SlideShare uma empresa Scribd logo
Beatriz Braga
Joana M. Gomes
Marta Correia
Miguel Correia
Susana AmorimRecomendado por:
2 3
Realmente a minha avó pensa em tudo. É uma pessoa
informada, que já viveu muitas experiências ao longo
da vida e eu aprendo tanto com ela!
Há umas semanas,
ouvi a minha mãe
dizer ao meu pai
que a avó tinha
o novo coronavírus.
— A avó tem coronavírus?! — perguntei,
muito assustado.
— Sim, querido. Soubemos mesmo agora.
Queria tanto ir ter com ela ao hospital
e não posso… Que chatice!
— Não podes porquê, mãe? E eu também
queria ir vê-la… — perguntei, baralhado
e triste com aquela situação.
— Recordas-te de tudo aquilo que a avó fez quando veio de Itália,
que nos pareceu um bocadinho exagerado na altura? Afinal havia
uma explicação. Se não fosse a prudência da avó, podíamos estar agora
todos infetados também... Ainda bem que ela foi teimosa e insistiu
para ficar em casa, sem visitas nenhumas.
— Sim, foi tão chato não poder
estar com ela! Mas lembro-me
de ela me dizer que tínhamos
de ser fortes, que mais tarde
ou mais cedo tudo iria passar.
— É isso mesmo, António!
Agora, temos de ser ainda mais
fortes e pacientes e aguentar
mais uns tempos sem a ver
— disse o meu pai. — A avó foi
muito prudente; protegeu-se
a ela e aos outros, sabias?
4 5
Enquanto esteve em Veneza,
ficou em casa de uma amiga
e as duas visitaram o máximo
que conseguiram naquela
bela cidade.
Então foi assim que tudo aconteceu:
A minha avó sempre teve o desejo de voltar a Itália,
à cidade de Veneza. Há muitos anos fez essa viagem com
o meu avô e queria repeti-la, agora já sem a companhia
dele, infelizmente... «Mas levo o avô sempre comigo, aqui!»,
costuma dizer ela, aconchegando na sua mão o colar
especial que o meu avô lhe deu quando ficaram noivos.
Fartou-se de comer massa; que inveja! A minha avó foi enviando
fotos para a minha mãe e foi como se nós estivéssemos lá também.
Aquilo é mesmo giro!
6 7
Entretanto, começaram a surgir umas notícias
de que o famoso novo coronavírus, chamado SARS-CoV-2,
e que apareceu primeiro na China, já andava por lá
a passear também.
Por isso, quando a minha avó regressou,
decidiu que iria ficar em isolamento,
não fosse o maldito vírus querer vir
para Portugal agarrado a ela. Até porque
se sentia um pouco cansada e estava
com uma tosse ligeira.
8 9
Foi assim que a avó me justificou o facto
de não querer que fôssemos lá a casa,
nem sequer para comer o maravilhoso
assado que faz todos os domingos.
— Mas avó, estás a exagerar! Temos saudades tuas,
vivemos tão perto e agora não nos podemos ver? — disse
eu já a refilar, quando ela insistiu para não irmos
lá a casa.
— Tens o telemóvel da mãe
e do pai, António.
Podemos falar todos os dias.
10 11
— E não te vais cansar de estar sempre em casa? — perguntei,
já a pensar se isso fosse comigo.
— Já me conheces bem, António... claro que não! Entre
os exercícios de ginástica que faço todos os dias, as palavras
cruzadas, uns filmes e séries, ouvir música e ver alguma televisão,
vou passar estes dias com tranquilidade. E ler, vou ler muito!
Ah, e claro, fazer uns belos petiscos para me manter forte
e saudável! Isso não pode faltar!
12 13
O vírus quer viver e espalhar-se
o máximo que conseguir,
mas prejudica-nos e não podemos
permitir que isso aconteça.
Uma batalha, portanto...
Que tal fazeres um desenho
sobre isso? Tens tanto jeito!
— Eu acho que não aguentava! — lamentei-me.
— Tinhas de aguentar, António, se fosse mesmo necessário.
Isso faz mesmo muita diferença, para o vírus não nos vencer.
— Vencer...? Como assim, avó?
— Lembras-te da brincadeira que às vezes fazemos com os soldadinhos
antigos do avô? Bons de um lado, maus do outro? O que se está a passar
agora é mais ou menos como isso.
14 15
Bom, infelizmente a minha avó começou a ficar mais doente.
Começou a ficar com mais tosse e, quando apareceu a febre,
ela decidiu ligar para o SNS24, tal como lhe tinham indicado
caso sentisse alguns desses sintomas.
Como ela tinha estado em Itália e tinha aqueles sintomas,
disseram-lhe para se dirigir ao hospital.
Ela, desenrascada como é, colocou uma máscara
e lá foi, sozinha.
16 17
Nesse dia, a minha mãe ficou mesmo
muito preocupada… estava agitada
e muito ansiosa por não poder estar
com a minha avó; nunca a vi assim!
Eu também me senti preocupado, mas
fiz-me de forte para apoiar a minha mãe.
Será que a avó tinha este vírus
e estava doente com COVID-19?
— Sim, as análises que fizeram
à avó deram positivo… o que quer
dizer que foi infetada pelo novo
coronavírus.
Parecia que ela estava a adivinhar;
já viste os cuidados que ela teve durante
estes dias?
18 19
Liguei-lhe logo do telemóvel
da mãe e claro que ela
tranquilizou-me imediatamente
com a sua habitual gargalhada.
— António, mas tu achas que um «viruzeco»
vai conseguir derrubar-me? Tenho aqui
médicos e enfermeiros a tratarem de mim
e daqui a uns dias este vírus malandreco
vai embora.
— Mesmo assim, fico muito preocupado
contigo, avó... Nem sequer há medicamentos
para esse vírus!
E se ficas pior?
— Não te preocupes, querido. Não há ainda
medicamentos para este vírus, mas há para
os sintomas que ele provoca. Já estou a tomar
o indicado para esta tosse chata, e tenho
pouca febre, o que é bom sinal. Vou descansar
muito, e todos os dias vão acompanhar
o meu estado.
20 21
Aqui, sei que terei todos os cuidados necessários.
Os médicos, enfermeiros e todos no hospital tratam
muito bem de nós!
22 23
— Posso ir ter contigo ao hospital, avó?
— Nem pensar, António! Os hospitais estão cheios de gente, só mesmo
em caso de muita necessidade se deve vir para cá. Temos todos que manter
a calma. Em breve vamos ver-nos e estar juntos!
24 25
A verdade é que os dias seguintes foram muito complicados para todos...
A avó esteve internada 20 dias porque teve
dificuldades respiratórias.
Imagino que se tenha sentido bastante sozinha e triste por estar doente.
Talvez até zangada com o tal vírus que apareceu sem ser convidado!
26 27
Passaram-se alguns dias seguidos em que não conseguimos falar
com ela, o que nos deixou angustiados e muito preocupados.
Foi uma fase muito difícil, mas que acabou
por aproximar-nos ainda mais.
Ainda por cima, tive de ficar em casa muitos dias seguidos. As escolas
fecharam e pediram que ficássemos em casa, para não apanharmos
este bicho chato!
28 29
Somos uma família muito unida e divertida,
e cada um tentou à sua maneira apoiar os outros.
Já que tínhamos de ficar em casa, aproveitámos para fazer brincadeiras
em conjunto. Jogámos jogos de tabuleiro, de computador, lemos livros
em voz alta e cozinhámos todos juntos as refeições.
Também falámos muito, sobre vários assuntos, e estudei. Os professores
enviavam trabalhos, por email, que fazia todas as manhãs.
Além disso, ríamo-nos só de pensar no raspanete que a minha avó
nos iria dar se a estivéssemos sempre a chatear no hospital e deixássemos
de fazer a nossa vida!
30 31
O certo é que os dias foram
passando e a avó foi melhorando.
Felizmente correu tudo bem!
Demorou, é verdade, mas tal
como ela costuma dizer, «devemos
praticar a paciência…!».
Ui, ui, desta vez
praticámos imenso!
32 33
Ainda vamos ter de esperar mais uns dias pelo assado maravilhoso que a avó
faz aos domingos e por nos vermos a sério, pois tem sido sempre pelo ecrã.
Mas uma coisa é certa:
Caiu a coroa ao Corona!
A rainha é a minha avó!
34 35
Alguns amigos meus andam assustados, o que é normal porque não
se fala noutra coisa, mas quanto melhor soubermos sobre o tema e sobre
o que é correto fazer, mais seguros nos sentiremos e mais facilmente
conseguiremos vencer este «viruzeco», como lhe chama a minha avó.
Contei esta história aos meus amigos e até partilhei
com a minha professora.
«Devemos partilhar o que é bom, mostrar a todos
as boas ideias!», disse-me a minha professora, orgulhosa
do que lhe contei, e que até serviu para conversas sobre
o tema do novo coronavírus.
A Ideias com História dedica este livro
a todos os que, nos hospitais, travam
uma luta diária contra esta doença.
Título: A Minha Avó Tem Coronavírus!
Autoria: Beatriz Braga, Joana M. Gomes, Marta Correia,
Miguel Correia e Susana Amorim
Edição: Ideias com História — 2020
Recomendado por:
Um livro para ajudar as crianças e jovens a lidarem
com uma situação nova e inesperada, que obriga
a novas rotinas diárias e à gestão de situações
nem sempre fáceis de entender

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A história do pedrinho e da joana
A história do pedrinho e da joanaA história do pedrinho e da joana
A história do pedrinho e da joana
Teresa Ramos
 
Pes sexual conto_pedrinho.joana
Pes sexual conto_pedrinho.joanaPes sexual conto_pedrinho.joana
Pes sexual conto_pedrinho.joana
Pelo Siro
 
Beijo Roubado ?
Beijo Roubado ?Beijo Roubado ?
Beijo Roubado ?
Liliam Da Paixão
 
A borboleta azul
A borboleta azulA borboleta azul
A borboleta azul
Mensagens Virtuais
 
Caco e o mistério da páscoa
Caco e o mistério da páscoaCaco e o mistério da páscoa
Caco e o mistério da páscoa
Aline Dermer de Oliveira
 
Natal em Família - Interativa 2013 - Agradecimento doações ao HU
Natal em Família - Interativa 2013 - Agradecimento doações ao HUNatal em Família - Interativa 2013 - Agradecimento doações ao HU
Natal em Família - Interativa 2013 - Agradecimento doações ao HU
Giovana Tóffolo
 
A minha infância e adolescência (1/3)
A minha infância e adolescência (1/3)A minha infância e adolescência (1/3)
A minha infância e adolescência (1/3)
Patricia de Portugal
 
A aventura da minha vida
A aventura da minha vidaA aventura da minha vida
A aventura da minha vida
sandranpt
 
F icha de perso
F icha de persoF icha de perso
F icha de perso
Andre Campanhã
 

Mais procurados (9)

A história do pedrinho e da joana
A história do pedrinho e da joanaA história do pedrinho e da joana
A história do pedrinho e da joana
 
Pes sexual conto_pedrinho.joana
Pes sexual conto_pedrinho.joanaPes sexual conto_pedrinho.joana
Pes sexual conto_pedrinho.joana
 
Beijo Roubado ?
Beijo Roubado ?Beijo Roubado ?
Beijo Roubado ?
 
A borboleta azul
A borboleta azulA borboleta azul
A borboleta azul
 
Caco e o mistério da páscoa
Caco e o mistério da páscoaCaco e o mistério da páscoa
Caco e o mistério da páscoa
 
Natal em Família - Interativa 2013 - Agradecimento doações ao HU
Natal em Família - Interativa 2013 - Agradecimento doações ao HUNatal em Família - Interativa 2013 - Agradecimento doações ao HU
Natal em Família - Interativa 2013 - Agradecimento doações ao HU
 
A minha infância e adolescência (1/3)
A minha infância e adolescência (1/3)A minha infância e adolescência (1/3)
A minha infância e adolescência (1/3)
 
A aventura da minha vida
A aventura da minha vidaA aventura da minha vida
A aventura da minha vida
 
F icha de perso
F icha de persoF icha de perso
F icha de perso
 

Semelhante a Livro " A minha Avó tem coronavírus"!

Livro dias de uma familia fechada em casa
Livro dias de uma familia fechada em casaLivro dias de uma familia fechada em casa
Livro dias de uma familia fechada em casa
Maria Luisa Silva
 
Anorexia - Dominique Brand
Anorexia - Dominique BrandAnorexia - Dominique Brand
Anorexia - Dominique Brand
Moradores do Ype
 
A Gente é Só Amigo
A Gente é Só AmigoA Gente é Só Amigo
A Gente é Só Amigo
mbsenra
 
Como Dar Uma NotíCia Ruim
Como Dar Uma NotíCia RuimComo Dar Uma NotíCia Ruim
Como Dar Uma NotíCia Ruim
Clube de Lideres Online
 
Rosa minha irma rosa PRIMEIRO CAPITULO
Rosa minha irma rosa PRIMEIRO CAPITULORosa minha irma rosa PRIMEIRO CAPITULO
Rosa minha irma rosa PRIMEIRO CAPITULO
vitaliykolyesnik
 
A história do pinda
A história do pindaA história do pinda
A história do pinda
Jussimar Siqueira
 
Conto ou nao conto
Conto ou nao contoConto ou nao conto
Conto ou nao conto
Ângela Miranda
 
Conto ou nao conto
Conto ou nao contoConto ou nao conto
Conto ou nao conto
Onésimo Remígio
 
O Que Se Passa Com Vovô?
O Que Se Passa Com Vovô?O Que Se Passa Com Vovô?
O Que Se Passa Com Vovô?
Cuidar de Idosos
 
Conto alice vieira-rosa-minha-irma-rosa_58pag
Conto alice vieira-rosa-minha-irma-rosa_58pagConto alice vieira-rosa-minha-irma-rosa_58pag
Conto alice vieira-rosa-minha-irma-rosa_58pag
Central Didática
 
CONTO OU NÃO CONTO?
CONTO OU NÃO CONTO?CONTO OU NÃO CONTO?
CONTO OU NÃO CONTO?
Marisa Seara
 
Semana dos avós
Semana dos avósSemana dos avós
Semana dos avós
Ana Santos
 
Isto é Virtual
Isto é VirtualIsto é Virtual
Isto é Virtual
Beatris Lopes
 
Capítulo 1: Lulital - a magia começa
Capítulo 1: Lulital - a magia começaCapítulo 1: Lulital - a magia começa
Capítulo 1: Lulital - a magia começa
pribeletato
 
Semana dos avós
Semana dos avósSemana dos avós
Semana dos avós
Ana Santos
 
Bianca
BiancaBianca
Bianca
Lakalondres
 
O QUE SE PASSA COM VOVÔ?
O QUE SE PASSA COM VOVÔ?O QUE SE PASSA COM VOVÔ?
O QUE SE PASSA COM VOVÔ?
Márcio Borges
 
Semana dos avós
Semana dos avósSemana dos avós
Semana dos avós
Ana Santos
 
Vera.lucia.m.de.carvalho. .espiritismo.-.novamente juntos.
Vera.lucia.m.de.carvalho. .espiritismo.-.novamente juntos.Vera.lucia.m.de.carvalho. .espiritismo.-.novamente juntos.
Vera.lucia.m.de.carvalho. .espiritismo.-.novamente juntos.
PMP
 
Só piadas
Só piadasSó piadas

Semelhante a Livro " A minha Avó tem coronavírus"! (20)

Livro dias de uma familia fechada em casa
Livro dias de uma familia fechada em casaLivro dias de uma familia fechada em casa
Livro dias de uma familia fechada em casa
 
Anorexia - Dominique Brand
Anorexia - Dominique BrandAnorexia - Dominique Brand
Anorexia - Dominique Brand
 
A Gente é Só Amigo
A Gente é Só AmigoA Gente é Só Amigo
A Gente é Só Amigo
 
Como Dar Uma NotíCia Ruim
Como Dar Uma NotíCia RuimComo Dar Uma NotíCia Ruim
Como Dar Uma NotíCia Ruim
 
Rosa minha irma rosa PRIMEIRO CAPITULO
Rosa minha irma rosa PRIMEIRO CAPITULORosa minha irma rosa PRIMEIRO CAPITULO
Rosa minha irma rosa PRIMEIRO CAPITULO
 
A história do pinda
A história do pindaA história do pinda
A história do pinda
 
Conto ou nao conto
Conto ou nao contoConto ou nao conto
Conto ou nao conto
 
Conto ou nao conto
Conto ou nao contoConto ou nao conto
Conto ou nao conto
 
O Que Se Passa Com Vovô?
O Que Se Passa Com Vovô?O Que Se Passa Com Vovô?
O Que Se Passa Com Vovô?
 
Conto alice vieira-rosa-minha-irma-rosa_58pag
Conto alice vieira-rosa-minha-irma-rosa_58pagConto alice vieira-rosa-minha-irma-rosa_58pag
Conto alice vieira-rosa-minha-irma-rosa_58pag
 
CONTO OU NÃO CONTO?
CONTO OU NÃO CONTO?CONTO OU NÃO CONTO?
CONTO OU NÃO CONTO?
 
Semana dos avós
Semana dos avósSemana dos avós
Semana dos avós
 
Isto é Virtual
Isto é VirtualIsto é Virtual
Isto é Virtual
 
Capítulo 1: Lulital - a magia começa
Capítulo 1: Lulital - a magia começaCapítulo 1: Lulital - a magia começa
Capítulo 1: Lulital - a magia começa
 
Semana dos avós
Semana dos avósSemana dos avós
Semana dos avós
 
Bianca
BiancaBianca
Bianca
 
O QUE SE PASSA COM VOVÔ?
O QUE SE PASSA COM VOVÔ?O QUE SE PASSA COM VOVÔ?
O QUE SE PASSA COM VOVÔ?
 
Semana dos avós
Semana dos avósSemana dos avós
Semana dos avós
 
Vera.lucia.m.de.carvalho. .espiritismo.-.novamente juntos.
Vera.lucia.m.de.carvalho. .espiritismo.-.novamente juntos.Vera.lucia.m.de.carvalho. .espiritismo.-.novamente juntos.
Vera.lucia.m.de.carvalho. .espiritismo.-.novamente juntos.
 
Só piadas
Só piadasSó piadas
Só piadas
 

Mais de Biblioteca Soares Dos Reis

Trabalhos realizados pelos alunos do 4ºC
Trabalhos realizados pelos alunos do 4ºC Trabalhos realizados pelos alunos do 4ºC
Trabalhos realizados pelos alunos do 4ºC
Biblioteca Soares Dos Reis
 
Cnl 2020 normas de part nv
Cnl 2020   normas de part nvCnl 2020   normas de part nv
Cnl 2020 normas de part nv
Biblioteca Soares Dos Reis
 
Cnl 2020 normas de part nv
Cnl 2020   normas de part nvCnl 2020   normas de part nv
Cnl 2020 normas de part nv
Biblioteca Soares Dos Reis
 
Bookmarks Exchange Project
Bookmarks Exchange ProjectBookmarks Exchange Project
Bookmarks Exchange Project
Biblioteca Soares Dos Reis
 
O segredo do rio
O segredo do rioO segredo do rio
O segredo do rio
Biblioteca Soares Dos Reis
 
Concursos Super Heróis
Concursos Super HeróisConcursos Super Heróis
Concursos Super Heróis
Biblioteca Soares Dos Reis
 
Trabalhos sobre os jogos
Trabalhos sobre os jogosTrabalhos sobre os jogos
Trabalhos sobre os jogos
Biblioteca Soares Dos Reis
 
Trabalhos realizados pelos alunos
Trabalhos realizados pelos alunos Trabalhos realizados pelos alunos
Trabalhos realizados pelos alunos
Biblioteca Soares Dos Reis
 
Trabalhos de opinião
Trabalhos de opinião Trabalhos de opinião
Trabalhos de opinião
Biblioteca Soares Dos Reis
 
Encontro com o escritor José Viale Moutinho
Encontro com o escritor José Viale MoutinhoEncontro com o escritor José Viale Moutinho
Encontro com o escritor José Viale Moutinho
Biblioteca Soares Dos Reis
 
.
..
Trabalhos sobre a obra de alexandre perafita
Trabalhos sobre a obra de alexandre perafitaTrabalhos sobre a obra de alexandre perafita
Trabalhos sobre a obra de alexandre perafita
Biblioteca Soares Dos Reis
 
.
..
.
..
Alunos selecionados para desempate
Alunos selecionados para desempateAlunos selecionados para desempate
Alunos selecionados para desempate
Biblioteca Soares Dos Reis
 
Concurso nacional de leitura definitivo
Concurso nacional de leitura definitivoConcurso nacional de leitura definitivo
Concurso nacional de leitura definitivo
Biblioteca Soares Dos Reis
 
Atividades perfil aluno_2018
Atividades perfil aluno_2018Atividades perfil aluno_2018
Atividades perfil aluno_2018
Biblioteca Soares Dos Reis
 
Apresent para alunos (1)
Apresent para alunos (1)Apresent para alunos (1)
Apresent para alunos (1)
Biblioteca Soares Dos Reis
 
Regulamento (1).pdf miudos a votos 2017
Regulamento (1).pdf miudos a votos 2017Regulamento (1).pdf miudos a votos 2017
Regulamento (1).pdf miudos a votos 2017
Biblioteca Soares Dos Reis
 
Cnl regulamento2017.18
Cnl regulamento2017.18Cnl regulamento2017.18
Cnl regulamento2017.18
Biblioteca Soares Dos Reis
 

Mais de Biblioteca Soares Dos Reis (20)

Trabalhos realizados pelos alunos do 4ºC
Trabalhos realizados pelos alunos do 4ºC Trabalhos realizados pelos alunos do 4ºC
Trabalhos realizados pelos alunos do 4ºC
 
Cnl 2020 normas de part nv
Cnl 2020   normas de part nvCnl 2020   normas de part nv
Cnl 2020 normas de part nv
 
Cnl 2020 normas de part nv
Cnl 2020   normas de part nvCnl 2020   normas de part nv
Cnl 2020 normas de part nv
 
Bookmarks Exchange Project
Bookmarks Exchange ProjectBookmarks Exchange Project
Bookmarks Exchange Project
 
O segredo do rio
O segredo do rioO segredo do rio
O segredo do rio
 
Concursos Super Heróis
Concursos Super HeróisConcursos Super Heróis
Concursos Super Heróis
 
Trabalhos sobre os jogos
Trabalhos sobre os jogosTrabalhos sobre os jogos
Trabalhos sobre os jogos
 
Trabalhos realizados pelos alunos
Trabalhos realizados pelos alunos Trabalhos realizados pelos alunos
Trabalhos realizados pelos alunos
 
Trabalhos de opinião
Trabalhos de opinião Trabalhos de opinião
Trabalhos de opinião
 
Encontro com o escritor José Viale Moutinho
Encontro com o escritor José Viale MoutinhoEncontro com o escritor José Viale Moutinho
Encontro com o escritor José Viale Moutinho
 
.
..
.
 
Trabalhos sobre a obra de alexandre perafita
Trabalhos sobre a obra de alexandre perafitaTrabalhos sobre a obra de alexandre perafita
Trabalhos sobre a obra de alexandre perafita
 
.
..
.
 
.
..
.
 
Alunos selecionados para desempate
Alunos selecionados para desempateAlunos selecionados para desempate
Alunos selecionados para desempate
 
Concurso nacional de leitura definitivo
Concurso nacional de leitura definitivoConcurso nacional de leitura definitivo
Concurso nacional de leitura definitivo
 
Atividades perfil aluno_2018
Atividades perfil aluno_2018Atividades perfil aluno_2018
Atividades perfil aluno_2018
 
Apresent para alunos (1)
Apresent para alunos (1)Apresent para alunos (1)
Apresent para alunos (1)
 
Regulamento (1).pdf miudos a votos 2017
Regulamento (1).pdf miudos a votos 2017Regulamento (1).pdf miudos a votos 2017
Regulamento (1).pdf miudos a votos 2017
 
Cnl regulamento2017.18
Cnl regulamento2017.18Cnl regulamento2017.18
Cnl regulamento2017.18
 

Último

CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
soaresdesouzaamanda8
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
djincognito
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 

Último (20)

CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 

Livro " A minha Avó tem coronavírus"!

  • 1. Beatriz Braga Joana M. Gomes Marta Correia Miguel Correia Susana AmorimRecomendado por:
  • 2. 2 3 Realmente a minha avó pensa em tudo. É uma pessoa informada, que já viveu muitas experiências ao longo da vida e eu aprendo tanto com ela! Há umas semanas, ouvi a minha mãe dizer ao meu pai que a avó tinha o novo coronavírus. — A avó tem coronavírus?! — perguntei, muito assustado. — Sim, querido. Soubemos mesmo agora. Queria tanto ir ter com ela ao hospital e não posso… Que chatice! — Não podes porquê, mãe? E eu também queria ir vê-la… — perguntei, baralhado e triste com aquela situação. — Recordas-te de tudo aquilo que a avó fez quando veio de Itália, que nos pareceu um bocadinho exagerado na altura? Afinal havia uma explicação. Se não fosse a prudência da avó, podíamos estar agora todos infetados também... Ainda bem que ela foi teimosa e insistiu para ficar em casa, sem visitas nenhumas. — Sim, foi tão chato não poder estar com ela! Mas lembro-me de ela me dizer que tínhamos de ser fortes, que mais tarde ou mais cedo tudo iria passar. — É isso mesmo, António! Agora, temos de ser ainda mais fortes e pacientes e aguentar mais uns tempos sem a ver — disse o meu pai. — A avó foi muito prudente; protegeu-se a ela e aos outros, sabias?
  • 3. 4 5 Enquanto esteve em Veneza, ficou em casa de uma amiga e as duas visitaram o máximo que conseguiram naquela bela cidade. Então foi assim que tudo aconteceu: A minha avó sempre teve o desejo de voltar a Itália, à cidade de Veneza. Há muitos anos fez essa viagem com o meu avô e queria repeti-la, agora já sem a companhia dele, infelizmente... «Mas levo o avô sempre comigo, aqui!», costuma dizer ela, aconchegando na sua mão o colar especial que o meu avô lhe deu quando ficaram noivos. Fartou-se de comer massa; que inveja! A minha avó foi enviando fotos para a minha mãe e foi como se nós estivéssemos lá também. Aquilo é mesmo giro!
  • 4. 6 7 Entretanto, começaram a surgir umas notícias de que o famoso novo coronavírus, chamado SARS-CoV-2, e que apareceu primeiro na China, já andava por lá a passear também. Por isso, quando a minha avó regressou, decidiu que iria ficar em isolamento, não fosse o maldito vírus querer vir para Portugal agarrado a ela. Até porque se sentia um pouco cansada e estava com uma tosse ligeira.
  • 5. 8 9 Foi assim que a avó me justificou o facto de não querer que fôssemos lá a casa, nem sequer para comer o maravilhoso assado que faz todos os domingos. — Mas avó, estás a exagerar! Temos saudades tuas, vivemos tão perto e agora não nos podemos ver? — disse eu já a refilar, quando ela insistiu para não irmos lá a casa. — Tens o telemóvel da mãe e do pai, António. Podemos falar todos os dias.
  • 6. 10 11 — E não te vais cansar de estar sempre em casa? — perguntei, já a pensar se isso fosse comigo. — Já me conheces bem, António... claro que não! Entre os exercícios de ginástica que faço todos os dias, as palavras cruzadas, uns filmes e séries, ouvir música e ver alguma televisão, vou passar estes dias com tranquilidade. E ler, vou ler muito! Ah, e claro, fazer uns belos petiscos para me manter forte e saudável! Isso não pode faltar!
  • 7. 12 13 O vírus quer viver e espalhar-se o máximo que conseguir, mas prejudica-nos e não podemos permitir que isso aconteça. Uma batalha, portanto... Que tal fazeres um desenho sobre isso? Tens tanto jeito! — Eu acho que não aguentava! — lamentei-me. — Tinhas de aguentar, António, se fosse mesmo necessário. Isso faz mesmo muita diferença, para o vírus não nos vencer. — Vencer...? Como assim, avó? — Lembras-te da brincadeira que às vezes fazemos com os soldadinhos antigos do avô? Bons de um lado, maus do outro? O que se está a passar agora é mais ou menos como isso.
  • 8. 14 15 Bom, infelizmente a minha avó começou a ficar mais doente. Começou a ficar com mais tosse e, quando apareceu a febre, ela decidiu ligar para o SNS24, tal como lhe tinham indicado caso sentisse alguns desses sintomas. Como ela tinha estado em Itália e tinha aqueles sintomas, disseram-lhe para se dirigir ao hospital. Ela, desenrascada como é, colocou uma máscara e lá foi, sozinha.
  • 9. 16 17 Nesse dia, a minha mãe ficou mesmo muito preocupada… estava agitada e muito ansiosa por não poder estar com a minha avó; nunca a vi assim! Eu também me senti preocupado, mas fiz-me de forte para apoiar a minha mãe. Será que a avó tinha este vírus e estava doente com COVID-19? — Sim, as análises que fizeram à avó deram positivo… o que quer dizer que foi infetada pelo novo coronavírus. Parecia que ela estava a adivinhar; já viste os cuidados que ela teve durante estes dias?
  • 10. 18 19 Liguei-lhe logo do telemóvel da mãe e claro que ela tranquilizou-me imediatamente com a sua habitual gargalhada. — António, mas tu achas que um «viruzeco» vai conseguir derrubar-me? Tenho aqui médicos e enfermeiros a tratarem de mim e daqui a uns dias este vírus malandreco vai embora. — Mesmo assim, fico muito preocupado contigo, avó... Nem sequer há medicamentos para esse vírus! E se ficas pior? — Não te preocupes, querido. Não há ainda medicamentos para este vírus, mas há para os sintomas que ele provoca. Já estou a tomar o indicado para esta tosse chata, e tenho pouca febre, o que é bom sinal. Vou descansar muito, e todos os dias vão acompanhar o meu estado.
  • 11. 20 21 Aqui, sei que terei todos os cuidados necessários. Os médicos, enfermeiros e todos no hospital tratam muito bem de nós!
  • 12. 22 23 — Posso ir ter contigo ao hospital, avó? — Nem pensar, António! Os hospitais estão cheios de gente, só mesmo em caso de muita necessidade se deve vir para cá. Temos todos que manter a calma. Em breve vamos ver-nos e estar juntos!
  • 13. 24 25 A verdade é que os dias seguintes foram muito complicados para todos... A avó esteve internada 20 dias porque teve dificuldades respiratórias. Imagino que se tenha sentido bastante sozinha e triste por estar doente. Talvez até zangada com o tal vírus que apareceu sem ser convidado!
  • 14. 26 27 Passaram-se alguns dias seguidos em que não conseguimos falar com ela, o que nos deixou angustiados e muito preocupados. Foi uma fase muito difícil, mas que acabou por aproximar-nos ainda mais. Ainda por cima, tive de ficar em casa muitos dias seguidos. As escolas fecharam e pediram que ficássemos em casa, para não apanharmos este bicho chato!
  • 15. 28 29 Somos uma família muito unida e divertida, e cada um tentou à sua maneira apoiar os outros. Já que tínhamos de ficar em casa, aproveitámos para fazer brincadeiras em conjunto. Jogámos jogos de tabuleiro, de computador, lemos livros em voz alta e cozinhámos todos juntos as refeições. Também falámos muito, sobre vários assuntos, e estudei. Os professores enviavam trabalhos, por email, que fazia todas as manhãs. Além disso, ríamo-nos só de pensar no raspanete que a minha avó nos iria dar se a estivéssemos sempre a chatear no hospital e deixássemos de fazer a nossa vida!
  • 16. 30 31 O certo é que os dias foram passando e a avó foi melhorando. Felizmente correu tudo bem! Demorou, é verdade, mas tal como ela costuma dizer, «devemos praticar a paciência…!». Ui, ui, desta vez praticámos imenso!
  • 17. 32 33 Ainda vamos ter de esperar mais uns dias pelo assado maravilhoso que a avó faz aos domingos e por nos vermos a sério, pois tem sido sempre pelo ecrã. Mas uma coisa é certa: Caiu a coroa ao Corona! A rainha é a minha avó!
  • 18. 34 35 Alguns amigos meus andam assustados, o que é normal porque não se fala noutra coisa, mas quanto melhor soubermos sobre o tema e sobre o que é correto fazer, mais seguros nos sentiremos e mais facilmente conseguiremos vencer este «viruzeco», como lhe chama a minha avó. Contei esta história aos meus amigos e até partilhei com a minha professora. «Devemos partilhar o que é bom, mostrar a todos as boas ideias!», disse-me a minha professora, orgulhosa do que lhe contei, e que até serviu para conversas sobre o tema do novo coronavírus.
  • 19. A Ideias com História dedica este livro a todos os que, nos hospitais, travam uma luta diária contra esta doença.
  • 20. Título: A Minha Avó Tem Coronavírus! Autoria: Beatriz Braga, Joana M. Gomes, Marta Correia, Miguel Correia e Susana Amorim Edição: Ideias com História — 2020 Recomendado por:
  • 21. Um livro para ajudar as crianças e jovens a lidarem com uma situação nova e inesperada, que obriga a novas rotinas diárias e à gestão de situações nem sempre fáceis de entender