Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) embreag

385 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
385
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) embreag

  1. 1. EMBREAGEM/ SELETOR DE MARCHAS9. INFORMAÇÕES DE SERVIÇO 9-1 DIAGNÓSTICO DE DEFEITOS 9-3 SUBSTITUIÇÃO/SANGRIA DO FLUIDO DA EMBREAGEM 9-4 CILINDRO MESTRE DA EMBREAGEM 9-6 ACIONADOR HIDRÁULICO DA EMBREAGEM 9-10 REMOÇÃO DA TAMPA LATERAL DIREITA 9-12 EMBREAGEM 9-13 SELETOR DE MARCHAS 9-21 INSTALAÇÃO DA TAMPA LATERAL DIREITA 9-27 INFORMAÇÕES DE SERVIÇO INFORMAÇÕES GERAIS • Este capítulo descreve os serviços de inspeção, manutenção e reparos da embreagem, do seletor de marchas, do tambor seletor e dos garfos seletores. Todos os serviços podem ser efetuados com o motor instalado no chassi. • O fluido da embreagem danifica severamente as lentes dos instrumentos e as superfícies pintadas. O fluido também é prejudicial para algumas peças de borracha. Tenha sempre muito cuidado quando remover a tampa do reservatório; certifique-se primeiro de que o reservatório dianteiro esteja na posição horizontal. • Nunca permita que agentes contaminantes (como sujeira, água etc.) penetrem no reservatório. • O sistema deverá ser sangrado depois que o sistema hidráulico for aberto ou se sentir esponjosidade no freio. • Use sempre fluido de freio DOT 4 novo, retirado de um recipiente fechado. Não misture tipos diferentes de fluidos, pois estes não são compatíveis. • O nível e a viscosidade do óleo da transmissão afetam diretamente o engate e desengate da embreagem. Quando a embreagem não desengatar ou se o motor trepidar com a embreagem desengatada, verifique o nível do óleo da transmissão antes de reparar o sistema de embreagem. ESPECIFICAÇÕES Unidade: mm 9-1 CBR1100XXx Item Padrão Limite de Uso Fluido da embreagem recomendado Fluido de freio DOT4 — Cilindro mestre da embreagem Diâmetro interno do cilindro 12,700 – 12,743 12,76 Diâmetro externo do pistão 12,657 – 12,684 12,65 Comprimento livre da mola da embreagem 57,4 56,2 Espessura do disco da embreagem A 3,72 – 3,88 3,5 B 3,72 – 3,88 3,5 Empenamento dos separadores — 0,30 Guia da carcaça da embreagem Diâmetro interno 28,000 – 28,021 28,031 Diâmetro externo 34,975 – 34,991 34,965 Diâmetro externo da árvore primária na guia da carcaça da embreagem 27,980 – 27,993 27,970 Garfo seletor, eixo do garfo seletor Garfo Diâmetro interno 12,000 – 12,021 12,03 Espessura da garra do garfo 5,93 – 6,00 5,9 Diâmetro externo do eixo do garfo seletor 11,957 – 11,968 11,95 9
  2. 2. 9-0 EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS CBR1100XXx 23 N.m (2,3 kg.m) 12 N.m (1,2 kg.m) 12 N.m (1,2 kg.m) 15 N.m (1,5 kg.m) 127 N.m (12,7 kg.m) 12 N.m (1,2 kg.m) 12 N.m (1,2 kg.m)
  3. 3. EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS 9-2 VALORES DE TORQUE Parafuso suporte do cilindro mestre da embreagem 12 N.m (1,2 kg.m) Parafuso da tampa do reservatório do cilindro mestre 1 N.m (0,1 kg.m) Parafuso de articulação da alavanca da embreagem 1 N.m (0,1 kg.m) Porca de articulação da alavanca da embreagem 6 N.m (0,6 kg.m) Ajustador da alavanca da embreagem 4 N.m (0,4 kg.m) Parafuso do interruptor da embreagem 1 N.m (0,1 kg.m) Contraporca do cubo da embreagem 127 N.m (12,7 kg.m) Aplique óleo nas roscas, trave a porca Parafuso/arruela da mola da embreagem 12 N.m (1,2 kg.m) Parafuso de drenagem do acionador da embreagem 9 N.m (0,9 kg.m) Parafuso de fixação do acionador da embreagem 10 N.m (1,0 kg.m) Parafuso SH da tampa lateral direita 12 N.m (1,2 kg.m) Parafuso central da tampa lateral direita 12 N.m (1,2 kg.m) Parafuso Allen central do tambor seletor 23 N.m (2,3 kg.m) Aplique trava química nas roscas Parafuso de articulação do limitador do tambor seletor 12 N.m (1,2 kg.m) Pino da mola de retorno do pedal de câmbio 23 N.m (2,3 kg.m) Parafuso da placa de fixação do rolamento do tambor seletor 12 N.m (1,2 kg.m) Aplique trava química nas roscas Parafuso do pedal de câmbio 10 N.m (1,0 kg.m) Parafuso da engrenagem movida da bomba de óleo 15 N.m (1,5 kg.m) Aplique trava química nas roscas FERRAMENTAS ESPECIAIS Alicate para anel elástico 07914 - SA50001 ou 07914 - 3230001 Fixador do cubo da embreagem 07724 - 0050002 ou disponível no mercado Instalador/extrator de rolamento 07749 - 0010000 Acessório, 37 x 40 mm 07746 - 0010200 Acessório, 42 x 47 mm 00746 - 0010300 Guia, 35 mm 00746 - 0040800 CBR1100XXx
  4. 4. EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS 9-3 DIAGNÓSTICO DE DEFEITOS Alavanca do freio muito macia ou esponjosa • Ar no sistema hidráulico • Baixo nível de fluido da embreagem • Vazamento no sistema hidráulico • Mecanismo de acionamento da embreagem danificado Dificuldade no acionamento da alavanca da embreagem • Pistão do cilindro mestre engripado • Pistão do acionador da embreagem engripado • Sistema hidráulico obstruído • Rolamento de acionamento da embreagem defeituoso • Haste de acionamento da embreagem instalado incorretamente Embreagem patina durante a aceleração • Sistema hidráulico engripado • Discos da embreagem desgastados • Molas da embreagem fracas • Óleo da transmissão contaminado com aditivo a base de grafite ou molibdênio A embreagem não desengata ou a motocicleta trepida com a embreagem solta • Ar no sistema hidráulico • Baixo nível de fluido da embreagem • Vazamento ou obstrução no sistema hidráulico • Separadores da embreagem empenados • Contraporca da embreagem solta • Nível de óleo muito alto • Óleo com viscosidade inadequada • Mecanismo de acionamento da embreagem danificado • Haste de acionamento da embreagem instalado incorretamente Dificuldade na mudança de marchas • Ajuste incorreto da embreagem • Óleo com viscosidade inadequada • Garfo seletor empenado • Eixo do garfo seletor empenado • Garra do garfo seletor empenada • Ranhuras do excêntrico do seletor danificadas • Parafuso da placa posicionadora solto • Pino e placa posicionadora danificados • Eixo de mudança de marchas danificado As marchas escapam • Posicionador de marchas danificado • Mola de retorno do posicionador quebrada ou fraca • Parafuso da placa posicionadora solto • Eixo dos garfos seletores empenados • Ranhuras do excêntrico seletores danificadas • Garfos seletores danificados ou empenados • Ressaltos ou rebaixos de desengate das engrenagens desgastados Pedal de câmbio não retorna • Mola de retorno do eixo de mudança de marchas fraca ou danificada • Eixo de mudança de marchas empenado CBR1100XXx
  5. 5. EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS 9-4 SUBSTITUIÇÃO/SANGRIA DO FLUIDO DA EMBREAGEM c DRENAGEM DO FLUIDO DA EMBREAGEM Coloque a motocicleta apoiada no cavalete central. Gire o guidão para a direita até que o reservatório esteja paralelo ao solo antes de remover a tampa do reservatório. Remova os parafusos, a tampa do reservatório, a placa e o diafragma. Conecte uma mangueira na válvula de sangria do acionador hidráulico da embreagem. Solte a válvula de sangria e acione a alavanca da embreagem várias vezes. Pare de acionar a alavanca da embreagem quando não houver mais fluxo de fluido através da válvula de sangria. ADIÇÃO DO FLUIDO DA EMBREAGEM/SANGRIA Abasteça o reservatório com fluido de freio DOT 4 de um recipiente fechado. c Conecte um sangrador disponível comercialmente na válvula de sangria. Bombeie o sangrador da embreagem e solte a válvula de sangria, adicionando fluido de freio quando o nível do reservatório estiver baixo. NOTA • Inspecione constantemente o nível de fluido enquanto sangra a embreagem para evitar a penetração de ar no sistema. • Quando utilizar um dispositivo de sangria, siga as instruções do fabricante. • Use somente fluido de freio DOT 4 de um recipiente fechado. • Não misture tipos diferentes de fluidos, pois estes não são compatíveis. • Não deixe que materiais estranhos penetrem no sistema ao abastecer o reservatório. • Evite derramar fluido em superfícies pintadas, plásticos ou peças de borracha. Coloque um pano sobre estas peças sempre que forem efetuados reparos no sistema de freios. PARAFUSOS TAMPA DO RESERVATÓRIO SANGRADOR VÁLVULA DE SANGRIA CBR1100XXx
  6. 6. EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS 9-5 Repita os mesmos procedimentos descritos anteriormente até que não haja mais bolhas de ar na mangueira plástica. NOTA Feche a válvula de sangria. Acione a alavanca da embreagem e verifique o funcionamento da embreagem. Se estiver esponjosa, efetue novamente a sangria do sistema de embreagem. Se não houver um sangrador disponível utilize o seguinte procedimento: Conecte uma mangueira transparente na válvula de sangria e um recipiente na extremidade da mangueira. Solte a válvula de sangria 1/4 de volta e acione a alavanca da embreagem até o fluido sair pela válvula 1. Acione a alavanca da embreagem várias vezes , aperte-a até o final do curso e abra a válvula de sangria 1/4 volta. Espere alguns segundos e em seguida feche a válvula. NOTA 2. Solte a alavanca da embreagem depois de fechar a válvula. 3. Repita as etapas 1 e 2 até que não haja mais bolhas de ar no fluido sendo descarregado pela válvula de sangria. Aperte a válvula de sangria com o torque especificado após a sangria completa do sistema. Torque: 6 N.m (0,6 kg.m) Não solte a alavanca da embreagem até que a válvula de sangria tenha sido fechada. Se houver penetração de ar no sangrador através da rosca da válvula de sangria, vede a rosca com fita de teflon. SANGRADOR PARAFUSOS TAMPA DO RESERVATÓRIO VÁLVULA DE SANGRIA CBR1100XXx Abasteça o reservatório até o nível superior com o fluido recomendado de uma embalagem lacrada. Reinstale o diafragma, a placa do diafragma e a tampa do reservatório. Instale a tampa do reservatório e aperte os parafusos com o torque especificado. Torque: 1 N.m (0,1 kg.m) Verifique o funcionamento do sistema de embreagem (página 3-28).
  7. 7. EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS 9-6 CILINDRO MESTRE DA EMBREAGEM REMOÇÃO Drene o sistema hidráulico da embreagem (página 9-4). Solte os conectores da fiação do interruptor da embreagem. Remova o parafuso de óleo da mangueira do freio, as arruelas de vedação e a borracha da mangueira da embreagem. a Remova os parafusos do suporte e remova o conjunto do cilindro mestre. Evite derramar fluido de freio em superfícies pintadas, plásticos ou peças de borracha. Coloque um pano sobre estas peças sempre que efetuar serviços no sistema de embreagem. MANGUEIRA DA CONECTOR DO EMBREAGEM INTERRUPTOR PARAFUSO DE ÓLEO DESMONTAGEM Remova o parafuso/porca de articulação e o conjunto da alavanca da embreagem. Remova o parafuso e o interruptor da embreagem. PARAFUSO INTERRUPTOR ALAVANCA DA DA EMBREAGEM EMBREAGEM PARAFUSO/PORCA DE ARTICULAÇÃO Remova o protetor de borracha e a haste de acionamento. HASTE DE ACIONAMENTO PROTETOR DE BORRACHA PARAFUSOS SUPORTE CILINDRO MESTRE CBR1100XXx
  8. 8. EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS 9-7 Remova o anel elástico da carcaça do cilindro mestre, usando a ferramenta especial, conforme mostrado na ilustração. FERRAMENTA ESPECIAL: Alicate para anel elástico 07914-SA50001 ou 07914-3230001 ALICATE PARA ANEL ELÁSTICO ANEL ELÁSTICO INSPEÇÃO Inspecione o protetor de borracha do pistão e os retentores primário e secundário quanto à fadiga ou danos. Inspecione o cilindro mestre e o pistão quanto a riscos anormais. Meça o diâmetro interno do cilindro mestre. Limite de uso 12,76 mm Meça o diâmetro externo do cilindro mestre. Limite de uso 12,65 mm Remova o pistão do cilindro mestre e a mola. Limpe a parte interna do cilindro e do reservatório com fluido de freio. PISTÃO CBR1100XXx MOLA
  9. 9. EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS 9-8 MONTAGEM a Lubrifique todas as peças com fluido de freio novo antes de montá-las. Sature o pistão com fluido de freio. Instale a mola no cilindro mestre. Instale o conjunto do pistão no cilindro mestre. a Instale o anel elástico, usando a ferramenta especial. c FERRAMENTA ESPECIAL: Alicate para anel elástico 07914 - SA50001 ou 07914 - 3230001 Certifique-se de que o anel elástico esteja firmemente assentado na ranhura. Ao instalar os retentores, não deixe que as bordas fiquem viradas para fora. Mantenha o pistão, os retentores, a mola, o anel elástico e o protetor de borracha como um único conjunto; não substitua as peças individualmente. PISTÃO DO CILINDRO MESTRE ALICATE PARA ANEL ELÁSTICO ANEL ELÁSTICO CBR1100XXx PLACA DIAFRAGMA CILINDRO MESTRE 6 N.m (0,6 kg.m) 1 N.m (0,1 kg.m) 1 N.m (0,1 kg.m) PROTETOR DE BORRACHA ANEL ELÁSTICO MOLA HASTE DE ACIONAMENTO PISTÃO DO CILINDRO MESTRE INTERRUPTOR DA EMBREAGEM ALAVANCA DA EMBREAGEM MOLA RETENTORES TAMPA DO RESERVATÓRIO
  10. 10. EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS 9-9 Aplique graxa a base de silicone no lado interno do protetor de borracha e na extremidade da haste de acionamento. Instale a haste de acionamento e o protetor de borracha. PROTETOR DE BORRACHA Instale e aperte o parafuso de articulação com o torque especificado. Torque: 1 N.m (0,1 kg.m) Fixe o parafuso de articulação e aperte a porca de articulação com o torque especificado. Torque: 6 N.m (0,6 kg.m) Instale o interruptor da embreagem e aperte o parafuso com o torque especificado. Torque: 1 N.m (0,1 kg.m) Coloque o conjunto do cilindro mestre sobre o guidão. Alinhe a extremidade do cilindro mestre com a marca gravada no guidão. Instale o suporte do cilindro mestre com a marca "UP" virada para cima. Aperte primeiro o parafuso superior. Em seguida, aperte o parafuso inferior. Torque: 12 N.m (1,2 kg.m) PARAFUSO INTERRUPTOR ALAVANCA DA DA EMBREAGEM EMBREAGEM PARAFUSO/PORCA DE ARTICULAÇÃO PARAFUSOS SUPORTE CILINDRO MESTRE Aplique graxa a base de silicone na extremidade da haste de acionamento e, em seguida, instale o conjunto da alavanca da embreagem. ALAVANCA DA EMBREAGEM CBR1100XXx MARCA DE REFERÊNCIA MARCA "UP " HASTE DE ACIONAMENTO S S
  11. 11. EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS 9-10 Instale a borracha da mangueira do freio com o parafuso de óleo e as novas arruelas de vedação. Ajuste o ângulo da mangueira do freio e, em seguida, aperte o parafuso de óleo no torque especificado. Torque: 34 N.m (3,4 kg.m) Ligue os conectores da fiação do interruptor da embreagem. Abasteça o reservatório até o nível superior e sangre o sistema hidráulico da embreagem (página 9-4). CONEXÃO DA CONECTOR DO MANGUEIRA INTERRUPTOR PARAFUSO DE ÓLEO ARRUELAS DE VEDAÇÃO JUNTA PINOS-GUIA ACIONADOR HIDRÁULICO DA EMBREAGEM PISTÃO MOLA ACIONADOR HIDRÁULICO DA EMBREAGEM REMOÇÃO Drene o sistema hidráulico da embreagem (página 9-4). Remova o parafuso de óleo da mangueira do freio, as arruelas de vedação e a borracha da mangueira da embreagem. a Remova os parafusos e o conjunto do acionador hidráulico da embreagem. Remova a junta e os pinos-guia. DESMONTAGEM Remova o pistão e a mola do acionador hidráulico da embreagem. Efetue os seguintes procedimentos caso tenha dificuldade em remover o pistão: Coloque um pedaço de toalha sobre o pistão para amortecê-lo durante a remoção e posicione-o virado para baixo. Aplique jatos curtos de ar sob pressão na entrada de fluido para remover os pistões. c Não utilize ar sob alta pressão e não coloque o bocal de ar muito próximo da entrada de fluido. Evite derramar fluido de freio em superfícies pintadas, plásticos ou peças de borracha. Coloque um pano sobre estas peças sempre que efetuar serviços no sistema de embreagem. PARAFUSOS PARAFUSO DE ÓLEO ACIONADOR HIDRÁULICO DA EMBREAGEM CBR1100XXx NOVA CONEXÃO DA MANGUEIRA
  12. 12. EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS 9-11 INSPEÇÃO Verifique se a mola do pistão está fraca ou danificada. Verifique se os retentores de óleo e do pistão estão danificados ou deteriorados. Substitua os retentores, se necessário. Limpe as ranhuras dos retentores com fluido de freio limpo. Verifique se o acionador hidráulico da embreagem está riscado ou apresenta outros danos. Verifique se o pistão do acionador hidráulico da embreagem apresenta riscos, ranhuras ou outros danos. Instale o novo retentor do pistão com o lado da ranhura virada para o pistão do acionador hidráulico da embreagem. Instale o novo retentor de óleo com o lado da ranhura virado para o pistão do acionador hidráulico da embreagem. Instale a mola na guia do pistão. Lubrifique o pistão e retentor do pistão com fluido de freio limpo. Instale a mola e o pistão no acionador hidráulico da embreagem. RETENTOR DO PISTÃO PISTÃO ACIONADOR HIDRÁULICO DA EMBREAGEM MONTAGEM CBR1100XXx FREIO FREIO MOLA RETENTOR DE ÓLEO PISTÃO RETENTOR DO PISTÃO PINOS-GUIA MOLA ACIONADOR HIDRÁULICO DA EMBREAGEM RETENTOR DE ÓLEO 10 N.m (1,0 kg.m) 34 N.m (3,4 kg.m) NOVO NOVA NOVO NOVO JUNTA
  13. 13. EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS 9-12 INSTALAÇÃO Instale os pinos-guia e a nova junta. Aplique graxa de silicone nos lábios da extremidade da haste de acionamento. Instale o acionador hidráulico na tampa da engrenagem motora. JUNTA PINOS-GUIA REMOÇÃO DA TAMPA LATERAL DIREITA Drene o óleo do motor (página 3-16). Remova os parafusos SH e a tampa lateral direita. TAMPA LATERAL DIREITA PARAFUSOS Remova a junta. JUNTA Instale e aperte os parafusos SH no torque especificado. Torque: 10 N.m (1,0 kg.m) Instale a mangueira do freio com o parafuso de óleo e as novas arruelas de vedação. Pressione a conexão da borracha no batente. Em seguida, aperte o parafuso de óleo no torque especificado. Torque: 34 N.m (3,4 kg.m) Abasteça o reservatório até o nível superior e sangre o sistema de freio (página 9-4). PARAFUSOS JUNÇÃO PARAFUSO DE ÓLEO ACIONADOR HIDRÁULICO DA EMBREAGEM CBR1100XXx NOVA NOVA ARRUELAS DE VEDAÇÃO
  14. 14. EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS 9-13 EMBREAGEM REMOÇÃO Remova os parafusos, as molas e o platô da embreagem. PLATÔ DA EMBREAGEM PARAFUSOS/MOLAS Remova os seguintes itens: • Sete discos da embreagem • Seis separadores DISCOS/PLACAS Desentorte a contraporca do cubo da embreagem. DESENTORTE CONTRAPORCA Remova o acionador e a haste de acionamento da embreagem. ACIONADOR HASTE DE ACIONAMENTO CBR1100XXx
  15. 15. EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS 9-14 Fixe o cubo da embreagem com a ferramenta especial e, em seguida, remova a contraporca. FERRAMENTA ESPECIAL: Fixador do cubo da embreagem 07724 - 0050002 Descarte a contraporca. FIXADOR DO CUBO DA EMBREAGEM CUBO CENTRAL Remova a arruela. ARRUELA Remova a tampa do rotor do gerador de pulsos (página 17-8). Alinhe os dentes da engrenagem motora primária e da sub- engrenagem com uma chave de fenda, conforme mostrado na ilustração. Remova a carcaça da embreagem. ENGRENAGEM MOTORA PRIMÁRIA/SUB-ENGRENAGEM CARCAÇA DA EMBREAGEM Remova a arruela de trava, a arruela de encosto e o cubo da embreagem. CUBO DA EMBREAGEM ARRUELA TRAVA ARRUELA DE ENCOSTO CBR1100XXx
  16. 16. EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS 9-15 Remova o parafuso e arruela da engrenagem movida da bomba de óleo. Remova a engrenagem motora e movida da bomba de óleo e a corrente do comando em conjunto. Remova a guia externa da embreagem. ENGRENAGEM MOVIDA PARAFUSO/ARRUELA GUIA EXTERNA ENGRENAGEM MOTORA Mola da embreagem Meça o comprimento livre da mola da embreagem. Limite de uso 56,2 mm Cubo da embreagem Inspecione as ranhuras do cubo da embreagem quanto a danos ou desgaste causados pelos separadores da embreagem. Se necessário, substitua o cubo da embreagem. INSPEÇÃO Rolamento de acionamento da embreagem Gire a pista interna do rolamento de acionamento com os dedos. O rolamento deve girar livre e suavemente e não deve apresentar folga excessiva. Se necessário, substitua o rolamento. ROLAMENTO DE ACIONAMENTO CBR1100XXx CORRENTE DA BOMBA DE ÓLEO
  17. 17. EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS 9-16 Discos da embreagem Substitua os discos se houver indícios de escoriações ou descoloração. Meça a espessura de cada disco. Limite de uso 3,5 mm Carcaça da embreagem/guia da carcaça Inspecione os rebaixos da carcaça da embreagem quanto a danos ou desgaste causados pelos discos. Se necessário, substitua a carcaça. Meça os diâmetros externo e interno da guia da carcaça. Diâmetro externo Diâmetro interno Limite de Uso 34,965 mm 28,031 mm Separadores da embreagem Inspecione todos os separadores quanto a empenamento em uma superfície plana, usando um cálibre de lâminas. Limite de uso 0,30 mm CBR1100XXx
  18. 18. EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS 9-17 Árvore primária Meça o diâmetro externo da árvore primária na superfície deslizante da guia da carcaça da embreagem. Limite de uso 27,970 mm SUBSTITUIÇÃO DO ROLAMENTO DE AGULHAS DA CARCAÇA DA EMBREAGEM Retire o rolamento de agulhas da carcaça da embreagem, usando as ferramentas especiais. FERRAMENTAS ESPECIAIS: Instalador/extrator de rolamento 07749 - 0010000 Acessório, 37 x 40 mm 07746 - 0010200 Guia, 35 mm 07746 - 0040800 Instale um novo rolamento de agulhas na carcaça da embreagem, de modo que a capa do rolamento fique alinhada com a borda interna da carcaça, conforme mostrado na ilustração. NOTA FERRAMENTAS ESPECIAIS: Instalador/extrator de rolamento 07749 - 0010000 Acessório, 42 x 47 mm 07746 - 0010300 Guia, 35 mm 07746 - 0040800 Instale o rolamento de agulhas na carcaça da embreagem com o lado gravado virado para cima. ACESSÓRIO/GUIA INSTALADOR/EXTRATOR ACESSÓRIO/GUIA INSTALADOR/EXTRATOR Haste de acionamento da embreagem Verifique a haste de acionamento da embreagem quanto a desgaste ou empenamento. HASTE DE ACIONAMENTO CBR1100XXx
  19. 19. EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS 9-18 INSTALAÇÃO Instale a guia externa da embreagem, engrenagem motora e movida e corrente em conjunto. NOTA Instale a engrenagem movida da bomba de óleo com a marca "OUT" voltada para fora. ENGRENAGEM MOVIDA GUIA EXTERNA ENGRENAGEM MOTORA Aplique trava química nas roscas do parafuso/arruela da engrenagem movida da bomba de óleo. Aperte o parafuso da engrenagem movida com o torque especificado. Torque: 15 N.m (1,5 kg.m) PARAFUSO/ARRUELA CBR1100XXx GUIA DA CARCAÇA 15 N.m (1,5 kg.m) 12 N.m (1,2 kg.m) ENGRENAGEM MOTORA ENGRENAGEM MOVIDA ROLAMENTO DE AGULHAS CARCAÇA DA EMBREAGEM ARRUELA DISCOS DA EMBREAGEM (AZUL) CUBO DA EMBREAGEM HASTE DE ACIONAMENTO DISCOS DA EMBREAGEM (MARROM) ROLAMENTO ACIONADOR ARRUELA PLACA DA EMBREAGEM ARRUELA TRAVA MOLA CONTRAPORCA 127 N.m (12,7 kg.m) ACIONADOR DA EMBREAGEM TRAVA MARCA "OUT" CORRENTE DA BOMBA DE ÓLEO
  20. 20. EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS 9-19 Alinhe os dentes da engrenagem motora primária e da sub- engrenagem, usando uma chave de fenda, conforme mostrado na ilustração. Instale a carcaça da embreagem. ENGRENAGEM MOTORA PRIMÁRIA/SUB-ENGRENAGEM CARCAÇA DA EMBREAGEM Instale o cubo da embreagem. Instale a arruela de encosto. Instale a arruela de trava com a marca gravada "OUTSIDE" virada para fora. CUBO CENTRAL DA EMBREAGEM ARRUELA TRAVA ARRUELA DE ENCOSTO MARCA "OUT" Instale a nova contraporca. Fixe o cubo da embreagem com a ferramenta especial e, em seguida, aperte a contraporca no torque especificado. FERRAMENTA ESPECIAL: Fixador do cubo da embreagem 07724 - 0050002 Torque: 127 N.m (12,7 kg.m) FIXADOR DO CUBO DA EMBREAGEM CUBO CENTRAL DA EMBREAGEM Instale a arruela na carcaça da embreagem. ARRUELA CBR1100XXx
  21. 21. EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS 9-20 Fixe a contraporca na ranhura da árvore primária com um punção. ENTORTE CONTRAPORCA NOTA Instale o disco externo de cor (azul) na ranhura mais superficial da carcaça da embreagem. DISCOS DA EMBREAGEM (AZUL) Instale a haste de acionamento na árvore primária. NOTA Verifique a direção correta de instalação da haste de acionamento da embreagem. LADO DO ACIONADOR LADO DA HASTE Lubrifique os discos e separadores com óleo para motor novo. Instale os discos e separadores alternadamente NOTA Instale os discos coloridos de cor azul nas duas extremidades. CBR1100XXx DISCOS DA EMBREAGEM (AZUL) DISCOS DA EMBREAGEM (MARROM)
  22. 22. EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS 9-21 Aplique graxa na extremidade da haste e instale o acionador na árvore primária. ACIONADOR HASTE DE ACIONAMENTO Instale as molas da embreagem e os parafusos. Aperte os parafusos em ordem cruzada, em 2 ou 3 etapas com o torque especificado. Torque: 12 N.m (1,2 kg.m) Instale a tampa lateral direita (página 9-27). PLATÔ DA EMBREAGEM MOLAS/PARAFUSOS SELETOR DE MARCHAS REMOÇÃO DO SELETOR DE MARCHAS Remova as seguintes peças: • Tampa lateral direita (página 9-12) • Conjunto da embreagem (página 9-13) Remova o parafuso e a articulação do pedal de câmbio. PARAFUSO PEDAL DE CÂMBIO Instale o rolamento de acionamento no platô. Instale o platô da embreagem. PLATÔ DA EMBREAGEM ROLAMENTO DE ACIONAMENTO CBR1100XXx GRAXA
  23. 23. EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS 9-22 Retire o conjunto do eixo de mudança de marchas e a arruela de encosto da carcaça do motor. EIXO ACIONADOR INSPEÇÃO DO SELETOR DE MARCHAS Inspecione o eixo de mudança de marchas quanto a desgaste, danos ou empenamento. Verifique se a mola de retorno está fraca ou danificada. MOLA DE RETORNO EIXO ACIONADOR REMOÇÃO DO TAMBOR SELETOR/GARFOS SELETORES Remova o conjunto do seletor de marchas (página 9-21). Remova o cárter do motor (página 4-4). Remova os parafusos e as placas de fixação do rolamento do tambor seletor. PLACAS DE FIXAÇÃO PARAFUSOS Remova as seguintes peças: • Parafuso do posicionador de marchas • Posicionador de marchas • Mola de retorno • Arruela • Pinos-guia • Parafuso Allen • Excêntrico do seletor de marchas PARAFUSO ALLEN EXCÊNTRICO DO SELETOR PARAFUSO ALLEN ARRUELA CBR1100XXx MOLA DE RETORNO POSICIONADOR DE MARCHAS
  24. 24. EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS 9-23 Remova o eixo e os garfos seletores. EIXO DOS GARFOS SELETORES INSPEÇÃO DOS GARFOS SELETORES/TAMBOR SELETOR Inspecione o eixo e os garfos seletores quanto a danos ou desgaste. Meça o diâmetro interno do garfo seletor. Meça a espessura das garras dos garfos seletores. Meça o diâmetro externo do eixo dos garfos seletores. Limite de uso 11,95 mm Limite de uso 5,9 mm Limite de uso 12,03 mm Remova o rolamento e o tambor seletor. TAMBOR SELETOR CBR1100XXx
  25. 25. EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS 9-24 Inspecione as ranhuras do tambor seletor quanto a desgaste ou danos. INSTALAÇÃO DO TAMBOR SELETOR/GARFOS SELETORES Instale o tambor seletor e o rolamento. TAMBOR SELETOR NOTA Os garfos seletores possuem as seguintes marcas de identificação: • "R" para o direito • "C" para o central • "L" para o esquerdo MARCAS DE IDENTIFICAÇÃO Gire a pista externa do rolamento do tambor seletor com os dedos. O rolamento deve girar livre e suavemente, e não deve apresentar folga excessiva. Se necessário, substitua o rolamento. CBR1100XXx
  26. 26. EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS 9-25 Aplique óleo de bissulfeto de molibdênio nas ranhuras das engrenagens do seletor. Instale os garfos seletores na transmissão. NOTA • A marca de identificação do garfo seletor esquerdo deve ficar virada para a esquerda. • As marcas de identificação dos garfos seletores central e direito devem ficar viradas para a direita. GARFO SELETOR DIREITO EIXO DOS GARFOS GARFO SELETOR SELETORES ESQUERDO Instale as placas de fixação do rolamento com as marcas gravadas "OUT" viradas para fora. Aplique trava química nas roscas dos parafusos. Instale e aperte os parafusos das placas de fixação no torque especificado. Torque: 12 N.m (1,2 kg.m) Instale o seletor de marchas (veja a seguir). PLACAS DE FIXAÇÃO MARCA “OUT” PARAFUSOS INSTALAÇÃO DO SELETOR DE MARCHAS Instale as seguintes peças: • Arruela • Mola de retorno • Posicionador de marchas Aperte o parafuso do posicionador de marchas no torque especificado. Torque: 12 N.m (1,2 kg.m) BRAÇO POSICIONADOR PARAFUSO ALLEN ARRUELA Instale o eixo dos garfos seletores EIXO DOS GARFOS SELETORES CBR1100XXx TRAVA MOLA DE RETORNO
  27. 27. EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS 9-26 Instale o pino-guia no tambor seletor. Instale o excêntrico do seletor, segurando o posicionador com uma chave de fenda, conforme mostrado na ilustração. NOTA Alinhe o pino-guia no centro do tambor seletor com a ranhura maior no excêntrico do seletor. RANHURA EXCÊNTRICO POSICIONADOR PINO-GUIA Instale a arruela de encosto e o conjunto do eixo de mudança de marchas na carcaça do motor, alinhando as extremidades da mola com o pino limitador da carcaça. ALINHAR EIXO DE MUDANÇAS Instale a articulação do pedal de câmbio, alinhando sua ranhura com a marca gravada no eixo de mudança de marchas. Instale e aperte o pino-trava com o torque especificado. Torque: 10 N.m (1,0 kg.m) MARCA GRAVADA PARAFUSO EIXO DE MUDANÇAS Aplique trava química na rosca do parafuso Allen do excêntrico. Instale e aperte o parafuso Allen no torque especificado. Torque: 23 N.m (2,3 kg.m) PARAFUSO ALLEN CBR1100XXx TRAVA
  28. 28. EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS 9-27 INSTALAÇÃO DA TAMPA LATERAL DIREITA Aplique junta líquida nas superfícies de contato da carcaça do motor, conforme mostrado na ilustração. Instale a tampa lateral direita. Instale e aperte os parafusos SH da tampa lateral direita no torque especificado. Torque: 12 N.m (1,2 kg.m) Adicione o óleo para motor recomendado (página 3-16). TAMPA LATERAL DIREITA PARAFUSOS Instale uma nova junta na tampa lateral direita. JUNTA CBR1100XXx NOVA 10–15mm10–15mm
  29. 29. COMO USAR ESTE MANUAL Este manual de serviço descreve os procedimentos de serviço para a CBR1100XXx. Siga as recomendações da Tabela de Manutenção (Capítulo 3) para garantir condições perfeitas de funcionamento e níveis de emissões dentro dos limites permitidos. A 1ª manutenção programada é muito importante, pois irá compensar os desgastes iniciais que ocorrem durante o período de amaciamento. Os Capítulos 1 e 3 aplicam-se a toda motocicleta. O Capítulo 2 apresenta os procedimentos de remoção/instalação de componentes que pode ser necessária para efetuar os serviços descritos nos capítulos subseqüentes. Os Capítulos 4 a 20 apresentam as peças da motocicleta, agrupadas de acordo com sua localização. Localize o capítulo desejado nesta página. Em seguida, consulte o índice apresentado na primeira página do capítulo selecionado. A maioria dos capítulos começa com uma ilustração do sistema ou conjunto, as informações de serviço e a diagnóstico de defeitos. Consulte no capítulo 21 as instruções técnicas de funcionamento para familiarizar-se com esta motocicleta. Se a causa do problema for desconhecida, consulte o Capítulo 22, "Diagnóstico de Defeitos". MOTO HONDA DA AMAZÔNIA LTDA. Departamento de Serviços Pós-Venda Setor de Publicações Técnicas TODAS AS INFORMAÇÕES, ILUSTRAÇÕES, PROCEDIMENTOS E ESPECIFICAÇÕES APRESENTADAS NESTA PUBLICAÇÃO SÃO BASEADAS NAS INFORMAÇÕES MAIS RECENTES DISPONÍVEIS SOBRE O PRODUTO NO MOMENTO DA APROVAÇÃO DA IMPRESSÃO. A MOTO HONDA DA AMAZÔNIA LTDA RESERVA-SE O DIREITO DE ALTERAR AS CARACTERÍSTICAS DO PRODUTO A QUALQUER MOMENTO E SEM PRÉVIO AVISO, SEM QUE ISTO INCORRA EM QUAISQUER OBRIGAÇÕES. NENHUMA PARTE DESTA PUBLICAÇÃO PODE SER REPRODUZIDA SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA POR ESCRITO. INFORMAÇÕES GERAIS CHASSI/CARENAGEM /SISTEMA DE ESCAPAMENTO MANUTENÇÃO SISTEMA DE LUBRIFICAÇÃO SISTEMA DE ALIMENTAÇÃO (Injeção de Combustível Programada) SISTEMA DE ARREFECIMENTO REMOÇÃO/INSTALAÇÃO DO MOTOR CABEÇOTE/VÁLVULAS EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS ALTERNADOR/EMBREAGEM DE PARTIDA CARCAÇA DO MOTOR/PISTÃO/CILINDRO ÁRVORE DE MANIVELAS/TRANSMISSÃO/ BALANCEIRO RODA DIANTEIRA/SUSPENSÃO/SISTEMA DE DIREÇÃO RODA TRASEIRA/SUSPENSÃO FREIO HIDRÁULICO BATERIA/SISTEMA DE CARGA SISTEMA DE IGNIÇÃO SISTEMA DE PARTIDA LUZES/INDICADORES/INTERRUPTORES DIAGRAMA ELÉTRICO CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS DIAGNÓSTICO DE DEFEITOS 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 22 21 ÍNDICE GERAL SISTEMA ELÉTRICO CHASSIMOTORETRANSMISSÃO SUPLEMENTO 23

×