÇÃO
Remova a roda traseira (página 21-34).
Meça o D.I. do tambor do freio traseiro.
Remova a porca, o parafuso e o braço do freio.
Remova a placa indicadora.
BRAÇO DO FREIO
RETENTOR DE FELTRO
Remova o came do freio e o retentor de feltro do espelho do
freio.
DESMONTAGEM
Remova as sapatas de freio e as molas.
NOTA
• Sempre substitua as sapatas de freio como um conjunto.
• Quando as sapatas de freio forem reutilizadas, marque
todas as peças antes da desmontagem de modo a
permitir a instalação em suas posições originais.
Limite de Uso 111,0 mm
MOLAS
SAPATAS DE FREIO
PORCA PLACA INDICADORA
PARAFUSO
CAME DO FREIO
21-40
SUPLEMENTO BIZ125 + (6)
Aplique graxa ao pino de ancoragem e ao came do freio.
Instale o came no espelho do freio.
Aplique óleo para motor no retentor de feltro e instale-o no
espelho do freio.
Instale a placa indicadora no came do freio, alinhando seu
dente mais largo com a ranhura larga no came do freio.
MONTAGEM
ÓLEO
GRAXA
GRAXA
CAME DO FREIOPINO DE ANCORAGEM
PLACA INDICADORA
Alinhe
RETENTOR DE FELTRO
GRAXA
GRAXA
PARAFUSO DO BRAÇO DO FREIO
RETENTOR DE FELTRO
CAME DO FREIO
MOLAS
SAPATAS DE FREIO
ESPELHO DO FREIO
PLACA INDICADORA
PORCA
10 N.m (1,0 kgf.m)
ÓLEO
21-41
SUPLEMENTOBIZ125 + (6)
Instale o braço do freio alinhando as marcas de punção do
braço e do came do freio.
Instale o parafuso do braço do freio e aperte a porca no torque
especificado.
TORQUE: 10 N.m (1,0 kgf.m)
NOTA
Se as sapatas de freio forem reutilizadas, as sapatas e as
molas deverão ser instaladas novamente em suas posições
originais.
Instale as sapatas e as molas do freio.
Instale o espelho do freio no cubo da roda (página 21-38).
Instale a roda traseira (página 21-38).
PORCA Alinhe
BRAÇO DO FREIOPARAFUSO
MOLAS
SAPATAS DE FREIO
21-42
SUPLEMENTO BIZ125 + (6)
LOCALIZAÇÃO DOS COMPONENTES – FREIO HIDRÁULICO
34 N.m (3,5 kgf.m)
12 N.m (1,2 kgf.m)
34 N.m (3,5 kgf.m)
30 N.m (3,1 kgf.m)
21-43
SUPLEMENTOBIZ125 + (6)
INFORMAÇÕES DE SERVIÇO – FREIO HIDRÁULICO
INSTRUÇÕESGERAIS
A inalação freqüente da poeira das pastilhas de freio, independente da composição do material, pode
ser prejudicial à saúde.
••••• Evite inalar partículas de poeira.
••••• Nunca use uma mangueira de ar comprimido ou escova para limpar os conjuntos de freio. Use um
aspirador de pó aprovado para essa finalidade.
••••• Discos ou pastilhas de freio contaminados reduzem a força de frenagem. Descarte as pastilhas
contaminadas e limpe o disco com desengraxante de freio de alta qualidade.
••••• Sempre verifique o funcionamento do freio antes de pilotar a motocicleta.
CUIDADO!
ATENÇÃO
••••• Evite derramar fluido de freio sobre peças plásticas, pintadas ou de borracha. Caso contrário, elas
serão severamente danificadas. Coloque um pano sobre essas peças sempre que efetuar serviços no
sistema hidráulico.
••••• Sempre tome cuidado durante a remoção da tampa do reservatório. Certifique-se primeiro de que o
reservatório esteja em posição horizontal.
• Não permita a entrada de contaminantes (sujeira, água, etc.) no sistema hidráulico durante o abastecimento do
reservatório.
• Quando abastecer o sistema, utilize somente fluido de freio DOT 3 ou DOT 4 novo retirado de uma embalagem
selada. Não misture tipos diferentes de fluido, eles não são compatíveis.
• Efetue a sangria de ar do sistema hidráulico caso ele tenha sido desmontado ou o freio pareça esponjoso.
• Verifique o sistema de freio acionando a alavanca do freio após efetuar a sangria de ar.
• Sempre substitua as pastilhas de freio em pares para assegurar uma pressão uniforme sobre o disco.
FERRAMENTAS
Alicate para anel elástico
07914-SA50001
21-44
SUPLEMENTO BIZ125 + (6)
DIAGNOSE DE DEFEITOS – FREIO HIDRÁULICO
Alavanca do freio muito macia ou esponjosa
• Ar no sistema hidráulico
• Vazamento no sistema hidráulico
• Pastilha/disco de freio contaminado
• Selo do pistão do cáliper desgastado
• Retentores do pistão do cilindro mestre desgastados
• Pastilha/disco de freio desgastado
• Cáliper contaminado
• Cilindro mestre contaminado
• O cáliper não desliza corretamente
• Nível de fluido de freio baixo
• Passagem de fluido obstruída
• Disco de freio empenado/deformado
• Pistão do cáliper engripado/desgastado
• Pistão do cilindro mestre engripado/desgastado
• Alavanca do freio empenada
Alavanca do freio muito dura
• Sistema hidráulico obstruído/restrito
• Pistão do cáliper engripado/desgastado
• O cáliper não desliza corretamente
• Selo do pistão do cáliper desgastado
• Pistão do cilindro mestre engripado/desgastado
• Alavanca do freio empenada
Arrasto do freio
• Pastilha/disco de freio contaminado
• Desalinhamento da roda
• Pastilha/disco de freio severamente desgastado
• Disco de freio empenado/deformado
• O cáliper não desliza corretamente
• Passagem de fluido obstruída/restrita
• Pistão do cáliper engripado
21-45
SUPLEMENTOBIZ125 + (6)
SUBSTITUIÇÃO DO FLUIDO DE
FREIO/SANGRIA DE AR
DRENAGEM DO FLUIDO DE FREIO
ATENÇÃO
••••• Evite derramar fluido de freio sobre peças plásticas,
pintadas ou de borracha. Coloque um pano sobre
essas peças sempre que efetuar serviços no sistema.
••••• Sempre tome cuidado durante a remoção da tampa
do reservatório. Certifique-se primeiro de que o
reservatório esteja em posição horizontal.
Antes de remover a tampa do reservatório, gire o guidão até
que o reservatório fique paralelo ao solo.
Remova os parafusos, a tampa do reservatório, a placa de
fixação do diafragma e o diafragma.
Conecte uma mangueira de sangria à válvula de sangria do
cáliper.
Desaperte a válvula de sangria do cáliper e bombeie a
alavanca do freio até que o fluido deixe de fluir pela válvula de
sangria.
ABASTECIMENTO DE FLUIDO DE FREIO/
SANGRIA DE AR
Remova a tampa dianteira do guidão (página 21-18).
Abasteça o reservatório do cilindro mestre com fluido de freio
DOT3 ou DOT 4 retirado de uma embalagem selada.
Conecte um sistema de reabastecimento automático ao
reservatório.
Caso não utilize um sistema de reabastecimento automático,
adicione fluido de freio sempre que o nível do fluido no
reservatório estiver baixo.
NOTA
• Verifique o nível de fluido durante a sangria dos freios
para evitar a penetração de ar no sistema hidráulico.
• Caso utilize um dispositivo de sangria de freios, siga as
instruções do fabricante do equipamento.
• Caso ocorra penetração de ar através da rosca da válvula
de sangria, vede a rosca com fita de teflon.
Conecte um dispositivo de sangria de freios disponível
comercialmente à válvula de sangria.
Bombeie o dispositivo de sangria e desaperte a válvula de
sangria.
Efetue o procedimento de sangria até que todo o fluido do
sistema tenha sido renovado/sangrado.
Feche a válvula de sangria e acione a alavanca do freio. Caso
ela esteja esponjosa, efetue novamente a sangria do sistema.
Após finalizar totalmente a sangria do sistema, aperte a
válvula de sangria no torque especificado.
TORQUE: 5,4 N.m (0,6 kgf.m)
PARAFUSOS
TAMPA DO RESERVATÓRIO
PLACA DE FIXAÇÃO
DIAFRAGMA
MANGUEIRA DE SANGRIA
VÁLVULA DE SANGRIA
DISPOSITIVO DE SANGRIA VÁLVULA DE SANGRIA
NOTA
Não misture tipos diferentes de fluido de freio, eles não são
compatíveis.
21-46
SUPLEMENTO BIZ125 + (6)
Caso não haja um dispositivo de sangria disponível, efetue o
seguinte procedimento.
Bombeie o sistema de freio através da alavanca do freio até
sentir resistência na alavanca.
Conecte uma mangueira de sangria na válvula de sangria e
efetue a sangria do sistema através do seguinte procedimento:
1. Mantenha a alavanca do freio completamente pressionada e
desaperte a válvula de sangria 1/2 volta. Aguarde alguns
segundos e, em seguida, feche-a.
2. Libere a alavanca do freio lentamente e aguarde alguns
segundos após ela atingir seu fim de curso.
3. Efetue novamente as etapas 1 e 2 até que não haja mais
bolhas de ar no fluido da mangueira de sangria.
Após finalizar a sangria do sistema, aperte a válvula de
sangria.
TORQUE: 5,4 N.m (0,6 kgf.m)
Instale o diafragma, sua placa de fixação e a tampa do
reservatório com os parafusos e aperte-os no torque
especificado.
TORQUE: 1,5 N.m (0,2 kgf.m)
NOTA
Não libere a alavanca do freio até fechar a válvula de
sangria.
Abasteça o reservatório com fluido de freio DOT 3 ou DOT 4
retirado de uma embalagem selada até atingir a marca de nível
máximo.
ALAVANCA DO FREIO
MANGUEIRA DE SANGRIA
VÁLVULA DE SANGRIA
NÍVEL MÁXIMO
PARAFUSOS
TAMPA DO RESERVATÓRIO
PLACA DE FIXAÇÃO
DIAFRAGMA
NOTA
Não misture tipos diferentes de fluido, eles não são
compatíveis.
21-47
SUPLEMENTOBIZ125 + (6)
PASTILHA/DISCO DE FREIO
SUBSTITUIÇÃO DAS PASTILHAS DE FREIO
Instale o pino das pastilhas, empurrando as pastilhas contra a
mola a fim de alinhar os orifícios dos pinos nas pastilhas e no
cáliper.
Aperte o pino da pastilha no torque especificado.
TORQUE: 17,2 N.m (1,8 kgf.m)
Remova o pino da pastilha e as pastilhas de freio.
Certifique-se de que a mola das pastilhas esteja instalada
corretamente.
Instale as pastilhas novas no cáliper de modo que as suas
extremidades fiquem corretamente alojadas dentro do retentor
das pastilhas no suporte.
Remova o bujão do pino da pastilha e solte o pino.
Pressione os pistões do cáliper totalmente para dentro,
empurrando o corpo do cáliper para dentro, a fim de permitir a
instalação das novas pastilhas de freio.
NOTA
Verifique o nível de fluido de freio no reservatório do cilindro,
pois esta operação faz o nível subir.
CORPO DO CÁLIPER
PINO DA PASTILHA
BUJÃO DO PINO DA PASTILHA
PINO DA PASTILHA
PASTILHAS DE FREIONOVA
21-48
SUPLEMENTO BIZ125 + (6)
Instale o bujão do pino da pastilha e aperte-o no torque
especificado.
TORQUE: 2,5 N.m (0,3 kgf.m)
Acione a alavanca do freio a fim de assentar os pistões do
cáliper contra as pastilhas.
BUJÃO DO PINO DA PASTILHA
INSPEÇÃO DO DISCO DE FREIO
Inspecione visualmente o disco de freio quanto a danos ou
trincas.
Meça a espessura do disco de freio em diversos pontos.
Caso o empenamento exceda o limite de uso, verifique os
rolamentos da roda quanto à folga excessiva.
Substitua o disco de freio caso os rolamentos da roda estejam
normais.
Substitua o disco de freio caso a menor medida seja inferior
ao limite de uso.
Limite de Uso 3,5 mm
Verifique o disco de freio quanto a empenamento.
Limite de Uso 0,10 mm
CILINDRO MESTRE
REMOÇÃO
Drene o fluido de freio do sistema hidráulico (página 21-45).
ATENÇÃO
••••• Evite derramar fluido de freio sobre peças plásticas,
pintadas ou de borracha. Coloque um pano sobre
essas peças sempre que efetuar serviços no sistema.
••••• Sempre tome cuidado durante a remoção da tampa
do reservatório. Certifique-se primeiro de que o
reservatório esteja em posição horizontal.
Remova a tampa do guidão (página 21-18).
Desconecte a mangueira do freio, removendo o parafuso de
conexão da mangueira e as arruelas de vedação.
Remova o suporte do cilindro mestre e o cilindro mestre
(página 21-24).
MANGUEIRA DO FREIO CILINDRO MESTRE
PARAFUSO DE CONEXÃO ARRUELAS DE VEDAÇÃO
21-49
SUPLEMENTOBIZ125 + (6)
Remova o protetor de borracha do pistão do cilindro mestre.
Remova o anel elástico utilizando a ferramenta especial.
FERRAMENTA:
Alicate para anel elástico 07914-SA50001
PARAFUSO
PROTETOR DE BORRACHA
PISTÃO DO CILINDRO MESTRE
ANEL ELÁSTICO
DESMONTAGEM
Remova o parafuso e o interruptor da luz de freio.
INTERRUPTOR DA LUZ DE FREIO
Remova a porca de articulação da alavanca do freio, o
parafuso e a alavanca do freio.
ALAVANCA DO FREIO
PORCA
ALICATE PARA ANEL ELÁSTICO
PARAFUSO
21-50
SUPLEMENTO BIZ125 + (6)
Remova o pistão do cilindro mestre e a mola.
Limpe o cilindro mestre, o reservatório e o pistão do cilindro
mestre com fluido de freio limpo.
PISTÃO DO CILINDRO MESTRE
MOLA
INSPEÇÃO
Verifique o pistão do cilindro mestre quanto a riscos, arranhões
ou danos.
Verifique os retentores do pistão quanto a desgaste,
deterioração ou danos.
Verifique o cilindro mestre quanto a riscos, arranhões ou
danos.
Meça o D.I. do cilindro mestre.
Meça o D.E. do pistão do cilindro mestre.
Limite de Uso 12,755 mm
Limite de Uso 12,645 mm
PISTÃO DO CILINDRO MESTRE
CILINDRO MESTRE
RETENTORES
DO PISTÃO
21-51
SUPLEMENTOBIZ125 + (6)
FREIO
FREIO
MONTAGEM
ANEL ELÁSTICO
PISTÃO DO
CILINDRO MESTRE
Cubra o pistão do cilindro mestre e os retentores do pistão
com fluido de freio DOT 3 ou DOT 4.
Instale a mola na extremidade do pistão com seu lado cônico
voltado para o pistão.
Utilizando a ferramenta especial, instale o anel elástico na
ranhura do cilindro mestre.
FERRAMENTA:
Alicate para anel elástico 07914-SA50001
PISTÃO DO CILINDRO MESTREMOLA
RETENTORES DO PISTÃO
ANEL ELÁSTICO
MOLA
FREIO
RETENTORES DO PISTÃO
CILINDRO MESTRE
1,5 N.m (0,2 kgf.m)
TAMPA DO
RESERVATÓRIO
PLACA DE FIXAÇÃO
DIAFRAGMA
INTERRUPTOR DA LUZ DE FREIO
1,2 N.m (0,1 kgf.m)
PORCA DE ARTICULAÇÃO
5,9 N.m (0,6 kgf.m) ALAVANCA DO FREIO
PARAFUSO DE
ARTICULAÇÃO
1,0 N.m (0,1 kgf.m)
PROTETOR DE
BORRACHA
NOVO
FREIO
Instale a mola e o pistão do cilindro mestre no cilindro mestre.
NOTA
Substitua o pistão, os retentores, a mola, o anel elástico e o
protetor de borracha como um conjunto. Não substitua
peças individuais.
NOTA
Ao instalar os retentores do pistão, não deixe que seus
lábios virem ao contrário.
NOTA
Certifique-se de que o anel elástico esteja firmemente
assentado na ranhura.
ALICATE PARA ANEL ELÁSTICO
21-52
SUPLEMENTO BIZ125 + (6)
Aplique graxa à base de silicone no interior do novo protetor de
borracha.
Instale o protetor de borracha no pistão do cilindro mestre.
Aplique graxa à base de silicone na área de contato da
alavanca do freio com o pistão do cilindro mestre.
Instale o interruptor da luz de freio no cilindro mestre,
alinhando o ressalto no interruptor com o orifício no cilindro
mestre.
Instale o parafuso do interruptor da luz de freio e aperte-o.
TORQUE: 1,2 N.m (0,1 kgf.m)
PROTETOR DE BORRACHA
PISTÃO DO CILINDRO MESTRE
Alinhe
INTERRUPTOR DA LUZ DE FREIO
PARAFUSO
Aplique graxa à base de silicone na superfície de rotação do
parafuso de articulação da alavanca do freio.
Instale a alavanca do freio no cilindro mestre.
Instale o parafuso de articulação e aperte-o.
TORQUE: 1 N.m (0,1 kgf.m)
Instale a porca de articulação e aperte-a.
TORQUE: 5,9 N.m (0,6 kgf.m)
PARAFUSOALAVANCA DO FREIO
PORCA
INTERRUPTOR DA LUZ DE FREIO
21-53
SUPLEMENTOBIZ125 + (6)
INSTALAÇÃO
Instale o cilindro mestre e seu suporte (página 21-27).
Conecte a mangueira do freio ao cilindro mestre com o
parafuso de conexão e as novas arruelas de vedação.
Instale a conexão da mangueira do freio com o parafuso de
conexão e as arruelas de vedação.
Empurre a conexão contra o batente e, em seguida, aperte o
parafuso de conexão no torque especificado.
TORQUE: 34 N.m (3,5 kgf.m)
Abasteça o cilindro mestre com o fluido de freio recomendado
e efetue a sangria de ar do sistema hidráulico (página 21-45).
Instale a tampa do guidão (página 21-18).
CILINDRO MESTRE
PARAFUSO DE CONEXÃO
MANGUEIRA DO FREIO
NOVA
ARRUELAS DE VEDAÇÃO
CÁLIPER DO FREIO
REMOÇÃO
Drene o fluido de freio do sistema hidráulico (página 21-45).
ATENÇÃO
••••• Evite derramar fluido de freio sobre peças plásticas,
pintadas ou de borracha. Coloque um pano sobre
essas peças sempre que efetuar serviços no sistema.
••••• Sempre tome cuidado durante a remoção da tampa
do reservatório. Certifique-se primeiro de que o
reservatório esteja em posição horizontal.
Remova as pastilhas de freio (página 21-47).
Desconecte a mangueira de freio do cáliper, removendo o
parafuso de conexão e as arruelas de vedação.
Remova os dois parafusos de fixação e o cáliper do freio.
DESMONTAGEM
MANGUEIRA DO FREIOPARAFUSOS DE FIXAÇÃO
PARAFUSO
DE CONEXÃO
ARRUELAS
DE VEDAÇÃO
CÁLIPER DO FREIO
Posicione o corpo do cáliper com os pistões voltados para
baixo e aplique jatos curtos de ar comprimido nas entradas de
fluido do cáliper para remover os pistões.
NOTA
Não remova os pinos deslizantes principal e secundário do
cáliper do freio exceto para substituí-los.
Remova o suporte do cáliper do corpo do cáliper.
Remova o protetor de borracha do pino do cáliper e o retentor
da pastilha do suporte do cáliper.
Remova a mola da pastilha e o protetor de borracha do pino do
suporte do corpo do cáliper.
Coloque um pano limpo sobre os pistões.
PROTETOR DO PINO DO CÁLIPER
PROTETOR DO
PINO DO SUPORTE
RETENTOR
SUPORTE
DO CÁLIPER
MOLA DA
PASTILHA
NOTA
Não utilize ar sob alta pressão nem coloque o bico de ar
comprimido muito próximo da entrada de fluido.
21-54
SUPLEMENTO BIZ125 + (6)
INSPEÇÃO
Verifique o cilindro do cáliper quanto a riscos, arranhões ou
danos.
Meça o D.I. do cilindro do cáliper.
Verifique o pistão do cáliper quanto a riscos, arranhões ou
danos.
Meça o D.E. do pistão do cáliper.
Empurre os retentores de pó e os selos do pistão para dentro
e remova-os.
Limpe as ranhuras do selo e do retentor de pó, cilindros do
cáliper e pistões com fluido de freio limpo.
ATENÇÃO
Tome cuidado para não danificar a superfície deslizante
do pistão.
Limite de Uso 27,060 mm
Limite de Uso 26,91 mm
SELOS DO PISTÃO
RETENTORES DE PÓ
21-55
SUPLEMENTOBIZ125 + (6)
NOVO
MONTAGEM
Cubra os novos selos de pistão com fluido de freio limpo.
Cubra os novos retentores de pó com graxa à base de
silicone.
Instale o selo do pistão e o retentor de pó nas ranhuras do
cilindro do cáliper.
Cubra os pistões do cáliper com fluido de freio limpo e instale-
os nos cilindros do cáliper com a abertura voltada para a
pastilha.
Instale a mola da pastilha no corpo do cáliper.
Aplique graxa à base de silicone no interior dos novos
protetores de borracha dos pinos e instale-os no corpo e no
suporte do cáliper.
Aplique graxa à base de silicone no cáliper e pinos do suporte.
Instale o suporte do cáliper no corpo do cáliper.
MOLA DA
PASTILHA
PROTETOR DE BORRACHA
DO PINO DO CÁLIPER
RETENTORES DE PÓ
SELOS DO PISTÃO PISTÕES DO CÁLIPER
NOVO
NOVO
NOVO
BUJÃO DO PINO
DA PASTILHA
2,5 N.m (0,3 kgf.m)
PROTETOR DE BORRACHA
DO PINO DO SUPORTE
SUPORTE DO CÁLIPER
CORPO DO CÁLIPER
PASTILHAS DE FREIO
PISTÃO DO CÁLIPER
RETENTOR DE PÓ
SELO DO PISTÃO
MOLA DA PASTILHA
NOVO
PROTETOR DE BORRACHA
DO PINO DO CÁLIPER
PINO DA PASTILHA
17,2 N.m (1,8 kgf.m)
RETENTOR
PROTETOR DE BORRACHA
DO PINO DO SUPORTE
RETENTOR
SUPORTE
DO CÁLIPER
NOVO
NOVO
FREIO
FREIO
FREIO
FREIO
NOVO
21-56
SUPLEMENTO BIZ125 + (6)
NOVO
NOVA
INSTALAÇÃO
Instale o cáliper do freio no garfo esquerdo.
Instale os novos parafusos de fixação e aperte-os no torque
especificado.
TORQUE: 30 N.m (3,1 kgf.m)
Instale a conexão da mangueira do freio no corpo do cáliper
com o parafuso de conexão e as novas arruelas de vedação.
Empurre a conexão da mangueira contra o corpo do cáliper e
aperte o parafuso de conexão no torque especificado.
TORQUE: 34 N.m (3,5 kgf.m)
Instale as pastilhas de freio (página 21-47).
Abasteça o reservatório com o fluido de freio especificado e
efetue a sangria do sistema hidráulico (página 21-45).
MANGUEIRA DO FREIO
PARAFUSOS
DE FIXAÇÃO
PARAFUSO
DE CONEXÃO
ARRUELAS
DE VEDAÇÃO
CÁLIPER
DO FREIO
21-57
SUPLEMENTOBIZ125 + (6)
LOCALIZAÇÃO DOS COMPONENTES – LUZES/INSTRUMENTOS/
INTERRUPTORES
BUZINA
LÂMPADA DA SINALEIRA
DIANTEIRA DIREITA
INTERRUPTOR DE IGNIÇÃO
CONECTOR DO
INTERRUPTOR
DE PARTIDA
LÂMPADA DO FAROL
RELÉ DA SINALEIRA
CONECTORES DO
INTERRUPTOR
ESQUERDO DO GUIDÃO
LÂMPADA DA SINALEIRA
TRASEIRA DIREITA
LÂMPADA DA LUZ DE
FREIO/LANTERNA
TRASEIRA
SENSOR DE NÍVEL
DE COMBUSTÍVEL
INTERRUPTOR DA LUZ
DO FREIO TRASEIRO
INTERRUPTOR DE
PONTO MORTO
CONECTOR DO
VELOCÍMETRO
INTERRUPTOR DA LUZ
DO FREIO DIANTEIRO
CAIXA DE FUSÍVEIS
(10 A, 5 A)
LÂMPADA DA SINALEIRA
DIANTEIRA ESQUERDA
SENSOR VS
LÂMPADA DA SINALEIRA
TRASEIRA ESQUERDA
INFORMAÇÕES DE SERVIÇO – LUZES/INSTRUMENTOS/
INTERRUPTORES
FERRAMENTAS
Adaptador de inspeção
07GMJ-ML80100
21-58
SUPLEMENTO BIZ125 + (6)
DIAGNOSE DE DEFEITOS – LUZES/INSTRUMENTOS/INTERRUPTORES
SENSORVS/VELOCÍMETRO
O hodômetro funciona normalmente, mas o velocímetro não funciona.
Velocímetro defeituoso
O velocímetro funciona normalmente, mas o hodômetro não funciona.
Hodômetro defeituoso
O funcionamento do velocímetro não está normal.
• Verifique o funcionamento dos indicadores e das luzes de iluminação do velocímetro antes de iniciar a diagnose
de defeitos.
Inspecione a linha de entrada de alimentação e/ou linha do terra do velocímetro, se o funcionamento dos indicadores
e das luzes de iluminação do velocímetro não estiver normal.
1. Inspeção do fusível
Verifique o fusível principal (15 A) ou secundário (10 A) quanto à queima.
O fusível está queimado?
SIM – Substitua o fusível.
NÃO – Vá para a etapa 2.
2. Inspeção da bateria
Certifique-se de que a bateria esteja totalmente carregada e em boas condições.
A bateria está em boas condições?
NÃO – Substitua a bateria.
SIM – Vá para a etapa 3.
3. Inspeção da voltagem de entrada de alimentação do sensor VS (Lado do sensorVS)
Verifique se o conector 3P do sensor VS está solto ou com contato inadequado.
Conecte o adaptador de inspeção (ferramenta nº 07GMJ-ML80100) ao conector 3P do sensor VS.
Com o interruptor de ignição ligado, meça a voltagem no adaptador de inspeção.
CONEXÃO: GarraVerde (+) – Garra Branca (–)
PADRÃO: Aprox. 5 V
É indicado aprox. 5 V?
NÃO – Vá para a etapa 5.
SIM – Vá para a etapa 4.
4. Inspeção do sinal do sensor VS
Apóie a motocicleta no cavalete central para levantar a roda traseira do solo.
Meça a voltagem de saída (sinal do sensor) no adaptador de inspeção com o interruptor de ignição ligado,
enquanto gira lentamente a roda traseira com a mão.
CONEXÃO: GarraVermelha (+) – Garra Branca (–)
PADRÃO: Pulsos de voltagem de 0 a 5 V
A voltagem está conforme especificado?
NÃO – • Sensor VS defeituoso
• Parafuso de fixação do sensor VS solto
SIM – Vá para a etapa 5.
21-59
SUPLEMENTOBIZ125 + (6)
5. Inspeção da linha do terra do sensorVS
Desconecte o conector 16P (preto) do velocímetro.
Desconecte o conector 3P do sensor VS do adaptador de inspeção.
Com o interruptor de ignição desligado, verifique a continuidade da linhaVerde entre os terminais do sensor VS e
do velocímetro.
Há continuidade?
NÃO – • Terminais relacionados soltos ou com contato inadequado
• Circuito aberto na linha Verde entre o velocímetro e o sensor VS
SIM – Vá para a etapa 6.
6. Inspeção da linha de entrada de alimentação do sensorVS
Verifique a continuidade da linha Branca/verde entre os terminais do sensor VS e do velocímetro.
Há continuidade?
NÃO – • Terminais relacionados soltos ou com contato inadequado
• Circuito aberto na linha Branca/verde entre o velocímetro e o sensor VS
SIM – Vá para a etapa 7.
7. Inspeção da linha do sinal do sensor VS
Verifique a continuidade da linha Rosa entre os terminais do sensor VS e do velocímetro.
Há continuidade?
NÃO – • Terminais relacionados soltos ou com contato inadequado
• Circuito aberto na linha Rosa entre o velocímetro e o sensor VS
SIM – Velocímetro defeituoso
21-60
SUPLEMENTO BIZ125 + (6)
VELOCÍMETRO
REMOÇÃO
Remova a tampa traseira do guidão (página 21-18).
Solte os conectores do interruptor do guidão.
Remova os parafusos e o conjunto do velocímetro da tampa
traseira do guidão.
PARAFUSOS
CONECTORES
SOQUETES
DAS LÂMPADAS
RELÉ DA
SINALEIRA
PRESILHAS
CONECTOR 3P
(PRETO)
CARCAÇA SUPERIOR LINGÜETAS
CARCAÇA INFERIOR
PARAFUSOS TORX
Deslize a capa de borracha para fora e solte o conector 16P
(preto) da carcaça inferior.
Solte o conector 3P (preto) e remova o relé da sinaleira da
carcaça inferior.
Remova os soquetes das lâmpadas da carcaça inferior.
Remova a fiação secundária das presilhas da fiação na
carcaça inferior.
DESMONTAGEM
Desencaixe as quatro lingüetas retentoras e remova a carcaça
superior da carcaça inferior.
Remova os parafusos Torx e o painel de instrumentos da
carcaça inferior.
CAPA DE BORRACHA
CONECTOR
16P (PRETO)
21-61
SUPLEMENTOBIZ125 + (6)
MONTAGEM
Efetue a montagem do velocímetro na ordem inversa da
desmontagem.
INSTALAÇÃO
Encaixe a fiação secundária do velocímetro nas presilhas da
carcaça inferior.
Instale os soquetes das lâmpadas na carcaça inferior.
Conecte o conector 3P (preto) ao relé da sinaleira e instale-o
na carcaça inferior.
Conecte o conector 16P (preto) à carcaça inferior e instale a
capa de borracha.
Instale o conjunto do velocímetro na tampa traseira do guidão
e aperte firmemente os parafusos.
Conecte os conectores dos interruptores do guidão.
Instale a tampa traseira do guidão (página 21-18).
PARAFUSOS
CONECTORES
CARCAÇA SUPERIOR
CARCAÇA INFERIOR
PAINEL DE INSTRUMENTOS
FIAÇÃO SECUNDÁRIA
PARAFUSOS TORX
SOQUETES
DAS LÂMPADAS
RELÉ DA SINALEIRA
PRESILHAS
CONECTOR 3P
(PRETO) CAPA DE BORRACHA
CONECTOR
16P (PRETO)
21-62
SUPLEMENTO BIZ125 + (6)
INSPEÇÃO DAS LINHAS DE ALIMENTAÇÃO E
DO TERRA
Remova a tampa dianteira do guidão (página 21-18).
Verifique os seguintes itens nos terminais do conector do lado
da fiação do velocímetro.
Linha de entrada de alimentação
Meça a voltagem entre o terminal do fio Preto (+) e o terra do
chassi (–).
Deve haver voltagem da bateria com o interruptor de ignição
ligado (ON).
Caso não haja voltagem, verifique o fusível secundário (10 A),
o fusível principal (15 A) e o fio Preto quanto à conexão solta
ou circuito aberto.
Linha de voltagem de emergência
Meça a voltagem entre o terminal do fio Vermelho (+) e o terra
do chassi (–).
Deve haver voltagem da bateria todo o tempo.
Caso não haja voltagem, verifique o fusível principal (15 A) e o
fio Vermelho quanto à conexão solta ou circuito aberto.
Linha do terra
Verifique a continuidade entre o terminal do fio Verde e o terra
do chassi.
Deve haver continuidade todo o tempo.
Caso não haja continuidade, verifique o fio Verde quanto a
circuito aberto.
VELOCÍMETRO/SENSOR VS
INSPEÇÃO DO SISTEMA
Remova a tampa dianteira do guidão (página 21-18).
Certifique-se de que velocímetro, hodômetro, indicadores e
luzes de iluminação do velocímetro estejam funcionando
corretamente.
• Caso não estejam funcionando, efetue a inspeção das linhas
de alimentação e do terra do velocímetro (página 21-62).
• Se estiverem funcionando, coloque a transmissão em ponto
morto e ligue o interruptor de ignição (ON).
Meça a voltagem entre os terminais dos fios Rosa (+) eVerde
(–) do conector pelo lado da fiação.
Gire lentamente a roda traseira com a mão.
Devem existir pulsos de voltagem de 0 a 5 V.
– Se forem indicados pulsos de voltagem, substitua a placa
de circuito impresso do velocímetro (página 21-60).
– Se não forem indicados pulsos de voltagem, verifique o fio
Rosa quanto a circuito aberto ou em curto.
Se o fio Rosa estiver normal, verifique o sensor VS (página
21-63).
Vista pelo lado da fiação:
CONECTOR 16P (PRETO)
PROTETOR DE BORRACHA
Vista pelo lado da fiação:
CONECTOR 16P (PRETO)
PROTETOR DE BORRACHA
21-63
SUPLEMENTOBIZ125 + (6)
INSPEÇÃO DO SENSORVS
Remova o protetor de pernas (página 2-3).
Solte o conector 3P do sensor VS e verifique se o conector
está solto ou com contato inadequado.
Verifique também se os conectores 9P (preto) e 6P (branco)
da fiação secundária do motor estão soltos ou com contato
inadequado (página 21-15).
Conecte o adaptador de inspeção ao conector 3P do sensor
VS.
FERRAMENTA:
Adaptador de inspeção 07GMJ-ML80100
Ligue o interruptor de ignição (ON) e meça a voltagem entre a
garra Verde (+) e a garra Branca (–) do adaptador de inspeção.
CONEXÃO: GarraVerde (+) – Garra Branca (–)
PADRÃO: Aprox. 5 V
Caso não haja voltagem, verifique os fios Branco/verde e
Verde quanto a circuito aberto e verifique se os conectores da
fiação estão soltos.
ADAPTADOR
DE INSPEÇÃO
GARRA BRANCA (–)
(FIO VERDE)
GARRA VERDE (+)
(FIO BRANCO/VERDE)
ADAPTADOR
DE INSPEÇÃO
GARRA BRANCA (–)
(FIO VERDE)
GARRA VERMELHA (+)
(FIO ROSA)
Apóie a motocicleta no cavalete central.
Coloque a transmissão em ponto morto e ligue o interruptor de
ignição (ON).
Meça a voltagem entre a garra Vermelha (+) e a garra Branca
(–) do adaptador de inspeção.
Gire lentamente a roda traseira com a mão.
Devem existir pulsos de voltagem de 0 a 5 V.
CONEXÃO: GarraVermelha (+) – Garra Branca (–)
PADRÃO: Pulsos de voltagem de 0 a 5 V
Caso não existam pulsos de voltagem, substitua o sensor VS
(página 21-64).
21-64
SUPLEMENTO BIZ125 + (6)
REMOÇÃO/INSTALAÇÃO
Remova o protetor de pernas (página 2-3).
Solte o conector 3P do sensor VS.
Instale e aperte firmemente o parafuso.
Certifique-se de que o anel de vedação esteja em boas
condições.Se necessário, substitua-o.
Verifique o sensor VS quanto a danos.
Instale o sensor VS na carcaça esquerda do motor.
Remova o parafuso e o sensor VS.
CONECTOR 3P
PARAFUSO
SENSOR VS
ANEL DE VEDAÇÃO
SENSOR VS
PARAFUSO
SENSOR VS
21-65
SUPLEMENTOBIZ125 + (6)
INTERRUPTOR DA LUZ DO FREIO
DIANTEIRO
Remova a tampa dianteira do guidão (página 21-18).
Solte os conectores da fiação do interruptor da luz do freio
dianteiro e verifique quanto à continuidade entre os
conectores.
Deve haver continuidade com a alavanca do freio acionada e
não deve haver continuidade com a alavanca do freio liberada.
INTERRUPTOR DA LUZ DE FREIO
MEDIDOR/SENSOR DE NÍVEL DE
COMBUSTÍVEL
INSPEÇÃO DO MEDIDOR DE COMBUSTÍVEL
Remova o sensor de nível de combustível (página 17-13).
Ligue o conector 3P (branco) do sensor de nível de
combustível.
Ligue o interruptor de ignição (posição “ON”) e mova a bóia da
posição de tanque vazio para a posição de tanque cheio a fim
de verificar a indicação do medidor de combustível.
Se o medidor de combustível não indicar corretamente,
verifique quanto a circuito aberto ou em curto na fiação.
Se a fiação estiver normal, inspecione o sensor de nível de
combustível (página 17-14).
Se o sensor de nível de combustível estiver normal, substitua
o painel de instrumentos (página 21-60).
SENSOR DE NÍVEL DE COMBUSTÍVEL
BÓIA
VAZIO CHEIO
Passe corretamente a fiação do sensor.
Conecte o conector 3P do sensor VS.
Instale o protetor de pernas (página 2-3).
CONECTOR 3P
DIAGRAMA ELÉTRICO
0030Z-KSS-9500
21-66
Bl Preto Br Marrom
Y Amarelo O Laranja
Bu Azul Lb Azul claro
G Verde Lg Verde claro
R Vermelho P Rosa
W Branco Gr Cinza
(HL) Lo Hi
LO
(N)
Hi
COMUTADOR DO FAROL
R WR L
R
N
L
INTERRUPTOR DA SINALEIRA
INTERRUPTOR DA BUZINA
Ho BAT
Livre
Pressionado
INTERRUPTOR DE PARTIDA
ST E
Livre
Pressionado
Cor do fio Y/R Lg/R
INTERRUPTOR DE IGNIÇÃO
BAT1 BAT2
Ligado
Desligado
Travado
BIZ125 + (6)SUPLEMENTO
SENSOR DE
VELOCIDADE
INTERRUPTOR
DE PARTIDA
INTERRUPTOR
DA LUZ DO
FREIO
DIANTEIRO
INTERRUPTOR
DE IGNIÇÃO BUZINA,FREIO
SINALEIRA
FUSÍVEL
SECUNDÁRIO
MOTOR
BATERIA
12 V 5 Ah
MOTOR DE
PARTIDA
FUSÍVEL
PRINCIPAL
(15 A)
RELÉ DE PARTIDA
MÓDULO DE
CONTROLE DE
IGNIÇÃO
REGULADOR/
RETIFICADOR
INTERRUPTOR
DA LUZ DO
FREIO
TRASEIRO
SENSOR DE NÍVEL
DE COMBUSTÍVEL
LÂMPADA DA SINALEIRA
TRASEIRA DIREITA
12 V 10 W
LÂMPADA DA LUZ DO FREIO/
LANTERNA TRASEIRA
12 V 21/5 W
LÂMPADA DA SINALEIRA
TRASEIRA ESQUERDA
12 V 10 W
INTERRUPTOR DE
PONTO MORTO
ALTERNADOR
TERRA DO CHASSIBOBINA DE IGNIÇÃO
BUZINA
COMUTADOR
DO FAROL
INTERRUP-
TOR DA
BUZINA
INTERRUPTOR
DA SINALEIRA
LÂMPADA DA SINALEIRA
DIANTEIRA ESQUERDA
12 V 10 W
LÂMPADA DO FAROL
12 V 32/32 W
LÂMPADA DO INDICADOR
DO FAROL ALTO
12 V 3 W
LÂMPADA DO INDICADOR
DASINALEIRAESQUERDA
12 V 3 W
LÂMPADA DO INDICADOR
DASINALEIRADIREITA
12 V 3 W
LÂMPADA DO INDICADOR
DO PONTO MORTO
12 3 W
RELÉ DA SINALEIRA
10 W x 2 + 1,7 ~ 3,4 W
LÂMPADA DA SINALEIRA
DIANTEIRA DIREITA
12 V 10 W
VELOCÍMETRO
HODÔMETRO
COMBUSTÍVEL
3P
MINI
(Bl)
3P
MINI
(W)
00X6B-KSS-002 Moto Honda da Amazônia Ltda.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Manual de serviço xlx250 r (1986) mskb7861p-s supl xlx250r
Manual de serviço xlx250 r (1986)   mskb7861p-s supl xlx250rManual de serviço xlx250 r (1986)   mskb7861p-s supl xlx250r
Manual de serviço xlx250 r (1986) mskb7861p-s supl xlx250rThiago Huari
 
Manaul de serviço ms cbx250 (2006) 00 x6b-kpf-003 01. informações
Manaul de serviço ms cbx250 (2006)   00 x6b-kpf-003 01. informaçõesManaul de serviço ms cbx250 (2006)   00 x6b-kpf-003 01. informações
Manaul de serviço ms cbx250 (2006) 00 x6b-kpf-003 01. informaçõesThiago Huari
 
Manual de serviço nx200 xr embreage
Manual de serviço nx200 xr embreageManual de serviço nx200 xr embreage
Manual de serviço nx200 xr embreageThiago Huari
 
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo suplemento 00 x6b-kga-603
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo suplemento   00 x6b-kga-603Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo suplemento   00 x6b-kga-603
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo suplemento 00 x6b-kga-603Thiago Huari
 
Manual de serviço cbx750 f embreage
Manual de serviço cbx750 f embreageManual de serviço cbx750 f embreage
Manual de serviço cbx750 f embreageThiago Huari
 
Manual de serviço cb600 f hornet alimentacao
Manual de serviço cb600 f hornet alimentacaoManual de serviço cb600 f hornet alimentacao
Manual de serviço cb600 f hornet alimentacaoThiago Huari
 
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) cabecote
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) cabecoteManaul de serviço ms cbx250 (2001) cabecote
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) cabecoteThiago Huari
 
Manual de serviço nx200 xr lubrifa
Manual de serviço nx200 xr lubrifaManual de serviço nx200 xr lubrifa
Manual de serviço nx200 xr lubrifaThiago Huari
 
Manaul de serviço ms cbx250 (2006) 00 x6b-kpf-003 09. embreagem
Manaul de serviço ms cbx250 (2006)   00 x6b-kpf-003 09. embreagemManaul de serviço ms cbx250 (2006)   00 x6b-kpf-003 09. embreagem
Manaul de serviço ms cbx250 (2006) 00 x6b-kpf-003 09. embreagemThiago Huari
 
Manual de serviço xlx250 r ignicao
Manual de serviço xlx250 r ignicaoManual de serviço xlx250 r ignicao
Manual de serviço xlx250 r ignicaoThiago Huari
 
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo cilindro
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo cilindroManual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo cilindro
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo cilindroThiago Huari
 
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) cabecote
Manual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) cabecoteManual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) cabecote
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) cabecoteThiago Huari
 
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p suplemen2
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p suplemen2Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p suplemen2
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p suplemen2Thiago Huari
 
Manual de serviço cbx750 f suplem1
Manual de serviço cbx750 f suplem1Manual de serviço cbx750 f suplem1
Manual de serviço cbx750 f suplem1Thiago Huari
 
Manual de serviço xlx350 r alimenta
Manual de serviço xlx350 r alimentaManual de serviço xlx350 r alimenta
Manual de serviço xlx350 r alimentaThiago Huari
 
Manual de serviço cbx750 f (1990) informac
Manual de serviço cbx750 f (1990) informacManual de serviço cbx750 f (1990) informac
Manual de serviço cbx750 f (1990) informacThiago Huari
 
Manual serviço biz125 ks es 00 x6b-kss-001 cabecote
Manual serviço biz125 ks es   00 x6b-kss-001 cabecoteManual serviço biz125 ks es   00 x6b-kss-001 cabecote
Manual serviço biz125 ks es 00 x6b-kss-001 cabecoteThiago Huari
 
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 embr...
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 embr...Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 embr...
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 embr...Thiago Huari
 
Manual de serviço ms cg150 titan ks es esd cg150 job (2006) suplemento 00 x...
Manual de serviço ms cg150 titan ks es esd cg150 job (2006) suplemento   00 x...Manual de serviço ms cg150 titan ks es esd cg150 job (2006) suplemento   00 x...
Manual de serviço ms cg150 titan ks es esd cg150 job (2006) suplemento 00 x...Thiago Huari
 

Mais procurados (20)

Manual de serviço xlx250 r (1986) mskb7861p-s supl xlx250r
Manual de serviço xlx250 r (1986)   mskb7861p-s supl xlx250rManual de serviço xlx250 r (1986)   mskb7861p-s supl xlx250r
Manual de serviço xlx250 r (1986) mskb7861p-s supl xlx250r
 
Manaul de serviço ms cbx250 (2006) 00 x6b-kpf-003 01. informações
Manaul de serviço ms cbx250 (2006)   00 x6b-kpf-003 01. informaçõesManaul de serviço ms cbx250 (2006)   00 x6b-kpf-003 01. informações
Manaul de serviço ms cbx250 (2006) 00 x6b-kpf-003 01. informações
 
Manual de serviço nx200 xr embreage
Manual de serviço nx200 xr embreageManual de serviço nx200 xr embreage
Manual de serviço nx200 xr embreage
 
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo suplemento 00 x6b-kga-603
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo suplemento   00 x6b-kga-603Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo suplemento   00 x6b-kga-603
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo suplemento 00 x6b-kga-603
 
Manual de serviço cbx750 f embreage
Manual de serviço cbx750 f embreageManual de serviço cbx750 f embreage
Manual de serviço cbx750 f embreage
 
08 cabeçote - válvulas
08   cabeçote - válvulas08   cabeçote - válvulas
08 cabeçote - válvulas
 
Manual de serviço cb600 f hornet alimentacao
Manual de serviço cb600 f hornet alimentacaoManual de serviço cb600 f hornet alimentacao
Manual de serviço cb600 f hornet alimentacao
 
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) cabecote
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) cabecoteManaul de serviço ms cbx250 (2001) cabecote
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) cabecote
 
Manual de serviço nx200 xr lubrifa
Manual de serviço nx200 xr lubrifaManual de serviço nx200 xr lubrifa
Manual de serviço nx200 xr lubrifa
 
Manaul de serviço ms cbx250 (2006) 00 x6b-kpf-003 09. embreagem
Manaul de serviço ms cbx250 (2006)   00 x6b-kpf-003 09. embreagemManaul de serviço ms cbx250 (2006)   00 x6b-kpf-003 09. embreagem
Manaul de serviço ms cbx250 (2006) 00 x6b-kpf-003 09. embreagem
 
Manual de serviço xlx250 r ignicao
Manual de serviço xlx250 r ignicaoManual de serviço xlx250 r ignicao
Manual de serviço xlx250 r ignicao
 
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo cilindro
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo cilindroManual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo cilindro
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo cilindro
 
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) cabecote
Manual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) cabecoteManual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) cabecote
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) cabecote
 
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p suplemen2
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p suplemen2Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p suplemen2
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p suplemen2
 
Manual de serviço cbx750 f suplem1
Manual de serviço cbx750 f suplem1Manual de serviço cbx750 f suplem1
Manual de serviço cbx750 f suplem1
 
Manual de serviço xlx350 r alimenta
Manual de serviço xlx350 r alimentaManual de serviço xlx350 r alimenta
Manual de serviço xlx350 r alimenta
 
Manual de serviço cbx750 f (1990) informac
Manual de serviço cbx750 f (1990) informacManual de serviço cbx750 f (1990) informac
Manual de serviço cbx750 f (1990) informac
 
Manual serviço biz125 ks es 00 x6b-kss-001 cabecote
Manual serviço biz125 ks es   00 x6b-kss-001 cabecoteManual serviço biz125 ks es   00 x6b-kss-001 cabecote
Manual serviço biz125 ks es 00 x6b-kss-001 cabecote
 
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 embr...
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 embr...Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 embr...
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 embr...
 
Manual de serviço ms cg150 titan ks es esd cg150 job (2006) suplemento 00 x...
Manual de serviço ms cg150 titan ks es esd cg150 job (2006) suplemento   00 x...Manual de serviço ms cg150 titan ks es esd cg150 job (2006) suplemento   00 x...
Manual de serviço ms cg150 titan ks es esd cg150 job (2006) suplemento 00 x...
 

Destaque

Manual serviço biz125 ks es 00 x6b-kss-001 roda-traseira
Manual serviço biz125 ks es   00 x6b-kss-001 roda-traseiraManual serviço biz125 ks es   00 x6b-kss-001 roda-traseira
Manual serviço biz125 ks es 00 x6b-kss-001 roda-traseiraThiago Huari
 
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 rodatras
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 rodatrasManual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 rodatras
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 rodatrasThiago Huari
 
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 chassi
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 chassiManual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 chassi
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 chassiThiago Huari
 
Manual de serviço nx150 embreage
Manual de serviço nx150 embreageManual de serviço nx150 embreage
Manual de serviço nx150 embreageThiago Huari
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) cabecote
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) cabecoteManaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) cabecote
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) cabecoteThiago Huari
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) embreag
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) embreagManaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) embreag
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) embreagThiago Huari
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) embreage
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) embreageManaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) embreage
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) embreageThiago Huari
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) rodadian
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) rodadianManaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) rodadian
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) rodadianThiago Huari
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) carcaca
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) carcacaManaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) carcaca
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) carcacaThiago Huari
 
Xtz lander 250x 09 peças
Xtz lander 250x 09 peçasXtz lander 250x 09 peças
Xtz lander 250x 09 peçasluisrenato2009
 
Manual de servico_lavadoras_electrolux_top_load
Manual de servico_lavadoras_electrolux_top_loadManual de servico_lavadoras_electrolux_top_load
Manual de servico_lavadoras_electrolux_top_loadmeiolouco
 
Manual Moto C100 biz
Manual Moto C100 bizManual Moto C100 biz
Manual Moto C100 bizThiago Huari
 
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 agre...
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 agre...Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 agre...
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 agre...Thiago Huari
 
Manual serviço biz125 ks es 00 x6b-kss-001 roda-dianteira
Manual serviço biz125 ks es   00 x6b-kss-001 roda-dianteiraManual serviço biz125 ks es   00 x6b-kss-001 roda-dianteira
Manual serviço biz125 ks es 00 x6b-kss-001 roda-dianteiraThiago Huari
 
Manual serviço cbr450 sr
Manual serviço cbr450 srManual serviço cbr450 sr
Manual serviço cbr450 srThiago Huari
 
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) diagrama eletrico
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) diagrama eletricoManaul de serviço ms cbx250 (2001) diagrama eletrico
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) diagrama eletricoThiago Huari
 
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 info...
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 info...Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 info...
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 info...Thiago Huari
 
Manual de serviço moto fazer 250
Manual de serviço   moto fazer 250Manual de serviço   moto fazer 250
Manual de serviço moto fazer 250williammagalhaes
 

Destaque (20)

Manual serviço biz125 ks es 00 x6b-kss-001 roda-traseira
Manual serviço biz125 ks es   00 x6b-kss-001 roda-traseiraManual serviço biz125 ks es   00 x6b-kss-001 roda-traseira
Manual serviço biz125 ks es 00 x6b-kss-001 roda-traseira
 
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 rodatras
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 rodatrasManual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 rodatras
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 rodatras
 
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 chassi
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 chassiManual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 chassi
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 chassi
 
Manual de serviço nx150 embreage
Manual de serviço nx150 embreageManual de serviço nx150 embreage
Manual de serviço nx150 embreage
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) cabecote
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) cabecoteManaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) cabecote
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) cabecote
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) embreag
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) embreagManaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) embreag
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) embreag
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) embreage
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) embreageManaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) embreage
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) embreage
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) rodadian
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) rodadianManaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) rodadian
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) rodadian
 
lander Xtz 250x 2009
lander Xtz 250x 2009 lander Xtz 250x 2009
lander Xtz 250x 2009
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) carcaca
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) carcacaManaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) carcaca
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) carcaca
 
Xtz lander 250x 09 peças
Xtz lander 250x 09 peçasXtz lander 250x 09 peças
Xtz lander 250x 09 peças
 
Manual de servico_lavadoras_electrolux_top_load
Manual de servico_lavadoras_electrolux_top_loadManual de servico_lavadoras_electrolux_top_load
Manual de servico_lavadoras_electrolux_top_load
 
Manual Moto C100 biz
Manual Moto C100 bizManual Moto C100 biz
Manual Moto C100 biz
 
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 agre...
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 agre...Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 agre...
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 agre...
 
Manual serviço biz125 ks es 00 x6b-kss-001 roda-dianteira
Manual serviço biz125 ks es   00 x6b-kss-001 roda-dianteiraManual serviço biz125 ks es   00 x6b-kss-001 roda-dianteira
Manual serviço biz125 ks es 00 x6b-kss-001 roda-dianteira
 
Manual serviço cbr450 sr
Manual serviço cbr450 srManual serviço cbr450 sr
Manual serviço cbr450 sr
 
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) diagrama eletrico
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) diagrama eletricoManaul de serviço ms cbx250 (2001) diagrama eletrico
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) diagrama eletrico
 
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 info...
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 info...Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 info...
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 info...
 
Manual de serviço moto fazer 250
Manual de serviço   moto fazer 250Manual de serviço   moto fazer 250
Manual de serviço moto fazer 250
 
Microbiologia
MicrobiologiaMicrobiologia
Microbiologia
 

Semelhante a Manual de serviços BIZ125+ (6) com especificações e procedimentos

Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) suplem1
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) suplem1Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) suplem1
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) suplem1Thiago Huari
 
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) suplemen
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) suplemenManaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) suplemen
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) suplemenThiago Huari
 
Manual de serviço cbx750 f suplem2
Manual de serviço cbx750 f suplem2Manual de serviço cbx750 f suplem2
Manual de serviço cbx750 f suplem2Thiago Huari
 
Manual de serviço cbx750 f (1990) suplem2
Manual de serviço cbx750 f (1990) suplem2Manual de serviço cbx750 f (1990) suplem2
Manual de serviço cbx750 f (1990) suplem2Thiago Huari
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) suplemen
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) suplemenManaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) suplemen
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) suplemenThiago Huari
 
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade_(3)_(2002~) informacoes_gerais
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade_(3)_(2002~) informacoes_geraisManaul de serviço cbr900 rr fireblade_(3)_(2002~) informacoes_gerais
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade_(3)_(2002~) informacoes_geraisThiago Huari
 
Manual de serviço cbx750 f (1990) suplem1
Manual de serviço cbx750 f (1990) suplem1Manual de serviço cbx750 f (1990) suplem1
Manual de serviço cbx750 f (1990) suplem1Thiago Huari
 
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) suplem2
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) suplem2Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) suplem2
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) suplem2Thiago Huari
 
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 suplemen
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 suplemenManual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 suplemen
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 suplemenThiago Huari
 
Manual de Servico CG 125 Titan KS-ES-Cargo 2004 (1).pdf
Manual de Servico CG 125 Titan KS-ES-Cargo 2004 (1).pdfManual de Servico CG 125 Titan KS-ES-Cargo 2004 (1).pdf
Manual de Servico CG 125 Titan KS-ES-Cargo 2004 (1).pdfWellingtonVictor8
 
Manual serviço cb40083 su supl cb400 83
Manual serviço cb40083 su supl cb400 83Manual serviço cb40083 su supl cb400 83
Manual serviço cb40083 su supl cb400 83Thiago Huari
 
Manual serviço cb400 (1983) suplemento ms443831 p-s supl cb400 83
Manual serviço cb400 (1983) suplemento   ms443831 p-s supl cb400 83Manual serviço cb400 (1983) suplemento   ms443831 p-s supl cb400 83
Manual serviço cb400 (1983) suplemento ms443831 p-s supl cb400 83Thiago Huari
 
Manual de serviço cargotod embreage
Manual de serviço cargotod embreageManual de serviço cargotod embreage
Manual de serviço cargotod embreageThiago Huari
 
Manual de serviço vt600 c 00x6b-mz8-601 suplemento vt600c-05
Manual de serviço vt600 c   00x6b-mz8-601 suplemento vt600c-05Manual de serviço vt600 c   00x6b-mz8-601 suplemento vt600c-05
Manual de serviço vt600 c 00x6b-mz8-601 suplemento vt600c-05Thiago Huari
 
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) informac
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) informacManaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) informac
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) informacThiago Huari
 
Manual de serviço supl vt600 c3
Manual de serviço supl vt600 c3Manual de serviço supl vt600 c3
Manual de serviço supl vt600 c3Thiago Huari
 
Manual de serviço vt600 c 00x6b-mz8-601 supl-vt600c3
Manual de serviço vt600 c   00x6b-mz8-601 supl-vt600c3Manual de serviço vt600 c   00x6b-mz8-601 supl-vt600c3
Manual de serviço vt600 c 00x6b-mz8-601 supl-vt600c3Thiago Huari
 
Manual servico cbx 150 aero 1988 completo
Manual servico cbx 150 aero 1988 completoManual servico cbx 150 aero 1988 completo
Manual servico cbx 150 aero 1988 completoGeisson Adriano Furlan
 
Manual de serviço cargotod lubrific
Manual de serviço cargotod lubrificManual de serviço cargotod lubrific
Manual de serviço cargotod lubrificThiago Huari
 
Manual de serviço cargotod informac
Manual de serviço cargotod informacManual de serviço cargotod informac
Manual de serviço cargotod informacThiago Huari
 

Semelhante a Manual de serviços BIZ125+ (6) com especificações e procedimentos (20)

Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) suplem1
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) suplem1Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) suplem1
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) suplem1
 
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) suplemen
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) suplemenManaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) suplemen
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) suplemen
 
Manual de serviço cbx750 f suplem2
Manual de serviço cbx750 f suplem2Manual de serviço cbx750 f suplem2
Manual de serviço cbx750 f suplem2
 
Manual de serviço cbx750 f (1990) suplem2
Manual de serviço cbx750 f (1990) suplem2Manual de serviço cbx750 f (1990) suplem2
Manual de serviço cbx750 f (1990) suplem2
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) suplemen
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) suplemenManaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) suplemen
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) suplemen
 
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade_(3)_(2002~) informacoes_gerais
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade_(3)_(2002~) informacoes_geraisManaul de serviço cbr900 rr fireblade_(3)_(2002~) informacoes_gerais
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade_(3)_(2002~) informacoes_gerais
 
Manual de serviço cbx750 f (1990) suplem1
Manual de serviço cbx750 f (1990) suplem1Manual de serviço cbx750 f (1990) suplem1
Manual de serviço cbx750 f (1990) suplem1
 
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) suplem2
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) suplem2Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) suplem2
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) suplem2
 
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 suplemen
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 suplemenManual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 suplemen
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 suplemen
 
Manual de Servico CG 125 Titan KS-ES-Cargo 2004 (1).pdf
Manual de Servico CG 125 Titan KS-ES-Cargo 2004 (1).pdfManual de Servico CG 125 Titan KS-ES-Cargo 2004 (1).pdf
Manual de Servico CG 125 Titan KS-ES-Cargo 2004 (1).pdf
 
Manual serviço cb40083 su supl cb400 83
Manual serviço cb40083 su supl cb400 83Manual serviço cb40083 su supl cb400 83
Manual serviço cb40083 su supl cb400 83
 
Manual serviço cb400 (1983) suplemento ms443831 p-s supl cb400 83
Manual serviço cb400 (1983) suplemento   ms443831 p-s supl cb400 83Manual serviço cb400 (1983) suplemento   ms443831 p-s supl cb400 83
Manual serviço cb400 (1983) suplemento ms443831 p-s supl cb400 83
 
Manual de serviço cargotod embreage
Manual de serviço cargotod embreageManual de serviço cargotod embreage
Manual de serviço cargotod embreage
 
Manual de serviço vt600 c 00x6b-mz8-601 suplemento vt600c-05
Manual de serviço vt600 c   00x6b-mz8-601 suplemento vt600c-05Manual de serviço vt600 c   00x6b-mz8-601 suplemento vt600c-05
Manual de serviço vt600 c 00x6b-mz8-601 suplemento vt600c-05
 
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) informac
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) informacManaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) informac
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) informac
 
Manual de serviço supl vt600 c3
Manual de serviço supl vt600 c3Manual de serviço supl vt600 c3
Manual de serviço supl vt600 c3
 
Manual de serviço vt600 c 00x6b-mz8-601 supl-vt600c3
Manual de serviço vt600 c   00x6b-mz8-601 supl-vt600c3Manual de serviço vt600 c   00x6b-mz8-601 supl-vt600c3
Manual de serviço vt600 c 00x6b-mz8-601 supl-vt600c3
 
Manual servico cbx 150 aero 1988 completo
Manual servico cbx 150 aero 1988 completoManual servico cbx 150 aero 1988 completo
Manual servico cbx 150 aero 1988 completo
 
Manual de serviço cargotod lubrific
Manual de serviço cargotod lubrificManual de serviço cargotod lubrific
Manual de serviço cargotod lubrific
 
Manual de serviço cargotod informac
Manual de serviço cargotod informacManual de serviço cargotod informac
Manual de serviço cargotod informac
 

Mais de Thiago Huari

Manual de serviço xr250 defeitos
Manual de serviço xr250 defeitosManual de serviço xr250 defeitos
Manual de serviço xr250 defeitosThiago Huari
 
Manual de serviço xr250 alimentacao
Manual de serviço xr250 alimentacaoManual de serviço xr250 alimentacao
Manual de serviço xr250 alimentacaoThiago Huari
 
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p rodadian
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p rodadianManual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p rodadian
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p rodadianThiago Huari
 
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p indice
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p indiceManual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p indice
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p indiceThiago Huari
 
Manual de serviço xr250 luzes ind
Manual de serviço xr250 luzes indManual de serviço xr250 luzes ind
Manual de serviço xr250 luzes indThiago Huari
 
Manual de serviço xr250 lubrificacao
Manual de serviço xr250 lubrificacaoManual de serviço xr250 lubrificacao
Manual de serviço xr250 lubrificacaoThiago Huari
 
Manual de serviço xr250 introd
Manual de serviço xr250 introdManual de serviço xr250 introd
Manual de serviço xr250 introdThiago Huari
 
Manual de serviço xr250 informacao
Manual de serviço xr250 informacaoManual de serviço xr250 informacao
Manual de serviço xr250 informacaoThiago Huari
 
Manual de serviço xr250 indice
Manual de serviço xr250 indiceManual de serviço xr250 indice
Manual de serviço xr250 indiceThiago Huari
 
Manual de serviço xr250 ignicao
Manual de serviço xr250 ignicaoManual de serviço xr250 ignicao
Manual de serviço xr250 ignicaoThiago Huari
 
Manual de serviço xr250 freio hidraulico
Manual de serviço xr250 freio hidraulicoManual de serviço xr250 freio hidraulico
Manual de serviço xr250 freio hidraulicoThiago Huari
 
Manual de serviço xr250 embreagem
Manual de serviço xr250 embreagemManual de serviço xr250 embreagem
Manual de serviço xr250 embreagemThiago Huari
 
Manual de serviço xr250 diagrama
Manual de serviço xr250 diagramaManual de serviço xr250 diagrama
Manual de serviço xr250 diagramaThiago Huari
 
Manual de serviço xr250 ctracapa
Manual de serviço xr250 ctracapaManual de serviço xr250 ctracapa
Manual de serviço xr250 ctracapaThiago Huari
 
Manual de serviço xr250 cilindro
Manual de serviço xr250 cilindroManual de serviço xr250 cilindro
Manual de serviço xr250 cilindroThiago Huari
 
Manual de serviço xr250 chassi
Manual de serviço xr250 chassiManual de serviço xr250 chassi
Manual de serviço xr250 chassiThiago Huari
 
Manual de serviço xr250 capa
Manual de serviço xr250 capaManual de serviço xr250 capa
Manual de serviço xr250 capaThiago Huari
 
Manual de serviço xr250 cabecote
Manual de serviço xr250 cabecoteManual de serviço xr250 cabecote
Manual de serviço xr250 cabecoteThiago Huari
 
Manual de serviço xr250 bateria
Manual de serviço xr250 bateriaManual de serviço xr250 bateria
Manual de serviço xr250 bateriaThiago Huari
 
Manual de serviço xr250 alternador
Manual de serviço xr250 alternadorManual de serviço xr250 alternador
Manual de serviço xr250 alternadorThiago Huari
 

Mais de Thiago Huari (20)

Manual de serviço xr250 defeitos
Manual de serviço xr250 defeitosManual de serviço xr250 defeitos
Manual de serviço xr250 defeitos
 
Manual de serviço xr250 alimentacao
Manual de serviço xr250 alimentacaoManual de serviço xr250 alimentacao
Manual de serviço xr250 alimentacao
 
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p rodadian
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p rodadianManual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p rodadian
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p rodadian
 
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p indice
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p indiceManual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p indice
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p indice
 
Manual de serviço xr250 luzes ind
Manual de serviço xr250 luzes indManual de serviço xr250 luzes ind
Manual de serviço xr250 luzes ind
 
Manual de serviço xr250 lubrificacao
Manual de serviço xr250 lubrificacaoManual de serviço xr250 lubrificacao
Manual de serviço xr250 lubrificacao
 
Manual de serviço xr250 introd
Manual de serviço xr250 introdManual de serviço xr250 introd
Manual de serviço xr250 introd
 
Manual de serviço xr250 informacao
Manual de serviço xr250 informacaoManual de serviço xr250 informacao
Manual de serviço xr250 informacao
 
Manual de serviço xr250 indice
Manual de serviço xr250 indiceManual de serviço xr250 indice
Manual de serviço xr250 indice
 
Manual de serviço xr250 ignicao
Manual de serviço xr250 ignicaoManual de serviço xr250 ignicao
Manual de serviço xr250 ignicao
 
Manual de serviço xr250 freio hidraulico
Manual de serviço xr250 freio hidraulicoManual de serviço xr250 freio hidraulico
Manual de serviço xr250 freio hidraulico
 
Manual de serviço xr250 embreagem
Manual de serviço xr250 embreagemManual de serviço xr250 embreagem
Manual de serviço xr250 embreagem
 
Manual de serviço xr250 diagrama
Manual de serviço xr250 diagramaManual de serviço xr250 diagrama
Manual de serviço xr250 diagrama
 
Manual de serviço xr250 ctracapa
Manual de serviço xr250 ctracapaManual de serviço xr250 ctracapa
Manual de serviço xr250 ctracapa
 
Manual de serviço xr250 cilindro
Manual de serviço xr250 cilindroManual de serviço xr250 cilindro
Manual de serviço xr250 cilindro
 
Manual de serviço xr250 chassi
Manual de serviço xr250 chassiManual de serviço xr250 chassi
Manual de serviço xr250 chassi
 
Manual de serviço xr250 capa
Manual de serviço xr250 capaManual de serviço xr250 capa
Manual de serviço xr250 capa
 
Manual de serviço xr250 cabecote
Manual de serviço xr250 cabecoteManual de serviço xr250 cabecote
Manual de serviço xr250 cabecote
 
Manual de serviço xr250 bateria
Manual de serviço xr250 bateriaManual de serviço xr250 bateria
Manual de serviço xr250 bateria
 
Manual de serviço xr250 alternador
Manual de serviço xr250 alternadorManual de serviço xr250 alternador
Manual de serviço xr250 alternador
 

Manual de serviços BIZ125+ (6) com especificações e procedimentos

  • 1. MANUAL DE SERVIÇOS BIZ125 + (6) SUPLEMENTO 2006
  • 2. COMO UTILIZAR ESTEMANUAL Este suplemento contém informações sobre a BIZ125 + (6). Consulte o Manual de Serviços BIZ125 KS/ES (Nº 00X6B-KSS-001) quanto aos procedimentos de ser- viço e informações não inclusas nesse suplemento. TODAS AS INFORMAÇÕES, ILUSTRAÇÕES, INS- TRUÇÕES E ESPECIFICAÇÕES APRESENTADAS NESTA PUBLICAÇÃO SÃO BASEADAS NAS INFORMAÇÕES MAIS RECENTES DISPONÍVEIS SO- BRE O PRODUTO NO MOMENTO DA APROVAÇÃO DA IMPRESSÃO. A MOTO HONDA DA AMAZÔNIA LTDA. RESERVA-SE O DIREITO DE ALTERAR AS CARACTERÍSTICAS DO PRODUTO A QUALQUER MOMENTO E SEM PRÉVIO AVISO, SEM QUE ISTO INCORRA EM QUAISQUER OBRIGAÇÕES. NENHU- MA PARTE DESSA PUBLICAÇÃO PODE SER REPRODUZIDA SEM PERMISSÃO POR ESCRITO. ESTE MANUAL DESTINA-SE A PESSOAS QUE POS- SUEM CONHECIMENTOS BÁSICOS SOBRE A MA- NUTENÇÃO DE MOTOCICLETAS, SCOOTERS OU QUADRICICLOS (ATV) HONDA. MOTO HONDA DA AMAZÔNIA LTDA. Departamento de Serviços Pós-Venda Setor de Publicações Técnicas ÍNDICE REGRAS DE SERVIÇO ............................................................... 21-1 IDENTIFICAÇÃO DO MODELO .................................................. 21-1 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS .................................................. 21-3 VALORES DE TORQUE PARA MOTOR E CHASSI .................21-10 PONTOS DE LUBRIFICAÇÃO E VEDAÇÃO ...........................21-12 PASSAGEM DE CABOS E DA FIAÇÃO ...................................21-14 TAMPA DO GUIDÃO ..................................................................21-18 TABELA DE MANUTENÇÃO ....................................................21-20 FLUIDO DE FREIO .....................................................................21-21 DESGASTE DAS SAPATAS/PASTILHAS DE FREIO ..............21-21 SISTEMA DE FREIO ..................................................................21-22 LOCALIZAÇÃO DOS COMPONENTES – RODA DIANTEIRA/SUSPENSÃO/DIREÇÃO ..........................21-23 GUIDÃO ......................................................................................21-24 RODA DIANTEIRA ....................................................................21-27 LOCALIZAÇÃO DOS COMPONENTES – RODA TRASEIRA/FREIO/SUSPENSÃO ..................................21-33 RODA TRASEIRA ......................................................................21-34 FREIOTRASEIRO ......................................................................21-39 LOCALIZAÇÃO DOS COMPONENTES – FREIO HIDRÁULICO ............................................................................. 21-42 INFORMAÇÕES DE SERVIÇO – FREIO HIDRÁULICO ...........21-43 DIAGNOSE DE DEFEITOS – FREIO HIDRÁULICO .................21-44 SUBSTITUIÇÃO DO FLUIDO DE FREIO/SANGRIA DE AR ....21-45 PASTILHA/DISCO DE FREIO ....................................................21-47 CILINDRO MESTRE ..................................................................21-48 CÁLIPER DO FREIO ..................................................................21-53 LOCALIZAÇÃO DOS COMPONENTES – LUZES/INSTRUMENTOS/INTERRUPTORES ..........................21-57 INFORMAÇÕES DE SERVIÇO – LUZES/INSTRUMENTOS/INTERRUPTORES ..........................21-57 DIAGNOSE DE DEFEITOS – LUZES/INSTRUMENTOS/INTERRUPTORES ..........................21-58 VELOCÍMETRO ..........................................................................21-60 VELOCÍMETRO/SENSOR VS ....................................................21-62 INTERRUPTOR DA LUZ DO FREIO DIANTEIRO ....................21-65 MEDIDOR/SENSOR DE NÍVEL DE COMBUSTÍVEL ...............21-65 DIAGRAMA ELÉTRICO .............................................................21-66 SUPLEMENTO BIZ125 + (6)
  • 3. 21-1 SUPLEMENTOBIZ125 + (6) IDENTIFICAÇÃO DO MODELO REGRAS DE SERVIÇO 1. Use peças genuínas Honda ou peças e lubrificantes recomendados pela Honda ou seus equivalentes.Peças que não atendam às especificações de desenho Honda podem danificar a motocicleta. 2. Use as ferramentas especiais projetadas para este produto a fim de evitar danos e montagem incorreta. 3. Use somente ferramentas métricas ao efetuar serviços na motocicleta. Parafusos e porcas métricas não são intercambiáveis com fixadores ingleses. O uso de ferramentas e fixadores incorretos pode danificar a motocicleta. 4. Instale novas juntas, anéis de vedação, cupilhas e placas de trava durante a montagem. 5. Ao apertar parafusos ou porcas em série, comece pelos de diâmetro maior ou pelos parafusos internos.Aperte- os no torque especificado em seqüência diagonal e cruzada em duas ou três etapas, a menos que uma seqüência diferente seja especificada. 6. Limpe as peças com solvente de limpeza após a desmontagem. Lubrifique as superfícies deslizantes antes da montagem. 7. Após a montagem, verifique todas as peças quanto a instalação e funcionamento adequados. 8. Encaminhe todos os fios conforme mostrado nas ilustrações de “Passagem de Cabos e da Fiação” (página 21-14). Termo abreviado Nome completo ICM Módulo de controle da ignição PAIR Suprimento de ar secundário Sensor VS Sensor de velocidade do veículo ABREVIAÇÕES Ao longo deste manual, as seguintes abreviações são usadas para identificar as respectivas peças ou sistemas.
  • 4. 21-2 SUPLEMENTO BIZ125 + (6) NÚMEROS DE IDENTIFICAÇÃO O número de identificação do veículo (VIN) está gravado no lado direito do chassi, conforme mostrado. O número de série do motor está gravado no lado esquerdo inferior da carcaça do motor. O número de identificação do carburador está gravado no lado direito do corpo do carburador. ETIQUETA DE INFORMAÇÕES DE CONTROLE DE EMISSÕES VEICULARES ETIQUETA A etiqueta de informações de controle de emissões veiculares (somente tipo BR) está fixada no interior do compartimento de carga. A fim de assegurar que a motocicleta atenda aos requisitos legais, verifique se as emissões de CO e HC em marcha lenta estão dentro dos níveis recomendados (Resolução nº 297/02, artigo 16 do CONAMA). NÚMERO DE IDENTIFICAÇÃO DO VEÍCULO NÚMERO DE SÉRIE DO MOTOR NÚMERO DE IDENTIFICAÇÃO DO CARBURADOR
  • 5. 21-3 SUPLEMENTOBIZ125 + (6) ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Item Especificações Dimensões Comprimento total 1.880 mm Largura total 726 mm Altura total 1.075 mm Distância entre eixos 1.261 mm Altura do assento 755 mm Altura do pedal de apoio 264 mm Distância mínima do solo 133 mm Peso em ordem de marcha 107 kg Chassi Tipo Back bone Suspensão dianteira Garfo telescópico Curso da suspensão dianteira 89,0 mm Suspensão traseira Braço oscilante Curso da suspensão traseira 86,0 mm Amortecedor traseiro Duplo tipo tubo Medida do pneu dianteiro 60/100-17M/C 33L Medida do pneu traseiro 80/100-14M/C 49L Marca do pneu Dianteiro MT15 (PIRELLI) Traseiro MT15 (PIRELLI) Freio dianteiro Freio hidráulico a disco único Freio traseiro Mecânico a tambor (sapatas de expansão interna) Ângulo do cáster 26°30’ Trail 69,0 mm Capacidade do tanque de combustível 4,0 l Motor Diâmetro e curso 52,4 x 57,9 mm Cilindrada 124,9 cm3 Relação de compressão 9,3 : 1 Comando de válvulas 2 válvulas, SOHC acionado por corrente única Válvula de admissão Abre a 1 mm 2° APMS Fecha a 1 mm 25° DPMI Válvula de escapamento Abre a 1 mm 34° APMI Fecha a 1 mm 0° DPMS Sistema de lubrificação Forçada por bomba de óleo e cárter úmido Tipo da bomba de óleo Trocoidal Sistema de arrefecimento Arrefecido a ar Sistema de filtragem de ar Filtro de papel Tipo da árvore de manivelas Montada Peso seco do motor 24,6 kg Disposição do cilindro Monocilíndrico, inclinado 80° em relação à vertical Carburador Tipo Pistão de aceleração Diâmetro do venturi 18 mm
  • 6. 21-4 SUPLEMENTO BIZ125 + (6) Item Especificações Transmissão Sistema de embreagem Multidisco em banho de óleo Sistema de acionamento da embreagem Tipo centrífugo automático Transmissão Engrenamento constante, 4 velocidades Redução primária 3,350 (67/20) Redução final 2,428 (34/14) Relação de transmissão 1ª 2,500 (35/14) 2ª 1,550 (31/20) 3ª 1,150 (23/20) 4ª 0,923 (24/26) Sistema de mudança de marchas Sistema de retorno operado pelo pé esquerdo (sistema rotativo; somente quando a motocicleta não está em movimento) –N–1–2–3–4 (–N) Sistema elétrico Sistema de ignição Ignição por Descarga Capacitiva (CDI) Sistema de partida Partida elétrica Sistema de carga Alternador monofásico Regulador/retificador Semicondutor em curto, monofásico, retificação por meia onda Sistema de iluminação Alternador
  • 7. 21-5 SUPLEMENTOBIZ125 + (6) SISTEMA DE ALIMENTAÇÃO Item Especificações Número de identificação do carburador Tipo BR PB7SA Tipo 2LA PB7SC Tipo 3LA PB7SD Giclê principal Tipo BR nº 95 Tipo 2LA nº 85 Tipo 3LA nº 88 Giclê de marcha lenta Tipos BR, 3LA nº 35 Tipo 2LA nº 38 x nº 38 Abertura inicial/final do parafuso de mistura Consulte a página 5-13 Nível da bóia 10,7 mm Rotação de marcha lenta 1.400 ± 100 rpm Vácuo especificado da válvula de controle PAIR 63 kPa (470 mmHg) Folga livre da manopla do acelerador 2 – 6 mm SISTEMA DE LUBRIFICAÇÃO Item Padrão Limite de Uso Capacidade de óleo do motor Após drenagem 0,7 l – Após desmontagem 0,9 l – Óleo para motor recomendado MOBIL SUPERMOTO 4T – Classificação de serviço API: SF Viscosidade: 20W-50 Rotor da bomba de óleo Folga entre os rotores interno – 0,20 e externo Folga entre o rotor externo e a 0,15 – 0,21 0,26 carcaça da bomba Folga entre os rotores e a face da 0,03 – 0,09 0,15 carcaça da bomba Unidade: mm CABEÇOTE/VÁLVULAS Unidade: mm Item Padrão Limite de Uso Compressão do cilindro 1.265 kPa (12,9 kgf/cm2 , 184 psi) a 700 rpm — Empenamento do cabeçote — 0,05 Folga das válvulas ADM/ESC 0,05 ± 0,02 — D.E. da haste das válvulas ADM 4,975 – 4,990 4,965 ESC 4,955 – 4,970 4,945 D.I. das guias ADM/ESC 5,000 – 5,012 5,03 Folga entre a haste e ADM 0,010 – 0,037 0,065 a guia ESC 0,030 – 0,057 0,085 Largura da sede da válvula ADM/ESC 1,0 1,6 Externa ADM/ESC 35,25 34,0 Interna ADM/ESC 32,41 30,9 Balancim/ D.I. do balancim ADM/ESC 10,000 – 10,015 10,10 eixo D.E. do eixo ADM/ESC 9,972 – 9,987 9,91 Altura do ressalto ADM 32,084 – 32,284 31,699 ESC 31,860 – 31,960 31,478 Comprimento livre da mola da válvula Válvulas, guia de válvulas Árvore de comando
  • 8. 21-6 SUPLEMENTO BIZ125 + (6) CILINDRO/PISTÃO Item Padrão Limite de Uso Cilindro D.I. 52,405 – 52,415 52,445 Ovalização – 0,10 Conicidade – 0,10 Empenamento – 0,05 Direção da marca do pistão Marca “IN” voltada para o – lado de admissão D.E. do pistão 52,370 – 52,390 52,300 Ponto de medição do D.E. do pistão 10 mm da base da saia – D.I. da cavidade do pino do pistão 13,002 – 13,008 13,03 D.E. do pino do pistão 12,994 – 13,000 12,98 Folga entre pistão e pino 0,002 – 0,014 0,075 Folga entre anel e canaleta 1º anel 0,030 – 0,065 0,10 2º anel 0,015 – 0,050 0,09 1º anel 0,10 – 0,30 0,5 2º anel 0,10 – 0,30 0,5 Anel de óleo (anel lateral) 0,20 – 0,70 1,1 Folga entre cilindro e pistão 0,015 – 0,045 0,10 D.I. da cabeça da biela 13,016 – 13,034 13,05 Folga entre biela e pino do pistão 0,016 – 0,040 0,07 Unidade: mm Pistão e anéis do pistão Folga entre as extremidades dos anéis do pistão EMBREAGEM/SELETORDEMARCHAS Item Padrão Limite de Uso Embreagem de mudança Espessura do disco 2,5 – 2,7 2,2 Empenamento do separador — 0,20 Comprimento livre da mola 27,4 26,8 D.E. da guia da carcaça 22,959 – 22,980 22,940 D.I. da carcaça 23,000 – 23,021 23,07 Embreagem centrífuga D.I. do tambor 104,0 – 104,2 104,3 Espessura da lona da sapata 1,5 1,0 D.I. do tambor da embreagem unidirecional 42,000 – 42,020 42,04 D.E. do rolete da embreagem unidirecional 4,990 – 5,000 4,97 D.I. da engrenagem motora primária 21,030 – 21,058 21,11 D.E. da árvore de manivelas 20,967 – 20,980 20,92 (na engrenagem motora primária) Espessura da lona do freio da embreagem 3,35 2,5 Unidade: mm
  • 9. 21-7 SUPLEMENTOBIZ125 + (6) ÁRVOREDEMANIVELAS/TRANSMISSÃO/CONJUNTODEPARTIDA Item Padrão Limite de Uso Folga lateral da biela 0,10 – 0,35 0,60 Folga radial da biela 0,008 0,05 Empenamento – 0,10 Transmissão D.I. da engrenagem M2, M3 17,000 – 17,018 17,04 C1 18,000 – 18,018 18,04 C4 20,000 – 20,021 20,04 D.E. da bucha C1 17,966 – 17,984 17,94 D.I. da bucha C1 15,000 – 15,018 15,04 Folga entre a bucha e a engrenagem C1 0,016 – 0,052 0,1 D.E. da árvore primária M3 16,966 – 16,984 16,95 D.E. da árvore secundária C1 14,966 – 14,984 14,95 Folga entre a árvore e a engrenagem M3 0,016 – 0,052 0,09 Folga entre a bucha e a árvore C1 0,016 – 0,052 0,09 D.I. do garfo seletor 10,000 – 10,018 10,07 Espessura da garra do garfo seletor 4,93 – 5,00 4,90 D.E. do eixo dos garfos seletores 9,986 – 9,995 9,93 D.E. do tambor seletor Esquerdo 12,966 – 12,984 12,946 Direito 27,959 – 27,980 27,940 D.I. do mancal do tambor seletor Esquerdo 13,000 – 13,027 13,047 Direito 28,000 – 28,021 28,041 D.I. do pinhão 20,000 – 20,021 20,08 D.E. do eixo 19,959 – 19,980 19,94 Unidade: mm Árvore de manivelas Garfo seletor/ tambor seletor Conjunto de partida RODADIANTEIRA/SUSPENSÃO/DIREÇÃO Item Padrão Limite de Uso Profundidade mínima da banda de rodagem do pneu – Até o indicador Pressão do pneu frio Somente piloto 175 kPa (1,75 kgf/cm2 , 25 psi) – Piloto e passageiro 175 kPa (1,75 kgf/cm2 , 25 psi) – Empenamento do eixo – 0,20 Excentricidade do aro Radial – 2,0 Axial – 2,0 Garfo Comprimento livre da mola 326,5 320,0 Direção da mola Extremidade cônica voltada para baixo – Empenamento do cilindro interno – 0,20 Fluido recomendado Fluido para suspensão – Nível de fluido 106 – Capacidade de fluido 55,0 ± 1,0 cm3 – Unidade: mm
  • 10. 21-8 SUPLEMENTO BIZ125 + (6) Item Padrão Limite de Uso Profundidade mínima da banda de rodagem do pneu – Até o indicador Pressão do pneu frio Somente piloto 225 kPa (2,25 kgf/cm2 , 33 psi) – Piloto e passageiro 280 kPa (2,80 kgf/cm2 , 41 psi) – Empenamento do eixo – 0,20 Excentricidade do aro Radial – 2,0 Axial – 2,0 Corrente de transmissão Tamanho/nº de elos DID 428M/106 elos – Folga 25 – 35 – Freio D.I. do tambor 110,0 111,0 Folga livre do pedal 20 – 30 – RODATRASEIRA/FREIO/SUSPENSÃO Unidade: mm FREIO HIDRÁULICO Item Padrão Limite de Uso Fluido de freio especificado DOT 3 ou DOT 4 — Espessura do disco de freio 3,8 – 4,2 3,5 Empenamento do disco de freio — 0,10 D.I. do cilindro mestre 12,700 – 12,743 12,755 D.E. do pistão do cilindro mestre 12,657 – 12,684 12,645 D.I. do cilindro do cáliper 27,000 – 27,050 27,060 D.E. do pistão do cáliper 26,918 – 26,968 26,91 Unidade: mm BATERIA/SISTEMA DE CARGA Item Especificações Bateria Capacidade 12 V – 5 Ah Fuga de corrente 0,15 mA máx. Voltagem (20°C) Totalmente carregada 13,0 – 13,2 V Necessita de carga Abaixo de 12,3 V Corrente de carga Normal 0,5 A/5 – 10 h Rápida 5,0 A/30 min Alternador Capacidade 0,089 kW/5.000 rpm Resistência da bobina de carga (20°C) 0,3 – 1,1 Ω Resistência da bobina de iluminação (20°C) 0,1 – 1,0 Ω
  • 11. 21-9 SUPLEMENTOBIZ125 + (6) PARTIDAELÉTRICA Item Padrão Limite de Uso Comprimento da escova do motor de partida 10,0 – 10,5 6,5 Unidade: mm LUZES/INSTRUMENTOS/INTERRUPTORES Item Especificações Lâmpadas Farol (alto/baixo) 12 V - 32/32 W Luz de freio/lanterna traseira 12 V - 21/5 W Sinaleira dianteira 12 V - 10 W x 2 Sinaleira traseira 12 V - 10 W x 2 Luz do painel de instrumentos LED x 2 Indicador da sinaleira 12 V - 3 W x 2 Indicador de farol alto 12 V - 3 W Indicador de ponto morto 12 V - 3 W Fusíveis Principal 15 A Secundários 10 A x 1, 5 A x 1 Item Especificações Vela de ignição Standard CPR6EA-9 (NGK) Opcional CPR7EA-9 (NGK) Folga da vela de ignição 0,80 – 0,90 mm Pico de voltagem da bobina de ignição 100 V mínimo Pico de voltagem do gerador de pulsos da ignição 0,7 V mínimo Ponto de ignição 15° APMS a 1.400 rpm SISTEMA DE IGNIÇÃO
  • 12. 21-10 SUPLEMENTO BIZ125 + (6) VALORES DE TORQUE PARA MOTOR E CHASSI • As especificações de torque listadas abaixo são para pontos de aperto importantes. Se alguma especificação não estiver listada, siga os valores de torque-padrão indicados acima. Item Qtde. Diâmetro da Torque ObservaçõesRosca (mm) N.m (kgf.m) MANUTENÇÃO Parafuso de drenagem de óleo 1 12 24 (2,4) Tampa do orifício da árvore de manivelas 1 30 8 (0,8) Tampa do orifício de sincronização 1 14 6 (0,6) Contraporca do ajustador da válvula 2 5 9 (0,9) Aplique óleo à rosca e superfície de assentamento Parafuso da tampa do filtro centrífugo de óleo 3 5 5 (0,5) Aplique trava química (página 3-12) Contraporca do parafuso de ajuste da embreagem 1 8 12 (1,2) Vela de ignição 1 10 16 (1,6) LUBRIFICAÇÃO Parafuso da placa da bomba de óleo 2 5 5,2 (0,5) SISTEMA DE ALIMENTAÇÃO Copo do filtro de tela do carburador 1 24 5,9 (0,6) FIXAÇÃO DO MOTOR Parafuso da placa de fixação do pinhão de transmissão 2 6 12 (1,2) Parafuso do duto de admissão 2 6 12 (1,2) CABEÇOTE/VÁLVULAS Porca-cega do cabeçote 4 8 24 (2,4) Parafuso da tampa esquerda do cabeçote 1 6 10 (1,0) Parafuso da engrenagem de comando 2 5 9 (0,9) Tampão do acionador do tensor da corrente de comando 1 6 4 (0,4) Parafuso do êmbolo de ajuste da corrente de comando 1 6 10 (1,0) Prisioneiro do tubo de escapamento 2 8 11 (1,1) Consulte a página 7-15 EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS Parafuso do posicionador de marchas 1 6 12 (1,2) Aplique trava química Pino da mola de retorno do eixo de mudança de marcha 1 8 30 (3,1) Parafuso do excêntrico posicionador 1 6 10 (1,0) Aplique trava química Porca-trava da embreagem centrífuga 1 14 64 (6,5) Aplique óleo na rosca e superfície de assentamento Parafuso da mola da embreagem 3 6 12 (1,2) Porca-trava do cubo da embreagem de mudança 1 14 64 (6,5) Aplique óleo na rosca e superfície de assentamento ALTERNADOR/EMBREAGEM DE PARTIDA Porca-trava do volante do motor 1 12 64 (6,5) Aplique óleo na rosca e superfície de assentamento Parafuso de montagem da embreagem de partida 6 6 16 (1,6) Aplique trava química Parafuso de fixação do estator do alternador 2 6 10 (1,0) Parafuso de fixação do gerador de pulsos da ignição 2 6 10 (1,0) CARCAÇA DO MOTOR/ÁRVORE DE MANIVELAS/ TRANSMISSÃO Prisioneiro do cilindro 4 8 11 (1,1) Consulte a página 8-4 PARTIDA ELÉTRICA Parafuso da carcaça do motor de partida 2 5 4,9 (0,5) MOTOR
  • 13. 21-11 SUPLEMENTOBIZ125 + (6) Item Qtde. Diâmetro da Torque ObservaçõesRosca (mm) N.m (kgf.m) AGREGADOS DO CHASSI/ SISTEMA DE ESCAPAMENTO Porca de união do tubo de escapamento 2 8 27 (2,8) MANUTENÇÃO Parafuso da tampa da carcaça do filtro de ar 4 5 1,2 (0,1) Parafuso do suporte do elemento do filtro de ar 4 5 1,2 (0,1) Parafuso de articulação do cavalete lateral 1 10 18 (1,8) Porca de articulação do cavalete lateral 1 10 44 (4,5) Enquanto mantém fixo o parafuso de articulação FIXAÇÃO DO MOTOR Porca de suspensão dianteira do motor 1 10 55 (5,6) Porca de suspensão traseira superior do motor 1 10 55 (5,6) Porca de suspensão traseira inferior do motor 1 10 55 (5,6) EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS Parafuso de fixação do pedal de câmbio 1 6 16 (1,6) RODA DIANTEIRA/SUSPENSÃO/DIREÇÃO Porca da coluna de direção 1 26 74 (7,5) Porca de ajuste da coluna de direção 1 26 – Consulte a página 12-21 Parafuso de fixação da mesa do garfo 4 10 54 (5,5) Porca de montagem do suporte do guidão 1 10 59 (6,0) Porca U Porca do eixo dianteiro 1 12 49 (5,0) Porca U Parafuso Allen do garfo 2 8 20 (2,0) Aplique trava química Parafuso do disco do freio dianteiro 5 6 20 (2,0) Parafuso ALOC; substitua-o por um novo RODA TRASEIRA/FREIO/SUSPENSÃO Porca do eixo traseiro 1 12 49 (5,0) Porca U Porca da coroa de transmissão 4 8 27 (2,8) Porca U Prisioneiro da coroa de transmissão 4 8 20 (2,0) Aplique trava química Porca do braço do freio traseiro 1 6 10 (1,0) Porca U Parafuso de fixação superior do amortecedor 2 10 24 (2,4) Porca-cega de fixação inferior do amortecedor 2 10 24 (2,4) Porca da articulação do braço oscilante 1 10 39 (4,0) Parafuso do deslizador da corrente de transmissão 1 6 5,2 (0,5) FREIO HIDRÁULICO Válvula de sangria do cáliper 1 8 5,4 (0,6) Parafuso da tampa do reservatório do cilindro mestre 2 4 1,5 (0,2) Pino da pastilha 1 10 17,2 (1,8) Bujão do pino da pastilha 1 10 2,5 (0,3) Parafuso de fixação do cáliper do freio 2 8 30 (3,1) Parafuso ALOC; substitua-o por um novo Parafuso do interruptor da luz do freio dianteiro 1 4 1,2 (0,1) Parafuso de articulação da alavanca do freio 1 6 1 (0,1) Porca de articulação da alavanca do freio 1 6 5,9 (0,6) Enquanto mantém fixo o parafuso de articulação Parafuso de união da mangueira do freio 2 10 34 (3,5) Pino deslizante principal do cáliper do freio 1 8 22 (2,2) Aplique trava química Pino deslizante secundário do cáliper do freio 1 8 12,3 (1,3) Aplique trava química Parafuso do suporte do cilindro mestre 2 6 12 (1,2) CHASSI
  • 14. 21-12 SUPLEMENTO BIZ125 + (6) PONTOS DE LUBRIFICAÇÃO E VEDAÇÃO MOTOR Material Localização Observações Óleo para motor Superfície interna da camisa do cilindro Superfície externa do pistão Canaletas do pistão Superfície interna da cavidade do pino do pistão Toda a superfície dos anéis do pistão Corrente de comando Êmbolo de ajuste da corrente de comando Superfície rotativa do came do descompressor Adicione 0,5 – 1 cm3 Rosca e superfície de assentamento da contraporca do ajustador da válvula Rotor da bomba de óleo Rosca e superfície de assentamento da porca-trava do cubo da embreagem de mudança Toda a superfície dos discos de embreagem Rosca e superfície de assentamento da porca-trava do cubo da embreagem centrífuga Superfície externa do eixo dos garfos seletores Ambos os mancais e ranhura de guia dos garfos seletores no tambor seletor Área deslizante da superfície externa do eixo de mudança de marcha Rosca e superfície de assentamento da porca-flange do volante do motor Superfície de rolamento da embreagem de partida Superfície deslizante do eixo da engrenagem de redução de partida Superfície de rolamento dos rolamentos de esferas/agulhas Toda a superfície de cada anel de vedação Rolamento de agulhas do colo da biela Adicione 1 – 2 cm3 Superfície interna da cabeça da biela Superfície externa do pino do pistão Superfície deslizante e extremidade da haste das válvulas de ADM/ESC Toda a superfície dos ressaltos da árvore de comando Superfície deslizante e superfície interna do ressalto do balancim Superfície externa do eixo dos balancins Superfície externa da guia da carcaça da embreagem Toda a superfície das engrenagens M2, M3 Toda a superfície das engrenagens C1, C4 Superfícies interna e externa da bucha da engrenagem C1 Ranhuras dos garfos seletores nas engrenagens M4, C3 Superfície deslizante da engrenagem movida de partida Superfície interna do pinhão de partida Superfície interna da engrenagem motora primária (tambor da embreagem centrífuga) Graxa para uso geral Lábios do retentor de óleo do eixo de mudança de marcha Lábios do retentor de óleo da árvore secundária Lábios do retentor de óleo do eixo do pedal de partida Three Bond nº 1215 Superfície de contato da carcaça do motor esquerda Consulte a ou equivalente página 11-18 Superfície de vedação da borracha da fiação do alternador Solução de óleo de molibdênio (mistura de óleo para motor e graxa à base de bissulfeto de molibdênio em uma proporção de 1:1)
  • 15. 21-13 SUPLEMENTOBIZ125 + (6) Material Localização Observações Trava química Rosca do parafuso da tampa do filtro centrífugo de óleo Consulte a página 3-12 Rosca do parafuso da placa de fixação do rolamento da Largura do revestimento árvore primária 6,5 ± 1 mm a partir da extremidade Rosca do parafuso do excêntrico posicionador Largura do revestimento 6,5 ± 1 mm a partir da extremidade Rosca do parafuso do posicionador de marchas Largura do revestimento 6,5 ± 1 mm a partir da extremidade Rosca do parafuso de montagem da carcaça da Largura do revestimento embreagem de partida 6,5 ± 1 mm a partir da extremidade Material Localização Observações Pistas de esferas superior/inferior e esferas de aço da coluna de direção Lábios do retentor de pó da coluna de direção Graxa de uso geral Lábios do retentor de pó da roda dianteira Lábios do retentor de pó do flange da coroa de transmissão Anel de vedação do cubo da roda traseira Área deslizante da articulação do cavalete lateral Área deslizante e esfera de aço do pedal de partida Área deslizante do tubo e ranhura de guia do cabo do acelerador Área deslizante da articulação do pedal do freio Pino de ancoragem do espelho do freio Superfície deslizante do eixo e came do freio Área deslizante da trava do guidão Área deslizante da trava do assento Graxa à base de silicone Articulação da alavanca do freio a disco dianteiro Aplique 0,1 g Área de contato da alavanca do freio a disco dianteiro com o pistão do cilindro mestre Superfície deslizante do pistão do cilindro mestre do freio Aplique 0,1 g Superfície interna da coifa do pino do cáliper Superfície deslizante do pino do cáliper Lábios do retentor de pó do cáliper Fluido de freio DOT 3 ou DOT 4 Retentores do pistão do cilindro mestre do freio Superfície deslizante do pistão do cáliper Lábios do selo do pistão do cáliper Trava química Rosca do prisioneiro do flange da coroa de transmissão Rosca do parafuso allen do garfo Lubrificante para cabos Interior da capa do cabo do acelerador Fluido para suspensão Lábios do retentor de óleo do garfo Óleo para motor 4 tempos Retentor de feltro do came do freio Honda ou equivalente Óleo para transmissão Corrente de transmissão SAE nº 80 ou 90 Adesivo Honda Bond A Interior da borracha da manopla do guidão ou equivalente Superfície de contato da borracha da alça traseira Graxa de uso geral à base de uréia para extrema pressão (Exemplo: Shell Alvania EP2 ) CHASSI
  • 16. 21-14 SUPLEMENTO BIZ125 + (6) PASSAGEM DE CABOS E DA FIAÇÃO CONECTORES DA FIAÇÃO DO INTERRUPTOR DA LUZ DO FREIO DIANTEIRO RELÉ DA SINALEIRA CONECTOR 3P (VERMELHO) DO INTERRUPTOR DA SINALEIRA CABO DO AFOGADOR FIAÇÃO SECUNDÁRIA DIANTEIRA CONECTOR 3P (BRANCO) DO FAROL MANGUEIRA DO FREIO DIANTEIRO CABO DO ACELERADOR CONECTOR 3P (BRANCO) DO INTERRUPTOR DE PARTIDA CONECTOR 16P (PRETO) DO VELOCÍMETRO CONECTOR 3P (BRANCO) DO COMUTADOR DO FAROL CONECTOR 3P (PRETO) DO INTERRUPTOR DA BUZINA FIAÇÃO DO RELÉ DE PARTIDA Para os Conectores da Fiação Secundária Dianteira CONECTOR 2P (BRANCO) DA SINALEIRA DIREITA FIAÇÃO DA BUZINA FIAÇÃO PRINCIPAL REGULADOR/RETIFICADOR INTERRUPTOR DE IGNIÇÃO CONECTOR 2P (VERMELHO) DO INTERRUPTOR DE IGNIÇÃO
  • 17. 21-15 SUPLEMENTOBIZ125 + (6) FIAÇÃO DO VELOCÍMETRO CAIXA DE FUSÍVEIS CONECTOR 2P (PRETO) DA SINALEIRA ESQUERDA CONECTOR 6P (BRANCO) DA FIAÇÃO SECUNDÁRIA DIANTEIRA Para a Fiação Principal MANGUEIRA DO FREIO DIANTEIRO CONECTOR 9P (PRETO) DA FIAÇÃO SECUNDÁRIA DIANTEIRA RELÉ DE PARTIDA CABO DO MOTOR DE PARTIDA
  • 18. 21-16 SUPLEMENTO BIZ125 + (6) FIAÇÃO DO VELOCÍMETRO CABO DO ACELERADOR CABO DO AFOGADOR FIAÇÃO PRINCIPAL CONECTOR DA FIAÇÃO PRIMÁRIA DA BOBINA DE IGNIÇÃO CONECTOR 3P DO SENSOR VS MANGUEIRA DE COMBUSTÍVEL INTERRUPTOR DA LUZ DO FREIO TRASEIRO CABO DO ALTERNADOR INTERRUPTOR DE PONTO MORTO MANGUEIRA DE DRENAGEM DO CARBURADOR MANGUEIRA DE INJEÇÃO DE AR PAIR MANGUEIRA DO FREIO DIANTEIRO MANGUEIRA DE RESPIRO MANGUEIRA DE SUPRIMENTO DE AR SECUNDÁRIO PAIR FILTRO DE AR FIAÇÃO DO SENSOR VS SENSOR VS
  • 19. 21-17 SUPLEMENTOBIZ125 + (6) PROTETOR DE BORRACHA DOS CONECTORES: • CONECTOR 6P (BRANCO) DA UNIDADE DA LUZ DO FREIO/LANTERNA TRASEIRA • CONECTOR 3P (BRANCO) DO SENSOR DE NÍVEL DE COMBUSTÍVEL • CONECTOR 4P (BRANCO) DO ALTERNADOR • CONECTOR DA FIAÇÃO DO GERADOR DE PULSOS DA IGNIÇÃO MANGUEIRA DE COMBUSTÍVEL ICM FILTRO DE COMBUSTÍVEL FIAÇÃO PRINCIPAL CABO DO AFOGADOR CABO DO MOTOR DE PARTIDA MANGUEIRA DE VÁCUO PAIR CABO DA VELA DE IGNIÇÃO CONECTOR 2P (BRANCO) DO INTERRUPTOR DA LUZ DO FREIO TRASEIRO INTERRUPTOR DA LUZ DO FREIO TRASEIRO CONECTOR 3P DO SENSOR VS CABO-TERRA DA BATERIA MANGUEIRA DE RESPIRO DA CARCAÇA DO MOTOR
  • 20. 21-18 SUPLEMENTO BIZ125 + (6) TAMPA DO GUIDÃO REMOÇÃO/INSTALAÇÃODATAMPA DIANTEIRA DO GUIDÃO Remova os espelhos retrovisores (página 2-9). Remova os parafusos. Solte a tampa dianteira do guidão do cilindro mestre do freio dianteiro. Remova a tampa dianteira do guidão e então desconecte o conector 3P (branco) do farol. A instalação é efetuada na ordem inversa da remoção. REMOÇÃO/INSTALAÇÃODATAMPA TRASEIRA DO GUIDÃO Remova os seguintes componentes: · Tampa dianteira (página 2-2) · Tampa dianteira do guidão (página 21-18) Desconecte o cabo do afogador da alavanca do afogador. ALAVANCA DO AFOGADOR CABO DO AFOGADOR CONECTOR 3P (BRANCO) PARAFUSOS PARAFUSOS PARAFUSOS TAMPA DIANTEIRA DO GUIDÃO
  • 21. 21-19 SUPLEMENTOBIZ125 + (6) SUPORTE ARRUELA ONDULADA ALAVANCA DO AFOGADOR PARAFUSO/ ARRUELA PARAFUSO DO SUPORTE Remova o parafuso do suporte da alavanca do afogador. Remova o parafuso de articulação e a arruela, e então remova a alavanca do afogador, a arruela ondulada e o suporte da alavanca. Desconecte os conectores 9P (preto) e 6P (branco) do velocímetro. CONECTORES DO VELOCÍMETRO CONECTORES DO INTERRUPTOR DA LUZ DO FREIO TAMPA TRASEIRA DO GUIDÃO PARAFUSOS PARAFUSO CABO DO AFOGADOR NOTA Passe a fiação e os cabos corretamente (página 21-14). Remova os parafusos de fixação menores e o parafuso de fixação maior da tampa traseira. Desconecte os conectores da fiação do interruptor da luz do freio dianteiro. Puxe o cabo do afogador para fora pelo orifício da tampa traseira do guidão e remova a tampa traseira do guidão. A instalação é efetuada na ordem inversa da remoção.
  • 22. 21-20 SUPLEMENTO BIZ125 + (6) TABELA DE MANUTENÇÃO Obs.: 1. Para leituras superiores do hodômetro, repita nos intervalos especificados nesta tabela. 2. Efetue o serviço com mais freqüência, quando utilizar a motocicleta sob condições de muita poeira e umidade. 3. Efetue o serviço com mais freqüência, quando pilotar a motocicleta sob condições de chuva ou aceleração máxima. 4. Verifique o nível de óleo diariamente, antes de pilotar a motocicleta e adicione se necessário. 5. Substitua uma vez por ano ou a cada intervalo de quilometragem indicado na tabela, o que ocorrer primeiro. 6. Substitua o filtro de ar PAIR a cada 3 anos ou 24.000 km. A substituição requer habilidade mecânica. 7. Substitua a cada 2 anos. A substituição requer habilidade mecânica. A Honda recomenda que após efetuar cada manutenção periódica, o teste de rodagem da motocicleta seja realizado em uma concessionária autorizada Honda. Item Operações Período (nota 1) 1.000 km 4.000 km 8.000 km 12.000 km Linha de combustível Verificar Filtro de combustível Limpar Funcionamento do acelerador Verificar e ajustar Funcionamento do afogador Verificar e ajustar Filtro de ar Limpar Trocar (nota 2) Respiro do motor Limpar (nota 3) Vela de ignição Verificar Trocar Folga das válvulas Verificar e ajustar Óleo do motor Trocar (notas 4 e 5) Tela do filtro de óleo Limpar Filtro centrífugo de óleo Limpar Marcha lenta Verificar e ajustar Sistema de escapamento Verificar Sistema de suprimento de ar Verificar (nota 6) secundário Corrente de transmissão Verificar, ajustar e lubrificar a cada 1.000 km Fluido de freio Verificar o nível (nota 7) Desgaste das sapatas/ Verificar pastilhas do freio Sistema de freio Verificar Interruptor da luz do freio Verificar e ajustar Facho do farol Ajustar Sistema de embreagem Verificar Cavalete lateral Verificar Suspensão Verificar Porcas, parafusos e fixações Verificar e reapertar Rodas/Pneus Verificar Coluna de direção Verificar e ajustar Lubrificar
  • 23. 21-21 SUPLEMENTOBIZ125 + (6) FLUIDO DE FREIO ATENÇÃO ••••• Não misture tipos diferentes de fluido, pois eles podem não ser compatíveis. ••••• Não permita a penetração de materiais estranhos no sistema durante o abastecimento do reservatório. ••••• Evite derramar fluido de freio sobre peças pintadas, plásticas ou de borracha. Coloque um pano sobre essas peças sempre que efetuar a manutenção do sistema. Verifique o nível do reservatório do freio através do visor. Se o nível estiver próximo da marca inferior, verifique as pastilhas de freio quanto a desgaste (página 21-21). VISOR NÍVEL INFERIOR DESGASTE DAS SAPATAS/ PASTILHAS DE FREIO PASTILHAS DO FREIO DIANTEIRO Verifique as pastilhas do freio quanto a desgaste. Substitua as pastilhas do freio se alguma delas estiver desgastada até a ranhura do limite de desgaste. Consulte a página 21-47 quanto à substituição das pastilhas de freio. RANHURAS DE LIMITE MARCA SETA PASTILHAS SAPATASDOFREIOTRASEIRO Verifique a posição do indicador de desgaste quando o pedal do freio é aplicado. Se a seta da placa indicadora ficar alinhada com a marca “ ” no espelho de freio, inspecione o tambor do freio (página 21-39). Substitua as sapatas de freio (página 21-39) se o D.I. do tambor estiver dentro do limite de uso.
  • 24. 21-22 SUPLEMENTO BIZ125 + (6) SISTEMA DE FREIO Remova a tampa dianteira do guidão (página 21-18). Inspecione a mangueira e as conexões do freio quanto a deterioração, trincas e sinais de vazamento. Aperte as conexões, caso estejam frouxas. Substitua as mangueiras e conexões, se necessário. Aplique firmemente a alavanca do freio e certifique-se de que não tenha ocorrido penetração de ar no sistema. Se a alavanca parecer mole ou esponjosa quando acionada, efetue a sangria de ar do sistema. Consulte a página 21-45 quanto aos procedimentos de sangria do freio. CONEXÃO CONEXÃO
  • 25. 21-23 SUPLEMENTOBIZ125 + (6) LOCALIZAÇÃO DOS COMPONENTES – RODA DIANTEIRA/ SUSPENSÃO/DIREÇÃO 59 N.m (6,0 kgf.m) 54 N.m (5,5 kgf.m) 49 N.m (5,0 kgf.m)
  • 26. 21-24 SUPLEMENTO BIZ125 + (6) GUIDÃO REMOÇÃO Remova a tampa do guidão (página 21-18). Remova o parafuso e o contrapeso do guidão direito. Remova o tubo do acelerador. Remova o parafuso e o suporte superior do acelerador. CILINDRO MESTRE SUPORTE CONTRAPESO DO GUIDÃO PARAFUSO Remova do guidão o suporte inferior do acelerador e desconecte o cabo do acelerador do tubo do acelerador. CABO DO ACELERADOR TUBO DO ACELERADOR SUPORTE INFERIOR SUPORTE SUPERIORPARAFUSO PARAFUSOS TUBO DO ACELERADOR NOTA Mantenha o reservatório na vertical para evitar a entrada de ar no sistema hidráulico. Remova os parafusos, o suporte e o cilindro mestre do freio.
  • 27. 21-25 SUPLEMENTOBIZ125 + (6) Remova o parafuso e o contrapeso do guidão esquerdo. Remova a manopla esquerda do guidão. CONTRAPESO DO GUIDÃO PARAFUSO MANOPLA ESQUERDA DO GUIDÃO Remova os parafusos de montagem, as arruelas e o guidão. Limpe a superfície interna da manopla esquerda do guidão e a superfície externa do guidão esquerdo. Aplique adesivo Honda A ou equivalente no interior da manopla e às superfícies limpas do guidão esquerdo. INSTALAÇÃO Instale o guidão, as arruelas e os parafusos de montagem. Aperte os parafusos de montagem do guidão firmemente. GUIDÃO PARAFUSOS/ARRUELAS GUIDÃO GUIDÃO MANOPLA ESQUERDA DO GUIDÃO NOTA Deixe o adesivo secar por uma hora antes de usar. Aguarde 3 – 5 minutos e instale a manopla. Gire a manopla a fim de distribuir o adesivo de modo uniforme. PARAFUSOS/ARRUELAS
  • 28. 21-26 SUPLEMENTO BIZ125 + (6) Aplique graxa à superfície deslizante do tubo do acelerador e à área de contato do cabo do acelerador. Instale o tubo do acelerador no guidão. Conecte o cabo do acelerador ao tubo do acelerador. Instale o suporte inferior do acelerador alinhando o pino posicionador no suporte inferior com o orifício no guidão. Aperte os parafusos dos contrapesos do guidão firmemente. Instale ambos os contrapesos do guidão nos contrapesos internos, alinhando os recortes um do outro. TUBO DO ACELERADOR Alinhe CONTRAPESO DO GUIDÃO PARAFUSO TUBO DO ACELERADOR GRAXA CONTRAPESO DO GUIDÃO CABO DO ACELERADOR SUPORTE INFERIORAlinhe GUIDÃO
  • 29. 21-27 SUPLEMENTOBIZ125 + (6) Instale o suporte superior do acelerador encaixando-o no suporte inferior. Aperte o parafuso firmemente. SUPORTE SUPERIORPARAFUSO CILINDRO MESTRE Alinhe MARCA "UP" Instale o cilindro mestre e seu suporte com a marca “UP” voltada para cima. Alinhe a superfície de contato do cilindro mestre com a marca de punção no guidão, conforme mostrado. Instale os parafusos do suporte do cilindro mestre e aperte primeiro o parafuso superior. Em seguida, aperte o parafuso inferior no torque especificado. TORQUE: 12 N.m (1,2 kgf.m) Instale a tampa do guidão (página 21-18). Ajuste a folga livre da manopla do acelerador e verifique seu funcionamento (página 3-5). Encaixe RODA DIANTEIRA REMOÇÃO Apóie a motocicleta em seu cavalete central. Solte a porca do eixo. Levante a roda dianteira do solo usando um macaco ou outro suporte adequado debaixo do motor. PORCA/EIXO DIANTEIRO ESPAÇADORES LATERAIS LADO ESQUERDO LADO DIREITO Remova a porca do eixo, o eixo dianteiro e a roda dianteira. Remova os espaçadores dos lados direito e esquerdo. NOTA Não acione a alavanca do freio após remover a roda dianteira. Isso dificultará o encaixe do disco de freio entre as pastilhas de freio.
  • 30. 21-28 SUPLEMENTO BIZ125 + (6) INSPEÇÃO Para a inspeção do eixo, rolamento e aro da roda raiada dianteira, consulte a página 12-12. BALANCEAMENTO DE RODA • O balanceamento da roda afeta diretamente a estabilidade, o manuseio e, sobretudo, a segurança da motocicleta. Verifique sempre o balanceamento após remover o pneu do aro da roda. Remova os retentores de pó da roda. Coloque o conjunto da roda, pneu e discos de freio em um suporte de inspeção. Gire a roda, deixe-a parar e marque o ponto mais baixo (mais pesado) da roda com giz. Faça isto duas ou três vezes para verificar a área mais pesada. Quando a roda está balanceada, ela nunca pára na mesma posição. Para um balanceamento ideal, a marca de balanceamento (ponto pintado na parede lateral) deve estar localizada perto da haste da válvula. Monte novamente o pneu, se necessário. Monte o pneu com a seta orientada no sentido de rotação normal. MARCAS DE SENTIDO DE ROTAÇÃO HASTE DA VÁLVULA MARCA DE BALANCEAMENTO SUPORTE DE INSPEÇÃO
  • 31. 21-29 SUPLEMENTOBIZ125 + (6) DESMONTAGEM Remova o retentor de pó direito do lado direito da roda dianteira. RETENTOR DE PÓ Remova os parafusos do disco de freio e o disco. DISCO DE FREIO PARAFUSOS Remova o retentor de pó esquerdo do lado esquerdo da roda dianteira. RETENTOR DE PÓ Instale a cabeça do extrator de rolamento no rolamento da roda. Pelo lado oposto, instale o eixo do extrator de rolamento e remova o rolamento do cubo da roda. Remova o espaçador e retire o rolamento do outro lado. FERRAMENTAS: Cabeça do extrator de rolamento, 12 mm 07746-0050300 Eixo do extrator de rolamento 07746-0050100 EIXO DO EXTRATOR CABEÇA DO EXTRATOR
  • 32. 21-30 SUPLEMENTO BIZ125 + (6) Preencha todas as cavidades do rolamento com graxa. ACESSÓRIO/GUIA MONTAGEM Instale um novo rolamento esquerdo da roda em esquadro, até assentar completamente. FERRAMENTAS: Instalador 07749-0010000 Acessório, 37 x 40 mm 07746-0010200 Guia, 12 mm 07746-0040200 Instale o espaçador. Usando as mesmas ferramentas, instale um novo rolamento direito da roda em esquadro, até assentar no espaçador. NOTA Nunca instale um rolamento usado.Caso o rolamento tenha sido removido, ele deverá ser substituído por um novo. ROLAMENTO ESQUERDO DA RODA (6301 UU) ESPAÇADOR RETENTOR DE PÓ DIREITO ROLAMENTO DIREITO DA RODA (6301 UU) GRAXA GRAXA GRAXANOVO NOVO NOVO GRAXA INSTALADOR ROLAMENTO DE RODA ESPAÇADOR DO LADO DIREITO RETENTOR DE PÓ ESQUERDO GRAXANOVO DISCO DE FREIO 20 N.m (2,0 kgf.m)NOVO ESPAÇADOR DO LADO ESQUERDO NOVO Instale e aperte os novos parafusos do disco de freio em ordem cruzada, em 2 ou 3 etapas. TORQUE: 20 N.m (2,0 kgf.m) NOTA Não contamine o disco de freio com graxa. Caso contrário, a eficiência da frenagem será prejudicada. DISCO DE FREIO NOVO PARAFUSOS
  • 33. 21-31 SUPLEMENTOBIZ125 + (6) INSTALAÇÃO Instale os espaçadores do lado direito e esquerdo. Aplique graxa aos lábios do novo retentor de pó esquerdo. Instale o novo retentor de pó no cubo esquerdo da roda. RETENTOR DE PÓNOVO GRAXA ESPAÇADORES LATERAIS Aplique graxa aos lábios do novo retentor de pó direito. Instale o novo retentor de pó no cubo direito da roda. RETENTOR DE PÓ NOVO GRAXA LADO DIREITO Instale a roda dianteira entre as pernas do garfo. Aplique uma leve camada de graxa à superfície do eixo dianteiro. Instale o eixo dianteiro pelo lado esquerdo. EIXO DIANTEIROGRAXA NOTA Tome cuidado para não danificar as pastilhas de freio. LADO ESQUERDO
  • 34. 21-32 SUPLEMENTO BIZ125 + (6) Aperte a porca do eixo no torque especificado. TORQUE: 49 N.m (5,0 kgf.m) EIXO DIANTEIRO/PORCA
  • 35. 21-33 SUPLEMENTOBIZ125 + (6) LOCALIZAÇÃO DOS COMPONENTES – RODA TRASEIRA/FREIO/ SUSPENSÃO 24 N.m (2,4 kgf.m) 24 N.m (2,4 kgf.m) 24 N.m (2,4 kgf.m) 24 N.m (2,4 kgf.m) 49 N.m (5,0 kgf.m) 39 N.m (4,0 kgf.m)
  • 36. 21-34 SUPLEMENTO BIZ125 + (6) RODA TRASEIRA REMOÇÃO Desaperte a porca do eixo. Apóie a motocicleta sobre seu cavalete central. Remova a porca de ajuste do freio, a mola e a junção. Remova a cupilha, a porca, a arruela, a borracha amortecedora e o parafuso. Desaperte ambas as contraporcas e porcas de ajuste da corrente de transmissão. Empurre a roda traseira para a frente e desencaixe a corrente de transmissão da coroa. Remova a porca do eixo. Remova o eixo pelo lado esquerdo do braço oscilante. Remova a roda traseira e o espaçador do lado direito. Remova o conjunto do espelho do freio do cubo direito da roda. Remova o espaçador lateral do flange da coroa. EIXO CORRENTE DE TRANSMISSÃO CONTRAPORCAPORCA DE AJUSTE PORCA DO EIXOESPAÇADOR MOLA CUPILHA/PORCA/ARRUELA/ BORRACHA/PARAFUSO PORCA DE AJUSTE JUNÇÃO ESPAÇADOR LATERAL CONJUNTO DO ESPELHO DO FREIO
  • 37. 21-35 SUPLEMENTOBIZ125 + (6) DESMONTAGEM Remova o retentor de pó. Desaperte as porcas da coroa de transmissão. Remova o flange da coroa do cubo esquerdo da roda. Em seguida, retire as porcas da coroa e a coroa de transmissão do flange da coroa. Remova as borrachas amortecedoras e o anel de vedação. REMOÇÃO DO ROLAMENTO DA RODA Instale a cabeça do extrator de rolamento no rolamento. Pelo lado oposto, instale o eixo do extrator e remova o rolamento do cubo da roda. Remova o espaçador e retire o rolamento do outro lado utilizando as ferramentas especiais. FERRAMENTAS: Cabeça do extrator de rolamento, 12 mm 07746-0050300 Eixo do extrator de rolamento 07746-0050100 ANEL DE VEDAÇÃO BORRACHA AMORTECEDORA PORCAS COROA DE TRANSMISSÃO FLANGE DA COROA RETENTOR DE PÓ EIXO DO EXTRATOR CABEÇA DO EXTRATOR INSPEÇÃO Para a inspeção do eixo, aro, rolamentos da roda/flange da coroa e coroa de transmissão da roda raiada traseira, consulte a página 13-7. BALANCEAMENTO DE RODA Para o procedimento de balanceamento da roda dianteira (tipo roda de liga leve), consulte a página 21-28.
  • 38. 21-36 SUPLEMENTO BIZ125 + (6) REMOÇÃO DO ROLAMENTO DO FLANGE DA COROA Remova o espaçador do flange da coroa. Utilizando as ferramentas especiais, remova o rolamento do flange da coroa. ROLAMENTO Utilizando as ferramentas especiais, instale o novo rolamento em esquadro, até assentar completamente. FERRAMENTAS: Instalador 07749-0010000 Acessório, 37 x 40 mm 07746-0010200 Guia, 12 mm 07746-0040200 Instale o espaçador. Usando as mesmas ferramentas, instale o rolamento esquerdo da roda em esquadro com seu lado de vedação voltado para fora, até assentar completamente sobre o espaçador. MONTAGEM Preencha todas as cavidades dos rolamentos com graxa. NOTA Nunca instale um rolamento usado.Caso o rolamento tenha sido removido, ele deverá ser substituído por um novo. NOVO GRAXA NOVO GRAXA ROLAMENTO DIREITO DA RODA (6301 UU) ANEL DE VEDAÇÃO BORRACHAS AMORTECEDORAS ROLAMENTO DO FLANGE DA COROA (6203 U) NOVO GRAXA COROA DE TRANSMISSÃO (34D) PORCAS 27 N.m (2,8 kgf.m) RETENTOR DE PÓ NOVO GRAXA FLANGE DA COROA ESPAÇADOR DO FLANGE DA COROA ROLAMENTO ESQUERDO DA RODA (6301 U) ESPAÇADOR NOVO GRAXA INSTALADOR GRAXA ROLAMENTO DA RODA ACESSÓRIO/GUIA FLANGE DA COROA ESPAÇADOR NOVO
  • 39. 21-37 SUPLEMENTOBIZ125 + (6) INSTALAÇÃO DO ROLAMENTO DO FLANGE DA COROA Preencha todas as cavidades do rolamento com graxa. Utilizando as ferramentas especiais, instale o novo rolamento do flange da coroa em esquadro com seu lado de vedação voltado para fora, até assentar completamente. FERRAMENTAS: Instalador 07749-0010000 Acessório, 37 x 40 mm 07746-0010200 Guia, 17 mm 07746-0040400 ANEL DE VEDAÇÃO PORCAS Verifique as borrachas amortecedoras quanto à deterioração ou danos. Substitua-as, se necessário. Instale as borrachas amortecedoras no cubo esquerdo da roda. Aplique graxa ao novo anel de vedação e instale-o na ranhura do cubo da roda. Instale o espaçador do flange da coroa pelo lado interno do flange. Instale o flange da coroa no cubo esquerdo da roda. Caso tenham sido removidos, aplique trava química à rosca dos prisioneiros do flange da coroa. Aperte os prisioneiros do flange da coroa no torque especificado. TORQUE: 20 N.m (2,0 kgf.m) Instale a coroa de transmissão e aperte as porcas no torque especificado. TORQUE: 27 N.m (2,8 kgf.m) Aplique graxa aos lábios do novo retentor de pó. Instale o novo retentor de pó no flange da coroa. INSTALADOR ACESSÓRIO/GUIAROLAMENTO DO FLANGE DA COROA FLANGE DA COROA ESPAÇADOR BORRACHA AMORTECEDORA GRAXA GRAXA COROA DE TRANSMISSÃO PRISIONEIRO FLANGE DA COROA NOVO RETENTOR DE PÓ NOVO TRAVAGRAXA NOVO
  • 40. 21-38 SUPLEMENTO BIZ125 + (6) INSTALAÇÃO Instale o espaçador lateral no flange da coroa. Posicione a roda traseira com o espaçador do lado direito no braço oscilante. Instale a corrente na coroa de transmissão. Instale o ajustador esquerdo da corrente no eixo traseiro e insira o eixo através do braço oscilante e da roda pelo lado esquerdo. Instale o ajustador direito da corrente e a porca do eixo. Conecte o limitador do braço ao espelho do freio com o parafuso do limitador, a borracha amortecedora e a arruela. Aperte a porca do limitador do braço firmemente e instale uma nova cupilha. Ajuste a folga da corrente de transmissão (página 3-15) e aperte a porca do eixo. TORQUE: 49 N.m (5,0 kgf.m) Ajuste a folga livre do pedal do freio (página 3-18). ESPAÇADOR LATERAL CONJUNTO DO ESPELHO DO FREIO AJUSTADOR DA CORRENTE/EIXO PORCA/ARRUELA/ BORRACHA/PARAFUSO PORCA DO EIXO NOTA Não contamine o tambor do freio com graxa. Caso contrário, a eficiência da frenagem será prejudicada. Instale o conjunto do espelho do freio no cubo da roda. NOVA CORRENTE CONTRAPORCAPORCA DE AJUSTE ESPAÇADOR MOLACUPILHA PORCA DE AJUSTE JUNÇÃO
  • 41. 21-39 SUPLEMENTOBIZ125 + (6) FREIO TRASEIRO INSPEÇÃO Remova a roda traseira (página 21-34). Meça o D.I. do tambor do freio traseiro. Remova a porca, o parafuso e o braço do freio. Remova a placa indicadora. BRAÇO DO FREIO RETENTOR DE FELTRO Remova o came do freio e o retentor de feltro do espelho do freio. DESMONTAGEM Remova as sapatas de freio e as molas. NOTA • Sempre substitua as sapatas de freio como um conjunto. • Quando as sapatas de freio forem reutilizadas, marque todas as peças antes da desmontagem de modo a permitir a instalação em suas posições originais. Limite de Uso 111,0 mm MOLAS SAPATAS DE FREIO PORCA PLACA INDICADORA PARAFUSO CAME DO FREIO
  • 42. 21-40 SUPLEMENTO BIZ125 + (6) Aplique graxa ao pino de ancoragem e ao came do freio. Instale o came no espelho do freio. Aplique óleo para motor no retentor de feltro e instale-o no espelho do freio. Instale a placa indicadora no came do freio, alinhando seu dente mais largo com a ranhura larga no came do freio. MONTAGEM ÓLEO GRAXA GRAXA CAME DO FREIOPINO DE ANCORAGEM PLACA INDICADORA Alinhe RETENTOR DE FELTRO GRAXA GRAXA PARAFUSO DO BRAÇO DO FREIO RETENTOR DE FELTRO CAME DO FREIO MOLAS SAPATAS DE FREIO ESPELHO DO FREIO PLACA INDICADORA PORCA 10 N.m (1,0 kgf.m) ÓLEO
  • 43. 21-41 SUPLEMENTOBIZ125 + (6) Instale o braço do freio alinhando as marcas de punção do braço e do came do freio. Instale o parafuso do braço do freio e aperte a porca no torque especificado. TORQUE: 10 N.m (1,0 kgf.m) NOTA Se as sapatas de freio forem reutilizadas, as sapatas e as molas deverão ser instaladas novamente em suas posições originais. Instale as sapatas e as molas do freio. Instale o espelho do freio no cubo da roda (página 21-38). Instale a roda traseira (página 21-38). PORCA Alinhe BRAÇO DO FREIOPARAFUSO MOLAS SAPATAS DE FREIO
  • 44. 21-42 SUPLEMENTO BIZ125 + (6) LOCALIZAÇÃO DOS COMPONENTES – FREIO HIDRÁULICO 34 N.m (3,5 kgf.m) 12 N.m (1,2 kgf.m) 34 N.m (3,5 kgf.m) 30 N.m (3,1 kgf.m)
  • 45. 21-43 SUPLEMENTOBIZ125 + (6) INFORMAÇÕES DE SERVIÇO – FREIO HIDRÁULICO INSTRUÇÕESGERAIS A inalação freqüente da poeira das pastilhas de freio, independente da composição do material, pode ser prejudicial à saúde. ••••• Evite inalar partículas de poeira. ••••• Nunca use uma mangueira de ar comprimido ou escova para limpar os conjuntos de freio. Use um aspirador de pó aprovado para essa finalidade. ••••• Discos ou pastilhas de freio contaminados reduzem a força de frenagem. Descarte as pastilhas contaminadas e limpe o disco com desengraxante de freio de alta qualidade. ••••• Sempre verifique o funcionamento do freio antes de pilotar a motocicleta. CUIDADO! ATENÇÃO ••••• Evite derramar fluido de freio sobre peças plásticas, pintadas ou de borracha. Caso contrário, elas serão severamente danificadas. Coloque um pano sobre essas peças sempre que efetuar serviços no sistema hidráulico. ••••• Sempre tome cuidado durante a remoção da tampa do reservatório. Certifique-se primeiro de que o reservatório esteja em posição horizontal. • Não permita a entrada de contaminantes (sujeira, água, etc.) no sistema hidráulico durante o abastecimento do reservatório. • Quando abastecer o sistema, utilize somente fluido de freio DOT 3 ou DOT 4 novo retirado de uma embalagem selada. Não misture tipos diferentes de fluido, eles não são compatíveis. • Efetue a sangria de ar do sistema hidráulico caso ele tenha sido desmontado ou o freio pareça esponjoso. • Verifique o sistema de freio acionando a alavanca do freio após efetuar a sangria de ar. • Sempre substitua as pastilhas de freio em pares para assegurar uma pressão uniforme sobre o disco. FERRAMENTAS Alicate para anel elástico 07914-SA50001
  • 46. 21-44 SUPLEMENTO BIZ125 + (6) DIAGNOSE DE DEFEITOS – FREIO HIDRÁULICO Alavanca do freio muito macia ou esponjosa • Ar no sistema hidráulico • Vazamento no sistema hidráulico • Pastilha/disco de freio contaminado • Selo do pistão do cáliper desgastado • Retentores do pistão do cilindro mestre desgastados • Pastilha/disco de freio desgastado • Cáliper contaminado • Cilindro mestre contaminado • O cáliper não desliza corretamente • Nível de fluido de freio baixo • Passagem de fluido obstruída • Disco de freio empenado/deformado • Pistão do cáliper engripado/desgastado • Pistão do cilindro mestre engripado/desgastado • Alavanca do freio empenada Alavanca do freio muito dura • Sistema hidráulico obstruído/restrito • Pistão do cáliper engripado/desgastado • O cáliper não desliza corretamente • Selo do pistão do cáliper desgastado • Pistão do cilindro mestre engripado/desgastado • Alavanca do freio empenada Arrasto do freio • Pastilha/disco de freio contaminado • Desalinhamento da roda • Pastilha/disco de freio severamente desgastado • Disco de freio empenado/deformado • O cáliper não desliza corretamente • Passagem de fluido obstruída/restrita • Pistão do cáliper engripado
  • 47. 21-45 SUPLEMENTOBIZ125 + (6) SUBSTITUIÇÃO DO FLUIDO DE FREIO/SANGRIA DE AR DRENAGEM DO FLUIDO DE FREIO ATENÇÃO ••••• Evite derramar fluido de freio sobre peças plásticas, pintadas ou de borracha. Coloque um pano sobre essas peças sempre que efetuar serviços no sistema. ••••• Sempre tome cuidado durante a remoção da tampa do reservatório. Certifique-se primeiro de que o reservatório esteja em posição horizontal. Antes de remover a tampa do reservatório, gire o guidão até que o reservatório fique paralelo ao solo. Remova os parafusos, a tampa do reservatório, a placa de fixação do diafragma e o diafragma. Conecte uma mangueira de sangria à válvula de sangria do cáliper. Desaperte a válvula de sangria do cáliper e bombeie a alavanca do freio até que o fluido deixe de fluir pela válvula de sangria. ABASTECIMENTO DE FLUIDO DE FREIO/ SANGRIA DE AR Remova a tampa dianteira do guidão (página 21-18). Abasteça o reservatório do cilindro mestre com fluido de freio DOT3 ou DOT 4 retirado de uma embalagem selada. Conecte um sistema de reabastecimento automático ao reservatório. Caso não utilize um sistema de reabastecimento automático, adicione fluido de freio sempre que o nível do fluido no reservatório estiver baixo. NOTA • Verifique o nível de fluido durante a sangria dos freios para evitar a penetração de ar no sistema hidráulico. • Caso utilize um dispositivo de sangria de freios, siga as instruções do fabricante do equipamento. • Caso ocorra penetração de ar através da rosca da válvula de sangria, vede a rosca com fita de teflon. Conecte um dispositivo de sangria de freios disponível comercialmente à válvula de sangria. Bombeie o dispositivo de sangria e desaperte a válvula de sangria. Efetue o procedimento de sangria até que todo o fluido do sistema tenha sido renovado/sangrado. Feche a válvula de sangria e acione a alavanca do freio. Caso ela esteja esponjosa, efetue novamente a sangria do sistema. Após finalizar totalmente a sangria do sistema, aperte a válvula de sangria no torque especificado. TORQUE: 5,4 N.m (0,6 kgf.m) PARAFUSOS TAMPA DO RESERVATÓRIO PLACA DE FIXAÇÃO DIAFRAGMA MANGUEIRA DE SANGRIA VÁLVULA DE SANGRIA DISPOSITIVO DE SANGRIA VÁLVULA DE SANGRIA NOTA Não misture tipos diferentes de fluido de freio, eles não são compatíveis.
  • 48. 21-46 SUPLEMENTO BIZ125 + (6) Caso não haja um dispositivo de sangria disponível, efetue o seguinte procedimento. Bombeie o sistema de freio através da alavanca do freio até sentir resistência na alavanca. Conecte uma mangueira de sangria na válvula de sangria e efetue a sangria do sistema através do seguinte procedimento: 1. Mantenha a alavanca do freio completamente pressionada e desaperte a válvula de sangria 1/2 volta. Aguarde alguns segundos e, em seguida, feche-a. 2. Libere a alavanca do freio lentamente e aguarde alguns segundos após ela atingir seu fim de curso. 3. Efetue novamente as etapas 1 e 2 até que não haja mais bolhas de ar no fluido da mangueira de sangria. Após finalizar a sangria do sistema, aperte a válvula de sangria. TORQUE: 5,4 N.m (0,6 kgf.m) Instale o diafragma, sua placa de fixação e a tampa do reservatório com os parafusos e aperte-os no torque especificado. TORQUE: 1,5 N.m (0,2 kgf.m) NOTA Não libere a alavanca do freio até fechar a válvula de sangria. Abasteça o reservatório com fluido de freio DOT 3 ou DOT 4 retirado de uma embalagem selada até atingir a marca de nível máximo. ALAVANCA DO FREIO MANGUEIRA DE SANGRIA VÁLVULA DE SANGRIA NÍVEL MÁXIMO PARAFUSOS TAMPA DO RESERVATÓRIO PLACA DE FIXAÇÃO DIAFRAGMA NOTA Não misture tipos diferentes de fluido, eles não são compatíveis.
  • 49. 21-47 SUPLEMENTOBIZ125 + (6) PASTILHA/DISCO DE FREIO SUBSTITUIÇÃO DAS PASTILHAS DE FREIO Instale o pino das pastilhas, empurrando as pastilhas contra a mola a fim de alinhar os orifícios dos pinos nas pastilhas e no cáliper. Aperte o pino da pastilha no torque especificado. TORQUE: 17,2 N.m (1,8 kgf.m) Remova o pino da pastilha e as pastilhas de freio. Certifique-se de que a mola das pastilhas esteja instalada corretamente. Instale as pastilhas novas no cáliper de modo que as suas extremidades fiquem corretamente alojadas dentro do retentor das pastilhas no suporte. Remova o bujão do pino da pastilha e solte o pino. Pressione os pistões do cáliper totalmente para dentro, empurrando o corpo do cáliper para dentro, a fim de permitir a instalação das novas pastilhas de freio. NOTA Verifique o nível de fluido de freio no reservatório do cilindro, pois esta operação faz o nível subir. CORPO DO CÁLIPER PINO DA PASTILHA BUJÃO DO PINO DA PASTILHA PINO DA PASTILHA PASTILHAS DE FREIONOVA
  • 50. 21-48 SUPLEMENTO BIZ125 + (6) Instale o bujão do pino da pastilha e aperte-o no torque especificado. TORQUE: 2,5 N.m (0,3 kgf.m) Acione a alavanca do freio a fim de assentar os pistões do cáliper contra as pastilhas. BUJÃO DO PINO DA PASTILHA INSPEÇÃO DO DISCO DE FREIO Inspecione visualmente o disco de freio quanto a danos ou trincas. Meça a espessura do disco de freio em diversos pontos. Caso o empenamento exceda o limite de uso, verifique os rolamentos da roda quanto à folga excessiva. Substitua o disco de freio caso os rolamentos da roda estejam normais. Substitua o disco de freio caso a menor medida seja inferior ao limite de uso. Limite de Uso 3,5 mm Verifique o disco de freio quanto a empenamento. Limite de Uso 0,10 mm CILINDRO MESTRE REMOÇÃO Drene o fluido de freio do sistema hidráulico (página 21-45). ATENÇÃO ••••• Evite derramar fluido de freio sobre peças plásticas, pintadas ou de borracha. Coloque um pano sobre essas peças sempre que efetuar serviços no sistema. ••••• Sempre tome cuidado durante a remoção da tampa do reservatório. Certifique-se primeiro de que o reservatório esteja em posição horizontal. Remova a tampa do guidão (página 21-18). Desconecte a mangueira do freio, removendo o parafuso de conexão da mangueira e as arruelas de vedação. Remova o suporte do cilindro mestre e o cilindro mestre (página 21-24). MANGUEIRA DO FREIO CILINDRO MESTRE PARAFUSO DE CONEXÃO ARRUELAS DE VEDAÇÃO
  • 51. 21-49 SUPLEMENTOBIZ125 + (6) Remova o protetor de borracha do pistão do cilindro mestre. Remova o anel elástico utilizando a ferramenta especial. FERRAMENTA: Alicate para anel elástico 07914-SA50001 PARAFUSO PROTETOR DE BORRACHA PISTÃO DO CILINDRO MESTRE ANEL ELÁSTICO DESMONTAGEM Remova o parafuso e o interruptor da luz de freio. INTERRUPTOR DA LUZ DE FREIO Remova a porca de articulação da alavanca do freio, o parafuso e a alavanca do freio. ALAVANCA DO FREIO PORCA ALICATE PARA ANEL ELÁSTICO PARAFUSO
  • 52. 21-50 SUPLEMENTO BIZ125 + (6) Remova o pistão do cilindro mestre e a mola. Limpe o cilindro mestre, o reservatório e o pistão do cilindro mestre com fluido de freio limpo. PISTÃO DO CILINDRO MESTRE MOLA INSPEÇÃO Verifique o pistão do cilindro mestre quanto a riscos, arranhões ou danos. Verifique os retentores do pistão quanto a desgaste, deterioração ou danos. Verifique o cilindro mestre quanto a riscos, arranhões ou danos. Meça o D.I. do cilindro mestre. Meça o D.E. do pistão do cilindro mestre. Limite de Uso 12,755 mm Limite de Uso 12,645 mm PISTÃO DO CILINDRO MESTRE CILINDRO MESTRE RETENTORES DO PISTÃO
  • 53. 21-51 SUPLEMENTOBIZ125 + (6) FREIO FREIO MONTAGEM ANEL ELÁSTICO PISTÃO DO CILINDRO MESTRE Cubra o pistão do cilindro mestre e os retentores do pistão com fluido de freio DOT 3 ou DOT 4. Instale a mola na extremidade do pistão com seu lado cônico voltado para o pistão. Utilizando a ferramenta especial, instale o anel elástico na ranhura do cilindro mestre. FERRAMENTA: Alicate para anel elástico 07914-SA50001 PISTÃO DO CILINDRO MESTREMOLA RETENTORES DO PISTÃO ANEL ELÁSTICO MOLA FREIO RETENTORES DO PISTÃO CILINDRO MESTRE 1,5 N.m (0,2 kgf.m) TAMPA DO RESERVATÓRIO PLACA DE FIXAÇÃO DIAFRAGMA INTERRUPTOR DA LUZ DE FREIO 1,2 N.m (0,1 kgf.m) PORCA DE ARTICULAÇÃO 5,9 N.m (0,6 kgf.m) ALAVANCA DO FREIO PARAFUSO DE ARTICULAÇÃO 1,0 N.m (0,1 kgf.m) PROTETOR DE BORRACHA NOVO FREIO Instale a mola e o pistão do cilindro mestre no cilindro mestre. NOTA Substitua o pistão, os retentores, a mola, o anel elástico e o protetor de borracha como um conjunto. Não substitua peças individuais. NOTA Ao instalar os retentores do pistão, não deixe que seus lábios virem ao contrário. NOTA Certifique-se de que o anel elástico esteja firmemente assentado na ranhura. ALICATE PARA ANEL ELÁSTICO
  • 54. 21-52 SUPLEMENTO BIZ125 + (6) Aplique graxa à base de silicone no interior do novo protetor de borracha. Instale o protetor de borracha no pistão do cilindro mestre. Aplique graxa à base de silicone na área de contato da alavanca do freio com o pistão do cilindro mestre. Instale o interruptor da luz de freio no cilindro mestre, alinhando o ressalto no interruptor com o orifício no cilindro mestre. Instale o parafuso do interruptor da luz de freio e aperte-o. TORQUE: 1,2 N.m (0,1 kgf.m) PROTETOR DE BORRACHA PISTÃO DO CILINDRO MESTRE Alinhe INTERRUPTOR DA LUZ DE FREIO PARAFUSO Aplique graxa à base de silicone na superfície de rotação do parafuso de articulação da alavanca do freio. Instale a alavanca do freio no cilindro mestre. Instale o parafuso de articulação e aperte-o. TORQUE: 1 N.m (0,1 kgf.m) Instale a porca de articulação e aperte-a. TORQUE: 5,9 N.m (0,6 kgf.m) PARAFUSOALAVANCA DO FREIO PORCA INTERRUPTOR DA LUZ DE FREIO
  • 55. 21-53 SUPLEMENTOBIZ125 + (6) INSTALAÇÃO Instale o cilindro mestre e seu suporte (página 21-27). Conecte a mangueira do freio ao cilindro mestre com o parafuso de conexão e as novas arruelas de vedação. Instale a conexão da mangueira do freio com o parafuso de conexão e as arruelas de vedação. Empurre a conexão contra o batente e, em seguida, aperte o parafuso de conexão no torque especificado. TORQUE: 34 N.m (3,5 kgf.m) Abasteça o cilindro mestre com o fluido de freio recomendado e efetue a sangria de ar do sistema hidráulico (página 21-45). Instale a tampa do guidão (página 21-18). CILINDRO MESTRE PARAFUSO DE CONEXÃO MANGUEIRA DO FREIO NOVA ARRUELAS DE VEDAÇÃO CÁLIPER DO FREIO REMOÇÃO Drene o fluido de freio do sistema hidráulico (página 21-45). ATENÇÃO ••••• Evite derramar fluido de freio sobre peças plásticas, pintadas ou de borracha. Coloque um pano sobre essas peças sempre que efetuar serviços no sistema. ••••• Sempre tome cuidado durante a remoção da tampa do reservatório. Certifique-se primeiro de que o reservatório esteja em posição horizontal. Remova as pastilhas de freio (página 21-47). Desconecte a mangueira de freio do cáliper, removendo o parafuso de conexão e as arruelas de vedação. Remova os dois parafusos de fixação e o cáliper do freio. DESMONTAGEM MANGUEIRA DO FREIOPARAFUSOS DE FIXAÇÃO PARAFUSO DE CONEXÃO ARRUELAS DE VEDAÇÃO CÁLIPER DO FREIO Posicione o corpo do cáliper com os pistões voltados para baixo e aplique jatos curtos de ar comprimido nas entradas de fluido do cáliper para remover os pistões. NOTA Não remova os pinos deslizantes principal e secundário do cáliper do freio exceto para substituí-los. Remova o suporte do cáliper do corpo do cáliper. Remova o protetor de borracha do pino do cáliper e o retentor da pastilha do suporte do cáliper. Remova a mola da pastilha e o protetor de borracha do pino do suporte do corpo do cáliper. Coloque um pano limpo sobre os pistões. PROTETOR DO PINO DO CÁLIPER PROTETOR DO PINO DO SUPORTE RETENTOR SUPORTE DO CÁLIPER MOLA DA PASTILHA NOTA Não utilize ar sob alta pressão nem coloque o bico de ar comprimido muito próximo da entrada de fluido.
  • 56. 21-54 SUPLEMENTO BIZ125 + (6) INSPEÇÃO Verifique o cilindro do cáliper quanto a riscos, arranhões ou danos. Meça o D.I. do cilindro do cáliper. Verifique o pistão do cáliper quanto a riscos, arranhões ou danos. Meça o D.E. do pistão do cáliper. Empurre os retentores de pó e os selos do pistão para dentro e remova-os. Limpe as ranhuras do selo e do retentor de pó, cilindros do cáliper e pistões com fluido de freio limpo. ATENÇÃO Tome cuidado para não danificar a superfície deslizante do pistão. Limite de Uso 27,060 mm Limite de Uso 26,91 mm SELOS DO PISTÃO RETENTORES DE PÓ
  • 57. 21-55 SUPLEMENTOBIZ125 + (6) NOVO MONTAGEM Cubra os novos selos de pistão com fluido de freio limpo. Cubra os novos retentores de pó com graxa à base de silicone. Instale o selo do pistão e o retentor de pó nas ranhuras do cilindro do cáliper. Cubra os pistões do cáliper com fluido de freio limpo e instale- os nos cilindros do cáliper com a abertura voltada para a pastilha. Instale a mola da pastilha no corpo do cáliper. Aplique graxa à base de silicone no interior dos novos protetores de borracha dos pinos e instale-os no corpo e no suporte do cáliper. Aplique graxa à base de silicone no cáliper e pinos do suporte. Instale o suporte do cáliper no corpo do cáliper. MOLA DA PASTILHA PROTETOR DE BORRACHA DO PINO DO CÁLIPER RETENTORES DE PÓ SELOS DO PISTÃO PISTÕES DO CÁLIPER NOVO NOVO NOVO BUJÃO DO PINO DA PASTILHA 2,5 N.m (0,3 kgf.m) PROTETOR DE BORRACHA DO PINO DO SUPORTE SUPORTE DO CÁLIPER CORPO DO CÁLIPER PASTILHAS DE FREIO PISTÃO DO CÁLIPER RETENTOR DE PÓ SELO DO PISTÃO MOLA DA PASTILHA NOVO PROTETOR DE BORRACHA DO PINO DO CÁLIPER PINO DA PASTILHA 17,2 N.m (1,8 kgf.m) RETENTOR PROTETOR DE BORRACHA DO PINO DO SUPORTE RETENTOR SUPORTE DO CÁLIPER NOVO NOVO FREIO FREIO FREIO FREIO NOVO
  • 58. 21-56 SUPLEMENTO BIZ125 + (6) NOVO NOVA INSTALAÇÃO Instale o cáliper do freio no garfo esquerdo. Instale os novos parafusos de fixação e aperte-os no torque especificado. TORQUE: 30 N.m (3,1 kgf.m) Instale a conexão da mangueira do freio no corpo do cáliper com o parafuso de conexão e as novas arruelas de vedação. Empurre a conexão da mangueira contra o corpo do cáliper e aperte o parafuso de conexão no torque especificado. TORQUE: 34 N.m (3,5 kgf.m) Instale as pastilhas de freio (página 21-47). Abasteça o reservatório com o fluido de freio especificado e efetue a sangria do sistema hidráulico (página 21-45). MANGUEIRA DO FREIO PARAFUSOS DE FIXAÇÃO PARAFUSO DE CONEXÃO ARRUELAS DE VEDAÇÃO CÁLIPER DO FREIO
  • 59. 21-57 SUPLEMENTOBIZ125 + (6) LOCALIZAÇÃO DOS COMPONENTES – LUZES/INSTRUMENTOS/ INTERRUPTORES BUZINA LÂMPADA DA SINALEIRA DIANTEIRA DIREITA INTERRUPTOR DE IGNIÇÃO CONECTOR DO INTERRUPTOR DE PARTIDA LÂMPADA DO FAROL RELÉ DA SINALEIRA CONECTORES DO INTERRUPTOR ESQUERDO DO GUIDÃO LÂMPADA DA SINALEIRA TRASEIRA DIREITA LÂMPADA DA LUZ DE FREIO/LANTERNA TRASEIRA SENSOR DE NÍVEL DE COMBUSTÍVEL INTERRUPTOR DA LUZ DO FREIO TRASEIRO INTERRUPTOR DE PONTO MORTO CONECTOR DO VELOCÍMETRO INTERRUPTOR DA LUZ DO FREIO DIANTEIRO CAIXA DE FUSÍVEIS (10 A, 5 A) LÂMPADA DA SINALEIRA DIANTEIRA ESQUERDA SENSOR VS LÂMPADA DA SINALEIRA TRASEIRA ESQUERDA INFORMAÇÕES DE SERVIÇO – LUZES/INSTRUMENTOS/ INTERRUPTORES FERRAMENTAS Adaptador de inspeção 07GMJ-ML80100
  • 60. 21-58 SUPLEMENTO BIZ125 + (6) DIAGNOSE DE DEFEITOS – LUZES/INSTRUMENTOS/INTERRUPTORES SENSORVS/VELOCÍMETRO O hodômetro funciona normalmente, mas o velocímetro não funciona. Velocímetro defeituoso O velocímetro funciona normalmente, mas o hodômetro não funciona. Hodômetro defeituoso O funcionamento do velocímetro não está normal. • Verifique o funcionamento dos indicadores e das luzes de iluminação do velocímetro antes de iniciar a diagnose de defeitos. Inspecione a linha de entrada de alimentação e/ou linha do terra do velocímetro, se o funcionamento dos indicadores e das luzes de iluminação do velocímetro não estiver normal. 1. Inspeção do fusível Verifique o fusível principal (15 A) ou secundário (10 A) quanto à queima. O fusível está queimado? SIM – Substitua o fusível. NÃO – Vá para a etapa 2. 2. Inspeção da bateria Certifique-se de que a bateria esteja totalmente carregada e em boas condições. A bateria está em boas condições? NÃO – Substitua a bateria. SIM – Vá para a etapa 3. 3. Inspeção da voltagem de entrada de alimentação do sensor VS (Lado do sensorVS) Verifique se o conector 3P do sensor VS está solto ou com contato inadequado. Conecte o adaptador de inspeção (ferramenta nº 07GMJ-ML80100) ao conector 3P do sensor VS. Com o interruptor de ignição ligado, meça a voltagem no adaptador de inspeção. CONEXÃO: GarraVerde (+) – Garra Branca (–) PADRÃO: Aprox. 5 V É indicado aprox. 5 V? NÃO – Vá para a etapa 5. SIM – Vá para a etapa 4. 4. Inspeção do sinal do sensor VS Apóie a motocicleta no cavalete central para levantar a roda traseira do solo. Meça a voltagem de saída (sinal do sensor) no adaptador de inspeção com o interruptor de ignição ligado, enquanto gira lentamente a roda traseira com a mão. CONEXÃO: GarraVermelha (+) – Garra Branca (–) PADRÃO: Pulsos de voltagem de 0 a 5 V A voltagem está conforme especificado? NÃO – • Sensor VS defeituoso • Parafuso de fixação do sensor VS solto SIM – Vá para a etapa 5.
  • 61. 21-59 SUPLEMENTOBIZ125 + (6) 5. Inspeção da linha do terra do sensorVS Desconecte o conector 16P (preto) do velocímetro. Desconecte o conector 3P do sensor VS do adaptador de inspeção. Com o interruptor de ignição desligado, verifique a continuidade da linhaVerde entre os terminais do sensor VS e do velocímetro. Há continuidade? NÃO – • Terminais relacionados soltos ou com contato inadequado • Circuito aberto na linha Verde entre o velocímetro e o sensor VS SIM – Vá para a etapa 6. 6. Inspeção da linha de entrada de alimentação do sensorVS Verifique a continuidade da linha Branca/verde entre os terminais do sensor VS e do velocímetro. Há continuidade? NÃO – • Terminais relacionados soltos ou com contato inadequado • Circuito aberto na linha Branca/verde entre o velocímetro e o sensor VS SIM – Vá para a etapa 7. 7. Inspeção da linha do sinal do sensor VS Verifique a continuidade da linha Rosa entre os terminais do sensor VS e do velocímetro. Há continuidade? NÃO – • Terminais relacionados soltos ou com contato inadequado • Circuito aberto na linha Rosa entre o velocímetro e o sensor VS SIM – Velocímetro defeituoso
  • 62. 21-60 SUPLEMENTO BIZ125 + (6) VELOCÍMETRO REMOÇÃO Remova a tampa traseira do guidão (página 21-18). Solte os conectores do interruptor do guidão. Remova os parafusos e o conjunto do velocímetro da tampa traseira do guidão. PARAFUSOS CONECTORES SOQUETES DAS LÂMPADAS RELÉ DA SINALEIRA PRESILHAS CONECTOR 3P (PRETO) CARCAÇA SUPERIOR LINGÜETAS CARCAÇA INFERIOR PARAFUSOS TORX Deslize a capa de borracha para fora e solte o conector 16P (preto) da carcaça inferior. Solte o conector 3P (preto) e remova o relé da sinaleira da carcaça inferior. Remova os soquetes das lâmpadas da carcaça inferior. Remova a fiação secundária das presilhas da fiação na carcaça inferior. DESMONTAGEM Desencaixe as quatro lingüetas retentoras e remova a carcaça superior da carcaça inferior. Remova os parafusos Torx e o painel de instrumentos da carcaça inferior. CAPA DE BORRACHA CONECTOR 16P (PRETO)
  • 63. 21-61 SUPLEMENTOBIZ125 + (6) MONTAGEM Efetue a montagem do velocímetro na ordem inversa da desmontagem. INSTALAÇÃO Encaixe a fiação secundária do velocímetro nas presilhas da carcaça inferior. Instale os soquetes das lâmpadas na carcaça inferior. Conecte o conector 3P (preto) ao relé da sinaleira e instale-o na carcaça inferior. Conecte o conector 16P (preto) à carcaça inferior e instale a capa de borracha. Instale o conjunto do velocímetro na tampa traseira do guidão e aperte firmemente os parafusos. Conecte os conectores dos interruptores do guidão. Instale a tampa traseira do guidão (página 21-18). PARAFUSOS CONECTORES CARCAÇA SUPERIOR CARCAÇA INFERIOR PAINEL DE INSTRUMENTOS FIAÇÃO SECUNDÁRIA PARAFUSOS TORX SOQUETES DAS LÂMPADAS RELÉ DA SINALEIRA PRESILHAS CONECTOR 3P (PRETO) CAPA DE BORRACHA CONECTOR 16P (PRETO)
  • 64. 21-62 SUPLEMENTO BIZ125 + (6) INSPEÇÃO DAS LINHAS DE ALIMENTAÇÃO E DO TERRA Remova a tampa dianteira do guidão (página 21-18). Verifique os seguintes itens nos terminais do conector do lado da fiação do velocímetro. Linha de entrada de alimentação Meça a voltagem entre o terminal do fio Preto (+) e o terra do chassi (–). Deve haver voltagem da bateria com o interruptor de ignição ligado (ON). Caso não haja voltagem, verifique o fusível secundário (10 A), o fusível principal (15 A) e o fio Preto quanto à conexão solta ou circuito aberto. Linha de voltagem de emergência Meça a voltagem entre o terminal do fio Vermelho (+) e o terra do chassi (–). Deve haver voltagem da bateria todo o tempo. Caso não haja voltagem, verifique o fusível principal (15 A) e o fio Vermelho quanto à conexão solta ou circuito aberto. Linha do terra Verifique a continuidade entre o terminal do fio Verde e o terra do chassi. Deve haver continuidade todo o tempo. Caso não haja continuidade, verifique o fio Verde quanto a circuito aberto. VELOCÍMETRO/SENSOR VS INSPEÇÃO DO SISTEMA Remova a tampa dianteira do guidão (página 21-18). Certifique-se de que velocímetro, hodômetro, indicadores e luzes de iluminação do velocímetro estejam funcionando corretamente. • Caso não estejam funcionando, efetue a inspeção das linhas de alimentação e do terra do velocímetro (página 21-62). • Se estiverem funcionando, coloque a transmissão em ponto morto e ligue o interruptor de ignição (ON). Meça a voltagem entre os terminais dos fios Rosa (+) eVerde (–) do conector pelo lado da fiação. Gire lentamente a roda traseira com a mão. Devem existir pulsos de voltagem de 0 a 5 V. – Se forem indicados pulsos de voltagem, substitua a placa de circuito impresso do velocímetro (página 21-60). – Se não forem indicados pulsos de voltagem, verifique o fio Rosa quanto a circuito aberto ou em curto. Se o fio Rosa estiver normal, verifique o sensor VS (página 21-63). Vista pelo lado da fiação: CONECTOR 16P (PRETO) PROTETOR DE BORRACHA Vista pelo lado da fiação: CONECTOR 16P (PRETO) PROTETOR DE BORRACHA
  • 65. 21-63 SUPLEMENTOBIZ125 + (6) INSPEÇÃO DO SENSORVS Remova o protetor de pernas (página 2-3). Solte o conector 3P do sensor VS e verifique se o conector está solto ou com contato inadequado. Verifique também se os conectores 9P (preto) e 6P (branco) da fiação secundária do motor estão soltos ou com contato inadequado (página 21-15). Conecte o adaptador de inspeção ao conector 3P do sensor VS. FERRAMENTA: Adaptador de inspeção 07GMJ-ML80100 Ligue o interruptor de ignição (ON) e meça a voltagem entre a garra Verde (+) e a garra Branca (–) do adaptador de inspeção. CONEXÃO: GarraVerde (+) – Garra Branca (–) PADRÃO: Aprox. 5 V Caso não haja voltagem, verifique os fios Branco/verde e Verde quanto a circuito aberto e verifique se os conectores da fiação estão soltos. ADAPTADOR DE INSPEÇÃO GARRA BRANCA (–) (FIO VERDE) GARRA VERDE (+) (FIO BRANCO/VERDE) ADAPTADOR DE INSPEÇÃO GARRA BRANCA (–) (FIO VERDE) GARRA VERMELHA (+) (FIO ROSA) Apóie a motocicleta no cavalete central. Coloque a transmissão em ponto morto e ligue o interruptor de ignição (ON). Meça a voltagem entre a garra Vermelha (+) e a garra Branca (–) do adaptador de inspeção. Gire lentamente a roda traseira com a mão. Devem existir pulsos de voltagem de 0 a 5 V. CONEXÃO: GarraVermelha (+) – Garra Branca (–) PADRÃO: Pulsos de voltagem de 0 a 5 V Caso não existam pulsos de voltagem, substitua o sensor VS (página 21-64).
  • 66. 21-64 SUPLEMENTO BIZ125 + (6) REMOÇÃO/INSTALAÇÃO Remova o protetor de pernas (página 2-3). Solte o conector 3P do sensor VS. Instale e aperte firmemente o parafuso. Certifique-se de que o anel de vedação esteja em boas condições.Se necessário, substitua-o. Verifique o sensor VS quanto a danos. Instale o sensor VS na carcaça esquerda do motor. Remova o parafuso e o sensor VS. CONECTOR 3P PARAFUSO SENSOR VS ANEL DE VEDAÇÃO SENSOR VS PARAFUSO SENSOR VS
  • 67. 21-65 SUPLEMENTOBIZ125 + (6) INTERRUPTOR DA LUZ DO FREIO DIANTEIRO Remova a tampa dianteira do guidão (página 21-18). Solte os conectores da fiação do interruptor da luz do freio dianteiro e verifique quanto à continuidade entre os conectores. Deve haver continuidade com a alavanca do freio acionada e não deve haver continuidade com a alavanca do freio liberada. INTERRUPTOR DA LUZ DE FREIO MEDIDOR/SENSOR DE NÍVEL DE COMBUSTÍVEL INSPEÇÃO DO MEDIDOR DE COMBUSTÍVEL Remova o sensor de nível de combustível (página 17-13). Ligue o conector 3P (branco) do sensor de nível de combustível. Ligue o interruptor de ignição (posição “ON”) e mova a bóia da posição de tanque vazio para a posição de tanque cheio a fim de verificar a indicação do medidor de combustível. Se o medidor de combustível não indicar corretamente, verifique quanto a circuito aberto ou em curto na fiação. Se a fiação estiver normal, inspecione o sensor de nível de combustível (página 17-14). Se o sensor de nível de combustível estiver normal, substitua o painel de instrumentos (página 21-60). SENSOR DE NÍVEL DE COMBUSTÍVEL BÓIA VAZIO CHEIO Passe corretamente a fiação do sensor. Conecte o conector 3P do sensor VS. Instale o protetor de pernas (página 2-3). CONECTOR 3P
  • 68. DIAGRAMA ELÉTRICO 0030Z-KSS-9500 21-66 Bl Preto Br Marrom Y Amarelo O Laranja Bu Azul Lb Azul claro G Verde Lg Verde claro R Vermelho P Rosa W Branco Gr Cinza (HL) Lo Hi LO (N) Hi COMUTADOR DO FAROL R WR L R N L INTERRUPTOR DA SINALEIRA INTERRUPTOR DA BUZINA Ho BAT Livre Pressionado INTERRUPTOR DE PARTIDA ST E Livre Pressionado Cor do fio Y/R Lg/R INTERRUPTOR DE IGNIÇÃO BAT1 BAT2 Ligado Desligado Travado BIZ125 + (6)SUPLEMENTO SENSOR DE VELOCIDADE INTERRUPTOR DE PARTIDA INTERRUPTOR DA LUZ DO FREIO DIANTEIRO INTERRUPTOR DE IGNIÇÃO BUZINA,FREIO SINALEIRA FUSÍVEL SECUNDÁRIO MOTOR BATERIA 12 V 5 Ah MOTOR DE PARTIDA FUSÍVEL PRINCIPAL (15 A) RELÉ DE PARTIDA MÓDULO DE CONTROLE DE IGNIÇÃO REGULADOR/ RETIFICADOR INTERRUPTOR DA LUZ DO FREIO TRASEIRO SENSOR DE NÍVEL DE COMBUSTÍVEL LÂMPADA DA SINALEIRA TRASEIRA DIREITA 12 V 10 W LÂMPADA DA LUZ DO FREIO/ LANTERNA TRASEIRA 12 V 21/5 W LÂMPADA DA SINALEIRA TRASEIRA ESQUERDA 12 V 10 W INTERRUPTOR DE PONTO MORTO ALTERNADOR TERRA DO CHASSIBOBINA DE IGNIÇÃO BUZINA COMUTADOR DO FAROL INTERRUP- TOR DA BUZINA INTERRUPTOR DA SINALEIRA LÂMPADA DA SINALEIRA DIANTEIRA ESQUERDA 12 V 10 W LÂMPADA DO FAROL 12 V 32/32 W LÂMPADA DO INDICADOR DO FAROL ALTO 12 V 3 W LÂMPADA DO INDICADOR DASINALEIRAESQUERDA 12 V 3 W LÂMPADA DO INDICADOR DASINALEIRADIREITA 12 V 3 W LÂMPADA DO INDICADOR DO PONTO MORTO 12 3 W RELÉ DA SINALEIRA 10 W x 2 + 1,7 ~ 3,4 W LÂMPADA DA SINALEIRA DIANTEIRA DIREITA 12 V 10 W VELOCÍMETRO HODÔMETRO COMBUSTÍVEL 3P MINI (Bl) 3P MINI (W)
  • 69. 00X6B-KSS-002 Moto Honda da Amazônia Ltda.